SlideShare uma empresa Scribd logo
Prof. Dr. Caio Maximino
Programa
1. Por que se preocupar com
saúde mental?
2. Quais são as evidências que
favorecem programas de
exercício para transtornos
mentais comuns?
3. Quais são os possíveis
mecanismos pelos quais o
exercício físico e outras
práticas corporais produzem
benefícios nos TMCs?
um conceito criado para designar um
conjunto de sintomas não psicóticos
que habitualmente estão relacionados
com quadros clínicos e subclínicos de
ansiedade, depressão e estresse, os
quais pela sua elevada prevalência na
Atenção Primária são considerados
como um dos maiores problemas de
saúde pública mundial.
Os trantornos
mentais
comuns
-Exercícios físicos são recomendados
como parte de um plano terapêutico
pela OMS e pelo NHS.
-No sistema brasileiro de saúde
mental, se reconhece práticas de
educação física nos espaços de
hospitais gerais, mas as práticas
corporais ainda não são parte das
guias.
As práticas
corporais nas
guias
Evidências:
Exercícios para
depressão
Cooney et al. (2013): Exercise for
depression
https://doi.org/10.1002/14651858.CD00
4366.pub6
"Nossa revisão sugeriu que o exercício pode ter um efeito de
tamanho moderado sobre a depressão, mas devido aos riscos de
viés em muitas das pesquisas, o efeito do exercício pode ser
apenas pequeno. Não podemos ter certeza do tipo e intensidade
do exercício que pode ser eficaz, nem da duração e frequência
ideais de um programa de exercícios. Há poucos dados sobre se
algum benefício persiste depois que o exercício tiver parado.
As evidências também sugerem que o exercício pode ser tão
eficaz quanto os tratamentos psicológicos ou farmacológicos,
mas o número de testes que relatam estas comparações e o
número de participantes aleatorizados, ambos foram pequenos."
Evidências:
Exercícios para TMCs
em crianças e
adolescentes
Larun et al. (2006): Exercise in prevention
and treatment of anxiety and depression
among children and young people
https://doi.org/10.1002/14651858.CD00
4691.pub2
“O exercício é promovido como uma estratégia ativa para
prevenir e tratar depressão e ansiedade. Descobrimos que os
dados de pesquisa são escassos e realizados principalmente por
estudantes de graduação. Seis pequenos ensaios clínicos indicam
que o exercício diminui os escores de ansiedade relatados em
crianças saudáveis quando comparado com nenhuma
intervenção. Cinco pequenos ensaios clínicos indicam que o
exercício diminui os escores da depressão relatados quando
comparado com nenhuma intervenção. A base de pesquisa para
crianças em tratamento é escassa; apenas três pequenos ensaios
clínicos investigaram o efeito do exercício sobre a depressão.”
Evidências: Dança
para depressão?
Meekums et al. (2015): Dance movement
therapy for depression
https://doi.org/10.1002/14651858.CD00
9895.pub2
“O baixo número de estudos, juntamente com a baixa qualidade
das evidências deles, torna difícil tirar quaisquer conclusões sobre
a eficácia da TMD para a depressão. Apenas um estudo incluído,
Röhricht 2013, foi considerado de qualidade metodológica
moderada, com os outros dois de qualidade metodológica baixa
ou muito baixa. O efeito estimado da TMD é impreciso tanto para
adultos quanto para adolescentes, devido ao baixo número de
testes e participantes, levando a amplos intervalos de confiança.
Atualmente não há estudos com design randomizado
investigando a TMD para depressão tanto em crianças menores
de 16 anos quanto em adultos maiores.”
Os limites dos
estudos de evidência
atuais
-Número limitado de desfechos
-Mensuração (escalas somam valores para
sintomas heterogêneos)
-Pouco ou nenhum foco em outras
medidas de ajustamento e bem-estar
Mecanismos
possíveis
-Efeitos estruturais: o exercício físico está
associado ao volume de estruturas como o
hipocampo, porções do córtex pré-frontal, e
corpo estriado (Gujral et al. 2017); alterações no
volume dessas estruturas são observadas em
pacientes com depressão
-Efeitos neuroquímicos: Aumento de
neurotrofinas (NGF, BDNF, GDNF, IGF-1);
atividade antioxidante; aumento na sinalização
serotonérgica e noradrenérgica?
-Efeitos em neuroplasticidade: O exercício físico
moderado promove a neurogênese em animais;
alterações em neurogênese são observadas em
modelos animais de depressão e estresse.
E a
pandemia?
-Pesquisas tentando entender
como as pessoas estão fazendo
exercício físico:
https://forms.gle/aMbJUMbriH1f
Hsim9
-Pesquisas tentando entender
como o isolamento está afetando
a saúde mental:
https://is.gd/covidSaudeMental
-Ponto crítico: as pessoas
poderiam se beneficiar de
exercício físico durante a
pandemia, MAS não podemos sair!
E agora?
Para onde ir?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO
ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTOATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO
ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO
Centro Universitário Ages
 
