O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Fases do desenvolvimento humano - Velhice

32.366 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Fases do desenvolvimento humano - Velhice

  1. 1. Escola Estadual Técnica em Saúde no HCPA Técnico em Nutrição e Dietética Disciplina: Psicologia Características Fisiológicas, Psicológicas, Sociais Cuidados e Alimentação do Idoso Ana Tiele, Liliane, Marco, Talita – NDN 11
  2. 2. O presente trabalho tem como objetivo analisar o processo de envelhecimento em relação à diversas áreas como:fisiológicas;psicológicas e sociais bem como citar algumas orientações necessárias em relação a alimentação do idoso e os cuidados vida. que devemos ter nesta fase da
  3. 3.  ENVELHECIMENTO É um processo natural dos seres humanos.  VELHICE é uma fase da vida.  VELHO é o resultado final.
  4. 4. ENVELHECIMENTO É um fenômeno que atinge todos os seres humanos.É caracterizado como um processo dinâmico, progressivo e irreverssível e está ligado à fatores fisiológicos. 1 – Características Fisiológicas 1.1 - Sistema cardiovascular: diminuição dos batimentos cardíacos; aumento do colesterol; menor resistência vascular.
  5. 5. 1.2 – Sistema respiratório: diminuição da elasticidade pulmonar; redução da força dos músculos respiratórios: alterações na pressão arterial. 1.3 – Sistema músculo-esquelético: diminuição no comprimento: redução da elasticidade dos tendões; perda de massa muscular(ou seja, alterações na musculatura; atrofia(perda gradativa da fibra muscular)
  6. 6. 1.4 – Sistema Nervoso Central: é o mais comprometido pois é o responsável pelas funções psíquicas e pelas funções biológicas, acarretando então: redução do número de neurônios; da velocidade de condução nervosa; diminuição da intensidade dos reflexos; perda da capacidade de reação e coordenação motora; alterações na circulação sanguínea que conduz oxigênio(ou seja,o fluxo sanguíneo para o cérebro fica comprometido).
  7. 7. 2 – Características Psicológicas e Sociais O ser humano apresenta uma série de mudanças psicológicas com o envelhecimento, resultando na dificuldade de adaptações a novos papéis. Essas características tem relação direta com trabalho, experiências de vida, papéis sociais que desempenhamos como: estudante,esposa(o),trabalhador, aposentado entra outros.
  8. 8. 2.1 – Alterações que ocorrem: crise de identidade; perda da auto-estima; mudança de papéis no trabalho, na família e na sociedade; perdas afetivas (parentes e amigos); perda de autonomia; perda da independência e do poder de decisão; aposentadoria (ficam isolados, deprimidos).
  9. 9. CONSIDERAÇÕES FINAIS SOBRE ESSAS MUDANÇAS:    Percebemos que a atividade física moderada e regular pode modificar alguns processos fisiológicos nesta fase da vida: Melhora e eficiência cardíaca (sistema cardiovascular) Melhora a função pulmonar ou seja, a capacidade aeróbia (sistema respiratório) Maior teor de massa muscular e menor percentagem de gordura (sistema músculoesquelético)
  10. 10.   Aumenta o fluxo sanguíneo para o cérebro e a quantidade de oxigênio que alcança as células nervosas (sistema nervoso central) Melhora a capacidade funcional e qualidade de vida do idoso; melhora a saúde mental e autoestima; diminui ansiedade e depressão; melhor qualidade nas relações sociais (características psicológicas e sociais).
  11. 11. 3 - ALIMENTAÇÃO INDICADA OU NECESSÁRIA Cada pessoa envelhece num ritmo próprio, mas independente deste ritmo, entre os cuidados diários com a saúde, está a alimentação saudável que contribui para um ritmo favorável de envelhecimento. Estabelecer rotinas saudáveis de vida traz benefícios para a saúde, mesmo nas idades mais avançadas. 3.1 - Orientações para favorecer uma alimentação adequada para a pessoa idosa:  planejar as refeições (garantir a participação da pessoa idosa no planejamento)
  12. 12.     tornar o ambiente da cozinha e o local de refeições mais adequado e agradável dando mais conforto, segurança e autonomia ao idoso. contribuir para o prazer e satisfação com a alimentação,evitando danos à saúde, principalmente para quem já está em idade mais avançada compra dos alimentos (fazer lista,procedênci segura,observar aspecto,validade) armazenamento dos alimentos (limpeza e higiene no local,temperatura adequada,guardar em local que mantenha a integridade dos alimentos.
  13. 13.    higiene pessoal (adotar cuidados rigorosos tanto na higiene pessoal quanto no manuseio dos alimentos para prevenir contaminação) ambiente limpo,arejado,boa luminosidade onde as refeições são preparadas OBS: quando a pessoa idosa tem limitações para mastigar e engolir,a forma de preparo, a consistência, a textura, o tamanho e a quantidade que é levada a boca tem que ser adaptados ao grau de limitação.
  14. 14. 4 - SEGURANÇA E AUTONOMIA AO IDOSO    local adaptado conforme necessidade facilitando a autonomia, incentivando o seu convívio à mesa simplificar a composição da mesa (contraste de cor entra toalha e utensílios), para o idoso fica mais fácil identificar e manusear talheres e pratos quando a toalha é de uma tonalidade de cor, principalmente em casos de déficit de visão a questão da empunhadura é muito importante (canecas c/alça maior ou canudo;prato fundo c/ventosas;talher c/ cabo mais grosso ou penas uma colher;

×