SlideShare uma empresa Scribd logo
Código de Direitos do Consumidor
   O Código de Defesa do Consumido foi
    instituído pela Lei Nº 8.078, de 11 de
    setembro de 1990.
   Ele foi criado com o intuito de criar um
    conjunto de normas que acompanhassem o
    dinamismo da sociedade de massas que
    surgira no final do séc. XX.
   Além disso, a Constituição de 1988
    dispunha, no seu artigo 5°, Inciso XXXII, que
    “O Estado promoverá na forma da lei a defesa
    do consumidor.”
   Não foi pacífica a vigência desta Lei: várias
    entidades vêm tentando, ao longo dos
    anos, escapar de sua área de atuação.
   O exemplo mais claro deu-se com as
    instituições bancárias do Brasil que, através
    de recursos, mantiveram-se até 2006 sem
    subordinar-se aos dispositivos do CDC, até
    que uma decisão do Supremo Tribunal
    Federal       esclareceu      de       forma
    definitiva,   dizendo    que     os   bancos
    têm, efetivamente, relação de consumo com
    seus clientes e, portanto, devem estar
    sujeitos ao Código.
   Segundo o Artigo 6° do CDC:
    ◦   Proteção da vida e da saúde;
    ◦   Educação para o consumo;
    ◦   Liberdade de escolha de produtos e serviços;
    ◦   Informação;
    ◦   Proteção contratual;
    ◦   Indenização;
    ◦   Acesso à Justiça e facilitação de defesa;
    ◦   Qualidade dos serviços públicos.
   Alguns produtos podem oferecer riscos ao
    consumidor. É direito seu ser protegido
    contra produtos que possam ser perigosos.
   Assim, um alimento não pode conter uma
    substância que pode fazer mal à saúde; um
    açougue     não       pode vender    carnes
    embrulhadas em sacos de lixo ou papel de
    jornal; um remédio que causa dependência
    não pode ser vendido livremente, sem receita
    médica. (Art. 6º, I, CDC)
   O     fornecedor    deve     informar,   nas
    embalagens, rótulos ou publicidade, sobre os
    riscos do produto à saúde do consumidor.
   Se o fornecedor, depois que colocou o
    produto no mercado, descobrir que ele faz
    mal    à   saúde,    precisa   anunciar  aos
    consumidores, alertando-os sobre o perigo.
    (Arts. 8o, 9o e 10 )
   Publicidade é a propaganda de um produto
    ou serviço. Toda publicidade deve ser fácil de
    se entender.
   Publicidade enganosa é a que contém
    informações falsas e também a que esconde
    ou deixa faltar informação importante sobre
    um      produto      ou    serviço.     (Arts.
    30, 35, 36, 37, 38, CDC )
   No Código de Defesa do Consumidor existem
    dois tipos de garantia: a legal e a contratual.
   A garantia legal não depende do contrato que
    foi feito, pois já está prevista na lei (Arts. 26
    e 27, CDC).
   A garantia contratual completa a legal e é
    dada pelo próprio fornecedor. Chama-se
    termo de garantia (Art. 50, CDC).
   O Código não permite que o fornecedor, na
    cobrança de dívida, ameace ou faça o
    consumidor passar vergonha em público. Não
    permite, também, que o fornecedor, sem
    motivo justo, cobre o consumidor no seu
    local de trabalho ou lazer (art. 71, CDC).
   Se o fornecedor cobrar quantia indevida (o
    que já foi pago, mais do que o devido, etc.), o
    consumidor terá direito de receber o que
    pagou, em dobro, com juros e correção
    monetária.
   No Artigo 39 do CDC, é proíbido:
    ◦ Venda Casada;
    ◦ Reserva de Produto;
    ◦ Prevalecer-se da fraqueza ou ignorância do
      consumidor;
    ◦ Exigir do consumidor vantagens exageradas ou
      desproporcionais;
    ◦ Nã haver um orçamento antes da contratação de
      um serviço;
◦ Difamar o consumidor só porque ele praticou um
  ato no exercício de um direito seu;
◦ Não marcar um prazo para entregar um produto ou
  terminar um serviço;
◦ Elevar, sem justa causa, os preços de produtos e
  serviços.
   Muitas empresas já possuem o Serviço de
    Atendimento ao Consumidor - SAC, que
    atende às reclamações e procuram resolver o
    problema.
   Você pode encontrar o telefone do SAC nas
    embalagens dos produtos.
   Quando for reclamar conte, em detalhe, tudo
    o que aconteceu, para ajudar a resolver seu
    problema.         Leve         a       nota
    fiscal,     pedidos,     certificado     de
    garantia,   contrato,  recibos    e  outros
    documentos que tiver.
   Depois de reclamar, guarde com você a prova
    de sua queixa: protocolo, código de
    reclamação, etc.
   Não se esqueça de anotar o nome e o cargo
    da pessoa que o atendeu.
   Guarde sempre a nota fiscal dos produtos
    que você comprou e os recibos dos valores
    que pagou em caso de prestação de serviços.
    Só com estes documentos você pode
    reclamar, por exemplo, de um produto com
    defeito ou de um serviço mal feito.
   Alguns problemas de compra de produto ou
    pagamento de serviços têm de ser
    encaminhados à Justiça. Você pode reclamar
    sozinho ou em grupo, no caso de várias
    pessoas terem o mesmo problema (Art.
    81, CDC).
   Se o dano for menor que 40 salários
    mínimos, pode-se recorrer ao Juizado de
    Pequenas Causas.
   O Programa de Proteção e Defesa do
    Consumidor (ou Procon) é uma fundação
    presente em diversos estados e municípios
    brasileiros com personalidade jurídica de
    direito público, cujo objetivo é elaborar e
    executar a política estadual de proteção e
    defesa do consumidor.
   Funciona como um órgão auxiliar do Poder
    Judiciário, tentando solucionar previamente
    os conflitos entre o consumidor e a empresa
    que vende um produto ou presta um
    serviço, e quando não há acordo, encaminha
    o caso para o Juizado Especial Cível com
    jurisdição sobre o local. O Procon pode ser
    estadual ou municipal.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Direito do consumidor
Direito do consumidorDireito do consumidor
Direito do consumidor
Esdras Arthur Lopes Pessoa
 
