SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 93
Baixar para ler offline
Cuidados especiais com idosos ,[object Object]
Para iniciarmos... ,[object Object],[object Object]
CUIDAR  ( diferentes significados) ,[object Object],[object Object],[object Object]
Cuidador ,[object Object]
[object Object]
Funções ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Habilidades ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Cuidador
Leis ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
( Lei Federal 10.741/03 ) ,[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Cuidador ,[object Object],[object Object]
Tipos de cuidadores ,[object Object],[object Object],[object Object]
Cuidador Informal ,[object Object],[object Object]
Cuidador Formal ,[object Object],[object Object]
Cuidador ,[object Object]
Cuidar ,[object Object]
Perspectivas do Cuidador ,[object Object],[object Object]
Tenho condições  para ser  um cuidador ? Pare e pense novamente antes de continuar
O passar dos anos = Envelhecer
Nosso  Futuro ,[object Object]
A Velhice ,[object Object]
ENVELHECIMENTO ,[object Object]
Quando somos Velhos
Processo do Envelhecimento ,[object Object],[object Object],[object Object]
Envelhecimento ,[object Object],[object Object],[object Object]
Envelhecimento
ENVELHECIMENTO ENTRE OS SEXOS ,[object Object]
Terceira Idade / Velhice
Terceira  Idade ,[object Object]
Aposentadoria ,[object Object],[object Object],[object Object]
Morte e luto  “Há tempo para nascer e tempo para morrer”.” ,[object Object],[object Object]
Palavras de alguns idosos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Mario Quintana: ,[object Object]
[object Object]
Relacionamentos   estilos de vida
Casa  /  Institucionalização ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
 
Os dez mandamentos  de amor ao idoso I –  Deixa-o falar  - Porque do passado ele tem muito a contar. Coisas verdadeiras e outras nem tanto, mas todas úteis aos espíritos ainda em formação. II –  Deixa-o vencer nas discussões  - E não fiques a lembrar a todo instante que suas idéias estão superadas. Ele precisa sentir-se seguro de si mesmo. III –  Deixa-o visitar seus velhos amigos  - entreter-se com seus camaradas, porque é dessa maneira que ele consegue reviver os tempos idos. IV –  Deixa-o contar histórias demoradas  - ou, muitas vezes, repetidas, porque ele precisa provar a si mesmo que os outros gostam de sua companhia. V –  Deixa-o viver entre as coisas que amou  - e que sempre recorda, porque ele já sofre ao sentir que, aos poucos, vai sendo abandonado pela vida. VI –  Deixa-o reclamar, mesmo quando está sem razão  –  porque  todo ancião, tem direito, como as crianças, à tolerância e à compreensão. VII –  Deixa-o viajar em teu carro  –  quando saíres de férias ou nos fins de semana, porque sentirás remorso, se algum tempo depois ele já não estiver aqui para fazer-lhe companhia. VIII –  Deixa-o envelhecer com o mesmo paciente afeto  - com que assistes aos teus filhos crescerem, porque em ambos os casos estarás,  demonstrando o mesmo sentimento de amor e proteção. IX –  Deixa-o rezar onde e como queira  – porque ele deseja ver sempre a sombra de Deus no resto de estrada que ainda vai percorrer. X –  Deixa-o morrer  – entre braços poderosos e amigos, porque o amor dos irmãos é o melhor sinal do amor do Pai que está no céu.
O que  muda em  nosso corpo e mente ?
SER IDOSO E SER VELHO Idoso é quem tem muita idade; velho é quem perdeu a jovialidade. A idade causa a degenerescência das células; a velhice, a degenerescência do espírito . Você é idoso quando se pergunta se vale a pena; você é velho quando, sem pensar, responde que nâo. Você é idoso quando sonha; Você é velho quando apenas dorme. Você é idoso quando ainda aprende; Você é velho quando já nem ensina.  Você é idoso quando se exercita; Você é velho quando apenas descansa.  Você é idoso quando o dia de hoje é o primeiro do resto de sua vida;  Você é velho quando todos os dias parecem o último da longa jornada.  Você é idoso quando seu calendário tem amanhãs; Você é velho quando ele só tem ontens.  O idoso se renova a cada dia que começa.O velho se acaba a cada noite que termina.  Pois enquanto o idoso tem seus olhos postos no horizonte, onde o sol desponta e ilumina a esperança , o velho tem sua miopia voltada para as sombras do passado.  O idoso tem planos, o velho tem saudades .  O idoso curte a vida. O velho sofre, plena de projetos e a preenche de esperança. Para ele, o tempo passa rápido, mas a velhice nunca chega. Para o velho, suas horas se arrastam destituídas de sentido. As rugas do idoso são bonitas porque foram marcadas pelo sorriso; as rugas do velho são feias porque foram vincadas pela amargura.  Em suma , o idoso e o velho podem ter a mesma idade no cartório, mas têm idades diferentes no coração. Que você, idoso, tenha uma longa vida, mas nunca fique velho.
O que  muda em nosso corpo
 
