SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
SAÚDE DO HOMEM: UM DESAFIO NECESSÁRIO   ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
O homem como foco Na atualidade, a medicina preventiva é essencial para a qualidade e longevidade, contudo o sexo masculino permanece defasado. No âmbito dos programas de saúde, o programa de saúde da mulher possui um acesso simplificado, assim como um maior enfoque, fato este observado na mídia de um modo geral.
Objetivo A partir dessa perspectiva, objetivamos no presente estudo problematizar aspectos da sexualidade masculina que, se não devidamente abordados, poderão comprometer a saúde do mesmo; assim como a necessidade de uma melhoria nos programas de saúde que tem o homem como foco principal.
Resultados Em virtude de uma sociedade ainda machista, observamos uma alta incidência de doenças sexualmente transmissíveis no sexo masculino.  Como exemplo, os casos de homens com ejaculação precoce que não admitem seu problema, e o tem como motivo de ignomínia.
Resultados Problematizando a dificuldade de promovermos medidas preventivas, temos como exemplo as ações contra o câncer de próstata. O toque retal é uma medida preventiva de baixo custo e essencial nos dias atuais. No entanto, é um procedimento que mexe com o imaginário masculino, a ponto de afastá-los.
Resultados O fato de caber à mulher acompanhar crianças, adolescentes e idosos a seus respectivos serviços de saúde, além de, em determinado período de sua vida, freqüentar o pré-natal, faz com que ela se torne mais predisposta à utilização desses serviços, fazendo com que esta o freqüente muito mais e utilize os benefícios a ela oferecidos.
Discussão No campo da saúde pública, é de fundamental importância que sejam promovidas discussões voltadas para a sexualidade masculina, não só a prevenção do câncer de próstata, mas diversas outras ações tangenciadas por tais sentidos atribuídos possam ser melhor abordadas.
Facilidades ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Discussão A estratégia de prevenção e promoção da saúde tem de levar em conta a mudança comportamental, em toda a população, tendo em mente as diferenças de gênero em relação ao hábito de fumar, alcoolismo, tipo de dieta, ao ambiente de trabalho, à atividade física, ao peso corporal, entre outros.
Referências ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Política Nacional de Atenção Integral à SAÚDE do HOMEM
Política Nacional de Atenção Integral à SAÚDE do HOMEM Política Nacional de Atenção Integral à SAÚDE do HOMEM
Política Nacional de Atenção Integral à SAÚDE do HOMEM Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Saúde e Prevenção nas Escolas: Sexualidades e Saúde Reprodutiva
Saúde e Prevenção nas Escolas: Sexualidades e Saúde ReprodutivaSaúde e Prevenção nas Escolas: Sexualidades e Saúde Reprodutiva
Saúde e Prevenção nas Escolas: Sexualidades e Saúde ReprodutivaElos da Saúde
 
Aula 1 saúde coletiva i slides aula - cópia
Aula 1 saúde coletiva i   slides aula - cópiaAula 1 saúde coletiva i   slides aula - cópia
Aula 1 saúde coletiva i slides aula - cópiaKarla Toledo
 
Políticas Públicas de Saúde da Mulher no Brasil
Políticas Públicas de Saúde da Mulher no BrasilPolíticas Públicas de Saúde da Mulher no Brasil
Políticas Públicas de Saúde da Mulher no BrasilMarciane Missio
 
Saúde do Adolescente
Saúde do AdolescenteSaúde do Adolescente
Saúde do Adolescenteyolandasergia
 
Câncer de próstata
Câncer de próstataCâncer de próstata
Câncer de próstataDeivid Castro
 
Aula 6 Políticas Públicas de Saúde
Aula 6 Políticas Públicas de SaúdeAula 6 Políticas Públicas de Saúde
Aula 6 Políticas Públicas de SaúdeJesiele Spindler
 
Aula 1 politicas de saude no brasil
Aula 1   politicas de saude no brasilAula 1   politicas de saude no brasil
Aula 1 politicas de saude no brasilkellyschorro18
 
