SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 43
Interações medicamentosas 01/12/2009 Interações medicamentosas
Programa ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
O conceito de interação ,[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Descrevendo interações ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
01/12/2009 Interações medicamentosas
Severidade clínica ,[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
01/12/2009 Interações medicamentosas
Interações farmacêuticas ,[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Interações farmacodinâmicas ,[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Interações farmacocinéticas ,[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Fármacos potencialmente desencadeadores da interação farmacocinética ,[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Fármacos potencialmente objeto da interação ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Interações afetando a absorção ,[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Alterações na motilidade do trato GI ,[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Efeitos sobre a solubilidade ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Efeitos quelantes ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Administração com alimento ,[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
01/12/2009 Interações medicamentosas Droga Alimento Interação adversa Antagonistas do cálcio; terfenadina; cafeína Suco de toranja Aumento na biodisponibilidade; inibição do metabolismo de primeira passagem; aumento na toxicidade Inibidores da MAO Alimentos contendo tiramina (fígado, peixes defumados, queijos, banana, abacate, sopas, cerveja, vinhos, iogurte, creme azedo, leveduras, nozes) Palpitações, dores de cabeça, crises hipertensivas Digotoxina Licorosos Toxicidade Griseofulvina Alimentos gordurosos Níveis plasmáticos aumentados Preparações de liberação lenta Álcool Aumento nas taxas de liberação Lítio Diminuição nas ingestões de sódio Toxicidade do lítio Quinidina Dietas alcalinas Toxicidade da quinidina Diuréticos tiazídicos Carboidratos Aumento nas taxas de açúcar no sangue Tetraciclinas Produtos lácteos; sulfato ferroso Diminuição na absorção Vitamina B12 Altas doses de vitamina C Precipitação de deficiência de vitamina B12 Fenfluramina Adição de vitamina C Antagonismo do efeito antiobesidade da fenfluramina Benzodiazepínicos Cafeína Antagonismo funcional da ação ansiolítica
Alterações da microflora GI ,[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Interações que afetam a distribuição ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas Atkinson, Reiderberger, Thompson,  Clinical Pharmacology  © 1982 American College of Physicians
01/12/2009 Interações medicamentosas Droga f u  (%) Cafeína 0 Álcool 0 Procainamida 10-20 Digoxina 30-40 Gentamicina 40-50 Penicilina G 50-60 Teofilina 60 Fenobarbital 70 Carbamazepina 70-80 Quinidina 85 Fenitoína 90 Tolbumamida 92-95 Propanolol 92-95 Diazepam 92-95 Digitoxina 97 Varfarina 99,5 Fenilbutazona 99,5 Dicumarol 99,9
Interações afetando o metabolismo ,[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
01/12/2009 Interações medicamentosas Isozima Substratos Indutores Inibidores CYP1A2 Cafeína, clozapina, tacrina, teofilina Omeprazol, rifampicina, tabaco Cimetidina, ciprofloxacino, diltiazem, eritromicina, fluvoxamina CYP2C9 Amitriptilina, imipramina, diclofenaco, ibuprofeno, fenitoína, tolbutamida Rifampicina Amiodarona, cimetidina, cotrimoxazol, fluconazol, metronidazol, fluvastatina, fenilbutazona CYP2C19 Diazepam, mefenitoína, omeprazol Rifampicina Felbamato, fluoxetina, fluvoxamina, omeprazol CYP2E1 Álcool, paracetamol, isoniazida Álcool e isoniazida Disulfiram CYP2D6 Amitriptilina, clomipramina, codeína, haloperidol, paroxetina, risperidona, tioridazina, felcainida, propafenona, propanolol, timolol Dexametasona, rifampicina Cimetidina, fluoxetina, fluvoxamina, haloperidol, cetoconazol, nasoprazol, paroxetina, quinidina, probenecid, ritonavir, sertralina, terbinafina, ticlopidina CYP3A4 Alprazolam, diazepam, midazolam, triazolam, astemizol, terfenadina, cisaprida, carbamazepina, corticoesteróides, ciclosporina, eritromicina, diltiazem, verapamilo, nifedipino, felodipino, lidocaína, quinidina, lovastatina, sinvastatina Carbamazepina, corticoesteróides, fenobarbital, fenitoína, rifampicina Cimetidina, omeprazol, claritromicina, eritromicina, diltiazem, quinidina, fluconazol, itraconazol, cetoconazol, miconazol, fluoxetina, narigenina
