SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
NICOLAU MAQUIAVEL
    (1469 – 1527)
A Itália no
Tempo de
Maquiavel
  (1469-1527)
CONTEXTO HISTÓRICO DE
          MAQUIAVEL
  Formação dos Estados Nacionais na Europa
nos fins do séc. XIV.

      Estados Nacionais atrelados ao poder
centralizador da Igreja Católica.

   Nação italiana fragmentada e ameaçada de
invasão por outros povos.
CONSTITUINDO A OBRA
Para construir suas idéias, Maquiavel se remete a
antiguidade clássica afirmando ser a história construída por
ciclos que se repetem. Além disso, sua teoria política é
característica da aproximação entre a História e as
experiências reais de seu tempo. (Empírica)

                                                Nos Fatos
      Observa                Europa:
                                               Históricos:
 governantes de seu     Caracterizada por
                                             A propensão do
 tempo: diplomatas,        conflitos e
                                            homem a maldade
    conselheiros            pilhagens
                                               e benefício
   (César Bórgia)          constantes
                                                 próprio
MAQUIAVEL E O PRÍNCIPE

                    Objetivos da obra




                                          Separação
unificar a Itália     Manutenção
                                        entre Estado e
 enfraquecida          do poder
                                            Igreja
VIRTÚ E FORTUNA

     Entre as características que um príncipe deveria
    conter, Maquiavel acrescenta a Virtú e a Fortuna.


                 VIRTÚ                                   FORTUNA

Baseado no conceito grego (força, valor,   Trata-se da ocasião oportuna, o acaso.
qualidade) um príncipe de virtú é aquele   Em momentos de sorte, o príncipe
governante capaz de promover               deve saber aproveitá-la (aplicação da
alterações na realidade política           Virtú).
existente. (longe da idéia de bondade
cristã)
ÉTICA E POLÍTICA EM MAQUIAVEL
 Um dos maiores pontos de contestação ao pensamento
maquiaveliano se dá através da relação entre moral e ética.




                                Por outro, estabelece uma
Por um lado, Maquiavel
                                autonomia política que
defende a política secular,
                                nega questões morais e
longe da moral cristã.
                                avaliativas da ação política.
 (abandono da organização
                                (buscando os resultados da
        teocrática)
                                        ação política)
CONTROVÉRSIAS SOBRE
        O PRÍNCIPE
A Igreja e Maquiavel

O Index Librorum Prohibitorum (1559)

A criação do mito do Maquiavelismo

“Os fins Justificam os meios”
MAQUIAVEL REPUBLICANO

Uma outra obra escrita por Maquiavel foi Comentários sobre a
              Primeira Década de Tito Lívio.


      Nesta obra, Maquiavel desenvolve suas
 idéias sobre democracia, o que desmente a
 idéia de defesa sobre o absolutismo.

Crítica a corrupção       Defesa às leis      Defesa à República
A DEFESA A AUTONOMIA POLÍTICA

    O Pensamento de Maquiavel se destaca devido a alguns
                   pontos importantes:




                A constatação da
                                   A Proposta de um      A Rejeição a
                 propensão do
A Proposta de                          utilitarismo    estrutura ética-
                homem ao mal, o
  uma nova                          desvinculado da      cristã e uma
                      erro.
 abordagem                           ética e voltado     proposta de
                   (interesses
   política                          para a eficácia    secularização
                    próprios,
                                         política.          política
                   corrupção)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Filosofia 02 - Sócrates, Platão e Aristóteles
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e  AristótelesFilosofia 02 - Sócrates, Platão e  Aristóteles
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e AristótelesDiego Bian Filo Moreira
 
Moral e ética
Moral e éticaMoral e ética
Moral e éticaOver Lane
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medievalJanimara
 
Filosofia politica de maquiavel a rosseau
Filosofia politica   de maquiavel a rosseauFilosofia politica   de maquiavel a rosseau
Filosofia politica de maquiavel a rosseauAlan
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade FilosóficaSlides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade FilosóficaTurma Olímpica
 
Filosofia moderna e suas características
Filosofia moderna e suas característicasFilosofia moderna e suas características
Filosofia moderna e suas característicasAlexandre Misturini
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e Moral
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e MoralSlides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e Moral
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e MoralTurma Olímpica
 
