Implantação de um laboratório de ferramentais em uma indústria farmacêutica

557 visualizações

Publicada em

Titulo: Implantação de um laboratório de ferramentais em uma indústria farmacêutica
Alunos:Adriano Braga,DIANDRA SORBARA,Emanuel Henrique Sebben,Fábio zavarezi moreno,Fernando Zimmermann,Ivanilson Luiz Nunes da Silva,Josoé Barreto ,Lucas Angnes,Thalles Belini,Thiago Mantovani,
Cidade: Cascavel
Disciplina: Aquisições
Turma: GP05
Data:24-10-2014
Hora:15:36
Comentarios:Boa tarde Professor Marco!

Segue trabalho realizado.

Adriano Braga
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
557
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Implantação de um laboratório de ferramentais em uma indústria farmacêutica

  1. 1. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uTmAaP I-n Tdeúrsmtroia d Fea Armbearctêuurati cdao Projeto Nome Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica Descrição Os ferramentais dedicados ao emblistamento (matrizes e ferramentais de selagem) não possui um local apropriado para armazenamento, dificultando a gestão dos ferramentais e o planejamento de utilização dos mesmos nas linhas de emblistamento de comprimidos e cápsulas. Sem a gestão, a empresa não possui um controle da vida útil destes ferramentais o que acaba impactando em desvios de qualidades nos blísteres, perdas de produção e aumento de setup. Justificativa Devido a grande flexibilidade das nossas linhas de emblistamento, temos uma grande demanda de troca de ferramental nas emblistadeiras, consequentemente possuimos grande estoque de ferramentais, dentre eles: facas, bases de facas, matrizes, guias, carimbos, base de carimbos, picotes entre outros, por este fato necessitamos a adequação do laboratório de matrizes, para oferecer o zelo necessário ao ferramental lá existente, com isso ganhando em agilidade de atendimento a produção, maior qualidade em nossos produtos e processos, maior vida útil dos ferramentais e redução de máquinas paradas. Objetivo S.M.A.R.T. Criar laboratório de matrizes para Embalagem Primária de Sólidos (Emblistamento) com capacidade para 800 ferramentais, para proporcionar controle do nível de desgaste e realização de manutenção dos ferramentais de modo que estes sempre estejam em condições adequadas de trabalho, contribuindo para a diminuição de desvios de qualidade em 30% das ocorrências internas registradas através de lançamentos de não conformidades. Requisitos - Identificação de todo ferramental existente no laboratório de matrizes; - Aquisição de impressora BMP71 para etiquetas plásticas; - Desenvolvimento de controle de entrada e saída de ferramentais; - Instalação de óculo para a retirada de materiais do laboratório; - Instalação de sistema biométrico para restrição de acesso; - Confecção e adequação de mobiliários (bancadas e armários); - Confecção de carrinhos adequados para transporte de ferramental; - Aquisição de ferramentais faltantes; - Substituição de ferramentais com desgaste excessivo; - Confecção de estrutura para limpeza de ferramentais; - Treinamento de laboratoristas; - Liberação de 4 vagas para contratação de laboratoristas; - Elaboração e revisão dos procedimentos. Designação Milestones IDENTIFICAÇÃO DE FERRAMENTAL ___________________________________ 05/06/2014 à 19/08/2014 ELABORAÇÃO DE PLANILHA PRODUTO X FERRAMENTAL _________________ 02/09/2014 à 15/09/2014 AQUISIÇÃO DE IMPRESSORA DE ETIQUETAS ____________________________ 22/09/2014 à 13/11/2014 SISTEMA DE CONTROLE DE ENTRADA E SAÍDA DE