ETEC GUARACY SILVEIRA           ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICANATHALYA KATHERYNE DE L. B. SILVA - Nº24 - 1ºET-Z                 ...
TEORIA CIENTÍFICA      Chiavenato, Idalberto. Introdução á teoria geral da administração: uma visãoabrangente da moderna a...
como padronização de máquinas e ferramentas, métodos e rotinas para incentivas aprodutividade.       Os elementos da aplic...
O lado negativo se dá pelo fato de interferir em relações humanas, aspessoas     antes   dessa   revolução   trabalhavam  ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resenha - ADM Científica

1.353 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Resenha - ADM Científica

  1. 1. ETEC GUARACY SILVEIRA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICANATHALYA KATHERYNE DE L. B. SILVA - Nº24 - 1ºET-Z SÃO PAULO 2012
  2. 2. TEORIA CIENTÍFICA Chiavenato, Idalberto. Introdução á teoria geral da administração: uma visãoabrangente da moderna administração das organizações/ Idalberto Chiavenato – 7.Ed. ver. E atual. – Rio de Janeiro: Elsevier, 2003 – 13º Reimpressão A administração cientifica dá ênfase basicamente nas tarefas e recebe estenome graças à tentativa de implantar métodos científicos para resolver problemasadministrativos, por exemplo, produzir uma quantidade de produtos elevados em umpequeno tempo. O fundador desta teoria foi Frederick Winslow Taylor (1865-1915) acaracterizou da seguinte forma: “Ciência em lugar de empirismo. Harmonia no lugarde discórdia. Cooperação e não-individualismo. Rendimento máximo em lugar deprodução reduzida. Desenvolvimento de cada homem a sim de alcançar maioreficiência e prosperidade”. O autor do livro “Introdução á teoria geral da administração” para explicar aTeoria Científica passa pelo tema da Obra de Taylor - subdividindo em períodos deestudo -, a Administração como Ciência e fala sobre a Organização Racional doTrabalho - fazendo subdivisões para a explicação mais exata desta. Passa nessecapitulo essas informações de forma prática, de maneira que todos possamentender a Teoria Cientifica. A Administração Científica pode ser dividida em dois tempos: O primeiro é aanálise de tarefas de cada operário decompondo seus movimentos e processos,buscando aperfeiçoá-los e racionalizá-los. A partir das observações notou que se ofuncionário bom ganhar o mesmo valor que o ruim, ele acabará não se esforçando eproduzindo de acordo com sua capacidade. E o segundo este tópico busca explicarque as indústrias sofriam de três males: O primeiro seria Vadiagem sistemática dosoperários, que fazia com que a produção fosse menor; O segundo oDesconhecimento, pela gerencia, das rotinas de trabalho e do tempo necessáriopara a realização; E o terceiro e último a Falta de uniformidade das técnicas e dosmétodos de trabalho de trabalho. Com relação à Administração Científica acreditava que devia ser implantadoaos poucos para não gerar impactos negativos. Ela seria implantada por critérios
  3. 3. como padronização de máquinas e ferramentas, métodos e rotinas para incentivas aprodutividade. Os elementos da aplicação da Administração Científica nos padrões deprodução são: padronização de máquinas e ferramentas, métodos e rotinas, paraexecução de tarefas para execução de tarefas e prêmios de produção paraincentivar a produtividade. Há sempre um método mais rápido, com o instrumento correto para arealização de uma atividade, quando encontrados podem ser aperfeiçoados pormeio de uma análise científica e o estudo de movimentos e tempos. Essa tentativade substituir um método rudimentar em um método científico denominou-seOrganização Racional do Trabalho (ORT) A Organização Racional do Trabalho se baseia nos aspectos seguintes:Análise do trabalho e do estudo dos tempos e movimentos; Estudo de fadigahumana; Divisão do trabalho e especialização do operário; Desenho de cargos e detarefas; Incentivos salariais e prêmios de produção; Conceito de homo economicus –este conceito afirma que toda pessoa é concebida como influenciadaexclusivamente por recompensas salariais, econômicas e salariais-; Condiçõesambientais de trabalho; Padronização de métodos e máquinas; Supervisão funcional– esta é a existência de diversos supervisores, já que ocorreu a especialização dooperário deve haver a especialização da supervisão. A teoria inventada por Taylor gerou um lado positivo e um lado negativo. Foiimplantada na Revolução Industrial e foi capaz de modificar tanto o trabalho quantoas relações sociais, na época sendo mal vista pela maioria dos pobres e sendo bemaceitas pelos ricos. O lado positivo seria a mudança no momento de produção que facilitou otrabalho de todos. O produto além de ser produzido em tempo recorde exigia menoresforço. Sem contar que aumentou de forma considerável o lucro de pessoas quetrabalhavam com produção e fez, também, que alguns produtos ficassem maisacessíveis, já que com a produção sendo mais fácil e rápida o preço caiu. Em outraspalavras atingir a eficiência e a eficácia é mais fácil.
  4. 4. O lado negativo se dá pelo fato de interferir em relações humanas, aspessoas antes dessa revolução trabalhavam em manufatura, convivendodiariamente. Agora algumas pessoas não sabem se quer o nome de companheirosde setor, focando simplesmente no trabalho ou não sabem o que é produzido de fato– o que está além de suas tarefas. Após a leitura do texto, podemos dizer que as informações adquiridas atravésdele podem ser usadas para pessoas que tem um comércio pequeno – e atémanufaturado- e quer expandi-lo, industrializar, assim aumentando sua produção elucro. Para estudantes de administração que pretendem entender a estrutura dasempresas atualmente. Entre outros que vão fazer atividades relacionadas aempresas. Idalberto Chiavenato nascido em 1936 no interior do estado de São Paulo éautor de mais de 30 publicações na língua portuguesa e de 17 livros em espanhol,sendo o escritor brasileiro com o maior número de publicações na língua espanhola.É reconhecido na área de administração de empresas e de recursos humanosprincipalmente pela influência na definição e aplicação de modernos e inovadoresconceitos administrativos aplicados às organizações bem-sucedidas, como méritorecebeu dois títulos Honoris Causa no exterior em contribuição à área de RecursosHumanos. Atualmente, o professor Chiavenato atua como conselheiro no ConselhoRegional de Administração do Estado de São Paulo (CRA-SP) e presidente doInstituto Chiavenato de Educação. É um dos autores nacionais mais conhecidos erespeitados na área de Administração de Empresas e Recursos Humanos. Nathalya Katheryne de L. B. Silva aluna do curso Técnico de Administraçãoda ETEC Guaracy Silveira.

×