SlideShare uma empresa Scribd logo
Gêneros jornalísticos
Notícia – Reportagem – Crônica
Jornalística
O QUE É UMA NOTÍCIA?
• Notícia é a expressão de um fato novo, que
desperta o interesse do público a qual se
destina.
• “Quando um cachorro morde um homem, isso
não é notícia. Mas quando um homem morde
um cachorro, isso é notícia.”. (Definição dada
por um editor do Jornal “The Sun”, de Nova
Iorque).
Estrutura da notícia
• MANCHETE - LEAD – CORPO
• Lead: é um resumo do fato em poucas linhas,
geralmente, se encontra no primeiro
parágrafo da notícia.
• Contém as informações mais importantes, e
deve fornecer ao leitor a maior parte das
respostas às 6 perguntas básicas: o quê,
quem, quando, onde, como e por quê.
As seis perguntas básicas que
compõem o lead
• O quê (fato)
• Quem (pessoas)
• Quando (tempo)
• Onde (lugar)
• Como (aconteceu o fato)
• Por quê (causa)
• Corpo do texto: São os demais parágrafos da
notícia. Onde se apresentam com mais
detalhes o que foi exposto no lead.
• Fornece ao leitor novas informações em
ordem cronológica ou de importância.
• Na notícia, o segundo e o terceiro parágrafo
constituem o corpo do texto.
• Numa notícia predomina a narração.
Diante de tudo abordado até o momento,
vocês acham que a notícia é narrado em 1ª ou
3ª pessoa?
• Uma notícia deve ser imparcial e objetiva, ou
seja, deve expor fatos e não opiniões.
• Linguagem clara, direta, precisa e formal.
REPORTAGEM
• A reportagem, ao contrário da notícia, relata
um fato com maior profundidade, amplia o
fato principal acrescentando novos fatos. Traz
dados estatísticos, fotografias, entrevistas, etc.
• O salto da notícia para a reportagem se dá no
momento em que é preciso ir além da
notificação e se situa no detalhamento, no
questionamento de causa e efeito, na
interpretação e etc,.
ESTRUTURA
• Manchete ou título, anuncia o fato em si, e
pode vir ou não acompanhado de subtítulo.
• Embora a reportagem assim como a notícia
geralmente se inicie com o lead.
• O corpo do texto da reportagem, no entanto,
é bem mais amplo em questão de conteúdo
informacional.
• Embora a linguagem seja impessoal, na maior
parte do tempo, quase sempre se nota a
opinião do jornal, ou do jornalista e de
pessoas envolvidas no assunto.
• Às vezes, o jornal ou a revista emprega uma
linguagem com traços de informalidade,
dependendo do público a que se destina.
CRÔNICA JORNALÍSTICA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Generos textuais
Generos textuaisGeneros textuais
Editorial gênero
Editorial gêneroEditorial gênero
Editorial gênero
Antonio Minharro
 
Oficina de texto jornalístico
Oficina de texto jornalísticoOficina de texto jornalístico
Oficina de texto jornalístico
Fausto Coimbra
 
O gênero textual entrevista
O gênero textual   entrevistaO gênero textual   entrevista
O gênero textual entrevista
Renally Arruda
 
Editorial
EditorialEditorial
Charge e Cartum
Charge e CartumCharge e Cartum
Charge e Cartum
aylton sheverino
 
A reportagem
A reportagemA reportagem
A reportagem
Fernanda Monteiro
 
Artigo de Opinião
Artigo de OpiniãoArtigo de Opinião
Artigo de Opinião
Kleber Brito
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
silnog
 
Reportagem
ReportagemReportagem
Reportagem
MARIA NOGUE
 
A reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e característicasA reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e características
Susana Sobrenome
 
Slide Gênero Textual Notícia
Slide Gênero Textual NotíciaSlide Gênero Textual Notícia
Slide Gênero Textual Notícia
Jomari
 