COLABORADORES _______ 22/09/2014 à 23/11/2014 SISTEMA DE CONTROLE DE ENTRADA E SAÍDA DE FERRAMENTAIS __________ 05/11/2014 à 11/11/2014 ADEQUAÇÃO DA ÁREA FÍSICA _______________________________________ 20/08/2014 à 31/10/2014 SUBSTITUIÇÃO DE FERRAMENTAIS COM DESGASTE EXCESSIVO ____________ 22/09/2014 à 04/12/2014 AQUISIÇÃO DE FERRAMENTAIS FALTANTES _____________________________ 22/09/2014 à 04/12/2014 TREINAMENTO DE LABORATORISTAS __________________________________ 31/10/2014 à 04/11/2014 ENCERRAMENTO / ENTREGA DO LABORATÓRIO _________________________ 05/12/2014 à 11/12/2014
  2. 2. Orçamento R$ 190.210,81 Riscos - Não liberação das vagas para contratação de laboratoristas; - Prazo de entrega dos materiais não atendido. Data, Assinatura do Sponsor 30/11/-0001 - Aprovado OTMMA3 Adriano Braga - 24/10/2014 15:21:49
  3. 3. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica ISH - Registro de Stakeholder - Online Stakeholder Posição Papel no Projeto Email Telefone Celular Adriano Braga Líder de Equipe Gerente do Projeto Diandra Sorbara Membro da Equipe de Projeto diandrasorbara@hotmail.com Emanuel Sebben Membro da Equipe de Projeto emanuelhenrique@live.com Fabio Zavarezi Diretor de Engenharia Membro da Equipe de Projeto fabio.moreno@pratidonaduzzi.com.br Fernando Zimmermann Líder de Equipe Engenharia Membro da Equipe de Projeto fernando.zimmermann@pratidonaduzzi.com.b r Ivanilson Silva Gestor de Projetos Membro da Equipe de Projeto ivanilson.silva@pratidonaduzzi.com.br Josoe Barreto Gerente de Engenharia de Manutenção Sponsor do Projeto josoe.barreto@pratidonaduzzi.com.br Lucas Angnes Membro da Equipe de Projeto lucasangnes@gmail.com Thalles Belini Membro da Equipe de Projeto thalles_b88@hotmail.com Thiago Mantovani Membro da Equipe de Projeto cassio.fachi@pratidonaduzzi.com.br
  4. 4. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica ISH - Registro de Stakeholder - Online Classificação Outras Caracteristicas Requisitos Superficiais Estrátegia Gerenciar com atenção Manter informado Manter informado Manter informado Manter informado Manter informado Manter informado Manter informado Manter informado Manter informado
  5. 5. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentaiPsG eEm - uPmlaan oIn deú sGtreirae Fnacriammaecnêutoti cdao Escopo OTMMA3 Adriano Braga - 24/10/2014 15:21:49
  6. 6. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica Dreq - Declaração de Requisitos Requisitos do Projeto Stakeholder Requisito Detalhado Classificação Prioridade Componente Relacionado Entrega onde se manifesta Rastreabilidade
  7. 7. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica Dreq - Declaração de Requisitos Requisitos do Produto Stakeholder Requisito Detalhado Classificação Prioridade Componente Relacionado Entrega onde se manifesta Rastreabilidade
  8. 8. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria FaDrmEa -c Dêueftincair Escopo Escopo do Produto Escopo do Projeto Entregas e critérios de aceitação Escopo não incluído no projeto Premissas Restrições OTMMA3 Adriano Braga - 24/10/2014 15:21:49