Ginástica - Educação Física
Ginástica - Educação FísicaGinástica - Educação Física
Ginástica - Educação Física
Profissional de Educação Física
 
Importância da atividade física para a saúde
Importância da atividade física para a saúdeImportância da atividade física para a saúde
Importância da atividade física para a saúde
Sônia Marques
 
Ginástica
GinásticaGinástica
Ginástica
Bruna Telles
 
Atividade física e seus benefícios
Atividade física e seus benefíciosAtividade física e seus benefícios
Atividade física e seus benefícios
Rosa Maria
 
Aptidão física
Aptidão físicaAptidão física
Aptidão física
sirgmoraes
 
Metabolismo e exercicio
Metabolismo e exercicioMetabolismo e exercicio
Metabolismo e exercicio
washington carlos vieira
 
Alongamento
AlongamentoAlongamento
Resistência Física
Resistência  FísicaResistência  Física
Resistência Física
guest2875a3
 
Ginástica aeróbica
Ginástica aeróbicaGinástica aeróbica
Ginástica aeróbica
DeaaSouza
 
Desenvolvimento de força e potencia
Desenvolvimento de força e potenciaDesenvolvimento de força e potencia
Desenvolvimento de força e potencia
washington carlos vieira
 
Atividade física e saúde
Atividade física e saúdeAtividade física e saúde
Atividade física e saúde
Fatima Costa
 
Aula introdução ed. fisica
Aula introdução ed. fisicaAula introdução ed. fisica
Aula introdução ed. fisica
Rafael Borges
 
Sedentarismo
SedentarismoSedentarismo
Sedentarismo
Adriano Jesus
 
Slides ginástica
Slides ginásticaSlides ginástica
Slides ginástica
Ana Lucia Costa
 
Técnicas de relaxamento
Técnicas de relaxamentoTécnicas de relaxamento
Técnicas de relaxamento
Clínica Evolução vida
 
Treinamento esportivo i
Treinamento esportivo iTreinamento esportivo i
Treinamento esportivo i
Marcus Prof
 
Musculação para o adolescente.
Musculação para o adolescente.Musculação para o adolescente.
Musculação para o adolescente.
Marcelo Souza
 
Ginastica Laboral
Ginastica Laboral Ginastica Laboral
Joana_Sedentarismo
Joana_SedentarismoJoana_Sedentarismo
Joana_Sedentarismo
comunidadedepraticas
 

Mais procurados (20)

ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO
ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTOATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO
ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO
 
Ginástica - Educação Física
Ginástica - Educação FísicaGinástica - Educação Física
Ginástica - Educação Física
 
Importância da atividade física para a saúde
Importância da atividade física para a saúdeImportância da atividade física para a saúde
Importância da atividade física para a saúde
 
Ginástica
GinásticaGinástica
Ginástica
 
Atividade física e seus benefícios
Atividade física e seus benefíciosAtividade física e seus benefícios
Atividade física e seus benefícios
 
Aptidão física
Aptidão físicaAptidão física
Aptidão física
 
Metabolismo e exercicio
Metabolismo e exercicioMetabolismo e exercicio
Metabolismo e exercicio
 
