O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

TEORIA COMPORTAMENtAL DA ADMINISTRAÇÃO.pptx

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 16 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Mais recentes (20)

Anúncio

TEORIA COMPORTAMENtAL DA ADMINISTRAÇÃO.pptx

  1. 1. TEORIA COMPORTAMENTAL DA ADMINISTRAÇÃO D I S C I P L I N A: T E O R I A G E R AL D A AD M I N I S T R A Ç Ã O
  2. 2. TÓPICOS: 1- CONTEXTO HISTÓRICO E DEFINIÇÃO DE TEORIA ADMINISTRATIVA 2- CONCEITO DE "O HOMEM ADMINISTRATIVO” 3- TEORIA COMPORTAMENTAL I 4- TEORIA COMPORTAMENTAL II GRUPO: JOÃO BISMARCK AZEVEDO LÍLLIAN LOPES DE CASTRO NARA SANTOS THAIS HALANE S. DE ARAÚJO
  3. 3. CONTEXTO HISTÓRICO E DEFINIÇÕES DE TEORIA COMPORTAMENTAL • Herbert A. Simon dá início a Teoria Comportamental na administração a partir da publicação de seu livro “Comportamento Administrativo”, em 1947. • Teoria Clássica – Teoria das Relações Humanas – Teoria Comportamental • A oposição definitiva da Teoria das Relações Humanas em relação à Teoria Clássica caminhou para um segundo estágio: a Teoria Comportamental, que representa uma nova tentativa de síntese da teoria da organização formal com o enfoque nas relações humanas.
  4. 4. • Comportamento significa “a maneira pela qual um indivíduo, ou uma organização, age ou reage em suas interações com o meio ambiente e em resposta aos estímulos que dele recebe.” (CHIAVENATTO, 2003) • A aplicação da teoria comportamental em administração tem como objetivo a avaliação da eficácia e dos resultados por meio da gestão de pessoas. • A partir dos estudos da teoria comportamental, há um entendimento do homem como um ser pensante, capaz de mudar suas atitudes de acordo com seus objetivos. • A teoria comportamental no entanto apresenta algumas falhas: a teoria padroniza os fenômenos comportamentais, generalizando e dividindo as pessoas em “racionais e não racionais”, “eficientes e não eficientes”, “satisfeitos e não satisfeitos”, desprezando assim as diferenças individuais e de personalidade. (CHIAVENATTO, 2003) TEORIA COMPORTAMENTAL EM ADMINISTRAÇÃO
  5. 5. CONCEITO DE "HOMEM ADMINISTRATIVO" • Segundo CHIAVENATO (2004), "O homem administrativo procura uma maneira satisfatória de realizar as tarefas e não a melhor maneira. Ele se contenta com o que pode ser feito, dentro de suas possibilidade. Não procura a melhor decisão, mas a mais adequada para a situação.
  6. 6. • O homem é um ser social dotado de necessidades. O homem é um ser dotado de sistema psíquico, o ser humano tem capacidade de organizar suas percepções. • O homem tem capacidade de articular a linguagem com o raciocínio abstrato . O homem é um ser dotado de aptidão para aprender, isto é, de mudar seu comportamento e atitudes em direção a padrões cada vez mais elevados. QUAIS SÃO AS BASES DA TEORIA COMPORTAMENTAL?
  7. 7. TEORIA COMPORTAMENTAL I • TEORIA DE DOIS FATORES: Também conhecida como Teoria de Herzberg , trata-se da idéia de dois fatores- referente ás condições de trabalho e as relações interpessoais- são responsáveis pela satisfação e motivação dos colaboradores de uma empresa. • TEORIA DA NECESSIDADE ADQUIRIDA DE DAVID McCLEELAND: McCleeland considera que as pessoas possuem a necessidade de realização como motivadora, focando no crescimento pessoal e preferencialmente sozinhas. Um aspecto importante é que as pessoas que tem essa necessidade evitam tarefas que veem como muito fáceis ou muito difíceis. • TEORIA DO EQUILÍBRIO ORGANIZACIONAL DE HERBERT SIMON: Os estudos de Herbert A. Simon no campo da teoria organizacional tinham como motivação principal a preocupaçao com o real comportamento do se humano junto ás organizações . Entre as suas principais teses defendidas o que lhe rendeu maior reconhecimento foi a preposição da teoria da racionalidade limitada.
  8. 8. CARACTERÍSTICAS DA TEORIA DE ADMINISTRAÇÃO X: 1- Vigilância e fiscalização das pessoas. 2- Desconfiança nas pessoas. 3- Imposição de regras e regulamentos. 4- Descrédito nas pessoas. 5- Atividade rotineira para as pessoas. 6- Pessoas como recursos produtivos. CARACTERÍSTICAS DA TEORIA DE ADMINISTRAÇÃO Y: 1- Confiança nas pessoas. 2- Liberdade e autonomia. 3- Pessoas como parceiros da organização. 4- Democracia e participação. 5- Atividades criativa para as pessoas.
  9. 9. TEORIA COMPORTAMENTAL II • . Hierarquia de Necessidades de Maslow A Pirâmide de Maslow, também chamada de Teoria da Hierarquia das Necessidades Humanas, tem como fundamento o princípio de que a motivação de uma pessoa e seus níveis de satisfação, podem ser baseados numa relação hierárquica direcionada que apresente as necessidades humanas. Maslow pareceu jamais se preocupar com a testagem empírica de sua teoria de motivação e talvez por isso não tenha procurado definir operacionalmente as categorias de necessidades. Contudo ele apresenta definições feitas a partir da observação dos desejos emitidos por seus pacientes. Esses desejos constituem uma manifestação consciente das necessidades e são apenas um meio para determinado fim.