Apresentação saude do idoso coletiva
Apresentação saude do idoso coletivaApresentação saude do idoso coletiva
Apresentação saude do idoso coletivaCarla Couto
 
Estratégia saúde da família
Estratégia saúde da famíliaEstratégia saúde da família
Estratégia saúde da famíliaRuth Milhomem
 
Saúde da mulher - Cuidados com a saúde feminina
Saúde da mulher - Cuidados com a saúde femininaSaúde da mulher - Cuidados com a saúde feminina
Saúde da mulher - Cuidados com a saúde femininaAnderson Silva
 
Aula 2 cuidados de saúde do idoso (2)
Aula 2   cuidados de saúde do idoso (2)Aula 2   cuidados de saúde do idoso (2)
Aula 2 cuidados de saúde do idoso (2)Tania Jesus
 

Mais procurados (20)

Aula Introdutória de Saúde Coletiva
Aula Introdutória de Saúde ColetivaAula Introdutória de Saúde Coletiva
Aula Introdutória de Saúde Coletiva
 
Política Nacional de Atenção Integral à SAÚDE do HOMEM
Política Nacional de Atenção Integral à SAÚDE do HOMEM Política Nacional de Atenção Integral à SAÚDE do HOMEM
Política Nacional de Atenção Integral à SAÚDE do HOMEM
 
Saúde e Prevenção nas Escolas: Sexualidades e Saúde Reprodutiva
Saúde e Prevenção nas Escolas: Sexualidades e Saúde ReprodutivaSaúde e Prevenção nas Escolas: Sexualidades e Saúde Reprodutiva
Saúde e Prevenção nas Escolas: Sexualidades e Saúde Reprodutiva
 
Aula 1 saúde coletiva i slides aula - cópia
Aula 1 saúde coletiva i   slides aula - cópiaAula 1 saúde coletiva i   slides aula - cópia
Aula 1 saúde coletiva i slides aula - cópia
 
Políticas Públicas de Saúde da Mulher no Brasil
Políticas Públicas de Saúde da Mulher no BrasilPolíticas Públicas de Saúde da Mulher no Brasil
Políticas Públicas de Saúde da Mulher no Brasil
 
SAÚDE COLETIVA
SAÚDE COLETIVASAÚDE COLETIVA
SAÚDE COLETIVA
 
Saúde do Adolescente
Saúde do AdolescenteSaúde do Adolescente
Saúde do Adolescente
 
Câncer de próstata
Câncer de próstataCâncer de próstata
Câncer de próstata
 
Aula 6 Políticas Públicas de Saúde
Aula 6 Políticas Públicas de SaúdeAula 6 Políticas Públicas de Saúde
Aula 6 Políticas Públicas de Saúde
 
Processo saúde doença
Processo saúde doençaProcesso saúde doença
Processo saúde doença
 
Aula 1 politicas de saude no brasil
Aula 1   politicas de saude no brasilAula 1   politicas de saude no brasil
Aula 1 politicas de saude no brasil
 
Historico sus
Historico susHistorico sus
Historico sus
 
Atenção à Saúde do Idoso
Atenção à Saúde do Idoso Atenção à Saúde do Idoso
Atenção à Saúde do Idoso
 
Fundamentos De Gerontologia Parte 1
Fundamentos De Gerontologia Parte 1Fundamentos De Gerontologia Parte 1
Fundamentos De Gerontologia Parte 1
 
Aula 3 - SUS
Aula 3 - SUSAula 3 - SUS
Aula 3 - SUS
 
O que é o SUS?
O que é o SUS?O que é o SUS?
O que é o SUS?
 