Código de defesa do consumidor - Aula 7
Código de defesa do consumidor - Aula 7Código de defesa do consumidor - Aula 7
Código de defesa do consumidor - Aula 7
Professor Cristiano Barreto
 
Direito do consumidor principais pontos
Direito do consumidor   principais pontosDireito do consumidor   principais pontos
Direito do consumidor principais pontos
rodrigocp1986
 
Educação Financeira para Jovens
Educação Financeira para JovensEducação Financeira para Jovens
Educação Financeira para Jovens
Marden Rodrigues
 
DEPARTAMENTO PESSOAL
DEPARTAMENTO PESSOALDEPARTAMENTO PESSOAL
DEPARTAMENTO PESSOAL
IDCE - Escola de Negócios
 
Direitos trabalhistas
Direitos trabalhistasDireitos trabalhistas
Direitos trabalhistas
bia139
 
Qualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresa
Qualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresaQualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresa
Qualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresa
JCS_Consultoria
 
O consumidor
O consumidorO consumidor
O consumidor
Aline Corso
 
Comunicação Empresarial
Comunicação EmpresarialComunicação Empresarial
Comunicação Empresarial
Thais Oliveira
 
Cdc comentado
Cdc comentadoCdc comentado
Cdc comentado
X-Racer
 
Apresentação e-commerce
Apresentação   e-commerceApresentação   e-commerce
Apresentação e-commerce
Nathália Nóbrega
 
Contrato de trabalho
Contrato de trabalhoContrato de trabalho
Contrato de trabalho
rosanaserelo
 
Marketing - Definições e Tipos
Marketing - Definições e TiposMarketing - Definições e Tipos
Marketing - Definições e Tipos
André Zambon
 
CLT-CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO
CLT-CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHOCLT-CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO
CLT-CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO
Leticia Costa
 
As Rotinas Administrativas de Um Departamento Pessoal
As Rotinas Administrativas de Um Departamento PessoalAs Rotinas Administrativas de Um Departamento Pessoal
As Rotinas Administrativas de Um Departamento Pessoal
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Marketing x vendas
Marketing x vendasMarketing x vendas
Marketing x vendas
ESPM
 
Direito trabalhista
Direito trabalhistaDireito trabalhista
Direito trabalhista
elisabatista7
 
Jovem aprendiz e estagiário
Jovem aprendiz e estagiárioJovem aprendiz e estagiário
Jovem aprendiz e estagiário
Ingrid Lima
 
Introdução ao marketing 2012_01
Introdução ao marketing 2012_01Introdução ao marketing 2012_01
Introdução ao marketing 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Legislação trabalhista 1
Legislação trabalhista   1Legislação trabalhista   1
Legislação trabalhista 1
Lorena Duarte
 