  10. 10. Criada pelo psicólogo humanista norte-americano Abraham Maslow, a pirâmide foi idealizada em cima de estudos do comportamento humano, inicialmente, a pesquisa de Maslow foi feita com macacos, onde foi analisado que seu comportamento era alterado conforme determinadas necessidades fisiológicas. Quando não eram alimentados, por exemplo, tornavam- se agressivos; após comerem, tornavam-se dóceis. A PIRÂMIDE DE MASLOW
  11. 11. 1. Fisiológicas: incluem fome, sede, abrigo, sexo e outras necessidades corporais. 2. Segurança: inclui segurança e proteção contra danos físicos e emocionais. 3. Sociais: Incluem afeição, aceitação, amizade e sensação de pertencer a um grupo. 4. Estima: Inclui fatores internos de estima, como respeito próprio, realização e autonomia; e fatores externos de estima, como status, reconhecimento e atenção. 5. Auto-realização: a intenção de tornar-se tudo aquilo que a pessoa é capaz de ser; inclui crescimento, autodesenvolvimento e alcance do próprio potencial. A PIRÂMIDE DE MASLOW
  12. 12. Teoria da Expectativa de Victor Vroom; Teoria da Aceitação da Autoridade de Barnard; Teoria da Decisão de Herbert Simon; Teoria de Campo de Kurt Lewin. PODEMOS DESTACAR OUTRAS TEORIAS COMO:
  13. 13. CONCLUSÃO O trabalho apresentado teve como finalidade mostrar as diversas teorias existentes no âmbito da administração e suas relações, em conjunto com vários estudiosos da área que possam auxiliar na identificação de um perfil profissional, cujo objetivo é evidenciar como as formas de relacionamento de empregado e empregador influenciam diretamente na produtividade de uma empresa e na contribuição motivacional para um bom desempenho do colaborador.
  14. 14. REFERÊNCIAS • E SOUZA, Leonardo Paulo; OLIVEIRA, Adalton; CALVO, Emanuel Alves. Aplicação da Teoria X e Y de Douglas McGregor. ETIC- ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA-ISSN 21-76-8498, v. 8, n. 8, 2015. • MICHEL, Murillo. As teorias X e Y e suas potencialidades de aplicação a sistemas administrativos de recursos humanos em organizações nos dias atuais. Revista Eletrônica de Administração, Porto Alegre, n. 8, 2005. • MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Teoria Geral da Administração. 2. Ed. São Paulo: Atlas, 2012. P. 357. • COSTA, Maria Helena Carvalho et al. As contribuições da teoria comportamental da administração para a inovação das políticas de gestão de recursos humanos: o Homus Administrativus como parte central da evolução da organização. Administração, empreendedorismo e inovação 2. Editora Atena, 2019. • CHIAVANETO, Idalberto; Introdução à Teoria Geral da Administração. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003. • NOGUEIRA, Arnaldo Mazzei. Teoria geral da administração para o século XXI. São Paulo: Ática, 2007. 376 p. • HESKETH, José Luiz; COSTA, Maria T. P. M.. Construção de um instrumento para medida de satisfação no trabalho. Rev. Adm. Emp., Rio de Janeiro, v. 3, n. 20, p. 59-68, jul. 1980. Trimestral. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rae/a/wRPK5jffJpKHwrxcSj4M7tf/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 17 maio 2022 • VIANA, Jaya. Pirâmide de Maslow: o que é, para que serve e como aplicar. o que é, para que serve e como aplicar. 2021. Disponível em: https://keeps.com.br/piramide-de-maslow-o-que-e-para-que-serve-e-como-aplicar/. Acesso em: 17 maio 2022. • SAMPAIO, J. R. A gestão das pessoas e a motivação: O Maslow desconhecido. HSM Management, São Paulo, n. 25. out. 2005. • CORSO, José Flávio de Moura. Teoria comportamental e técnicas de liderança na formação de equipes. Trabalho de conclusão de curso – Gestão Estratégica de Empresas, Instituto Superior de Administração e Economia do Mercosul, Curitiba. 2015. Disponível em: < http://repositorio.isaebrasil.com.br/wp-content/uploads/2020/05/mbagee_3-13_jos-flvio-de-moura-corso.pdf > Acesso em: 18 maio 2022. • CARVALHO, Lúcia Maria Gadelha de. Introdução à Teoria Geral da Administração. Caderno Pedagógico. Secretaria de Estado da Educação – SEED. Universidade Estadual de Maringá – UEM. Maringá, 2008. Disponível em: < http://www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/producoes_pde/md_lucia_maria_gadelha_carvalho.pdf> Acesso em: 18 maio 2022.
  15. 15. QUESTIONÁRIO RÁPIDO • 1- Qual o objetivo da teoria comportamental na administração? • 2- A teoria comportamental apresenta algumas falhas, quais são elas? • 3- Quais são as bases da teoria comportamental? • 4- Quais são os pilares da Pirâmide das Maslow? • 5- Quais as características da administração X e Y?

×