SlideShare uma empresa Scribd logo
O termo “pop art” se deriva de Popular Arte e foi um 
movimento artístico que se desenvolveu na década de 1950 
na Inglaterra e nos EUA.
A sua denominação foi usada pela primeira vez pelo crítico 
inglês Lawrence Alloway, em 1954, para se referir a trabalhos 
que usavam imagens populares como tema e matéria prima.
Surgiu em uma época de reestruturação das sociedades após a 
Segunda Guerra Mundial e representava a cultura popular 
capitalista e consumista em massa.
A Pop Art recebeu 
influências de artistas 
ligados ao dadaísmo e ao 
surrealismo. 
Foi uma revolta contra 
ortodoxias na arte e na 
vida, e pode ser vista 
como uma das primeiras 
manifestações do pós-modernismo.
Retratavam elementos do cotidiano que não eram vistos como 
obras de arte, desta forma procurando elevar a cultura popular 
ao nível de arte, e conseguiram chamar a atenção do público.
Os artistas pop utilizavam para o seu trabalho o recorte de 
jornais e revistas, propagandas, embalagens industrializadas, 
a fotografia, os ídolos populares, os produtos descartáveis e 
os quadrinhos.
Também utilizavam a serigrafia e a litografia, o gesso, a tinta 
acrílica, poliéster, látex, produtos com cores intensas, 
fluorescentes, brilhantes e vibrantes. 
Serigrafia Litografia
• Independent Group: A pop 
art dá seus primeiros passos 
na Inglaterra, com esse grupo, 
que foi uma espécie de 
precursor do movimento, 
entre 1952 e 1955. 
A colagem “I Was richman's 
plaything” ao lado, por 
exemplo, foi feita pelo escocês 
Eduardo Paolizzi, em 1947, 
antes do início do grupo.
• Richard Hamilton: apresentou, em 1956, na exibição "This Is 
Tomorrow" em Londres, a colagem "Just what is it that makes 
today's homes so different, so appealing?“, que foi considerada por 
críticos e historiadores uma das primeiras obras de Pop Art.
- Richard também fez a capa do disco “White Album” (1968), dos Beatles.
• Roy Lichtenstein: largou o expressionismo abstrato para se dedicar na arte 
figurativa em 1961, apropriando-se da estética dos quadrinhos e da 
publicidade. Os pontinhos feitos à mão, mas que imitam a impressão das 
gráficas, eram sua marca registrada. A obra “Sleeping Girl” foi vendida em 
2012 por US$ 44,8 milhões.
• Claes Oldenburg: morou nos EUA desde os 7 anos, o sueco foi o principal 
escultor da pop art. Ele construía réplicas gigantes de objetos e comidas do 
dia a dia, como o “Floor Burger”, um hambúrguer de pano preenchido com 
espuma e algodão, que podia ser remodelado livremente.
• Robert Rauschenberg: foi o 
primeiro artista do movimento a 
produzir nos EUA, ele despontou 
a usar coisas catadas na rua para 
fazer pinturas, esculturas, 
performances, e "combinações", 
testando os limites entre objetos 
comuns e obras de arte. 
“Bed” era uma colagem de 
manta, travesseiro, e lençol com 
toques de tinta óleo.
• James Rosenquist: usava fragmentos de imagens em grandes 
ampliações que quando reunidas formam um conjunto quase abstrato, 
mas com certa narrativa visual. Além das pinturas, o artista criava 
desenhos, colagens e gravuras.
• Jasper Johns: suas obras exploram símbolos populares que parecem 
estar saltando da tela, tornando ao mesmo tempo o reconhecível abstrato, 
e o abstrato reconhecível. Ele recriou a bandeira dos Estados Unidos de 
diversas maneiras, como abaixo o “Three Flags”, composta de telas 
sobrepostas.
• Andy Warhol: usou a serigrafia como modo de produção de suas obras em 
retratos de ídolos da música e do cinema, como Elvis Presley e Marilyn 
Monroe. Destacou a impessoalidade do objeto produzido em massa para o 
consumo, como garrafas de Coca-Cola, as latas de sopa Campbell, automóveis 
e etc.
• Peter Blake: apresenta um ar mais nostálgico em suas criações. Não 
é característico de suas obras a acidez pop, mas sim a prestação de 
uma homenagem, quase um tributo a algo no passado, descartando a 
realidade do presente.
- Peter Blake e sua mais famosa criação, a capa do disco “Sgt. Pepper’s 
Lonely Hearts Club Band” (1967), dos Beatles.
No Brasil, o movimento Pop Art chegou retratando o clima do regime militar 
vivido no ano de 1964, mas o estilo influenciou posteriormente a cultura, 
artístico e a técnica do grafismo com suas principais características. Entre os 
artistas nacionais os destaques são: Paulo Baravelli e Wesley Duke Lee.
• Baravelli
• Duke Lee
A Pop Art atual e a publicidade 
A campanha “Yes, we can!” de 
Barack Obama para a corrida 
presidencial nos EUA, teve a 
utilização de recursos do “pop art” 
e representou uma inovação na 
comunicação visual de campanhas 
políticas.
Álbum “The Best of” da banda Blur em pop art
Pop Art de “Junk Mail” 
A artista Sandhi Schimmel Gold faz retratos em mosaico de ícones da 
moda, música e cinema. Os painéis são criados com cartões postais, 
calendários, anúncios publicitários e revistas. 
Twiggy John Lennon
Elvis Presley Bob Marley
Pop Art inspirou o graffiti
A pop art hoje em dia está muito presente no universo POP, que 
engloba música, cinema, TV, internet e artes em geral e que gera uma 
quantia imensa de dinheiro para os que investem nesse tipo de 
expressividade artística. 
Campanha Colorize da Ray-Ban