  9. 9. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica WBS C.C. Fase / Pacote de Trabalho Análise M/B 1 GERENCIAMENTO DO PROJETO 1.1 INICIAÇÃO 1.1.1 Definição da Equipe Make 1.1.2 Project Charter Make 1.1.3 Reunião de Kick-Off Make 1.2 PLANEJAMENTO 1.2.1 PG Escopo Make 1.2.2 PG Tempo Make 1.2.3 PG Custo Make 1.2.4 PG Qualidade Make 1.2.5 PG Recursos Humanos Make 1.2.6 PG Aquisições Make 1.2.7 PG Comunicação Make 1.2.8 PG Riscos Make 1.2.9 PG Stakeholders Make 1.3 EXECUÇÃO 1.3.1 Plano de Ação Intranet Make 1.3.2 Lições Aprendidas Make 1.3.3 Cronograma Make 1.4 MONITORAMENTO E CONTROLE 1.4.1 Análise VA Make 1.4.2 Relatório de Evolução Make 1.4.3 Termos de Aceites Parciais Make 1.5 ENCERRAMENTO 1.5.1 Termo de Encerramento Make 1.5.2 Desmobilização da Equipe Make 1.5.3 Mobilização da Equipe de Operação Make 1.5.4 Start da Operação Make 2 DOCUMENTAÇÃO 2.1 POP - Fluxo do laboratório Make 2.2 POP Operação Make 2.3 Check-List de Entrada/Saída Make 2.4 Padronização de Nomenclatura Make 2.5 Metodologia padrão 5S Make 3 CONTROLE DE MATERIAIS 3.1 Levantamento do estoque atual Make 3.2 Matriz Ferramental x Produto Make 3.3 Cadastro SAP Lista Técnica Make 3.4 Ferramentais Buy 4 ESTRUTURA FÍSICA 4.1 Controle de acesso Buy 4.2 Quadro de indicadores Buy 4.3 Arquivo Check-List de liberação Buy 4.4 Instrumentos de Medição Buy 4.5 Óculo para entrega de materiais Make 4.6 Layout da sala Make 4.7 Impressora Buy 4.8 Material de expediente Buy 4.9 Computador Buy
  10. 10. 5 RECURSOS HUMANOS 5.1 Laboratoristas Buy 5.2 Treinamento Make OTMMA3 Adriano Braga - 24/10/2014 15:21:49
  11. 11. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica D-WBS - Dicionário WBS Fase 1 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 1.1.1 Definição da Equipe Aguardando 1.1.2 Project Charter Aguardando 1.1.3 Reunião de Kick-Off Aguardando 1.2.1 PG Escopo Aguardando 1.2.2 PG Tempo Aguardando 1.2.3 PG Custo Aguardando 1.2.4 PG Qualidade Aguardando 1.2.5 PG Recursos Humanos Aguardando 1.2.6 PG Aquisições Aguardando 1.2.7 PG Comunicação Aguardando 1.2.8 PG Riscos Aguardando 1.2.9 PG Stakeholders Aguardando 1.3.1 Plano de Ação Intranet Aguardando 1.3.2 Lições Aprendidas Aguardando 1.3.3 Cronograma Aguardando 1.4.1 Análise VA Aguardando 1.4.2 Relatório de Evolução Aguardando 1.4.3 Termos de Aceites Parciais Aguardando 1.5.1 Termo de Encerramento Aguardando 1.5.2 Desmobilização da Equipe Aguardando 1.5.3 Mobilização da Equipe de Operação Aguardando 1.5.4 Start da Operação Aguardando
  12. 12. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica D-WBS - Dicionário WBS Fase 2 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 2.1 POP - Fluxo do laboratório Aguardando 2.2 POP Operação Aguardando 2.3 Check-List de Entrada/Saída Aguardando 2.4 Padronização de Nomenclatura Aguardando 2.5 Metodologia padrão 5S Aguardando
  13. 13. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica D-WBS - Dicionário WBS Fase 3 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 3.1 Levantamento do estoque atual Aguardando 3.2 Matriz Ferramental x Produto Aguardando 3.3 Cadastro SAP Lista Técnica Aguardando 3.4 Ferramentais Aguardando
  14. 14. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica D-WBS - Dicionário WBS Fase 4 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 4.1 Controle de acesso Aguardando 4.2 Quadro de indicadores Aguardando 4.3 Arquivo Check-List de liberação Aguardando 4.4 Instrumentos de Medição Aguardando 4.5 Óculo para entrega de materiais Aguardando 4.6 Layout da sala Aguardando 4.7 Impressora Aguardando 4.8 Material de expediente Aguardando 4.9 Computador Aguardando
  15. 15. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica D-WBS - Dicionário WBS Fase 5 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 5.1 Laboratoristas Aguardando 5.2 Treinamento Aguardando