Alongamento
AlongamentoAlongamento
Alongamento
 
Resistência Física
Resistência  FísicaResistência  Física
Resistência Física
 
Ginástica aeróbica
Ginástica aeróbicaGinástica aeróbica
Ginástica aeróbica
 
Desenvolvimento de força e potencia
Desenvolvimento de força e potenciaDesenvolvimento de força e potencia
Desenvolvimento de força e potencia
 
Atividade física e saúde
Atividade física e saúdeAtividade física e saúde
Atividade física e saúde
 
Aula introdução ed. fisica
Aula introdução ed. fisicaAula introdução ed. fisica
Aula introdução ed. fisica
 
Sedentarismo
SedentarismoSedentarismo
Sedentarismo
 
Slides ginástica
Slides ginásticaSlides ginástica
Slides ginástica
 
Técnicas de relaxamento
Técnicas de relaxamentoTécnicas de relaxamento
Técnicas de relaxamento
 
Treinamento esportivo i
Treinamento esportivo iTreinamento esportivo i
Treinamento esportivo i
 
Musculação para o adolescente.
Musculação para o adolescente.Musculação para o adolescente.
Musculação para o adolescente.
 
Ginastica Laboral
Ginastica Laboral Ginastica Laboral
Ginastica Laboral
 
Joana_Sedentarismo
Joana_SedentarismoJoana_Sedentarismo
Joana_Sedentarismo
 

Semelhante a A importância das práticas corporais para a saúde mental

socialização, depressão, educação física
socialização, depressão, educação físicasocialização, depressão, educação física
socialização, depressão, educação física
marciolimamed
 
Trabalho estágio básico ii estudo da influência do exercício aeróbico na de...
Trabalho estágio básico ii   estudo da influência do exercício aeróbico na de...Trabalho estágio básico ii   estudo da influência do exercício aeróbico na de...
Trabalho estágio básico ii estudo da influência do exercício aeróbico na de...
GracaCeub
 
Terapia cognitiva
Terapia cognitivaTerapia cognitiva
Terapia cognitiva
Murilo Pontes
 
Artigo rumo -_beneficios_e_resultados_do_programa_de_coaching_de_stress_1
Artigo rumo -_beneficios_e_resultados_do_programa_de_coaching_de_stress_1Artigo rumo -_beneficios_e_resultados_do_programa_de_coaching_de_stress_1
Artigo rumo -_beneficios_e_resultados_do_programa_de_coaching_de_stress_1
Lidiane Santana
 
A influência da actividade física na saúde mental positiva de idosos!
A influência da actividade física na saúde mental positiva de idosos!A influência da actividade física na saúde mental positiva de idosos!
A influência da actividade física na saúde mental positiva de idosos!
t1n1nho
 
2012 stress, ansiedade, depressão e estratégias de enfrentamento em candidato...
2012 stress, ansiedade, depressão e estratégias de enfrentamento em candidato...2012 stress, ansiedade, depressão e estratégias de enfrentamento em candidato...
2012 stress, ansiedade, depressão e estratégias de enfrentamento em candidato...
Nádia Elizabeth Barbosa Villas Bôas
 
O Impacto Da Psicanálise Sobre O Setor
O Impacto Da Psicanálise Sobre O SetorO Impacto Da Psicanálise Sobre O Setor
O Impacto Da Psicanálise Sobre O Setor
r6zvomo671
 
Intervencao psicologica ginastica_laboral_enaf
Intervencao psicologica ginastica_laboral_enafIntervencao psicologica ginastica_laboral_enaf
Intervencao psicologica ginastica_laboral_enaf
Marcelo da Rocha Carvalho
 
Como o exercício físico alivia os sintomas da depressão
Como o exercício físico alivia os sintomas da depressãoComo o exercício físico alivia os sintomas da depressão
Como o exercício físico alivia os sintomas da depressão
Joe Pinheiro
 
Apresentacao Bioestatistica Final.pptx
Apresentacao Bioestatistica Final.pptxApresentacao Bioestatistica Final.pptx
Apresentacao Bioestatistica Final.pptx
Gabriel Avelino
 