SETE  FOCOS PRINCIPAIS DO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO ,[object Object],[object Object],[object Object]
SETE  FOCOS PRINCIPAIS DO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO ,[object Object],[object Object]
SETE  FOCOS PRINCIPAIS DO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO ,[object Object],[object Object]
SETE  FOCOS PRINCIPAIS DO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO ,[object Object]
[object Object]
Inteligencia  //  Memórias ,[object Object],[object Object]
Fatores relacionados ao adoecer ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Alimentação ,[object Object]
Atividade paralela :  Montar uma Piramide de acordo com as necessidades de um idoso ,[object Object],[object Object],[object Object]
 
Necessidades para acima dos 60 anos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Notas ,[object Object],[object Object],[object Object]
Cuidados com as mãos conceito básico, mas fundamental no cuidado com a preparação dos alimentos, é manter a higiene e a limpeza dos mesmos, do manipulador de alimentos e do ambiente no qual serão feitas as preparações.
Dietas e sondas
Conceitos de Saúde ,[object Object],[object Object],[object Object]
Saúde  ,[object Object]
História da doença ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Atuação do cuidador
Profissão :  Cuidador ,[object Object]
 
Doenças mais comuns nos idosos
Doenças Cardiovasculares ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Derrames ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Câncer ,[object Object],[object Object]
Pneumonia ,[object Object]
Enfizema e Asma ,[object Object]
Infecção urinária ,[object Object]
Diabetes ,[object Object]
Osteoporose  e Osteartrose ,[object Object],[object Object]
Alterações Neuropsiquiatricas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Outras ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Mantendo o corpo e a mente em desenvolvimento ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Medicamentos - polifarmácia ,[object Object],[object Object],[object Object]
Primeiros Socorros ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Acidentes mais comuns ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Reconhecendo o fim ,[object Object],[object Object]
O que dá sentido a Vida ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Como conseguir viver mais ?  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
QUESTIONAMENTOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],?
ENVELHE -  SER ,[object Object]
 
ENVELHE  - SENDO
A criança e a velhice ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
Cuidadores,  agradeço a atenção!!  Cuidar é iluminar a escuridão do outro. . Somos, sim, um feixe de luz!
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Paciente em fase terminal
Paciente em fase terminalPaciente em fase terminal
Paciente em fase terminalRodrigo Abreu
 
Enfermagem em Geriatria Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria   Saúde do IdosoEnfermagem em Geriatria   Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria Saúde do IdosoMaria Dias
 
Aula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regularAula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regularIsmael Costa
 
O Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira Idade
O Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira IdadeO Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira Idade
O Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira IdadeGreicy Kapisch
 
Aula 2 cuidados de saúde do idoso (2)
Aula 2   cuidados de saúde do idoso (2)Aula 2   cuidados de saúde do idoso (2)
Aula 2 cuidados de saúde do idoso (2)Tania Jesus
 
