SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Baixar para ler offline
Métodos Ágeis: FDD
“Desenvolvimento de software é uma cadeia com diversos elos”
Kent Beck – Criador do eXtreme Programing (XP)
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
André Vidal
Fundador e Sócio Diretor da Agile Think, com 20 anos de experiência na
área de Tecnologia. Atualmente trabalha como Gerente de Projetos e
Agile Coach. É pesquisador, ministra cursos técnicos e de
especialização nas áreas de Tecnologia da Informação. Articulista das
revistas Engenharia de Software e Java Magazine da Devmedia.
ESCRITOR
Autor do livro Agile
Think® Canvas,
Editora Brasport
AGILE COACH
Agile Coach e Gerente
de Projetos pela
empresa Abu
Consultoria
CONSULTOR
Gestão de Projetos,
Governança,
Processos, Negócios e
Quality Assurance
CERTIFICAÇÕES: MBA Gestão de Projetos,
PMI-ACP, CSM - Scrum Alliance, EXIN-ASF e
SAFe
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
O que é Desenvolvimento Lean
LEAN
É a aplicação em desenvolvimento de software do modelo “lean manufacturing”, cujos
princípios e práticas para o desenvolvimento de domínio de software foram adaptados do
Sistema Toyota de Produção – (http://en.wikipedia.org/wiki/Lean_software_development)
O Lean é uma subcultura da
comunidade Ágil, com foco na
criação e sustentação de sistemas
de produção de software.
Princípios Lean
1. Eliminar o desperdício no
desenvolvimento de sistemas
2. Amplificar aprendizagem dos envolvidos
no processo
3. Decidir o mais tarde possível!
4. Entregar o mais rápido possível!
5. Capacitar a equipe
6. Construir integridade agregando valores
pessoais e ativos de conhecimento
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
O que é Agile?
AGILE
Agile é realmente uma cultura que gera processos e não
apenas um processo. Isso deve afetar diretamente o nosso
modo de ensinar aos outros como adotar Agile.
Jeff Patton – (http://www.agileproductdesign.com/)
• O objetivo de uma metodologia ágil é minimizar riscos
inerentes ao desenvolvimento de software.
• A Agile Alliance define os seguintes princípios em
seu Manifesto Ágil, o qual é base para os demais
métodos:
1. Gerar satisfação no cliente pelo atendimento rápido e contínuo no fornecimento de software
2. Entregar software com freqüência semanal, ao invés de longas esperas
3. O software é a principal medida de progresso dos trabalhos
4. Mesmo que tardia, as mudanças nos requisitos são bem-vindas
5. Propiciar diariamente a cooperação entre desenvolvedores e clientes
6. Conversar face a face é a melhor forma de comunicação
7. Os projetos são construídos em torno de pessoas motivadas, confiáveis e que devem ter
atenção contínua, propiciando a excelência técnica e um bom design
8. Simplicidade
9. Auto-organizar equipes
10. Adaptar-se à evolução do negócio
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Benefícios e Desafios
Desafios
Existe dificuldade ao
atendimento do que é
solicitado, até que o time
e gerência tenham
absorvido o conhecimento
necessário para resolver
o paradigma. Inicialmente
a performance da
ferramenta pode ter
resultados que
desapontam os
investidores.
Benefícios
Os requisitos iniciais de
produtividade e qualidade
são definidos para os time
boxes, propiciando o
entendimento das
necessidades do negócio,
fornecendo mais
visibilidade ao Líder de
Projeto e Time de
desenvolvimento.
Características do Uso de Lean, Agile, SCRUM e FDD
Curto Prazo
Baseado no artigo:
FREDDY BALLE & MICHAEL BALLE, "Lean or Six Sigma," www.lean.org/library/leanorsigma.pdf.
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Desafios
O retorno de
investimento, até que
seja entendido, deve
passar por algumas
barreiras, que são
Implementar uma
mudança de programa
Vencer o cinismo de
empregados mais
experientes.
Benefícios
Time boxes
quantificáveis ou
projetados por classes
de negócio, que
podem ser executadas
paralelamente (“on the
side”).
Benefícios e Desafios
Baseado no artigo:
FREDDY BALLE & MICHAEL BALLE, "Lean or Six Sigma," www.lean.org/library/leanorsigma.pdf.
Características do Uso de Lean, Agile, SCRUM e FDD
Curto Médio Prazo
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Baseado no artigo:
FREDDY BALLE & MICHAEL BALLE, "Lean or Six Sigma," www.lean.org/library/leanorsigma.pdf.
Desafios
Requer investimento
intelectual e constante
comprometimento com
resultados com o alto
gerenciamento. Para ter
sucesso na mudança de
modelo da empresa, o
alto gerenciamento tem
que estar comprometido
de forma mais incisiva,
sendo muito mais do que
apenas dar uma benção
distante e assinar o
cheque
Benefícios
Mudança de perspectiva,