Saúde mental e trabalho: prazer, sofrimento e adoecimento
Saúde mental e trabalho: prazer, sofrimento e adoecimentoSaúde mental e trabalho: prazer, sofrimento e adoecimento
Saúde mental e trabalho: prazer, sofrimento e adoecimento
Vida Mental Consultoria de Saúde Mental e Nutricional
 
Hospital Sepaco na Revista Segredos da Mente
Hospital Sepaco na Revista Segredos da MenteHospital Sepaco na Revista Segredos da Mente
Hospital Sepaco na Revista Segredos da Mente
Sepaco Hospital e Autogestão
 
RELAÇÃO ENTRE PRÁTICAS DE ATIVIDADES FÍSICAS E NÍVEIS DE DEPRESSÃO EM IDOSAS
RELAÇÃO ENTRE PRÁTICAS DE ATIVIDADES FÍSICAS E NÍVEIS DE DEPRESSÃO EM IDOSASRELAÇÃO ENTRE PRÁTICAS DE ATIVIDADES FÍSICAS E NÍVEIS DE DEPRESSÃO EM IDOSAS
RELAÇÃO ENTRE PRÁTICAS DE ATIVIDADES FÍSICAS E NÍVEIS DE DEPRESSÃO EM IDOSAS
Grepafenove
 
Yoga e depressão
Yoga e depressãoYoga e depressão
Yoga e depressão
joanadebarros
 
Práticas Integrativas e Complementares aplicadas ao estresse
Práticas Integrativas e Complementares aplicadas ao estressePráticas Integrativas e Complementares aplicadas ao estresse
Práticas Integrativas e Complementares aplicadas ao estresse
Luciana Mateus
 
Pilates and low back pain: a systematic review
Pilates and low back pain: a systematic reviewPilates and low back pain: a systematic review
Pilates and low back pain: a systematic review
Dra. Welker Fisioterapeuta
 
Eficácia da bupropiona no tratamento do TDAH.
Eficácia da bupropiona no tratamento do TDAH.Eficácia da bupropiona no tratamento do TDAH.
Eficácia da bupropiona no tratamento do TDAH.
blogtdah
 
Meditação e gerenciamento do stress no trabalho 1
Meditação e gerenciamento do stress no trabalho 1Meditação e gerenciamento do stress no trabalho 1
Meditação e gerenciamento do stress no trabalho 1
João Siqueira da Mata
 
Grupo ansiedade act.pdf
Grupo ansiedade act.pdfGrupo ansiedade act.pdf
Grupo ansiedade act.pdf
BrenoNegreiros4
 
Depressao 2009
Depressao 2009Depressao 2009
Depressao 2009
Arquivo-FClinico
 

Semelhante a A importância das práticas corporais para a saúde mental (20)

socialização, depressão, educação física
socialização, depressão, educação físicasocialização, depressão, educação física
socialização, depressão, educação física
 
Trabalho estágio básico ii estudo da influência do exercício aeróbico na de...
Trabalho estágio básico ii   estudo da influência do exercício aeróbico na de...Trabalho estágio básico ii   estudo da influência do exercício aeróbico na de...
Trabalho estágio básico ii estudo da influência do exercício aeróbico na de...
 
Terapia cognitiva
Terapia cognitivaTerapia cognitiva
Terapia cognitiva
 
Artigo rumo -_beneficios_e_resultados_do_programa_de_coaching_de_stress_1
Artigo rumo -_beneficios_e_resultados_do_programa_de_coaching_de_stress_1Artigo rumo -_beneficios_e_resultados_do_programa_de_coaching_de_stress_1
Artigo rumo -_beneficios_e_resultados_do_programa_de_coaching_de_stress_1
 
A influência da actividade física na saúde mental positiva de idosos!
A influência da actividade física na saúde mental positiva de idosos!A influência da actividade física na saúde mental positiva de idosos!
A influência da actividade física na saúde mental positiva de idosos!
 
2012 stress, ansiedade, depressão e estratégias de enfrentamento em candidato...
2012 stress, ansiedade, depressão e estratégias de enfrentamento em candidato...2012 stress, ansiedade, depressão e estratégias de enfrentamento em candidato...
2012 stress, ansiedade, depressão e estratégias de enfrentamento em candidato...
 
