SlideShare uma empresa Scribd logo
PROFESSORA LUCILEIDA MARA DE CASTRO
AULA 6 ,[object Object]
 RENASCIMENTO CULTURAL
 REFORMA PROTESTANTE
 CONTRA-REFORMA,[object Object]
CRUZADAS  = RENASCIMENTO COMERCIAL E URBANO
FOME E PESTE = CRISE DO SÉCULO XIV
SÉCULO XIV = PROBLEMAS MERCANTIS ,[object Object]
 Esgotamento das minas de metais    preciosos. ,[object Object],VENEZA SÉC.  XIV
RETOMADA DO CRESCIMENTO COMERCIAL SOLUÇÕES ,[object Object]
 Quebra do monopólio italiano
 Busca de uma outra rota para  o Oriente.
SOLUÇÃO Ofertar mercadorias, como  as especiarias, a preços menores. ESPECIARIAS = açúcar, pimenta, cravo, canela, gengibre, anil, noz moscada, orégano, etc.  ALCANÇAVAM ALTO VALOR DE VENDA.
EXPANSÃO ULTRAMARINA Dificuldades ,[object Object],   - mobilização em escala nacional    - centralização monárquica
Situação da Europa quanto à formação  das monarquias nacionais - Séc. XV França e Inglaterra = envolvidos na Guerra dos Cem Anos Espanha = lutou pela expulsão árabe até 1492 Outros territórios europeus = fragmentados PORTUGAL = ÚNICA MONARQUIA CENTRALIZADA Já no século XIV, reunia as três condições necessárias para a navegação atlântica: ,[object Object]
 sólido grupo mercantil
 geografia favorável,[object Object]
MAPA DE PTOLOMEU – SÉCULO II
A expansão marítima portuguesa durou quase um século e meio. 1ª fase (1415-1460) = África 2ª fase (1460-1498) = objetivam chegar                                     ao Oriente 3ª fase (1498-1600) = Costa americana,                                     Oceano Pacífico,                                     Groenlândia,                                     Extremo Oriente
Rota de Vasco da Gama Fortaleza portuguesa na Índia
Vasco da Gama  na Índia Vasco da Gama
Rota de Cabral Descobrimento do Brasil
Rota de Fernão de Magalhães
CONSEQÜÊNCIAS DA EXPANSÃO MARÍTIMA ,[object Object],   grande parte da África e Ásia. ,[object Object],  de um reduzido número de países: Portugal, Espanha, Inglaterra, França e   Holanda. ,[object Object],                                 capitalismo comercial PONTO DE PARTIDA PARA  A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
RENASCIMENTO CULTURAL
RENASCIMENTO CULTURAL Antecedentes ,[object Object]
 Novos padrões burgueses.Manifestações artísticas, filosóficas, científicas
RENASCIMENTO Denominação dada pelos artistas da época ,[object Object],   Estudaram profundamente as obras    clássicas: simetria, beleza, equilíbrio,  ordem, harmonia...
Obra grega Athena
VALORES ,[object Object]
 Antropocentrismo
 Anticlericalismo
 Otimismo
 Individualismo
 Hedonismo
 Neoplatonismo   HUMANISMO + IMPORTANTE
HUMANISMO Glorificação do humano e do  natural, em oposição ao divino e extraterreno. Foi o coração e a alma do  Renascimento.
Início do Renascimento ITÁLIA ,[object Object]
 CONDIÇÕES FINANCEIRAS
 MECENATO,[object Object]
SÉCULO XV Pintura Da Vinci Botticelli Monalisa – Da Vinci
Última Ceia – Da Vinci
SÉCULO XVI Pintura RAFAEL MICHELANGELO Literatura MAQUIAVEL Stanza della signatura - RAFAEL
Nascimento de Vênus – Sandro Botticelli
A criação - MICHELANGELO
SÉC. XV Escultura MICHELANGELO Pietá - MICHELANGELO
DECLÍNIO DO RENASCIMENTO ITALIANO ,[object Object],  (expansão ultramarina) ,[object Object]
 Reação contra os humanistas,[object Object]
INGLATERRA (século XVI) Literatura Thomas Morus – Utopia
Sir Francis Bacon – Novum Organum
WILLIAN SHAKESPEARE Ricardo III, Romeu e Julieta, Hamlet, Rei Lear
ESPANHA (século XVI) Literatura MIGUEL DE CERVANTES Dom Quixote
PORTUGAL (século XVI) Literatura LUIS DE CAMÕES Os Lusíadas
RENASCIMENTO CIENTÍFICO ,[object Object]
Johannes Kepler = descobriu o telescópio  e o movimento elíptico dos astros. ,[object Object],  Copérnico. ,[object Object]
Gabriel Falópio = descobriu as trompas do  aparelho genital feminino.
REFORMA RELIGIOSA
A revolução protestante se insere nas transformações européias da passagem da Idade Média para a Idade  Moderna
REFORMA RELIGIOSA Antecedentes ,[object Object],  despertou rivalidades; ,[object Object],  Igreja a perder poder; ,[object Object],   livre arbítrio x fé ,[object Object]
 Abusos, como a venda de indulgências.,[object Object]
precursores John Wyclif, John Huss e os  Humanistas como Erasmo  de Roterdã e Thomas Morus.
REFORMA NA ALEMANHA Martinho Lutero INÍCIO DA REFORMA 1517 - Século XVI
95 teses – protesto provocado pela  venda de indulgências por João Tetzel
CRONOLOGIA 1517 – Lutero afixa as 95 teses na igreja de             Wittemberg 1520 – Leão X (papa) o manda retratar-se.             Lutero queima a Bula Papal em praça             pública.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ascensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVII
Ascensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVIIAscensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVII
Ascensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVII
Rainha Maga
 
