SlideShare uma empresa Scribd logo
OBJETIVO:
IDENTIFICAR
 AUTOR
 LOCALIDADE
 PERSONAGENS
 VERSICULO CHAVE:
Fala a toda congregação do povo de Israel
e dize-lhes : santos sereis, porque EU, O
SENHOR VOSSO DEUS , SOU SANTO”.
Lv. 19:2
 NOME: Derivado do nome da tribo de Levi.
 AUTOR : Moisés, comumente aceito.
 PALAVRAS CHAVE: . Acesso e santidade.
 CONTEÚDO : Um compêndio das leis divinas.
 PERRSONAGEM CENTRAL: O sumo sacerdote.
 TEMA CENTRAL: Como pode um pecador aproximar-
se de um Deus Santo? A palavra santo ocorre mais de
oitenta vezes no livro.
 LIVRO COMPANHEIRO: Hebreus.
 ANÁLISE:
I. A Vida de Acesso a Deus.
(1) Por meios de sacrifícios e ofertas
(a) Holocaustos, que significavam expiação e
consagração, 1:2-9
(b) Oblações, que significavam ação de graças, 2:1-2.
(c) Ofertas pelo Pecado, que significavam reconciliação,
cap. 4.
(d) Ofertas pela transgressão, que significavam limpeza
de culpa, 6:2-7.
(e) Ofertas de Paz, 6:11-15.
(2) Através da mediação sacerdotal. O sacerdócio
humano: seu chamado,8:1-15; sua limpeza 8:6; seus
ornamentos 8:7-13; sua expiação, 7:14-34; exemplos de
sua vida pecaminosa, cap. 10.
 II. Leis especiais que governam a Israel.
(1) Quanto ao alimento, cap. 11.
(2) Quanto à limpeza, higiene, costumes, moral, etc., todas
enfatizavam a pureza de vida como condição para obter o
favor divino, caps. 12-20.
(3) Pureza dos sacerdotes e das ofertas, caps. 21-22.
 III. As cincos festas anuais.
(1) A festa da Páscoa, começava no dia 14 de abril, 23.5. Em
comemoração do êxodo.
(2) A festa do Pentecoste (ou das semanas), o sexto dia
junho em comemoração da promulgação da lei, 23:15.
(3) A festa das Trombetas, o primeiro dia de outubro, 23:23-
25.
(4) O dia da expiação, o décimo dia de outubro. O sacerdote
entrava no Lugar Santíssimo e fazia expiação pelos pecados
do povo, caps. 16 e 23:26-32.
(5) A festa dos Tabernáculos, começava no décimo quinta
dia de outubro. Comemorava a vida no deserto e agradecia a
Deus pela colheita, 23:39-43.
 IV. Leis e instruções gerais.
(1) O ano sabático. Um ano em cada sete a
terra era deixada sem cultivo, 25:2-7
(2) O ano do Jubilei. Um ano em cada
cinqüenta era designado para que os escravos
fossem libertados, as dívidas perdoadas e
uma restituição geral tivesse lugar, 25:8-16.
(3) Condições para as bênçãos e advertências
acerta do castigo, cap. 26.
(4) A lei dos Votos, cap. 27..
 Quando foi escrito: O Livro de Levítico foi escrito entre
1440 e 1400 AC.
 Propósito: Porque os israelitas haviam sido mantidos
em cativeiro no Egito durante 400 anos, o conceito de
Deus tinha sido distorcido pelos egípcios pagãos e
politeístas. O objetivo de Levítico é fornecer
instruções e leis para orientar um povo pecador, mas
redimido, em seu relacionamento com um Deus santo.
Há uma ênfase em Levítico na necessidade de
santidade pessoal em resposta a um Deus santo. O
pecado deve ser expiado através da oferta de
sacrifícios próprios (capítulos 8-10). Outros temas
abordados no livro são dietas (alimentos puros e
impuros), o parto e doenças que são cuidadosamente
regulamentadas (capítulos 11-15). O capítulo 16
descreve o Dia da
 Expiação, neste dia um sacrifício anual é feito pelo pecado cumulativo
de todas as pessoas. Além disso, o povo de Deus deve ser discreto na
sua vida pessoal, moral e social, em contraste com as práticas atuais
e pagãs ao seu redor (capítulos 17-22).
 Levítico 17:11: “Porque a vida da carne está no sangue. Eu vo-lo
tenho dado sobre o altar, para fazer expiação pela vossa alma,
porquanto é o sangue que fará expiação em virtude da vida.”
 Levítico 19:18: “Não te vingarás, nem guardarás ira contra os filhos do
teu povo; mas amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o
SENHOR.”
 Resumo: Os capítulos 1-7 esboçam as ofertas exigidas, tanto dos
leigos como dos sacerdotes. Os capítulos 8-10 descrevem a
consagração de Arão e seus filhos para o sacerdócio. Os capítulos 11-
16 são as instruções para os vários tipos de impureza. Nos 10
capítulos finais encontramos as orientações de Deus ao Seu povo
para a santidade prática. Várias festas foram instituídas como
adoração do povo ao Deus Jeová, reunidas e praticadas de acordo
com as leis de Deus. Bênçãos ou maldições acompanhariam tanto a
obediência quanto o abandono dos mandamentos de Deus (capítulo
26). Os votos para o Senhor são abordados no capítulo 27.
 O tema principal de Levítico é a santidade. A exigência de
Deus pela santidade do Seu povo baseia-se na Sua própria
natureza santa. Um tema correspondente é o de expiação. A
santidade deve ser mantida diante de Deus, e ela só pode
ser alcançada através de uma adequada expiação.
 Prenúncios: Grande parte das práticas ritualísticas de
adoração retratam de muitas maneiras a pessoa e a obra do
nosso Salvador, o Senhor Jesus Cristo. Hebreus 10 nos diz
que a Lei Mosaica é “a sombra dos bens vindouros”, pelo
qual se entende que os sacrifícios diários oferecidos pelos
sacerdotes como substituição pelo pecado do povo eram
uma representação do sacrifício final -- Jesus Cristo, cujo
sacrifício seria oferecido de uma vez por todas a favor
daqueles que nEle creem. A santidade concedida
temporariamente pela Lei seria um dia substituída pela
obtenção permanente dessa santidade, quando os Cristãos
trocariam o seu pecado pela justiça de Cristo (2 Coríntios
5:21).
 Aplicação Prática: Deus leva a Sua santidade muito a sério e por isso
devemos também. A tendência na igreja pós-moderna é criar Deus em
nossa própria imagem, dando-Lhe os atributos que gostaríamos que Ele
tivesse em vez daqueles que a Sua Palavra descreve. A santidade
absoluta de Deus, o Seu esplendor transcendente e a sua “luz
inacessível” (1 Timóteo 6:16) são conceitos estranhos para muitos
Cristãos. Somos chamados a caminhar na luz e repudiar a escuridão nas
nossas vidas para que possamos ser agradáveis aos Seus olhos. Um
Deus santo não pode tolerar o pecado flagrante e desavergonhado em
Seu povo e a Sua santidade exige que essa transgressão seja punida. Não
devemos de forma alguma ser impertinentes em nossas atitudes para com
o pecado ou o ódio de Deus para com ele, nem devemos minimizá-lo de
forma alguma.
 Louvado seja o Senhor que por causa da morte de Jesus a nosso favor
não mais temos que oferecer sacrifícios de animais. O tema predominante
de Levítico é substituição. A morte dos animais era uma penalidade de
substituição para aqueles que pecaram. Da mesma forma, mas
infinitamente melhor, o sacrifício de Jesus na cruz foi o substituto
 perfeito e final pelos nossos pecados. Agora podemos estar sem medo
diante de um Deus de santidade absoluta porque Ele vê em nós a justiça
de Cristo.
As 5 Ofertas Levíticas' 
 Os Sacrifícios: Este sistema de sacrifícios foi ordenado por Deus e foi
colocado no centro e no coração da vida da nação judaica. O que quer
que os judeus pensassem, naquela ocasião, por causa do sacrifício
contínuo de animais, e o fogo ardendo continuamente no altar do
holocausto, não há nenhuma dúvida de que era Deus quem estava
impregnando nos corações de cada homem, uma consciência do
pecado de cada um era com intuito de consientizar o homem a ser
santo como o SENHOR. Uma lição de objeto que faria marcas na pele
de cada um, um quadro de longa data do sacrifício vindouro do
Messias. Os sacrifícios apontaram a Ele e foram cumpridos n'Ele.
Há muitas instruções para o sacrifício ao longo do Pentateuco, mas
em Levítico são dedicados os capítulos 1-7 completamente às 5
ofertas de levíticas que eram os principais sacrifícios usados nos
rituais. Eles descrevem 5 tipos de sacrifícios: O holocausto, a Oferta
de Manjares, a Oferta Pacífica, a Oferta pelo Pecado, e a Oferta pela
Culpa. Cada um dos sacrifícios foi cumprido exclusivamente em
Jesus Cristo.
 O Holocausto: O holocausto era um sacrifício que estava completamente
queimado. Nada dele era comido, e então o fogo consumia o sacrifício
inteiro. É importante notar que o fogo jamais se apagava:
Lev 6:13 O "fogo arderá continuamente sobre o altar; não se apagará.”
O adorador israelita trazia um animal masculino (um touro, cordeiro,
cabra, pombo, ou rola, que dependem da riqueza do adorador) para a
porta do tabernáculo.
Lev 1:3 Se a sua oferta for holocausto de gado, oferecerá macho sem
defeito; à porta da tenda da congregação a oferecerá, de sua própria
vontade, perante o SENHOR.
O animal devia ser sem defeito. O adorador então colocava as mãos dele
na cabeça do animal, e em consciência que este animal inocente estava
sendo reputado por pecador, ele buscaria o Senhor para perdão, e então
mataria o animal imediatamente.
Lev 1:4-9 E porá a sua mão sobre a cabeça do holocausto, para que seja
aceito a favor dele, para a sua expiação. Depois degolará o bezerro
perante o SENHOR; e os filhos de Arão, os sacerdotes, oferecerão o
sangue, e espargirão o sangue em redor sobre o altar que está diante da
porta da tenda da congregação. Então esfolará o holocausto, e o partirá
nos seus pedaços. E os filhos de Arão, o sacerdote, porão fogo sobre o
altar, pondo em ordem a lenha sobre o fogo. Também os filhos de Arão,
os sacerdotes, porão em ordem os pedaços, a cabeça e o redenho sobre a
lenha que está no fogo em cima do altar; Porém a sua fressura e as suas
pernas lavar-se-ão com água; e o sacerdote tudo isso queimará sobre o
altar; holocausto é, oferta queimada, de cheiro suave ao SENHOR.
 Os sacerdotes eram responsáveis por lavar as várias partes do animal
antes de colocar sobre o altar:
Lev 1:6-9 "Então esfolará o holocausto, e o partirá nos seus pedaços.
E os filhos de Arão, o sacerdote, porão fogo sobre o altar, pondo em
ordem a lenha sobre o fogo. Também os filhos de Arão, os
sacerdotes, porão em ordem os pedaços, a cabeça e o redenho sobre
a lenha que está no fogo em cima do altar; Porém a sua fressura e as
suas pernas lavar-se-ão com água; e o sacerdote tudo isso queimará
sobre o altar; holocausto é, oferta queimada, de cheiro suave ao
SENHOR.”
Depois, na história de Israel haviam ofertas queimadas feitas duas
vezes por dia, uma pela manhã e uma ao entardecer (quando aparecia
a primeira estrela:
Num 28:3-4 "E dir-lhes-ás: Esta é a oferta queimada que oferecereis
ao SENHOR: dois cordeiros de um ano, sem defeito, cada dia, em
contínuo holocausto; Um cordeiro sacrificarás pela manhã, e o outro
cordeiro sacrificarás à tarde; "
 A oferta queimada era realizada para
reconciliação dos pecados do povo contra o
Senhor, que os separavam de Deus, e era
uma oferta de dedicação contínua de suas
vidas ao Senhor.
 A Oferta de Manjares : Os Israelitas ofereciam manjares (cereais) ou
legumes além dos animais. LevÍtico capítulo 2 menciona 4 tipos de ofertas
de cereal, e dá instruções de preparo para cada uma. O pecador poderia
oferecer massa de farinha de trigo assada em um forno, cozida em uma
forma, frita em uma panela, ou amassada para fazer pão (como na oferta
das primeiras frutas). Todas as ofertas de manjares eram feitas com óleo
e sal e nenhum mel e fermento seria usado (óleo e sal preservaram,
enquanto o mel e fermento deteriorariam). O adorador também traria uma
porção de incenso (puro incenso).
 As ofertas de manjares eram trazidos a um dos sacerdotes que levaram
isto ao altar e lançaram uma "porção memorial" ao fogo e fazia o mesmo
com o incenso. O sacerdote comia o restante, a menos que ele mesmo
estivesse trazendo a comida como oferta, e ele queimaria ela por inteiro. O
propósito da oferta de manjares era um oferecimento de presentes, e fala
de uma vida que é dedicada a dar, e à generosidade.
 As Ofertas Pacíficas: A oferta pacífica era uma comida que foi
dada pelo Senhor, aos sacerdotes, e às vezes ao cidadão
comum. O adorador trazia bois ou vacas, ovelhas, ou uma
cabra. O ritual foi comparado com o das ofertas queimadas,
até ao ponto de queimar, onde o sangue de animais era vertido
ao redor das extremidades do altar. Foram queimadas a
gordura e as entranhas, e o restante era comido pelos
sacerdotes, e, (se fosse uma oferta expontânea) pelos
adoradores. Este sacrifício de louvor e ação de graças era
quase sempre, um ato voluntário. As ofertas pacíficas,
incluíram bolos sem levedura.
 Os sacerdotes comiam tudo, menos a porção comemorativa
dos bolos, e certas partes do animal, no mesmo dia que o
sacrifício foi feito, e quando o adorador os levava juntos, como
oferta voluntária, o adorador poderia comer durante 2 dias do
animal inteiro, menos o peito e a coxa direita que era comida
pelos sacerdotes.
 Jacó e Labão deram suas ofertas pacíficas
quando eles fizeram o seu pacto (Gen 31:43
ss). era exigido fazer estas ofertas quando
se fizesse um voto de consagração à Deus, e
Lhe agradecendo com louvores enquanto,
espontaneamente, se traziam as ofertas
voluntárias.
 A Oferta pelo Pecado : As Ofertas pelo pecado expiavam, (liquidavam
a dívida por completo) das fraquezas e fracassos não intencionais
dos adoradores e fracassos diante do Senhor. Lev 4:1-4
 Cada classe do pessoas tinha várias ordenanças para executar:
 Os pecados do sumo sacerdote requeriam o oferecimento de um
touro, e o sangue não era vertido no altar mas aspergido do dedo do
sumo sacerdote 7 vezes no altar. Então a gordura era queimada, e o
restante era queimado (nunca comido) fora do arraial "em um lugar
limpo" onde o sacrifício era feito e as cinzas se despejavam. Lev. 4:12
 Os pecados dos líderes requeriam o oferecimento de um bode. O