Aula sobre segurança do paciente no cuidado da pessoa idosa
Aula sobre segurança do paciente no cuidado da pessoa idosaAula sobre segurança do paciente no cuidado da pessoa idosa
Aula sobre segurança do paciente no cuidado da pessoa idosaProqualis
 
Promoção a-saúde-do-idoso
Promoção a-saúde-do-idosoPromoção a-saúde-do-idoso
Promoção a-saúde-do-idosoJoice Lins
 
Teste de glicemia capilar slide
Teste de glicemia capilar   slideTeste de glicemia capilar   slide
Teste de glicemia capilar slideRenata Nobre
 
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESMEVelhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESMERilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Banho de leito.atualizada
Banho de leito.atualizadaBanho de leito.atualizada
Banho de leito.atualizadahospital
 
O envelhecimento saudável
O envelhecimento saudávelO envelhecimento saudável
O envelhecimento saudávelRubens Junior
 
Prevenção de-quedas-no-idoso
Prevenção de-quedas-no-idosoPrevenção de-quedas-no-idoso
Prevenção de-quedas-no-idosopatyrosa
 
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCódigo de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCentro Universitário Ages
 
Manual para cuidadores de idosos
Manual para cuidadores de idososManual para cuidadores de idosos
Manual para cuidadores de idososgcmrs
 
Desenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhos
Desenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhosDesenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhos
Desenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhosJessica Monteiro
 
Apresentação do caps
Apresentação do capsApresentação do caps
Apresentação do capsAdriana Emidio
 

Mais procurados (20)

Paciente em fase terminal
Paciente em fase terminalPaciente em fase terminal
Paciente em fase terminal
 
Enfermagem em Geriatria Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria   Saúde do IdosoEnfermagem em Geriatria   Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria Saúde do Idoso
 
Aula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regularAula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regular
 
Atendimento humanizado ao idoso
Atendimento humanizado ao idosoAtendimento humanizado ao idoso
Atendimento humanizado ao idoso
 
Atenção à Saúde do Idoso
Atenção à Saúde do Idoso Atenção à Saúde do Idoso
Atenção à Saúde do Idoso
 
O Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira Idade
O Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira IdadeO Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira Idade
O Idoso, Suas Teorias e as Principais Modificações da Terceira Idade
 
Aula 2 cuidados de saúde do idoso (2)
Aula 2   cuidados de saúde do idoso (2)Aula 2   cuidados de saúde do idoso (2)
Aula 2 cuidados de saúde do idoso (2)
 
Aula sobre segurança do paciente no cuidado da pessoa idosa
Aula sobre segurança do paciente no cuidado da pessoa idosaAula sobre segurança do paciente no cuidado da pessoa idosa
Aula sobre segurança do paciente no cuidado da pessoa idosa
 
Promoção a-saúde-do-idoso
Promoção a-saúde-do-idosoPromoção a-saúde-do-idoso
Promoção a-saúde-do-idoso
 
Teste de glicemia capilar slide
Teste de glicemia capilar   slideTeste de glicemia capilar   slide
Teste de glicemia capilar slide
 
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESMEVelhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
Velhice e Envelhecimento - Profa. Rilva Muñoz / GESME
 
Banho de leito.atualizada
Banho de leito.atualizadaBanho de leito.atualizada
Banho de leito.atualizada
 
O envelhecimento saudável
O envelhecimento saudávelO envelhecimento saudável
O envelhecimento saudável
 
Enfermagem do idoso
Enfermagem do idosoEnfermagem do idoso
Enfermagem do idoso
 
Prevenção de-quedas-no-idoso
Prevenção de-quedas-no-idosoPrevenção de-quedas-no-idoso
Prevenção de-quedas-no-idoso
 
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCódigo de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagem
 
Manual para cuidadores de idosos
Manual para cuidadores de idososManual para cuidadores de idosos
Manual para cuidadores de idosos
 
Desenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhos
Desenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhosDesenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhos
Desenvolvimento do ciclo de vida - Idosos: perdas de ganhos
 