2 O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
2   O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii2   O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
2 O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
Hist8
 
Apontamentos HistóRia 8º Ano
Apontamentos HistóRia 8º AnoApontamentos HistóRia 8º Ano
Apontamentos HistóRia 8º Ano
turma8bjoaofranco
 
A identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidentalA identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidental
Vítor Santos
 
Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6
Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6
Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6
Susana Simões
 
História A - módulo 3, 4 e 6
História A - módulo 3, 4 e 6História A - módulo 3, 4 e 6
História A - módulo 3, 4 e 6
Joana Filipa Rodrigues
 
D. JoãO V E O Absolutismo
D. JoãO V E O AbsolutismoD. JoãO V E O Absolutismo
D. JoãO V E O Absolutismo
jdlimaaear
 
E1 o expansionismo europeu
E1 o expansionismo europeuE1 o expansionismo europeu
E1 o expansionismo europeu
Vítor Santos
 
Historia 8ºAno
Historia 8ºAnoHistoria 8ºAno
Historia 8ºAno
rodrigoflambo1
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
Maria Gomes
 
ABSOLUTISMO-MERCANTILISMO-BARROCO
ABSOLUTISMO-MERCANTILISMO-BARROCOABSOLUTISMO-MERCANTILISMO-BARROCO
ABSOLUTISMO-MERCANTILISMO-BARROCO
osemprefixe
 
Aula 05 renascimento cultural
Aula 05   renascimento culturalAula 05   renascimento cultural
Aula 05 renascimento cultural
Jonatas Carlos
 
F2 portugal na europa do antigo regime
F2 portugal na europa do antigo regimeF2 portugal na europa do antigo regime
F2 portugal na europa do antigo regime
Vítor Santos
 
1. uma europa a dois ritmos
1. uma europa a dois ritmos1. uma europa a dois ritmos
1. uma europa a dois ritmos
cattonia
 
2 Holandeses E Ingleses
2   Holandeses E Ingleses2   Holandeses E Ingleses
2 Holandeses E Ingleses
Hist8
 
Antigo regime e iluminismo
Antigo regime e iluminismo Antigo regime e iluminismo
Antigo regime e iluminismo
inessalgado
 
História resumos
História resumosHistória resumos
História resumos
meggytoscano
 
A Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo Comercial
A Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo ComercialA Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo Comercial
A Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo Comercial
Nelson Faustino
 
Competências 1.º ficha de avaliaçãº
Competências 1.º ficha de avaliaçãºCompetências 1.º ficha de avaliaçãº
Competências 1.º ficha de avaliaçãº
Natália Cabral
 
