SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Fisiologia do Envelhecimento
       André Luiz Fidelis Lima
           Biólogo e Enfermeiro
Conceitos Básicos
                       Geriatria




Ramo da medicina que se dedica ao idoso, ocupando-se não só da
  prevenção , do diagnóstico e do tratamento das suas doenças
 agudas e crônicas, mas também da sua recuperação funcional e
                    reinserção na sociedade
Conceitos Básicos
                         Geriatria




    Conceitualmente, a Geriatria significa “medicina do idoso” e
   compreende, atualmente, a assistência médica (prevenção e
tratamento),psicológica e socioeconômica e envolve, portanto, um
                     trabalho multidisciplinar
Conceitos Básicos
                      Gerontologia




Ciência que estuda o envelhecimento nos seus aspectos biológicos,
   psicológico e social, como ciência pura, básica ou acadêmica.
 Engloba um conteúdo assistencial: assistência social aos idosos.
  Gerontologia significa “o estudo do envelhecimento” e das suas
        consequências biológicas, médicas, psicológicas e
                          socioeconômicas.
Segundo o Estatuto do Idoso, idosos são todos os indivíduos com idade igual ou superior a
60 anos e, atualmente, representam cerca de 9% da população brasileira, com tendência a
   crescimento. O envelhecimento da população é uma tendência mundial e é reflexo de
 vários fatores, como a diminuição das taxas de mortalidade e fecundidade, progresso da
medicina e avanços tecnológicos que, juntos, possibilitaram um aumento na expectativa de
 vida, que varia dependendo da região. No Brasil, por exemplo, a média de expectativa de
                               vida, atualmente, é 70 anos.
Senescência resulta do somatório de alterações orgânicas, funcionais e
      psicológicas do envelhecimento normal, enquanto a senilidade é
  caracterizada por doenças que frequentemente acometem os indivíduos
 idosos. As doenças são as causadoras da perda das reservas orgânicas e,
consequentemente, da aceleração do envelhecimento, processo de declínio
             gradativo da função dos vários sistemas orgânicos.
O envelhecimento pode ser compreendido
como um processo natural, de diminuição
  progressiva da reserva funcional dos
   indivíduos – senescência - o que, em
condições normais, não costuma provocar
    qualquer problema. No entanto, em
   condições de sobrecarga como, por
 exemplo, doenças, acidentes e estresse
emocional, pode ocasionar uma condição
  patológica que requeira assistência -
                senilidade.
Assistência Geriátrica


   Conjunto de níveis assistenciais
  hospitalares, extra-hospitalares e
    sociais. É um conceito amplo e
   fundamental,onde se podem ver
representados todos os profissionais
      que trabalham com idosos.
Envelhecimento




Conjunto de alterações que os seres vivos sofrem
 com o decorrer do tempo. O envelhecimento de
    algumas populações é um fenômeno sem
precedentes na história da humanidade. Deve-se à
   diminuição da natalidade, justamente com o
  aumento da expectativa de vida. No entanto, o
 mais característicos é o aumento dos indivíduos
com idade superior a 80 anos, grandes candidatos
     a sofrerem de doenças e incapacidades
Envelhecimento

Fenômenos que contribuem para o envelhecimento:

•Estresse – sejam provenientes de cirurgias, doenças,
traumatismos ou de tensão, sofrimento, angústia;
provoca inibição do sistema imunológico;
•Frio - como causador de estresse, reduzindo, assim, a
proteção ao envelhecimento;
•Radiações - causam maior formação de radicais livres;
•Luminosidade exagerada - causa depressão da
glândula pineal, uma das responsáveis pelo controle
do metabolismo;
•Dieta - consumo exagerado de alimentos e
desnutrição.
•Tabagismo - fator acelerador do envelhecimento
devido suas toxinas.
Envelhecimento
Estima-se que o ser humano pode alcançar a idade de 120 anos ou mais, ainda com um
   mínimo de reserva, desde que não apresente, durante toda vida, qualquer tipo de
 doença ou distúrbio. A maior idade alcançada pelo ser humano registrado até hoje foi
                120 anos no gênero masculino e 122 anos no feminino.




