SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
Baixar para ler offline
Engenharia
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN



de Software
Ágil
                                                               SCRUM e FDD




                                                                    Rildo F Santos
                                                                     rildo.santos@etecnologia.com.br
                                                                   rildo.santos@companyweb.com.br



                                                                                      twitter: @rildosan
                                                                   blog: http://rildosan.blogspot.com/

Versão 4
     Versão 4 | RFS                                                                               rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
Sobre o autor: Rildo F. Santos
                                                                         Coach e Consultor de Gestão de Negócios, Inovação e Tecnologia para a Gestão 2.0, a Gestão Ágil.
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN


                                                                         A Gestão Ágil ajuda as empresas a responder mais rápido as demandas de negócio e mudanças. A Gestão 2.0,
                                                                         abrange Planejamento Estratégico, Gestão por Processos Ágeis, Gestão de Projetos Ágeis, Tecnologia da Informação
                                                                         (Métodos Ágeis), Inovação e Liderança.

                                                                         Minha Experiência:
                                                                         Tenho mais de 10.000 horas de experiência em Gestão de Negócios, Gestão de Inovação, Governança e Engenharia de
                                                                         Software. Formado em Administração de Empresas, Pós-Graduado em Didática do Ensino Superior e Mestre em Engenharia
                                                                         de Software pela Universidade Mackenzie.

                                                                         Fui instrutor de Tecnologia de Orientação a Objetos, UML e Linguagem Java na Sun Microsystems e na IBM.

                                                                         Conheço Métodos Ágeis (SCRUM, Lead, FDD e XP), Arquitetura de Software, SOA (Arquitetura Orientado a Serviço),
                                                                         RUP/UP - Processo Unificado, Business Intelligence, Gestão de Risco de TI entre outras tecnologias.

                                                                         Sou professor de curso de MBA da Fiap e fui professor de pós-graduação da Fasp e IBTA.

                                                                         Possuo fortes conhecimentos de Gestão de Negócio (Inteligência de Negócio, Gestão por Processo, Inovação, Gestão de
                                                                         Projetos e GRC - Governance, Risk and Compliance), SOX, Basel II e PCI;
                                                                         E experiência na implementação de Governança de TI e Gerenciamento de Serviços de TI. Conhecimento dos principais
                                                                         frameworks e padrões: ITIL, Cobit, ISO 27001 e ISO 15999;

                                                                         Desempenhei diversos papéis como: Estrategista de Negócio, Gerente de Negócio, Gerente de Projeto, Arquiteto de Software,
                                                                         Projetista de Software e Analista de Sistema em diversos segmentos: Financeiro, Telecomunicações, Seguro, Saúde,
                                                                         Comunicação, Segurança Pública, Fazenda, Tecnologia, Varejo, Distribuição, Energia e Petróleo e Gás.

                                                                         Possuo as certificações: CSM - Certified SCRUM Master, CSPO - Certified SCRUM Product Owner , SUN Java Certified
                                                                         Instrutor, ITIL Foundation e sou Instrutor Oficial de Cobit Foundation e Cobit Games;

                                                                         Sou membro do IIBA-International Institute of Business Analysis (Canada)

                                                                         Onde estou:
                                                                         Twitter: http://twitter.com/rildosan
                                                                         Blog: http://rildosan.blogspot.com/


                                                               Versão 4 | RFS                                   rildo.santos@etecnologia.com.br       Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   2
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Comentário inicial:



                                                               Para desenvolver um software (ou produto), os métodos ágeis são altamente
                                                               recomendáveis, contudo, sempre existem muitas dúvidas na adoção dos
                                                               métodos:

                                                               - Quais métodos devemos usar ?

                                                               - Posso usar mais de um método para desenvolver um software ?

                                                               - Quais são as práticas de engenharia de software que devemos utilizar ?

                                                               - A metodologia de desenvolvimento existente poderá ser utilizada junto com o
                                                                 SCRUM ?

                                                               - Poderei elaborar o “Product Backlog” a partir dos Casos de Uso ?

                                                               - Como utilizar SCRUM e FDD juntos ?

                                                               Nesta apresentação responderemos algumas questões, mas focaremos na
                                                               questão: Como utilizar SCRUM e FDD juntos ?
                                                               Versão 4 | RFS              rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   3
Método Ágil, Respostas:
                                                               - Quais são as práticas de engenharia de software
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN


                                                               que devemos utilizar ?
                                                               R: você poderá utilizar as práticas de engenharia que já
                                                               são conhecidas da sua equipe ou utilizar as práticas de
                                                               engenharia de software ágeis, tais como: FDD e XP.

                                                               - A minha metodologia de desenvolvimento será que
                                                               poderei utilizar junto com o SCRUM ?
                                                               R: Sim, o SCRUM é um framework para o
                                                               Gerenciamento de Projetos, é possível usar uma
                                                               metodologia de desenvolvimento de software junto com
                                                               SCRUM (principalmente se ela for focada em práticas de
                                                               engenharia de software)

                                                               - Poderei elaborar o “Product Backlog” a partir dos Casos
                                                               de Uso ?
                                                               R: Sim, é possível utilizar toda experiência, o
                                                               conhecimento e cultura adquirida com o SCRUM.

