SlideShare uma empresa Scribd logo
ETEC Guaracy Silveira




ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA: DIVISÃO RACIONAL DO TRABALHO

                        Robson Porfírio dos Santos, 28, ET-Z




                      São Paulo
                        2012
RESENHA


Organização Racional do Trabalho


Sobre o Livro: CHIAVENATO, Idalberto, Introdução à Teoria Geral da Administração,
7ª ed. Ver. e Atual. Rio de Janeiro, Elsevier, 2003


A proposta do livro é apresentar ao público as teorias que consolidaram a
administração na sociedade, não a restringindo somente a empresas, atualmente, o
livro é destaque na área, portanto, um dos mais recomendados a todos que desejam
obter a base do conhecimento do ramo de administração de empresas.


O tema abordado a seguir, tem como meta, esclarecer o leitor, os princípios da
primeira Teoria Administrativa: Conhecida como Teoria Científica ou Teoria de
Taylor idealizada por Frederick Taylor fundou seus princípios, a partir da análise dos
setores das fábricas, a qual trabalhou de operário a engenheiro-chefe. As fábricas
resultantes da primeira Revolução Industrial marcaram a fragilidade da organização
das fábricas do período que necessitava de um modelo a qual pudesse atingir a
maior eficiência, para isto, Taylor, em sua teoria deu ênfase às tarefas.


Para fundamentar sua teoria, Taylor buscou através dos métodos científicos,
explicitar às tarefas. O então operário viu que os conflitos, ocorridos entre chefes e
operários, podiam ser resolvidos através da racionalização das tarefas, a qual
poderia satisfazer tanto o operário quanto o líder. Em sua análise, pôde então
concluir que o trabalho é executado melhor e mais economicamente por meio da
análise do trabalho, isto é, a divisão e, se necessária, uma subdivisão das
atividades. Os movimentos inúteis gerados pelo excesso de trabalho, a que o
proletariado era submetido, seriam eliminados, enquanto os movimentos úteis eram
simplificados, a essa visualização seguia-se um dos principais estudos da teoria, o
de Tempos e Movimentos. Essa divisão do trabalho trouxe imediatas melhorias,
entre esses benefícios, os quais obtiveram êxito foram: As eliminações do
desperdício de esforço humano e dos movimentos inúteis; racionalização da seleção
e adaptação dos operários à tarefa e distribuição uniforme do trabalho.
A decomposição de tempos e movimentos baseou-se também na anatomia e na
fisiologia humana, concluiu-se através da pesquisa, que os efeitos provocados pela
fadiga influenciavam a produtividade do operário e reduzia a eficiência das tarefas, a
resolução para o empecilho foi a divisão do trabalho e a especialização do operário
a fim de elevar sua produtividade. Após o fim do estudo, Taylor, pois, concluiu:
“Tarefa é toda atividade executada por uma pessoa no seu trabalho dentro da
organização”, logo após disse: “Cargo é o conjunto de tarefas executadas de
maneira cíclica ou repetitiva.” Como resultante desta conclusão da composição,
temos a admissão de empregados com qualificações mínimas e salários menores,
reduzindo os custos de produção, ou seja, a remuneração vem de acordo ao cargo e
produção, consequentemente, a diminuição de custos de treinamento de novos
funcionários. Contudo, o apoio dos funcionários ao cumprimento das tarefas não é
totalmente crível, para solucionar a questão, criou-se o plano de incentivos salariais
e de prêmios de produção, fundamentava-se na remuneração baseada no tempo de
produção.


A Administração Científica baseou-se no conceito do homem econômico: Toda
pessoa é naturalmente influenciada por recompensas salariais, econômicas e
materiais, logo, o homem procura o trabalho não porque gosta dele, mas como um
meio de ganhar a vida por meio do salário que o trabalho proporciona. Assim, as
recompensas salariais e os prêmios de produção influenciam os esforços individuais
do trabalho, fazendo com que o trabalhador desenvolva o máximo de produção de
que é fisicamente capaz para obter um ganho maior.