que leva a uma
transformação de como
se enxerga o negócio,
sendo a análise uma
fonte fundamental de
vantagem competitiva.
Também aumenta as
barreiras para com os
concorrentes, pois o
modelo tem maior valor
agregado a ele.
Benefícios e Desafios
Características do Uso de Lean, Agile, SCRUM e FDD
Médio Prazo
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Desafios
Romper com a falta de
sinergia entre os focos
de ação e ao que levou
à resultados
desapontadores.
Combater apatia e por
fim a falta de interesse
no programa.
Benefícios
Alguns benefícios de
longo prazo que levam
ao abandono do
programa anterior em
substituição por uma
versão mais
atualizada.
Benefícios e Desafios
Baseado no artigo:
FREDDY BALLE & MICHAEL BALLE, "Lean or Six Sigma," www.lean.org/library/leanorsigma.pdf.
Características do Uso de Lean, Agile, SCRUM e FDD
Longo Prazo
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
O que é FDD?
Feature Driven Development
É um processo de engenharia de software que tem por foco principal a entrega
freqüente de software funcional ao cliente.
• A FDD não foca a programação ou a definição de um modelo bem
definido, mas faz uso de um planejamento iterativo, que tem por
objetivo abstrair e atender as principais necessidades do negócio, que
determinará a forma de atuação da equipe de desenvolvimento.
• É uma metodologia ágil voltada ao
desenvolvimento de software.
• A FDD favorece de maneira incisiva o
envolvimento de clientes (internos ou externos) ao
processo de planejamento e desenvolvimento do
software.
• A FDD está baseada num processo de desenvolvimento de software iterativo
e incremental.
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Como Funciona FDD
Desenvolver Modelo
Construir Lista
de
Funcionalidades
Planejar Por
Funcionalidade
Detalhar Por
Funcionalidade
Desenvolver
Por
Funcionalidade
• Entendimento do
Negócio
• Construção de
Modelo Conceitual
Dedicar 1/6 do tempo do Projeto Iteração de Duas Semanas
• Construção da FBS
• Definição das User
Histories
• Atualização do Kanban
• Criação do Burndown
• Diagrama de Classes
• Diagrama de Seqüência
• Código
• Plano de Teste Unitário
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Artefatos
Atividades
• FBS: Feature Breakdown
Structure
• Diagrama de Classes
• Critérios de Aceitação
• Reunião de entendimento do problema,
contando com os membros efetivos do
Time e Cliente.
• Confecção das User Histories
• Analista de Negócios
• Arquiteto
• Analista de Sistemas
• Desenvolvedores
• Tester
Time
Desenvolver Modelo
Construir Lista
de
Funcionalidades
Planejar Por
Funcionalidade
Detalhar Por
Funcionalidade
Desenvolver
Por
Funcionalidade
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Artefatos
Atividades
• FBS: Feature Breakdown Structure
• Diagrama de Classes
• User Histories (Negócios e Critérios de
Aceitação)
• Definir os responsáveis por cada um dos
modelos, agrupados por Features.
• Construir a Lista de Funcionalidades
• Analista de Negócios
• Arquiteto
• Analista de Sistemas
• Desenvolvedores
• Testes
Time
Desenvolver Modelo
Construir Lista
de
Funcionalidades
Planejar Por
Funcionalidade
Detalhar Por
Funcionalidade
Desenvolver Por
Funcionalidade
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Artefatos
Atividades
• FBS: Feature
Breakdown Structure
• Diagrama de Classes
• User Histories (Negocio)
• Definir Seqüência de Desenvolvimento.
• Atribuir Atividades de Negócio
• Atribuir Classes de Desenvolvimento por
Responsável
• Analista de Negócios
• Arquiteto
• Analista de Sistemas
• Desenvolvedores
• Testes
Time
Desenvolver Modelo
Construir Lista
de
Funcionalidades
Planejar Por
Funcionalidade
Detalhar Por
Funcionalidade
Desenvolver
Por
Funcionalidade
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Artefatos
Atividades
• FBS: Feature
Breakdown Structure
• Diagrama de Classes e
Seqüência
• Storyboard
• Definir Seqüência de Desenvolvimento.
• Atribuir Atividades de Negócio
• Atribuir Classes de Desenvolvimento por
Responsável
• Analista de Negócios
• Arquiteto
• Analista de Sistemas
• Desenvolvedores
Time
Desenvolver Modelo
Construir Lista
de
Funcionalidades
Planejar Por
Funcionalidade
Detalhar Por
Funcionalidade
Desenvolver
Por
Funcionalidade
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Artefatos
Atividades
• Código
• Diagrama de Classes
• Diagrama de Seqüência
• Testes Unitários
• Implementar Classes e Métodos.
• Efetuar Revisão do Código
• Gerar Evidências de Testes Unitários
• Analista de Sistemas
• Desenvolvedores
• Tester
Time
Desenvolver Modelo
Construir Lista
de
Funcionalidades
Planejar Por
Funcionalidade
Detalhar Por
Funcionalidade