Inibição e indução enzimáticas 01/12/2009 Interações medicamentosas Robertson e Penzak, “Drug Interactions”,  Principles of Clinical Pharmacology  © 2007 Elsevier.
Inibição enzimática ,[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Inibição reversível ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Inibição irreversível ou quase-irreversível ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Indução enzimática ,[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Receptores nucleares e indução enzimática ,[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Receptores nucleares e modulação enzimática 01/12/2009 Interações medicamentosas Taniguchi e Guengerich, “Metabolsimo dos fármacos”,  Princípios de Farmacologia , 2ª edição © 2008 Lippincott, Williams e Wilkins
Receptores PXR e CAR ,[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas Robertson e Penzak, “Drug Interactions”,  Principles of Clinical Pharmacology  © 2007 Elsevier.
Receptores PXR e CAR ,[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas Robertson e Penzak, “Drug Interactions”,  Principles of Clinical Pharmacology  © 2007 Elsevier.
Interações envolvendo proteínas de transporte ,[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
01/12/2009 Interações medicamentosas Proteína Substrato Inibidor Indutor P-glicoproteína Agentes anticâncer, ciclosporina, dexametasona, digoxina, eritromicina, estradiol, fentanil, hidrocortisona, indinavir, lidocaína, propanolol, ranitidinam verapamil Clorpromazina, claritromicina, cortisol, ciclosporina, eritromicina, suco de toranja, progesterona, propanolol, verapamil Agentes anticâncer, ciclosporina, dexametasona, eritromicina, suco de toranja, Erva de São João, verapamil OATP-A Dexametasona, rifampicina, verapamil Suco de toranja, suco de laranja, rifampicina OATP-B Penicilina G OATP-C Ciclosporina, rifampicina, glicuronato de 17- β -estradiol Ciclosporina, rifampicina OAT-1 Inibidores da enzima conversora de angiotensina, antibióticos  β -lactâmicos, cefalosporinas, cimetidina, furosemida, AINEs, ranitidina, tetraciclinas, agentes anti-câncer Betamipron, cefalosporinas, probenecid OAT-2 Minociclina, probenecid, salicilato, tetraciclina, zidovudina Probenecid OAT-3 Inibidores da ACE, antibióticos  β -lactâmicos, cefalosporinas, cimetidina, furosemida, AINEs, probenecid, ranitidina, tetraciclinas, agentes anti-câncer Cefalosporinas, probenecid, AINEs OAT-4 Antibióticos  β -lactâmicos, cefalosporinas, furosemida, AINEs, tetraciclinas Betamipron, cefalosporinas, probenecid
P-glicoproteína ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Modulação da P-glicoproteína ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Polipeptídeos de transporte de ânions orgânicos ,[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Transportadores de ânions orgânicos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Interações que afetam a excreção renal ,[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Mudanças no pH da urina mudam a taxa de excreção renal 01/12/2009 Interações medicamentosas
Mudanças no pH da urina mudam a taxa de excreção renal ,[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas
Detecção e prevenção de interações indesejadas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],01/12/2009 Interações medicamentosas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 04 farmacologia - prof. clara mota
Aula 04   farmacologia - prof. clara motaAula 04   farmacologia - prof. clara mota
Aula 04 farmacologia - prof. clara motaClara Mota Brum
 
