GC: Conceitos VS Práticas

1.308 visualizações

Publicada em

8a Ed. dos Encontros de Aprendizagem em GC&i - Apresentação de Lenadro Loss

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.308
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

GC: Conceitos VS Práticas

  1. 1. ENCONTROS DE APRENDIZAGEM EM GC&IGESTÃO DE CONHECIMENTO: CONCEITO vs. PRÁTICA Abril 2012
  2. 2. Agenda• Institucional• Gestão do conhecimento• Conceito vs. Prática – Perspectiva de Replicadores• Conceito vs. Prática – Perspectiva de Criadores• Desafios em Gestão do Conhecimento 2
  3. 3. Nossa Empresa Somos uma consultoria em gestão de negócios com foco em resultados e criação de valor. Atuamos desdobrando estratégias e redesenhando o negócio com uma visão integrada para garantir excelência na execução. Conduzimos projetos de grande amplitude e impacto que envolvem e integram diversas áreas e equipes, utilizando nossa metodologia de transformação. Investimos constantemente no desenvolvimento de pessoas, buscando a criação e a implementação de soluções inovadoras e eficientes. 3
  4. 4. Gestão de Conhecimento: Conceito
  5. 5. Replicadores ou Criadores de Conhecimento? Codificado Personalizado Focar na documentação – Focar na criação do simples de implementar e conhecimento – difícil de executar, porém com baixo implementar e executar, porém valor agregado para a geração com alto valor agregado para a de conhecimento. geração de conhecimento. Templates e Frameworks de Templates e Frameworks suporte; de suporte; Replicadores de Conhecimento Criadores de Conhecimento (Hansen et al., 1999) 5
  6. 6. A visão Axia Codificado Personalizado Focar na documen- Focar na criação do conhecimento – tação – simples de difícil de implementar e executar, implementar e executar, porém com alto valor agregado para porém com baixo valor a geração de conhecimento. agregado para a geração de conhecimento. Templates e Frameworks de suporte; Templates e Frameworks de suporte; Replicadores de Conhecimento Criadores de Conhecimento (Adaptado de Hansen et al., 1999) 6
  7. 7. A Gestão do Conhecimento na Axia Gestão do Conhecimento Inovação e Criação Gestão de Conteúdo Codificar Organizar Compartilhar Disseminar Proteger (Adaptado de TerraForum) 7
  8. 8. A Gestão do Conhecimento na Axia Inovar e Criar O processo de Gestão do Proteger Codificar Conhecimento da Axia foi, Gestão do em um primeiro Conhecimento momento, definido contendo seis etapas Disseminar Organizar que não são necessariamente sequenciais. Compartilhar (Adaptado de TerraForum) 8
  9. 9. Gestão de Conhecimento: PráticaProjeto Técnica 10
  10. 10. Técnica 10 – Visão Geral Suportar o crescimento da Axia Value Chain Objetivo através de uma Gestão do Conhecimento EFETIVA 10
  11. 11. Projeto Técnica 10 Iniciativas – Técnica 10 1. Iniciação 2. Encerramento 3. Institucionalização das Frentes 4. Treinamentos 5. Portais 11
  12. 12. Acelerador de Frente Apresentação da Frente – Planejamento e Conceitual Visão Geral Histórico da Acelerador Frente de Frente Axia Templates Principais Produtos Exemplo de Produtos 12
  13. 13. Ciclo de Geração e Utilização dosAceleradores das FrentesEncerramentos Aceleradores Iniciação Treinamentos 13
  14. 14. GC & Gestão de Projetos Clientes Gestão de Projetos Iniciação Planejamento Execução Controle Encerramento Como integrar o conhecimento com as práticas de projeto? 14
  15. 15. GCON & GPRO Clientes Gestão de 1 Projetos Iniciação Planejamento Execução Controle Encerramento 5’ 5 GC 4 3 2 2’ Criar e Disseminar Proteger Codificar Organizar Compartilhar Inovar 15
  16. 16. Gestão de Conhecimento: Conceito
