2014 01 24_adm cap giro_parte 04

1.390 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.390
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.020
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2014 01 24_adm cap giro_parte 04

  1. 1. 25/01/2014 ADMINISTRAÇÃO DO CAPITAL DE GIRO Parte 04 - Professora Yasmin Fernandes TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK CONCEITO O payback é o período de tempo necessário para que se recupere o investimento inicial em um projeto e/ou empreendimento, onde é calculado a partir das entradas de caixa. A análise do payback é considerada uma técnica não muito sofisticada porque não leva em consideração o valor do dinheiro no tempo. Uma maneira de aprimorar a análise do payback é trazer os saldos futuros de caixa à valor presente, o que se chama de análise de payback descontado. 1
  2. 2. 25/01/2014 TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK CONCEITO O PAYBACK pode ser: NOMINAL, se calculado com base no fluxo de caixa com valores nominais, e; DESCONTADO, se calculado com base no fluxo de caixa com valores trazidos ao valor presente líquido. TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK VANTAGENS DO MÉTODO DO PAYBACK Este método tem como principais vantagens: O fato de ser bastante simples na sua forma de cálculo e de fácil compreensão; Fornece uma ideia do grau de liquidez e de risco do projeto; Em tempo de grande instabilidade e pela razão anterior, a utilização deste método é uma forma de aumentar a segurança dos negócios da empresa; Adequado à avaliação de projetos em contexto de risco elevado; Adequado à avaliação de projetos com vida limitada. 2
  3. 3. 25/01/2014 TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK DESVANTAGENS DO MÉTODO DO PAYBACK O payback não pode determinar com exatidão o período exato do investimento, pois desconsidera o valor do dinheiro no tempo (inflação, liquidez e risco). Não considera também o fluxo de caixa após o período de payback. TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK CONCEITO Algebricamente tem-se: Sendo: PR= Período de Recuperação CFt= Cash-Flow total no ano t Io= Cash-Flow do investimento Inicial Nota: Admite-se que em cada ano os fluxos se distribuem regularmente ao longo do mesmo. 3
  4. 4. 25/01/2014 TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK EXEMPLO 01 João deseja comprar um computador para desenvolver sites, um computador com todos os recursos e softwares devidamente licenciados sairá no valor de R$3.000,00. João já tem 10 contratos de sites confirmados todos no valor de R$600,00 cada. Se joão leva 1 mês para fazer um site e recebe o pagamento na entrega do mesmo, ele terá reembolsado o valor investido no computador na entrega do 5º site que seria ao final do 5º mês. Payback= R$3.000,00 = 5 meses TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK EXEMPLO 01 O payback simples não leva em consideração a taxa de juros, nem a inflação do período ou o custo de oportunidade. Além disso, nem sempre os fluxos esperados são constantes. João poderia receber os R$600,00 do primeiro site em duas vezes. Assim uma análise mais apurada deve levar em conta outros aspectos. 4
  5. 5. 25/01/2014 TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK EXEMPLO 02 PAYBACK NOMINAL X PAYBACK DESCONTADO Com base no exemplo do VPL e TIR da aula anterior, calculemos o payback: O exemplo a seguir demonstra o cálculo do fluxo de caixa para um investimento inicial de $ 45.000 com saldos de caixa para os cinco anos seguintes de $ 28.000, $ 12.000, $ 10.000, $ 10.000 e $ 10.000 respectivamente, e taxa de retorno considerada de 10% ao ano. TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK EXEMPLO 02 O cálculo individual é: 1) 2) 3) 4) 5) 28.000 / (1 + 0,10)1 = 25.455 12.000 / (1 + 0,10)2 = 9.917 10.000 / (1 + 0,10)3 = 7.513 10.000 / (1 + 0,10)4 = 6.830 10.000 / (1 + 0,10)5 = 6.209 VPL = (25.455 + 9.917 + 7.513 + 6.830 + 6.209) - 45.000 = VPL = 55.924 – 45.000 VPL = 10.924 5
  6. 6. 25/01/2014 TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK EXEMPLO 02 PAYBACK NOMINAL Considerando o investimento inicial e os fluxos de caixas seguintes sem descontá-los, pode-se afirmar que seu retorno ou payback ocorre em dois anos e meio, ou seja, $ 28.000 do primeiro ano, mais $12.000 do segundo ano, e metade do terceiro ano. TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK EXEMPLO 02 PAYBACK NOMINAL TOTAL = 2 anos e meio 6
  7. 7. 25/01/2014 TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK EXEMPLO 02 PAYBACK DESCONTADO Por outro lado, ao considerar os fluxos de caixa líquidos, ou descontados, o payback seria de aproximadamente 3 anos e quatro meses. Isso é observado a partir da soma dos três primeiros anos com a fração de 4 meses do quarto ano. TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK EXEMPLO 02 PAYBACK DESCONTADO TOTAL = 3 anos e 4 meses 7
  8. 8. 25/01/2014 TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK CONCLUSÃO Assim, é possível observar que a análise através do payback deve levar em conta o fluxo de caixa descontado, para que não resulte em informações desprovidas da realidade ou errôneas. A justificativa em considerar os fluxos de caixa descontados reside no princípio de que o dinheiro tem seu valor determinado em função do tempo, ou seja, o juro. Analisar o payback da maneira simples é desconsiderar os custos inerentes à manutenção do capital, o que pode disfarçar a verdadeira conclusão da viabilidade ou não do investimento. TEMPO DE RECUPERAÇÃO DO CAPITAL - PAYBACK BIBLIOGRAFIA www.alexandrefzanata.blogspot.com WERNKE, Rodney – Gestão Financeira – Editora Saraiva. SILVA, Edson Cordeiro da – Como Administrar o Fluxo da Caixa das Empresas – Editora Atlas. 8

×