O Impacto Da Psicanálise Sobre O Setor
O Impacto Da Psicanálise Sobre O SetorO Impacto Da Psicanálise Sobre O Setor
O Impacto Da Psicanálise Sobre O Setor
 
Intervencao psicologica ginastica_laboral_enaf
Intervencao psicologica ginastica_laboral_enafIntervencao psicologica ginastica_laboral_enaf
Intervencao psicologica ginastica_laboral_enaf
 
Como o exercício físico alivia os sintomas da depressão
Como o exercício físico alivia os sintomas da depressãoComo o exercício físico alivia os sintomas da depressão
Como o exercício físico alivia os sintomas da depressão
 
Apresentacao Bioestatistica Final.pptx
Apresentacao Bioestatistica Final.pptxApresentacao Bioestatistica Final.pptx
Apresentacao Bioestatistica Final.pptx
 
Saúde mental e trabalho: prazer, sofrimento e adoecimento
Saúde mental e trabalho: prazer, sofrimento e adoecimentoSaúde mental e trabalho: prazer, sofrimento e adoecimento
Saúde mental e trabalho: prazer, sofrimento e adoecimento
 
Hospital Sepaco na Revista Segredos da Mente
Hospital Sepaco na Revista Segredos da MenteHospital Sepaco na Revista Segredos da Mente
Hospital Sepaco na Revista Segredos da Mente
 
RELAÇÃO ENTRE PRÁTICAS DE ATIVIDADES FÍSICAS E NÍVEIS DE DEPRESSÃO EM IDOSAS
RELAÇÃO ENTRE PRÁTICAS DE ATIVIDADES FÍSICAS E NÍVEIS DE DEPRESSÃO EM IDOSASRELAÇÃO ENTRE PRÁTICAS DE ATIVIDADES FÍSICAS E NÍVEIS DE DEPRESSÃO EM IDOSAS
RELAÇÃO ENTRE PRÁTICAS DE ATIVIDADES FÍSICAS E NÍVEIS DE DEPRESSÃO EM IDOSAS
 
Yoga e depressão
Yoga e depressãoYoga e depressão
Yoga e depressão
 
Práticas Integrativas e Complementares aplicadas ao estresse
Práticas Integrativas e Complementares aplicadas ao estressePráticas Integrativas e Complementares aplicadas ao estresse
Práticas Integrativas e Complementares aplicadas ao estresse
 
Pilates and low back pain: a systematic review
Pilates and low back pain: a systematic reviewPilates and low back pain: a systematic review
Pilates and low back pain: a systematic review
 
Eficácia da bupropiona no tratamento do TDAH.
Eficácia da bupropiona no tratamento do TDAH.Eficácia da bupropiona no tratamento do TDAH.
Eficácia da bupropiona no tratamento do TDAH.
 
Meditação e gerenciamento do stress no trabalho 1
Meditação e gerenciamento do stress no trabalho 1Meditação e gerenciamento do stress no trabalho 1
Meditação e gerenciamento do stress no trabalho 1
 
Grupo ansiedade act.pdf
Grupo ansiedade act.pdfGrupo ansiedade act.pdf
Grupo ansiedade act.pdf
 
Depressao 2009
Depressao 2009Depressao 2009
Depressao 2009
 

Mais de Caio Maximino

Papel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebra
Papel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebraPapel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebra
Papel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebra
Caio Maximino
 
Efectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipo
Efectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipoEfectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipo
Efectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipo
Caio Maximino
 
Impacto del pez cebra en biología y neurociencias
Impacto del pez cebra en biología y neurocienciasImpacto del pez cebra en biología y neurociencias
Impacto del pez cebra en biología y neurociencias
Caio Maximino
 
El pez cebra en el estudio de psicofarmacos
El pez cebra en el estudio de psicofarmacosEl pez cebra en el estudio de psicofarmacos
El pez cebra en el estudio de psicofarmacos
Caio Maximino
 
Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"
Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"
Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"
Caio Maximino
 