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Op art, Pop art e outras artes
Op art, Pop art e outras artesOp art, Pop art e outras artes
Op art, Pop art e outras artes
Marcio Duarte
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
Andrea Dressler
 
Arte moderna brasileira
Arte moderna brasileiraArte moderna brasileira
Arte moderna brasileira
Arte Educadora
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
annaartes
 
Arte abstrata
Arte abstrataArte abstrata
Arte abstrata
Ana Barreiros
 
Expressionismo
Expressionismo Expressionismo
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
Turmasthera
 
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGNAvaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Casiris Crescencio
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
Ana Barreiros
 
Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.
Rafael Serra
 
Abstracionismo (Arte Abstrata)
Abstracionismo (Arte Abstrata)Abstracionismo (Arte Abstrata)
Abstracionismo (Arte Abstrata)
Samara Coimbra
 
História da arte - Arte Contemporânea
História da arte -  Arte ContemporâneaHistória da arte -  Arte Contemporânea
História da arte - Arte Contemporânea
Andrea Dressler
 
Cubismo
CubismoCubismo
Concretismo e Neoconcretismo
Concretismo e NeoconcretismoConcretismo e Neoconcretismo
Concretismo e Neoconcretismo
Silmara Nogueira
 
Fauvismo
FauvismoFauvismo
Fauvismo
Michele Pó
 
Pop Art em Resumo
Pop Art em ResumoPop Art em Resumo
Pop Art em Resumo
Luciano Beregeno
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
Talita Tata
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Ellen_Assad
 

Mais procurados (20)

Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
 
Op art, Pop art e outras artes
Op art, Pop art e outras artesOp art, Pop art e outras artes
Op art, Pop art e outras artes
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Arte Conceitual
Arte ConceitualArte Conceitual
Arte Conceitual
 
Arte moderna brasileira
Arte moderna brasileiraArte moderna brasileira
Arte moderna brasileira
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
Arte abstrata
Arte abstrataArte abstrata
Arte abstrata
 
Expressionismo
Expressionismo Expressionismo
Expressionismo
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
 
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGNAvaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
 
Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.
 