Anti-hipertensivos
Anti-hipertensivosAnti-hipertensivos
Anti-hipertensivosresenfe2013
 
Farmacologia 04 farmacodinâmica
Farmacologia 04   farmacodinâmicaFarmacologia 04   farmacodinâmica
Farmacologia 04 farmacodinâmicaJucie Vasconcelos
 
Introdução a Farmacologia - Curso Técnico de Enfermagem
Introdução a Farmacologia - Curso Técnico de EnfermagemIntrodução a Farmacologia - Curso Técnico de Enfermagem
Introdução a Farmacologia - Curso Técnico de EnfermagemRAYANE DORNELAS
 
Aula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
Aula - Farmacologia básica - FarmacodinâmicaAula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
Aula - Farmacologia básica - FarmacodinâmicaMauro Cunha Xavier Pinto
 
Analgesicos Opioides
Analgesicos Opioides Analgesicos Opioides
Analgesicos Opioides Safia Naser
 
Aula de Farmacologia sobre Fármacos anti-hipertensivos
Aula de Farmacologia sobre Fármacos anti-hipertensivosAula de Farmacologia sobre Fármacos anti-hipertensivos
Aula de Farmacologia sobre Fármacos anti-hipertensivosJaqueline Almeida
 
Farmacocinética e ADME
Farmacocinética e ADMEFarmacocinética e ADME
Farmacocinética e ADMECaio Maximino
 
Aula de Farmacocinética e Vias de Administração
Aula de Farmacocinética e Vias de AdministraçãoAula de Farmacocinética e Vias de Administração
Aula de Farmacocinética e Vias de AdministraçãoJaqueline Almeida
 

Mais procurados (20)

Aula 04 farmacologia - prof. clara mota
Aula 04   farmacologia - prof. clara motaAula 04   farmacologia - prof. clara mota
Aula 04 farmacologia - prof. clara mota
 
Anti-hipertensivos
Anti-hipertensivosAnti-hipertensivos
Anti-hipertensivos
 
Analgésicos
AnalgésicosAnalgésicos
Analgésicos
 
Farmacologia 04 farmacodinâmica
Farmacologia 04   farmacodinâmicaFarmacologia 04   farmacodinâmica
Farmacologia 04 farmacodinâmica
 
Antiinflamatorios
AntiinflamatoriosAntiinflamatorios
Antiinflamatorios
 
Introdução a Farmacologia - Curso Técnico de Enfermagem
Introdução a Farmacologia - Curso Técnico de EnfermagemIntrodução a Farmacologia - Curso Técnico de Enfermagem
Introdução a Farmacologia - Curso Técnico de Enfermagem
 
Farmacodinâmica
FarmacodinâmicaFarmacodinâmica
Farmacodinâmica
 
Drogas que atuam no sistema nervoso central
Drogas que atuam no sistema nervoso centralDrogas que atuam no sistema nervoso central
Drogas que atuam no sistema nervoso central
 
Antibióticos
AntibióticosAntibióticos
Antibióticos
 
Aula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
Aula - Farmacologia básica - FarmacodinâmicaAula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
Aula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
 
Introdução à Farmacologia
Introdução à FarmacologiaIntrodução à Farmacologia
Introdução à Farmacologia
 
Bases da farmacologia
Bases da farmacologiaBases da farmacologia
Bases da farmacologia
 
Analgesicos Opioides
Analgesicos Opioides Analgesicos Opioides
Analgesicos Opioides
 
Aula de Farmacologia sobre Fármacos anti-hipertensivos
Aula de Farmacologia sobre Fármacos anti-hipertensivosAula de Farmacologia sobre Fármacos anti-hipertensivos
Aula de Farmacologia sobre Fármacos anti-hipertensivos
 
Farmacologia e definicões
Farmacologia e definicõesFarmacologia e definicões
Farmacologia e definicões
 
Aula - SNC - Ansiolíticos e Hipnóticos
Aula - SNC - Ansiolíticos e HipnóticosAula - SNC - Ansiolíticos e Hipnóticos
Aula - SNC - Ansiolíticos e Hipnóticos
 
Aula 1 (1)
Aula 1 (1)Aula 1 (1)
Aula 1 (1)
 
Farmacocinética e ADME
Farmacocinética e ADMEFarmacocinética e ADME
Farmacocinética e ADME
 
Aula de Farmacocinética e Vias de Administração
Aula de Farmacocinética e Vias de AdministraçãoAula de Farmacocinética e Vias de Administração
Aula de Farmacocinética e Vias de Administração
 
Atendente de Farmácia - Dor e Inflamação
Atendente de Farmácia - Dor e InflamaçãoAtendente de Farmácia - Dor e Inflamação
Atendente de Farmácia - Dor e Inflamação
 

Semelhante a aula 8 - CF2

Webpalestra_InteraçãoMedicamentosa.pdf
Webpalestra_InteraçãoMedicamentosa.pdfWebpalestra_InteraçãoMedicamentosa.pdf
Webpalestra_InteraçãoMedicamentosa.pdfFabianaAlessandro2
 
FARMACOLOGIA - CONCEITOS INICIAIS.ppt
FARMACOLOGIA - CONCEITOS INICIAIS.pptFARMACOLOGIA - CONCEITOS INICIAIS.ppt
FARMACOLOGIA - CONCEITOS INICIAIS.pptCarolLima87568
 
Biotransformacao e excrecao das drogas
Biotransformacao e excrecao das drogasBiotransformacao e excrecao das drogas
Biotransformacao e excrecao das drogasr1234or
 