Apresentação saude do idoso coletiva
Apresentação saude do idoso coletivaApresentação saude do idoso coletiva
Apresentação saude do idoso coletiva
 
Estratégia saúde da família
Estratégia saúde da famíliaEstratégia saúde da família
Estratégia saúde da família
 
Saúde da mulher - Cuidados com a saúde feminina
Saúde da mulher - Cuidados com a saúde femininaSaúde da mulher - Cuidados com a saúde feminina
Saúde da mulher - Cuidados com a saúde feminina
 
Aula 2 cuidados de saúde do idoso (2)
Aula 2   cuidados de saúde do idoso (2)Aula 2   cuidados de saúde do idoso (2)
Aula 2 cuidados de saúde do idoso (2)
 

Semelhante a Saúde do Homem

Politica nacional atencao_homem
Politica nacional atencao_homemPolitica nacional atencao_homem
Politica nacional atencao_homemKetinlly
 
Politica nacional homem
Politica nacional homemPolitica nacional homem
Politica nacional homemguestb6b45808
 
Politica nacional homem
Politica nacional homemPolitica nacional homem
Politica nacional homemCida Ilha
 
Política nacional de atenção à saúde do homem
Política nacional de atenção à saúde do homemPolítica nacional de atenção à saúde do homem
Política nacional de atenção à saúde do homemeriiclima
 
PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRADA AO HOMEM EM CABO VERDE: CRIAÇÃO E DESAFIOS
PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRADA AO HOMEM EM CABO VERDE: CRIAÇÃO E DESAFIOSPROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRADA AO HOMEM EM CABO VERDE: CRIAÇÃO E DESAFIOS
PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRADA AO HOMEM EM CABO VERDE: CRIAÇÃO E DESAFIOSNuel Ima
 
A politica nacional_de_atenção_a_saude_do_homem_validacao_avasus
A politica nacional_de_atenção_a_saude_do_homem_validacao_avasusA politica nacional_de_atenção_a_saude_do_homem_validacao_avasus
A politica nacional_de_atenção_a_saude_do_homem_validacao_avasussedis-suporte
 
UNIDADE 1-Saúde Coletiva.pptx
UNIDADE 1-Saúde Coletiva.pptxUNIDADE 1-Saúde Coletiva.pptx
UNIDADE 1-Saúde Coletiva.pptxPatriciaNoro1
 
UM OLHAR GERONTOLÓGICO SOBRE O CUIDAR
UM OLHAR GERONTOLÓGICO SOBRE O CUIDARUM OLHAR GERONTOLÓGICO SOBRE O CUIDAR
UM OLHAR GERONTOLÓGICO SOBRE O CUIDARMárcio Borges
 
Concepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero completo
Concepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero  completoConcepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero  completo
Concepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero completoFlorêncio M. Costa Jr
 
Saúde Pública - História Natural da Doença
Saúde Pública - História Natural da DoençaSaúde Pública - História Natural da Doença
Saúde Pública - História Natural da DoençaWelisson Porto
 
1-140302071516-phpapp0asSAAasASasASasASasASas1.pptx
1-140302071516-phpapp0asSAAasASasASasASasASas1.pptx1-140302071516-phpapp0asSAAasASasASasASasASas1.pptx
1-140302071516-phpapp0asSAAasASasASasASasASas1.pptxJanneJessica1
 
A Beleza e o Bem-esta na Saúde Feminina
A Beleza e o Bem-esta na Saúde Feminina A Beleza e o Bem-esta na Saúde Feminina
A Beleza e o Bem-esta na Saúde Feminina Roosevelt F. Abrantes
 
Por que adoecemos? - Uma reflexão a partir do livro "Ponto de Mutação na Saúd...
Por que adoecemos? - Uma reflexão a partir do livro "Ponto de Mutação na Saúd...Por que adoecemos? - Uma reflexão a partir do livro "Ponto de Mutação na Saúd...
Por que adoecemos? - Uma reflexão a partir do livro "Ponto de Mutação na Saúd...Wallace Liimaa
 
1.1 determinantes sociais-da-saude
1.1 determinantes sociais-da-saude1.1 determinantes sociais-da-saude
1.1 determinantes sociais-da-saudeTereza Cristina
 
SAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOSSAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOSValdirene1977
 
EducaçãO E PromoçãO Em SaúDe 05 03 2010
EducaçãO E PromoçãO Em SaúDe 05 03 2010EducaçãO E PromoçãO Em SaúDe 05 03 2010
EducaçãO E PromoçãO Em SaúDe 05 03 2010jhony
 