sangue era aspergido somente uma vez, e o restante era vertido ao
redor do altar como com o oferecimento queimado.
 Os pecados do povo requeriam animais fêmeas, cabras, cordeiros,
rolas, ou pombos e no caso de ser muito pobre, um oferecimento de
grãos era aceitável só como um oferecimento de manjares.
 Os pecados não intencionais eram difíceis identificar e poderiam
acontecer a qualquer hora, e então os sacerdotes trabalhavam de
perto como mediadores com Deus e o povo, e instruíam as pessoas
sobre como eles buscariam ao Senhor. No caso de qualquer pecado
cuja oferta não foi trazida diante do Senhor, havia ofertas para a
nação e para o sumo sacerdote que os cobriam de um modo coletivo.
No Dia da Expiação (Yom Kippur) o sumo sacerdote aspergia sangue
no propiciatório para os seus próprios pecados e pelos pecados da
nação. 
 As Ofertas pela Culpa: A Oferta pela culpa era bem parecida com a
oferta pelo pecado, mas a diferença principal era que a oferta pela
culpa era uma oferta em dinheiro para pecados de ignorância
relacionados à fraude. Por exemplo, se alguém enganasse sem querer
a outro por dinheiro ou propriedade, o sacrifício dele devia era ser
igual à quantia levada, mais um quinto para o sacerdote e para o
ofendido. Então ele reembolsou a quantia levada mais 40%. Lev 6:5-7 /
 Levitico 20:6-27
 Levítico 19:28 diz: "Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne:
nem fareis MARCA alguma sobre vós: Eu sou o SENHOR."
Esse versículo é simples de entender, pelo começo já "matamos" ele,
"PELOS MORTOS não dareis golpes na vossa carne; nem fareis
marca alguma sobre vós", ou seja, PELOS MORTOS, a minha
tatuagem será em homenagem aos mortos? em sinal de luto? NÃO!
Bom, vimos nesse versículo que ele se refere aos
mortos(homenagem), esse texto da biblia é do tempo da lei de Moises,
hoje vivemos o tempo da graça, Deus ele cumpriu a Lei.
Já que citam esse versículo para seguir, então porque não seguir o
versículo 27?
Leviticos19:27 "Não façam corte arrebondado do cabelo, nem aparem
as pontas da barba".
Mas é claro que não devemos seguir os textos que foram do tempo da
lei (inclusive leviticos),o tempo da Lei passou, Deus fez para Moises e
sua gente.
Muitos citam também essa: Levíticos 11:45 "Eu sou o Senhor, que vos
faço subir da terra do Egito, para que eu seja vosso Deus; portanto,
vós sereis santos , porque Eu sou santo"
 Por favor irmãos, leiam o capitulo todo; porque será que Deus
disse isso a Moises? Não peguem versículos isolados e joguem.
Nesse texto Deus mandando dizer a Moises e Arão.
Para os que citam esse versículo me responda, então só iremos
comer animais quadrúpetes ruminantes, de unhas
fendidas(Leviticos 11:2)? Logico que não, isso é o tempo da LEI,
todo livro de exodo, leviticos e etc, muitos versículos não pode
ser usado nos dias de hoje, devemos ler todo o capítulo para
assim, aplica-los atualmente.
 Jesus não estava só falando da pureza da alma e do espiríto mas
também do seu corpo que se prosta diante dele para adora-lo...
 Claro, por isso ele cita que não devemos fazer sexo antes do
casamento, nosso corpo é templo do Espirito Santo, não
devemos usa-lo para a PROSTITUÍÇÃO CARNAL
Nosso corpo é templo do Espirito Santo...
 Essa todos falam, citam o seguinte versículo: I Corintios 6:19 Essas
pessoas esquecem que temos ICorintios 6:18 que diz: "Fujam do
pecado sexual. Nenhum outro pecado atinge o corpo como este.
Quando vocês cometem esse pecado, é contra o seu próprio
corpo“
 Ou seja, o apostolo Paulo fala sobre a PROSTITUÍÇÃO CARNAL, o
versículo 18 é continuação do 19.
Respirar ao demônio... O que tem a ver? qual é a base bíblica?
muitos dizem que o significado do piercing no nariz é respirar ao
demônio no umbigo é prostituíção, na sombrancelha é rebeldia etc,
gostaria de saber aonde acham tantas fantasias para tais
argumentos, concerteza são versículos isolados (ou do tempo da
lei) que muitos irmãos tem preguiça de ler e confirmar.
 Os Máias, Astecas,furavam seus corpos
O que nós temos a ver com isso? Nada! cada povo tem sua cultura,
hoje o piercing é visto como um "instrumento" de beleza (cada um
use ou entenda como quiser), bem diferente dos tempos de
antigamente.
 quer comais quer bebais, fazerdes tudo para glória de Deus...
O que Deus quis dizer em I corintios 10:31 é simples, se formos
pegar a partir do versículo 22 vamos ver que o Senhor Deus estava
se referindo a liberdade que Ele nos deu para comer,beber etc. No
versículo 31, fala sobre a gratidão que devemos ter por Deus,
obediência,
 confiança, oração, fé e lealdade. Tendo piercing e tatuagem
você perderá isso? Não, você perderá caso seu coração
distancie da presença d'Ele. Conheço muitos jovens, adultos,
cheio do poder de Deus e usam tatuagens, isso de que um é
mais santo que o outro não existe, existe os que buscam e
oram mais que outros.
 Se Deus está preocupado com piercing e tatuagem, então
cuidado, os feios não herdarão o reino de Deus, só os bonitos
(brincadeira).
 Irmãos, vamos parar para pensar, se Deus já disse para
Samuel que vê o interior, porque estamos discutindo o uso de
piercing, tatuagem,
 calça, saia etc? O que Deus quer é um coração cheio de amor,
uma vida de total dependência, bons testemunhos com suas
palavras,
 I Samuel 16:7: " Mas o Senhor disse a Samuel: "Não julgue um
homem pelo seu rosto ou sua altura, pois não é este o
escolhido.
 Eu não tomo dicisões como você. Os homens julgam pela
aparência exterior, mas Eu examino o interior."
Luz do mundo e sal da terra... devemos seguir a Cristo
 O que isso tem a ver com piercing e tatuagem? Nada! Luz do mundo e sal
da terra de refere a sua atitude, seu testemunho como cristão e não é
porque você usa tatuagem ou piercing que o seu testemunho é ruim.
 Devemos seguir a Cristo, são suas atitudes, o que Jesus fez na terra?
pregou o evangelho, foi contra a corrupção, a favor dos pobres etc.
 Nós Povo de Deus temos que parar de pegar versículos isolados e jogar
ao vento como dizendo que Deus condena. Será que Ele se importa com
uma tatuagem ou piercing? será que os que usam são menos santos que
os de "paletó", gravata, saia etc?
 A santidade começa no coração: Mt23:25-29.
Tatuagem é Pecado à luz de Levíticos 19:28?
Há muito tempo que ouço a discussão acerca de tatuagens no meio
cristão. Todavia, nunca tinha me concentrado para comentar a respeito
do assunto. É preciso que se diga, antes de tudo, que a Bíblia deve ser a
nossa “regra de fé e prática”. Não podemos delimitar nossas escolhas
segundo os nossos “achismos” e “preconceitos”.
 Muito do que pretendo aqui abordar tem sido interpretado por muitos à
luz desses pressupostos, o que é inaceitável para um cristão genuíno,
que ama a Palavra de Deus e o Deus da Palavra. Gostaria de contribuir
na discussão acerca do uso de tatuagem no meio cristão. O motivo para
tal partiu de um questionamento que um amigo me fez: “Fazer tatuagem
é pecado segundo Levíticos 19:28?” Vamos analisar a questão por
partes.
1.O que é Pecado?
 O pecado pode ser definido como rebeldia à vontade de Deus. Ou seja,
diante do que o Senhor Deus ordena escolhemos o contrário.
 Todo pecado é transgressão da vontade santa de Deus. Quando Deus
disse a Adão “[...] da árvore do conhecimento do bem e do mal não
comerás” (Gênesis, 2:17), ele deixou claro a sua vontade. Ela exigia,
para o bem do homem, obediência ao seu ordenamento. Quando Eva foi
tentada pela serpente houve a transgressão da vontade de Deus. O
texto nos diz que “Vendo a mulher que a árvore era boa para se comer,
agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou-
lhe do fruto e comeu, e deu também ao marido, e ele comeu” (Gênesis
3:6 – grifo nosso).
 Eva cobiçou o proibido dando àquela árvore adjetivos que
eram contrários à vontade de Deus. Todo pecado se
caracteriza num julgamento bom do que Deus afirma ser mal.
Por isso, na essência de todo pecado existe a independência
do pecador, que se acha senhor de sua vida e dos seus juízos.
Como bem definiu Kivitz (2003, p. 97) “Pecado é um estado de
rebelião contra Deus, uma recusa de submissão, uma
pretensão de autonomia (ser lei para si mesmo) em relação a
Deus”.
 Todos temos as nossas preferências, porém aquilo que não
gostamos não implica necessariamente em pecado. Algumas
pessoas que conheço não comem determinados alimentos e
condenam aqueles que comem. A conduta cristã deve está
pautada na Bíblia. Caso contrário, cairemos no mesmo erro
dos falsos mestres de Colossos. Estes tentavam enganar os
cristãos com as suas filosofias e vãs sutilezas
 (Colossenses, 2:8). Só podemos generalizar uma preferência
pessoal caso esteja fundamentada numa ordem Bíblica. Essa é
uma das regras fundamentais da hermenêutica Bíblica. O que é
universalizado sem fundamento Bíblico é fruto de egoísmo.
 Diga-se de passagem, que, infelizmente, muitos estão sobre as
cadeias de líderes egoístas, que formulam seus padrões de
santidade, aquém da Bíblia, e não acreditam na nova vida dos
seus liderados. Talvez seja por isso que questões
contemporâneas como a tatuagem entre os cristãos seja tão
incompreendidas. Vamos ver o que a Bíblia tem a dizer acerca
do tema em questão.
 2.Levíticos 19:28 condena tatuagem?
Algumas traduções da Bíblia traduzem o texto de Levíticos
19:28 de modos distintos, vejamos:
 Revista e Atualizada:
“Pelos mortos não ferireis a vossa carne; nem fareis marca
nenhuma sobre vós. Eu sou o Senhor” (Grifo nosso).
 A Bíblia Ave Maria:
“Não fareis incisões na vossa carne por um morto, nem fareis figura
alguma no vosso corpo. Eu sou o Senhor” (Grifo nosso)
 Nova Versão Internacional (NVI):
“Não façam cortes no corpo por causa dos mortos, nem tatuagens em si
mesmos. Eu sou o SENHOR” (Grifo nosso).
 Para entendermos qual a tradução que melhor traduz o texto
precisamos trazer à tona o motivo de Deus ter ordenado o seu povo a
não praticar as ações que o texto explicita. Os pagãos - aqueles que
viviam sem Deus – tinha como parte da sua liturgia aos seus deuses a
escarnificação dos seus corpos como forma de honrar os seus
deuses e os mortos (BÍBLIA NOVA VIDA, 1990). Um exemplo dessa
ação pode ser vista no confronto de Elias com os profetas de Baal. O
texto descreve a atitude dos servos de Baal da seguinte forma:
 “E eles clamavam em altas vozes e se retalhavam com facas e
com lancetas, segundo o seu costume, até derramarem
sangue” (1 Reis, 18:28). O Senhor dá o mandamento
justamente para prevenir o seu povo contra as práticas
supersticiosas e idolatras dos pagãos. Logo, é nesse contexto
que se deve interpretar Levíticos 19:28. Daí, as marcas no
corpo dos pagãos eram uma forma de idolatria e não um
capricho artístico. O Reverendo Manuel do Carmo Filho nos
oferece uma análise plausível para o texto em questão,
segundo ele .
 “As palavras do texto do verso 28 são: não façam (nathan)
sareteth, incisão, corte, talho, na vossa carne pelos mortos,
nem fareis (nathan) qa’aqa kethobeth, incisão, corte, marca
feita a ferro em brasa sobre vós. O texto aqui se refere
claramente a escarnificação, rasgar ou lacerar a carne, com o
intuito de agradar aos deuses, ritual feito por inúmeras
religiões pagãs“
 Podemos concluir que a tradução da palavra “tatuagens” feita
pela NVI não seja das melhores para o texto, uma vez que
parece transparecer mais o posicionamento dos tradutores
acerca da questão do que o que o texto original revela.
Portanto, Levíticos 19:28 é uma exortação contra o
cerimonialismo pagão que não deve ser adotado pelo povo de
Deus. O uso de tatuagem não é universalmente feito com o
objetivo de culto. Sabemos daqueles que firmam pactos com o
seu deus através de marca no seu corpo, todavia não podemos
generalizar o mesmo objetivo para todo aqueles que possuem
uma tatuagem.
 3. De que forma a tatuagem pode se tornar pecado?
Como já foi dito acima, o pecado é rebeldia contra vontade de
Deus. Assim, qualquer que seja o meio, quando ele nos
distância da vontade do Senhor estamos em pecado.
 Mas, como a tatuagem pode nos afastar da vontade do
Senhor? A verdade é que, culturalmente, muitos dos nossos
irmãos se escandalizariam caso usássemos tatuagens. Talvez
alegassem motivos para praticarem males contra o seu corpo,
o que não é vontade de Deus. Sendo assim, precisamos ter
em mente o princípio do amor cristão. Em muitos casos, para o
bem dos nossos irmãos, o melhor seria não fazer uma
tatuagem. Como disse o apóstolo Paulo aos Coríntios: “Todas
as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as
coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por
nenhuma delas” (1 Coríntios, 6:12).
 No mesmo contexto ele nos exorta, dizendo: “[...] não sabeis
que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em
vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós
mesmos? (v. 19). E encerra dizendo: “[...] Agora, pois, glorificai
a Deus no vosso corpo”.
 Temos visto atualmente igrejas onde seus líderes têm feito
tatuagens em seus corpos. Devemos nos perguntar: com que
finalidade essas tatuagens são feitas? Pelo relatos deles é uma
maneira de enfatizar a instituição e os seus mentores. Onde
está Deus? Será que nesse caso o texto de Levíticos 19:28 não
se aplica?
 Espero ter contribuído no entendimento de todos vocês que
desejam viver o que a Bíblia ensina, longe dos “achismos” e
dos “preconceitos”.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