Desenvolver
Por
Funcionalidade
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Story-Writing Workshops
• São reuniões que incluem desenvolvedores,
usuários, cliente, product owner e qualquer
pessoa que possa contribuir no processo de
descoberta de stories;
• Durante este workshop os participantes
escrevem a quantidade de stories que
conseguirem;
• Prioridades não são associadas;
• Bons workshops combinam os melhores
elementos de brainstorming e prototipação de
desenho;
User Stories - Requisitos
• Quem
• O quê?
• Porque?
O que deve conter nas stories?
Como um <Perfil> eu posso /
devo / consigo <FUNÇÃO>
atender ao <VALOR DE NEGOCIO>
Como CLIENTE consigo
COMPRAR e pagar meu pedido
COM CARTÃO DE CRÉDITO.
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Documentação inicial de Análise e Design
Criação de Features
Home-page
Pesquisar
Produtos
Selecionar
produto e por
no carrinho
Pagar pela
compra
Reservar
Produtos
Cadastrar
Clientes
Pagar com
cartão de
crédito
Pagar com
boleto
bancário
Efetuar a organização das user stories em features, facilita a
visualização do que deve ser feito pelo time!
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Documentação de Análise e Design
Documentação do Processo
Pesquisar
Produtos
Reservar
Produtos
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Documentação testes e qualidade
Testes de Aceitação
• Quem?
• O quê?
• Porque?
• Qual
o critério?
Como CLIENTE cadastrado
no site eu consigo EFETUAR
O PAGAMENTO do meu
pedido COM CARTÃO DE
CRÉDITO.
Aceitar
pagamento com
Visa e Mastercard
Verificar cartões
com prazo
expirado (falhar)
Aceitar
pagamento de
Pessoa Física e
Pessoa Jurídica
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
• Prevenindo defeitos com vários tipos de teste:
Testes de Histórias
Interesse de Negócio
(Design do Produto)
Testes de
Usabilidade
Testes Exploratórios
Testes de Unidade
Interesse do programador
(Design do Código)
Testes de
Propriedade
Segurança, Carga,
Combinatório
Perspectiva do Negócio
Perspectiva da Tecnologia
SuporteàProgramação
CríticaaoProduto
Qualidade de Testes
Documentação testes e qualidade
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Sincronizando FDD ao SCRUM
Semana 1 Semana 2 Semana 3 Semana 4
Funcionalidade 1
Funcionalidade 2
Funcionalidade 3
Como sincronizar desenvolvimento novo à manutenção?
• Rotação de pessoas
• Alocar uma parte do dia para revisão de código
• Triagem agressiva + atendimento imediato a manutenções
urgentes
• Implantação semanal + tratar manutenção como funcionalidades
do release
Adotando Métodos Ágeis em Conjunto
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
FIM
Dúvidas!
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Facilitando a vida...
... e priorização por parte do time
• Os participantes da reunião são:
Product Owner, Scrum Master e
todos os membros do time;
• Certifique-se que o Product
Backlog esteja priorizado;
• Certifique-se que há disponível
um conjunto de cartas para a
prática do Planning Poker;
• Certifique-se que há tempo
disponível – sem interrupções –
para a realização da reunião.
A priorização do Product Backlog
por parte do Product Owner...
• Sessões de Facilitação
• Brainstorm
• Mapas mentais
• Desenvolvimento de modelo visual
abrangente (FDD facilita ter esse tipo
de visão)
•Conhecer user stories profundamente
Apêndice 1
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados
Facilitando a vida...
Daily Meeting
• Os participantes da reunião são:
Scrum Master e todos os membros do
time. Caso necessário, pode ser
solicitada a presença do Product
Owner;
• Certifique-se de que o local e
horário do Daily Meeting esteja claro
para todo o time;
• Certifique- se de que o quadro de
acompanhamento esteja visível no
ambiente físico em que será realizada
e reunião
• O que fiz desde a última reunião?
• O que pretendo fazer até a
próxima reunião?
• Estou tendo algum impedimento?
Se sim, adicione-o ao Impediments
Sprint Planning Meeting
• O Product Owner deve falar ao time
sobre a visão do produto;
• O Product Owner e o time devem
definir a meta da Sprint;
• O time deve realizar a estimativa dos
itens do backlog que não estejam
estimados;
• O Product Owner e o time, em
consenso, escolhem os itens que irão
fazer parte do próximo Sprint, estes
itens selecionados são chamados de
Selected Product Backlog.
Apêndice 2
www.agilethink.com.br ©2017
Agile Think® - Todos os direitos reservados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Churrasco Turma PROJ56 - FGV - BH
Churrasco Turma PROJ56 - FGV - BHChurrasco Turma PROJ56 - FGV - BH
Churrasco Turma PROJ56 - FGV - BHMarco Coghi
 