Mais procurados (20)

Direito do consumidor
Direito do consumidorDireito do consumidor
Direito do consumidor
 
Código de defesa do consumidor - Aula 7
Código de defesa do consumidor - Aula 7Código de defesa do consumidor - Aula 7
Código de defesa do consumidor - Aula 7
 
Direito do consumidor principais pontos
Direito do consumidor   principais pontosDireito do consumidor   principais pontos
Direito do consumidor principais pontos
 
Educação Financeira para Jovens
Educação Financeira para JovensEducação Financeira para Jovens
Educação Financeira para Jovens
 
DEPARTAMENTO PESSOAL
DEPARTAMENTO PESSOALDEPARTAMENTO PESSOAL
DEPARTAMENTO PESSOAL
 
Direitos trabalhistas
Direitos trabalhistasDireitos trabalhistas
Direitos trabalhistas
 
Qualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresa
Qualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresaQualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresa
Qualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresa
 
O consumidor
O consumidorO consumidor
O consumidor
 
Comunicação Empresarial
Comunicação EmpresarialComunicação Empresarial
Comunicação Empresarial
 
Cdc comentado
Cdc comentadoCdc comentado
Cdc comentado
 
Apresentação e-commerce
Apresentação   e-commerceApresentação   e-commerce
Apresentação e-commerce
 
Contrato de trabalho
Contrato de trabalhoContrato de trabalho
Contrato de trabalho
 
Marketing - Definições e Tipos
Marketing - Definições e TiposMarketing - Definições e Tipos
Marketing - Definições e Tipos
 
CLT-CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO
CLT-CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHOCLT-CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO
CLT-CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO
 
As Rotinas Administrativas de Um Departamento Pessoal
As Rotinas Administrativas de Um Departamento PessoalAs Rotinas Administrativas de Um Departamento Pessoal
As Rotinas Administrativas de Um Departamento Pessoal
 
Marketing x vendas
Marketing x vendasMarketing x vendas
Marketing x vendas
 
Direito trabalhista
Direito trabalhistaDireito trabalhista
Direito trabalhista
 
Jovem aprendiz e estagiário
Jovem aprendiz e estagiárioJovem aprendiz e estagiário
Jovem aprendiz e estagiário
 
Introdução ao marketing 2012_01
Introdução ao marketing 2012_01Introdução ao marketing 2012_01
Introdução ao marketing 2012_01
 
Legislação trabalhista 1
Legislação trabalhista   1Legislação trabalhista   1
Legislação trabalhista 1
 

Destaque

Curso Assistente de marketing aula 05
Curso Assistente de marketing aula 05Curso Assistente de marketing aula 05
Curso Assistente de marketing aula 05
Marcus Vinícius Liberato
 
Laercio sousa adm vnd unidade 1 1.1 a 1.5
Laercio sousa adm vnd unidade 1 1.1 a 1.5Laercio sousa adm vnd unidade 1 1.1 a 1.5
Laercio sousa adm vnd unidade 1 1.1 a 1.5
Laércio De Sousa Junior
 
Administração de vendas no empreendimento
Administração de vendas no empreendimentoAdministração de vendas no empreendimento
Administração de vendas no empreendimento
Carlos Eduardo Torres
 
Administracao vendas
Administracao vendasAdministracao vendas
Administracao vendas
claudia13011974
 
Direitos e Deveres do Consumidor
Direitos e Deveres do ConsumidorDireitos e Deveres do Consumidor
Direitos e Deveres do Consumidor
maria.j.fontes
 
Curso Assistente de marketing aula 06
Curso Assistente de marketing aula 06Curso Assistente de marketing aula 06
Curso Assistente de marketing aula 06
Marcus Vinícius Liberato
 
Treinamento de Vendas
Treinamento de VendasTreinamento de Vendas
Treinamento de Vendas
icxfloripa
 
Dicas de sucesso para o pequeno ecommerce de moda vfinal
Dicas de sucesso para o pequeno ecommerce de moda vfinalDicas de sucesso para o pequeno ecommerce de moda vfinal
Dicas de sucesso para o pequeno ecommerce de moda vfinal
Megafashion
 
Curso Assistente de marketing aula 08
Curso Assistente de marketing aula 08Curso Assistente de marketing aula 08
Curso Assistente de marketing aula 08
Marcus Vinícius Liberato
 
