SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Cartas do leitor
ou
Cartas à redação
ou
Painel do leitor
Objetivo
Abrir espaço para o leitor fazer uma
crítica ou elogio a uma determinada
matéria publicada ou mesmo
expressar sugestões ou dúvidas. Os
comentários podem referir-se às ideias
de um texto, com as quais o leitor
concorda ou não; à maneira como o
assunto foi abordado ou à qualidade
do texto em si.
Linguagem
Varia conforme o perfil dos leitores da
publicação. Pode ser mais descontraída,
se o público é jovem, ou ter um aspecto
mais formal.
Estrutura
- Data
-Vocativo
- Corpo do texto
- Despedida
- Assinatura
Quando publicadas, as cartas
costumam ser agrupadas por
assunto. Assim, reunem-se as que
se refiram à mesma notícia ou
reportagem em um mesmo bloco,
que recebe um título.
Exemplos de carta do leitor
Fonte:
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/09/pensei-em-meu-filho-disse-policial-qu

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIAAULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIAaulasdejornalismo
 
Passos para uma boa redação
Passos para uma boa redaçãoPassos para uma boa redação
Passos para uma boa redaçãoSinara Lustosa
 
Conclusão - Dissertação
Conclusão - DissertaçãoConclusão - Dissertação
Conclusão - DissertaçãoCynthia Funchal
 
AULA 07 - CARTA ARGUMENTATIVA - PPT - ATUALÍSSIMA
AULA 07 - CARTA ARGUMENTATIVA - PPT - ATUALÍSSIMAAULA 07 - CARTA ARGUMENTATIVA - PPT - ATUALÍSSIMA
AULA 07 - CARTA ARGUMENTATIVA - PPT - ATUALÍSSIMAMarcelo Cordeiro Souza
 
GêNero Textual Carta
GêNero Textual CartaGêNero Textual Carta
GêNero Textual Cartaguest4f8ac9b
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTOMarcelo Cordeiro Souza
 
Coesão e coerência – o que são
Coesão e coerência – o que sãoCoesão e coerência – o que são
Coesão e coerência – o que sãoRenally Arruda
 
Generos e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais pptGeneros e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais pptpnaicdertsis
 
A primeira página do jornal
A primeira página do jornalA primeira página do jornal
A primeira página do jornalma.no.el.ne.ves
 
Oficina de histórias em quadrinhos
Oficina de histórias em quadrinhosOficina de histórias em quadrinhos
Oficina de histórias em quadrinhosAldean
 
Intertextualidade
Intertextualidade Intertextualidade
Intertextualidade Denise
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP42)
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP42)LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP42)
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP42)GernciadeProduodeMat
 

Mais procurados (20)

AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIAAULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
 
Resenha crítica
Resenha crítica Resenha crítica
Resenha crítica
 
Passos para uma boa redação
Passos para uma boa redaçãoPassos para uma boa redação
Passos para uma boa redação
 
Diferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opiniãoDiferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opinião
 
Conclusão - Dissertação
Conclusão - DissertaçãoConclusão - Dissertação
Conclusão - Dissertação
 
Elementos da narracao
Elementos da narracaoElementos da narracao
Elementos da narracao
 
AULA 07 - CARTA ARGUMENTATIVA - PPT - ATUALÍSSIMA
AULA 07 - CARTA ARGUMENTATIVA - PPT - ATUALÍSSIMAAULA 07 - CARTA ARGUMENTATIVA - PPT - ATUALÍSSIMA
AULA 07 - CARTA ARGUMENTATIVA - PPT - ATUALÍSSIMA
 
GêNero Textual Carta
GêNero Textual CartaGêNero Textual Carta
GêNero Textual Carta
 
Produção de Texto
Produção de TextoProdução de Texto
Produção de Texto
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
 
Resumo
ResumoResumo
Resumo
 
Documentário
DocumentárioDocumentário
Documentário
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
 