No comparativo à Teoria da Burocracia idealizada por Max Weber, há o
antagonismo na ênfase dos estudos. Weber priorizou a organização racional,
entretanto Taylor enfatizou a tarefa, já que, as manufaturas industriais não detinham
de alguma forma de organização. Estas fábricas industriais se expandiram, por
meio, principalmente, da segunda revolução industrial e tornaram-se complexas, já
que não visavam somente à produção. O modelo científico era ultrapassado para
atender às necessidades empresariais, a teoria burocrática, surgiu para cobrir as
fendas, onde seguiu uma das características do Taylorismo, a racionalidade, a soma
deste fator com a necessidade de uma organização que abrangesse as diferentes
estruturas que mantinham as novas empresas, consolidou a teoria de Weber na
administração.


A administração científica tem seu alto relevo na história da administração, pois foi a
primeira a tentar organizar as fábricas industriais, o filme tempos modernos (1936),
mostra-nos a aplicação da teoria à prática, onde há grande desgaste físico e
emocional dos funcionários provocados pela excessiva padronização das ações e
longos períodos de tempo executando-as. Tudo isso regado com um senso de
humor crítico, que provoca no telespectador a reflexão. Qualquer anacronismo
aplicado após a análise é um erro pífio, pois anterior à teoria, nada existira para
fundamentar a administração. Sua imparcialidade em relação à estrutura
empresarial levou a criação de sequentes teorias a fim de fortalecer a administração.


Como pesquisador do conteúdo resenhado, recomendo a todos que desejam ou
cursam administração, sugiro também, aos estudantes de economia, as teorias
administrativas, não somente a científica, também influenciaram a economia do
século XIX e deixaram marcas na história econômica até os dias atuais.


O excerto, a qual descrevi e analisei, é de autoria de Idalberto Chiavenato (1936),
gabaritado na área administrativa, atua como conselheiro do Conselho Regional de
Administração de São Paulo (CRA-SP) e fundador do Instituto Chiavenato de
Educação. Cursou doutorado em Administração pela City University of Los
Angeles/EUA. Contém mais de vinte obras de imenso destaque no mercado
nacional e internacional, no qual está incluída, Introdução à Teoria Geral da
Administração, e por êxito é ganhador de variados prêmios e títulos por suas
magníficas obras.


Robson Porfírio
Aluno de Gestão Empresarial I pertencente à grade curricular do primeiro módulo do
curso técnico de administração da Escola Técnica Guaracy Silveira, Pinheiros, São
Paulo, Brasil.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Resenha - Princípios da ADM Científica
Resenha - Princípios da ADM CientíficaResenha - Princípios da ADM Científica
Resenha - Princípios da ADM Científica
admetz01
 
Modelos Organizacionais de Taylor, Fayol e Weber
Modelos Organizacionais de Taylor, Fayol e WeberModelos Organizacionais de Taylor, Fayol e Weber
Modelos Organizacionais de Taylor, Fayol e Weber
Tonigerley Silveira
 
02 administração (taylorismo)
02   administração (taylorismo)02   administração (taylorismo)
02 administração (taylorismo)
Elizeu Ferro
 
Taylor admcientifica
Taylor admcientificaTaylor admcientifica
Taylor admcientifica
carlomitro
 
Frederick Winslow Taylor
Frederick Winslow TaylorFrederick Winslow Taylor
Frederick Winslow Taylor
Laura Marcht
 
Administraçao Científica (Taylorismo)
Administraçao Científica (Taylorismo)Administraçao Científica (Taylorismo)
Administraçao Científica (Taylorismo)
admetz01
 
UMA ABORDAGEM CONTEMPORÂNEA: Teoria dos Sistemas
UMA ABORDAGEM CONTEMPORÂNEA: Teoria dos SistemasUMA ABORDAGEM CONTEMPORÂNEA: Teoria dos Sistemas
UMA ABORDAGEM CONTEMPORÂNEA: Teoria dos Sistemas
Mário Januário Filho
 
Frederick winslow taylor
Frederick winslow taylorFrederick winslow taylor
Frederick winslow taylor
Natália Carvalho
 