Senac assistente de marketing aula 01
Senac assistente de marketing aula 01Senac assistente de marketing aula 01
Senac assistente de marketing aula 01
Marcus Vinícius Liberato
 
Curso Assistente de marketing aula 07
Curso Assistente de marketing aula 07Curso Assistente de marketing aula 07
Curso Assistente de marketing aula 07
Marcus Vinícius Liberato
 
Direitos do Consumidor
Direitos do ConsumidorDireitos do Consumidor
Direitos do Consumidor
jivermil
 
Senac assistente de marketing aula 03
Senac assistente de marketing aula 03Senac assistente de marketing aula 03
Senac assistente de marketing aula 03
Marcus Vinícius Liberato
 
Estratégia de vendas
Estratégia de vendas Estratégia de vendas
Estratégia de vendas
Carlos Rocha
 
EAD Pernambuco - Técnico em Administração - TÉCNICAS DE VENDAS
EAD Pernambuco - Técnico em Administração - TÉCNICAS DE VENDAS EAD Pernambuco - Técnico em Administração - TÉCNICAS DE VENDAS
EAD Pernambuco - Técnico em Administração - TÉCNICAS DE VENDAS
Universidade de Pernambuco
 
Direitos e deveres do consumidor
Direitos e deveres do consumidorDireitos e deveres do consumidor
Direitos e deveres do consumidor
Alfredo Figueiredo
 
Treinamento de Vendas para o Agronegócio
Treinamento de Vendas para o AgronegócioTreinamento de Vendas para o Agronegócio
Treinamento de Vendas para o Agronegócio
Alessandro Lunardon
 
sales
salessales
Curso de Vendas 03 Técnicas de Vendas - Vendedor Profissional.
Curso de Vendas 03 Técnicas de Vendas - Vendedor Profissional.Curso de Vendas 03 Técnicas de Vendas - Vendedor Profissional.
Curso de Vendas 03 Técnicas de Vendas - Vendedor Profissional.
Ricardo Laub Jr.
 
Senac assistente de marketing aula 02
Senac assistente de marketing aula 02Senac assistente de marketing aula 02
Senac assistente de marketing aula 02
Marcus Vinícius Liberato
 

Destaque (20)

Curso Assistente de marketing aula 05
Curso Assistente de marketing aula 05Curso Assistente de marketing aula 05
Curso Assistente de marketing aula 05
 
Laercio sousa adm vnd unidade 1 1.1 a 1.5
Laercio sousa adm vnd unidade 1 1.1 a 1.5Laercio sousa adm vnd unidade 1 1.1 a 1.5
Laercio sousa adm vnd unidade 1 1.1 a 1.5
 
Administração de vendas no empreendimento
Administração de vendas no empreendimentoAdministração de vendas no empreendimento
Administração de vendas no empreendimento
 
Administracao vendas
Administracao vendasAdministracao vendas
Administracao vendas
 
Direitos e Deveres do Consumidor
Direitos e Deveres do ConsumidorDireitos e Deveres do Consumidor
Direitos e Deveres do Consumidor
 
Curso Assistente de marketing aula 06
Curso Assistente de marketing aula 06Curso Assistente de marketing aula 06
Curso Assistente de marketing aula 06
 
Treinamento de Vendas
Treinamento de VendasTreinamento de Vendas
Treinamento de Vendas
 
Dicas de sucesso para o pequeno ecommerce de moda vfinal
Dicas de sucesso para o pequeno ecommerce de moda vfinalDicas de sucesso para o pequeno ecommerce de moda vfinal
Dicas de sucesso para o pequeno ecommerce de moda vfinal
 
Curso Assistente de marketing aula 08
Curso Assistente de marketing aula 08Curso Assistente de marketing aula 08
Curso Assistente de marketing aula 08
 
Senac assistente de marketing aula 01
Senac assistente de marketing aula 01Senac assistente de marketing aula 01
Senac assistente de marketing aula 01
 
Curso Assistente de marketing aula 07
Curso Assistente de marketing aula 07Curso Assistente de marketing aula 07
Curso Assistente de marketing aula 07
 
Direitos do Consumidor
Direitos do ConsumidorDireitos do Consumidor
Direitos do Consumidor
 
Senac assistente de marketing aula 03
Senac assistente de marketing aula 03Senac assistente de marketing aula 03
Senac assistente de marketing aula 03
 
Estratégia de vendas
Estratégia de vendas Estratégia de vendas
Estratégia de vendas
 