Saúde da Mulher na APS
Saúde da Mulher na APSSaúde da Mulher na APS
Saúde da Mulher na APS
 
Apresentação do caps
Apresentação do capsApresentação do caps
Apresentação do caps
 

Destaque

Agente de Geriatria - Cuidados Humanos Básicos
Agente de Geriatria - Cuidados Humanos BásicosAgente de Geriatria - Cuidados Humanos Básicos
Agente de Geriatria - Cuidados Humanos BásicosFrederico Brandão
 
Higiene Pessoal Do Idoso
Higiene Pessoal Do IdosoHigiene Pessoal Do Idoso
Higiene Pessoal Do Idosoguest5629953
 
A humanização do ambiente hospitalar
A humanização do ambiente hospitalarA humanização do ambiente hospitalar
A humanização do ambiente hospitalarEugenio Rocha
 
Apresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimentoApresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimentoFelipe Cavalcanti
 
Política nacional de humanização
Política nacional de humanizaçãoPolítica nacional de humanização
Política nacional de humanizaçãoPriscila Tenório
 
Cuidados de higiene e eliminação 2
Cuidados de higiene e eliminação 2Cuidados de higiene e eliminação 2
Cuidados de higiene e eliminação 2Rui Carvalho
 
HumanizaSUS
HumanizaSUSHumanizaSUS
HumanizaSUSLene So
 

Destaque (9)

Agente de Geriatria - Cuidados Humanos Básicos
Agente de Geriatria - Cuidados Humanos BásicosAgente de Geriatria - Cuidados Humanos Básicos
Agente de Geriatria - Cuidados Humanos Básicos
 
Higiene Pessoal Do Idoso
Higiene Pessoal Do IdosoHigiene Pessoal Do Idoso
Higiene Pessoal Do Idoso
 
Acolhimentoehumanização
AcolhimentoehumanizaçãoAcolhimentoehumanização
Acolhimentoehumanização
 
A humanização do ambiente hospitalar
A humanização do ambiente hospitalarA humanização do ambiente hospitalar
A humanização do ambiente hospitalar
 
Apresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimentoApresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimento
 
Política nacional de humanização
Política nacional de humanizaçãoPolítica nacional de humanização
Política nacional de humanização
 
Cuidados de higiene e eliminação 2
Cuidados de higiene e eliminação 2Cuidados de higiene e eliminação 2
Cuidados de higiene e eliminação 2
 
Humanização na saúde
Humanização na saúdeHumanização na saúde
Humanização na saúde
 
HumanizaSUS
HumanizaSUSHumanizaSUS
HumanizaSUS
 

Semelhante a Cuidados idosos

SAUDE DO IDOSO4.pdf
SAUDE DO IDOSO4.pdfSAUDE DO IDOSO4.pdf
SAUDE DO IDOSO4.pdfherika26
 
SLIDES CUIDADOR DE IDOSO.pptx
SLIDES CUIDADOR DE IDOSO.pptxSLIDES CUIDADOR DE IDOSO.pptx
SLIDES CUIDADOR DE IDOSO.pptxEwertonSilva75
 
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociais
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociaisO papel do cuidador e seus aspectos psicossociais
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociaisAlinebrauna Brauna
 
Namoro e sexo na terceira idade
Namoro e sexo na terceira idadeNamoro e sexo na terceira idade
Namoro e sexo na terceira idadeVivianny Mundim
 
Estereótipos da velhice
Estereótipos da velhiceEstereótipos da velhice
Estereótipos da velhiceSonia Sousa
 
Terceira idade desenvolvimento ii (1)
Terceira idade desenvolvimento ii (1)Terceira idade desenvolvimento ii (1)
Terceira idade desenvolvimento ii (1)Luan Costa Souza
 
Educação das Pessoas Adultas
Educação das Pessoas AdultasEducação das Pessoas Adultas
Educação das Pessoas Adultascarbgarcia
 