  16. 16. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 1 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 1.1.1 Definição da Equipe Aguardando 1.1.2 Project Charter Aguardando 1.1.3 Reunião de Kick-Off Aguardando 1.2.1 PG Escopo Aguardando 1.2.2 PG Tempo Aguardando 1.2.3 PG Custo Aguardando 1.2.4 PG Qualidade Aguardando 1.2.5 PG Recursos Humanos Aguardando 1.2.6 PG Aquisições Aguardando 1.2.7 PG Comunicação Aguardando 1.2.8 PG Riscos Aguardando 1.2.9 PG Stakeholders Aguardando 1.3.1 Plano de Ação Intranet Aguardando 1.3.2 Lições Aprendidas Aguardando 1.3.3 Cronograma Aguardando 1.4.1 Análise VA Aguardando 1.4.2 Relatório de Evolução Aguardando 1.4.3 Termos de Aceites Parciais Aguardando 1.5.1 Termo de Encerramento Aguardando 1.5.2 Desmobilização da Equipe Aguardando 1.5.3 Mobilização da Equipe de Operação Aguardando 1.5.4 Start da Operação Aguardando
  17. 17. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 2 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 2.1 POP - Fluxo do laboratório Aguardando 2.2 POP Operação Aguardando 2.3 Check-List de Entrada/Saída Aguardando 2.4 Padronização de Nomenclatura Aguardando 2.5 Metodologia padrão 5S Aguardando
  18. 18. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 3 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 3.1 Levantamento do estoque atual Aguardando 3.2 Matriz Ferramental x Produto Aguardando 3.3 Cadastro SAP Lista Técnica Aguardando 3.4 Ferramentais Aguardando
  19. 19. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 4 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 4.1 Controle de acesso Aguardando 4.2 Quadro de indicadores Aguardando 4.3 Arquivo Check-List de liberação Aguardando 4.4 Instrumentos de Medição Aguardando 4.5 Óculo para entrega de materiais Aguardando 4.6 Layout da sala Aguardando 4.7 Impressora Aguardando 4.8 Material de expediente Aguardando 4.9 Computador Aguardando
  20. 20. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 5 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 5.1 Laboratoristas Aguardando 5.2 Treinamento Aguardando
  21. 21. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica RR - Registro de Risco Categoria na RBS Risco Identificado Tipo Data de Registro Qualitativo Probabilidade P Qualitativo de Impacto I Semáforo 47 3 Não funcionamento adequado do ferramental por problemas na definição das dimensões das matrizes Ameaça 22/10/2014 Improvável 0.3 Muito Grande 0.8 0.24 47 4 Atraso na entrega em razão dos fornecedores estrangeiros uma vez das dificuldades de importação Ameaça 22/10/2014 Provável 0.7 Média 0.2 0.14 47 6 Falha na redação do contrato Ameaça 22/10/2014 Improvável 0.3 Grande 0.4 0.12 47 7 Realocação de recursos financeiros Ameaça 22/10/2014 Rara 0.1 Grande 0.4 0.05 47 8 Tempo de vida útil exceder o prazo de 2 anos Oportunidade 22/10/2014 Improvável 0.3 Grande 0.4 0.12
  22. 22. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica RR - Registro de Risco V.M.E. antes da resposta [R$] Resposta V.M.E. depois da resposta [R$] Sinal de alerta Proprietário Ação a tomar 47 3 2.000,00 Mitigar 0,00 Diandra Sorbara Revisar as especificações enviadas e providenciar Check-list para FAT 47 4 3.000,00 Aceitar 0,00 Adriano Braga Avaliar possíveis paralisações de mercadorias e selecionar melhor procedimento a ser adotado para a logística. 47 6 1.500,00 Evitar 0,00 Solicitar apoio do setor jurídico para montagem do contrato. 47 7 2.000,00 Aceitar 0,00 Adriano Braga Alterar escopo de aquisições conforme nova diretriz de custos. 47 8 5.600,00 Provocar 0,00 Redefinir o planejamento de compras de ferramentais ao longo dos anos.