A cerebralização do sofrimento psíquico
A cerebralização do sofrimento psíquicoA cerebralização do sofrimento psíquico
A cerebralização do sofrimento psíquico
Caio Maximino
 
Human physiological response in perspective: Focus on the capitalocene
Human physiological response in perspective: Focus on the capitaloceneHuman physiological response in perspective: Focus on the capitalocene
Human physiological response in perspective: Focus on the capitalocene
Caio Maximino
 
Vertebrate stress mechanisms under change
Vertebrate stress mechanisms under changeVertebrate stress mechanisms under change
Vertebrate stress mechanisms under change
Caio Maximino
 
The nervous system: an evolutionary approach
The nervous system: an evolutionary approachThe nervous system: an evolutionary approach
The nervous system: an evolutionary approach
Caio Maximino
 
O monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividade
O monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividadeO monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividade
O monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividade
Caio Maximino
 
Por um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência crítica
Por um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência críticaPor um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência crítica
Por um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência crítica
Caio Maximino
 
Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...
Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...
Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...
Caio Maximino
 
Métodos quantitativos na pesquisa em educação e ensino
Métodos quantitativos na pesquisa em educação e ensinoMétodos quantitativos na pesquisa em educação e ensino
Métodos quantitativos na pesquisa em educação e ensino
Caio Maximino
 
Aula 2: Um pouco de filosofia da ciência
Aula 2: Um pouco de filosofia da ciênciaAula 2: Um pouco de filosofia da ciência
Aula 2: Um pouco de filosofia da ciência
Caio Maximino
 
Inferência estatística nas ciências experimentais
Inferência estatística nas ciências experimentaisInferência estatística nas ciências experimentais
Inferência estatística nas ciências experimentais
Caio Maximino
 
Aprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remoto
Aprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remotoAprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remoto
Aprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remoto
Caio Maximino
 
Transtornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimentoTranstornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimento
Caio Maximino
 
Evidências científicas de eficácia em farmacoterapia
Evidências científicas de eficácia em farmacoterapiaEvidências científicas de eficácia em farmacoterapia
Evidências científicas de eficácia em farmacoterapia
Caio Maximino
 
Transtornos alimentares
Transtornos alimentaresTranstornos alimentares
Transtornos alimentares
Caio Maximino
 
Journal club: "Contextual fear learning and memory differ between stress copi...
Journal club: "Contextual fear learning and memory differ between stress copi...Journal club: "Contextual fear learning and memory differ between stress copi...
Journal club: "Contextual fear learning and memory differ between stress copi...
Caio Maximino
 

Mais de Caio Maximino (20)

Papel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebra
Papel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebraPapel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebra
Papel de receptores 5-HT2CL en la socialidad del pez cebra
 
Efectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipo
Efectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipoEfectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipo
Efectos de fluoxetina sobre la agresión del pez cebra dependiente del fenotipo
 
Impacto del pez cebra en biología y neurociencias
Impacto del pez cebra en biología y neurocienciasImpacto del pez cebra en biología y neurociencias
Impacto del pez cebra en biología y neurociencias
 
El pez cebra en el estudio de psicofarmacos
El pez cebra en el estudio de psicofarmacosEl pez cebra en el estudio de psicofarmacos
El pez cebra en el estudio de psicofarmacos
 
Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"
Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"
Minicurso "Primeiros socorros: Em caso de ataque de pânico"
 
A cerebralização do sofrimento psíquico
A cerebralização do sofrimento psíquicoA cerebralização do sofrimento psíquico
A cerebralização do sofrimento psíquico
 
Human physiological response in perspective: Focus on the capitalocene
Human physiological response in perspective: Focus on the capitaloceneHuman physiological response in perspective: Focus on the capitalocene
Human physiological response in perspective: Focus on the capitalocene
 
Vertebrate stress mechanisms under change
Vertebrate stress mechanisms under changeVertebrate stress mechanisms under change
Vertebrate stress mechanisms under change
 
The nervous system: an evolutionary approach
The nervous system: an evolutionary approachThe nervous system: an evolutionary approach
The nervous system: an evolutionary approach
 
O monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividade
O monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividadeO monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividade
O monstruoso do capital: Ansiedades culturais e subjetividade
 
Por um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência crítica
Por um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência críticaPor um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência crítica
Por um cérebro histórico-cultural: Uma introdução à neurociência crítica
 
Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...
Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...
Genética dos transtornos mentais: Cultura, genética e epigenética em uma pers...
 