  17. 17. A visão Axia Codificado Personalizado Focar na documen- Focar na criação do conhecimento – tação – simples de difícil de implementar e executar, implementar e executar, porém com alto valor agregado para porém com baixo valor a geração de conhecimento. agregado para a geração de conhecimento. Templates e Frameworks de suporte; Templates e Frameworks de suporte; Replicadores de Conhecimento Criadores de Conhecimento (Adaptado de Hansen et al., 1999) 17
  18. 18. Modelo de Nonaka e TakeuchiEpistemológico Explícito Tácito Individual Grupo Organização Ontológico (Nonaka e Takeuchi, 1995) 18
  19. 19. Modelo de Nonaka e Takeuchi Diálogo Conhecimento Conhecimento tácito conceitual externalizado Socialização Externalização Conhecimento Conhecimento enfático conceitual Criação de Combinação de campo de interação conhecimento explícito Internalização Combinação Conhecimento Conhecimento operacional sistêmico Conhecimento Conhecimento tácito conceitual “Learning by doing” externalizado (Nonaka e Takeuchi, 1995) 19
  20. 20. Gestão de Conhecimento: PráticaIntegrando os modelos
  21. 21. A Evolução do Modelo Inovar e Criar Proteger Gestão do Conheci- Codificar S E mento Disseminar Organizar I C Compartilhar 21
  22. 22. Modelo de Gestão do Conhecimento Inovar e Criar Proteger Codificar Gestão do Conheci- S E mento Disseminar Organizar I C Compartilhar 22
  23. 23. Aplicando GC Gnoose INUBIT Biblioteca Modelos de Hierarquia de Metodologia Maturidade Modelo de Maturidade P&S GMC/GDP Abordagem Nível 4 GCON & Visão Serviço* Visão Visão Mercado Visão Gestão GPES Frentes em destaque Mercado Mercado & Técnica de Projeto Definir equipe, possuem 3 Nível 3 PIVO papéis e notas abaixo da GCON Equipe Práticas** responsabilidades média & GCON GATE GORD PVIA Segmento Sub-segmento Frente Nível 2 CSCM GEST NISE SNP PSCM Comunicação específica ao Comunicação no Identificar a Comunicação pública ao Serviços ESTC LESS PPDS TIPO PVCM mercado cliente projeto necessidade de Preparar Plano desenvolvimento de trabalho GPOR GSUP INDI MUDA SEGC TECH PRON (Práticas) de uma prática Equipe Equipe Exemplo Gestão de Planejamento e Gestão (Serviço) PIVO Nível 1 APS CSTS GATP HPRO PGE TPVS Sales & Operations Operações de Operações Implementação ARQC DP GCP MLOG PLM SEGF Planning AVE DPLY HPLAN ORGA PP Execução das Reportar o • Site; • Apresentação para • Organização atividades Público Atende critérios progresso • Eventos; Cliente; interna e ao GCON Atende critérios com pendências • Congressos; • Proposta Técnica; Gestão de Projeto; 23
  24. 24. Rede Social Gnoose Gnoose Inovar e Criar Proteger Codificar S E Gestão do Conheci- mento Disseminar I C Organizar Compartilhar 24
  25. 25. Rede Social GnooseDar suporte tecnológicoao processo de colaboração Testar novas ideias Informativos e Detalhes de projetos internos Reduzir o número de reuniões Facilitar a presenciais comunicação internaEliminar eventuais gaps Integração das equipes em locaisde informações diferentesentre os colaboradores Inovar e Criar Ambiente centralizado para Proteger Codificar retenção e disseminação de Aumentar a conhecimento. S E Gestão do Conheci- socialização mento Disseminar I C Organizar Compartilhar 25
  26. 26. Usabilidade Gnoose Cliente 1 .... Cliente 3 Cliente 4 Cliente 2 Cliente 5 Cliente 1 ... Cliente 6 ... Cliente 6 X 26
  27. 27. Usabilidade GnooseOuro Branco Campina Grande Curitiba São Paulo São Paulo Tijucas Campinas 27