  23. 23. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica MA - Mapa de Aquisições Concorrência Item(s) a ser contratado Ref.WBS Fornecedores Orçamento Prazo Critérios MAKE OR BUY ultilizados Tipo de contrato 586 CONTROLE DE MATERIAIS > Ferramentais 3.4 Blipack Romaco Precitech 78.000,00 12/12/2014 Capacidade (quantidade e qualidade) da equipe Necessidade de fornecimento especializado Existência de fornecedores confiáveis. O core business da empresa Preço Fixo 587 ESTRUTURA FÍSICA > Computador 4.9 Dell HP Apple 2.500,00 07/01/2015 Capacidade (quantidade e qualidade) da equipe Necessidade de fornecimento especializado Existência de fornecedores confiáveis. O core business da empresa Preço Fixo 588 ESTRUTURA FÍSICA > Material de expediente 4.8 Sistemach Kaspelberg 3.000,00 22/12/2014 Capacidade (quantidade e qualidade) da equipe Necessidade de fornecimento especializado Preço Fixo 589 ESTRUTURA FÍSICA > Instrumentos de Medição 4.4 Mitutoyo Digimed Festo 5.500,00 08/01/2015 Capacidade (quantidade e qualidade) da equipe Necessidade de fornecimento especializado Existência de fornecedores confiáveis. O core business da empresa Preço Fixo 590 RECURSOS HUMANOS > Laboratoristas 5.1 Wpharma Hays 45.000,00 22/01/2015 Capacidade (quantidade e qualidade) da equipe Necessidade de fornecimento especializado Existência de fornecedores confiáveis. O core business da empresa Custo Reembolsável
  24. 24. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma IndústMriaA F- aMrmapaac êduet iAcqauisições RFP - 586 3.4CONTROLE DE MATERIAIS > Ferramentais NOTAS: REV. DATA DESCRIÇÃO EXEC. VERIF. APR.
  25. 25. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma IndDúsTt r-i aD eFcalramraaçcãêou tdicea Trabalho Especificação Quantidade Unidade Faca de corte (corte dos blisters) 3 UN Matrizes de selagem (selagem de 15 UN filme de alumínio e filme de PVC) Matrizes de sopro (formação da bolha) 12 UN Base de Fixação 12 UN Bucha de alinhamento 35 UN Prazos 90 dias Qualidade Requirida Dimensões: 154mm/92mm; Material: Bronze 70/75; Tempo de vida útil de 2 anos. Suporte Técnico Assitência total; Manutenção do fornecimento. Treinamento Desejado Treinamento para colaboradores na regulagem do ferramental na máquina: 90 pessoas. Nivel Serviço Peças de reposição. Garantia 2 anos Local Entrega Prati-Donaduzzi
  26. 26. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica DT - WBS do Contrato C.C. Fase / Pacote de Trabalho Unidade Quantidade Planejada Orçamento 5 Entrega 27.810,00 5.1 Especificações UN 1 1,00 5.2 Desenho UN 2 800,00 5.3 Protótipo UN 1 2.000,00 5.4 Aprovação UN 1 1,00 5.5 Matéria-Prima UN 1 12.000,00 5.6 Consumíveis UN 1 2.500,00 5.7 Acompanhamento Recebimento UN 1 1,00 5.8 Alocação de Recursos UN 1 1,00 5.9 Programação UN 1 1,00 5.10 Confecção / Usinagem UN 1 6.000,00 5.11 Inspeção Qualidade UN 1 2.000,00 5.12 Check-List UN 1 1,00 5.13 FAT UN 1 1,00 5.14 Ajustes/Revisão UN 1 1,00 5.15 Treinamento UN 1 2.500,00 5.16 Start-Up UN 1 1,00 5.17 Encerramento de Contrato UN 1 1,00