  O envelhecimento, antes considerado um fenômeno, hoje, faz parte da realidade da
  maioria das sociedades. O mundo está envelhecendo. Tanto isso é verdade que se
estima para o ano de 2050 que existam cerca de dois bilhões de pessoas com sessenta
    anos e mais no mundo, a maioria delas vivendo em países em desenvolvimento.




 O envelhecimento populacional é uma resposta à mudança de alguns indicadores de
    saúde, especialmente a queda da fecundidade e da mortalidade e o aumento da
     esperança de vida. Não é homogêneo para todos os seres humanos, sofrendo
 influência dos processos de discriminação e exclusão associados ao gênero, à etnia,
   ao racismo, às condições sociais e econômicas, à região geográfica de origem e à
                               localização de moradia.
Cuidados Primários de Saúde
             Promoção e prevenção da saúde


Detecção precoce de incapacidades e assistência antecipada


             Priorização da visita domiciliar


                Ajuda a uma morte digna


  Educação em saúde do indivíduo e dos seus cuidadores.
Obrigado!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 2 cuidados de saúde do idoso (2)
Aula 2   cuidados de saúde do idoso (2)Aula 2   cuidados de saúde do idoso (2)
Aula 2 cuidados de saúde do idoso (2)Tania Jesus
 
QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia
 QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia  QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia
QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia Stefane Rayane
 
Curso Cuidador de Idoso (slides)
Curso Cuidador de Idoso (slides)Curso Cuidador de Idoso (slides)
Curso Cuidador de Idoso (slides)Ana Hollanders
 
Fases do desenvolvimento humano - Velhice
Fases do desenvolvimento humano - VelhiceFases do desenvolvimento humano - Velhice
Fases do desenvolvimento humano - VelhiceLigia Coppetti
 
O envelhecimento saudável
O envelhecimento saudávelO envelhecimento saudável
O envelhecimento saudávelRubens Junior
 
Enfermagem em Geriatria Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria   Saúde do IdosoEnfermagem em Geriatria   Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria Saúde do IdosoMaria Dias
 
Apresentação politica nacional do idoso
Apresentação politica nacional do idosoApresentação politica nacional do idoso
Apresentação politica nacional do idosoAlinebrauna Brauna
 
Desenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhos
Desenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhosDesenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhos
Desenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhosJessica Monteiro
 
O Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira Idade
O Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira IdadeO Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira Idade
O Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira IdadeGreicy Kapisch
 
Prevenção de-quedas-no-idoso
Prevenção de-quedas-no-idosoPrevenção de-quedas-no-idoso
Prevenção de-quedas-no-idosopatyrosa
 
Alteracoes fisiologicas e anatomicas do idoso
 Alteracoes fisiologicas e anatomicas do idoso Alteracoes fisiologicas e anatomicas do idoso
Alteracoes fisiologicas e anatomicas do idosoKeylla Tayne
 
Saúde do Adulto e Idoso AULA 1.pptx
Saúde do Adulto e Idoso AULA 1.pptxSaúde do Adulto e Idoso AULA 1.pptx
Saúde do Adulto e Idoso AULA 1.pptxJuliana Cavalcante
 

Mais procurados (20)

Cuidador idoso
Cuidador idosoCuidador idoso
Cuidador idoso
 
Aula 2 cuidados de saúde do idoso (2)
Aula 2   cuidados de saúde do idoso (2)Aula 2   cuidados de saúde do idoso (2)
Aula 2 cuidados de saúde do idoso (2)
 
QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia
 QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia  QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia
QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia
 
SAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEM
SAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEMSAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEM
SAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEM
 