                                                               - Posso utilizar SCRUM e FDD juntos ?
                                                               R. Sim, vou responder de forma mais detalhada esta
                                                               questão...


                                                               Versão 4 | RFS                 rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   4
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Como utilizar SCRUM e FDD juntos ?




                                                                                SCRUM                                      FDD




                                                                Eles são compatíveis ?

                                                                Qual é o papel de cada um no processo de desenvolvimento de software ?

                                                                Eles são complementares ?

                                                               Versão 4 | RFS            rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   5
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   O que é o SCRUM ?
                                                               The New, New
                                                               Product                                      Iterative,
                                                               Development                                  Incremental          O que é SCRUM ?
                                                               Game                TimeBoxes                Development          SCRUM é um processo iterativo e
                                                                                                                                 incremental para desenvolvimento de
                                                                                                                                 qualquer produto ou gerenciamento de
                                                                                                                                 qualquer trabalho...

                                                                                   SmallTalk                                     SRUM é:
                                                                                Engineering Tools                                Processo empírico de gerenciamento e
                                                                                                                                 controle.
                                                                                                                                 - Faz a inspeção e adaptação em loops
                                                                                                                                 de feedback
                                                                                                                                 - Faz entrega de valor ao cliente em até
                                                                                                                                 30 dias;
                                                                                                                                 - “Escalável” para suportar grandes
                                                                                                                                 projetos
                                                                                                                                 - Compatível com CMM3 e ISO9001
                                                                                                                                 - Extremamente simples, mas muito
                                                                                                                                 resistente...

                                                                                                                                 Valores do Scrum::
                                                                                                                                 - Transparência
                                                                                                                                 -Integridade: assim que perceber
                                                                                                                                   algo, faça algo
                                                                                                                                 - Ser empírico
                                                                                                                                 - Auto-organização
                                                                                                                                 - Entrega de valor
                                                               Versão 4 | RFS                       rildo.santos@etecnologia.com.br      Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   6
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   O coração do SCRUM

                                                               Legenda:
                                                                                                                                                Retrospectiva
                                                                                                                              Revisão             da Sprint
                                                                Cerimônias                 Planejamento
                                                                                                                              da Sprint
                                                                                             da Sprint
                                                                  artefatos                               Reunião
                                                                                                           diária


                                                                                                                           24 horas

                                                                                Visão   Produto      Sprint
                                                                                        Backlog     Backlog
                                                                                                                                                           Produto
                                                                                                                      2-4 Semanas




                                                                           Papéis                  Cerimônias                          Artefatos

                                                                 • Product Owner (PO)        • Planejamento da Sprint • Product Backlog
                                                                 • ScrumMaster (SM)          • Reunião Diária          • Sprint Backlog
                                                                 • Equipe Scrum              • Revisão da Sprint       • Burndown (gráfico)                                 Burndown
                                                                                             • Retrospectiva da Sprint

                                                               Versão 4 | RFS                        rildo.santos@etecnologia.com.br          Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   7
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   ROAD MAP do SCRUM

                                                                           Visão do
                                                                           Produto

                                                                                  Product             Planejamento             Selected Product                 Sprint
                                                                                  Backlog               da Sprint                  Backlog                     Backlog

                                                                                                                                                                                     Tarefas
                                                                                                                                                                                    da Sprint


                                                                                                                                                   Reunião
                                                                                                                                                    diária
                                                                                                                                                                             Equipe
                                                                            Product
                                                                             Onwer
                                                                                                      facilita
                                                                                                                             SCRUM
                                                                                            ajuda
                                                                                                                              Master


                                                                                                                                        facilita
                                                                                                                                                                         Execução da
                                                                                                                                                                            Sprint
                                                                                                                          facilita




                                                                                                                                                        Revisão da Sprint
                                                                                            Produto
                                                                                                                    Retrospectiva da Sprint




                                                               Versão 4 | RFS                                rildo.santos@etecnologia.com.br                 Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   8
Papéis
                                                               O SCRUM tem somente três papéis: Product Onwer (PO), SCRUM Master (SM)
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN

                                                               e a equipe SCRUM.
                                                                                   Product Owner, responsável por:
                                                                                   - Definir a Visão do Produto
                                                                                   - Elaborar e manter o Product
                                                                                     Backlog
                                                                                   - Definir a prioridade e ROI;
                                                                                   - Representar o cliente
                                                                                   - Aceitar ou rejeitar os entregáveis
                                                                                   SCRUM Master é responsável por:
                                                                                   - Ser um líder (servidor);
                                                                                   - Remover impedimentos;
                                                                                   - Proteger a equipe;
                                                                                   - Ajudar o PO (com Product Backlog);
                                                                                   - Ser o facilitador da equipe;
                                                                                   - Garantir as práticas SCRUM.
                                                                                   Equipe SCRUM é responsável por:
                                                                                   - Fazer estimativa;
                                                                                   - Definir as tarefas;
                                                                                   - Desenvolver o produto;
                                                                                   - Garantir a qualidade do produto;
                                                                                   - Apresentar o produto ao cliente
                                                                                   Equipe: auto-gerenciável e multifuncional
                                                               Versão 4 | RFS              rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   9
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   A Equipe e Comprometimento:




                                                                          Envolvidos                                           Comprometidos



                                                                          Stakeholders                                                                             Product Onwer
                                                                   (clientes e usuários finais)




                                                                                                                                                                      SCRUM Master
                                                                                                                    Equipe



                                                               Versão 4 | RFS                     rildo.santos@etecnologia.com.br     Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   10
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Cerimônias:

                                                                                              Reunião de Planejamento da Sprint (8 horas)
                                                                Participantes: PO, Equipe e SCRUM MASTER
                                                                Esta reunião é primeira reunião, seu objetivo é fazer
                                                                o planejamento da Sprint. Ela é dividida em duas partes.Na primeira parte o PO definirá prioridade, seleção dos
                                                                itens do backlog e meta da Sprint.
                                                                Na segunda parte a equipe definirá a Sprint Backlog (que são as tarefas necessárias para cumprir a meta).

                                                                                                       Reunião Diária (15 minutos)
                                                                Participantes: Equipe e SCRUM MASTER
                                                                Nesta reunião somente membros da equipe devem participar. A duração dela é de 15 minutos. As pessoas
                                                                fazem a reunião de pé. O objetivo desta reunião é fazer que as pessoas respondam 3 questões:
                                                                - O que eu fiz ontem ?
                                                                - O que vou fazer hoje ?
                                                                - Encontrei algum impedimento ?

                                                                                                       Revisão da Sprint (4 horas*)

                                                                Participantes: PO, Equipe e SCRUM MASTER
                                                                Esta reunião acontece no final da Sprint, opcionalmente outras pessoas podem ser convidadas (se necessário).
                                                                O objetivo da reunião é apresentar o que a equipe fez durante a Sprint e fazer a entrega do produto (software
                                                                funcionando) para o PO. (Normalmente é apresentado uma demo do software).
                                                                Geralmente ela é feita em um auditório ou em uma sala de reunião

                                                                                                    Retrospectiva da Sprint (3 horas*)
                                                                Participantes: Equipe e SCRUM MASTER
                                                                Esta reunião acontece logo após a Revisão da Sprint.
                                                                O objetivo dela é avaliar o que deu certo e que deu errado durante a Sprint, e fazer os ajustes possíveis para
                                                                a próxima Sprint, ou seja, o ciclo de melhoria contínua.

                                                               Versão 4 | RFS                           rildo.santos@etecnologia.com.br      Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   11
O que é o FDD (Feature Driven Development) ?
                                                                                                                               O FDD foi criada em 1997 num grande
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN
                                                               Feature Driven Development (Desenvolvimento                     projeto em Java para o United Overseas
                                                               Guiado por Funcionalidades) é uma metodologia ágil              Bank, em Singapura.
                                                               para gerenciamento e desenvolvimento de software.               Nasceu a partir da experiência de análise
                                                                                                                               e modelagem orientadas por objetos de
                                                                                                                               Peter Coad, e de gerenciamento de
                                                               Ela combina as melhores práticas do gerenciamento               projetos de Jeff De Luca.
                                                               ágil de projetos com uma abordagem completa para                Foi inicialmente publicada em 1999, no
                                                                                                                               capítulo 6 do livro "Java Modeling in
                                                               Engenharia de Software orientada por objetos,                   Color with UML", de Peter Coad, Eric
                                                               conquistando os três principais públicos de um                  Lefebvre e Jeff De Luca.
                                                               projeto de software:                                            Em 2002, Stephen Palmer (gerente de
                                                               - Clientes,                                                     desenvolvimento do projeto em
                                                                                                                               Singapura) e John Mac Felsing
                                                               - Gerentes,                                                     (arquiteto senior na TogetherSoft)
                                                               -Desenvolvedores.                                               publicaram o livro "A Practical Guide to
                                                                                                                               Feature Driven Development", com a
                                                               -                                                               versão completa, atualizada e comentada
                                                               Seus princípios e práticas proporcionam um                      da metodologia.
                                                               equilíbrio entre as filosofias tradicionais e as mais           Em 2003, David Anderson, que foi o
                                                               extremas, proporcionando uma transição mais suave               especialista em interface com o usuário,
                                                                                                                               no projeto de Cingapura, publicou um
                                                               para organizações mais conservadoras, e a                       marco na literatura Ágil, "Agile
                                                               retomada da responsabilidade para as organizações               Management for Software Engineering:
                                                                                                                               Using the Theory of Constraints for
                                                               que se desiludiram com as propostas mais radicais.              Business Results", onde oferece uma
                                                                                                                               análise profunda sobre a FDD (entre
                                                                                                                               outras metodologias), além de material
                                                               O lema da FDD é: "Resultados freqüentes,                        inédito sobre a FDD.
                                                               tangíveis e funcionais."
                                                               Versão 4 | RFS                rildo.santos@etecnologia.com.br    Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   12
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   FDD (Feature Driven Development)