  28. 28. Aplicando GC Gnoose INUBIT Biblioteca Modelos de Hierarquia de Metodologia Maturidade Modelo de Maturidade P&S GMC/GDP Abordagem Nível 4 GCON & Visão Serviço* Visão Visão Mercado Visão Gestão GPES Frentes em destaque Mercado Mercado & Técnica de Projeto Definir equipe, possuem 3 Nível 3 PIVO papéis e notas abaixo da GCON Equipe Práticas** responsabilidades média & GCON GATE GORD PVIA Segmento Sub-segmento Frente Nível 2 CSCM GEST NISE SNP PSCM Comunicação específica ao Comunicação no Identificar a Comunicação pública ao Serviços ESTC LESS PPDS TIPO PVCM mercado cliente projeto necessidade de Preparar Plano desenvolvimento de trabalho GPOR GSUP INDI MUDA SEGC TECH PRON (Práticas) de uma prática Equipe Equipe Exemplo Gestão de Planejamento e Gestão (Serviço) PIVO Nível 1 APS CSTS GATP HPRO PGE TPVS Sales & Operations Operações de Operações Implementação ARQC DP GCP MLOG PLM SEGF Planning AVE DPLY HPLAN ORGA PP Execução das Reportar o • Site; • Apresentação para • Organização atividades Público Atende critérios progresso • Eventos; Cliente; interna e ao GCON Atende critérios com pendências • Congressos; • Proposta Técnica; Gestão de Projeto; 28
  29. 29. Modelagem de Processos: INUBIT INUBIT Inovar e Criar Proteger Codificar S E Gestão do Conheci- mento Disseminar I C Organizar Compartilhar 29
  30. 30. Estrutura de Modelos MODELO DE REFERÊNCIA MODELO INSTANCIADO MODELOINSTANCIADO MODELO INSTANCIADO Inovar e Criar Proteger Codificar S E Gestão do Conheci- mento Disseminar I C Organizar CONSULTOR Compartilhar 30
  31. 31. ColaboraçãoFLUXO DE CONHECIMENTO TOP- BOTTOM- DOWN UP Inovar e Criar Proteger Codificar INTRA-PROJETO INTER-PROJETO S E Gestão do Conheci- mento I C FLUXO DE CONHECIMENTO Disseminar Organizar Compartilhar 31
  32. 32. Aplicando GC Gnoose INUBIT Biblioteca Modelos de Hierarquia de Metodologia Maturidade Modelo de Maturidade P&S GMC/GDP Abordagem Nível 4 GCON & Visão Serviço* Visão Visão Mercado Visão Gestão GPES Frentes em destaque Mercado Mercado & Técnica de Projeto Definir equipe, possuem 3 Nível 3 PIVO papéis e notas abaixo da GCON Equipe Práticas** responsabilidades média & GCON GATE GORD PVIA Segmento Sub-segmento Frente Nível 2 CSCM GEST NISE SNP PSCM Comunicação específica ao Comunicação no Identificar a Comunicação pública ao Serviços ESTC LESS PPDS TIPO PVCM mercado cliente projeto necessidade de Preparar Plano desenvolvimento de trabalho GPOR GSUP INDI MUDA SEGC TECH PRON (Práticas) de uma prática Equipe Equipe Exemplo Gestão de Planejamento e Gestão (Serviço) PIVO Nível 1 APS CSTS GATP HPRO PGE TPVS Sales & Operations Operações de Operações Implementação ARQC DP GCP MLOG PLM SEGF Planning AVE DPLY HPLAN ORGA PP Execução das Reportar o • Site; • Apresentação para • Organização atividades Público Atende critérios progresso • Eventos; Cliente; interna e ao GCON Atende critérios com pendências • Congressos; • Proposta Técnica; Gestão de Projeto; 32
  33. 33. Biblioteca Inovar e Criar Proteger Codificar S E Gestão do Conheci- mento Disseminar I C Organizar Compartilhar 33
  34. 34. BibliotecaNível de Serviço Sistema de gerenciamento de Comprometimento biblioteca GCON assume Novo espaço para a biblioteca com a formação e responsabilidade pela Inventário/Lugar ampliação do Biblioteca conhecimento e Reorganização do acervo competências: • Visão Sistêmica Divulgação de novos livros no • Empreendedorismo GNOOSE • Autodesenvolvimento • Capacidade de Agregar Controle de Valor empréstimos e • Desenvolver Pessoas devoluções • Capacidade de Gestão e Realização • Capacidade de Construir Cobrança de atrasos e Manter Relações • Técnico • Literário D J F M A M J J A S O N D J Tempo 2011 2012 34