Curso Cuidador de Idoso (slides)
Curso Cuidador de Idoso (slides)Curso Cuidador de Idoso (slides)
Curso Cuidador de Idoso (slides)
 
Fases do desenvolvimento humano - Velhice
Fases do desenvolvimento humano - VelhiceFases do desenvolvimento humano - Velhice
Fases do desenvolvimento humano - Velhice
 
O envelhecimento saudável
O envelhecimento saudávelO envelhecimento saudável
O envelhecimento saudável
 
Enfermagem em Geriatria Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria   Saúde do IdosoEnfermagem em Geriatria   Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria Saúde do Idoso
 
Alterações Envelhecimento
Alterações EnvelhecimentoAlterações Envelhecimento
Alterações Envelhecimento
 
Saude do idoso
Saude do idosoSaude do idoso
Saude do idoso
 
Apresentação politica nacional do idoso
Apresentação politica nacional do idosoApresentação politica nacional do idoso
Apresentação politica nacional do idoso
 
Desenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhos
Desenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhosDesenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhos
Desenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhos
 
O Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira Idade
O Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira IdadeO Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira Idade
O Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira Idade
 
Fundamentos De Gerontologia Parte 1
Fundamentos De Gerontologia Parte 1Fundamentos De Gerontologia Parte 1
Fundamentos De Gerontologia Parte 1
 
Enfermagem do idoso
Enfermagem do idosoEnfermagem do idoso
Enfermagem do idoso
 
Cuidador de Idoso
Cuidador de Idoso Cuidador de Idoso
Cuidador de Idoso
 
Prevenção de-quedas-no-idoso
Prevenção de-quedas-no-idosoPrevenção de-quedas-no-idoso
Prevenção de-quedas-no-idoso
 
Alteracoes fisiologicas e anatomicas do idoso
 Alteracoes fisiologicas e anatomicas do idoso Alteracoes fisiologicas e anatomicas do idoso
Alteracoes fisiologicas e anatomicas do idoso
 
Saúde do Adulto e Idoso AULA 1.pptx
Saúde do Adulto e Idoso AULA 1.pptxSaúde do Adulto e Idoso AULA 1.pptx
Saúde do Adulto e Idoso AULA 1.pptx
 
Gestão do envelhecimento ativo: desafio do século
Gestão do envelhecimento ativo: desafio do séculoGestão do envelhecimento ativo: desafio do século
Gestão do envelhecimento ativo: desafio do século
 

Semelhante a Fisiologia do Envelhecimento

Introdução à gerontologia.pptx
Introdução à gerontologia.pptxIntrodução à gerontologia.pptx
Introdução à gerontologia.pptxLarissaCampos96
 
E fólio c - a face da velhice
E fólio c - a face da velhiceE fólio c - a face da velhice
E fólio c - a face da velhicearturantonio
 
AULAS 1,2 E 3 - ALUNOS.pptx
AULAS 1,2 E 3 - ALUNOS.pptxAULAS 1,2 E 3 - ALUNOS.pptx
AULAS 1,2 E 3 - ALUNOS.pptxKarineRibeiro57
 
visão geral- visão geral- V- visão geral
visão geral- visão geral- V- visão geralvisão geral- visão geral- V- visão geral
visão geral- visão geral- V- visão geralAyrttonAnacleto3
 
Fisiopatologia do Envelhecimento (061023).pdf
Fisiopatologia do Envelhecimento (061023).pdfFisiopatologia do Envelhecimento (061023).pdf
Fisiopatologia do Envelhecimento (061023).pdfSergioBSantos1
 
Envelhecimento
EnvelhecimentoEnvelhecimento
EnvelhecimentoRica Cane
 
Test Drive CURSO DE DEMÊNCIAS
Test Drive CURSO DE DEMÊNCIASTest Drive CURSO DE DEMÊNCIAS
Test Drive CURSO DE DEMÊNCIASCuidar de Idosos
 
1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind
1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind
1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_indPelo Siro
 