Apostila packet tracer 5.3
Apostila packet tracer 5.3Apostila packet tracer 5.3
Apostila packet tracer 5.3Jakson Silva
 
Sistemas Distribuídos - Aula 06
Sistemas Distribuídos - Aula 06Sistemas Distribuídos - Aula 06
Sistemas Distribuídos - Aula 06Arthur Emanuel
 
Visão sistêmica de gestão de projetos
Visão sistêmica de gestão de projetosVisão sistêmica de gestão de projetos
Visão sistêmica de gestão de projetosDimitri Campana, PMP
 
Conceitos e Evolução da Administração de Projetos
Conceitos e Evolução da Administração de ProjetosConceitos e Evolução da Administração de Projetos
Conceitos e Evolução da Administração de ProjetosAntonio Marcos Montai Messias
 
Metodologia agil scrum
Metodologia agil scrumMetodologia agil scrum
Metodologia agil scrumPablo Juan ஃ
 
Metodologia Crystal Clear (Crystal Clear Methodologies)
Metodologia Crystal Clear (Crystal Clear Methodologies)Metodologia Crystal Clear (Crystal Clear Methodologies)
Metodologia Crystal Clear (Crystal Clear Methodologies)Thiago Sinésio
 
Prática Laboratório CISCO - ACLs
Prática Laboratório CISCO - ACLsPrática Laboratório CISCO - ACLs
Prática Laboratório CISCO - ACLsWellington Oliveira
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumMarcos Garrido
 
Aula05 - Metodologias Ágeis
Aula05 - Metodologias ÁgeisAula05 - Metodologias Ágeis
Aula05 - Metodologias ÁgeisDaniela Brauner
 
FDD vs XP vs SCRUM
FDD vs XP vs SCRUMFDD vs XP vs SCRUM
FDD vs XP vs SCRUMfredcobain
 

Mais procurados (20)

Gestão 3.0: Gestão Ágil
Gestão 3.0: Gestão ÁgilGestão 3.0: Gestão Ágil
Gestão 3.0: Gestão Ágil
 
Aula - Aplicação de Metodologias/Práticas Ágeis em Projetos de BI
Aula - Aplicação de Metodologias/Práticas Ágeis em Projetos de BIAula - Aplicação de Metodologias/Práticas Ágeis em Projetos de BI
Aula - Aplicação de Metodologias/Práticas Ágeis em Projetos de BI
 
Churrasco Turma PROJ56 - FGV - BH
Churrasco Turma PROJ56 - FGV - BHChurrasco Turma PROJ56 - FGV - BH
Churrasco Turma PROJ56 - FGV - BH
 
Apostila packet tracer 5.3
Apostila packet tracer 5.3Apostila packet tracer 5.3
Apostila packet tracer 5.3
 
Crystal Clear
Crystal ClearCrystal Clear
Crystal Clear
 
Sistemas Distribuídos - Aula 06
Sistemas Distribuídos - Aula 06Sistemas Distribuídos - Aula 06
Sistemas Distribuídos - Aula 06
 
Visão sistêmica de gestão de projetos
Visão sistêmica de gestão de projetosVisão sistêmica de gestão de projetos
Visão sistêmica de gestão de projetos
 
Conceitos e Evolução da Administração de Projetos
Conceitos e Evolução da Administração de ProjetosConceitos e Evolução da Administração de Projetos
Conceitos e Evolução da Administração de Projetos
 
Metodologia agil scrum
Metodologia agil scrumMetodologia agil scrum
Metodologia agil scrum
 
Transformação Ágil
Transformação ÁgilTransformação Ágil
Transformação Ágil
 
Metodologia Crystal Clear (Crystal Clear Methodologies)
Metodologia Crystal Clear (Crystal Clear Methodologies)Metodologia Crystal Clear (Crystal Clear Methodologies)
Metodologia Crystal Clear (Crystal Clear Methodologies)
 
Prática Laboratório CISCO - ACLs
Prática Laboratório CISCO - ACLsPrática Laboratório CISCO - ACLs
Prática Laboratório CISCO - ACLs
 
Gestao Ágil do Backlog - Taskboards
Gestao Ágil do Backlog - TaskboardsGestao Ágil do Backlog - Taskboards
Gestao Ágil do Backlog - Taskboards
 
Agilidade Solidária: Lean & Agile Mindset é a base para uma Transformação e n...
Agilidade Solidária: Lean & Agile Mindset é a base para uma Transformação e n...Agilidade Solidária: Lean & Agile Mindset é a base para uma Transformação e n...
Agilidade Solidária: Lean & Agile Mindset é a base para uma Transformação e n...
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
 
HORENSO ở DEHA VIỆT NAM
HORENSO ở DEHA VIỆT NAMHORENSO ở DEHA VIỆT NAM
HORENSO ở DEHA VIỆT NAM
 
Métodos ágeis
Métodos ágeisMétodos ágeis
Métodos ágeis
 
Aula05 - Metodologias Ágeis
Aula05 - Metodologias ÁgeisAula05 - Metodologias Ágeis
Aula05 - Metodologias Ágeis
 
FDD vs XP vs SCRUM
FDD vs XP vs SCRUMFDD vs XP vs SCRUM
FDD vs XP vs SCRUM
 
Scrum Experience [O Tutorial Scrum]
Scrum Experience [O Tutorial Scrum]Scrum Experience [O Tutorial Scrum]
Scrum Experience [O Tutorial Scrum]
 

Destaque

Fdd feature driven development (slide ) do trabalho
Fdd   feature driven development (slide ) do trabalhoFdd   feature driven development (slide ) do trabalho
Fdd feature driven development (slide ) do trabalhoLemon Lopes Leite
 
Feature driven development
Feature driven developmentFeature driven development
Feature driven developmentKhanh Nguyen
 
Adaptive Development Methodology
Adaptive Development MethodologyAdaptive Development Methodology
Adaptive Development MethodologySteve Greene
 
Agile Scrum Methodology
Agile Scrum MethodologyAgile Scrum Methodology
Agile Scrum MethodologyRajeev Misra
 