Texto jornalístico
Texto jornalísticoTexto jornalístico
Texto jornalístico
Lurdes Augusto
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
leticiararek
 
Textos Jornalisticos
Textos JornalisticosTextos Jornalisticos
Textos Jornalisticos
Rosalina Simão Nunes
 
Anúncio publicitário
Anúncio publicitárioAnúncio publicitário
Anúncio publicitário
Maurício Marques
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
Marcelo Cordeiro Souza
 
Diferença entre tese e argumento
Diferença entre tese e argumentoDiferença entre tese e argumento
Diferença entre tese e argumento
cristina resende
 
Passos para a redação do enem
Passos para a redação do enemPassos para a redação do enem
Passos para a redação do enem
Luciene Gomes
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textual
ISJ
 

Mais procurados (20)

Generos textuais
Generos textuaisGeneros textuais
Generos textuais
 
Editorial gênero
Editorial gêneroEditorial gênero
Editorial gênero
 
Oficina de texto jornalístico
Oficina de texto jornalísticoOficina de texto jornalístico
Oficina de texto jornalístico
 
O gênero textual entrevista
O gênero textual   entrevistaO gênero textual   entrevista
O gênero textual entrevista
 
Editorial
EditorialEditorial
Editorial
 
Charge e Cartum
Charge e CartumCharge e Cartum
Charge e Cartum
 
A reportagem
A reportagemA reportagem
A reportagem
 
Artigo de Opinião
Artigo de OpiniãoArtigo de Opinião
Artigo de Opinião
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
 
Reportagem
ReportagemReportagem
Reportagem
 
A reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e característicasA reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e características
 
Slide Gênero Textual Notícia
Slide Gênero Textual NotíciaSlide Gênero Textual Notícia
Slide Gênero Textual Notícia
 
Texto jornalístico
Texto jornalísticoTexto jornalístico
Texto jornalístico
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
 
Textos Jornalisticos
Textos JornalisticosTextos Jornalisticos
Textos Jornalisticos
 
Anúncio publicitário
Anúncio publicitárioAnúncio publicitário
Anúncio publicitário
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
 
Diferença entre tese e argumento
Diferença entre tese e argumentoDiferença entre tese e argumento
Diferença entre tese e argumento
 
Passos para a redação do enem
Passos para a redação do enemPassos para a redação do enem
Passos para a redação do enem
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textual
 

Semelhante a Gêneros jornalísticos

O que é notícia
O que é notíciaO que é notícia
O que é notícia
Cláudia
 
Textos jornalísticos
Textos jornalísticosTextos jornalísticos
Textos jornalísticos
Filomena Claudino
 
Aula - Reportagem (Língua Portugues).pdf
Aula - Reportagem (Língua Portugues).pdfAula - Reportagem (Língua Portugues).pdf
Aula - Reportagem (Língua Portugues).pdf
Igor71257
 
Aula - Reportagem (Língua Portugues).pdf
Aula - Reportagem (Língua Portugues).pdfAula - Reportagem (Língua Portugues).pdf
Aula - Reportagem (Língua Portugues).pdf
Igor71257
 
Aula - Reportagem.pptx
Aula - Reportagem.pptxAula - Reportagem.pptx
Aula - Reportagem.pptx
Igor71257
 
Gênero Notícia (atualizado).pptx
Gênero Notícia (atualizado).pptxGênero Notícia (atualizado).pptx
Gênero Notícia (atualizado).pptx
CristinaBitencourt4
 
Textos Jornalisticos - Versão2
Textos Jornalisticos - Versão2Textos Jornalisticos - Versão2
Textos Jornalisticos - Versão2
Rosalina Simão Nunes
 
W8 Imprensa
W8 ImprensaW8 Imprensa
W8 Imprensa
Fernanda Soares
 
A aprofundamento aula_3_textos_jornalísticos
A aprofundamento aula_3_textos_jornalísticosA aprofundamento aula_3_textos_jornalísticos
A aprofundamento aula_3_textos_jornalísticos
Zofia Santos
 