Coesão e coerência – o que são
Coesão e coerência – o que sãoCoesão e coerência – o que são
Coesão e coerência – o que são
 
Generos e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais pptGeneros e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais ppt
 
A primeira página do jornal
A primeira página do jornalA primeira página do jornal
A primeira página do jornal
 
Narracao
NarracaoNarracao
Narracao
 
Oficina de histórias em quadrinhos
Oficina de histórias em quadrinhosOficina de histórias em quadrinhos
Oficina de histórias em quadrinhos
 
Intertextualidade
Intertextualidade Intertextualidade
Intertextualidade
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP42)
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP42)LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP42)
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP42)
 

Destaque (20)

Carta do leitor
Carta do leitorCarta do leitor
Carta do leitor
 
Novela
NovelaNovela
Novela
 
Gêneros textuais no ENEM: carta do leitor
Gêneros textuais no ENEM: carta do leitorGêneros textuais no ENEM: carta do leitor
Gêneros textuais no ENEM: carta do leitor
 
Novela Literária
Novela LiteráriaNovela Literária
Novela Literária
 
Noções sobre carta argumentativa
Noções sobre carta argumentativaNoções sobre carta argumentativa
Noções sobre carta argumentativa
 
Romance
RomanceRomance
Romance
 
Carta formal
Carta formalCarta formal
Carta formal
 
Romance
RomanceRomance
Romance
 
Romance
RomanceRomance
Romance
 
Carta do leitor e carta ao leitor
Carta do leitor e carta ao leitorCarta do leitor e carta ao leitor
Carta do leitor e carta ao leitor
 
Carta argumantativa
Carta argumantativaCarta argumantativa
Carta argumantativa
 
Elementos estruturais da novela
Elementos estruturais da novelaElementos estruturais da novela
Elementos estruturais da novela
 
Conto de terror
Conto de terrorConto de terror
Conto de terror
 
Redação | Carta Argumentativa | 3ª ANO | Profª Maria Luiza
Redação | Carta Argumentativa | 3ª ANO | Profª Maria LuizaRedação | Carta Argumentativa | 3ª ANO | Profª Maria Luiza
Redação | Carta Argumentativa | 3ª ANO | Profª Maria Luiza
 
Carta do leitor
Carta do leitorCarta do leitor
Carta do leitor
 
Carta (pessoal, do leitor ou formal)
Carta (pessoal, do leitor ou formal)Carta (pessoal, do leitor ou formal)
Carta (pessoal, do leitor ou formal)
 
Carta do leitor
Carta do leitorCarta do leitor
Carta do leitor
 
Os verbos
Os verbosOs verbos
Os verbos
 
Carta argumentativa-power-point
Carta argumentativa-power-pointCarta argumentativa-power-point
Carta argumentativa-power-point
 
Conto de terror- Estudo de gêneros textuais
Conto de terror- Estudo de gêneros textuaisConto de terror- Estudo de gêneros textuais
Conto de terror- Estudo de gêneros textuais
 

Semelhante a Carta do leitor - 8° ano EF II

Sequencia didática artigo de opinião
Sequencia didática   artigo de opiniãoSequencia didática   artigo de opinião
Sequencia didática artigo de opiniãoAntonio Minharro
 
09 disertação argumentativa
09   disertação argumentativa09   disertação argumentativa
09 disertação argumentativamarcelocaxias
 
Prova Saeb_2021.pptx
Prova Saeb_2021.pptxProva Saeb_2021.pptx
Prova Saeb_2021.pptxTCCFAJ
 
PROJETO RESENHAS LITERÁRIAS
PROJETO RESENHAS LITERÁRIASPROJETO RESENHAS LITERÁRIAS
PROJETO RESENHAS LITERÁRIASceakitajai
 
êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...
êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...
êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...Jomari
 
Redação: dissertação e artigo de opinião.
Redação: dissertação e artigo de opinião.Redação: dissertação e artigo de opinião.
Redação: dissertação e artigo de opinião.Felipe Hilario
 