18. O Livro de I Crônicas
18. O Livro de I Crônicas18. O Livro de I Crônicas
18. O Livro de I Crônicas
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
5. levítico
5. levítico5. levítico
5. levítico
mbrandao7
 
Epístolas gerais - aula 1
Epístolas gerais - aula 1Epístolas gerais - aula 1
Epístolas gerais - aula 1
Moisés Sampaio
 
Lição 2 - O sacrifício da expiação
Lição 2 - O sacrifício da expiaçãoLição 2 - O sacrifício da expiação
Lição 2 - O sacrifício da expiação
Éder Tomé
 
Hermeneutica biblica leccion 1
Hermeneutica biblica  leccion 1Hermeneutica biblica  leccion 1
Hermeneutica biblica leccion 1
agape instituto biblico
 
8. O Livro de Números
8. O Livro de Números8. O Livro de Números
8. O Livro de Números
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
PENTATEUCO - Aula 01
PENTATEUCO - Aula 01PENTATEUCO - Aula 01
PENTATEUCO - Aula 01
Pastor W. Costa
 
Bibliologia - Estudo da Bíblia
Bibliologia - Estudo da BíbliaBibliologia - Estudo da Bíblia
Bibliologia - Estudo da Bíblia
Marcos Aurélio
 
O Livro de Números
O Livro de NúmerosO Livro de Números
O Livro de Números
Élida Rolim
 
Panorama do AT - Eclesiastes
Panorama do AT - EclesiastesPanorama do AT - Eclesiastes
Panorama do AT - Eclesiastes
Respirando Deus
 
Panorama[1]
Panorama[1]Panorama[1]
Panorama[1]
Bruno Da Ros
 
Slides panorama do velho testamento 2
Slides   panorama do velho testamento 2Slides   panorama do velho testamento 2
Slides panorama do velho testamento 2
Rosana Eugenio Dos Santos
 