Ciências 9º ano - saúde individual e comunitária
Ciências 9º ano - saúde individual e comunitáriaCiências 9º ano - saúde individual e comunitária
Ciências 9º ano - saúde individual e comunitáriaPatrícia Silva
 
1 saúde e qualidade de vida
1 saúde e qualidade de vida1 saúde e qualidade de vida
1 saúde e qualidade de vidaMargaridaCosta89
 
Geriatria_e_gerontologia.pptx
Geriatria_e_gerontologia.pptxGeriatria_e_gerontologia.pptx
Geriatria_e_gerontologia.pptxwelingtonalves20
 
SAUDE E DOENÇA.pptx
SAUDE E DOENÇA.pptxSAUDE E DOENÇA.pptx
SAUDE E DOENÇA.pptxSobeMaria1
 
Saúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitáriaSaúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitáriaTânia Reis
 
"Atenção à Saúde do Idoso: Exame Físico"
"Atenção à Saúde do Idoso: Exame Físico""Atenção à Saúde do Idoso: Exame Físico"
"Atenção à Saúde do Idoso: Exame Físico"Tainá Martins
 

Semelhante a Fisiologia do Envelhecimento (20)

A arte de envelhecer com saúde
A arte de envelhecer com saúdeA arte de envelhecer com saúde
A arte de envelhecer com saúde
 
Introdução à gerontologia.pptx
Introdução à gerontologia.pptxIntrodução à gerontologia.pptx
Introdução à gerontologia.pptx
 
E fólio c - a face da velhice
E fólio c - a face da velhiceE fólio c - a face da velhice
E fólio c - a face da velhice
 
AULAS 1,2 E 3 - ALUNOS.pptx
AULAS 1,2 E 3 - ALUNOS.pptxAULAS 1,2 E 3 - ALUNOS.pptx
AULAS 1,2 E 3 - ALUNOS.pptx
 
visão geral- visão geral- V- visão geral
visão geral- visão geral- V- visão geralvisão geral- visão geral- V- visão geral
visão geral- visão geral- V- visão geral
 
Fisiopatologia do Envelhecimento (061023).pdf
Fisiopatologia do Envelhecimento (061023).pdfFisiopatologia do Envelhecimento (061023).pdf
Fisiopatologia do Envelhecimento (061023).pdf
 
Envelhecimento
EnvelhecimentoEnvelhecimento
Envelhecimento
 
Test Drive CURSO DE DEMÊNCIAS
Test Drive CURSO DE DEMÊNCIASTest Drive CURSO DE DEMÊNCIAS
Test Drive CURSO DE DEMÊNCIAS
 
Conceito saúde doença
Conceito saúde doençaConceito saúde doença
Conceito saúde doença
 
1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind
1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind
1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind
 
Ciências 9º ano - saúde individual e comunitária
Ciências 9º ano - saúde individual e comunitáriaCiências 9º ano - saúde individual e comunitária
Ciências 9º ano - saúde individual e comunitária
 
Qualidade De Vida Na Maturidade
Qualidade De Vida Na MaturidadeQualidade De Vida Na Maturidade
Qualidade De Vida Na Maturidade
 
1 saúde e qualidade de vida
1 saúde e qualidade de vida1 saúde e qualidade de vida
1 saúde e qualidade de vida
 
Geriatria_e_gerontologia.pptx
Geriatria_e_gerontologia.pptxGeriatria_e_gerontologia.pptx
Geriatria_e_gerontologia.pptx
 
Saúde do idoso
Saúde do idosoSaúde do idoso
Saúde do idoso
 
Geriatria completa
Geriatria   completaGeriatria   completa
Geriatria completa
 
SAUDE E DOENÇA.pptx
SAUDE E DOENÇA.pptxSAUDE E DOENÇA.pptx
SAUDE E DOENÇA.pptx
 
Saúde do homem
Saúde do homemSaúde do homem
Saúde do homem
 
Saúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitáriaSaúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitária
 