Destaque (6)

Fdd feature driven development (slide ) do trabalho
Fdd   feature driven development (slide ) do trabalhoFdd   feature driven development (slide ) do trabalho
Fdd feature driven development (slide ) do trabalho
 
Agile Scrum Methodology
Agile Scrum MethodologyAgile Scrum Methodology
Agile Scrum Methodology
 
Feature driven development
Feature driven developmentFeature driven development
Feature driven development
 
Fdd presentation
Fdd presentationFdd presentation
Fdd presentation
 
Adaptive Development Methodology
Adaptive Development MethodologyAdaptive Development Methodology
Adaptive Development Methodology
 
Agile Scrum Methodology
Agile Scrum MethodologyAgile Scrum Methodology
Agile Scrum Methodology
 

Semelhante a Métodos Ágeis: FDD

Métodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do Conhecimento
Métodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do ConhecimentoMétodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do Conhecimento
Métodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do ConhecimentoClaudia Hofart Guzzo
 
Cursos Agile Think - Lean - 2/4
Cursos Agile Think - Lean - 2/4Cursos Agile Think - Lean - 2/4
Cursos Agile Think - Lean - 2/4André Vidal
 
Metodologia ágil das Desenvolvimento Adaptativo Software
Metodologia ágil das   Desenvolvimento Adaptativo SoftwareMetodologia ágil das   Desenvolvimento Adaptativo Software
Metodologia ágil das Desenvolvimento Adaptativo SoftwareMarilainny Martins da Silva
 
Agile, mudando o foco
Agile, mudando o focoAgile, mudando o foco
Agile, mudando o focoewerttonbravo
 
O que não te contaram sobre o Ágil
O que não te contaram sobre o ÁgilO que não te contaram sobre o Ágil
O que não te contaram sobre o ÁgilWilhelm Meier
 
Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)
Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)
Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)Caroline Seara
 
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)Rennan Martini
 
Treinamento Agile Coach
Treinamento Agile CoachTreinamento Agile Coach
Treinamento Agile CoachSilas Serpa
 
Workshop - Agile Coach
Workshop - Agile CoachWorkshop - Agile Coach
Workshop - Agile CoachSilas Serpa
 
Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez!
Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez! Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez!
Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez! Adriano Tavares
 
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeisAplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeisfayrusm
 

Semelhante a Métodos Ágeis: FDD (20)

Treinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / ScrumTreinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / Scrum
 
Métodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do Conhecimento
Métodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do ConhecimentoMétodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do Conhecimento
Métodos Ágeis de Gestão de Projetos aplicados à Gestão do Conhecimento
 
Cursos Agile Think - Lean - 2/4
Cursos Agile Think - Lean - 2/4Cursos Agile Think - Lean - 2/4
Cursos Agile Think - Lean - 2/4
 
Cursos Agile Think - Lean - 2/4
Cursos Agile Think - Lean - 2/4Cursos Agile Think - Lean - 2/4
Cursos Agile Think - Lean - 2/4
 
Agile explicacao 18
Agile explicacao 18Agile explicacao 18
Agile explicacao 18
 
"Agile Think" - Design Sprint
"Agile Think" - Design Sprint"Agile Think" - Design Sprint
"Agile Think" - Design Sprint
 
Entregando Software com Valor
Entregando Software com ValorEntregando Software com Valor
Entregando Software com Valor
 
Vantagens agil 3
Vantagens agil 3Vantagens agil 3
Vantagens agil 3
 
Metodologia ágil das Desenvolvimento Adaptativo Software
Metodologia ágil das   Desenvolvimento Adaptativo SoftwareMetodologia ágil das   Desenvolvimento Adaptativo Software
Metodologia ágil das Desenvolvimento Adaptativo Software
 
Agile, mudando o foco
Agile, mudando o focoAgile, mudando o foco
Agile, mudando o foco
 
Metodos ageis
Metodos ageisMetodos ageis
Metodos ageis
 
Artigo23
Artigo23Artigo23
Artigo23
 
O que não te contaram sobre o Ágil
O que não te contaram sobre o ÁgilO que não te contaram sobre o Ágil
O que não te contaram sobre o Ágil
 
Desenvolvimento Ágil de Software
Desenvolvimento Ágil de SoftwareDesenvolvimento Ágil de Software
Desenvolvimento Ágil de Software
 
Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)
Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)
Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)
 
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
 
Treinamento Agile Coach
Treinamento Agile CoachTreinamento Agile Coach
Treinamento Agile Coach
 
Workshop - Agile Coach
Workshop - Agile CoachWorkshop - Agile Coach
Workshop - Agile Coach
 
Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez!
Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez! Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez!
Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez!
 