EAD Pernambuco - Técnico em Administração - TÉCNICAS DE VENDAS
EAD Pernambuco - Técnico em Administração - TÉCNICAS DE VENDAS EAD Pernambuco - Técnico em Administração - TÉCNICAS DE VENDAS
EAD Pernambuco - Técnico em Administração - TÉCNICAS DE VENDAS
 
Direitos e deveres do consumidor
Direitos e deveres do consumidorDireitos e deveres do consumidor
Direitos e deveres do consumidor
 
Treinamento de Vendas para o Agronegócio
Treinamento de Vendas para o AgronegócioTreinamento de Vendas para o Agronegócio
Treinamento de Vendas para o Agronegócio
 
sales
salessales
sales
 
Curso de Vendas 03 Técnicas de Vendas - Vendedor Profissional.
Curso de Vendas 03 Técnicas de Vendas - Vendedor Profissional.Curso de Vendas 03 Técnicas de Vendas - Vendedor Profissional.
Curso de Vendas 03 Técnicas de Vendas - Vendedor Profissional.
 
Senac assistente de marketing aula 02
Senac assistente de marketing aula 02Senac assistente de marketing aula 02
Senac assistente de marketing aula 02
 

Semelhante a Código de Defesa do Consumidor

Trabalho de direito
Trabalho de direitoTrabalho de direito
Trabalho de direito
Susssu
 
Direito do consumidor
Direito do consumidor Direito do consumidor
Direito do consumidor
revpr
 
Legislação comercial
Legislação comercialLegislação comercial
Legislação comercial
Ines Soares
 
Legislação comercial jorge
Legislação comercial   jorgeLegislação comercial   jorge
Legislação comercial jorge
Ines Soares
 
Legislação comercial jorge
Legislação comercial   jorgeLegislação comercial   jorge
Legislação comercial jorge
Ines Soares
 
AULA 6 CONSUMIDOR.pptx
AULA 6 CONSUMIDOR.pptxAULA 6 CONSUMIDOR.pptx
AULA 6 CONSUMIDOR.pptx
Andria246308
 
Legislação comercial 2º periodo
Legislação comercial 2º periodoLegislação comercial 2º periodo
Legislação comercial 2º periodo
Ines Soares
 
Legislação comercial
Legislação comercialLegislação comercial
Legislação comercial
Ines Soares
 
direitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pptx
direitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pptxdireitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pptx
direitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pptx
FabioRBarreira
 
direitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pdf
direitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pdfdireitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pdf
direitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pdf
Cicinha Gomes
 
Legislação comercial
Legislação comercialLegislação comercial
Legislação comercial
ciganito5
 
Legislação comercial (1)
Legislação comercial (1)Legislação comercial (1)
Legislação comercial (1)
Ruben Viveiros
 
Legislação comercial (1)
Legislação comercial (1)Legislação comercial (1)
Legislação comercial (1)
Ruben Viveiros
 
Direitos consequencias-13e-17-8 b
Direitos consequencias-13e-17-8 bDireitos consequencias-13e-17-8 b
Direitos consequencias-13e-17-8 b
manostugachunga
 
Lei nº 8.078
Lei nº 8.078Lei nº 8.078
Lei nº 8.078
dominguesnsh
 
Legislação turismo 04
Legislação turismo 04Legislação turismo 04
Legislação turismo 04
Ivan Furmann
 
Guia dos direitos do consumidor (2016)
Guia dos direitos do consumidor (2016)Guia dos direitos do consumidor (2016)
Guia dos direitos do consumidor (2016)
David Pires
 
1261141502 cartilhaconsumidor procon
1261141502 cartilhaconsumidor procon 1261141502 cartilhaconsumidor procon
1261141502 cartilhaconsumidor procon
CLAUDOMIRO SOUZA NASCIMENTO
 
Código de-defesa-do-consumidor
Código de-defesa-do-consumidorCódigo de-defesa-do-consumidor
Código de-defesa-do-consumidor
Edson Morikoshi
 
Administração mercadolgica aula 02 - legislação e estudo de caso
Administração mercadolgica   aula 02 - legislação e estudo de casoAdministração mercadolgica   aula 02 - legislação e estudo de caso
Administração mercadolgica aula 02 - legislação e estudo de caso
Luciano Marwell
 

Semelhante a Código de Defesa do Consumidor (20)

Trabalho de direito
Trabalho de direitoTrabalho de direito
Trabalho de direito
 
Direito do consumidor
Direito do consumidor Direito do consumidor
Direito do consumidor
 