Cap 11 A Justificação do Estado Moderno
Cap 11   A Justificação do Estado ModernoCap 11   A Justificação do Estado Moderno
Cap 11 A Justificação do Estado ModernoJosé Ferreira Júnior
 
Patristica e escolastica
Patristica e escolasticaPatristica e escolastica
Patristica e escolasticaOver Lane
 
Apresentação modernidade líquida
Apresentação modernidade líquidaApresentação modernidade líquida
Apresentação modernidade líquidaRosaalicianc
 

Mais procurados (20)

Filosofia 02 - Sócrates, Platão e Aristóteles
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e  AristótelesFilosofia 02 - Sócrates, Platão e  Aristóteles
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e Aristóteles
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
 
Os pré-socráticos
Os pré-socráticosOs pré-socráticos
Os pré-socráticos
 
Moral e ética
Moral e éticaMoral e ética
Moral e ética
 
Filosofia Política
Filosofia PolíticaFilosofia Política
Filosofia Política
 
Política e poder
Política e poderPolítica e poder
Política e poder
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Filosofia politica de maquiavel a rosseau
Filosofia politica   de maquiavel a rosseauFilosofia politica   de maquiavel a rosseau
Filosofia politica de maquiavel a rosseau
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade FilosóficaSlides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
 
Filosofia moderna e suas características
Filosofia moderna e suas característicasFilosofia moderna e suas características
Filosofia moderna e suas características
 
A Idade Moderna
A Idade ModernaA Idade Moderna
A Idade Moderna
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e Moral
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e MoralSlides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e Moral
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e Moral
 
Cap 11 A Justificação do Estado Moderno
Cap 11   A Justificação do Estado ModernoCap 11   A Justificação do Estado Moderno
Cap 11 A Justificação do Estado Moderno
 
Mito e Filosofia
Mito e FilosofiaMito e Filosofia
Mito e Filosofia
 
Patristica e escolastica
Patristica e escolasticaPatristica e escolastica
Patristica e escolastica
 
O que é Filosofia?
O que é Filosofia?O que é Filosofia?
O que é Filosofia?
 
Apresentação modernidade líquida
Apresentação modernidade líquidaApresentação modernidade líquida
Apresentação modernidade líquida
 
Thomas hobbes
Thomas hobbesThomas hobbes
Thomas hobbes
 
Sociologia - Aula Introdutória
Sociologia - Aula IntrodutóriaSociologia - Aula Introdutória
Sociologia - Aula Introdutória
 

Destaque (20)

Nicolau Maquiavel
Nicolau MaquiavelNicolau Maquiavel
Nicolau Maquiavel
 
O príncipe – Maquiavel (1513)
O príncipe – Maquiavel (1513)O príncipe – Maquiavel (1513)
O príncipe – Maquiavel (1513)
 
Política em Nicolau Maquiavel
Política em Nicolau MaquiavelPolítica em Nicolau Maquiavel
Política em Nicolau Maquiavel
 
Aula 18 - As ideias de Maquiavel
Aula 18 - As ideias de MaquiavelAula 18 - As ideias de Maquiavel
Aula 18 - As ideias de Maquiavel
 
Maquiavel o príncipe
Maquiavel o príncipeMaquiavel o príncipe
Maquiavel o príncipe
 
Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
 
O príncipe - Nicolau Maquiavel
O príncipe - Nicolau MaquiavelO príncipe - Nicolau Maquiavel
O príncipe - Nicolau Maquiavel
 
Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
 
Resenha de o principe
Resenha de o principeResenha de o principe
Resenha de o principe
 
A autonomia da política
A autonomia da políticaA autonomia da política
A autonomia da política
 
Maquiavel e o pensamento político moderno
Maquiavel e o pensamento político modernoMaquiavel e o pensamento político moderno
Maquiavel e o pensamento político moderno
 
A obra de Nicolau Maquiavel
A obra de Nicolau MaquiavelA obra de Nicolau Maquiavel
A obra de Nicolau Maquiavel
 
O Príncipe - Maquiavel
O Príncipe - MaquiavelO Príncipe - Maquiavel
O Príncipe - Maquiavel
 
O príncipe - Maquiavel - Prof. Altair Aguilar
O príncipe - Maquiavel - Prof. Altair AguilarO príncipe - Maquiavel - Prof. Altair Aguilar
O príncipe - Maquiavel - Prof. Altair Aguilar
 