  35. 35. Aplicando GC Gnoose INUBIT Biblioteca Modelos de Hierarquia de Metodologia Maturidade Modelo de Maturidade P&S GMC/GDP Abordagem Nível 4 GCON & Visão Serviço* Visão Visão Mercado Visão Gestão GPES Frentes em destaque Mercado Mercado & Técnica de Projeto Definir equipe, possuem 3 Nível 3 PIVO papéis e notas abaixo da GCON Equipe Práticas** responsabilidades média & GCON GATE GORD PVIA Segmento Sub-segmento Frente Nível 2 CSCM GEST NISE SNP PSCM Comunicação específica ao Comunicação no Identificar a Comunicação pública ao Serviços ESTC LESS PPDS TIPO PVCM mercado cliente projeto necessidade de Preparar Plano desenvolvimento de trabalho GPOR GSUP INDI MUDA SEGC TECH PRON (Práticas) de uma prática Equipe Equipe Exemplo Gestão de Planejamento e Gestão (Serviço) PIVO Nível 1 APS CSTS GATP HPRO PGE TPVS Sales & Operations Operações de Operações Implementação ARQC DP GCP MLOG PLM SEGF Planning AVE DPLY HPLAN ORGA PP Execução das Reportar o • Site; • Apresentação para • Organização atividades Público Atende critérios progresso • Eventos; Cliente; interna e ao GCON Atende critérios com pendências • Congressos; • Proposta Técnica; Gestão de Projeto; 35
  36. 36. Modelo de MaturidadeModelo de Maturidade Frentes em destaque possuem 3 Nível 3 Nível 4 Inovar e Criar PIVO notas abaixo da média GATE GORD PVIA Nível 2 CSCM GEST NISE SNP PSCM Serviços ESTC LESS PPDS TIPO PVCM GPOR GSUP INDI MUDA SEGC TECH PRON Nível 1 APS CSTS GATP HPRO PGE TPVS ARQC DP GCP MLOG PLM SEGF Proteger Codificar AVE DPLY HPLAN ORGA PP Atende critérios Atende critérios com pendências S E Gestão do Conheci- mento Disseminar I C Organizar Compartilhar 36
  37. 37. Modelo de Maturidade Projetos Capacitação Consultores Cases Abordagem Inovar e Criar Proteger Codificar S E Gestão do Conheci- mento Disseminar I C Organizar Compartilhar 37
  38. 38. Ferramenta do Modelo de Maturidade Lista das Frentes analisadasde analiseAspectos Notas para toda a Axia Inovar e Criar Proteger Codificar S E Gestão do Conheci- mento Disseminar I C Organizar Compartilhar 38
  39. 39. Aplicando GC Gnoose INUBIT Biblioteca Modelos de Hierarquia de Metodologia Maturidade Modelo de Maturidade P&S GMC/GDP Abordagem Nível 4 GCON & Visão Serviço* Visão Visão Mercado Visão Gestão GPES Frentes em destaque Mercado Mercado & Técnica de Projeto Definir equipe, possuem 3 Nível 3 PIVO papéis e notas abaixo da GCON Equipe Práticas** responsabilidades média & GCON GATE GORD PVIA Segmento Sub-segmento Frente Nível 2 CSCM GEST NISE SNP PSCM Comunicação específica ao Comunicação no Identificar a Comunicação pública ao Serviços ESTC LESS PPDS TIPO PVCM mercado cliente projeto necessidade de Preparar Plano desenvolvimento de trabalho GPOR GSUP INDI MUDA SEGC TECH PRON (Práticas) de uma prática Equipe Equipe Exemplo Gestão de Planejamento e Gestão (Serviço) PIVO Nível 1 APS CSTS GATP HPRO PGE TPVS Sales & Operations Operações de Operações Implementação ARQC DP GCP MLOG PLM SEGF Planning AVE DPLY HPLAN ORGA PP Execução das Reportar o • Site; • Apresentação para • Organização atividades Público Atende critérios progresso • Eventos; Cliente; interna e ao GCON Atende critérios com pendências • Congressos; • Proposta Técnica; Gestão de Projeto; 39
  40. 40. Hierarquia de Práticas e Serviços Abordagem Visão Serviço* Visão Visão Mercado Visão Gestão Mercado Mercado & Técnica de Projeto Práticas** Segmento Sub-segmento Frente Comunicação pública ao Comunicação específica ao Comunicação no mercado (Práticas) cliente projeto Inovar e CriarExemplo Gestão de Planejamento e Gestão (Serviço) PIVO Operações de Operações Sales & Operations Implementação Planning • Site; • Apresentação para • OrganizaçãoPúblico • Eventos; Cliente; interna e • Congressos; • Proposta Técnica; Gestão de Projeto; Proteger Codificar S E Gestão do Conheci- mento Disseminar I C Organizar Compartilhar 40