A notícia
A notíciaA notícia
A notícia
Ana Costa
 
êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...
êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...
êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...
Jomari
 
Aula reportagem x notícia.ppt
Aula reportagem x notícia.pptAula reportagem x notícia.ppt
Aula reportagem x notícia.ppt
LeonardoVivaldo2
 
Resumo 2
Resumo 2Resumo 2
Resumo 2
carla Furlan
 
Resumo 2
Resumo 2Resumo 2
Resumo 2
carla Furlan
 
4
44
4
44
Textos jornalisticos teresa
Textos jornalisticos teresaTextos jornalisticos teresa
Textos jornalisticos teresa
Teresa Oliveira
 
Como fazer uma reportagem
Como fazer uma reportagemComo fazer uma reportagem
Como fazer uma reportagem
Marta Neto
 
Notícia.pdf
Notícia.pdfNotícia.pdf
Notícia.pdf
Natália Moura
 
O texto jornalístico na comunicação eclesial
O texto jornalístico na comunicação eclesialO texto jornalístico na comunicação eclesial
O texto jornalístico na comunicação eclesial
Andréia Gripp
 

Semelhante a Gêneros jornalísticos (20)

O que é notícia
O que é notíciaO que é notícia
O que é notícia
 
Textos jornalísticos
Textos jornalísticosTextos jornalísticos
Textos jornalísticos
 
Aula - Reportagem (Língua Portugues).pdf
Aula - Reportagem (Língua Portugues).pdfAula - Reportagem (Língua Portugues).pdf
Aula - Reportagem (Língua Portugues).pdf
 
Aula - Reportagem (Língua Portugues).pdf
Aula - Reportagem (Língua Portugues).pdfAula - Reportagem (Língua Portugues).pdf
Aula - Reportagem (Língua Portugues).pdf
 
Aula - Reportagem.pptx
Aula - Reportagem.pptxAula - Reportagem.pptx
Aula - Reportagem.pptx
 
Gênero Notícia (atualizado).pptx
Gênero Notícia (atualizado).pptxGênero Notícia (atualizado).pptx
Gênero Notícia (atualizado).pptx
 
Textos Jornalisticos - Versão2
Textos Jornalisticos - Versão2Textos Jornalisticos - Versão2
Textos Jornalisticos - Versão2
 
W8 Imprensa
W8 ImprensaW8 Imprensa
W8 Imprensa
 
A aprofundamento aula_3_textos_jornalísticos
A aprofundamento aula_3_textos_jornalísticosA aprofundamento aula_3_textos_jornalísticos
A aprofundamento aula_3_textos_jornalísticos
 
A notícia
A notíciaA notícia
A notícia
 
êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...
êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...
êneros Textuais Jornal: notícia, entrevista, charge, tira, reportagem, carta ...
 
Aula reportagem x notícia.ppt
Aula reportagem x notícia.pptAula reportagem x notícia.ppt
Aula reportagem x notícia.ppt
 
Resumo 2
Resumo 2Resumo 2
Resumo 2
 
Resumo 2
Resumo 2Resumo 2
Resumo 2
 
4
44
4
 
4
44
4
 
Textos jornalisticos teresa
Textos jornalisticos teresaTextos jornalisticos teresa
Textos jornalisticos teresa
 
Como fazer uma reportagem
Como fazer uma reportagemComo fazer uma reportagem
Como fazer uma reportagem
 
Notícia.pdf
Notícia.pdfNotícia.pdf
Notícia.pdf
 
O texto jornalístico na comunicação eclesial
O texto jornalístico na comunicação eclesialO texto jornalístico na comunicação eclesial
O texto jornalístico na comunicação eclesial
 

Mais de Renally Arruda

Módulo 2015.2
Módulo 2015.2 Módulo 2015.2
Módulo 2015.2
Renally Arruda
 
Sequencia pibid 2015.2
Sequencia pibid 2015.2 Sequencia pibid 2015.2
Sequencia pibid 2015.2
Renally Arruda
 