Test Drive CURSO DE DEMÊNCIAS
Test Drive CURSO DE DEMÊNCIASTest Drive CURSO DE DEMÊNCIAS
Test Drive CURSO DE DEMÊNCIASCuidar de Idosos
 
A arte de saber envelhecer
A arte de saber envelhecerA arte de saber envelhecer
A arte de saber envelhecerisabel bernardes
 
Os direitos dos_idosos_os_cuidadores_de_idosos_os_maustratos_aos_idosos_e_del...
Os direitos dos_idosos_os_cuidadores_de_idosos_os_maustratos_aos_idosos_e_del...Os direitos dos_idosos_os_cuidadores_de_idosos_os_maustratos_aos_idosos_e_del...
Os direitos dos_idosos_os_cuidadores_de_idosos_os_maustratos_aos_idosos_e_del...Sérgio Henrique da Silva Pereira
 
QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia
 QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia  QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia
QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia Stefane Rayane
 
Cartilha cuidando bem até o fim
Cartilha cuidando bem até o fimCartilha cuidando bem até o fim
Cartilha cuidando bem até o fimTarlla
 

Semelhante a Cuidados idosos (20)

SAUDE DO IDOSO4.pdf
SAUDE DO IDOSO4.pdfSAUDE DO IDOSO4.pdf
SAUDE DO IDOSO4.pdf
 
SLIDES CUIDADOR DE IDOSO.pptx
SLIDES CUIDADOR DE IDOSO.pptxSLIDES CUIDADOR DE IDOSO.pptx
SLIDES CUIDADOR DE IDOSO.pptx
 
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociais
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociaisO papel do cuidador e seus aspectos psicossociais
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociais
 
Seminário de geriatria
Seminário de geriatriaSeminário de geriatria
Seminário de geriatria
 
Os direitos dos idosos e reconhecimento de maus tratos
Os direitos dos idosos e reconhecimento de maus tratosOs direitos dos idosos e reconhecimento de maus tratos
Os direitos dos idosos e reconhecimento de maus tratos
 
Namoro e sexo na terceira idade
Namoro e sexo na terceira idadeNamoro e sexo na terceira idade
Namoro e sexo na terceira idade
 
Estereótipos da velhice
Estereótipos da velhiceEstereótipos da velhice
Estereótipos da velhice
 
023idade perdida hom
023idade perdida hom023idade perdida hom
023idade perdida hom
 
A idade perdida do homem
A idade perdida do homemA idade perdida do homem
A idade perdida do homem
 
023idade perdida hom
023idade perdida hom023idade perdida hom
023idade perdida hom
 
A idade perdida do homem
A idade perdida do homemA idade perdida do homem
A idade perdida do homem
 
Terceira idade desenvolvimento ii (1)
Terceira idade desenvolvimento ii (1)Terceira idade desenvolvimento ii (1)
Terceira idade desenvolvimento ii (1)
 
Educação das Pessoas Adultas
Educação das Pessoas AdultasEducação das Pessoas Adultas
Educação das Pessoas Adultas
 
Test Drive CURSO DE DEMÊNCIAS
Test Drive CURSO DE DEMÊNCIASTest Drive CURSO DE DEMÊNCIAS
Test Drive CURSO DE DEMÊNCIAS
 
A arte de saber envelhecer
A arte de saber envelhecerA arte de saber envelhecer
A arte de saber envelhecer
 
Os direitos dos_idosos_os_cuidadores_de_idosos_os_maustratos_aos_idosos_e_del...
Os direitos dos_idosos_os_cuidadores_de_idosos_os_maustratos_aos_idosos_e_del...Os direitos dos_idosos_os_cuidadores_de_idosos_os_maustratos_aos_idosos_e_del...
Os direitos dos_idosos_os_cuidadores_de_idosos_os_maustratos_aos_idosos_e_del...
 
QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia
 QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia  QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia
QUALIDADE DE VIDA geriatria e gerontologia
 
O que é envelhecer
O que é envelhecerO que é envelhecer
O que é envelhecer
 
Humanizar o Cuidado
Humanizar o CuidadoHumanizar o Cuidado
Humanizar o Cuidado
 
Cartilha cuidando bem até o fim
Cartilha cuidando bem até o fimCartilha cuidando bem até o fim
Cartilha cuidando bem até o fim
 

Mais de Ana Hollanders

Farmacologia para enfermagem
Farmacologia para enfermagemFarmacologia para enfermagem
Farmacologia para enfermagemAna Hollanders
 
Palestra para Agentes Comunitários de Saúde e Cuidadores de Idosos
Palestra para Agentes Comunitários de Saúde e Cuidadores de IdososPalestra para Agentes Comunitários de Saúde e Cuidadores de Idosos
Palestra para Agentes Comunitários de Saúde e Cuidadores de IdososAna Hollanders
 
Apresentando a caderneta do Idoso
Apresentando a caderneta do IdosoApresentando a caderneta do Idoso
Apresentando a caderneta do IdosoAna Hollanders
 
DPOC - Doenca Pulmonar Obstrutiva Cronica
DPOC - Doenca Pulmonar Obstrutiva CronicaDPOC - Doenca Pulmonar Obstrutiva Cronica
DPOC - Doenca Pulmonar Obstrutiva CronicaAna Hollanders
 
Palestra Primeiros Socorros Básicos
Palestra Primeiros Socorros BásicosPalestra Primeiros Socorros Básicos
Palestra Primeiros Socorros BásicosAna Hollanders
 

Mais de Ana Hollanders (9)

Cuidador Infantil
Cuidador Infantil Cuidador Infantil
Cuidador Infantil
 
Farmacologia para enfermagem
Farmacologia para enfermagemFarmacologia para enfermagem
Farmacologia para enfermagem
 
Palestra para Agentes Comunitários de Saúde e Cuidadores de Idosos
Palestra para Agentes Comunitários de Saúde e Cuidadores de IdososPalestra para Agentes Comunitários de Saúde e Cuidadores de Idosos
Palestra para Agentes Comunitários de Saúde e Cuidadores de Idosos
 
Apresentando a caderneta do Idoso
Apresentando a caderneta do IdosoApresentando a caderneta do Idoso
Apresentando a caderneta do Idoso
 
Envelhecimento
EnvelhecimentoEnvelhecimento
Envelhecimento
 
Ler dort
Ler dort Ler dort
Ler dort
 
DPOC - Doenca Pulmonar Obstrutiva Cronica
DPOC - Doenca Pulmonar Obstrutiva CronicaDPOC - Doenca Pulmonar Obstrutiva Cronica
DPOC - Doenca Pulmonar Obstrutiva Cronica
 
DST
DSTDST
DST
 
Palestra Primeiros Socorros Básicos
Palestra Primeiros Socorros BásicosPalestra Primeiros Socorros Básicos
Palestra Primeiros Socorros Básicos
 