  41. 41. Hierarquia de Práticas e Serviços Abordagem Visão Serviço* Visão Visão Mercado Visão Gestão Mercado Mercado & Técnica de Projeto Práticas** Segmento Sub-segmento Frente Comunicação pública ao Comunicação específica ao Comunicação no mercado cliente projeto (Práticas)Exemplo Gestão de Planejamento e Gestão (Serviço) PIVO Operações de Operações Sales & Operations Implementação Planning • Site; • Apresentação para • OrganizaçãoPúblico • Eventos; Cliente; interna e • Congressos; • Proposta Técnica; Gestão de Projeto; 41
  42. 42. Aplicando GC Gnoose INUBIT Biblioteca Modelos de Hierarquia de Metodologia Maturidade Modelo de Maturidade P&S GMC/GDP Abordagem Nível 4 GCON & Visão Serviço* Visão Visão Mercado Visão Gestão GPES Frentes em destaque Mercado Mercado & Técnica de Projeto Definir equipe, possuem 3 Nível 3 PIVO papéis e notas abaixo da GCON Equipe Práticas** responsabilidades média & GCON GATE GORD PVIA Segmento Sub-segmento Frente Nível 2 CSCM GEST NISE SNP PSCM Comunicação específica ao Comunicação no Identificar a Comunicação pública ao Serviços ESTC LESS PPDS TIPO PVCM mercado cliente projeto necessidade de Preparar Plano desenvolvimento de trabalho GPOR GSUP INDI MUDA SEGC TECH PRON (Práticas) de uma prática Equipe Equipe Exemplo Gestão de Planejamento e Gestão (Serviço) PIVO Nível 1 APS CSTS GATP HPRO PGE TPVS Sales & Operations Operações de Operações Implementação ARQC DP GCP MLOG PLM SEGF Planning AVE DPLY HPLAN ORGA PP Execução das Reportar o • Site; • Apresentação para • Organização atividades Público Atende critérios progresso • Eventos; Cliente; interna e ao GCON Atende critérios com pendências • Congressos; • Proposta Técnica; Gestão de Projeto; 42
  43. 43. Estrutura e Metodologia de GMCs/GDPs GCON & GPES Definir equipe, papéis eGCON Equipe responsabilidades & GCON Identificar a necessidade de desenvolvimento de uma prática Equipe Preparar Plano de trabalho Equipe Inovar e Criar Execução das Reportar o atividades progresso ao GCON Proteger Codificar S E Gestão do Conheci- mento Disseminar I C Organizar Compartilhar 43
  44. 44. Estrutura e Metodologia de GMCs/GDPs GCON & GPES Definir equipe, papéis eGCON Equipe responsabilidades & GCON Identificar a necessidade de Preparar Plano desenvolvimento de trabalho de uma prática Equipe Equipe Execução das Reportar o atividades progresso ao GCON 44
  45. 45. Outros Inovar e Criar Proteger Codificar S E Gestão do Conheci- mento Disseminar I C Organizar Compartilhar 45
  46. 46. Outros Roundtables 9 Reuniões de discussão 55 webinars/vídeos Webinars e Vídeos disponibilizados 01 evento científico Evento organizado Inovar e Criar Proteger Codificar S E Gestão do GMCs / GDPs / Conheci- Grupos GIs mento I C Disseminar Organizar Compartilhar 46
  47. 47. Desafios em Gestão deConhecimento: Conceito e Prática
  48. 48. Estrutura de Compartilhamento Descrição das práticas, propostas técnicas e DropBox comerciais PráticasNível de detalhe das informações Aceleradores, material de GMCs e GDPs, treinamentos Gnoose Portal / GCON técnicos e material de metodologia Histórico de projetos que contém sumário executivo Rede Axia GPRO e cases, produtos finais e exemplos Rede do Cliente e Projetos Backup Axia 48
  49. 49. Outros DesafiosProteção vs. Flexibilidade• Até que ponto a organização deve ser flexível e correr o risco de dados/informações vazarem?Indicadores em GC• Como mensurar as ações de GC nas organizações (ROI)?• Quais seriam os principais indicadores? 49

×