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeisAplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
 

Mais de Agile Think® Share

Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4
Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4
Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4Agile Think® Share
 
Cursos Agile Think - Kanban - 3/4
Cursos Agile Think - Kanban - 3/4Cursos Agile Think - Kanban - 3/4
Cursos Agile Think - Kanban - 3/4Agile Think® Share
 
Escrevendo Historias Eficazes André Vidal
Escrevendo Historias Eficazes André VidalEscrevendo Historias Eficazes André Vidal
Escrevendo Historias Eficazes André VidalAgile Think® Share
 
Agile Think Canvas PMI SJC - André Vidal
 Agile Think Canvas PMI SJC - André Vidal Agile Think Canvas PMI SJC - André Vidal
Agile Think Canvas PMI SJC - André VidalAgile Think® Share
 
Palestra Procrastinação - Leandro Stok
Palestra Procrastinação - Leandro StokPalestra Procrastinação - Leandro Stok
Palestra Procrastinação - Leandro StokAgile Think® Share
 
Gestão do Conhecimento - PMI SJC - Valéria Macedo
Gestão do Conhecimento - PMI SJC - Valéria MacedoGestão do Conhecimento - PMI SJC - Valéria Macedo
Gestão do Conhecimento - PMI SJC - Valéria MacedoAgile Think® Share
 

Mais de Agile Think® Share (6)

Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4
Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4
Cursos Agile Think - Framework Scrum - 1/4
 
Cursos Agile Think - Kanban - 3/4
Cursos Agile Think - Kanban - 3/4Cursos Agile Think - Kanban - 3/4
Cursos Agile Think - Kanban - 3/4
 
Escrevendo Historias Eficazes André Vidal
Escrevendo Historias Eficazes André VidalEscrevendo Historias Eficazes André Vidal
Escrevendo Historias Eficazes André Vidal
 
Agile Think Canvas PMI SJC - André Vidal
 Agile Think Canvas PMI SJC - André Vidal Agile Think Canvas PMI SJC - André Vidal
Agile Think Canvas PMI SJC - André Vidal
 
Palestra Procrastinação - Leandro Stok
Palestra Procrastinação - Leandro StokPalestra Procrastinação - Leandro Stok
Palestra Procrastinação - Leandro Stok
 
Gestão do Conhecimento - PMI SJC - Valéria Macedo
Gestão do Conhecimento - PMI SJC - Valéria MacedoGestão do Conhecimento - PMI SJC - Valéria Macedo
Gestão do Conhecimento - PMI SJC - Valéria Macedo
 

Último

Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 

Último (20)

Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 

Métodos Ágeis: FDD

  • 1. Métodos Ágeis: FDD “Desenvolvimento de software é uma cadeia com diversos elos” Kent Beck – Criador do eXtreme Programing (XP) www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 2. André Vidal Fundador e Sócio Diretor da Agile Think, com 20 anos de experiência na área de Tecnologia. Atualmente trabalha como Gerente de Projetos e Agile Coach. É pesquisador, ministra cursos técnicos e de especialização nas áreas de Tecnologia da Informação. Articulista das revistas Engenharia de Software e Java Magazine da Devmedia. ESCRITOR Autor do livro Agile Think® Canvas, Editora Brasport AGILE COACH Agile Coach e Gerente de Projetos pela empresa Abu Consultoria CONSULTOR Gestão de Projetos, Governança, Processos, Negócios e Quality Assurance CERTIFICAÇÕES: MBA Gestão de Projetos, PMI-ACP, CSM - Scrum Alliance, EXIN-ASF e SAFe www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 3. www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 4. O que é Desenvolvimento Lean LEAN É a aplicação em desenvolvimento de software do modelo “lean manufacturing”, cujos princípios e práticas para o desenvolvimento de domínio de software foram adaptados do Sistema Toyota de Produção – (http://en.wikipedia.org/wiki/Lean_software_development) O Lean é uma subcultura da comunidade Ágil, com foco na criação e sustentação de sistemas de produção de software. Princípios Lean 1. Eliminar o desperdício no desenvolvimento de sistemas 2. Amplificar aprendizagem dos envolvidos no processo 3. Decidir o mais tarde possível! 4. Entregar o mais rápido possível! 5. Capacitar a equipe 6. Construir integridade agregando valores pessoais e ativos de conhecimento www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 5. O que é Agile? AGILE Agile é realmente uma cultura que gera processos e não apenas um processo. Isso deve afetar diretamente o nosso modo de ensinar aos outros como adotar Agile. Jeff Patton – (http://www.agileproductdesign.com/) • O objetivo de uma metodologia ágil é minimizar riscos inerentes ao desenvolvimento de software. • A Agile Alliance define os seguintes princípios em seu Manifesto Ágil, o qual é base para os demais métodos: 1. Gerar satisfação no cliente pelo atendimento rápido e contínuo no fornecimento de software 2. Entregar software com freqüência semanal, ao invés de longas esperas 3. O software é a principal medida de progresso dos trabalhos 4. Mesmo que tardia, as mudanças nos requisitos são bem-vindas 5. Propiciar diariamente a cooperação entre desenvolvedores e clientes 6. Conversar face a face é a melhor forma de comunicação 7. Os projetos são construídos em torno de pessoas motivadas, confiáveis e que devem ter atenção contínua, propiciando a excelência técnica e um bom design 8. Simplicidade 9. Auto-organizar equipes 10. Adaptar-se à evolução do negócio www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 6. Benefícios e Desafios Desafios Existe dificuldade ao atendimento do que é solicitado, até que o time e gerência tenham absorvido o conhecimento necessário para resolver o paradigma. Inicialmente a performance da ferramenta pode ter resultados que desapontam os investidores. Benefícios Os requisitos iniciais de produtividade e qualidade são definidos para os time boxes, propiciando o entendimento das necessidades do negócio, fornecendo mais visibilidade ao Líder de Projeto e Time de desenvolvimento. Características do Uso de Lean, Agile, SCRUM e FDD Curto Prazo Baseado no artigo: FREDDY BALLE & MICHAEL BALLE, "Lean or Six Sigma," www.lean.org/library/leanorsigma.pdf. www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 7. Desafios O retorno de investimento, até que seja entendido, deve passar por algumas barreiras, que são Implementar uma mudança de programa Vencer o cinismo de empregados mais experientes. Benefícios Time boxes quantificáveis ou projetados por classes de negócio, que podem ser executadas paralelamente (“on the side”). Benefícios e Desafios Baseado no artigo: FREDDY BALLE & MICHAEL BALLE, "Lean or Six Sigma," www.lean.org/library/leanorsigma.pdf. Características do Uso de Lean, Agile, SCRUM e FDD Curto Médio Prazo www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 8. Baseado no artigo: FREDDY BALLE & MICHAEL BALLE, "Lean or Six Sigma," www.lean.org/library/leanorsigma.pdf. Desafios Requer investimento intelectual e constante comprometimento com resultados com o alto gerenciamento. Para ter sucesso na mudança de modelo da empresa, o alto gerenciamento tem que estar comprometido de forma mais incisiva, sendo muito mais do que apenas dar uma benção distante e assinar o cheque Benefícios Mudança de perspectiva, que leva a uma transformação de como se enxerga o negócio, sendo a análise uma fonte fundamental de vantagem competitiva. Também aumenta as barreiras para com os concorrentes, pois o modelo tem maior valor agregado a ele. Benefícios e Desafios Características do Uso de Lean, Agile, SCRUM e FDD Médio Prazo www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 9. Desafios Romper com a falta de sinergia entre os focos de ação e ao que levou à resultados desapontadores. Combater apatia e por fim a falta de interesse no programa. Benefícios Alguns benefícios de longo prazo que levam ao abandono do programa anterior em substituição por uma versão mais atualizada. Benefícios e Desafios Baseado no artigo: FREDDY BALLE & MICHAEL BALLE, "Lean or Six Sigma," www.lean.org/library/leanorsigma.pdf. Características do Uso de Lean, Agile, SCRUM e FDD Longo Prazo www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 10. O que é FDD? Feature Driven Development É um processo de engenharia de software que tem por foco principal a entrega freqüente de software funcional ao cliente. • A FDD não foca a programação ou a definição de um modelo bem definido, mas faz uso de um planejamento iterativo, que tem por objetivo abstrair e atender as principais necessidades do negócio, que determinará a forma de atuação da equipe de desenvolvimento. • É uma metodologia ágil voltada ao desenvolvimento de software. • A FDD favorece de maneira incisiva o envolvimento de clientes (internos ou externos) ao processo de planejamento e desenvolvimento do software. • A FDD está baseada num processo de desenvolvimento de software iterativo e incremental. www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 11. Como Funciona FDD Desenvolver Modelo Construir Lista de Funcionalidades Planejar Por Funcionalidade Detalhar Por Funcionalidade Desenvolver Por Funcionalidade • Entendimento do Negócio • Construção de Modelo Conceitual Dedicar 1/6 do tempo do Projeto Iteração de Duas Semanas • Construção da FBS • Definição das User Histories • Atualização do Kanban • Criação do Burndown • Diagrama de Classes • Diagrama de Seqüência • Código • Plano de Teste Unitário