Cuidados idosos

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19. Tenho condições para ser um cuidador ? Pare e pense novamente antes de continuar
  • 20. O passar dos anos = Envelhecer
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 25.
  • 26.
  • 28.
  • 29. Terceira Idade / Velhice
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.  
  • 35.
  • 36.
  • 37. Relacionamentos estilos de vida
  • 38.
  • 39.
  • 40.  
  • 41. Os dez mandamentos de amor ao idoso I – Deixa-o falar - Porque do passado ele tem muito a contar. Coisas verdadeiras e outras nem tanto, mas todas úteis aos espíritos ainda em formação. II – Deixa-o vencer nas discussões - E não fiques a lembrar a todo instante que suas idéias estão superadas. Ele precisa sentir-se seguro de si mesmo. III – Deixa-o visitar seus velhos amigos - entreter-se com seus camaradas, porque é dessa maneira que ele consegue reviver os tempos idos. IV – Deixa-o contar histórias demoradas - ou, muitas vezes, repetidas, porque ele precisa provar a si mesmo que os outros gostam de sua companhia. V – Deixa-o viver entre as coisas que amou - e que sempre recorda, porque ele já sofre ao sentir que, aos poucos, vai sendo abandonado pela vida. VI – Deixa-o reclamar, mesmo quando está sem razão –  porque todo ancião, tem direito, como as crianças, à tolerância e à compreensão. VII – Deixa-o viajar em teu carro –  quando saíres de férias ou nos fins de semana, porque sentirás remorso, se algum tempo depois ele já não estiver aqui para fazer-lhe companhia. VIII – Deixa-o envelhecer com o mesmo paciente afeto - com que assistes aos teus filhos crescerem, porque em ambos os casos estarás,  demonstrando o mesmo sentimento de amor e proteção. IX – Deixa-o rezar onde e como queira – porque ele deseja ver sempre a sombra de Deus no resto de estrada que ainda vai percorrer. X – Deixa-o morrer – entre braços poderosos e amigos, porque o amor dos irmãos é o melhor sinal do amor do Pai que está no céu.
  • 42. O que muda em nosso corpo e mente ?
  • 43. SER IDOSO E SER VELHO Idoso é quem tem muita idade; velho é quem perdeu a jovialidade. A idade causa a degenerescência das células; a velhice, a degenerescência do espírito . Você é idoso quando se pergunta se vale a pena; você é velho quando, sem pensar, responde que nâo. Você é idoso quando sonha; Você é velho quando apenas dorme. Você é idoso quando ainda aprende; Você é velho quando já nem ensina. Você é idoso quando se exercita; Você é velho quando apenas descansa. Você é idoso quando o dia de hoje é o primeiro do resto de sua vida; Você é velho quando todos os dias parecem o último da longa jornada. Você é idoso quando seu calendário tem amanhãs; Você é velho quando ele só tem ontens. O idoso se renova a cada dia que começa.O velho se acaba a cada noite que termina. Pois enquanto o idoso tem seus olhos postos no horizonte, onde o sol desponta e ilumina a esperança , o velho tem sua miopia voltada para as sombras do passado. O idoso tem planos, o velho tem saudades . O idoso curte a vida. O velho sofre, plena de projetos e a preenche de esperança. Para ele, o tempo passa rápido, mas a velhice nunca chega. Para o velho, suas horas se arrastam destituídas de sentido. As rugas do idoso são bonitas porque foram marcadas pelo sorriso; as rugas do velho são feias porque foram vincadas pela amargura. Em suma , o idoso e o velho podem ter a mesma idade no cartório, mas têm idades diferentes no coração. Que você, idoso, tenha uma longa vida, mas nunca fique velho.
  • 44. O que muda em nosso corpo
  • 45.  
  • 46.
  • 47.
  • 48.
  • 49.
  • 50.
  • 51.
  • 52.
  • 53.
  • 54.
  • 55.  
  • 56.
  • 57.
  • 58. Cuidados com as mãos conceito básico, mas fundamental no cuidado com a preparação dos alimentos, é manter a higiene e a limpeza dos mesmos, do manipulador de alimentos e do ambiente no qual serão feitas as preparações.
  • 60.
  • 61.
  • 62.
  • 63.  
  • 64.
  • 66.
  • 67.  
  • 68. Doenças mais comuns nos idosos
  • 69.
  • 70.
  • 71.
  • 72.
  • 73.
  • 74.
  • 75.
  • 76.
  • 77.
  • 78.
  • 79.
  • 80.
  • 81.
  • 82.
  • 83.
  • 84.
  • 85.
  • 86.
  • 87.
  • 88.  
  • 89. ENVELHE - SENDO
  • 90.
  • 91.
  • 92. Cuidadores, agradeço a atenção!! Cuidar é iluminar a escuridão do outro. . Somos, sim, um feixe de luz!
  • 93.  

Notas do Editor

  1. Relações familiares, hábitos, formação da personalidade, rotinas diarias, entrosamento, respeito, parceria, cumplicidade