Seminário de TGA - Taylor
Seminário de TGA - TaylorSeminário de TGA - Taylor
Seminário de TGA - Taylor
roneison
 
Teorias gerais da administração
Teorias gerais da administraçãoTeorias gerais da administração
Teorias gerais da administração
Silvia Raquel Freitas Vieira
 
Abod classica
Abod classicaAbod classica
Aula 2.2 administração cientifica
Aula 2.2  administração cientificaAula 2.2  administração cientifica
Aula 2.2 administração cientifica
Jose Angelo Ferreira
 
Os seguidores das idéias de taylor aula 06-03-012
Os seguidores das idéias de taylor  aula 06-03-012Os seguidores das idéias de taylor  aula 06-03-012
Os seguidores das idéias de taylor aula 06-03-012
Helena Reis
 
Fundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylorFundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylor
Rafael Santos
 
Administração(1) livro
Administração(1) livroAdministração(1) livro
Administração(1) livro
Ale Oriente
 
Atps teorias da administração
Atps teorias da administraçãoAtps teorias da administração
Atps teorias da administração
SIMONE GOUVEA
 
Aula 2 Adm CientíFica
Aula 2 Adm CientíFicaAula 2 Adm CientíFica
Aula 2 Adm CientíFica
Universidade
 
UNIDADE II -FAA001.ppt
UNIDADE II -FAA001.pptUNIDADE II -FAA001.ppt
UNIDADE II -FAA001.ppt
PauloCesarAraujoNegr
 

Mais procurados (18)

Resenha - Princípios da ADM Científica
Resenha - Princípios da ADM CientíficaResenha - Princípios da ADM Científica
Resenha - Princípios da ADM Científica
 
Modelos Organizacionais de Taylor, Fayol e Weber
Modelos Organizacionais de Taylor, Fayol e WeberModelos Organizacionais de Taylor, Fayol e Weber
Modelos Organizacionais de Taylor, Fayol e Weber
 
02 administração (taylorismo)
02   administração (taylorismo)02   administração (taylorismo)
02 administração (taylorismo)
 
Taylor admcientifica
Taylor admcientificaTaylor admcientifica
Taylor admcientifica
 
Frederick Winslow Taylor
Frederick Winslow TaylorFrederick Winslow Taylor
Frederick Winslow Taylor
 
Administraçao Científica (Taylorismo)
Administraçao Científica (Taylorismo)Administraçao Científica (Taylorismo)
Administraçao Científica (Taylorismo)
 
UMA ABORDAGEM CONTEMPORÂNEA: Teoria dos Sistemas
UMA ABORDAGEM CONTEMPORÂNEA: Teoria dos SistemasUMA ABORDAGEM CONTEMPORÂNEA: Teoria dos Sistemas
UMA ABORDAGEM CONTEMPORÂNEA: Teoria dos Sistemas
 
Frederick winslow taylor
Frederick winslow taylorFrederick winslow taylor
Frederick winslow taylor
 
Seminário de TGA - Taylor
Seminário de TGA - TaylorSeminário de TGA - Taylor
Seminário de TGA - Taylor
 
Teorias gerais da administração
Teorias gerais da administraçãoTeorias gerais da administração
Teorias gerais da administração
 
Abod classica
Abod classicaAbod classica
Abod classica
 
Aula 2.2 administração cientifica
Aula 2.2  administração cientificaAula 2.2  administração cientifica
Aula 2.2 administração cientifica
 
Os seguidores das idéias de taylor aula 06-03-012
Os seguidores das idéias de taylor  aula 06-03-012Os seguidores das idéias de taylor  aula 06-03-012
Os seguidores das idéias de taylor aula 06-03-012
 
Fundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylorFundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylor
 
Administração(1) livro
Administração(1) livroAdministração(1) livro
Administração(1) livro
 
Atps teorias da administração
Atps teorias da administraçãoAtps teorias da administração
Atps teorias da administração
 
Aula 2 Adm CientíFica
Aula 2 Adm CientíFicaAula 2 Adm CientíFica
Aula 2 Adm CientíFica
 