Bom roteiro de estudo aula14
Bom roteiro de estudo aula14Bom roteiro de estudo aula14
Bom roteiro de estudo aula14Barreto Santos
 
Farmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAMFarmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAMLeonardo Souza
 
Farmacologia: tópicos iniciais. Absorção Distribuição Metabolismo e Excreção,...
Farmacologia: tópicos iniciais. Absorção Distribuição Metabolismo e Excreção,...Farmacologia: tópicos iniciais. Absorção Distribuição Metabolismo e Excreção,...
Farmacologia: tópicos iniciais. Absorção Distribuição Metabolismo e Excreção,...paulosa14
 
Farmacocinética e farmacodinâmica.pdf
Farmacocinética e farmacodinâmica.pdfFarmacocinética e farmacodinâmica.pdf
Farmacocinética e farmacodinâmica.pdfDaviPatussiLazzari1
 
Fármacos que atuam no sistema Digestório
Fármacos que atuam no sistema DigestórioFármacos que atuam no sistema Digestório
Fármacos que atuam no sistema DigestórioSimara Alves
 
Aula1 farmacologia de eicosanoides
Aula1 farmacologia de eicosanoidesAula1 farmacologia de eicosanoides
Aula1 farmacologia de eicosanoidesKaren Ferreira
 
aula 01 de introdução as leucemias. Geral
aula 01 de introdução as leucemias. Geralaula 01 de introdução as leucemias. Geral
aula 01 de introdução as leucemias. Geralprofedusoares
 
Aula farmacocinética 1
Aula farmacocinética 1Aula farmacocinética 1
Aula farmacocinética 1Bia Gneiding
 
Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...
Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...
Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...Sandra Lago Moraes
 
Farmacocinetica-e-concentracao-plasmatica-da-droga-II.pdf
Farmacocinetica-e-concentracao-plasmatica-da-droga-II.pdfFarmacocinetica-e-concentracao-plasmatica-da-droga-II.pdf
Farmacocinetica-e-concentracao-plasmatica-da-droga-II.pdfDheniseMikaelly
 

Semelhante a aula 8 - CF2 (20)

30351329 - Interacao - Medicamentosas.ppt
30351329 - Interacao - Medicamentosas.ppt30351329 - Interacao - Medicamentosas.ppt
30351329 - Interacao - Medicamentosas.ppt
 
Webpalestra_InteraçãoMedicamentosa.pdf
Webpalestra_InteraçãoMedicamentosa.pdfWebpalestra_InteraçãoMedicamentosa.pdf
Webpalestra_InteraçãoMedicamentosa.pdf
 
5ª INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA.ppt
5ª INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA.ppt5ª INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA.ppt
5ª INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA.ppt
 
FARMACOLOGIA - CONCEITOS INICIAIS.ppt
FARMACOLOGIA - CONCEITOS INICIAIS.pptFARMACOLOGIA - CONCEITOS INICIAIS.ppt
FARMACOLOGIA - CONCEITOS INICIAIS.ppt
 
Biotransformacao e excrecao das drogas
Biotransformacao e excrecao das drogasBiotransformacao e excrecao das drogas
Biotransformacao e excrecao das drogas
 
Bom roteiro de estudo aula14
Bom roteiro de estudo aula14Bom roteiro de estudo aula14
Bom roteiro de estudo aula14
 
Drogas do Sistema Digestório
Drogas do Sistema DigestórioDrogas do Sistema Digestório
Drogas do Sistema Digestório
 
Aula 2 Biomedicina
Aula 2 BiomedicinaAula 2 Biomedicina
Aula 2 Biomedicina
 
Idoso medicação
Idoso medicaçãoIdoso medicação
Idoso medicação
 
Idor fsc2
Idor fsc2Idor fsc2
Idor fsc2
 
Farmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAMFarmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAM
 
Farmacologia: tópicos iniciais. Absorção Distribuição Metabolismo e Excreção,...
Farmacologia: tópicos iniciais. Absorção Distribuição Metabolismo e Excreção,...Farmacologia: tópicos iniciais. Absorção Distribuição Metabolismo e Excreção,...
Farmacologia: tópicos iniciais. Absorção Distribuição Metabolismo e Excreção,...
 