Abstracionismo (Arte Abstrata)
Abstracionismo (Arte Abstrata)Abstracionismo (Arte Abstrata)
Abstracionismo (Arte Abstrata)
 
História da arte - Arte Contemporânea
História da arte -  Arte ContemporâneaHistória da arte -  Arte Contemporânea
História da arte - Arte Contemporânea
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Concretismo e Neoconcretismo
Concretismo e NeoconcretismoConcretismo e Neoconcretismo
Concretismo e Neoconcretismo
 
Fauvismo
FauvismoFauvismo
Fauvismo
 
Pop Art em Resumo
Pop Art em ResumoPop Art em Resumo
Pop Art em Resumo
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 

Destaque

Pop arte
 Pop arte Pop arte
Pop arte
João Couto
 
Arte primitiva e naïf no enem
Arte primitiva e naïf no enemArte primitiva e naïf no enem
Arte primitiva e naïf no enem
ma.no.el.ne.ves
 
Prova de artes 6 ano
Prova de artes 6 anoProva de artes 6 ano
Prova de artes 6 ano
Bárbara Fonseca
 
Sequencia didatica caricatura arte 9º ano
Sequencia didatica caricatura   arte 9º anoSequencia didatica caricatura   arte 9º ano
Sequencia didatica caricatura arte 9º ano
Fabiola Oliveira
 
A feira – tarsila do amaral
A feira – tarsila do amaralA feira – tarsila do amaral
A feira – tarsila do amaral
SimoneHelenDrumond
 
A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)
A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)
A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)
Atividades Diversas Cláudia
 
9º ano avaliação de arte 1º bimestre
9º ano avaliação de arte 1º bimestre9º ano avaliação de arte 1º bimestre
9º ano avaliação de arte 1º bimestre
Fabiola Oliveira
 
Avaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafiteAvaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafite
Casiris Crescencio
 
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino MédioAvaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
Marcia Oliveira
 

Destaque (9)

Pop arte
 Pop arte Pop arte
Pop arte
 
Arte primitiva e naïf no enem
Arte primitiva e naïf no enemArte primitiva e naïf no enem
Arte primitiva e naïf no enem
 
Prova de artes 6 ano
Prova de artes 6 anoProva de artes 6 ano
Prova de artes 6 ano
 
Sequencia didatica caricatura arte 9º ano
Sequencia didatica caricatura   arte 9º anoSequencia didatica caricatura   arte 9º ano
Sequencia didatica caricatura arte 9º ano
 
A feira – tarsila do amaral
A feira – tarsila do amaralA feira – tarsila do amaral
A feira – tarsila do amaral
 
A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)
A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)
A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)
 
9º ano avaliação de arte 1º bimestre
9º ano avaliação de arte 1º bimestre9º ano avaliação de arte 1º bimestre
9º ano avaliação de arte 1º bimestre
 
Avaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafiteAvaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafite
 
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino MédioAvaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
 

Semelhante a Pop Art

Pop Arte
Pop ArtePop Arte
pop art.pptx
pop art.pptxpop art.pptx
pop art.pptx
Lú Feitosa
 
Pop arte
Pop artePop arte
Pop arte
Bruno Toneto
 
Pop art lele
Pop art   lelePop art   lele
Pop art lele
Karoline Oliveira
 
Pop art trabalho
Pop art   trabalhoPop art   trabalho
Pop art trabalho
Mário Sérgio
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop art 9 questao 05
Pop art 9  questao 05Pop art 9  questao 05
Pop art 9 questao 05
julia beatriz dos santos araujo
 
Pop Art - Trabalho
Pop Art - TrabalhoPop Art - Trabalho
Pop Art - Trabalho
Rui Rocha
 
Apresentação trabalho estética
Apresentação   trabalho estéticaApresentação   trabalho estética
Apresentação trabalho estética
Matheus Filipe Alves Machado
 
OP - ART e POP - ART
OP - ART e POP - ARTOP - ART e POP - ART
OP - ART e POP - ART
Cristiane Seibt
 
24 pop art 2020
24 pop art 202024 pop art 2020
24 pop art 2020
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Pop art 2017
Pop art 2017Pop art 2017
Pop art 2017
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Arte pop
Arte popArte pop
Arte pop
Luciana Ribeiro
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop art
Pop artPop art
Seminário Pop Art and Op Art
Seminário Pop Art and Op Art Seminário Pop Art and Op Art
Seminário Pop Art and Op Art
Everton Rodrigues
 