                                                               Versão 4 | RFS           rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   13
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   O que é o FDD (Feature Driven Development) ?
                                                                A FDD é uma metodologia muito objetiva. Possui apenas duas fases:
                                                                - Concepção & Planejamento: Pensar um pouco antes de fazer (tipicamente de 1 a 2
                                                                semanas)
                                                                - Construção: Fazer de forma iterativa (tipicamente em iterações de 2 semanas)

                                                                Os cinco processos são bem definidos e integrados:
                                                                DMA (Desenvolver um Modelo Abrangente): Análise Orientada por Objetos
                                                                CLF (Construir a Lista de Funcionalidades): Decomposição Funcional
                                                                PPF (Planejar por Funcionalidade): Planejamento Incremental
                                                                DPF (Detalhar por Funcionalidade): Desenho (Projeto) Orientado por Objetos
                                                                CPF (Construir por Funcionalidade): Programação e Teste Orientados por Objetos



                                                                  A FDD chama a atenção por algumas características peculiares:
                                                                   - Resultados úteis a cada duas semanas ou menos
                                                                  - Blocos bem pequenos de funcionalidade valorizada pelo cliente, chamados "Features"
                                                                  - Planejamento detalhado e guia para medição
                                                                  - Rastreabilidade e relatórios
                                                                  - Monitoramento detalhado dentro do projeto, com resumos de alto nível para clientes e
                                                                     gerentes, tudo em termos de negócio
                                                                  - Fornece uma forma de saber, dentro dos primeiros 10% de um projeto, se o plano e a
                                                                    estimativa são sólidos



                                                               Versão 4 | RFS                   rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   14
Os Processos
                                                               A FDD é, classicamente, descrita por cinco processos:
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN


                                                               DMA - Desenvolver um Modelo Abrangente: pode envolver desenvolvimento de requisitos,
                                                               análise orientada por objetos, modelagem lógica de dados e outras técnicas para entendimento do
                                                               domínio de negócio em questão. O resultado é um modelo de objetos (e/ou de dados) de alto nível,
                                                               que guiará a equipe durante os ciclos de construção.

                                                               CLF - Construir uma Lista de Funcionalidades: decomposição funcional do modelo do domínio,
                                                               em três camadas típicas: áreas de negócio, atividades de negócio e passos automatizados da
                                                               atividade (funcionalidades). O resultado é uma hierarquia de funcionalidades que representa o
                                                               produto a ser construído (também chamado de product backlog, ou lista de espera do produto).

                                                               PPF - Planejar por Funcionalidade: abrange a estimativa de complexidade e dependência das
                                                               funcionalidades, também levando em consideração a prioridade e valor para o negócio/cliente. O
                                                               resultado é um plano de desenvolvimento, com os pacotes de trabalho na seqüência apropriada
                                                               para a construção.

                                                               DPF - Detalhar por Funcionalidade: já dentro de uma iteração de construção, a equipe detalha os
                                                               requisitos e outros artefatos para a codificação de cada funcionalidade, incluindo os testes. O
                                                               projeto para as funcionalidades é inspecionado. O resultado é o modelo de domínio mais
                                                               detalhado e os esqueletos de código prontos para serem preenchidos.

                                                               CPF - Construir por Funcionalidade: cada esqueleto de código é preenchido, testado e
                                                               inspecionado. O resultado é um incremento do produto integrado ao repositório principal de código,
                                                               com qualidade e potencial para ser usado pelo cliente/usuário.


                                                               Versão 4 | RFS                     rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   15
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Visão da Arquitetura:




                                                                                           Apresentação
                                                                                (Visões e Controladores de Interface)



                                                                                             Negócio
                                                                                       (Domínio do Problema)



                                                                                                                    Interface com
                                                                                 Persistência
                                                                                                                   outros sistemas



                                                               Versão 4 | RFS             rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   16
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Sobre UML Color
                                                                UML Color é um conjunto de quatro cores associadas a UML (Unified Modeling Language). O sistema de
                                                                coloração indica quais vários arquétipos se aplicam ao objeto UML. UML tipicamente identifica um estereótipo
                                                                com um comentário entre parênteses, para cada objeto que identifica se é uma classe, interface, etc.
                                                                Estas cores foram pela primeira vez sugerida por Peter Coad , Eric Lefebvre e Jeff De Luca em
                                                                uma série de artigos no The Letter Coad e posteriormente publicado em seu livro Java
                                                                Modeling em cores com UML.
                                                                Ao longo de centenas de modelos de domínio, ficou claro que quatro grandes "tipos" de classes apareceu de
                                                                novo e de novo - apenas um nome diferente para se adequar ao domínio. Estes eram chamados de arquétipos
                                                                (depois de muita discussão), que serve para transmitir que as classes de um arquétipo dado seguem mais ou
                                                                menos da mesma forma.
                                                                Isto é, atributos , métodos , associações e interfaces são bastante semelhantes entre as classes de um
                                                                determinado arquétipo.
                                                                Ao tentar classificar um determinado domínio de classe, tipicamente uma pergunta sobre os padrões de cor,
                                                                nesta ordem:

                                                                Rosa: momento, intervalo - Será que representam um momento ou intervalo de tempo? Um exemplo
                                                                seria um objeto que armazena temporariamente as informações de login durante o processo de
                                                                Autenticação.
                                                                Amarelo - papéis - É uma maneira de participar de uma atividade (por qualquer pessoa, lugar ou coisa) ?
                                                                Assinatura em um sistema como um administrador, que muda o comportamento do programa,
                                                                exigindo uma senha que contas de convidado não, é um exemplo.
                                                                Azul - Descrição - É simplesmente uma descrição do catálogo-como a que classifica ou objeto 'rótulos„ Um ?
                                                                Se os usuários do sistema são rotulados com base no departamento de uma empresa em que trabalham
                                                                dentro e isso não muda a forma como o sistema se comporta, isso seria uma
                                                                descrição.
                                                                Verde - parte, lugar ou coisa - algo tangível, unicamente identificável. Normalmente, se você passar a
                                                                três perguntas acima e acabam por aqui, sua classe é um verde ". O usuário do sistema e as
                                                                sub-seções do sistema são todos os que visitam PPTs.

                                                               Versão 4 | RFS                          rildo.santos@etecnologia.com.br     Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   17
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Exemplo: UML em cores:




                                                               Versão 4 | RFS           rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   18
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   As disciplinas envolvidas:


                                                                Gestão Ágil de Projetos




                                                               Fonte: Adail Muniz Retamal - www.heptagon.com
                                                               Versão 4 | RFS                       rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   19
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Juntando o SCRUM e o FDD:




                                                                                 SCRUM
                                                                                                                           FDD




                                                                            Gerenciamento                                Engenharia de
                                                                              de Projeto                                   Software
                                                               O SCRUM e o FDD são complementares em muitos aspectos:
                                                               -Podemos utilizar o SCRUM para o Gerenciamento
                                                               - E o FDD para as práticas de Engenharia de Software
                                                               Versão 4 | RFS          rildo.santos@etecnologia.com.br     Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   20
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Gerenciamento (SCRUM) e Engenharia de Software (FDD, XP)




                                                                                SCRUM                                              FDD




                                                                     Gestão de Projeto                  Engenharia de software
                                                               Versão 4 | RFS           rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   21
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Juntando o SCRUM e o FDD:




                                                               Versão 4 | RFS          rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   22
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   FBS: Feature Breakdown Structure(FDD)




                                                                FBS (Feature BreakDown Structure) é uma prática para engenharia de requisito

                                                                FBS cria uma “estrutura analista de funcionalidades”, como estamos trabalhando com FDD, cada feature
                                                                deve representar um item do Product Backlog

                                                               Versão 4 | RFS                      rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   23
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   O Que é Feature ? (Pela visão da FDD)
                                                               Funcionalidade (ou característica)
                                                               Pequena o suficiente para ser implementada no máximo em 01 iteração
                                                               Oferece valor para o cliente

                                                               Mapeia passos em uma atividade de negócio:
                                                               – Pode ser um passo de um Caso de Uso (ou user stories)
                                                               – Às vezes pode ser o próprio Caso de Uso (ou user stories)

                                                               Conceito muito próximo ao de um requisito funcional

                                                               Modelo: < ação> <resultado> <objeto >
                                                               - Liberar apartamento para locação
                                                               - Calcular o total de uma nota fiscal
                                                               - Autorizar uma transação com cartão
                                                               - Emitir uma nota fiscal
                                                               - Calcular total da conta do cliente
                                                               - Imprimir o relatório para conferência




                                                               Fonte: Adail Muniz Retamal - www.heptagon.com

                                                               Versão 4 | RFS                                  rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   24
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Modelando Funcionalidades com Mind Map:




                                                               Versão 4 | RFS        rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   25
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Gerenciado ROI com Business Value
                                                                Business Value será uma moeda de troca durante o projeto e o cliente empresta
                                                                um determinado valor dessa moeda para a equipe e esta por sua vez, terá que devolver
                                                                o valor correspondente em forma de software, ou seja, é uma dívida que a equipe
                                                                assume com o cliente e que deverá ser amortizada a cada ciclo(Sprint), até que a
                                                                mesma seja totalmente liquidada (zerada).


