Ciência política [1o gq] Maquiavel & Hobbes

1.437 visualizações

Publicada em

Ciência Política [1o gq] Tocqueville & Mill - Jornalismo Católica

Publicada em: Educação
1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.437
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
55
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ciência política [1o gq] Maquiavel & Hobbes

  1. 1. Clássicos da (Filosofia) Política Conceitos e ideias centrais Maquiavel Rousseau Hobbes Tocqueville Locke Stuart Mill Montesquieu Marx
  2. 2. Maquiavel Conceitos e ideias centrais - Niccolò Machiavelli (1469-1527) (...) julguei mais conveniente ir atrás da verdade efetiva das coisas do que das suas aparências (...)
  3. 3. Maquiavel Conceitos e ideias centrais - Florença, Itália, séc. XV/XVI: desordem e instabilidade - Método de observação: realidade como ela é e não como deve ser (“Realismo político”) “verdade efetiva” - Estado como objeto de análise: solução para a instabilidade = ordem - Política Ordem: construção humana dinâmica / resultado de forças conflitantes
  4. 4. Maquiavel Conceitos e ideias centrais - O homem ao longo da história: ingrato, volúvel, simulador, covarde ante o perigo, ávido de lucro - A malignidade da natureza humana é cíclica = desordem é preciso observar a história para domesticá-la - História: conflito quem domina X quem é dominado / duas forças opostas: “os grandes” X “o povo” - Problema (político): como atingir a estabilidade?
  5. 5. Maquiavel Conceitos e ideias centrais - Solução: Principado ou República, a depender do contexto - Corrupção, deterioração das instituições e da ordem Principado: o Príncipe não é ditador / fundador do Estado / momento de transição - Equilíbrio República: liberdade, instituições estáveis, conflitos como cidadania ativa (desejáveis) - Como se manter no poder? As ideias de virtù e fortuna.
  6. 6. Maquiavel Conceitos e ideias centrais - Fortuna: deusa romana da sorte ou da esperança / - Tique, na mitologia Grega - Abundância de bens - Distribuição aletória (olhos vendados) - Circunstâncias / História
  7. 7. Maquiavel Conceitos e ideias centrais - Virtù: sabedoria no uso da força, o domínio da Fortuna - Força: suficiente para conquistar o poder - Virtù: necessário para se manter no poder / para conquistar se não o amor, o respeito dos governados - Sabedoria de agir conforme as circunstâncias sucesso do Príncipe
  8. 8. Maquiavel Conceitos e ideias centrais “(...) Na verdade, quem num mundo cheio de perversos pretende seguir em tudo os ditames da bondade, caminha inevitavelmente para a própria perdição. Daí se infere que um príncipe desejoso de conservar-se no poder tem de aprender os meios de não ser bom e a fazer uso ou não deles, conforme as necessidades (...)” O Príncipe, cap. XV.
  9. 9. Hobbes Conceitos e ideias centrais Jó 41:18-21 18 Cada um dos seus espirros faz resplandecer a luz, e os seus olhos são como as pálpebras da alva. 19 Da sua boca saem tochas; faíscas de fogo saltam dela. 20 Das suas narinas procede fumaça, como de uma panela fervente, ou de uma grande caldeira. 21 O seu hálito faz incender os carvões; e da sua boca sai chama.
  10. 10. Hobbes Conceitos e ideias centrais - Homens iguais: desejo, medo, esperança... igualdade quanto à capacidade – igualdade quanto à esperança de atingir um fim Guerra de todos contra todos: uma atitude racional - Causas da discórdia entre os homens: • competição (lucro, acúmulo de bens) • desconfiança (insegurança, proteção da família e dos bens) • glória (reputação, reconhecimento) - O que busca o homem hobbesiano? Bens ou Honra?
  11. 11. Hobbes Conceitos e ideias centrais - Paixões naturais: parcialidade, orgulho, vingança... - Estado de guerra / condição de guerra: homem se imagina perseguido, traído, poderoso - Paixões naturais: parcialidade, orgulho, vingança... - Você fecha as portas da sua casa? Você tranca seus cofres? Você se preocupa em viajar bem acompanhado?
  12. 12. Hobbes Conceitos e ideias centrais - Paixões naturais: parcialidade, orgulho, vingança... - Lei de natureza: justiça, equidade, modéstia, piedade... (regra que proíbe ao homem fazer qualquer coisa que destrua sua vida) - Conflito: Paixões naturais X Lei de natureza - Os homens exercem o que Hobbes chama de Lei de natureza?
  13. 13. Hobbes Conceitos e ideias centrais - “Os desejos e paixões do homem não são em si mesmos um pecado”: é preciso uma lei = proibição - Temor da punição: “pactos sem espada não passam de palavras, sem força para dar qualquer segurança a ninguém” - Como fazer isso? A partir de um contrato de todos com todos - “a multidão assim unida numa só pessoa se chama Estado” = um homem ou uma assembléia de homens
  14. 14. Hobbes Conceitos e ideias centrais - Poder absoluto ao Soberano: garantia do direito à vida, à paz e à defesa comum - Estado Hobbesiano = Estado do medo - Soberano reúne todos os homens / Atentar contra o Soberano é atentar contra si mesmo - Soberano: detentor da soberania abaixo de Deus
  15. 15. Hobbes Conceitos e ideias centrais “(...) dado que todo súdito é por instituição autor de todos os atos e decisões do soberano instituído, segue-se que nada do que este faça pode ser considerado injúria para com qualquer de seus súditos, e que nenhum deles pode acusá-lo de injustiça (...)”

×