Semelhante a Saúde do Homem (20)

Politica nacional atencao_homem
Politica nacional atencao_homemPolitica nacional atencao_homem
Politica nacional atencao_homem
 
Politica nacional homem
Politica nacional homemPolitica nacional homem
Politica nacional homem
 
Politica nacional homem
Politica nacional homemPolitica nacional homem
Politica nacional homem
 
Política nacional de atenção à saúde do homem
Política nacional de atenção à saúde do homemPolítica nacional de atenção à saúde do homem
Política nacional de atenção à saúde do homem
 
PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRADA AO HOMEM EM CABO VERDE: CRIAÇÃO E DESAFIOS
PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRADA AO HOMEM EM CABO VERDE: CRIAÇÃO E DESAFIOSPROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRADA AO HOMEM EM CABO VERDE: CRIAÇÃO E DESAFIOS
PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRADA AO HOMEM EM CABO VERDE: CRIAÇÃO E DESAFIOS
 
Genero 04
Genero 04Genero 04
Genero 04
 
A politica nacional_de_atenção_a_saude_do_homem_validacao_avasus
A politica nacional_de_atenção_a_saude_do_homem_validacao_avasusA politica nacional_de_atenção_a_saude_do_homem_validacao_avasus
A politica nacional_de_atenção_a_saude_do_homem_validacao_avasus
 
UNIDADE 1-Saúde Coletiva.pptx
UNIDADE 1-Saúde Coletiva.pptxUNIDADE 1-Saúde Coletiva.pptx
UNIDADE 1-Saúde Coletiva.pptx
 
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM)
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM)Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM)
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM)
 
UM OLHAR GERONTOLÓGICO SOBRE O CUIDAR
UM OLHAR GERONTOLÓGICO SOBRE O CUIDARUM OLHAR GERONTOLÓGICO SOBRE O CUIDAR
UM OLHAR GERONTOLÓGICO SOBRE O CUIDAR
 
Concepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero completo
Concepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero  completoConcepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero  completo
Concepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero completo
 
Saúde Pública - História Natural da Doença
Saúde Pública - História Natural da DoençaSaúde Pública - História Natural da Doença
Saúde Pública - História Natural da Doença
 
1-140302071516-phpapp0asSAAasASasASasASasASas1.pptx
1-140302071516-phpapp0asSAAasASasASasASasASas1.pptx1-140302071516-phpapp0asSAAasASasASasASasASas1.pptx
1-140302071516-phpapp0asSAAasASasASasASasASas1.pptx
 
A Beleza e o Bem-esta na Saúde Feminina
A Beleza e o Bem-esta na Saúde Feminina A Beleza e o Bem-esta na Saúde Feminina
A Beleza e o Bem-esta na Saúde Feminina
 
Por que adoecemos? - Uma reflexão a partir do livro "Ponto de Mutação na Saúd...
Por que adoecemos? - Uma reflexão a partir do livro "Ponto de Mutação na Saúd...Por que adoecemos? - Uma reflexão a partir do livro "Ponto de Mutação na Saúd...
Por que adoecemos? - Uma reflexão a partir do livro "Ponto de Mutação na Saúd...
 
GÊNERO E SAÚDE AULA.ppt
GÊNERO E SAÚDE AULA.pptGÊNERO E SAÚDE AULA.ppt
GÊNERO E SAÚDE AULA.ppt
 
1.1 determinantes sociais-da-saude
1.1 determinantes sociais-da-saude1.1 determinantes sociais-da-saude
1.1 determinantes sociais-da-saude
 
Dss alma ata
Dss   alma ataDss   alma ata
Dss alma ata
 
SAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOSSAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
 
EducaçãO E PromoçãO Em SaúDe 05 03 2010
EducaçãO E PromoçãO Em SaúDe 05 03 2010EducaçãO E PromoçãO Em SaúDe 05 03 2010
EducaçãO E PromoçãO Em SaúDe 05 03 2010
 