Artigo opinativo
Artigo opinativoArtigo opinativo
Artigo opinativocursinhofea
 
Aula11: Artigo (Língua Portuguesa)
Aula11: Artigo (Língua Portuguesa)Aula11: Artigo (Língua Portuguesa)
Aula11: Artigo (Língua Portuguesa)André Figundio
 
G ped lpt0_2_1_06
G ped lpt0_2_1_06G ped lpt0_2_1_06
G ped lpt0_2_1_06Su Jazz
 
Artigo de opiniao.pptx
Artigo de opiniao.pptxArtigo de opiniao.pptx
Artigo de opiniao.pptxFtimaDantas7
 
2 características da dissertação 9º ano 2009
2 características da dissertação    9º ano 20092 características da dissertação    9º ano 2009
2 características da dissertação 9º ano 2009Cristiane Paula Czepak Cris
 

Semelhante a Carta do leitor - 8° ano EF II (20)

Ot 26 05[1]
Ot 26 05[1]Ot 26 05[1]
Ot 26 05[1]
 
Ot 26 05[1]
Ot 26 05[1]Ot 26 05[1]
Ot 26 05[1]
 
Sequencia didática artigo de opinião
Sequencia didática   artigo de opiniãoSequencia didática   artigo de opinião
Sequencia didática artigo de opinião
 
Carta(s)
Carta(s)Carta(s)
Carta(s)
 
Dissertação
DissertaçãoDissertação
Dissertação
 
09 disertação argumentativa
09   disertação argumentativa09   disertação argumentativa
09 disertação argumentativa
 
gdgdgdg
gdgdgdggdgdgdg
gdgdgdg
 
Prova Saeb_2021.pptx
Prova Saeb_2021.pptxProva Saeb_2021.pptx
Prova Saeb_2021.pptx
 
PROJETO RESENHAS LITERÁRIAS
PROJETO RESENHAS LITERÁRIASPROJETO RESENHAS LITERÁRIAS
PROJETO RESENHAS LITERÁRIAS
 
êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...
êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...
êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...
 
Artigo de opinião.
Artigo de opinião.Artigo de opinião.
Artigo de opinião.
 
Artigo de opinião.
Artigo de opinião.Artigo de opinião.
Artigo de opinião.
 
Editorial
EditorialEditorial
Editorial
 
Redação: dissertação e artigo de opinião.
Redação: dissertação e artigo de opinião.Redação: dissertação e artigo de opinião.
Redação: dissertação e artigo de opinião.
 
Artigo opinativo
Artigo opinativoArtigo opinativo
Artigo opinativo
 
Aula11: Artigo (Língua Portuguesa)
Aula11: Artigo (Língua Portuguesa)Aula11: Artigo (Língua Portuguesa)
Aula11: Artigo (Língua Portuguesa)
 
G ped lpt0_2_1_06
G ped lpt0_2_1_06G ped lpt0_2_1_06
G ped lpt0_2_1_06
 
Artigo de opiniao.pptx
Artigo de opiniao.pptxArtigo de opiniao.pptx
Artigo de opiniao.pptx
 
Texto Argumentativo
Texto ArgumentativoTexto Argumentativo
Texto Argumentativo
 
2 características da dissertação 9º ano 2009
2 características da dissertação    9º ano 20092 características da dissertação    9º ano 2009
2 características da dissertação 9º ano 2009
 

Último

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfGisellySobral
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaCentro Jacques Delors
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfFbioFerreira207918
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanomarla71199
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfbragamoysesaline
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaREGIANELAURALOUREIRO1
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaANNAPAULAAIRESDESOUZ
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024azulassessoria9
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................mariagrave
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxAntonioVieira539017
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSPedro Luis Moraes
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioWyngDaFelyzitahLamba
 

Último (20)

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João EudesNovena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 

Carta do leitor - 8° ano EF II