26. Os poéticos: Eclesiastes
26. Os poéticos: Eclesiastes26. Os poéticos: Eclesiastes
26. Os poéticos: Eclesiastes
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
55 Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
55   Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)55   Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
55 Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
Robson Tavares Fernandes
 
Bibliologia
BibliologiaBibliologia
Bibliologia
Davi Helon Andrade
 
38. O Profeta Jonas
38. O Profeta Jonas38. O Profeta Jonas
Pentateuco - Êxodo - Eetad Aula 5 e 6
Pentateuco - Êxodo - Eetad Aula 5 e 6Pentateuco - Êxodo - Eetad Aula 5 e 6
Pentateuco - Êxodo - Eetad Aula 5 e 6
Anderson Paola
 
Hermeneutica bíblica
Hermeneutica bíblicaHermeneutica bíblica
Hermeneutica bíblica
Wesley Abdel Valério
 
Aula 4 - Levíticos
Aula 4 - LevíticosAula 4 - Levíticos
Aula 4 - Levíticos
Gustavo Zimmermann
 
Estudos dos salmos
Estudos dos salmosEstudos dos salmos
Estudos dos salmos
Diana E Junior
 

Mais procurados (20)

18. O Livro de I Crônicas
18. O Livro de I Crônicas18. O Livro de I Crônicas
18. O Livro de I Crônicas
 
5. levítico
5. levítico5. levítico
5. levítico
 
Epístolas gerais - aula 1
Epístolas gerais - aula 1Epístolas gerais - aula 1
Epístolas gerais - aula 1
 
Lição 2 - O sacrifício da expiação
Lição 2 - O sacrifício da expiaçãoLição 2 - O sacrifício da expiação
Lição 2 - O sacrifício da expiação
 
Hermeneutica biblica leccion 1
Hermeneutica biblica  leccion 1Hermeneutica biblica  leccion 1
Hermeneutica biblica leccion 1
 
8. O Livro de Números
8. O Livro de Números8. O Livro de Números
8. O Livro de Números
 
PENTATEUCO - Aula 01
PENTATEUCO - Aula 01PENTATEUCO - Aula 01
PENTATEUCO - Aula 01
 
Bibliologia - Estudo da Bíblia
Bibliologia - Estudo da BíbliaBibliologia - Estudo da Bíblia
Bibliologia - Estudo da Bíblia
 
O Livro de Números
O Livro de NúmerosO Livro de Números
O Livro de Números
 
Panorama do AT - Eclesiastes
Panorama do AT - EclesiastesPanorama do AT - Eclesiastes
Panorama do AT - Eclesiastes
 
Panorama[1]
Panorama[1]Panorama[1]
Panorama[1]
 
Slides panorama do velho testamento 2
Slides   panorama do velho testamento 2Slides   panorama do velho testamento 2
Slides panorama do velho testamento 2
 
26. Os poéticos: Eclesiastes
26. Os poéticos: Eclesiastes26. Os poéticos: Eclesiastes
26. Os poéticos: Eclesiastes
 
55 Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
55   Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)55   Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
55 Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
 
Bibliologia
BibliologiaBibliologia
Bibliologia
 
38. O Profeta Jonas
38. O Profeta Jonas38. O Profeta Jonas
38. O Profeta Jonas
 
Pentateuco - Êxodo - Eetad Aula 5 e 6
Pentateuco - Êxodo - Eetad Aula 5 e 6Pentateuco - Êxodo - Eetad Aula 5 e 6
Pentateuco - Êxodo - Eetad Aula 5 e 6
 
Hermeneutica bíblica
Hermeneutica bíblicaHermeneutica bíblica
Hermeneutica bíblica
 
Aula 4 - Levíticos
Aula 4 - LevíticosAula 4 - Levíticos
Aula 4 - Levíticos
 
Estudos dos salmos
Estudos dos salmosEstudos dos salmos
Estudos dos salmos
 

Destaque

Teologia de levíticos
Teologia de levíticosTeologia de levíticos
Teologia de levíticos
José Santos
 
Levítico l1
Levítico l1Levítico l1
Levítico l1
Julio Rodas
 
Holocausto | Aquilo que sobe
Holocausto | Aquilo que sobeHolocausto | Aquilo que sobe
Holocausto | Aquilo que sobe
vagnermix
 
Aula 7 - Números
Aula 7 - NúmerosAula 7 - Números
Aula 7 - Números
ibrdoamor
 
Genesis ate levitico atualizado ate 15042010
Genesis ate levitico   atualizado ate 15042010Genesis ate levitico   atualizado ate 15042010
Genesis ate levitico atualizado ate 15042010
teologiadaaplicabilidade
 
Perguntas e Respostas
Perguntas e RespostasPerguntas e Respostas
Perguntas e Respostas
leandrobertoldo
 
Alimentação
AlimentaçãoAlimentação
Alimentação
Torah
 
Principais Tipos de Sermão
Principais Tipos de SermãoPrincipais Tipos de Sermão
Principais Tipos de Sermão
Bruno Cesar Santos de Sousa
 
LEVÍTICO: O Livro de Levitico com Esboço - (LEVITICUS: The Book of Leviticus ...
LEVÍTICO: O Livro de Levitico com Esboço - (LEVITICUS: The Book of Leviticus ...LEVÍTICO: O Livro de Levitico com Esboço - (LEVITICUS: The Book of Leviticus ...
LEVÍTICO: O Livro de Levitico com Esboço - (LEVITICUS: The Book of Leviticus ...
Osvaldo Gomes Cruz
 
Lição 09 o santuário terrestre
Lição 09   o santuário terrestreLição 09   o santuário terrestre
Lição 09 o santuário terrestre
Adão Bueno
 
CETADEB. Lição 5 - O Ministro e sua Família
CETADEB.  Lição 5 -  O Ministro e sua FamíliaCETADEB.  Lição 5 -  O Ministro e sua Família
CETADEB. Lição 5 - O Ministro e sua Família
Ednilson do Valle
 
Estudo sobre os temas : puro e impuro , bênção e maldição
Estudo sobre  os temas : puro e impuro ,  bênção e maldiçãoEstudo sobre  os temas : puro e impuro ,  bênção e maldição
Estudo sobre os temas : puro e impuro , bênção e maldição
Alberto Simonton
 
41 Estudo Panorâmico da Bíblia (Levítico)
41   Estudo Panorâmico da Bíblia (Levítico)41   Estudo Panorâmico da Bíblia (Levítico)
41 Estudo Panorâmico da Bíblia (Levítico)
Robson Tavares Fernandes
 
Animais limpos e imundos
Animais limpos e imundosAnimais limpos e imundos
Animais limpos e imundos
Adão Bueno
 
42 Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)
42   Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)42   Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)
42 Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)
Robson Tavares Fernandes
 
CETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo Testamento
CETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo TestamentoCETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo Testamento
CETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo Testamento
Ednilson do Valle
 
CETADEB - Lição 4 - Paulo, o padrão. Barnabé o exemplo, Livro Teologia Pastor...
CETADEB - Lição 4 - Paulo, o padrão. Barnabé o exemplo, Livro Teologia Pastor...CETADEB - Lição 4 - Paulo, o padrão. Barnabé o exemplo, Livro Teologia Pastor...
CETADEB - Lição 4 - Paulo, o padrão. Barnabé o exemplo, Livro Teologia Pastor...
Ednilson do Valle
 
Teologia de deuteronômio
Teologia de deuteronômioTeologia de deuteronômio
Teologia de deuteronômio
José Santos
 

Destaque (18)

Teologia de levíticos
Teologia de levíticosTeologia de levíticos
Teologia de levíticos
 
Levítico l1
Levítico l1Levítico l1
Levítico l1
 
Holocausto | Aquilo que sobe
Holocausto | Aquilo que sobeHolocausto | Aquilo que sobe
Holocausto | Aquilo que sobe
 
Aula 7 - Números
Aula 7 - NúmerosAula 7 - Números
Aula 7 - Números
 
Genesis ate levitico atualizado ate 15042010
Genesis ate levitico   atualizado ate 15042010Genesis ate levitico   atualizado ate 15042010
Genesis ate levitico atualizado ate 15042010
 
Perguntas e Respostas
Perguntas e RespostasPerguntas e Respostas
Perguntas e Respostas
 
Alimentação
AlimentaçãoAlimentação
Alimentação
 
Principais Tipos de Sermão
Principais Tipos de SermãoPrincipais Tipos de Sermão
Principais Tipos de Sermão
 
LEVÍTICO: O Livro de Levitico com Esboço - (LEVITICUS: The Book of Leviticus ...
LEVÍTICO: O Livro de Levitico com Esboço - (LEVITICUS: The Book of Leviticus ...LEVÍTICO: O Livro de Levitico com Esboço - (LEVITICUS: The Book of Leviticus ...
LEVÍTICO: O Livro de Levitico com Esboço - (LEVITICUS: The Book of Leviticus ...
 
Lição 09 o santuário terrestre
Lição 09   o santuário terrestreLição 09   o santuário terrestre
Lição 09 o santuário terrestre
 
CETADEB. Lição 5 - O Ministro e sua Família
CETADEB.  Lição 5 -  O Ministro e sua FamíliaCETADEB.  Lição 5 -  O Ministro e sua Família
CETADEB. Lição 5 - O Ministro e sua Família
 
Estudo sobre os temas : puro e impuro , bênção e maldição
Estudo sobre  os temas : puro e impuro ,  bênção e maldiçãoEstudo sobre  os temas : puro e impuro ,  bênção e maldição
Estudo sobre os temas : puro e impuro , bênção e maldição
 
41 Estudo Panorâmico da Bíblia (Levítico)
41   Estudo Panorâmico da Bíblia (Levítico)41   Estudo Panorâmico da Bíblia (Levítico)
41 Estudo Panorâmico da Bíblia (Levítico)
 
Animais limpos e imundos
Animais limpos e imundosAnimais limpos e imundos
Animais limpos e imundos
 
42 Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)
42   Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)42   Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)
42 Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)
 
CETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo Testamento
CETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo TestamentoCETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo Testamento
CETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo Testamento
 
CETADEB - Lição 4 - Paulo, o padrão. Barnabé o exemplo, Livro Teologia Pastor...
CETADEB - Lição 4 - Paulo, o padrão. Barnabé o exemplo, Livro Teologia Pastor...CETADEB - Lição 4 - Paulo, o padrão. Barnabé o exemplo, Livro Teologia Pastor...
CETADEB - Lição 4 - Paulo, o padrão. Barnabé o exemplo, Livro Teologia Pastor...
 