www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 12. Artefatos Atividades • FBS: Feature Breakdown Structure • Diagrama de Classes • Critérios de Aceitação • Reunião de entendimento do problema, contando com os membros efetivos do Time e Cliente. • Confecção das User Histories • Analista de Negócios • Arquiteto • Analista de Sistemas • Desenvolvedores • Tester Time Desenvolver Modelo Construir Lista de Funcionalidades Planejar Por Funcionalidade Detalhar Por Funcionalidade Desenvolver Por Funcionalidade www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 13. Artefatos Atividades • FBS: Feature Breakdown Structure • Diagrama de Classes • User Histories (Negócios e Critérios de Aceitação) • Definir os responsáveis por cada um dos modelos, agrupados por Features. • Construir a Lista de Funcionalidades • Analista de Negócios • Arquiteto • Analista de Sistemas • Desenvolvedores • Testes Time Desenvolver Modelo Construir Lista de Funcionalidades Planejar Por Funcionalidade Detalhar Por Funcionalidade Desenvolver Por Funcionalidade www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 14. Artefatos Atividades • FBS: Feature Breakdown Structure • Diagrama de Classes • User Histories (Negocio) • Definir Seqüência de Desenvolvimento. • Atribuir Atividades de Negócio • Atribuir Classes de Desenvolvimento por Responsável • Analista de Negócios • Arquiteto • Analista de Sistemas • Desenvolvedores • Testes Time Desenvolver Modelo Construir Lista de Funcionalidades Planejar Por Funcionalidade Detalhar Por Funcionalidade Desenvolver Por Funcionalidade www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 15. Artefatos Atividades • FBS: Feature Breakdown Structure • Diagrama de Classes e Seqüência • Storyboard • Definir Seqüência de Desenvolvimento. • Atribuir Atividades de Negócio • Atribuir Classes de Desenvolvimento por Responsável • Analista de Negócios • Arquiteto • Analista de Sistemas • Desenvolvedores Time Desenvolver Modelo Construir Lista de Funcionalidades Planejar Por Funcionalidade Detalhar Por Funcionalidade Desenvolver Por Funcionalidade www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 16. Artefatos Atividades • Código • Diagrama de Classes • Diagrama de Seqüência • Testes Unitários • Implementar Classes e Métodos. • Efetuar Revisão do Código • Gerar Evidências de Testes Unitários • Analista de Sistemas • Desenvolvedores • Tester Time Desenvolver Modelo Construir Lista de Funcionalidades Planejar Por Funcionalidade Detalhar Por Funcionalidade Desenvolver Por Funcionalidade www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 17. Story-Writing Workshops • São reuniões que incluem desenvolvedores, usuários, cliente, product owner e qualquer pessoa que possa contribuir no processo de descoberta de stories; • Durante este workshop os participantes escrevem a quantidade de stories que conseguirem; • Prioridades não são associadas; • Bons workshops combinam os melhores elementos de brainstorming e prototipação de desenho; User Stories - Requisitos • Quem • O quê? • Porque? O que deve conter nas stories? Como um <Perfil> eu posso / devo / consigo <FUNÇÃO> atender ao <VALOR DE NEGOCIO> Como CLIENTE consigo COMPRAR e pagar meu pedido COM CARTÃO DE CRÉDITO. www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 18. Documentação inicial de Análise e Design Criação de Features Home-page Pesquisar Produtos Selecionar produto e por no carrinho Pagar pela compra Reservar Produtos Cadastrar Clientes Pagar com cartão de crédito Pagar com boleto bancário Efetuar a organização das user stories em features, facilita a visualização do que deve ser feito pelo time! www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 19. Documentação de Análise e Design Documentação do Processo Pesquisar Produtos Reservar Produtos www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 20. Documentação testes e qualidade Testes de Aceitação • Quem? • O quê? • Porque? • Qual o critério? Como CLIENTE cadastrado no site eu consigo EFETUAR O PAGAMENTO do meu pedido COM CARTÃO DE CRÉDITO. Aceitar pagamento com Visa e Mastercard Verificar cartões com prazo expirado (falhar) Aceitar pagamento de Pessoa Física e Pessoa Jurídica www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 21. • Prevenindo defeitos com vários tipos de teste: Testes de Histórias Interesse de Negócio (Design do Produto) Testes de Usabilidade Testes Exploratórios Testes de Unidade Interesse do programador (Design do Código) Testes de Propriedade Segurança, Carga, Combinatório Perspectiva do Negócio Perspectiva da Tecnologia SuporteàProgramação CríticaaoProduto Qualidade de Testes Documentação testes e qualidade www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 22. Sincronizando FDD ao SCRUM Semana 1 Semana 2 Semana 3 Semana 4 Funcionalidade 1 Funcionalidade 2 Funcionalidade 3 Como sincronizar desenvolvimento novo à manutenção? • Rotação de pessoas • Alocar uma parte do dia para revisão de código • Triagem agressiva + atendimento imediato a manutenções urgentes • Implantação semanal + tratar manutenção como funcionalidades do release Adotando Métodos Ágeis em Conjunto www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 24. Facilitando a vida... ... e priorização por parte do time • Os participantes da reunião são: Product Owner, Scrum Master e todos os membros do time; • Certifique-se que o Product Backlog esteja priorizado; • Certifique-se que há disponível um conjunto de cartas para a prática do Planning Poker; • Certifique-se que há tempo disponível – sem interrupções – para a realização da reunião. A priorização do Product Backlog por parte do Product Owner... • Sessões de Facilitação • Brainstorm • Mapas mentais • Desenvolvimento de modelo visual abrangente (FDD facilita ter esse tipo de visão) •Conhecer user stories profundamente Apêndice 1 www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados
  • 25. Facilitando a vida... Daily Meeting • Os participantes da reunião são: Scrum Master e todos os membros do time. Caso necessário, pode ser solicitada a presença do Product Owner; • Certifique-se de que o local e horário do Daily Meeting esteja claro para todo o time; • Certifique- se de que o quadro de acompanhamento esteja visível no ambiente físico em que será realizada e reunião • O que fiz desde a última reunião? • O que pretendo fazer até a próxima reunião? • Estou tendo algum impedimento? Se sim, adicione-o ao Impediments Sprint Planning Meeting • O Product Owner deve falar ao time sobre a visão do produto; • O Product Owner e o time devem definir a meta da Sprint; • O time deve realizar a estimativa dos itens do backlog que não estejam estimados; • O Product Owner e o time, em consenso, escolhem os itens que irão fazer parte do próximo Sprint, estes itens selecionados são chamados de Selected Product Backlog. Apêndice 2 www.agilethink.com.br ©2017 Agile Think® - Todos os direitos reservados