Mais de Amanda Thomé

Necessidades Nutricionais no Idoso
Necessidades Nutricionais no IdosoNecessidades Nutricionais no Idoso
Necessidades Nutricionais no IdosoAmanda Thomé
 
Caso Clínico: Emergências Hipertensivas
Caso Clínico: Emergências HipertensivasCaso Clínico: Emergências Hipertensivas
Caso Clínico: Emergências HipertensivasAmanda Thomé
 
Amigdalites e otites na pediatria
Amigdalites e otites na pediatriaAmigdalites e otites na pediatria
Amigdalites e otites na pediatriaAmanda Thomé
 
Desidratação no Idoso
Desidratação no IdosoDesidratação no Idoso
Desidratação no IdosoAmanda Thomé
 
Cardiopatias em Neonatologia
Cardiopatias em NeonatologiaCardiopatias em Neonatologia
Cardiopatias em NeonatologiaAmanda Thomé
 
Amigdalas e vegetações adenóides
Amigdalas e vegetações adenóidesAmigdalas e vegetações adenóides
Amigdalas e vegetações adenóidesAmanda Thomé
 
Micoses oportunistas
Micoses oportunistasMicoses oportunistas
Micoses oportunistasAmanda Thomé
 
Toxoplasmose congênita
Toxoplasmose congênita Toxoplasmose congênita
Toxoplasmose congênita Amanda Thomé
 
Envelhecer sem Adoecer
Envelhecer sem AdoecerEnvelhecer sem Adoecer
Envelhecer sem AdoecerAmanda Thomé
 
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica
Doença Pulmonar Obstrutiva CrônicaDoença Pulmonar Obstrutiva Crônica
Doença Pulmonar Obstrutiva CrônicaAmanda Thomé
 
Aspectos Clínicos e Radiológicos da Obstrução Intestinal
Aspectos Clínicos e Radiológicos da Obstrução IntestinalAspectos Clínicos e Radiológicos da Obstrução Intestinal
Aspectos Clínicos e Radiológicos da Obstrução IntestinalAmanda Thomé
 
Alergia em Anestesia
Alergia em AnestesiaAlergia em Anestesia
Alergia em AnestesiaAmanda Thomé
 
Amamentação e Sua Prevalência
Amamentação e Sua PrevalênciaAmamentação e Sua Prevalência
Amamentação e Sua PrevalênciaAmanda Thomé
 
Semiologia do Pescoço
Semiologia do PescoçoSemiologia do Pescoço
Semiologia do PescoçoAmanda Thomé
 
Sindrome Má Absorção
Sindrome Má AbsorçãoSindrome Má Absorção
Sindrome Má AbsorçãoAmanda Thomé
 
Cuidados com o recém-nascido no pós-parto
Cuidados com o recém-nascido no pós-partoCuidados com o recém-nascido no pós-parto
Cuidados com o recém-nascido no pós-partoAmanda Thomé
 

Mais de Amanda Thomé (20)

Necessidades Nutricionais no Idoso
Necessidades Nutricionais no IdosoNecessidades Nutricionais no Idoso
Necessidades Nutricionais no Idoso
 
Caso Clínico: Emergências Hipertensivas
Caso Clínico: Emergências HipertensivasCaso Clínico: Emergências Hipertensivas
Caso Clínico: Emergências Hipertensivas
 
Amigdalites e otites na pediatria
Amigdalites e otites na pediatriaAmigdalites e otites na pediatria
Amigdalites e otites na pediatria
 
Desidratação no Idoso
Desidratação no IdosoDesidratação no Idoso
Desidratação no Idoso
 
Cardiopatias em Neonatologia
Cardiopatias em NeonatologiaCardiopatias em Neonatologia
Cardiopatias em Neonatologia
 
Amigdalas e vegetações adenóides
Amigdalas e vegetações adenóidesAmigdalas e vegetações adenóides
Amigdalas e vegetações adenóides
 
Tumor do colon
Tumor do colonTumor do colon
Tumor do colon
 
Micoses oportunistas
Micoses oportunistasMicoses oportunistas
Micoses oportunistas
 