Nicolau Maquiavel
Nicolau MaquiavelNicolau Maquiavel
Nicolau Maquiavel
 
A Formação do Estado Nacional
A Formação do Estado NacionalA Formação do Estado Nacional
A Formação do Estado Nacional
 
Aula 13 filosofia política
Aula 13   filosofia políticaAula 13   filosofia política
Aula 13 filosofia política
 
Maquiavel e os Contratualista
Maquiavel e os ContratualistaMaquiavel e os Contratualista
Maquiavel e os Contratualista
 
Maquiavel, vida e obra: O Príncipe.
Maquiavel, vida e obra: O Príncipe.Maquiavel, vida e obra: O Príncipe.
Maquiavel, vida e obra: O Príncipe.
 
Thomas Hobbes
Thomas HobbesThomas Hobbes
Thomas Hobbes
 

Semelhante a Maquiavel

éTica+de+maquiavel+ +paulo+alexandre+roxo+fernandes
éTica+de+maquiavel+ +paulo+alexandre+roxo+fernandeséTica+de+maquiavel+ +paulo+alexandre+roxo+fernandes
éTica+de+maquiavel+ +paulo+alexandre+roxo+fernandesPaulo Fernandes
 
A FILOSOFIA DE MAQUIAVEL.docx
A FILOSOFIA DE MAQUIAVEL.docxA FILOSOFIA DE MAQUIAVEL.docx
A FILOSOFIA DE MAQUIAVEL.docxAlynne Souto
 
Idade moderna
Idade modernaIdade moderna
Idade modernaPrivada
 
Filosofia - Os fins justificam os meios
Filosofia - Os fins justificam os meiosFilosofia - Os fins justificam os meios
Filosofia - Os fins justificam os meiosThais Rodrigues
 
3.-Contexto-historico-e-social-de-desenvolvimento-da-Sociologia.pptx
3.-Contexto-historico-e-social-de-desenvolvimento-da-Sociologia.pptx3.-Contexto-historico-e-social-de-desenvolvimento-da-Sociologia.pptx
3.-Contexto-historico-e-social-de-desenvolvimento-da-Sociologia.pptxBenildeRosa2
 
Algumas fraturas narcísicas na evolução histórica
Algumas fraturas narcísicas na evolução históricaAlgumas fraturas narcísicas na evolução histórica
Algumas fraturas narcísicas na evolução históricaGRAZIA TANTA
 
Aula Absolutismo Monárquico
Aula Absolutismo MonárquicoAula Absolutismo Monárquico
Aula Absolutismo Monárquicoseixasmarianas
 
40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdfCristiane Pantoja
 
40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdfCristiane Pantoja
 
Renascimento e Reforma Protestante slide de história
Renascimento e Reforma Protestante slide de históriaRenascimento e Reforma Protestante slide de história
Renascimento e Reforma Protestante slide de históriassuserb87a0c1
 

Semelhante a Maquiavel (20)

Filosofia Renascentista
Filosofia  RenascentistaFilosofia  Renascentista
Filosofia Renascentista
 
Aula(maquaivel) 2016
Aula(maquaivel) 2016Aula(maquaivel) 2016
Aula(maquaivel) 2016
 
éTica+de+maquiavel+ +paulo+alexandre+roxo+fernandes
éTica+de+maquiavel+ +paulo+alexandre+roxo+fernandeséTica+de+maquiavel+ +paulo+alexandre+roxo+fernandes
éTica+de+maquiavel+ +paulo+alexandre+roxo+fernandes
 
Nicolau Maquiavel
Nicolau MaquiavelNicolau Maquiavel
Nicolau Maquiavel
 
A FILOSOFIA DE MAQUIAVEL.docx
A FILOSOFIA DE MAQUIAVEL.docxA FILOSOFIA DE MAQUIAVEL.docx
A FILOSOFIA DE MAQUIAVEL.docx
 
Etica para OAB
Etica para OABEtica para OAB
Etica para OAB
 
Nicolau maquiavel
Nicolau maquiavelNicolau maquiavel
Nicolau maquiavel
 
Idade moderna
Idade modernaIdade moderna
Idade moderna
 
Filosofia - Os fins justificam os meios
Filosofia - Os fins justificam os meiosFilosofia - Os fins justificam os meios
Filosofia - Os fins justificam os meios
 