FarmacocinéTica
FarmacocinéTicaFarmacocinéTica
FarmacocinéTica
 
Farmacocinética e farmacodinâmica.pdf
Farmacocinética e farmacodinâmica.pdfFarmacocinética e farmacodinâmica.pdf
Farmacocinética e farmacodinâmica.pdf
 
Fármacos que atuam no sistema Digestório
Fármacos que atuam no sistema DigestórioFármacos que atuam no sistema Digestório
Fármacos que atuam no sistema Digestório
 
Aula1 farmacologia de eicosanoides
Aula1 farmacologia de eicosanoidesAula1 farmacologia de eicosanoides
Aula1 farmacologia de eicosanoides
 
aula 01 de introdução as leucemias. Geral
aula 01 de introdução as leucemias. Geralaula 01 de introdução as leucemias. Geral
aula 01 de introdução as leucemias. Geral
 
Aula farmacocinética 1
Aula farmacocinética 1Aula farmacocinética 1
Aula farmacocinética 1
 
Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...
Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...
Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...
 
Farmacocinetica-e-concentracao-plasmatica-da-droga-II.pdf
Farmacocinetica-e-concentracao-plasmatica-da-droga-II.pdfFarmacocinetica-e-concentracao-plasmatica-da-droga-II.pdf
Farmacocinetica-e-concentracao-plasmatica-da-droga-II.pdf
 

Mais de Caio Maximino

Papel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebra
Papel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebraPapel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebra
Papel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebraCaio Maximino
 
Efectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipo
Efectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipoEfectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipo
Efectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipoCaio Maximino
 
Impacto del pez cebra en biología y neurociencias
Impacto del pez cebra en biología y neurocienciasImpacto del pez cebra en biología y neurociencias
Impacto del pez cebra en biología y neurocienciasCaio Maximino
 
El pez cebra en el estudio de psicofarmacos
El pez cebra en el estudio de psicofarmacosEl pez cebra en el estudio de psicofarmacos
El pez cebra en el estudio de psicofarmacosCaio Maximino
 
Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"
Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"
Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"Caio Maximino
 
A cerebralização do sofrimento psíquico
A cerebralização do sofrimento psíquicoA cerebralização do sofrimento psíquico
A cerebralização do sofrimento psíquicoCaio Maximino
 
Human physiological response in perspective: Focus on the capitalocene
Human physiological response in perspective: Focus on the capitaloceneHuman physiological response in perspective: Focus on the capitalocene
Human physiological response in perspective: Focus on the capitaloceneCaio Maximino
 
Vertebrate stress mechanisms under change
Vertebrate stress mechanisms under changeVertebrate stress mechanisms under change
Vertebrate stress mechanisms under changeCaio Maximino
 
The nervous system: an evolutionary approach
The nervous system: an evolutionary approachThe nervous system: an evolutionary approach
The nervous system: an evolutionary approachCaio Maximino
 
O monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividade
O monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividadeO monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividade
O monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividadeCaio Maximino
 
Por um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência crítica
Por um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência críticaPor um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência crítica
Por um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência críticaCaio Maximino
 
Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...
Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...
Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...Caio Maximino
 
Métodos quantitativos na pesquisa em educação e ensino
Métodos quantitativos na pesquisa em educação e ensinoMétodos quantitativos na pesquisa em educação e ensino
Métodos quantitativos na pesquisa em educação e ensinoCaio Maximino
 
Aula 2: Um pouco de filosofia da ciência
Aula 2: Um pouco de filosofia da ciênciaAula 2: Um pouco de filosofia da ciência
Aula 2: Um pouco de filosofia da ciênciaCaio Maximino
 
Inferência estatística nas ciências experimentais
Inferência estatística nas ciências experimentaisInferência estatística nas ciências experimentais
Inferência estatística nas ciências experimentaisCaio Maximino
 
Aprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remoto
Aprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remotoAprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remoto
Aprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remotoCaio Maximino
 
A importância das práticas corporais para a saúde mental
A importância das práticas corporais para a saúde mentalA importância das práticas corporais para a saúde mental
A importância das práticas corporais para a saúde mentalCaio Maximino
 
Transtornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimentoTranstornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimentoCaio Maximino
 
Evidências científicas de eficácia em farmacoterapia
Evidências científicas de eficácia em farmacoterapiaEvidências científicas de eficácia em farmacoterapia
Evidências científicas de eficácia em farmacoterapiaCaio Maximino
 
Transtornos alimentares
Transtornos alimentaresTranstornos alimentares
Transtornos alimentaresCaio Maximino
 