UNIDADE II -FAA001.ppt
UNIDADE II -FAA001.pptUNIDADE II -FAA001.ppt
UNIDADE II -FAA001.ppt
 

Semelhante a Resenha - ADM Científica: Divisão Racional do Trabalho

Aula3
Aula3Aula3
Aulas de TGA
Aulas de TGAAulas de TGA
Aulas de TGA
Pedro César
 
Organização Contemporânea 3
Organização Contemporânea 3Organização Contemporânea 3
Organização Contemporânea 3
Future Press, E-Press, Presentations,
 
Teoria geral da administração
Teoria geral da administraçãoTeoria geral da administração
Teoria geral da administração
Denis Carlos Sodré
 
Aps adm 2013
Aps adm 2013Aps adm 2013
Aps adm 2013
Celeste Lys
 
Gso temas trabalho
Gso temas trabalhoGso temas trabalho
Gso temas trabalho
Walter Calombe
 
Teoria da Administração
Teoria da AdministraçãoTeoria da Administração
Teoria da Administração
Siebra Neto
 
Teoria da Administração
Teoria da AdministraçãoTeoria da Administração
Teoria da Administração
Siebra Neto
 
Fundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylorFundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylor
Rafael Santos
 
Aula de Administração ABORDAGEM CLASSICA.pdf
Aula de Administração ABORDAGEM CLASSICA.pdfAula de Administração ABORDAGEM CLASSICA.pdf
Aula de Administração ABORDAGEM CLASSICA.pdf
Pedro Luis Moraes
 
Resenha - Princípios da ADM Científica [2]
Resenha - Princípios da ADM Científica [2]Resenha - Princípios da ADM Científica [2]
Resenha - Princípios da ADM Científica [2]
admetz01
 
Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1
Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1
Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1
Niloar Bissani
 
Adinstração cientifca resumo taylor
Adinstração cientifca resumo taylorAdinstração cientifca resumo taylor
Adinstração cientifca resumo taylor
Leonel Mendes
 
Aula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.ppt
Aula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.pptAula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.ppt
Aula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.ppt
AntonioCarlosMarques20
 
54814206 taylor-e-fayol
54814206 taylor-e-fayol54814206 taylor-e-fayol
54814206 taylor-e-fayol
Mel Morgann
 
ADMNISTRA CIENT. CLASS.pptx
ADMNISTRA CIENT. CLASS.pptxADMNISTRA CIENT. CLASS.pptx
ADMNISTRA CIENT. CLASS.pptx
ArmandoPedroJonas
 
teorias administrativas - administração em enfermagem
teorias administrativas - administração em enfermagemteorias administrativas - administração em enfermagem
teorias administrativas - administração em enfermagem
Rafael Lima
 
Teoria Adm Cientifica
Teoria Adm CientificaTeoria Adm Cientifica
Teoria Adm Cientifica
UEM
 
Anexo apostilha adm.2
Anexo apostilha adm.2Anexo apostilha adm.2
Anexo apostilha adm.2
angelo nagahy
 
Abordagem clássica da administração
Abordagem clássica da administraçãoAbordagem clássica da administração
Abordagem clássica da administração
Marcio Galvao
 

Semelhante a Resenha - ADM Científica: Divisão Racional do Trabalho (20)

Aula3
Aula3Aula3
Aula3
 
Aulas de TGA
Aulas de TGAAulas de TGA
Aulas de TGA
 
Organização Contemporânea 3
Organização Contemporânea 3Organização Contemporânea 3
Organização Contemporânea 3
 
Teoria geral da administração
Teoria geral da administraçãoTeoria geral da administração
Teoria geral da administração
 
Aps adm 2013
Aps adm 2013Aps adm 2013
Aps adm 2013
 
Gso temas trabalho
Gso temas trabalhoGso temas trabalho
Gso temas trabalho
 
Teoria da Administração
Teoria da AdministraçãoTeoria da Administração
Teoria da Administração
 
Teoria da Administração
Teoria da AdministraçãoTeoria da Administração
Teoria da Administração
 
Fundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylorFundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylor
 