Jornadaxviii willian
Jornadaxviii willianJornadaxviii willian
Jornadaxviii willian
 
Revisão 1º ano
Revisão 1º anoRevisão 1º ano
Revisão 1º ano
 
Revisão 1º ano
Revisão 1º anoRevisão 1º ano
Revisão 1º ano
 
3.-Contexto-historico-e-social-de-desenvolvimento-da-Sociologia.pptx
3.-Contexto-historico-e-social-de-desenvolvimento-da-Sociologia.pptx3.-Contexto-historico-e-social-de-desenvolvimento-da-Sociologia.pptx
3.-Contexto-historico-e-social-de-desenvolvimento-da-Sociologia.pptx
 
História 2012
História 2012História 2012
História 2012
 
Algumas fraturas narcísicas na evolução histórica
Algumas fraturas narcísicas na evolução históricaAlgumas fraturas narcísicas na evolução histórica
Algumas fraturas narcísicas na evolução histórica
 
Aula Absolutismo Monárquico
Aula Absolutismo MonárquicoAula Absolutismo Monárquico
Aula Absolutismo Monárquico
 
40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
 
40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
40 CPV 08072020 FILOSOFIA E SOCIOLOGIA CRIS PANTOJA BUNKER.pdf
 
1888 6852-2-pb
1888 6852-2-pb1888 6852-2-pb
1888 6852-2-pb
 
Renascimento e Reforma Protestante slide de história
Renascimento e Reforma Protestante slide de históriaRenascimento e Reforma Protestante slide de história
Renascimento e Reforma Protestante slide de história
 

Mais de Alison Nunes

Tarefa 1º em gregos.
Tarefa 1º em   gregos.Tarefa 1º em   gregos.
Tarefa 1º em gregos.Alison Nunes
 
Cultura e sociedade
Cultura e sociedadeCultura e sociedade
Cultura e sociedadeAlison Nunes
 
Cultura Brasileira e Sincretismo.
Cultura Brasileira e Sincretismo.Cultura Brasileira e Sincretismo.
Cultura Brasileira e Sincretismo.Alison Nunes
 
Jean Jacques Rousseau
Jean Jacques RousseauJean Jacques Rousseau
Jean Jacques RousseauAlison Nunes
 
Filosofia Medieval
Filosofia MedievalFilosofia Medieval
Filosofia MedievalAlison Nunes
 
Hobbes e o poder absoluto do Estado
Hobbes e o poder absoluto do EstadoHobbes e o poder absoluto do Estado
Hobbes e o poder absoluto do EstadoAlison Nunes
 
Introdução à Sociologia
Introdução à SociologiaIntrodução à Sociologia
Introdução à SociologiaAlison Nunes
 
Cultura e Sociedade
Cultura e SociedadeCultura e Sociedade
Cultura e SociedadeAlison Nunes
 
A sociologia pós- clássicos
A sociologia pós- clássicosA sociologia pós- clássicos
A sociologia pós- clássicosAlison Nunes
 
A sociologia de Max Weber
A  sociologia de Max WeberA  sociologia de Max Weber
A sociologia de Max WeberAlison Nunes
 
A filosofia medieval
A filosofia medievalA filosofia medieval
A filosofia medievalAlison Nunes
 
Marx e o socialismo científico
Marx e o socialismo científicoMarx e o socialismo científico
Marx e o socialismo científicoAlison Nunes
 
Do movimento sofista à filosofia moral
Do movimento sofista à filosofia moralDo movimento sofista à filosofia moral
Do movimento sofista à filosofia moralAlison Nunes
 
O surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaO surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaAlison Nunes
 

Mais de Alison Nunes (18)

Tarefa 1º em gregos.
Tarefa 1º em   gregos.Tarefa 1º em   gregos.
Tarefa 1º em gregos.
 
Cultura e sociedade
Cultura e sociedadeCultura e sociedade
Cultura e sociedade
 
Cultura Brasileira e Sincretismo.
Cultura Brasileira e Sincretismo.Cultura Brasileira e Sincretismo.
Cultura Brasileira e Sincretismo.
 