Teologia de deuteronômio
Teologia de deuteronômioTeologia de deuteronômio
Teologia de deuteronômio
 

Semelhante a Aula 5 - Levítico

Slide li c ao 10 o sistema de sacrificios - para aula
Slide li c ao 10 o sistema de sacrificios - para aulaSlide li c ao 10 o sistema de sacrificios - para aula
Slide li c ao 10 o sistema de sacrificios - para aula
Vilma Longuini
 
PENTATEUCO AULA 3 IBADEP BÁSICO
PENTATEUCO AULA 3 IBADEP BÁSICOPENTATEUCO AULA 3 IBADEP BÁSICO
PENTATEUCO AULA 3 IBADEP BÁSICO
Rubens Sohn
 
Lição 9 - Jesus. o holocausto Perfeito
Lição 9  - Jesus. o holocausto PerfeitoLição 9  - Jesus. o holocausto Perfeito
Lição 9 - Jesus. o holocausto Perfeito
Éder Tomé
 
TERCEIRA AULA PENTATEUCO LEVÍTICOAntonio1.pptx
TERCEIRA AULA PENTATEUCO LEVÍTICOAntonio1.pptxTERCEIRA AULA PENTATEUCO LEVÍTICOAntonio1.pptx
TERCEIRA AULA PENTATEUCO LEVÍTICOAntonio1.pptx
antonio211075
 
Licao 1 3 t - 2018 - cpad
Licao 1   3 t - 2018 - cpadLicao 1   3 t - 2018 - cpad
Licao 1 3 t - 2018 - cpad
joseelionardo
 
Lição 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao Senhor
Lição 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao SenhorLição 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao Senhor
Lição 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao Senhor
Éder Tomé
 
Lição 9 - Contraste na adoração da Antiga e Nova Aliança
Lição 9 - Contraste na adoração da Antiga e Nova AliançaLição 9 - Contraste na adoração da Antiga e Nova Aliança
Lição 9 - Contraste na adoração da Antiga e Nova Aliança
Éder Tomé
 
Levítico Sacrifícios
Levítico SacrifíciosLevítico Sacrifícios
Levítico Sacrifícios
LucasZaros3
 
Lição 6 - O sacrifício pela culpa
Lição 6 - O sacrifício pela culpaLição 6 - O sacrifício pela culpa
Lição 6 - O sacrifício pela culpa
Éder Tomé
 
Lição 6 - A Doutrina do Culto Levítico
Lição 6 - A Doutrina do Culto LevíticoLição 6 - A Doutrina do Culto Levítico
Lição 6 - A Doutrina do Culto Levítico
Éder Tomé
 
Lição 05 - O Sacrifício pelo Pecado
Lição 05 - O Sacrifício pelo PecadoLição 05 - O Sacrifício pelo Pecado
Lição 05 - O Sacrifício pelo Pecado
Éder Tomé
 
notas sobre o pentateuco levítico - c. h. mackintosh
notas sobre o pentateuco   levítico - c. h. mackintoshnotas sobre o pentateuco   levítico - c. h. mackintosh
notas sobre o pentateuco levítico - c. h. mackintosh
djalmabose
 
Nota do Pentateuco Levítico - C. H. Mackintosh
Nota do Pentateuco   Levítico - C. H. MackintoshNota do Pentateuco   Levítico - C. H. Mackintosh
Nota do Pentateuco Levítico - C. H. Mackintosh
Tsushya marco
 
Notas sobre o pentateuco Levítico - c. h. mackintosh
Notas sobre o pentateuco Levítico - c. h. mackintoshNotas sobre o pentateuco Levítico - c. h. mackintosh
Notas sobre o pentateuco Levítico - c. h. mackintosh
Mauro RS
 
10 levitico 1 7
10 levitico 1   710 levitico 1   7
10 levitico 1 7
PIB Penha
 
Licao 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao Senhor
Licao 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao SenhorLicao 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao Senhor
Licao 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao Senhor
Hamilton Souza
 
2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes
2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes
2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes
Natalino das Neves Neves
 
Lição 10 - O Dia da Expiação
Lição 10 - O Dia da ExpiaçãoLição 10 - O Dia da Expiação
Lição 10 - O Dia da Expiação
Éder Tomé
 
LIÇÃO 4 - A ADORAÇÃO A DEUS E A VALORIZAÇÃO DA VIDA.pptx
LIÇÃO 4 - A ADORAÇÃO A DEUS E A VALORIZAÇÃO DA VIDA.pptxLIÇÃO 4 - A ADORAÇÃO A DEUS E A VALORIZAÇÃO DA VIDA.pptx
LIÇÃO 4 - A ADORAÇÃO A DEUS E A VALORIZAÇÃO DA VIDA.pptx
RonaldoMassan3
 
Missa Guião Instituição no Ministério Laical de Leitor
Missa Guião Instituição no Ministério Laical de LeitorMissa Guião Instituição no Ministério Laical de Leitor
Missa Guião Instituição no Ministério Laical de Leitor
João Pereira
 

Semelhante a Aula 5 - Levítico (20)

Slide li c ao 10 o sistema de sacrificios - para aula
Slide li c ao 10 o sistema de sacrificios - para aulaSlide li c ao 10 o sistema de sacrificios - para aula
Slide li c ao 10 o sistema de sacrificios - para aula
 
PENTATEUCO AULA 3 IBADEP BÁSICO
PENTATEUCO AULA 3 IBADEP BÁSICOPENTATEUCO AULA 3 IBADEP BÁSICO
PENTATEUCO AULA 3 IBADEP BÁSICO
 
Lição 9 - Jesus. o holocausto Perfeito
Lição 9  - Jesus. o holocausto PerfeitoLição 9  - Jesus. o holocausto Perfeito
Lição 9 - Jesus. o holocausto Perfeito
 
TERCEIRA AULA PENTATEUCO LEVÍTICOAntonio1.pptx
TERCEIRA AULA PENTATEUCO LEVÍTICOAntonio1.pptxTERCEIRA AULA PENTATEUCO LEVÍTICOAntonio1.pptx
TERCEIRA AULA PENTATEUCO LEVÍTICOAntonio1.pptx
 
Licao 1 3 t - 2018 - cpad
Licao 1   3 t - 2018 - cpadLicao 1   3 t - 2018 - cpad
Licao 1 3 t - 2018 - cpad
 
Lição 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao Senhor
Lição 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao SenhorLição 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao Senhor
Lição 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao Senhor
 
Lição 9 - Contraste na adoração da Antiga e Nova Aliança
Lição 9 - Contraste na adoração da Antiga e Nova AliançaLição 9 - Contraste na adoração da Antiga e Nova Aliança
Lição 9 - Contraste na adoração da Antiga e Nova Aliança
 
Levítico Sacrifícios
Levítico SacrifíciosLevítico Sacrifícios
Levítico Sacrifícios
 
Lição 6 - O sacrifício pela culpa
Lição 6 - O sacrifício pela culpaLição 6 - O sacrifício pela culpa
Lição 6 - O sacrifício pela culpa
 
Lição 6 - A Doutrina do Culto Levítico
Lição 6 - A Doutrina do Culto LevíticoLição 6 - A Doutrina do Culto Levítico
Lição 6 - A Doutrina do Culto Levítico
 
Lição 05 - O Sacrifício pelo Pecado
Lição 05 - O Sacrifício pelo PecadoLição 05 - O Sacrifício pelo Pecado
Lição 05 - O Sacrifício pelo Pecado
 
notas sobre o pentateuco levítico - c. h. mackintosh
notas sobre o pentateuco   levítico - c. h. mackintoshnotas sobre o pentateuco   levítico - c. h. mackintosh
notas sobre o pentateuco levítico - c. h. mackintosh
 
Nota do Pentateuco Levítico - C. H. Mackintosh
Nota do Pentateuco   Levítico - C. H. MackintoshNota do Pentateuco   Levítico - C. H. Mackintosh
Nota do Pentateuco Levítico - C. H. Mackintosh
 
Notas sobre o pentateuco Levítico - c. h. mackintosh
Notas sobre o pentateuco Levítico - c. h. mackintoshNotas sobre o pentateuco Levítico - c. h. mackintosh
Notas sobre o pentateuco Levítico - c. h. mackintosh
 
10 levitico 1 7
10 levitico 1   710 levitico 1   7
10 levitico 1 7
 
Licao 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao Senhor
Licao 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao SenhorLicao 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao Senhor
Licao 1 - Levítico, Adoração e Serviço ao Senhor
 
2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes
2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes
2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes
 
Lição 10 - O Dia da Expiação
Lição 10 - O Dia da ExpiaçãoLição 10 - O Dia da Expiação
Lição 10 - O Dia da Expiação
 
LIÇÃO 4 - A ADORAÇÃO A DEUS E A VALORIZAÇÃO DA VIDA.pptx
LIÇÃO 4 - A ADORAÇÃO A DEUS E A VALORIZAÇÃO DA VIDA.pptxLIÇÃO 4 - A ADORAÇÃO A DEUS E A VALORIZAÇÃO DA VIDA.pptx
LIÇÃO 4 - A ADORAÇÃO A DEUS E A VALORIZAÇÃO DA VIDA.pptx
 
Missa Guião Instituição no Ministério Laical de Leitor
Missa Guião Instituição no Ministério Laical de LeitorMissa Guião Instituição no Ministério Laical de Leitor
Missa Guião Instituição no Ministério Laical de Leitor
 

Mais de ibrdoamor

Aula 16 - Gálatas
Aula 16 - GálatasAula 16 - Gálatas
Aula 16 - Gálatas
ibrdoamor
 
Aula 15 - Rute
Aula 15 - RuteAula 15 - Rute
Aula 15 - Rute
ibrdoamor
 
Aula 14 - I Coríntios
Aula 14 - I CoríntiosAula 14 - I Coríntios
Aula 14 - I Coríntios
ibrdoamor
 
Aula 13 - Juízes
Aula 13 - JuízesAula 13 - Juízes
Aula 13 - Juízes
ibrdoamor
 
Aula 12 - Romanos
Aula 12 - RomanosAula 12 - Romanos
Aula 12 - Romanos
ibrdoamor
 
Aula 11 - Josué
Aula 11 - JosuéAula 11 - Josué
Aula 11 - Josué
ibrdoamor
 
Aula 10 - Atos dos Apóstolos
Aula 10 - Atos dos ApóstolosAula 10 - Atos dos Apóstolos
Aula 10 - Atos dos Apóstolos
ibrdoamor
 