"Atenção à Saúde do Idoso: Exame Físico"
"Atenção à Saúde do Idoso: Exame Físico""Atenção à Saúde do Idoso: Exame Físico"
"Atenção à Saúde do Idoso: Exame Físico"
 

Mais de André Fidelis

Psoríase » sbd sociedade brasileira de dermatologia
Psoríase » sbd   sociedade brasileira de dermatologiaPsoríase » sbd   sociedade brasileira de dermatologia
Psoríase » sbd sociedade brasileira de dermatologiaAndré Fidelis
 
Apostila de clínica cirúrgica
Apostila de clínica cirúrgicaApostila de clínica cirúrgica
Apostila de clínica cirúrgicaAndré Fidelis
 
Cipe versão 2.0 - enfermagem
Cipe versão 2.0 - enfermagem Cipe versão 2.0 - enfermagem
Cipe versão 2.0 - enfermagem André Fidelis
 
Manual de saúde pública
Manual de saúde públicaManual de saúde pública
Manual de saúde públicaAndré Fidelis
 
Apost sistema tegumentar humano parte 4
Apost sistema tegumentar humano parte 4Apost sistema tegumentar humano parte 4
Apost sistema tegumentar humano parte 4André Fidelis
 
Apost sistema esquelético parte 2
Apost sistema esquelético parte 2Apost sistema esquelético parte 2
Apost sistema esquelético parte 2André Fidelis
 
Calendário vacinal atualizado
Calendário vacinal atualizadoCalendário vacinal atualizado
Calendário vacinal atualizadoAndré Fidelis
 

Mais de André Fidelis (7)

Psoríase » sbd sociedade brasileira de dermatologia
Psoríase » sbd   sociedade brasileira de dermatologiaPsoríase » sbd   sociedade brasileira de dermatologia
Psoríase » sbd sociedade brasileira de dermatologia
 
Apostila de clínica cirúrgica
Apostila de clínica cirúrgicaApostila de clínica cirúrgica
Apostila de clínica cirúrgica
 
Cipe versão 2.0 - enfermagem
Cipe versão 2.0 - enfermagem Cipe versão 2.0 - enfermagem
Cipe versão 2.0 - enfermagem
 
Manual de saúde pública
Manual de saúde públicaManual de saúde pública
Manual de saúde pública
 
Apost sistema tegumentar humano parte 4
Apost sistema tegumentar humano parte 4Apost sistema tegumentar humano parte 4
Apost sistema tegumentar humano parte 4
 
Apost sistema esquelético parte 2
Apost sistema esquelético parte 2Apost sistema esquelético parte 2
Apost sistema esquelético parte 2
 
Calendário vacinal atualizado
Calendário vacinal atualizadoCalendário vacinal atualizado
Calendário vacinal atualizado
 