                                                                  Exemplo de Product BackLog baseado no FDD:
                                                                    Business      Área de     Item
                                                                     Value        Negócio

                                                                       100      Reserva       Os clientes poderão fazer reserva de apartamento

                                                                        50      Reserva       Os clientes poderão cancelar a reserva

                                                                        50      Reserva       Os clientes poderão fazer alterações de data da reserva

                                                                        40      Reserva       Os cliente poderão fazer consulta de reservas

                                                                       100      Reserva       Criação de o Book de Reserva

                                                                        80      Pagamento     O meio de pagamento da reserva serão por cartão de
                                                                                              crédito

                                                                        60      Apartamento   Os apartamentos deverão ser cadastros

                                                                        40      Apartamento   Os apartamentos são classificados por categoria

                                                                        60      Cliente       Precisamos registrar os dados dos clientes



                                                               Versão 4 | RFS                          rildo.santos@etecnologia.com.br        Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   26
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   OK ?
                                                                Você já percebeu que utilizar o SCRUM e FDD juntos pode facilitar e potencializar o
                                                                entendimento dos requisitos de software.

                                                                O SCRUM é excelente para o Gerenciamento de Projetos, contudo existe uma lacuna
                                                                entre a Gestão de Projetos baseada em SCRUM e as práticas de engenharia de software.
                                                                Ao utilizarmos o FDD conseguimos reduzir esta lacuna e se aproximar da Engenharia de
                                                                Software Ágil.

                                                                Devemos combinar, juntar as melhores práticas de cada método para termos um processo
                                                                completo de Gestão de Projetos e de Engenharia de software Ágil




                                                               Versão 4 | RFS                  rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   27
Gostou ?
                                                                Gostou...Que saber mais, conhecer mais os métodos ágeis, como SCRUM FDD e XP:
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN


                                                                Participe do nosso treinamento:
                                                                Formação de Engenharia de Software Ágil

                                                                Entre em contato:
                                                                - eventos@companyweb.com.br
                                                                - rildo.santos@companyweb.com.br
                                                                - rildo.santos@etecnologia.com.br

                                                                                Formação Engenharia de Software Ágil
                                                                                 As melhores práticas para o desenvolvimento de software ágil
                                                                                                              Conteúdo Programático                              - Engenharia de Software com as práticas
                                                                                                                                                                   FDD+BDD e XP (8 horas)
                                                                                                              Gestão de Projeto de desenvolvimento de              Ciclo do desenvolvimento da Sprint com
                                                                                                              Software com SCRUM (16 horas)                        práticas FDD, XP e BDD
                                                                                                                                                                   Revisão da Sprint (Revisão do produto da
                                                                                                              - Ciclo de Produto (8 horas) :                       Sprint)
                                                                                                                       •Papel do Product Onwer                     Retrospectiva (Revisão do processo - Lições
                                                                                                                       •Visão do Produto                           aprendidas)
                                                                                                                       •Roadmap do Produto
                                                                                                                       •Plano de Release do Produto              Implementação da Fábrica Ágil (8 horas)
                                                                                                                       •Product Backlog                           Planejamento da implementação da Fábrica
                                                                                                                       •*Workshop do Produto e Requisitos         Ágil
                                                                                                                                                                  Fatores críticos de sucesso
                                                                                                              - Ciclo do Processo (8 horas)                       Ferramentas, pessoas e processos
                                                                                                                Papel do SCRUM Master                             Capacitação da equipe
                                                                                                                Papel da Equipe SCRUM
                                                                                                                Reunião de Planejamento:
                                                                                                                        •Estimativa                              Carga horária: 32 horas
                                                                                                                        •Definição DoD
                                                                                                                        •Sprint Backlog                                            Local: São Paulo
                                                                                                                        •Reuniões Diárias
                                                                                                                        •Impedimentos




                                                               Versão 4 | RFS                     rildo.santos@etecnologia.com.br                  Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010       28
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Referências e Créditos:
                                                                FDD, Créditos:

                                                                Adail Muniz Retamal - www.heptagon.com

                                                                Manoel Pimentel Medeiros (Visão Ágil - http://www.visaoagil.com)


                                                                SCRUM:
                                                                                       SCRUM Product Owner
                                                                                       http://www.slideshare.net/Ridlo/scrum-product-owner




                                                                                      SCRUM Experience
                                                                                      http://www.slideshare.net/Ridlo/scrum-experience-o-tutorial-scrum




                                                               Versão 4 | RFS                         rildo.santos@etecnologia.com.br            Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   29
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Quer Mais ?
                                                                Gostou quer mais, gostaria de receber outros materiais sobre o mesmo tema e novas versões deste
                                                                material...
                                                                Envie um e-mail para com subject: “Quero entrar na comunidade” para rildo.santos@etecnologia.com.br
                                                                que te enviaremos um convite para participar da nossa comunidade




                                                                                          http://etecnologia.ning.com/
                                                               Versão 4 | RFS                     rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   30
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Notas:
                                                                Marcas Registradas:

                                                                Todos os termos mencionados e reconhecidos como Marca Registrada e/ou comercial são de
                                                                responsabilidade de seus proprietários. O autor informa não estar associada a nenhum produto e/ou
                                                                fornecedor apresentado neste material. No decorrer deste, imagens, nomes de produtos e fabricantes
                                                                podem ter sido utilizados, e desde já o autor informa que o uso é apenas ilustrativo e/ou educativo, não
                                                                visando ao lucro, favorecimento ou desmerecimento do produto/fabricante.