Legislação comercial
Legislação comercialLegislação comercial
Legislação comercial
 
Legislação comercial jorge
Legislação comercial   jorgeLegislação comercial   jorge
Legislação comercial jorge
 
Legislação comercial jorge
Legislação comercial   jorgeLegislação comercial   jorge
Legislação comercial jorge
 
AULA 6 CONSUMIDOR.pptx
AULA 6 CONSUMIDOR.pptxAULA 6 CONSUMIDOR.pptx
AULA 6 CONSUMIDOR.pptx
 
Legislação comercial 2º periodo
Legislação comercial 2º periodoLegislação comercial 2º periodo
Legislação comercial 2º periodo
 
Legislação comercial
Legislação comercialLegislação comercial
Legislação comercial
 
direitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pptx
direitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pptxdireitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pptx
direitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pptx
 
direitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pdf
direitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pdfdireitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pdf
direitosdoconsumidor-130712144441-phpapp02.pdf
 
Legislação comercial
Legislação comercialLegislação comercial
Legislação comercial
 
Legislação comercial (1)
Legislação comercial (1)Legislação comercial (1)
Legislação comercial (1)
 
Legislação comercial (1)
Legislação comercial (1)Legislação comercial (1)
Legislação comercial (1)
 
Direitos consequencias-13e-17-8 b
Direitos consequencias-13e-17-8 bDireitos consequencias-13e-17-8 b
Direitos consequencias-13e-17-8 b
 
Lei nº 8.078
Lei nº 8.078Lei nº 8.078
Lei nº 8.078
 
Legislação turismo 04
Legislação turismo 04Legislação turismo 04
Legislação turismo 04
 
Guia dos direitos do consumidor (2016)
Guia dos direitos do consumidor (2016)Guia dos direitos do consumidor (2016)
Guia dos direitos do consumidor (2016)
 
1261141502 cartilhaconsumidor procon
1261141502 cartilhaconsumidor procon 1261141502 cartilhaconsumidor procon
1261141502 cartilhaconsumidor procon
 
Código de-defesa-do-consumidor
Código de-defesa-do-consumidorCódigo de-defesa-do-consumidor
Código de-defesa-do-consumidor
 
Administração mercadolgica aula 02 - legislação e estudo de caso
Administração mercadolgica   aula 02 - legislação e estudo de casoAdministração mercadolgica   aula 02 - legislação e estudo de caso
Administração mercadolgica aula 02 - legislação e estudo de caso
 

Mais de Pedro Klein Garcia

Minha Opinião do Jogo Brasil e Alemanha, Causas e consequências
Minha Opinião do Jogo Brasil e Alemanha, Causas e consequênciasMinha Opinião do Jogo Brasil e Alemanha, Causas e consequências
Minha Opinião do Jogo Brasil e Alemanha, Causas e consequências
Pedro Klein Garcia
 
Governo FHC
Governo FHCGoverno FHC
Governo FHC
Pedro Klein Garcia
 
França
FrançaFrança
União Europeia
União EuropeiaUnião Europeia
União Europeia
Pedro Klein Garcia
 
Retrospectiva Outubro-Novembro 2012
Retrospectiva Outubro-Novembro 2012Retrospectiva Outubro-Novembro 2012
Retrospectiva Outubro-Novembro 2012
Pedro Klein Garcia
 
Barroco Goiano
Barroco GoianoBarroco Goiano
Barroco Goiano
Pedro Klein Garcia
 
Industrialização da Rússia/URSS
Industrialização da Rússia/URSSIndustrialização da Rússia/URSS
Industrialização da Rússia/URSS
Pedro Klein Garcia
 
Industrialização da Alemanha
Industrialização da AlemanhaIndustrialização da Alemanha
Industrialização da Alemanha
Pedro Klein Garcia
 
Síndrome de Edwards
Síndrome de EdwardsSíndrome de Edwards
Síndrome de Edwards
Pedro Klein Garcia
 
A sociedade brasileira no período da república liberal
A sociedade brasileira no período da república liberalA sociedade brasileira no período da república liberal
A sociedade brasileira no período da república liberal
Pedro Klein Garcia
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
Pedro Klein Garcia
 
Arte Fenícia
Arte FeníciaArte Fenícia
Arte Fenícia
Pedro Klein Garcia
 
Sociedade Colonial Brasileira
Sociedade Colonial BrasileiraSociedade Colonial Brasileira
Sociedade Colonial Brasileira
Pedro Klein Garcia
 
