Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y

11.521 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.521
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
26
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
57
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y

  1. 1. RESENHATeoria que corrige aperfeiçoa a administraçãoSobre: a Teoria X e YCARNEIRO, Rafael Nunes de Siqueira – Guaracy Silveira A extensa bibliografia de Idalberto Chiavenato abrange mais de vinte livros degrande destaque no mercado, um deles se chama Teoria geral da administração,editora Elsevier – Campus, nesse livro o autor abrange explicações das teorias X eY e de outras teorias, como a teoria do Fordismo, Teorias de Taylor, TeoriaEstruturalista, e outros que não vem ao caso. Este livro é ótimo para os que sonhamter sucesso no ambiente de trabalho, pois aborda temas de grandíssimaimportância, como por exemplo: saber planejar, fazer planos, e todos tipos de alertaspara que erros freqüentes não aconteçam. Em geral o livro Teoria Geral da Administração é otimamente recomendávelpara pessoas que tem dificuldade em criar, ou para pessoas que querem crescer notrabalho pela absorção do conhecimento passado no livro, isso implica em umamaior especialização de funcionários na área de trabalho, isso é consideravelmentebom, pois hoje vem estando mais difícil a entrada de profissionais que tem faculdadeem alguma área mas não sabe aplicar esse conhecimento no ambiente de trabalho. Chiavenato adota o gênero administração e negócios, Nunca a teoriaadministrativa se tornou tão imprescindível para o sucesso do administrador, esselivro foi criado por conta da constante necessidade de inovação e renovação, abusca de flexibilidade e agilidade para proporcionar mudança e transformação, e aadoção de novas idéias, o livro carrega 664 páginas de puros conselhos ao leitor,proporcionando um certo interesse para muitos leitores.
  2. 2. Abordaremos das obras de Chiavenato a explicação da teoria X e Y. A teoria X: é a concepção tradicional de administração e baseia – se emconvicções errôneas e incorretas sobre o comportamento humano, diz que aspessoas são preguiçosas e tentam trabalhar o mínimo, mas mesmo assim queremreceber uma recompensa pelo trabalho, cita que falta-lhes ambição, também diz quesua natureza leva aos participantes de uma empresa ou qualquer tipo de ambientede trabalho a resistir às mudanças para não assumir erros. A teoria X tambémaborda que a dependência dos trabalhadores implica em se tornarem incapazes deautocontrole e autodisciplina. Essa teoria resulta em uma administração dura, rígida e autocrática, e queleva as pessoas a trabalharem dentro de esquemas e padrões planejados eorganizados, tendo em vista o alcance de metas empostas pela organização. Aspessoas são visualizados como recursos ou meios de produção. A Teoria X representa o típico estilo de administração da administraçãoCientifica de Taylor, da teoria Clássica de Fayol e da Teoria da Burocracia de Weberem diferentes estágios da teoria administrativa. Teoria Y: É uma concepção mais moderna de administração de acordo com a TeoriaComportamental. Essa teoria ao contrario da teoria X diz que as pessoas não têmdesprazer inerente em trabalhar, diz também que as pessoas não são por suanatureza intrínsecas, passivas ou resistentes às necessidades da empresa( elaspodem tornar-se assim com suas experiências negativas em outras empresas). Dizque as pessoas tem motivação, potencial de desenvolvimento, padrões decomportamento e capacidade para assumir responsabilidades. Em geral essa teoria mostra um estilo de administração aberto, dinâmico edemocrático, e tenta encorajar o crescimento individual, impondo que todas aspessoas carregam fatores positivos e a administração esta encarregada deproporcionar condições para que esses fatores sejam desenvolvidos.
  3. 3. A teoria Y propõe um estilo de administração inovador, que é baseado nosvalores humanos e sociais, e a teoria Y visa muito a questão individual( teoriadedicada ao individuo). As teorias tanto X como Y, são inteiramente inversas, enquanto a X defendeque as pessoas são preguiçosas, evitam o trabalho e responsabilidades, queprecisam de controle ou um líder e que são ingênuas e sem iniciativa, a Y impõe queas pessoas são esforçadas, que para elas o trabalho é uma coisa tão natural comobrincar, tem iniciativas e procuram desafios, assim apoiando os trabalhadores acrescer no ambiente de trabalho, isso impõe ne uma melhora e uma condição devida melhor. Este texto é realmente útil para pessoas que querem o sucesso e oconhecimento do modo de trabalho de organizações. Essa breve explicação dasteorias estará bem mais ampla no livro de Idalberto, com melhores recomendaçõesa pessoas que querem o crescer na organização. Base para a resenha: Livro: Teoria geral da administração, de Idalberto Chiavenato, grandeaconselhador de trabalhadores, principalmente na área da administração. Nãopodemos esquecer de citar outros livros escritos por ele, como: Recursos Humanos,Gestão de pessoas, Administração geral e publica , entre outros. Rafael Nunes de Siqueira Carneiro, Acadêmico do curso técnico deadministração da ETEC Guaracy Silveira e suas extensões.

×