Toxoplasmose congênita
Toxoplasmose congênita Toxoplasmose congênita
Toxoplasmose congênita
 
Diabetes no Idoso
Diabetes no IdosoDiabetes no Idoso
Diabetes no Idoso
 
Envelhecer sem Adoecer
Envelhecer sem AdoecerEnvelhecer sem Adoecer
Envelhecer sem Adoecer
 
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica
Doença Pulmonar Obstrutiva CrônicaDoença Pulmonar Obstrutiva Crônica
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica
 
Coronariosclerose
CoronarioscleroseCoronariosclerose
Coronariosclerose
 
Aspectos Clínicos e Radiológicos da Obstrução Intestinal
Aspectos Clínicos e Radiológicos da Obstrução IntestinalAspectos Clínicos e Radiológicos da Obstrução Intestinal
Aspectos Clínicos e Radiológicos da Obstrução Intestinal
 
Alergia em Anestesia
Alergia em AnestesiaAlergia em Anestesia
Alergia em Anestesia
 
Amamentação e Sua Prevalência
Amamentação e Sua PrevalênciaAmamentação e Sua Prevalência
Amamentação e Sua Prevalência
 
Semiologia do Pescoço
Semiologia do PescoçoSemiologia do Pescoço
Semiologia do Pescoço
 
Sindrome Má Absorção
Sindrome Má AbsorçãoSindrome Má Absorção
Sindrome Má Absorção
 
Cuidados com o recém-nascido no pós-parto
Cuidados com o recém-nascido no pós-partoCuidados com o recém-nascido no pós-parto
Cuidados com o recém-nascido no pós-parto
 
Via Colinérgica
Via ColinérgicaVia Colinérgica
Via Colinérgica
 

Último

QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 

Último (20)

QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 

Saúde do Homem

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4. O homem como foco Na atualidade, a medicina preventiva é essencial para a qualidade e longevidade, contudo o sexo masculino permanece defasado. No âmbito dos programas de saúde, o programa de saúde da mulher possui um acesso simplificado, assim como um maior enfoque, fato este observado na mídia de um modo geral.
  • 5. Objetivo A partir dessa perspectiva, objetivamos no presente estudo problematizar aspectos da sexualidade masculina que, se não devidamente abordados, poderão comprometer a saúde do mesmo; assim como a necessidade de uma melhoria nos programas de saúde que tem o homem como foco principal.
  • 6. Resultados Em virtude de uma sociedade ainda machista, observamos uma alta incidência de doenças sexualmente transmissíveis no sexo masculino. Como exemplo, os casos de homens com ejaculação precoce que não admitem seu problema, e o tem como motivo de ignomínia.
  • 7. Resultados Problematizando a dificuldade de promovermos medidas preventivas, temos como exemplo as ações contra o câncer de próstata. O toque retal é uma medida preventiva de baixo custo e essencial nos dias atuais. No entanto, é um procedimento que mexe com o imaginário masculino, a ponto de afastá-los.
  • 8. Resultados O fato de caber à mulher acompanhar crianças, adolescentes e idosos a seus respectivos serviços de saúde, além de, em determinado período de sua vida, freqüentar o pré-natal, faz com que ela se torne mais predisposta à utilização desses serviços, fazendo com que esta o freqüente muito mais e utilize os benefícios a ela oferecidos.
  • 9. Discussão No campo da saúde pública, é de fundamental importância que sejam promovidas discussões voltadas para a sexualidade masculina, não só a prevenção do câncer de próstata, mas diversas outras ações tangenciadas por tais sentidos atribuídos possam ser melhor abordadas.
  • 10.
  • 11. Discussão A estratégia de prevenção e promoção da saúde tem de levar em conta a mudança comportamental, em toda a população, tendo em mente as diferenças de gênero em relação ao hábito de fumar, alcoolismo, tipo de dieta, ao ambiente de trabalho, à atividade física, ao peso corporal, entre outros.
  • 12.