Trabalho de física
Trabalho de físicaTrabalho de física
Trabalho de física
Pedro Klein Garcia
 
Sistema nervoso periférico
Sistema nervoso periféricoSistema nervoso periférico
Sistema nervoso periférico
Pedro Klein Garcia
 
Raimundo Correa
Raimundo CorreaRaimundo Correa
Raimundo Correa
Pedro Klein Garcia
 
Império Russo na I Guerra Mundial
Império Russo na I Guerra MundialImpério Russo na I Guerra Mundial
Império Russo na I Guerra Mundial
Pedro Klein Garcia
 
Viroses
VirosesViroses
Energia Nuclear
Energia NuclearEnergia Nuclear
Energia Nuclear
Pedro Klein Garcia
 
Os simpsons e a ciência pt1
Os simpsons e a ciência pt1Os simpsons e a ciência pt1
Os simpsons e a ciência pt1
Pedro Klein Garcia
 

Mais de Pedro Klein Garcia (20)

Minha Opinião do Jogo Brasil e Alemanha, Causas e consequências
Minha Opinião do Jogo Brasil e Alemanha, Causas e consequênciasMinha Opinião do Jogo Brasil e Alemanha, Causas e consequências
Minha Opinião do Jogo Brasil e Alemanha, Causas e consequências
 
Governo FHC
Governo FHCGoverno FHC
Governo FHC
 
França
FrançaFrança
França
 
União Europeia
União EuropeiaUnião Europeia
União Europeia
 
Retrospectiva Outubro-Novembro 2012
Retrospectiva Outubro-Novembro 2012Retrospectiva Outubro-Novembro 2012
Retrospectiva Outubro-Novembro 2012
 
Barroco Goiano
Barroco GoianoBarroco Goiano
Barroco Goiano
 
Industrialização da Rússia/URSS
Industrialização da Rússia/URSSIndustrialização da Rússia/URSS
Industrialização da Rússia/URSS
 
Industrialização da Alemanha
Industrialização da AlemanhaIndustrialização da Alemanha
Industrialização da Alemanha
 
Síndrome de Edwards
Síndrome de EdwardsSíndrome de Edwards
Síndrome de Edwards
 
A sociedade brasileira no período da república liberal
A sociedade brasileira no período da república liberalA sociedade brasileira no período da república liberal
A sociedade brasileira no período da república liberal
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Arte Fenícia
Arte FeníciaArte Fenícia
Arte Fenícia
 
Sociedade Colonial Brasileira
Sociedade Colonial BrasileiraSociedade Colonial Brasileira
Sociedade Colonial Brasileira
 
Trabalho de física
Trabalho de físicaTrabalho de física
Trabalho de física
 
Sistema nervoso periférico
Sistema nervoso periféricoSistema nervoso periférico
Sistema nervoso periférico
 
Raimundo Correa
Raimundo CorreaRaimundo Correa
Raimundo Correa
 
Império Russo na I Guerra Mundial
Império Russo na I Guerra MundialImpério Russo na I Guerra Mundial
Império Russo na I Guerra Mundial
 
Viroses
VirosesViroses
Viroses
 
Energia Nuclear
Energia NuclearEnergia Nuclear
Energia Nuclear
 
Os simpsons e a ciência pt1
Os simpsons e a ciência pt1Os simpsons e a ciência pt1
Os simpsons e a ciência pt1
 