Aula 8 - João
Aula 8 - JoãoAula 8 - João
Aula 8 - João
ibrdoamor
 
Aula 6 - Lucas
Aula 6 - LucasAula 6 - Lucas
Aula 6 - Lucas
ibrdoamor
 
Aula 4 - Marcos
Aula 4 - MarcosAula 4 - Marcos
Aula 4 - Marcos
ibrdoamor
 
Aula 3 - Êxodo
Aula 3 - ÊxodoAula 3 - Êxodo
Aula 3 - Êxodo
ibrdoamor
 
Aula 2 - Mateus
Aula 2 - MateusAula 2 - Mateus
Aula 2 - Mateus
ibrdoamor
 
Aula 1 - Gênesis
Aula 1 - GênesisAula 1 - Gênesis
Aula 1 - Gênesis
ibrdoamor
 

Mais de ibrdoamor (13)

Aula 16 - Gálatas
Aula 16 - GálatasAula 16 - Gálatas
Aula 16 - Gálatas
 
Aula 15 - Rute
Aula 15 - RuteAula 15 - Rute
Aula 15 - Rute
 
Aula 14 - I Coríntios
Aula 14 - I CoríntiosAula 14 - I Coríntios
Aula 14 - I Coríntios
 
Aula 13 - Juízes
Aula 13 - JuízesAula 13 - Juízes
Aula 13 - Juízes
 
Aula 12 - Romanos
Aula 12 - RomanosAula 12 - Romanos
Aula 12 - Romanos
 
Aula 11 - Josué
Aula 11 - JosuéAula 11 - Josué
Aula 11 - Josué
 
Aula 10 - Atos dos Apóstolos
Aula 10 - Atos dos ApóstolosAula 10 - Atos dos Apóstolos
Aula 10 - Atos dos Apóstolos
 
Aula 8 - João
Aula 8 - JoãoAula 8 - João
Aula 8 - João
 
Aula 6 - Lucas
Aula 6 - LucasAula 6 - Lucas
Aula 6 - Lucas
 
Aula 4 - Marcos
Aula 4 - MarcosAula 4 - Marcos
Aula 4 - Marcos
 
Aula 3 - Êxodo
Aula 3 - ÊxodoAula 3 - Êxodo
Aula 3 - Êxodo
 
Aula 2 - Mateus
Aula 2 - MateusAula 2 - Mateus
Aula 2 - Mateus
 
Aula 1 - Gênesis
Aula 1 - GênesisAula 1 - Gênesis
Aula 1 - Gênesis
 

Último

Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 

Último (18)

Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 

Aula 5 - Levítico

  • 1.
  • 3.  VERSICULO CHAVE: Fala a toda congregação do povo de Israel e dize-lhes : santos sereis, porque EU, O SENHOR VOSSO DEUS , SOU SANTO”. Lv. 19:2
  • 4.  NOME: Derivado do nome da tribo de Levi.  AUTOR : Moisés, comumente aceito.  PALAVRAS CHAVE: . Acesso e santidade.  CONTEÚDO : Um compêndio das leis divinas.  PERRSONAGEM CENTRAL: O sumo sacerdote.  TEMA CENTRAL: Como pode um pecador aproximar- se de um Deus Santo? A palavra santo ocorre mais de oitenta vezes no livro.
  • 5.  LIVRO COMPANHEIRO: Hebreus.  ANÁLISE: I. A Vida de Acesso a Deus. (1) Por meios de sacrifícios e ofertas (a) Holocaustos, que significavam expiação e consagração, 1:2-9 (b) Oblações, que significavam ação de graças, 2:1-2. (c) Ofertas pelo Pecado, que significavam reconciliação, cap. 4. (d) Ofertas pela transgressão, que significavam limpeza de culpa, 6:2-7. (e) Ofertas de Paz, 6:11-15. (2) Através da mediação sacerdotal. O sacerdócio humano: seu chamado,8:1-15; sua limpeza 8:6; seus ornamentos 8:7-13; sua expiação, 7:14-34; exemplos de sua vida pecaminosa, cap. 10.
  • 6.  II. Leis especiais que governam a Israel. (1) Quanto ao alimento, cap. 11. (2) Quanto à limpeza, higiene, costumes, moral, etc., todas enfatizavam a pureza de vida como condição para obter o favor divino, caps. 12-20. (3) Pureza dos sacerdotes e das ofertas, caps. 21-22.  III. As cincos festas anuais. (1) A festa da Páscoa, começava no dia 14 de abril, 23.5. Em comemoração do êxodo. (2) A festa do Pentecoste (ou das semanas), o sexto dia junho em comemoração da promulgação da lei, 23:15. (3) A festa das Trombetas, o primeiro dia de outubro, 23:23- 25. (4) O dia da expiação, o décimo dia de outubro. O sacerdote entrava no Lugar Santíssimo e fazia expiação pelos pecados do povo, caps. 16 e 23:26-32. (5) A festa dos Tabernáculos, começava no décimo quinta dia de outubro. Comemorava a vida no deserto e agradecia a Deus pela colheita, 23:39-43.
  • 7.  IV. Leis e instruções gerais. (1) O ano sabático. Um ano em cada sete a terra era deixada sem cultivo, 25:2-7 (2) O ano do Jubilei. Um ano em cada cinqüenta era designado para que os escravos fossem libertados, as dívidas perdoadas e uma restituição geral tivesse lugar, 25:8-16. (3) Condições para as bênçãos e advertências acerta do castigo, cap. 26. (4) A lei dos Votos, cap. 27..
  • 8.  Quando foi escrito: O Livro de Levítico foi escrito entre 1440 e 1400 AC.  Propósito: Porque os israelitas haviam sido mantidos em cativeiro no Egito durante 400 anos, o conceito de Deus tinha sido distorcido pelos egípcios pagãos e politeístas. O objetivo de Levítico é fornecer instruções e leis para orientar um povo pecador, mas redimido, em seu relacionamento com um Deus santo. Há uma ênfase em Levítico na necessidade de santidade pessoal em resposta a um Deus santo. O pecado deve ser expiado através da oferta de sacrifícios próprios (capítulos 8-10). Outros temas abordados no livro são dietas (alimentos puros e impuros), o parto e doenças que são cuidadosamente regulamentadas (capítulos 11-15). O capítulo 16 descreve o Dia da
  • 9.  Expiação, neste dia um sacrifício anual é feito pelo pecado cumulativo de todas as pessoas. Além disso, o povo de Deus deve ser discreto na sua vida pessoal, moral e social, em contraste com as práticas atuais e pagãs ao seu redor (capítulos 17-22).  Levítico 17:11: “Porque a vida da carne está no sangue. Eu vo-lo tenho dado sobre o altar, para fazer expiação pela vossa alma, porquanto é o sangue que fará expiação em virtude da vida.”  Levítico 19:18: “Não te vingarás, nem guardarás ira contra os filhos do teu povo; mas amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o SENHOR.”  Resumo: Os capítulos 1-7 esboçam as ofertas exigidas, tanto dos leigos como dos sacerdotes. Os capítulos 8-10 descrevem a consagração de Arão e seus filhos para o sacerdócio. Os capítulos 11- 16 são as instruções para os vários tipos de impureza. Nos 10 capítulos finais encontramos as orientações de Deus ao Seu povo para a santidade prática. Várias festas foram instituídas como adoração do povo ao Deus Jeová, reunidas e praticadas de acordo com as leis de Deus. Bênçãos ou maldições acompanhariam tanto a obediência quanto o abandono dos mandamentos de Deus (capítulo 26). Os votos para o Senhor são abordados no capítulo 27.
  • 10.  O tema principal de Levítico é a santidade. A exigência de Deus pela santidade do Seu povo baseia-se na Sua própria natureza santa. Um tema correspondente é o de expiação. A santidade deve ser mantida diante de Deus, e ela só pode ser alcançada através de uma adequada expiação.  Prenúncios: Grande parte das práticas ritualísticas de adoração retratam de muitas maneiras a pessoa e a obra do nosso Salvador, o Senhor Jesus Cristo. Hebreus 10 nos diz que a Lei Mosaica é “a sombra dos bens vindouros”, pelo qual se entende que os sacrifícios diários oferecidos pelos sacerdotes como substituição pelo pecado do povo eram uma representação do sacrifício final -- Jesus Cristo, cujo sacrifício seria oferecido de uma vez por todas a favor daqueles que nEle creem. A santidade concedida temporariamente pela Lei seria um dia substituída pela obtenção permanente dessa santidade, quando os Cristãos trocariam o seu pecado pela justiça de Cristo (2 Coríntios 5:21).
  • 11.  Aplicação Prática: Deus leva a Sua santidade muito a sério e por isso devemos também. A tendência na igreja pós-moderna é criar Deus em nossa própria imagem, dando-Lhe os atributos que gostaríamos que Ele tivesse em vez daqueles que a Sua Palavra descreve. A santidade absoluta de Deus, o Seu esplendor transcendente e a sua “luz inacessível” (1 Timóteo 6:16) são conceitos estranhos para muitos Cristãos. Somos chamados a caminhar na luz e repudiar a escuridão nas nossas vidas para que possamos ser agradáveis aos Seus olhos. Um Deus santo não pode tolerar o pecado flagrante e desavergonhado em Seu povo e a Sua santidade exige que essa transgressão seja punida. Não devemos de forma alguma ser impertinentes em nossas atitudes para com o pecado ou o ódio de Deus para com ele, nem devemos minimizá-lo de forma alguma.  Louvado seja o Senhor que por causa da morte de Jesus a nosso favor não mais temos que oferecer sacrifícios de animais. O tema predominante de Levítico é substituição. A morte dos animais era uma penalidade de substituição para aqueles que pecaram. Da mesma forma, mas infinitamente melhor, o sacrifício de Jesus na cruz foi o substituto  perfeito e final pelos nossos pecados. Agora podemos estar sem medo diante de um Deus de santidade absoluta porque Ele vê em nós a justiça de Cristo.
  • 12. As 5 Ofertas Levíticas'   Os Sacrifícios: Este sistema de sacrifícios foi ordenado por Deus e foi colocado no centro e no coração da vida da nação judaica. O que quer que os judeus pensassem, naquela ocasião, por causa do sacrifício contínuo de animais, e o fogo ardendo continuamente no altar do holocausto, não há nenhuma dúvida de que era Deus quem estava impregnando nos corações de cada homem, uma consciência do pecado de cada um era com intuito de consientizar o homem a ser santo como o SENHOR. Uma lição de objeto que faria marcas na pele de cada um, um quadro de longa data do sacrifício vindouro do Messias. Os sacrifícios apontaram a Ele e foram cumpridos n'Ele. Há muitas instruções para o sacrifício ao longo do Pentateuco, mas em Levítico são dedicados os capítulos 1-7 completamente às 5 ofertas de levíticas que eram os principais sacrifícios usados nos rituais. Eles descrevem 5 tipos de sacrifícios: O holocausto, a Oferta de Manjares, a Oferta Pacífica, a Oferta pelo Pecado, e a Oferta pela Culpa. Cada um dos sacrifícios foi cumprido exclusivamente em Jesus Cristo.
  • 13.  O Holocausto: O holocausto era um sacrifício que estava completamente queimado. Nada dele era comido, e então o fogo consumia o sacrifício inteiro. É importante notar que o fogo jamais se apagava: Lev 6:13 O "fogo arderá continuamente sobre o altar; não se apagará.” O adorador israelita trazia um animal masculino (um touro, cordeiro, cabra, pombo, ou rola, que dependem da riqueza do adorador) para a porta do tabernáculo. Lev 1:3 Se a sua oferta for holocausto de gado, oferecerá macho sem defeito; à porta da tenda da congregação a oferecerá, de sua própria vontade, perante o SENHOR. O animal devia ser sem defeito. O adorador então colocava as mãos dele na cabeça do animal, e em consciência que este animal inocente estava sendo reputado por pecador, ele buscaria o Senhor para perdão, e então mataria o animal imediatamente. Lev 1:4-9 E porá a sua mão sobre a cabeça do holocausto, para que seja aceito a favor dele, para a sua expiação. Depois degolará o bezerro perante o SENHOR; e os filhos de Arão, os sacerdotes, oferecerão o sangue, e espargirão o sangue em redor sobre o altar que está diante da porta da tenda da congregação. Então esfolará o holocausto, e o partirá nos seus pedaços. E os filhos de Arão, o sacerdote, porão fogo sobre o altar, pondo em ordem a lenha sobre o fogo. Também os filhos de Arão, os sacerdotes, porão em ordem os pedaços, a cabeça e o redenho sobre a lenha que está no fogo em cima do altar; Porém a sua fressura e as suas pernas lavar-se-ão com água; e o sacerdote tudo isso queimará sobre o altar; holocausto é, oferta queimada, de cheiro suave ao SENHOR.
  • 14.  Os sacerdotes eram responsáveis por lavar as várias partes do animal antes de colocar sobre o altar: Lev 1:6-9 "Então esfolará o holocausto, e o partirá nos seus pedaços. E os filhos de Arão, o sacerdote, porão fogo sobre o altar, pondo em ordem a lenha sobre o fogo. Também os filhos de Arão, os sacerdotes, porão em ordem os pedaços, a cabeça e o redenho sobre a lenha que está no fogo em cima do altar; Porém a sua fressura e as suas pernas lavar-se-ão com água; e o sacerdote tudo isso queimará sobre o altar; holocausto é, oferta queimada, de cheiro suave ao SENHOR.” Depois, na história de Israel haviam ofertas queimadas feitas duas vezes por dia, uma pela manhã e uma ao entardecer (quando aparecia a primeira estrela: Num 28:3-4 "E dir-lhes-ás: Esta é a oferta queimada que oferecereis ao SENHOR: dois cordeiros de um ano, sem defeito, cada dia, em contínuo holocausto; Um cordeiro sacrificarás pela manhã, e o outro cordeiro sacrificarás à tarde; "
  • 15.  A oferta queimada era realizada para reconciliação dos pecados do povo contra o Senhor, que os separavam de Deus, e era uma oferta de dedicação contínua de suas vidas ao Senhor.
  • 16.  A Oferta de Manjares : Os Israelitas ofereciam manjares (cereais) ou legumes além dos animais. LevÍtico capítulo 2 menciona 4 tipos de ofertas de cereal, e dá instruções de preparo para cada uma. O pecador poderia oferecer massa de farinha de trigo assada em um forno, cozida em uma forma, frita em uma panela, ou amassada para fazer pão (como na oferta das primeiras frutas). Todas as ofertas de manjares eram feitas com óleo e sal e nenhum mel e fermento seria usado (óleo e sal preservaram, enquanto o mel e fermento deteriorariam). O adorador também traria uma porção de incenso (puro incenso).  As ofertas de manjares eram trazidos a um dos sacerdotes que levaram isto ao altar e lançaram uma "porção memorial" ao fogo e fazia o mesmo com o incenso. O sacerdote comia o restante, a menos que ele mesmo estivesse trazendo a comida como oferta, e ele queimaria ela por inteiro. O propósito da oferta de manjares era um oferecimento de presentes, e fala de uma vida que é dedicada a dar, e à generosidade.
  • 17.  As Ofertas Pacíficas: A oferta pacífica era uma comida que foi dada pelo Senhor, aos sacerdotes, e às vezes ao cidadão comum. O adorador trazia bois ou vacas, ovelhas, ou uma cabra. O ritual foi comparado com o das ofertas queimadas, até ao ponto de queimar, onde o sangue de animais era vertido ao redor das extremidades do altar. Foram queimadas a gordura e as entranhas, e o restante era comido pelos sacerdotes, e, (se fosse uma oferta expontânea) pelos adoradores. Este sacrifício de louvor e ação de graças era quase sempre, um ato voluntário. As ofertas pacíficas, incluíram bolos sem levedura.  Os sacerdotes comiam tudo, menos a porção comemorativa dos bolos, e certas partes do animal, no mesmo dia que o sacrifício foi feito, e quando o adorador os levava juntos, como oferta voluntária, o adorador poderia comer durante 2 dias do animal inteiro, menos o peito e a coxa direita que era comida pelos sacerdotes.
  • 18.  Jacó e Labão deram suas ofertas pacíficas quando eles fizeram o seu pacto (Gen 31:43 ss). era exigido fazer estas ofertas quando se fizesse um voto de consagração à Deus, e Lhe agradecendo com louvores enquanto, espontaneamente, se traziam as ofertas voluntárias.
  • 19.  A Oferta pelo Pecado : As Ofertas pelo pecado expiavam, (liquidavam a dívida por completo) das fraquezas e fracassos não intencionais dos adoradores e fracassos diante do Senhor. Lev 4:1-4  Cada classe do pessoas tinha várias ordenanças para executar:  Os pecados do sumo sacerdote requeriam o oferecimento de um touro, e o sangue não era vertido no altar mas aspergido do dedo do sumo sacerdote 7 vezes no altar. Então a gordura era queimada, e o restante era queimado (nunca comido) fora do arraial "em um lugar limpo" onde o sacrifício era feito e as cinzas se despejavam. Lev. 4:12  Os pecados dos líderes requeriam o oferecimento de um bode. O sangue era aspergido somente uma vez, e o restante era vertido ao redor do altar como com o oferecimento queimado.  Os pecados do povo requeriam animais fêmeas, cabras, cordeiros, rolas, ou pombos e no caso de ser muito pobre, um oferecimento de grãos era aceitável só como um oferecimento de manjares.