Métodos quantitativos na pesquisa em educação e ensino
Métodos quantitativos na pesquisa em educação e ensinoMétodos quantitativos na pesquisa em educação e ensino
Métodos quantitativos na pesquisa em educação e ensino
 
Aula 2: Um pouco de filosofia da ciência
Aula 2: Um pouco de filosofia da ciênciaAula 2: Um pouco de filosofia da ciência
Aula 2: Um pouco de filosofia da ciência
 
Inferência estatística nas ciências experimentais
Inferência estatística nas ciências experimentaisInferência estatística nas ciências experimentais
Inferência estatística nas ciências experimentais
 
Aprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remoto
Aprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remotoAprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remoto
Aprendizagem baseada em problemas: Adaptações ao ensino remoto
 
Transtornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimentoTranstornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimento
 
Evidências científicas de eficácia em farmacoterapia
Evidências científicas de eficácia em farmacoterapiaEvidências científicas de eficácia em farmacoterapia
Evidências científicas de eficácia em farmacoterapia
 
Transtornos alimentares
Transtornos alimentaresTranstornos alimentares
Transtornos alimentares
 
Journal club: "Contextual fear learning and memory differ between stress copi...
Journal club: "Contextual fear learning and memory differ between stress copi...Journal club: "Contextual fear learning and memory differ between stress copi...
Journal club: "Contextual fear learning and memory differ between stress copi...
 

Último

higienização de espaços e equipamentos
higienização de    espaços e equipamentoshigienização de    espaços e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
Manuel Pacheco Vieira
 
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptxBioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
BeatrizLittig1
 
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
jhordana1
 
3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude
3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude
3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude
WilberthLincoln1
 
saúde coletiva para tecnico em enfermagem
saúde coletiva para tecnico em enfermagemsaúde coletiva para tecnico em enfermagem
saúde coletiva para tecnico em enfermagem
DavyllaVerasMenezes
 
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdfTeoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
jhordana1
 
Treinamento NR35_Trabalho em Altura 2024.pptx
Treinamento NR35_Trabalho em Altura 2024.pptxTreinamento NR35_Trabalho em Altura 2024.pptx
Treinamento NR35_Trabalho em Altura 2024.pptx
Ruan130129
 
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdfMedicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
jhordana1
 

Último (8)

higienização de espaços e equipamentos
higienização de    espaços e equipamentoshigienização de    espaços e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
 
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptxBioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
 
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
 
3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude
3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude
3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude
 
saúde coletiva para tecnico em enfermagem
saúde coletiva para tecnico em enfermagemsaúde coletiva para tecnico em enfermagem
saúde coletiva para tecnico em enfermagem
 
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdfTeoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
 
Treinamento NR35_Trabalho em Altura 2024.pptx
Treinamento NR35_Trabalho em Altura 2024.pptxTreinamento NR35_Trabalho em Altura 2024.pptx
Treinamento NR35_Trabalho em Altura 2024.pptx
 
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdfMedicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
 

