Tc58 demonstraes financeiras.22.10.13 www.tc58n.wordpress.com

958 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
958
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
240
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tc58 demonstraes financeiras.22.10.13 www.tc58n.wordpress.com

  1. 1. Demonstrações Financeiras Eli Cassiano
  2. 2. Demonstrações Financeiras Método de Avaliação: - Avaliação - Faltas – a partir de 2 faltas menos ½ ponto para mensão - Trabalhos em sala/participação em sala 1
  3. 3. Demonstrações Financeiras Princípios Fundamentais da Contabilidade (CFC 530): -Da Entidade; -Da Continuidade; -Da Oportunidade; -Do Registro Pelo Valor Original; -Da Atualização Monetária; -Da Competência; -Da Prudência. 2
  4. 4. Demonstrações Financeiras Principais alterações nas Demonstrações Financeiras: -Lei 11.638 Demonstração de Fluxo de Caixa: alterações nos saldos de caixa; Demonstração de Valor Adicionado: riqueza adquirida e como foi distribuída; Ativo Diferido: mudado p/ despesas pré-operacionais e os gastos de reestruturação; Ajuste de avaliação Patrimonial: adequação dos valores dos bens; Análise do valor de recuperação de um ativo: ver se o ativo será recuperável pelo valor investido. 3
  5. 5. Demonstrações Financeiras -Lei 11.941 – antiga MP 449 - ATIVO 4
  6. 6. Demonstrações Financeiras -Lei 11.941 – antiga MP 449 - PASSIVO 5
  7. 7. Demonstrações Financeiras Atributos da Informação Contábil: - Confiabilidade: veracidade, completeza e pertinência; - Tempestividade: conhecimento em tempo hábil; - Compreensibilidade: forma mais compreensível possível; - Comparabilidade: evolução entre determinada informação ao longo do tempo. 6
  8. 8. Demonstrações Financeiras Atividade: Em grupo, discutam um ponto positivo e um negativo visando o mercado, de cada atributo da Informação Contábil. Me entreguem uma folha por grupo, e apresentem no horário combinado. 7
  9. 9. Aula 2 8
  10. 10. Atividade – Princípios Fundamentais da Contabilidade Atividade: Discutam em grupo a importância de cada Princípio Fundamental da Contabilidade, me entreguem uma folha por grupo. -Da Entidade; -Da Continuidade; -Da Oportunidade; -Do Registro Pelo Valor Original; -Da Atualização Monetária; -Da Competência; -Da Prudência. 9
  11. 11. CPC – Comitê de Pronunciamentos Contábeis Objetivos do CPC: Criado pela Resolução CFC nº 1.055/05, o CPC tem como objetivo "o estudo, o preparo e a emissão de Pronunciamentos Técnicos sobre procedimentos de Contabilidade e a divulgação de informações dessa natureza, para permitir a emissão de normas pela entidade reguladora brasileira, visando à centralização e uniformização do seu processo de produção, levando sempre em conta a convergência da Contabilidade Brasileira aos padrões internacionais". www.cpc.org.br 10
  12. 12. CPC – Comitê de Pronunciamentos Contábeis O CPC é compostos pelas entidades: - ABRASCA; - APIMEC NACIONAL; - BOVESPA; - Conselho Federal de Contabilidade; - FIPECAFI; e - IBRACON. Entidades convidadas: - Banco Central do Brasil; - Comissão de Valores Mobiliários (CVM); - Secretaria da Receita Federal; - Superintendência de Seguros Privados (SUSEP). 11
  13. 13. IFRS – International Financial Reporting Standards Vantagens: 12
  14. 14. Identificação das Demonstrações – CPC 26 13
  15. 15. Demonstração do Resultado do Exercício – DRE – CPC 26 14
  16. 16. Demonstração do Resultado do Exercício – DRE ATIVIDADE – Montar a DRE 15
  17. 17. Balanço Patrimonial – BP – Contas obrigatórias – ATIVO – CPC 26 16
  18. 18. Balanço Patrimonial – BP – Contas obrigatórias – PASSIVO – CPC 26 17
  19. 19. Demonstração do Resultado do Exercício – DRE ATIVIDADE – Montar o Balanço Patrimonial 18
  20. 20. Aula 3 19
  21. 21. Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido – DMPL – CPC 26 Objetivos da DMPL: 20