                                                                 Melhoria e Revisão:

                                                                 Este material esta em processo constante de revisão e melhoria, se você encontrou algum problema
                                                                 ou erro envie um e-mail nós.


                                                                Criticas e Sugestões:

                                                                Nós estamos abertos para receber criticas e sugestões que possam melhorar o material, por favor
                                                                envie um e-mail para nós.

                                                                Imagens:
                                                                Google, Flickr e Banco de Imagem.




                                                                                        Rildo F dos Santos (rildo.santos@etecnologia.com.br)

                                                               Versão 4 | RFS                        rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   31
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN   Licença:




                                                               Versão 4 | RFS   rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010   32
Engenharia
Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN



de Software
Ágil
                                                               SCRUM e FDD




                                                                    Rildo F Santos
                                                                     rildo.santos@etecnologia.com.br
                                                                   rildo.santos@companyweb.com.br



                                                                                      twitter: @rildosan
                                                                   blog: http://rildosan.blogspot.com/

Versão 4
     Versão 4 | RFS                                                                               rildo.santos@etecnologia.com.br   Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumMarcos Garrido
 
Declaração de escopo MODELO
Declaração de escopo MODELODeclaração de escopo MODELO
Declaração de escopo MODELOSuzana Sarmento
 
Ferramenta de apoio a gerência de configuração de software
Ferramenta de apoio a gerência de configuração de softwareFerramenta de apoio a gerência de configuração de software
Ferramenta de apoio a gerência de configuração de softwareelliando dias
 
Modelo de Declaracao do escopo do projeto
Modelo de Declaracao do escopo do projetoModelo de Declaracao do escopo do projeto
Modelo de Declaracao do escopo do projetoFernando Palma
 
Especificação de Requisitos de Software
Especificação de Requisitos de SoftwareEspecificação de Requisitos de Software
Especificação de Requisitos de SoftwareRalph Rassweiler
 
Estrutura Analítica do Projeto (EAP)
Estrutura Analítica do Projeto (EAP)Estrutura Analítica do Projeto (EAP)
Estrutura Analítica do Projeto (EAP)Alessandro Fazenda
 
Gestao de portfolio a execucao da estrategia atraves de projetos
Gestao de portfolio   a execucao da estrategia atraves de projetosGestao de portfolio   a execucao da estrategia atraves de projetos
Gestao de portfolio a execucao da estrategia atraves de projetosRobes Baima, PMI-PMP, PMI-RMP
 
Levantamento Ágil de Requisitos
Levantamento Ágil de RequisitosLevantamento Ágil de Requisitos
Levantamento Ágil de RequisitosPaulo Furtado
 
Curso mapeamento-bpmn-bizagi-total
Curso mapeamento-bpmn-bizagi-totalCurso mapeamento-bpmn-bizagi-total
Curso mapeamento-bpmn-bizagi-totalAndreia Dutra Tonon
 
Normas e Padrões para a Qualidade de Software
Normas e Padrões para a Qualidade de SoftwareNormas e Padrões para a Qualidade de Software
Normas e Padrões para a Qualidade de SoftwareDanilo Sousa
 
Gestão de defeitos e testes com Jira
Gestão de defeitos e testes com JiraGestão de defeitos e testes com Jira
Gestão de defeitos e testes com JiraQualister
 
Declaracao de escopo projeto novas fronteiras
Declaracao de escopo projeto novas fronteirasDeclaracao de escopo projeto novas fronteiras
Declaracao de escopo projeto novas fronteirasRicardo Hippler
 
Apresentacao Pmbok
Apresentacao PmbokApresentacao Pmbok
Apresentacao PmbokLuiz Neto
 

Mais procurados (20)

Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Declaracao de escopo de um projecto
Declaracao de escopo de um projectoDeclaracao de escopo de um projecto
Declaracao de escopo de um projecto
 
Aula - Metodologias Ágeis
Aula - Metodologias ÁgeisAula - Metodologias Ágeis
Aula - Metodologias Ágeis
 
Mpsbr
MpsbrMpsbr
Mpsbr
 
Declaração de escopo MODELO
Declaração de escopo MODELODeclaração de escopo MODELO
Declaração de escopo MODELO
 
Feature Driven Development - FDD
Feature Driven Development - FDDFeature Driven Development - FDD
Feature Driven Development - FDD
 
Ferramenta de apoio a gerência de configuração de software
Ferramenta de apoio a gerência de configuração de softwareFerramenta de apoio a gerência de configuração de software
Ferramenta de apoio a gerência de configuração de software
 