A importância das práticas corporais para a saúde mental

  • 1. Prof. Dr. Caio Maximino
  • 2. Programa 1. Por que se preocupar com saúde mental? 2. Quais são as evidências que favorecem programas de exercício para transtornos mentais comuns? 3. Quais são os possíveis mecanismos pelos quais o exercício físico e outras práticas corporais produzem benefícios nos TMCs?
  • 3. um conceito criado para designar um conjunto de sintomas não psicóticos que habitualmente estão relacionados com quadros clínicos e subclínicos de ansiedade, depressão e estresse, os quais pela sua elevada prevalência na Atenção Primária são considerados como um dos maiores problemas de saúde pública mundial. Os trantornos mentais comuns
  • 4. -Exercícios físicos são recomendados como parte de um plano terapêutico pela OMS e pelo NHS. -No sistema brasileiro de saúde mental, se reconhece práticas de educação física nos espaços de hospitais gerais, mas as práticas corporais ainda não são parte das guias. As práticas corporais nas guias
  • 5. Evidências: Exercícios para depressão Cooney et al. (2013): Exercise for depression https://doi.org/10.1002/14651858.CD00 4366.pub6 "Nossa revisão sugeriu que o exercício pode ter um efeito de tamanho moderado sobre a depressão, mas devido aos riscos de viés em muitas das pesquisas, o efeito do exercício pode ser apenas pequeno. Não podemos ter certeza do tipo e intensidade do exercício que pode ser eficaz, nem da duração e frequência ideais de um programa de exercícios. Há poucos dados sobre se algum benefício persiste depois que o exercício tiver parado. As evidências também sugerem que o exercício pode ser tão eficaz quanto os tratamentos psicológicos ou farmacológicos, mas o número de testes que relatam estas comparações e o número de participantes aleatorizados, ambos foram pequenos."
  • 6. Evidências: Exercícios para TMCs em crianças e adolescentes Larun et al. (2006): Exercise in prevention and treatment of anxiety and depression among children and young people https://doi.org/10.1002/14651858.CD00 4691.pub2 “O exercício é promovido como uma estratégia ativa para prevenir e tratar depressão e ansiedade. Descobrimos que os dados de pesquisa são escassos e realizados principalmente por estudantes de graduação. Seis pequenos ensaios clínicos indicam que o exercício diminui os escores de ansiedade relatados em crianças saudáveis quando comparado com nenhuma intervenção. Cinco pequenos ensaios clínicos indicam que o exercício diminui os escores da depressão relatados quando comparado com nenhuma intervenção. A base de pesquisa para crianças em tratamento é escassa; apenas três pequenos ensaios clínicos investigaram o efeito do exercício sobre a depressão.”
  • 7. Evidências: Dança para depressão? Meekums et al. (2015): Dance movement therapy for depression https://doi.org/10.1002/14651858.CD00 9895.pub2 “O baixo número de estudos, juntamente com a baixa qualidade das evidências deles, torna difícil tirar quaisquer conclusões sobre a eficácia da TMD para a depressão. Apenas um estudo incluído, Röhricht 2013, foi considerado de qualidade metodológica moderada, com os outros dois de qualidade metodológica baixa ou muito baixa. O efeito estimado da TMD é impreciso tanto para adultos quanto para adolescentes, devido ao baixo número de testes e participantes, levando a amplos intervalos de confiança. Atualmente não há estudos com design randomizado investigando a TMD para depressão tanto em crianças menores de 16 anos quanto em adultos maiores.”
  • 8. Os limites dos estudos de evidência atuais -Número limitado de desfechos -Mensuração (escalas somam valores para sintomas heterogêneos) -Pouco ou nenhum foco em outras medidas de ajustamento e bem-estar
  • 9. Mecanismos possíveis -Efeitos estruturais: o exercício físico está associado ao volume de estruturas como o hipocampo, porções do córtex pré-frontal, e corpo estriado (Gujral et al. 2017); alterações no volume dessas estruturas são observadas em pacientes com depressão -Efeitos neuroquímicos: Aumento de neurotrofinas (NGF, BDNF, GDNF, IGF-1); atividade antioxidante; aumento na sinalização serotonérgica e noradrenérgica? -Efeitos em neuroplasticidade: O exercício físico moderado promove a neurogênese em animais; alterações em neurogênese são observadas em modelos animais de depressão e estresse.
  • 10. E a pandemia? -Pesquisas tentando entender como as pessoas estão fazendo exercício físico: https://forms.gle/aMbJUMbriH1f Hsim9 -Pesquisas tentando entender como o isolamento está afetando a saúde mental: https://is.gd/covidSaudeMental -Ponto crítico: as pessoas poderiam se beneficiar de exercício físico durante a pandemia, MAS não podemos sair!