Código de Defesa do Consumidor

  • 1. Código de Direitos do Consumidor
  • 2. O Código de Defesa do Consumido foi instituído pela Lei Nº 8.078, de 11 de setembro de 1990.  Ele foi criado com o intuito de criar um conjunto de normas que acompanhassem o dinamismo da sociedade de massas que surgira no final do séc. XX.
  • 3. Além disso, a Constituição de 1988 dispunha, no seu artigo 5°, Inciso XXXII, que “O Estado promoverá na forma da lei a defesa do consumidor.”  Não foi pacífica a vigência desta Lei: várias entidades vêm tentando, ao longo dos anos, escapar de sua área de atuação.
  • 4. O exemplo mais claro deu-se com as instituições bancárias do Brasil que, através de recursos, mantiveram-se até 2006 sem subordinar-se aos dispositivos do CDC, até que uma decisão do Supremo Tribunal Federal esclareceu de forma definitiva, dizendo que os bancos têm, efetivamente, relação de consumo com seus clientes e, portanto, devem estar sujeitos ao Código.
  • 5. Segundo o Artigo 6° do CDC: ◦ Proteção da vida e da saúde; ◦ Educação para o consumo; ◦ Liberdade de escolha de produtos e serviços; ◦ Informação; ◦ Proteção contratual; ◦ Indenização; ◦ Acesso à Justiça e facilitação de defesa; ◦ Qualidade dos serviços públicos.
  • 6. Alguns produtos podem oferecer riscos ao consumidor. É direito seu ser protegido contra produtos que possam ser perigosos.  Assim, um alimento não pode conter uma substância que pode fazer mal à saúde; um açougue não pode vender carnes embrulhadas em sacos de lixo ou papel de jornal; um remédio que causa dependência não pode ser vendido livremente, sem receita médica. (Art. 6º, I, CDC)
  • 7. O fornecedor deve informar, nas embalagens, rótulos ou publicidade, sobre os riscos do produto à saúde do consumidor.  Se o fornecedor, depois que colocou o produto no mercado, descobrir que ele faz mal à saúde, precisa anunciar aos consumidores, alertando-os sobre o perigo. (Arts. 8o, 9o e 10 )
  • 8. Publicidade é a propaganda de um produto ou serviço. Toda publicidade deve ser fácil de se entender.  Publicidade enganosa é a que contém informações falsas e também a que esconde ou deixa faltar informação importante sobre um produto ou serviço. (Arts. 30, 35, 36, 37, 38, CDC )
  • 9. No Código de Defesa do Consumidor existem dois tipos de garantia: a legal e a contratual.  A garantia legal não depende do contrato que foi feito, pois já está prevista na lei (Arts. 26 e 27, CDC).  A garantia contratual completa a legal e é dada pelo próprio fornecedor. Chama-se termo de garantia (Art. 50, CDC).
  • 10. O Código não permite que o fornecedor, na cobrança de dívida, ameace ou faça o consumidor passar vergonha em público. Não permite, também, que o fornecedor, sem motivo justo, cobre o consumidor no seu local de trabalho ou lazer (art. 71, CDC).  Se o fornecedor cobrar quantia indevida (o que já foi pago, mais do que o devido, etc.), o consumidor terá direito de receber o que pagou, em dobro, com juros e correção monetária.
  • 11. No Artigo 39 do CDC, é proíbido: ◦ Venda Casada; ◦ Reserva de Produto; ◦ Prevalecer-se da fraqueza ou ignorância do consumidor; ◦ Exigir do consumidor vantagens exageradas ou desproporcionais; ◦ Nã haver um orçamento antes da contratação de um serviço;
  • 12. ◦ Difamar o consumidor só porque ele praticou um ato no exercício de um direito seu; ◦ Não marcar um prazo para entregar um produto ou terminar um serviço; ◦ Elevar, sem justa causa, os preços de produtos e serviços.
  • 13. Muitas empresas já possuem o Serviço de Atendimento ao Consumidor - SAC, que atende às reclamações e procuram resolver o problema.  Você pode encontrar o telefone do SAC nas embalagens dos produtos.  Quando for reclamar conte, em detalhe, tudo o que aconteceu, para ajudar a resolver seu problema. Leve a nota fiscal, pedidos, certificado de garantia, contrato, recibos e outros documentos que tiver.
  • 14. Depois de reclamar, guarde com você a prova de sua queixa: protocolo, código de reclamação, etc.  Não se esqueça de anotar o nome e o cargo da pessoa que o atendeu.  Guarde sempre a nota fiscal dos produtos que você comprou e os recibos dos valores que pagou em caso de prestação de serviços. Só com estes documentos você pode reclamar, por exemplo, de um produto com defeito ou de um serviço mal feito.
  • 15. Alguns problemas de compra de produto ou pagamento de serviços têm de ser encaminhados à Justiça. Você pode reclamar sozinho ou em grupo, no caso de várias pessoas terem o mesmo problema (Art. 81, CDC).  Se o dano for menor que 40 salários mínimos, pode-se recorrer ao Juizado de Pequenas Causas.
  • 16. O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (ou Procon) é uma fundação presente em diversos estados e municípios brasileiros com personalidade jurídica de direito público, cujo objetivo é elaborar e executar a política estadual de proteção e defesa do consumidor.
  • 17. Funciona como um órgão auxiliar do Poder Judiciário, tentando solucionar previamente os conflitos entre o consumidor e a empresa que vende um produto ou presta um serviço, e quando não há acordo, encaminha o caso para o Juizado Especial Cível com jurisdição sobre o local. O Procon pode ser estadual ou municipal.