  22. 22. Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido – DMPL – CPC 26 As contas do PL: -Capital Social; -Reservas de Capital; -Ajustes de Avaliação Patrimonial; -Reservas de Lucros; -Ações ou quotas em tesouraria; -Prejuízos Acumulados. 21
  23. 23. Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido – DMPL – CPC 26 As alterações no patrimônio líquido da entidade entre duas datas de balanço devem refletir o aumento ou a redução nos seus ativos líquidos durante o período. Com a exceção das alterações resultantes de transações com os proprietários agindo na sua capacidade de detentores de capital próprio (tais como integralizações de capital, reaquisições de instrumentos de capital próprio da entidade e distribuição de dividendos) e dos custos de transação diretamente relacionados com tais transações, a alteração global no patrimônio líquido durante um período representa o montante total líquido de receitas e despesas, incluindo ganhos e perdas, gerado pelas atividades da entidade durante esse período. 22
  24. 24. Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido – DMPL – CPC 26 Estrutura DMPL, de acordo com CPC: Próximo slide. 23
  25. 25. Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido – DMPL – CPC 26 Estrutura DMPL, de acordo com CPC: 24
  26. 26. Demonstração do Resultado Abrangente – CPC 26 Componentes: 25
  27. 27. Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido – DMPL – CPC 26 Montar uma DMPL. 26
  28. 28. Demonstração de Lucros e Prejuízos Acumulados - DLPA 27
  29. 29. Aula 4 28
  30. 30. Demonstração de Fluxo de Caixa – CPC 03 Objetivos da DFC: 29
  31. 31. Demonstração de Fluxo de Caixa – CPC 03 Definições para elaboração da DFC: 30
  32. 32. Demonstração de Fluxo de Caixa – CPC 03 Atividades Operacionais; Exemplos: 31
  33. 33. Demonstração de Fluxo de Caixa – CPC 03 Atividades Investimento; Exemplos: 32
  34. 34. Demonstração de Fluxo de Caixa – CPC 03 Atividades Investimento; Exemplos: 33
  35. 35. Demonstração de Fluxo de Caixa – CPC 03 Atividades Financiamento; Exemplos: 34
  36. 36. Demonstração de Fluxo de Caixa – CPC 03 Método Direto: 35
  37. 37. Demonstração de Fluxo de Caixa – CPC 03 Método Indireto: 36
  38. 38. Demonstração de Fluxo de Caixa – CPC 03 Montar a DFC. 37
  39. 39. Aula 5 38
  40. 40. Demonstração de Valor Adicionado – CPC 09 A DVA deve proporcionar aos usuários das demonstrações contábeis informações relativas à riqueza criada pela entidade em determinado período e a forma como tais riquezas foram distribuídas. 39
  41. 41. Demonstração de Valor Adicionado – CPC 09 40
  42. 42. Demonstração de Valor Adicionado – CPC 09 Partes da DVA: 1ª - Deve apresentar a forma detalhada de riqueza criada pela entidade; 2ª - Deve apresentar de forma detalhada como a riqueza obtida pela entidade foi distribuída; 41
  43. 43. Demonstração de Valor Adicionado – CPC 09 Informações mínimas: 42
  44. 44. Demonstração de Valor Adicionado – CPC 09 Exemplo: Adobe Acrobat Document 43
  45. 45. Demonstração de Valor Adicionado – CPC 09 Montar DVA. 44
  46. 46. Balanço Social O balanço social é um demonstrativo publicado anualmente pela empresa reunindo um conjunto de informações sobre os projetos, benefícios e ações sociais dirigidas aos empregados, investidores, analistas de mercado, acionistas e à comunidade. No balanço social a empresa mostra o que faz por seus profissionais, dependentes, colaboradores e comunidade, dando transparência às atividades que buscam melhorar a qualidade de vida para todos. Sua função principal é tornar pública a responsabilidade social empresarial, construindo maiores vínculos entre a empresa, a sociedade e o meio ambiente. 45
  47. 47. Balanço Social Exemplo: Adobe Acrobat Document 46
  48. 48. Notas Explicativas – CPC 26 As notas explicativas devem conter: 47
  49. 49. Notas Explicativas – CPC 26 As notas explicativas devem conter: 48
  50. 50. Notas Explicativas – CPC 26 As notas explicativas devem conter: 49
  51. 51. Notas Explicativas Exemplo: 50

×