  • 20.  Os pecados não intencionais eram difíceis identificar e poderiam acontecer a qualquer hora, e então os sacerdotes trabalhavam de perto como mediadores com Deus e o povo, e instruíam as pessoas sobre como eles buscariam ao Senhor. No caso de qualquer pecado cuja oferta não foi trazida diante do Senhor, havia ofertas para a nação e para o sumo sacerdote que os cobriam de um modo coletivo. No Dia da Expiação (Yom Kippur) o sumo sacerdote aspergia sangue no propiciatório para os seus próprios pecados e pelos pecados da nação.   As Ofertas pela Culpa: A Oferta pela culpa era bem parecida com a oferta pelo pecado, mas a diferença principal era que a oferta pela culpa era uma oferta em dinheiro para pecados de ignorância relacionados à fraude. Por exemplo, se alguém enganasse sem querer a outro por dinheiro ou propriedade, o sacrifício dele devia era ser igual à quantia levada, mais um quinto para o sacerdote e para o ofendido. Então ele reembolsou a quantia levada mais 40%. Lev 6:5-7 /  Levitico 20:6-27
  • 21.  Levítico 19:28 diz: "Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne: nem fareis MARCA alguma sobre vós: Eu sou o SENHOR." Esse versículo é simples de entender, pelo começo já "matamos" ele, "PELOS MORTOS não dareis golpes na vossa carne; nem fareis marca alguma sobre vós", ou seja, PELOS MORTOS, a minha tatuagem será em homenagem aos mortos? em sinal de luto? NÃO! Bom, vimos nesse versículo que ele se refere aos mortos(homenagem), esse texto da biblia é do tempo da lei de Moises, hoje vivemos o tempo da graça, Deus ele cumpriu a Lei. Já que citam esse versículo para seguir, então porque não seguir o versículo 27? Leviticos19:27 "Não façam corte arrebondado do cabelo, nem aparem as pontas da barba". Mas é claro que não devemos seguir os textos que foram do tempo da lei (inclusive leviticos),o tempo da Lei passou, Deus fez para Moises e sua gente. Muitos citam também essa: Levíticos 11:45 "Eu sou o Senhor, que vos faço subir da terra do Egito, para que eu seja vosso Deus; portanto, vós sereis santos , porque Eu sou santo"
  • 22.  Por favor irmãos, leiam o capitulo todo; porque será que Deus disse isso a Moises? Não peguem versículos isolados e joguem. Nesse texto Deus mandando dizer a Moises e Arão. Para os que citam esse versículo me responda, então só iremos comer animais quadrúpetes ruminantes, de unhas fendidas(Leviticos 11:2)? Logico que não, isso é o tempo da LEI, todo livro de exodo, leviticos e etc, muitos versículos não pode ser usado nos dias de hoje, devemos ler todo o capítulo para assim, aplica-los atualmente.  Jesus não estava só falando da pureza da alma e do espiríto mas também do seu corpo que se prosta diante dele para adora-lo...  Claro, por isso ele cita que não devemos fazer sexo antes do casamento, nosso corpo é templo do Espirito Santo, não devemos usa-lo para a PROSTITUÍÇÃO CARNAL Nosso corpo é templo do Espirito Santo...
  • 23.  Essa todos falam, citam o seguinte versículo: I Corintios 6:19 Essas pessoas esquecem que temos ICorintios 6:18 que diz: "Fujam do pecado sexual. Nenhum outro pecado atinge o corpo como este. Quando vocês cometem esse pecado, é contra o seu próprio corpo“  Ou seja, o apostolo Paulo fala sobre a PROSTITUÍÇÃO CARNAL, o versículo 18 é continuação do 19. Respirar ao demônio... O que tem a ver? qual é a base bíblica? muitos dizem que o significado do piercing no nariz é respirar ao demônio no umbigo é prostituíção, na sombrancelha é rebeldia etc, gostaria de saber aonde acham tantas fantasias para tais argumentos, concerteza são versículos isolados (ou do tempo da lei) que muitos irmãos tem preguiça de ler e confirmar.
  • 24.  Os Máias, Astecas,furavam seus corpos O que nós temos a ver com isso? Nada! cada povo tem sua cultura, hoje o piercing é visto como um "instrumento" de beleza (cada um use ou entenda como quiser), bem diferente dos tempos de antigamente.  quer comais quer bebais, fazerdes tudo para glória de Deus... O que Deus quis dizer em I corintios 10:31 é simples, se formos pegar a partir do versículo 22 vamos ver que o Senhor Deus estava se referindo a liberdade que Ele nos deu para comer,beber etc. No versículo 31, fala sobre a gratidão que devemos ter por Deus, obediência,  confiança, oração, fé e lealdade. Tendo piercing e tatuagem você perderá isso? Não, você perderá caso seu coração distancie da presença d'Ele. Conheço muitos jovens, adultos, cheio do poder de Deus e usam tatuagens, isso de que um é mais santo que o outro não existe, existe os que buscam e oram mais que outros.
  • 25.  Se Deus está preocupado com piercing e tatuagem, então cuidado, os feios não herdarão o reino de Deus, só os bonitos (brincadeira).  Irmãos, vamos parar para pensar, se Deus já disse para Samuel que vê o interior, porque estamos discutindo o uso de piercing, tatuagem,  calça, saia etc? O que Deus quer é um coração cheio de amor, uma vida de total dependência, bons testemunhos com suas palavras,  I Samuel 16:7: " Mas o Senhor disse a Samuel: "Não julgue um homem pelo seu rosto ou sua altura, pois não é este o escolhido.  Eu não tomo dicisões como você. Os homens julgam pela aparência exterior, mas Eu examino o interior." Luz do mundo e sal da terra... devemos seguir a Cristo
  • 26.  O que isso tem a ver com piercing e tatuagem? Nada! Luz do mundo e sal da terra de refere a sua atitude, seu testemunho como cristão e não é porque você usa tatuagem ou piercing que o seu testemunho é ruim.  Devemos seguir a Cristo, são suas atitudes, o que Jesus fez na terra? pregou o evangelho, foi contra a corrupção, a favor dos pobres etc.  Nós Povo de Deus temos que parar de pegar versículos isolados e jogar ao vento como dizendo que Deus condena. Será que Ele se importa com uma tatuagem ou piercing? será que os que usam são menos santos que os de "paletó", gravata, saia etc?  A santidade começa no coração: Mt23:25-29. Tatuagem é Pecado à luz de Levíticos 19:28? Há muito tempo que ouço a discussão acerca de tatuagens no meio cristão. Todavia, nunca tinha me concentrado para comentar a respeito do assunto. É preciso que se diga, antes de tudo, que a Bíblia deve ser a nossa “regra de fé e prática”. Não podemos delimitar nossas escolhas segundo os nossos “achismos” e “preconceitos”.
  • 27.  Muito do que pretendo aqui abordar tem sido interpretado por muitos à luz desses pressupostos, o que é inaceitável para um cristão genuíno, que ama a Palavra de Deus e o Deus da Palavra. Gostaria de contribuir na discussão acerca do uso de tatuagem no meio cristão. O motivo para tal partiu de um questionamento que um amigo me fez: “Fazer tatuagem é pecado segundo Levíticos 19:28?” Vamos analisar a questão por partes. 1.O que é Pecado?  O pecado pode ser definido como rebeldia à vontade de Deus. Ou seja, diante do que o Senhor Deus ordena escolhemos o contrário.  Todo pecado é transgressão da vontade santa de Deus. Quando Deus disse a Adão “[...] da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás” (Gênesis, 2:17), ele deixou claro a sua vontade. Ela exigia, para o bem do homem, obediência ao seu ordenamento. Quando Eva foi tentada pela serpente houve a transgressão da vontade de Deus. O texto nos diz que “Vendo a mulher que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou- lhe do fruto e comeu, e deu também ao marido, e ele comeu” (Gênesis 3:6 – grifo nosso).
  • 28.  Eva cobiçou o proibido dando àquela árvore adjetivos que eram contrários à vontade de Deus. Todo pecado se caracteriza num julgamento bom do que Deus afirma ser mal. Por isso, na essência de todo pecado existe a independência do pecador, que se acha senhor de sua vida e dos seus juízos. Como bem definiu Kivitz (2003, p. 97) “Pecado é um estado de rebelião contra Deus, uma recusa de submissão, uma pretensão de autonomia (ser lei para si mesmo) em relação a Deus”.  Todos temos as nossas preferências, porém aquilo que não gostamos não implica necessariamente em pecado. Algumas pessoas que conheço não comem determinados alimentos e condenam aqueles que comem. A conduta cristã deve está pautada na Bíblia. Caso contrário, cairemos no mesmo erro dos falsos mestres de Colossos. Estes tentavam enganar os cristãos com as suas filosofias e vãs sutilezas
  • 29.  (Colossenses, 2:8). Só podemos generalizar uma preferência pessoal caso esteja fundamentada numa ordem Bíblica. Essa é uma das regras fundamentais da hermenêutica Bíblica. O que é universalizado sem fundamento Bíblico é fruto de egoísmo.  Diga-se de passagem, que, infelizmente, muitos estão sobre as cadeias de líderes egoístas, que formulam seus padrões de santidade, aquém da Bíblia, e não acreditam na nova vida dos seus liderados. Talvez seja por isso que questões contemporâneas como a tatuagem entre os cristãos seja tão incompreendidas. Vamos ver o que a Bíblia tem a dizer acerca do tema em questão.  2.Levíticos 19:28 condena tatuagem? Algumas traduções da Bíblia traduzem o texto de Levíticos 19:28 de modos distintos, vejamos:  Revista e Atualizada: “Pelos mortos não ferireis a vossa carne; nem fareis marca nenhuma sobre vós. Eu sou o Senhor” (Grifo nosso).
  • 30.  A Bíblia Ave Maria: “Não fareis incisões na vossa carne por um morto, nem fareis figura alguma no vosso corpo. Eu sou o Senhor” (Grifo nosso)  Nova Versão Internacional (NVI): “Não façam cortes no corpo por causa dos mortos, nem tatuagens em si mesmos. Eu sou o SENHOR” (Grifo nosso).  Para entendermos qual a tradução que melhor traduz o texto precisamos trazer à tona o motivo de Deus ter ordenado o seu povo a não praticar as ações que o texto explicita. Os pagãos - aqueles que viviam sem Deus – tinha como parte da sua liturgia aos seus deuses a escarnificação dos seus corpos como forma de honrar os seus deuses e os mortos (BÍBLIA NOVA VIDA, 1990). Um exemplo dessa ação pode ser vista no confronto de Elias com os profetas de Baal. O texto descreve a atitude dos servos de Baal da seguinte forma:
  • 31.  “E eles clamavam em altas vozes e se retalhavam com facas e com lancetas, segundo o seu costume, até derramarem sangue” (1 Reis, 18:28). O Senhor dá o mandamento justamente para prevenir o seu povo contra as práticas supersticiosas e idolatras dos pagãos. Logo, é nesse contexto que se deve interpretar Levíticos 19:28. Daí, as marcas no corpo dos pagãos eram uma forma de idolatria e não um capricho artístico. O Reverendo Manuel do Carmo Filho nos oferece uma análise plausível para o texto em questão, segundo ele .  “As palavras do texto do verso 28 são: não façam (nathan) sareteth, incisão, corte, talho, na vossa carne pelos mortos, nem fareis (nathan) qa’aqa kethobeth, incisão, corte, marca feita a ferro em brasa sobre vós. O texto aqui se refere claramente a escarnificação, rasgar ou lacerar a carne, com o intuito de agradar aos deuses, ritual feito por inúmeras religiões pagãs“
  • 32.  Podemos concluir que a tradução da palavra “tatuagens” feita pela NVI não seja das melhores para o texto, uma vez que parece transparecer mais o posicionamento dos tradutores acerca da questão do que o que o texto original revela. Portanto, Levíticos 19:28 é uma exortação contra o cerimonialismo pagão que não deve ser adotado pelo povo de Deus. O uso de tatuagem não é universalmente feito com o objetivo de culto. Sabemos daqueles que firmam pactos com o seu deus através de marca no seu corpo, todavia não podemos generalizar o mesmo objetivo para todo aqueles que possuem uma tatuagem.  3. De que forma a tatuagem pode se tornar pecado? Como já foi dito acima, o pecado é rebeldia contra vontade de Deus. Assim, qualquer que seja o meio, quando ele nos distância da vontade do Senhor estamos em pecado.
  • 33.  Mas, como a tatuagem pode nos afastar da vontade do Senhor? A verdade é que, culturalmente, muitos dos nossos irmãos se escandalizariam caso usássemos tatuagens. Talvez alegassem motivos para praticarem males contra o seu corpo, o que não é vontade de Deus. Sendo assim, precisamos ter em mente o princípio do amor cristão. Em muitos casos, para o bem dos nossos irmãos, o melhor seria não fazer uma tatuagem. Como disse o apóstolo Paulo aos Coríntios: “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas” (1 Coríntios, 6:12).  No mesmo contexto ele nos exorta, dizendo: “[...] não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? (v. 19). E encerra dizendo: “[...] Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo”.
  • 34.  Temos visto atualmente igrejas onde seus líderes têm feito tatuagens em seus corpos. Devemos nos perguntar: com que finalidade essas tatuagens são feitas? Pelo relatos deles é uma maneira de enfatizar a instituição e os seus mentores. Onde está Deus? Será que nesse caso o texto de Levíticos 19:28 não se aplica?  Espero ter contribuído no entendimento de todos vocês que desejam viver o que a Bíblia ensina, longe dos “achismos” e dos “preconceitos”.