Aula de Administração ABORDAGEM CLASSICA.pdf
Aula de Administração ABORDAGEM CLASSICA.pdfAula de Administração ABORDAGEM CLASSICA.pdf
Aula de Administração ABORDAGEM CLASSICA.pdf
 
Resenha - Princípios da ADM Científica [2]
Resenha - Princípios da ADM Científica [2]Resenha - Princípios da ADM Científica [2]
Resenha - Princípios da ADM Científica [2]
 
Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1
Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1
Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1
 
Adinstração cientifca resumo taylor
Adinstração cientifca resumo taylorAdinstração cientifca resumo taylor
Adinstração cientifca resumo taylor
 
Aula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.ppt
Aula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.pptAula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.ppt
Aula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.ppt
 
54814206 taylor-e-fayol
54814206 taylor-e-fayol54814206 taylor-e-fayol
54814206 taylor-e-fayol
 
ADMNISTRA CIENT. CLASS.pptx
ADMNISTRA CIENT. CLASS.pptxADMNISTRA CIENT. CLASS.pptx
ADMNISTRA CIENT. CLASS.pptx
 
teorias administrativas - administração em enfermagem
teorias administrativas - administração em enfermagemteorias administrativas - administração em enfermagem
teorias administrativas - administração em enfermagem
 
Teoria Adm Cientifica
Teoria Adm CientificaTeoria Adm Cientifica
Teoria Adm Cientifica
 
Anexo apostilha adm.2
Anexo apostilha adm.2Anexo apostilha adm.2
Anexo apostilha adm.2
 
Abordagem clássica da administração
Abordagem clássica da administraçãoAbordagem clássica da administração
Abordagem clássica da administração
 

Mais de admetz01

Resenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e Flexível
Resenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e FlexívelResenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e Flexível
Resenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e Flexível
admetz01
 
Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas
Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas
Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas
admetz01
 
Resenha: Teoria das Relações Humanas
Resenha: Teoria das Relações HumanasResenha: Teoria das Relações Humanas
Resenha: Teoria das Relações Humanas
admetz01
 
Resenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da Organização
Resenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da OrganizaçãoResenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da Organização
Resenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da Organização
admetz01
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
admetz01
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
Resenha: Hierarquização das Necessidades de MaslowResenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
admetz01
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
admetz01
 
Resenha - Teoria Estruturalista: Estratégia Organizacional
Resenha - Teoria Estruturalista: Estratégia OrganizacionalResenha - Teoria Estruturalista: Estratégia Organizacional
Resenha - Teoria Estruturalista: Estratégia Organizacional
admetz01
 
Resenha: Teoria Contingencial: Ambiente
Resenha: Teoria Contingencial: AmbienteResenha: Teoria Contingencial: Ambiente
Resenha: Teoria Contingencial: Ambiente
admetz01
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois Fatores
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois FatoresResenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois Fatores
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois Fatores
admetz01
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]
admetz01
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e YResenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y
admetz01
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria das Idéias
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria das IdéiasResenha - Teoria Comportamental: Teoria das Idéias
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria das Idéias
admetz01
 
Resenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e Especialização
Resenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e EspecializaçãoResenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e Especialização
Resenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e Especialização
admetz01
 
Resenha - Teoria Clássica: Departamentalização
Resenha - Teoria Clássica: DepartamentalizaçãoResenha - Teoria Clássica: Departamentalização
Resenha - Teoria Clássica: Departamentalização
admetz01
 
Resenha - Teoria Clássica
Resenha - Teoria ClássicaResenha - Teoria Clássica
Resenha - Teoria Clássica
admetz01
 
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e AutoridadeResenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade
admetz01
 
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]
admetz01
 
Teoria Contingencial
Teoria ContingencialTeoria Contingencial
Teoria Contingencial
admetz01
 
Teoria Neoclássica
Teoria NeoclássicaTeoria Neoclássica
Teoria Neoclássica
admetz01
 

Mais de admetz01 (20)

Resenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e Flexível
Resenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e FlexívelResenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e Flexível
Resenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e Flexível
 
Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas
Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas
Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas
 