Fisiologia do Envelhecimento

  • 1. Fisiologia do Envelhecimento André Luiz Fidelis Lima Biólogo e Enfermeiro
  • 2. Conceitos Básicos Geriatria Ramo da medicina que se dedica ao idoso, ocupando-se não só da prevenção , do diagnóstico e do tratamento das suas doenças agudas e crônicas, mas também da sua recuperação funcional e reinserção na sociedade
  • 3. Conceitos Básicos Geriatria Conceitualmente, a Geriatria significa “medicina do idoso” e compreende, atualmente, a assistência médica (prevenção e tratamento),psicológica e socioeconômica e envolve, portanto, um trabalho multidisciplinar
  • 4. Conceitos Básicos Gerontologia Ciência que estuda o envelhecimento nos seus aspectos biológicos, psicológico e social, como ciência pura, básica ou acadêmica. Engloba um conteúdo assistencial: assistência social aos idosos. Gerontologia significa “o estudo do envelhecimento” e das suas consequências biológicas, médicas, psicológicas e socioeconômicas.
  • 5. Segundo o Estatuto do Idoso, idosos são todos os indivíduos com idade igual ou superior a 60 anos e, atualmente, representam cerca de 9% da população brasileira, com tendência a crescimento. O envelhecimento da população é uma tendência mundial e é reflexo de vários fatores, como a diminuição das taxas de mortalidade e fecundidade, progresso da medicina e avanços tecnológicos que, juntos, possibilitaram um aumento na expectativa de vida, que varia dependendo da região. No Brasil, por exemplo, a média de expectativa de vida, atualmente, é 70 anos.
  • 6. Senescência resulta do somatório de alterações orgânicas, funcionais e psicológicas do envelhecimento normal, enquanto a senilidade é caracterizada por doenças que frequentemente acometem os indivíduos idosos. As doenças são as causadoras da perda das reservas orgânicas e, consequentemente, da aceleração do envelhecimento, processo de declínio gradativo da função dos vários sistemas orgânicos.
  • 7. O envelhecimento pode ser compreendido como um processo natural, de diminuição progressiva da reserva funcional dos indivíduos – senescência - o que, em condições normais, não costuma provocar qualquer problema. No entanto, em condições de sobrecarga como, por exemplo, doenças, acidentes e estresse emocional, pode ocasionar uma condição patológica que requeira assistência - senilidade.
  • 8. Assistência Geriátrica Conjunto de níveis assistenciais hospitalares, extra-hospitalares e sociais. É um conceito amplo e fundamental,onde se podem ver representados todos os profissionais que trabalham com idosos.
  • 9. Envelhecimento Conjunto de alterações que os seres vivos sofrem com o decorrer do tempo. O envelhecimento de algumas populações é um fenômeno sem precedentes na história da humanidade. Deve-se à diminuição da natalidade, justamente com o aumento da expectativa de vida. No entanto, o mais característicos é o aumento dos indivíduos com idade superior a 80 anos, grandes candidatos a sofrerem de doenças e incapacidades
  • 10. Envelhecimento Fenômenos que contribuem para o envelhecimento: •Estresse – sejam provenientes de cirurgias, doenças, traumatismos ou de tensão, sofrimento, angústia; provoca inibição do sistema imunológico; •Frio - como causador de estresse, reduzindo, assim, a proteção ao envelhecimento; •Radiações - causam maior formação de radicais livres; •Luminosidade exagerada - causa depressão da glândula pineal, uma das responsáveis pelo controle do metabolismo; •Dieta - consumo exagerado de alimentos e desnutrição. •Tabagismo - fator acelerador do envelhecimento devido suas toxinas.
  • 11. Envelhecimento Estima-se que o ser humano pode alcançar a idade de 120 anos ou mais, ainda com um mínimo de reserva, desde que não apresente, durante toda vida, qualquer tipo de doença ou distúrbio. A maior idade alcançada pelo ser humano registrado até hoje foi 120 anos no gênero masculino e 122 anos no feminino. O envelhecimento, antes considerado um fenômeno, hoje, faz parte da realidade da maioria das sociedades. O mundo está envelhecendo. Tanto isso é verdade que se estima para o ano de 2050 que existam cerca de dois bilhões de pessoas com sessenta anos e mais no mundo, a maioria delas vivendo em países em desenvolvimento. O envelhecimento populacional é uma resposta à mudança de alguns indicadores de saúde, especialmente a queda da fecundidade e da mortalidade e o aumento da esperança de vida. Não é homogêneo para todos os seres humanos, sofrendo influência dos processos de discriminação e exclusão associados ao gênero, à etnia, ao racismo, às condições sociais e econômicas, à região geográfica de origem e à localização de moradia.
  • 12. Cuidados Primários de Saúde Promoção e prevenção da saúde Detecção precoce de incapacidades e assistência antecipada Priorização da visita domiciliar Ajuda a uma morte digna Educação em saúde do indivíduo e dos seus cuidadores.