Memórias literárias
Memórias literáriasMemórias literárias
Memórias literárias
Renally Arruda
 
Peça teatral representação da paraíba
Peça teatral representação da paraíbaPeça teatral representação da paraíba
Peça teatral representação da paraíba
Renally Arruda
 
Entrevistas a membros da comunidade quilombola grilo
Entrevistas a membros da comunidade quilombola griloEntrevistas a membros da comunidade quilombola grilo
Entrevistas a membros da comunidade quilombola grilo
Renally Arruda
 
Esquema para realização da entrevista
Esquema para realização da entrevistaEsquema para realização da entrevista
Esquema para realização da entrevista
Renally Arruda
 
Caderno de atividades.2015.2
Caderno de atividades.2015.2Caderno de atividades.2015.2
Caderno de atividades.2015.2
Renally Arruda
 
QUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIAS
QUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIASQUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIAS
QUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIAS
Renally Arruda
 
Vamos ler
Vamos lerVamos ler
Vamos ler
Renally Arruda
 
Textualização
TextualizaçãoTextualização
Textualização
Renally Arruda
 
Slides maquetes
Slides maquetesSlides maquetes
Slides maquetes
Renally Arruda
 
Gênero memórias literárias
Gênero memórias literáriasGênero memórias literárias
Gênero memórias literárias
Renally Arruda
 
Análise das-perguntas versão final
Análise das-perguntas versão finalAnálise das-perguntas versão final
Análise das-perguntas versão final
Renally Arruda
 
Artigo de opinião dos alunos versão final
Artigo de opinião dos alunos versão finalArtigo de opinião dos alunos versão final
Artigo de opinião dos alunos versão final
Renally Arruda
 
Revisao produção pibid
Revisao produção pibidRevisao produção pibid
Revisao produção pibid
Renally Arruda
 
Slide sobre coerencia pibid
Slide sobre coerencia pibidSlide sobre coerencia pibid
Slide sobre coerencia pibid
Renally Arruda
 
O jogo da vida
O jogo da vidaO jogo da vida
O jogo da vida
Renally Arruda
 
Quem sabe mais
Quem sabe maisQuem sabe mais
Quem sabe mais
Renally Arruda
 
Slide sobre coerência pibid
Slide sobre coerência pibidSlide sobre coerência pibid
Slide sobre coerência pibid
Renally Arruda
 
Revisão com base na atividade coesão
Revisão com base na atividade coesãoRevisão com base na atividade coesão
Revisão com base na atividade coesão
Renally Arruda
 

Mais de Renally Arruda (20)

Módulo 2015.2
Módulo 2015.2 Módulo 2015.2
Módulo 2015.2
 
Sequencia pibid 2015.2
Sequencia pibid 2015.2 Sequencia pibid 2015.2
Sequencia pibid 2015.2
 
Memórias literárias
Memórias literáriasMemórias literárias
Memórias literárias
 
Peça teatral representação da paraíba
Peça teatral representação da paraíbaPeça teatral representação da paraíba
Peça teatral representação da paraíba
 
Entrevistas a membros da comunidade quilombola grilo
Entrevistas a membros da comunidade quilombola griloEntrevistas a membros da comunidade quilombola grilo
Entrevistas a membros da comunidade quilombola grilo
 
Esquema para realização da entrevista
Esquema para realização da entrevistaEsquema para realização da entrevista
Esquema para realização da entrevista
 
Caderno de atividades.2015.2
Caderno de atividades.2015.2Caderno de atividades.2015.2
Caderno de atividades.2015.2
 
QUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIAS
QUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIASQUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIAS
QUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIAS
 
Vamos ler
Vamos lerVamos ler
Vamos ler
 
Textualização
TextualizaçãoTextualização
Textualização
 
Slides maquetes
Slides maquetesSlides maquetes
Slides maquetes
 
Gênero memórias literárias
Gênero memórias literáriasGênero memórias literárias
Gênero memórias literárias
 