Resenha: Teoria das Relações Humanas
Resenha: Teoria das Relações HumanasResenha: Teoria das Relações Humanas
Resenha: Teoria das Relações Humanas
 
Resenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da Organização
Resenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da OrganizaçãoResenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da Organização
Resenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da Organização
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
Resenha: Hierarquização das Necessidades de MaslowResenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
 
Resenha - Teoria Estruturalista: Estratégia Organizacional
Resenha - Teoria Estruturalista: Estratégia OrganizacionalResenha - Teoria Estruturalista: Estratégia Organizacional
Resenha - Teoria Estruturalista: Estratégia Organizacional
 
Resenha: Teoria Contingencial: Ambiente
Resenha: Teoria Contingencial: AmbienteResenha: Teoria Contingencial: Ambiente
Resenha: Teoria Contingencial: Ambiente
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois Fatores
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois FatoresResenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois Fatores
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois Fatores
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e YResenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria das Idéias
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria das IdéiasResenha - Teoria Comportamental: Teoria das Idéias
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria das Idéias
 
Resenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e Especialização
Resenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e EspecializaçãoResenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e Especialização
Resenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e Especialização
 
Resenha - Teoria Clássica: Departamentalização
Resenha - Teoria Clássica: DepartamentalizaçãoResenha - Teoria Clássica: Departamentalização
Resenha - Teoria Clássica: Departamentalização
 
Resenha - Teoria Clássica
Resenha - Teoria ClássicaResenha - Teoria Clássica
Resenha - Teoria Clássica
 
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e AutoridadeResenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade
 
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]
 
Teoria Contingencial
Teoria ContingencialTeoria Contingencial
Teoria Contingencial
 