Mais de Caio Maximino (20)

Papel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebra
Papel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebraPapel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebra
Papel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebra
 
Efectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipo
Efectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipoEfectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipo
Efectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipo
 
Impacto del pez cebra en biología y neurociencias
Impacto del pez cebra en biología y neurocienciasImpacto del pez cebra en biología y neurociencias
Impacto del pez cebra en biología y neurociencias
 
El pez cebra en el estudio de psicofarmacos
El pez cebra en el estudio de psicofarmacosEl pez cebra en el estudio de psicofarmacos
El pez cebra en el estudio de psicofarmacos
 
Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"
Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"
Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"
 
A cerebralização do sofrimento psíquico
A cerebralização do sofrimento psíquicoA cerebralização do sofrimento psíquico
A cerebralização do sofrimento psíquico
 
Human physiological response in perspective: Focus on the capitalocene
Human physiological response in perspective: Focus on the capitaloceneHuman physiological response in perspective: Focus on the capitalocene
Human physiological response in perspective: Focus on the capitalocene
 
Vertebrate stress mechanisms under change
Vertebrate stress mechanisms under changeVertebrate stress mechanisms under change
Vertebrate stress mechanisms under change
 
The nervous system: an evolutionary approach
The nervous system: an evolutionary approachThe nervous system: an evolutionary approach
The nervous system: an evolutionary approach
 
O monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividade
O monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividadeO monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividade
O monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividade
 
Por um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência crítica
Por um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência críticaPor um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência crítica
Por um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência crítica
 
Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...
Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...
Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...
 
Métodos quantitativos na pesquisa em educação e ensino
Métodos quantitativos na pesquisa em educação e ensinoMétodos quantitativos na pesquisa em educação e ensino
Métodos quantitativos na pesquisa em educação e ensino
 
Aula 2: Um pouco de filosofia da ciência
Aula 2: Um pouco de filosofia da ciênciaAula 2: Um pouco de filosofia da ciência
Aula 2: Um pouco de filosofia da ciência
 
Inferência estatística nas ciências experimentais
Inferência estatística nas ciências experimentaisInferência estatística nas ciências experimentais
Inferência estatística nas ciências experimentais
 
Aprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remoto
Aprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remotoAprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remoto
Aprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remoto
 
A importância das práticas corporais para a saúde mental
A importância das práticas corporais para a saúde mentalA importância das práticas corporais para a saúde mental
A importância das práticas corporais para a saúde mental
 
Transtornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimentoTranstornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimento
 
Evidências científicas de eficácia em farmacoterapia
Evidências científicas de eficácia em farmacoterapiaEvidências científicas de eficácia em farmacoterapia
Evidências científicas de eficácia em farmacoterapia
 
Transtornos alimentares
Transtornos alimentaresTranstornos alimentares
Transtornos alimentares
 