O Antigo Regime
O Antigo RegimeO Antigo Regime
O Antigo Regime
Luisa Jesus
 

Mais procurados (20)

Ascensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVII
Ascensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVIIAscensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVII
Ascensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVII
 
2 O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
2   O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii2   O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
2 O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
 
Apontamentos HistóRia 8º Ano
Apontamentos HistóRia 8º AnoApontamentos HistóRia 8º Ano
Apontamentos HistóRia 8º Ano
 
A identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidentalA identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidental
 
Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6
Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6
Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6
 
História A - módulo 3, 4 e 6
História A - módulo 3, 4 e 6História A - módulo 3, 4 e 6
História A - módulo 3, 4 e 6
 
D. JoãO V E O Absolutismo
D. JoãO V E O AbsolutismoD. JoãO V E O Absolutismo
D. JoãO V E O Absolutismo
 
E1 o expansionismo europeu
E1 o expansionismo europeuE1 o expansionismo europeu
E1 o expansionismo europeu
 
Historia 8ºAno
Historia 8ºAnoHistoria 8ºAno
Historia 8ºAno
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 
ABSOLUTISMO-MERCANTILISMO-BARROCO
ABSOLUTISMO-MERCANTILISMO-BARROCOABSOLUTISMO-MERCANTILISMO-BARROCO
ABSOLUTISMO-MERCANTILISMO-BARROCO
 
Aula 05 renascimento cultural
Aula 05   renascimento culturalAula 05   renascimento cultural
Aula 05 renascimento cultural
 
F2 portugal na europa do antigo regime
F2 portugal na europa do antigo regimeF2 portugal na europa do antigo regime
F2 portugal na europa do antigo regime
 
1. uma europa a dois ritmos
1. uma europa a dois ritmos1. uma europa a dois ritmos
1. uma europa a dois ritmos
 
2 Holandeses E Ingleses
2   Holandeses E Ingleses2   Holandeses E Ingleses
2 Holandeses E Ingleses
 
Antigo regime e iluminismo
Antigo regime e iluminismo Antigo regime e iluminismo
Antigo regime e iluminismo
 
História resumos
História resumosHistória resumos
História resumos
 
A Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo Comercial
A Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo ComercialA Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo Comercial
A Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo Comercial
 
Competências 1.º ficha de avaliaçãº
Competências 1.º ficha de avaliaçãºCompetências 1.º ficha de avaliaçãº
Competências 1.º ficha de avaliaçãº
 
O Antigo Regime
O Antigo RegimeO Antigo Regime
O Antigo Regime
 

Destaque

Expansão ultramarina
Expansão ultramarinaExpansão ultramarina
Expansão ultramarina
Solange Vavassori
 
Expansão ultramarina
Expansão ultramarinaExpansão ultramarina
Expansão ultramarina
Fatima Freitas
 
Expansão marítima européia
Expansão marítima européiaExpansão marítima européia
Expansão marítima européia
edna2
 
A Expansão marítima
A Expansão marítimaA Expansão marítima
A Expansão marítima
cattonia
 
Expansão ultramarina e conquista do território (1)
Expansão ultramarina e conquista do território (1)Expansão ultramarina e conquista do território (1)
Expansão ultramarina e conquista do território (1)
blognetotudo
 
Expansão marítima
Expansão marítima Expansão marítima
Expansão marítima
Max22Rodrigues
 
09. aula de história geral - reforma protestante
09. aula de história geral - reforma protestante09. aula de história geral - reforma protestante
09. aula de história geral - reforma protestante
Darlan Campos
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
Pedro Paulo de Vasconcellos
 
Reforma e contra reforma
Reforma e contra reformaReforma e contra reforma
Reforma e contra reforma
Isabel Aguiar
 
Brasil colonial
Brasil colonial Brasil colonial
Brasil colonial
Isabel Aguiar
 
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
Isabel Aguiar
 
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASILABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
Isabel Aguiar
 
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIALA SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
Isabel Aguiar
 
O REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO IO REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO I
Isabel Aguiar
 
Rebelioes regenciais blog
Rebelioes regenciais blogRebelioes regenciais blog
Rebelioes regenciais blog
Isabel Aguiar
 
A EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIXA EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIX
Isabel Aguiar
 
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIOQUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
Isabel Aguiar
 
Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro
Isabel Aguiar
 
AFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASILAFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASIL
Isabel Aguiar
 
SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889
Isabel Aguiar
 

Destaque (20)

Expansão ultramarina
Expansão ultramarinaExpansão ultramarina
Expansão ultramarina
 
Expansão ultramarina
Expansão ultramarinaExpansão ultramarina
Expansão ultramarina
 
Expansão marítima européia
Expansão marítima européiaExpansão marítima européia
Expansão marítima européia
 
A Expansão marítima
A Expansão marítimaA Expansão marítima
A Expansão marítima
 
Expansão ultramarina e conquista do território (1)
Expansão ultramarina e conquista do território (1)Expansão ultramarina e conquista do território (1)
Expansão ultramarina e conquista do território (1)
 
Expansão marítima
Expansão marítima Expansão marítima
Expansão marítima
 
09. aula de história geral - reforma protestante
09. aula de história geral - reforma protestante09. aula de história geral - reforma protestante
09. aula de história geral - reforma protestante
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
 
Reforma e contra reforma
Reforma e contra reformaReforma e contra reforma
Reforma e contra reforma
 
Brasil colonial
Brasil colonial Brasil colonial
Brasil colonial
 
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
 
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASILABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
 
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIALA SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
 
O REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO IO REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO I
 
Rebelioes regenciais blog
Rebelioes regenciais blogRebelioes regenciais blog
Rebelioes regenciais blog
 
A EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIXA EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIX
 
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIOQUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
 
Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro
 
AFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASILAFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASIL
 
SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889
 

Semelhante a Aula 6 Expansão Ultramarina Renascimento Reforma Protestante

Evolucao das Artes Visuais
Evolucao das Artes VisuaisEvolucao das Artes Visuais
Evolucao das Artes Visuais
Eduardo Becker Jr.
 
A CULTURA DO PALÁCIO.pptx
A CULTURA DO PALÁCIO.pptxA CULTURA DO PALÁCIO.pptx
A CULTURA DO PALÁCIO.pptx
TeresaLopes78
 
Introdução ao módulo 5
Introdução ao módulo 5Introdução ao módulo 5
Introdução ao módulo 5
cattonia
 
Resposta aos Objectivos de História
Resposta aos Objectivos de HistóriaResposta aos Objectivos de História
Resposta aos Objectivos de História
Filipe Machado
 
11. baixa idade média
11. baixa idade média11. baixa idade média
11. baixa idade média
batotario
 
Idade Moderna
Idade ModernaIdade Moderna
Idade Moderna
Bruno Conti
 
Hca-11º Ano[m6 a cultura do palco]p1
Hca-11º Ano[m6 a cultura do palco]p1Hca-11º Ano[m6 a cultura do palco]p1
Hca-11º Ano[m6 a cultura do palco]p1
Carlos Teodoro
 
História 2º ano
História   2º anoHistória   2º ano
História 2º ano
dinicmax
 
3 ano - Idade Moderna - aulas 5A 09 - 10 e 6A 11 e 12
3 ano - Idade Moderna -  aulas 5A 09 - 10 e 6A 11 e 123 ano - Idade Moderna -  aulas 5A 09 - 10 e 6A 11 e 12
3 ano - Idade Moderna - aulas 5A 09 - 10 e 6A 11 e 12
Daniel Alves Bronstrup
 
Revisão 3º bimestre
Revisão 3º bimestreRevisão 3º bimestre
Revisão 3º bimestre
IFMG - Campus Ouro Branco
 
Os Tempos Modernos
Os Tempos Modernos Os Tempos Modernos
Os Tempos Modernos
Bruno Marques
 
Idade Moderna
Idade ModernaIdade Moderna
Idade Moderna
Edenilson Morais
 
História Moderna
História ModernaHistória Moderna
História Moderna
dmflores21
 
A abertura ao mundo
A abertura ao mundoA abertura ao mundo
A abertura ao mundo
cattonia
 
Capítulo 16 reforma religiosa
Capítulo 16 reforma religiosaCapítulo 16 reforma religiosa
Capítulo 16 reforma religiosa
Auxiliadora
 
Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)
Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)
Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)
Bruno Marques
 
As principais expressões da religião:as Ordens e a Inquisição
As principais expressões da religião:as Ordens e a InquisiçãoAs principais expressões da religião:as Ordens e a Inquisição
As principais expressões da religião:as Ordens e a Inquisição
filomena morais
 
Baixa idade média i
Baixa idade média   iBaixa idade média   i
Baixa idade média i
Auxiliadora
 
Baixa idade média i
Baixa idade média   iBaixa idade média   i
Baixa idade média i
Auxiliadora
 
Renascimento
Renascimento Renascimento
Renascimento
Paula Oliveira Cruz
 

Semelhante a Aula 6 Expansão Ultramarina Renascimento Reforma Protestante (20)

Evolucao das Artes Visuais
Evolucao das Artes VisuaisEvolucao das Artes Visuais
Evolucao das Artes Visuais
 
A CULTURA DO PALÁCIO.pptx
A CULTURA DO PALÁCIO.pptxA CULTURA DO PALÁCIO.pptx
A CULTURA DO PALÁCIO.pptx
 
Introdução ao módulo 5
Introdução ao módulo 5Introdução ao módulo 5
Introdução ao módulo 5
 
Resposta aos Objectivos de História
Resposta aos Objectivos de HistóriaResposta aos Objectivos de História
Resposta aos Objectivos de História
 
11. baixa idade média
11. baixa idade média11. baixa idade média
11. baixa idade média
 
Idade Moderna
Idade ModernaIdade Moderna
Idade Moderna
 
Hca-11º Ano[m6 a cultura do palco]p1
Hca-11º Ano[m6 a cultura do palco]p1Hca-11º Ano[m6 a cultura do palco]p1
Hca-11º Ano[m6 a cultura do palco]p1
 
História 2º ano
História   2º anoHistória   2º ano
História 2º ano
 
3 ano - Idade Moderna - aulas 5A 09 - 10 e 6A 11 e 12
3 ano - Idade Moderna -  aulas 5A 09 - 10 e 6A 11 e 123 ano - Idade Moderna -  aulas 5A 09 - 10 e 6A 11 e 12
3 ano - Idade Moderna - aulas 5A 09 - 10 e 6A 11 e 12
 
Revisão 3º bimestre
Revisão 3º bimestreRevisão 3º bimestre
Revisão 3º bimestre
 
Os Tempos Modernos
Os Tempos Modernos Os Tempos Modernos
Os Tempos Modernos
 
Idade Moderna
Idade ModernaIdade Moderna
Idade Moderna
 
História Moderna
História ModernaHistória Moderna
História Moderna
 
A abertura ao mundo
A abertura ao mundoA abertura ao mundo
A abertura ao mundo
 
Capítulo 16 reforma religiosa
Capítulo 16 reforma religiosaCapítulo 16 reforma religiosa
Capítulo 16 reforma religiosa
 
Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)
Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)
Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)
 
As principais expressões da religião:as Ordens e a Inquisição
As principais expressões da religião:as Ordens e a InquisiçãoAs principais expressões da religião:as Ordens e a Inquisição
As principais expressões da religião:as Ordens e a Inquisição
 
Baixa idade média i
Baixa idade média   iBaixa idade média   i
Baixa idade média i
 
Baixa idade média i
Baixa idade média   iBaixa idade média   i
Baixa idade média i
 
Renascimento
Renascimento Renascimento
Renascimento
 

Mais de Lucileida Castro

Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008
Lucileida Castro
 
C:\Fakepath\Mundo PóS Guerra2
C:\Fakepath\Mundo PóS Guerra2C:\Fakepath\Mundo PóS Guerra2
C:\Fakepath\Mundo PóS Guerra2
Lucileida Castro
 
C:\Fakepath\Guerra Fria
C:\Fakepath\Guerra FriaC:\Fakepath\Guerra Fria
C:\Fakepath\Guerra Fria
Lucileida Castro
 
Mundo PóS Guerra
Mundo PóS GuerraMundo PóS Guerra
Mundo PóS Guerra
Lucileida Castro
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
Lucileida Castro
 