Jean Jacques Rousseau
Jean Jacques RousseauJean Jacques Rousseau
Jean Jacques Rousseau
 
Filosofia Medieval
Filosofia MedievalFilosofia Medieval
Filosofia Medieval
 
Hobbes e o poder absoluto do Estado
Hobbes e o poder absoluto do EstadoHobbes e o poder absoluto do Estado
Hobbes e o poder absoluto do Estado
 
John Locke
John LockeJohn Locke
John Locke
 
Introdução à Sociologia
Introdução à SociologiaIntrodução à Sociologia
Introdução à Sociologia
 
Platão
PlatãoPlatão
Platão
 
Cultura e Sociedade
Cultura e SociedadeCultura e Sociedade
Cultura e Sociedade
 
A sociologia pós- clássicos
A sociologia pós- clássicosA sociologia pós- clássicos
A sociologia pós- clássicos
 
A sociologia de Max Weber
A  sociologia de Max WeberA  sociologia de Max Weber
A sociologia de Max Weber
 
O racionalismo
O racionalismoO racionalismo
O racionalismo
 
A filosofia medieval
A filosofia medievalA filosofia medieval
A filosofia medieval
 
Marx e o socialismo científico
Marx e o socialismo científicoMarx e o socialismo científico
Marx e o socialismo científico
 
Aristóteles
AristótelesAristóteles
Aristóteles
 
Do movimento sofista à filosofia moral
Do movimento sofista à filosofia moralDo movimento sofista à filosofia moral
Do movimento sofista à filosofia moral
 
O surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaO surgimento da filosofia
O surgimento da filosofia
 

Maquiavel

  • 1. NICOLAU MAQUIAVEL (1469 – 1527)
  • 2. A Itália no Tempo de Maquiavel (1469-1527)
  • 3. CONTEXTO HISTÓRICO DE MAQUIAVEL Formação dos Estados Nacionais na Europa nos fins do séc. XIV. Estados Nacionais atrelados ao poder centralizador da Igreja Católica. Nação italiana fragmentada e ameaçada de invasão por outros povos.
  • 4. CONSTITUINDO A OBRA Para construir suas idéias, Maquiavel se remete a antiguidade clássica afirmando ser a história construída por ciclos que se repetem. Além disso, sua teoria política é característica da aproximação entre a História e as experiências reais de seu tempo. (Empírica) Nos Fatos Observa Europa: Históricos: governantes de seu Caracterizada por A propensão do tempo: diplomatas, conflitos e homem a maldade conselheiros pilhagens e benefício (César Bórgia) constantes próprio
  • 5. MAQUIAVEL E O PRÍNCIPE Objetivos da obra Separação unificar a Itália Manutenção entre Estado e enfraquecida do poder Igreja
  • 6. VIRTÚ E FORTUNA Entre as características que um príncipe deveria conter, Maquiavel acrescenta a Virtú e a Fortuna. VIRTÚ FORTUNA Baseado no conceito grego (força, valor, Trata-se da ocasião oportuna, o acaso. qualidade) um príncipe de virtú é aquele Em momentos de sorte, o príncipe governante capaz de promover deve saber aproveitá-la (aplicação da alterações na realidade política Virtú). existente. (longe da idéia de bondade cristã)
  • 7. ÉTICA E POLÍTICA EM MAQUIAVEL Um dos maiores pontos de contestação ao pensamento maquiaveliano se dá através da relação entre moral e ética. Por outro, estabelece uma Por um lado, Maquiavel autonomia política que defende a política secular, nega questões morais e longe da moral cristã. avaliativas da ação política. (abandono da organização (buscando os resultados da teocrática) ação política)
  • 8. CONTROVÉRSIAS SOBRE O PRÍNCIPE A Igreja e Maquiavel O Index Librorum Prohibitorum (1559) A criação do mito do Maquiavelismo “Os fins Justificam os meios”
  • 9. MAQUIAVEL REPUBLICANO Uma outra obra escrita por Maquiavel foi Comentários sobre a Primeira Década de Tito Lívio. Nesta obra, Maquiavel desenvolve suas idéias sobre democracia, o que desmente a idéia de defesa sobre o absolutismo. Crítica a corrupção Defesa às leis Defesa à República
  • 10. A DEFESA A AUTONOMIA POLÍTICA O Pensamento de Maquiavel se destaca devido a alguns pontos importantes: A constatação da A Proposta de um A Rejeição a propensão do A Proposta de utilitarismo estrutura ética- homem ao mal, o uma nova desvinculado da cristã e uma erro. abordagem ética e voltado proposta de (interesses política para a eficácia secularização próprios, política. política corrupção)