aula 8 - CF2

  • 1. Interações medicamentosas 01/12/2009 Interações medicamentosas
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 6.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18. 01/12/2009 Interações medicamentosas Droga Alimento Interação adversa Antagonistas do cálcio; terfenadina; cafeína Suco de toranja Aumento na biodisponibilidade; inibição do metabolismo de primeira passagem; aumento na toxicidade Inibidores da MAO Alimentos contendo tiramina (fígado, peixes defumados, queijos, banana, abacate, sopas, cerveja, vinhos, iogurte, creme azedo, leveduras, nozes) Palpitações, dores de cabeça, crises hipertensivas Digotoxina Licorosos Toxicidade Griseofulvina Alimentos gordurosos Níveis plasmáticos aumentados Preparações de liberação lenta Álcool Aumento nas taxas de liberação Lítio Diminuição nas ingestões de sódio Toxicidade do lítio Quinidina Dietas alcalinas Toxicidade da quinidina Diuréticos tiazídicos Carboidratos Aumento nas taxas de açúcar no sangue Tetraciclinas Produtos lácteos; sulfato ferroso Diminuição na absorção Vitamina B12 Altas doses de vitamina C Precipitação de deficiência de vitamina B12 Fenfluramina Adição de vitamina C Antagonismo do efeito antiobesidade da fenfluramina Benzodiazepínicos Cafeína Antagonismo funcional da ação ansiolítica
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22. 01/12/2009 Interações medicamentosas Droga f u (%) Cafeína 0 Álcool 0 Procainamida 10-20 Digoxina 30-40 Gentamicina 40-50 Penicilina G 50-60 Teofilina 60 Fenobarbital 70 Carbamazepina 70-80 Quinidina 85 Fenitoína 90 Tolbumamida 92-95 Propanolol 92-95 Diazepam 92-95 Digitoxina 97 Varfarina 99,5 Fenilbutazona 99,5 Dicumarol 99,9
  • 23.
  • 24. 01/12/2009 Interações medicamentosas Isozima Substratos Indutores Inibidores CYP1A2 Cafeína, clozapina, tacrina, teofilina Omeprazol, rifampicina, tabaco Cimetidina, ciprofloxacino, diltiazem, eritromicina, fluvoxamina CYP2C9 Amitriptilina, imipramina, diclofenaco, ibuprofeno, fenitoína, tolbutamida Rifampicina Amiodarona, cimetidina, cotrimoxazol, fluconazol, metronidazol, fluvastatina, fenilbutazona CYP2C19 Diazepam, mefenitoína, omeprazol Rifampicina Felbamato, fluoxetina, fluvoxamina, omeprazol CYP2E1 Álcool, paracetamol, isoniazida Álcool e isoniazida Disulfiram CYP2D6 Amitriptilina, clomipramina, codeína, haloperidol, paroxetina, risperidona, tioridazina, felcainida, propafenona, propanolol, timolol Dexametasona, rifampicina Cimetidina, fluoxetina, fluvoxamina, haloperidol, cetoconazol, nasoprazol, paroxetina, quinidina, probenecid, ritonavir, sertralina, terbinafina, ticlopidina CYP3A4 Alprazolam, diazepam, midazolam, triazolam, astemizol, terfenadina, cisaprida, carbamazepina, corticoesteróides, ciclosporina, eritromicina, diltiazem, verapamilo, nifedipino, felodipino, lidocaína, quinidina, lovastatina, sinvastatina Carbamazepina, corticoesteróides, fenobarbital, fenitoína, rifampicina Cimetidina, omeprazol, claritromicina, eritromicina, diltiazem, quinidina, fluconazol, itraconazol, cetoconazol, miconazol, fluoxetina, narigenina
  • 25. Inibição e indução enzimáticas 01/12/2009 Interações medicamentosas Robertson e Penzak, “Drug Interactions”, Principles of Clinical Pharmacology © 2007 Elsevier.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31. Receptores nucleares e modulação enzimática 01/12/2009 Interações medicamentosas Taniguchi e Guengerich, “Metabolsimo dos fármacos”, Princípios de Farmacologia , 2ª edição © 2008 Lippincott, Williams e Wilkins
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35. 01/12/2009 Interações medicamentosas Proteína Substrato Inibidor Indutor P-glicoproteína Agentes anticâncer, ciclosporina, dexametasona, digoxina, eritromicina, estradiol, fentanil, hidrocortisona, indinavir, lidocaína, propanolol, ranitidinam verapamil Clorpromazina, claritromicina, cortisol, ciclosporina, eritromicina, suco de toranja, progesterona, propanolol, verapamil Agentes anticâncer, ciclosporina, dexametasona, eritromicina, suco de toranja, Erva de São João, verapamil OATP-A Dexametasona, rifampicina, verapamil Suco de toranja, suco de laranja, rifampicina OATP-B Penicilina G OATP-C Ciclosporina, rifampicina, glicuronato de 17- β -estradiol Ciclosporina, rifampicina OAT-1 Inibidores da enzima conversora de angiotensina, antibióticos β -lactâmicos, cefalosporinas, cimetidina, furosemida, AINEs, ranitidina, tetraciclinas, agentes anti-câncer Betamipron, cefalosporinas, probenecid OAT-2 Minociclina, probenecid, salicilato, tetraciclina, zidovudina Probenecid OAT-3 Inibidores da ACE, antibióticos β -lactâmicos, cefalosporinas, cimetidina, furosemida, AINEs, probenecid, ranitidina, tetraciclinas, agentes anti-câncer Cefalosporinas, probenecid, AINEs OAT-4 Antibióticos β -lactâmicos, cefalosporinas, furosemida, AINEs, tetraciclinas Betamipron, cefalosporinas, probenecid
  • 36.
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 41. Mudanças no pH da urina mudam a taxa de excreção renal 01/12/2009 Interações medicamentosas
  • 42.
  • 43.