Revisanglo Aula 11pps
Revisanglo Aula 11ppsRevisanglo Aula 11pps
Revisanglo Aula 11pps
Lucileida Castro
 
Revisanglo Aula 10 Pps
Revisanglo Aula 10 PpsRevisanglo Aula 10 Pps
Revisanglo Aula 10 Pps
Lucileida Castro
 
Revisanglo Aula 12 Pps
Revisanglo Aula 12 PpsRevisanglo Aula 12 Pps
Revisanglo Aula 12 Pps
Lucileida Castro
 
R E V I S A N G L O 9 Pps
R E V I S A N G L O 9 PpsR E V I S A N G L O 9 Pps
R E V I S A N G L O 9 Pps
Lucileida Castro
 
R E V I S A N G L O 9 Pps
R E V I S A N G L O 9 PpsR E V I S A N G L O 9 Pps
R E V I S A N G L O 9 Pps
Lucileida Castro
 
Revisanglo 7 E 8a
Revisanglo 7 E 8aRevisanglo 7 E 8a
Revisanglo 7 E 8a
Lucileida Castro
 
Aula 5 Feudalismo
Aula 5 FeudalismoAula 5 Feudalismo
Aula 5 Feudalismo
Lucileida Castro
 
Aula 4 BáRbaros
Aula 4 BáRbarosAula 4 BáRbaros
Aula 4 BáRbaros
Lucileida Castro
 
Aula 3 Roma Pps
Aula 3 Roma PpsAula 3 Roma Pps
Aula 3 Roma Pps
Lucileida Castro
 
Aula 2 GréCia Pps
Aula 2 GréCia PpsAula 2 GréCia Pps
Aula 2 GréCia Pps
Lucileida Castro
 
Aula 1 Revisanglo1
Aula 1 Revisanglo1Aula 1 Revisanglo1
Aula 1 Revisanglo1
Lucileida Castro
 

Mais de Lucileida Castro (16)

Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008
 
C:\Fakepath\Mundo PóS Guerra2
C:\Fakepath\Mundo PóS Guerra2C:\Fakepath\Mundo PóS Guerra2
C:\Fakepath\Mundo PóS Guerra2
 
C:\Fakepath\Guerra Fria
C:\Fakepath\Guerra FriaC:\Fakepath\Guerra Fria
C:\Fakepath\Guerra Fria
 
Mundo PóS Guerra
Mundo PóS GuerraMundo PóS Guerra
Mundo PóS Guerra
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Revisanglo Aula 11pps
Revisanglo Aula 11ppsRevisanglo Aula 11pps
Revisanglo Aula 11pps
 
Revisanglo Aula 10 Pps
Revisanglo Aula 10 PpsRevisanglo Aula 10 Pps
Revisanglo Aula 10 Pps
 
Revisanglo Aula 12 Pps
Revisanglo Aula 12 PpsRevisanglo Aula 12 Pps
Revisanglo Aula 12 Pps
 
R E V I S A N G L O 9 Pps
R E V I S A N G L O 9 PpsR E V I S A N G L O 9 Pps
R E V I S A N G L O 9 Pps
 
R E V I S A N G L O 9 Pps
R E V I S A N G L O 9 PpsR E V I S A N G L O 9 Pps
R E V I S A N G L O 9 Pps
 
Revisanglo 7 E 8a
Revisanglo 7 E 8aRevisanglo 7 E 8a
Revisanglo 7 E 8a
 
Aula 5 Feudalismo
Aula 5 FeudalismoAula 5 Feudalismo
Aula 5 Feudalismo
 
Aula 4 BáRbaros
Aula 4 BáRbarosAula 4 BáRbaros
Aula 4 BáRbaros
 
Aula 3 Roma Pps
Aula 3 Roma PpsAula 3 Roma Pps
Aula 3 Roma Pps
 
Aula 2 GréCia Pps
Aula 2 GréCia PpsAula 2 GréCia Pps
Aula 2 GréCia Pps
 
Aula 1 Revisanglo1
Aula 1 Revisanglo1Aula 1 Revisanglo1
Aula 1 Revisanglo1
 

Último

Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 

Último (20)

Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 

Aula 6 Expansão Ultramarina Renascimento Reforma Protestante