Análise das-perguntas versão final
Análise das-perguntas versão finalAnálise das-perguntas versão final
Análise das-perguntas versão final
 
Artigo de opinião dos alunos versão final
Artigo de opinião dos alunos versão finalArtigo de opinião dos alunos versão final
Artigo de opinião dos alunos versão final
 
Revisao produção pibid
Revisao produção pibidRevisao produção pibid
Revisao produção pibid
 
Slide sobre coerencia pibid
Slide sobre coerencia pibidSlide sobre coerencia pibid
Slide sobre coerencia pibid
 
O jogo da vida
O jogo da vidaO jogo da vida
O jogo da vida
 
Quem sabe mais
Quem sabe maisQuem sabe mais
Quem sabe mais
 
Slide sobre coerência pibid
Slide sobre coerência pibidSlide sobre coerência pibid
Slide sobre coerência pibid
 
Revisão com base na atividade coesão
Revisão com base na atividade coesãoRevisão com base na atividade coesão
Revisão com base na atividade coesão
 

Último

Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
Manuais Formação
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
ILDISONRAFAELBARBOSA
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 

Último (20)

Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 

Gêneros jornalísticos

  • 1. Gêneros jornalísticos Notícia – Reportagem – Crônica Jornalística
  • 2. O QUE É UMA NOTÍCIA? • Notícia é a expressão de um fato novo, que desperta o interesse do público a qual se destina. • “Quando um cachorro morde um homem, isso não é notícia. Mas quando um homem morde um cachorro, isso é notícia.”. (Definição dada por um editor do Jornal “The Sun”, de Nova Iorque).
  • 3. Estrutura da notícia • MANCHETE - LEAD – CORPO • Lead: é um resumo do fato em poucas linhas, geralmente, se encontra no primeiro parágrafo da notícia. • Contém as informações mais importantes, e deve fornecer ao leitor a maior parte das respostas às 6 perguntas básicas: o quê, quem, quando, onde, como e por quê.
  • 4. As seis perguntas básicas que compõem o lead • O quê (fato) • Quem (pessoas) • Quando (tempo) • Onde (lugar) • Como (aconteceu o fato) • Por quê (causa)
  • 5. • Corpo do texto: São os demais parágrafos da notícia. Onde se apresentam com mais detalhes o que foi exposto no lead. • Fornece ao leitor novas informações em ordem cronológica ou de importância. • Na notícia, o segundo e o terceiro parágrafo constituem o corpo do texto.
  • 6. • Numa notícia predomina a narração. Diante de tudo abordado até o momento, vocês acham que a notícia é narrado em 1ª ou 3ª pessoa? • Uma notícia deve ser imparcial e objetiva, ou seja, deve expor fatos e não opiniões. • Linguagem clara, direta, precisa e formal.
  • 7. REPORTAGEM • A reportagem, ao contrário da notícia, relata um fato com maior profundidade, amplia o fato principal acrescentando novos fatos. Traz dados estatísticos, fotografias, entrevistas, etc. • O salto da notícia para a reportagem se dá no momento em que é preciso ir além da notificação e se situa no detalhamento, no questionamento de causa e efeito, na interpretação e etc,.
  • 8. ESTRUTURA • Manchete ou título, anuncia o fato em si, e pode vir ou não acompanhado de subtítulo. • Embora a reportagem assim como a notícia geralmente se inicie com o lead. • O corpo do texto da reportagem, no entanto, é bem mais amplo em questão de conteúdo informacional.
  • 9. • Embora a linguagem seja impessoal, na maior parte do tempo, quase sempre se nota a opinião do jornal, ou do jornalista e de pessoas envolvidas no assunto. • Às vezes, o jornal ou a revista emprega uma linguagem com traços de informalidade, dependendo do público a que se destina.