POP ART, OP ART & LAND ART
POP ART, OP ART & LAND ARTPOP ART, OP ART & LAND ART
POP ART, OP ART & LAND ART
danf97
 
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
ArtesElisa
 
Roy Lichtenstein
Roy LichtensteinRoy Lichtenstein
Roy Lichtenstein
complementoindirecto
 
Roy Lichtenstein
Roy LichtensteinRoy Lichtenstein
Roy Lichtenstein
complementoindirecto
 

Semelhante a Pop Art (20)

Pop Arte
Pop ArtePop Arte
Pop Arte
 
pop art.pptx
pop art.pptxpop art.pptx
pop art.pptx
 
Pop arte
Pop artePop arte
Pop arte
 
Pop art lele
Pop art   lelePop art   lele
Pop art lele
 
Pop art trabalho
Pop art   trabalhoPop art   trabalho
Pop art trabalho
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Pop art 9 questao 05
Pop art 9  questao 05Pop art 9  questao 05
Pop art 9 questao 05
 
Pop Art - Trabalho
Pop Art - TrabalhoPop Art - Trabalho
Pop Art - Trabalho
 
Apresentação trabalho estética
Apresentação   trabalho estéticaApresentação   trabalho estética
Apresentação trabalho estética
 
OP - ART e POP - ART
OP - ART e POP - ARTOP - ART e POP - ART
OP - ART e POP - ART
 
24 pop art 2020
24 pop art 202024 pop art 2020
24 pop art 2020
 
Pop art 2017
Pop art 2017Pop art 2017
Pop art 2017
 
Arte pop
Arte popArte pop
Arte pop
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Pop art
Pop artPop art
Pop art
 
Seminário Pop Art and Op Art
Seminário Pop Art and Op Art Seminário Pop Art and Op Art
Seminário Pop Art and Op Art
 
POP ART, OP ART & LAND ART
POP ART, OP ART & LAND ARTPOP ART, OP ART & LAND ART
POP ART, OP ART & LAND ART
 
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
 
Roy Lichtenstein
Roy LichtensteinRoy Lichtenstein
Roy Lichtenstein
 
Roy Lichtenstein
Roy LichtensteinRoy Lichtenstein
Roy Lichtenstein
 

Mais de Bruna M

Netflix - O mercado consumidor
Netflix - O mercado consumidorNetflix - O mercado consumidor
Netflix - O mercado consumidor
Bruna M
 
A Bauducco e os 4 Ps do Marketing
A Bauducco e os 4 Ps do MarketingA Bauducco e os 4 Ps do Marketing
A Bauducco e os 4 Ps do Marketing
Bruna M
 
Brainstorming
BrainstormingBrainstorming
Brainstorming
Bruna M
 
As redes sociais e as marcas
As redes sociais e as marcasAs redes sociais e as marcas
As redes sociais e as marcas
Bruna M
 
Animais em Extinção - Biologia
Animais em Extinção - BiologiaAnimais em Extinção - Biologia
Animais em Extinção - Biologia
Bruna M
 
Agropecuária Brasileira - Geografia
Agropecuária Brasileira - GeografiaAgropecuária Brasileira - Geografia
Agropecuária Brasileira - Geografia
Bruna M
 
Modernismo (2ª fase) - Romance de 30
Modernismo (2ª fase) -  Romance de 30Modernismo (2ª fase) -  Romance de 30
Modernismo (2ª fase) - Romance de 30
Bruna M
 
Gás Natural - Fonte de Energia
Gás Natural - Fonte de EnergiaGás Natural - Fonte de Energia
Gás Natural - Fonte de Energia
Bruna M
 
Mal de alzheimer
Mal de alzheimerMal de alzheimer
Mal de alzheimer
Bruna M
 
Islamismo - Filosofia
Islamismo - FilosofiaIslamismo - Filosofia
Islamismo - Filosofia
Bruna M
 
Moluscos - Biologia
Moluscos - BiologiaMoluscos - Biologia
Moluscos - Biologia
Bruna M
 
Os grandes biomas terrestres – Biomas tropicais
Os grandes biomas terrestres – Biomas tropicaisOs grandes biomas terrestres – Biomas tropicais
Os grandes biomas terrestres – Biomas tropicais
Bruna M
 