  27. 27. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica Equalização Blipack Romaco Precitech Especificação Técnica Quant. Unid. Valor Unit Valor Total Quant. Unid. Valor Unit Valor Total Quant. Unid. Valor Unit Valor Total Faca de corte (corte dos blisters) 3 UN 20.000,00 60.000,00 0 UN 0,00 0,00 3 UN 12.000,00 36.000,00 Matrizes de selagem (selagem de filme de alumínio 10 UN 2.000,00 20.000,00 5 UN 3.450,00 17.250,00 15 UN 1.345,00 20.175,00 e filme de PVC) Matrizes de sopro (formação da bolha) 12 UN 800,00 9.600,00 12 UN 2.300,00 27.600,00 10 UN 1.200,00 12.000,00 Base de Fixação 12 UN 340,00 4.080,00 12 UN 470,00 5.640,00 12 UN 320,00 3.840,00 Bucha de alinhamento 35 UN 30,00 1.050,00 35 UN 55,00 1.925,00 30 UN 18,00 540,00
  28. 28. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica SP - Sistema de Pontuação Id Critério Classificatório Comercial Peso Blipack Romaco Precitech Nota Média Nota Média Nota Média 673 Localização física da empresa 2 2.33 4.67 1.33 2.67 4.33 8.67 674 Tempo de resposta a um atendimento 4 1.67 6.67 3.33 13.33 3.33 13.33 675 Garantia da entrega em menor tempo 5 2.67 13.33 2 10 3.67 18.33 Id Critério Classificatório Técnico Peso Blipack Romaco Precitech Nota Média Nota Média Nota Média 676 Alinhamento com DT 5 4 20 1.33 6.67 2.67 13.33 677 Tempo de mercado da empresa 4 3.67 14.67 4.67 18.67 1.67 6.67 678 Referências com cadeia de clientes no mercado 5 0 0 0 0 0 0
  29. 29. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica BM - Boletim de Medição Item Descrição Unidade Orçamento da Fase Peso[%] Quant Planejada Quant Realizada Critério[%] Avanço Físico Planejado Avanço Físico Realizado [%] 5 Entrega - 27.810,00 100 - - - - - - 5.1 Especificações UN - - 1 1 0 1,00 1,00 100 5.2 Desenho UN - - 2 1 2.88 800,00 400,00 50 5.3 Protótipo UN - - 1 0 7.19 2.000,00 0,00 0 5.4 Aprovação UN - - 1 0 0 1,00 0,00 0 5.5 Matéria-Prima UN - - 1 1 43.15 12.000,00 12.000,00 100 5.6 Consumíveis UN - - 1 0 8.99 2.500,00 0,00 0 5.7 Acompanhamento Recebimento UN - - 1 1 0 1,00 1,00 100 5.8 Alocação de Recursos UN - - 1 0 0 1,00 0,00 0 5.9 Programação UN - - 1 0 0 1,00 0,00 0 5.10 Confecção / Usinagem UN - - 1 0 21.57 6.000,00 0,00 0 5.11 Inspeção Qualidade UN - - 1 1 7.19 2.000,00 2.000,00 100 5.12 Check-List UN - - 1 0 0 1,00 0,00 0 5.13 FAT UN - - 1 0 0 1,00 0,00 0 5.14 Ajustes/Revisão UN - - 1 1 0 1,00 1,00 100 5.15 Treinamento UN - - 1 1 8.99 2.500,00 2.500,00 100 5.16 Start-Up UN - - 1 1 0 1,00 1,00 100 5.17 Encerramento de Contrato UN - - 1 0 0 1,00 0,00 0 TOTAL - - - 27.810,00 27.810,00 16.904,00 44.12
  30. 30. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma IndústMriaA F- aMrmapaac êduet iAcqauisições RFP - 587 4.9ESTRUTURA FÍSICA > Computador NOTAS: REV. DATA DESCRIÇÃO EXEC. VERIF. APR.
  31. 31. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma IndústMriaA F- aMrmapaac êduet iAcqauisições RFP - 588 4.8ESTRUTURA FÍSICA > Material de expediente NOTAS: REV. DATA DESCRIÇÃO EXEC. VERIF. APR.
  32. 32. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma IndústMriaA F- aMrmapaac êduet iAcqauisições RFP - 589 4.4ESTRUTURA FÍSICA > Instrumentos de Medição NOTAS: REV. DATA DESCRIÇÃO EXEC. VERIF. APR.
  33. 33. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma IndústMriaA F- aMrmapaac êduet iAcqauisições RFP - 590 5.1RECURSOS HUMANOS > Laboratoristas NOTAS: REV. DATA DESCRIÇÃO EXEC. VERIF. APR.
  34. 34. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica Fluxograma de Execução
  35. 35. PROJETO Implantação de um laboratório para controle de ferramentais em uma Indústria Farmacêutica Fluxograma de Monitoramento & Controle

×