Contabilidade social .:. www.tc58n.wordpress.com

911 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
911
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
350
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Contabilidade social .:. www.tc58n.wordpress.com

  1. 1. SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL
  2. 2. O ISE se constitui num selo de qualidade capaz de dar a Empresa uma roupagem diferenciada para apresentá-la ao mercado, como empresa correta e ideal.mercado, como empresa correta e ideal.
  3. 3. METODOLOGIA DO INDICE Centro de Estudos de Sustentabilidade x Fundação Getúlio Vargas xx 28 Empresas
  4. 4. Bottom Line People Planet Profit
  5. 5. SOCIAL ECONÔMICOECONÔMICO GOVERNANÇA RECURSOS NATURAIS
  6. 6. EMPRESAS PARTICIPANTES
  7. 7. PILARES DA SUSTENTABILIDADE Socialmente Justo Ecologicamente Correto Economicamente ViávelEconomicamente Viável Culturalmente Aceito
  8. 8. Ação Local e Visão GlobalAção Local e Visão Global
  9. 9. REPETENCIA DE CICLOS Simetria no Tempo na ótica de Fibonacci
  10. 10. Teoria de Fibonacci {0,1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, 89, 144}
  11. 11. Desafios
  12. 12. CADEIA DE RELACIONAMENTO • STAKEHOLDER Termo que define partes que se relacionam, onde existe interesse e projeto ou produto a ser oferecido.ou produto a ser oferecido. Stake: o que possui interesse em participar Holder: aquele que possui e desenvolve o projeto
  13. 13. STAKEHOLDER EXTERNOS IMPORTANTES PARA AS ORGANIZAÇÕES Sociedade de consumo Concorrentes – Sindicatos - OngsConcorrentes – Sindicatos - Ongs Fornecedores de créditos Investidores Governos Famílias de colaboradores
  14. 14. A IMPORTÂNCIA DO STAKEHOLDER consiste em peça importante na cadeia - consumidor influencia naquilo que é oferecido pela empresainfluencia naquilo que é oferecido pela empresa aceita ou rejeita naturalmente a ação da organização no papel de investidor, influencia nos resultados como governo, pressiona o cumprimento dos aspectos legais
  15. 15. RESPONSABILIDADE SOCIAL É classificado com um posicionamento correto, no ambienteÉ classificado com um posicionamento correto, no ambiente empresarial e social, onde há a figura do discurso “ justo e limpo “, valendo- se de princípios de ética e comportamento idôneo nas operações.
  16. 16. RESPONSABILIDADE SOCIAL E TRANSPARÊNCIA CORPORATIVA Transparência É a divulgação das ações positivas realizados pelasÉ a divulgação das ações positivas realizados pelas organizações, cujo objetivo seja respaldar o stakeholder de confiança. A organização utiliza o Balanço Social como instrumento de transparência
  17. 17. EXEMPLOS DE EVIDENCIAÇÃO Contabilidade Social e Ambiental BALANÇO SOCIAL BALANÇO AMBIENTAL DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO BALANÇO DE RECURSOS HUMANOS
  18. 18. CARACTERÍSTICAS DO BALANÇO SOCIAL • Deve se constituir claramente num instrumento verdadeiro de informações • Não é correto vê-lo como um recurso ou peça de marketing • O aspecto comercial e financeiro deve ser secundário • Para evidenciar valores monetários há o BALANÇO PATRIMONIAL
  19. 19. DIFERENÇA ENTRE BALANÇO PATRIMONIAL E SOCIAL BALANÇO PATRIMONIAL Tem o objetivo de evidenciar aspectos monetários qualitativos e quantitativosquantitativos O foco é a sobrevivência da Empresa Objetiva prestar informações para a tomada de decisões Marca o fim de um período e o início de outro ,como EXERCÍCIO
  20. 20. DIFERENÇA ENTRE BALANÇO PATRIMONIAL E SOCIAL BALANÇO SOCIAL Tem o objetivo de evidenciar ações mais implícitas da organizaçãoTem o objetivo de evidenciar ações mais implícitas da organização O foco é a Sustentabilidade Objetiva prestar informações para o stakeholder Destaca a necessidade de se existir para manter gerações futuras
  21. 21. DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO Objetivo Evidenciar como a empresa gerou e distribuiu riquezas.Evidenciar como a empresa gerou e distribuiu riquezas. Mostra a contribuição para o PIB (Produto Interno Bruto). O modelo atual pode ser adaptável em sua elaboração. Compõe uma parte do Balanço Social
  22. 22. 1-RECEITAS 5.500.000,00 1.1-Venda de mercadorias, produtos e serviços 3.800.000,00 1.2- Reversão de provisão devedores duvidosos 120.000,00 1.3- Receitas não operacionais 1.580000,00 2 – INSUMOS TERCEIROS (INCLUI ICMS e IPI) 2.245.000,00 2.1) Matérias-primas consumidas 1.200.000,00 2.2) Custo das mercadorias e serviços vendidos 650.000,00 2.3) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros 320.000,00 2.4) Perda / Recuperação de valores ativos 75.000,00 3 – VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 3.255.000,003 – VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 3.255.000,00 4 – RETENÇÕES 750.000,00 4.1) Depreciação, amortização e exaustão 750.000,00 5 – VR. ADICIONADO LÍQ.PROD.PELA ENTIDADE (3-4) 2.505.000,00 6– VR. ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 930.000,00 6.1) Resultado de equivalência patrimonial 620.000,00 6.2) Receitas financeiras 310.000,00 7 – VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 3.435.000,00 8 – DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO 3.435.000,00 8.1) Pessoal e encargos 2.407.000,00 8.2) Impostos, taxas e contribuições 560.000,00 8.3) Juros e aluguéis 340.000,00 8.4) Juros s/ capital próprio e dividendos 100.000,00 8.5) Lucros retidos e/ou Reservas de Lucros / Prejuízo do Exercício 28.000,00
  23. 23. INFORMAÇÕES www.balancosocial.org.br
  24. 24. Enron..quando o problema está no Balanço Patrimonial Formada em 1985 pela compra da Houston Natural Gas pela Internorth constituindo a sétima maior empresa americana e uma das maiores do mundo; Core Business – Transmissão e Distribuição de Energia 25 Core Business – Transmissão e Distribuição de Energia Ramificou-se em muitos campos de energia, não relacionados ao petróleo, tais como frequência de internet, gerenciamento de risco e derivativo climático (um tipo de seguro climático para negócios sazonais).
  25. 25. O caso Enron Os mais espertos da sala

×