Teoria Neoclássica
Teoria NeoclássicaTeoria Neoclássica
Teoria Neoclássica
 

Resenha - ADM Científica: Divisão Racional do Trabalho

  • 1. ETEC Guaracy Silveira ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA: DIVISÃO RACIONAL DO TRABALHO Robson Porfírio dos Santos, 28, ET-Z São Paulo 2012
  • 2. RESENHA Organização Racional do Trabalho Sobre o Livro: CHIAVENATO, Idalberto, Introdução à Teoria Geral da Administração, 7ª ed. Ver. e Atual. Rio de Janeiro, Elsevier, 2003 A proposta do livro é apresentar ao público as teorias que consolidaram a administração na sociedade, não a restringindo somente a empresas, atualmente, o livro é destaque na área, portanto, um dos mais recomendados a todos que desejam obter a base do conhecimento do ramo de administração de empresas. O tema abordado a seguir, tem como meta, esclarecer o leitor, os princípios da primeira Teoria Administrativa: Conhecida como Teoria Científica ou Teoria de Taylor idealizada por Frederick Taylor fundou seus princípios, a partir da análise dos setores das fábricas, a qual trabalhou de operário a engenheiro-chefe. As fábricas resultantes da primeira Revolução Industrial marcaram a fragilidade da organização das fábricas do período que necessitava de um modelo a qual pudesse atingir a maior eficiência, para isto, Taylor, em sua teoria deu ênfase às tarefas. Para fundamentar sua teoria, Taylor buscou através dos métodos científicos, explicitar às tarefas. O então operário viu que os conflitos, ocorridos entre chefes e operários, podiam ser resolvidos através da racionalização das tarefas, a qual poderia satisfazer tanto o operário quanto o líder. Em sua análise, pôde então concluir que o trabalho é executado melhor e mais economicamente por meio da análise do trabalho, isto é, a divisão e, se necessária, uma subdivisão das atividades. Os movimentos inúteis gerados pelo excesso de trabalho, a que o proletariado era submetido, seriam eliminados, enquanto os movimentos úteis eram simplificados, a essa visualização seguia-se um dos principais estudos da teoria, o de Tempos e Movimentos. Essa divisão do trabalho trouxe imediatas melhorias, entre esses benefícios, os quais obtiveram êxito foram: As eliminações do desperdício de esforço humano e dos movimentos inúteis; racionalização da seleção e adaptação dos operários à tarefa e distribuição uniforme do trabalho.
  • 3. A decomposição de tempos e movimentos baseou-se também na anatomia e na fisiologia humana, concluiu-se através da pesquisa, que os efeitos provocados pela fadiga influenciavam a produtividade do operário e reduzia a eficiência das tarefas, a resolução para o empecilho foi a divisão do trabalho e a especialização do operário a fim de elevar sua produtividade. Após o fim do estudo, Taylor, pois, concluiu: “Tarefa é toda atividade executada por uma pessoa no seu trabalho dentro da organização”, logo após disse: “Cargo é o conjunto de tarefas executadas de maneira cíclica ou repetitiva.” Como resultante desta conclusão da composição, temos a admissão de empregados com qualificações mínimas e salários menores, reduzindo os custos de produção, ou seja, a remuneração vem de acordo ao cargo e produção, consequentemente, a diminuição de custos de treinamento de novos funcionários. Contudo, o apoio dos funcionários ao cumprimento das tarefas não é totalmente crível, para solucionar a questão, criou-se o plano de incentivos salariais e de prêmios de produção, fundamentava-se na remuneração baseada no tempo de produção. A Administração Científica baseou-se no conceito do homem econômico: Toda pessoa é naturalmente influenciada por recompensas salariais, econômicas e materiais, logo, o homem procura o trabalho não porque gosta dele, mas como um meio de ganhar a vida por meio do salário que o trabalho proporciona. Assim, as recompensas salariais e os prêmios de produção influenciam os esforços individuais do trabalho, fazendo com que o trabalhador desenvolva o máximo de produção de que é fisicamente capaz para obter um ganho maior. No comparativo à Teoria da Burocracia idealizada por Max Weber, há o antagonismo na ênfase dos estudos. Weber priorizou a organização racional, entretanto Taylor enfatizou a tarefa, já que, as manufaturas industriais não detinham de alguma forma de organização. Estas fábricas industriais se expandiram, por meio, principalmente, da segunda revolução industrial e tornaram-se complexas, já que não visavam somente à produção. O modelo científico era ultrapassado para atender às necessidades empresariais, a teoria burocrática, surgiu para cobrir as fendas, onde seguiu uma das características do Taylorismo, a racionalidade, a soma deste fator com a necessidade de uma organização que abrangesse as diferentes
  • 4. estruturas que mantinham as novas empresas, consolidou a teoria de Weber na administração. A administração científica tem seu alto relevo na história da administração, pois foi a primeira a tentar organizar as fábricas industriais, o filme tempos modernos (1936), mostra-nos a aplicação da teoria à prática, onde há grande desgaste físico e emocional dos funcionários provocados pela excessiva padronização das ações e longos períodos de tempo executando-as. Tudo isso regado com um senso de humor crítico, que provoca no telespectador a reflexão. Qualquer anacronismo aplicado após a análise é um erro pífio, pois anterior à teoria, nada existira para fundamentar a administração. Sua imparcialidade em relação à estrutura empresarial levou a criação de sequentes teorias a fim de fortalecer a administração. Como pesquisador do conteúdo resenhado, recomendo a todos que desejam ou cursam administração, sugiro também, aos estudantes de economia, as teorias administrativas, não somente a científica, também influenciaram a economia do século XIX e deixaram marcas na história econômica até os dias atuais. O excerto, a qual descrevi e analisei, é de autoria de Idalberto Chiavenato (1936), gabaritado na área administrativa, atua como conselheiro do Conselho Regional de Administração de São Paulo (CRA-SP) e fundador do Instituto Chiavenato de Educação. Cursou doutorado em Administração pela City University of Los Angeles/EUA. Contém mais de vinte obras de imenso destaque no mercado nacional e internacional, no qual está incluída, Introdução à Teoria Geral da Administração, e por êxito é ganhador de variados prêmios e títulos por suas magníficas obras. Robson Porfírio Aluno de Gestão Empresarial I pertencente à grade curricular do primeiro módulo do curso técnico de administração da Escola Técnica Guaracy Silveira, Pinheiros, São Paulo, Brasil.