Abelhas - Biologia
Abelhas - BiologiaAbelhas - Biologia
Abelhas - Biologia
Bruna M
 
Fontes de energia - Carvão Mineral
Fontes de energia - Carvão MineralFontes de energia - Carvão Mineral
Fontes de energia - Carvão Mineral
Bruna M
 

Mais de Bruna M (14)

Netflix - O mercado consumidor
Netflix - O mercado consumidorNetflix - O mercado consumidor
Netflix - O mercado consumidor
 
A Bauducco e os 4 Ps do Marketing
A Bauducco e os 4 Ps do MarketingA Bauducco e os 4 Ps do Marketing
A Bauducco e os 4 Ps do Marketing
 
Brainstorming
BrainstormingBrainstorming
Brainstorming
 
As redes sociais e as marcas
As redes sociais e as marcasAs redes sociais e as marcas
As redes sociais e as marcas
 
Animais em Extinção - Biologia
Animais em Extinção - BiologiaAnimais em Extinção - Biologia
Animais em Extinção - Biologia
 
Agropecuária Brasileira - Geografia
Agropecuária Brasileira - GeografiaAgropecuária Brasileira - Geografia
Agropecuária Brasileira - Geografia
 
Modernismo (2ª fase) - Romance de 30
Modernismo (2ª fase) -  Romance de 30Modernismo (2ª fase) -  Romance de 30
Modernismo (2ª fase) - Romance de 30
 
Gás Natural - Fonte de Energia
Gás Natural - Fonte de EnergiaGás Natural - Fonte de Energia
Gás Natural - Fonte de Energia
 
Mal de alzheimer
Mal de alzheimerMal de alzheimer
Mal de alzheimer
 
Islamismo - Filosofia
Islamismo - FilosofiaIslamismo - Filosofia
Islamismo - Filosofia
 
Moluscos - Biologia
Moluscos - BiologiaMoluscos - Biologia
Moluscos - Biologia
 
Os grandes biomas terrestres – Biomas tropicais
Os grandes biomas terrestres – Biomas tropicaisOs grandes biomas terrestres – Biomas tropicais
Os grandes biomas terrestres – Biomas tropicais
 
Abelhas - Biologia
Abelhas - BiologiaAbelhas - Biologia
Abelhas - Biologia
 
Fontes de energia - Carvão Mineral
Fontes de energia - Carvão MineralFontes de energia - Carvão Mineral
Fontes de energia - Carvão Mineral
 

Último

Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 

Último (20)

Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 

Pop Art

  • 1.
  • 2. O termo “pop art” se deriva de Popular Arte e foi um movimento artístico que se desenvolveu na década de 1950 na Inglaterra e nos EUA.
  • 3. A sua denominação foi usada pela primeira vez pelo crítico inglês Lawrence Alloway, em 1954, para se referir a trabalhos que usavam imagens populares como tema e matéria prima.
  • 4. Surgiu em uma época de reestruturação das sociedades após a Segunda Guerra Mundial e representava a cultura popular capitalista e consumista em massa.
  • 5. A Pop Art recebeu influências de artistas ligados ao dadaísmo e ao surrealismo. Foi uma revolta contra ortodoxias na arte e na vida, e pode ser vista como uma das primeiras manifestações do pós-modernismo.
  • 6. Retratavam elementos do cotidiano que não eram vistos como obras de arte, desta forma procurando elevar a cultura popular ao nível de arte, e conseguiram chamar a atenção do público.
  • 7. Os artistas pop utilizavam para o seu trabalho o recorte de jornais e revistas, propagandas, embalagens industrializadas, a fotografia, os ídolos populares, os produtos descartáveis e os quadrinhos.
  • 8. Também utilizavam a serigrafia e a litografia, o gesso, a tinta acrílica, poliéster, látex, produtos com cores intensas, fluorescentes, brilhantes e vibrantes. Serigrafia Litografia
  • 9.
  • 10. • Independent Group: A pop art dá seus primeiros passos na Inglaterra, com esse grupo, que foi uma espécie de precursor do movimento, entre 1952 e 1955. A colagem “I Was richman's plaything” ao lado, por exemplo, foi feita pelo escocês Eduardo Paolizzi, em 1947, antes do início do grupo.
  • 11. • Richard Hamilton: apresentou, em 1956, na exibição "This Is Tomorrow" em Londres, a colagem "Just what is it that makes today's homes so different, so appealing?“, que foi considerada por críticos e historiadores uma das primeiras obras de Pop Art.
  • 12.
  • 13. - Richard também fez a capa do disco “White Album” (1968), dos Beatles.
  • 14. • Roy Lichtenstein: largou o expressionismo abstrato para se dedicar na arte figurativa em 1961, apropriando-se da estética dos quadrinhos e da publicidade. Os pontinhos feitos à mão, mas que imitam a impressão das gráficas, eram sua marca registrada. A obra “Sleeping Girl” foi vendida em 2012 por US$ 44,8 milhões.
  • 15.
  • 16.
  • 17. • Claes Oldenburg: morou nos EUA desde os 7 anos, o sueco foi o principal escultor da pop art. Ele construía réplicas gigantes de objetos e comidas do dia a dia, como o “Floor Burger”, um hambúrguer de pano preenchido com espuma e algodão, que podia ser remodelado livremente.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21. • Robert Rauschenberg: foi o primeiro artista do movimento a produzir nos EUA, ele despontou a usar coisas catadas na rua para fazer pinturas, esculturas, performances, e "combinações", testando os limites entre objetos comuns e obras de arte. “Bed” era uma colagem de manta, travesseiro, e lençol com toques de tinta óleo.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25. • James Rosenquist: usava fragmentos de imagens em grandes ampliações que quando reunidas formam um conjunto quase abstrato, mas com certa narrativa visual. Além das pinturas, o artista criava desenhos, colagens e gravuras.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29. • Jasper Johns: suas obras exploram símbolos populares que parecem estar saltando da tela, tornando ao mesmo tempo o reconhecível abstrato, e o abstrato reconhecível. Ele recriou a bandeira dos Estados Unidos de diversas maneiras, como abaixo o “Three Flags”, composta de telas sobrepostas.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33. • Andy Warhol: usou a serigrafia como modo de produção de suas obras em retratos de ídolos da música e do cinema, como Elvis Presley e Marilyn Monroe. Destacou a impessoalidade do objeto produzido em massa para o consumo, como garrafas de Coca-Cola, as latas de sopa Campbell, automóveis e etc.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37. • Peter Blake: apresenta um ar mais nostálgico em suas criações. Não é característico de suas obras a acidez pop, mas sim a prestação de uma homenagem, quase um tributo a algo no passado, descartando a realidade do presente.
  • 38.
  • 39.
  • 40. - Peter Blake e sua mais famosa criação, a capa do disco “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band” (1967), dos Beatles.
  • 41. No Brasil, o movimento Pop Art chegou retratando o clima do regime militar vivido no ano de 1964, mas o estilo influenciou posteriormente a cultura, artístico e a técnica do grafismo com suas principais características. Entre os artistas nacionais os destaques são: Paulo Baravelli e Wesley Duke Lee.
  • 43.
  • 45.
  • 46. A Pop Art atual e a publicidade A campanha “Yes, we can!” de Barack Obama para a corrida presidencial nos EUA, teve a utilização de recursos do “pop art” e representou uma inovação na comunicação visual de campanhas políticas.
  • 47. Álbum “The Best of” da banda Blur em pop art
  • 48. Pop Art de “Junk Mail” A artista Sandhi Schimmel Gold faz retratos em mosaico de ícones da moda, música e cinema. Os painéis são criados com cartões postais, calendários, anúncios publicitários e revistas. Twiggy John Lennon
  • 50. Pop Art inspirou o graffiti
  • 51.
  • 52.
  • 53.
  • 54. A pop art hoje em dia está muito presente no universo POP, que engloba música, cinema, TV, internet e artes em geral e que gera uma quantia imensa de dinheiro para os que investem nesse tipo de expressividade artística. Campanha Colorize da Ray-Ban