Modelo de Declaracao do escopo do projeto
Modelo de Declaracao do escopo do projetoModelo de Declaracao do escopo do projeto
Modelo de Declaracao do escopo do projeto
 
Especificação de Requisitos de Software
Especificação de Requisitos de SoftwareEspecificação de Requisitos de Software
Especificação de Requisitos de Software
 
Estrutura Analítica do Projeto (EAP)
Estrutura Analítica do Projeto (EAP)Estrutura Analítica do Projeto (EAP)
Estrutura Analítica do Projeto (EAP)
 
Aula 2 - Modelos de processos
Aula 2 -  Modelos de processosAula 2 -  Modelos de processos
Aula 2 - Modelos de processos
 
Gestao de portfolio a execucao da estrategia atraves de projetos
Gestao de portfolio   a execucao da estrategia atraves de projetosGestao de portfolio   a execucao da estrategia atraves de projetos
Gestao de portfolio a execucao da estrategia atraves de projetos
 
Levantamento Ágil de Requisitos
Levantamento Ágil de RequisitosLevantamento Ágil de Requisitos
Levantamento Ágil de Requisitos
 
Curso mapeamento-bpmn-bizagi-total
Curso mapeamento-bpmn-bizagi-totalCurso mapeamento-bpmn-bizagi-total
Curso mapeamento-bpmn-bizagi-total
 
Normas e Padrões para a Qualidade de Software
Normas e Padrões para a Qualidade de SoftwareNormas e Padrões para a Qualidade de Software
Normas e Padrões para a Qualidade de Software
 
Gestão de defeitos e testes com Jira
Gestão de defeitos e testes com JiraGestão de defeitos e testes com Jira
Gestão de defeitos e testes com Jira
 
Declaracao de escopo projeto novas fronteiras
Declaracao de escopo projeto novas fronteirasDeclaracao de escopo projeto novas fronteiras
Declaracao de escopo projeto novas fronteiras
 
Fundamentos da Gestão de Projetos
Fundamentos da Gestão de ProjetosFundamentos da Gestão de Projetos
Fundamentos da Gestão de Projetos
 
Apresentacao Pmbok
Apresentacao PmbokApresentacao Pmbok
Apresentacao Pmbok
 

Destaque

Verificação, Validação e Teste de Software
Verificação, Validação e Teste de SoftwareVerificação, Validação e Teste de Software
Verificação, Validação e Teste de SoftwareCamilo Almendra
 
Engenharia de Software - Conceitos e Modelos de Desenvolvimento
Engenharia de Software - Conceitos e Modelos de Desenvolvimento Engenharia de Software - Conceitos e Modelos de Desenvolvimento
Engenharia de Software - Conceitos e Modelos de Desenvolvimento Sérgio Souza Costa
 
Final copy lra conflict uganda
Final copy lra conflict ugandaFinal copy lra conflict uganda
Final copy lra conflict ugandaKelli Kling
 
LRA Presentation 1
LRA Presentation 1LRA Presentation 1
LRA Presentation 1ildikoscurr
 
Social Software und Web 2.0: Semantic Wikis, Social Tagging und eLearning 2.0
Social Software und Web 2.0: Semantic Wikis, Social Tagging und eLearning 2.0Social Software und Web 2.0: Semantic Wikis, Social Tagging und eLearning 2.0
Social Software und Web 2.0: Semantic Wikis, Social Tagging und eLearning 2.0Sebastian Schaffert
 
Gj Sue Tr Policy
Gj Sue Tr PolicyGj Sue Tr Policy
Gj Sue Tr PolicyCallieO
 
Validação e Testes de Software - MOD1
Validação e Testes de Software - MOD1Validação e Testes de Software - MOD1
Validação e Testes de Software - MOD1Fernando Palma
 
Introdução ao Teste de Software - Uma abordagem prática
Introdução ao Teste de Software - Uma abordagem práticaIntrodução ao Teste de Software - Uma abordagem prática
Introdução ao Teste de Software - Uma abordagem práticaFabrício Campos
 
Desenhando Componentes de Software com UML
Desenhando Componentes de Software com UMLDesenhando Componentes de Software com UML
Desenhando Componentes de Software com UMLRildo (@rildosan) Santos
 
C-LRA Program Evaluation and Needs Assessment
C-LRA Program Evaluation and Needs AssessmentC-LRA Program Evaluation and Needs Assessment
C-LRA Program Evaluation and Needs AssessmentRobert Grossman-Vermaas
 
LRA Investor Presentation 13 05-17
LRA Investor Presentation 13 05-17 LRA Investor Presentation 13 05-17
LRA Investor Presentation 13 05-17 Lara_Exploration
 
Semantic Relations
Semantic RelationsSemantic Relations
Semantic RelationsJennifer Lee
 
Open Source Software im geschäftskritischen Einsatz
Open Source Software im geschäftskritischen EinsatzOpen Source Software im geschäftskritischen Einsatz
Open Source Software im geschäftskritischen EinsatzMatthias Stürmer
 
Projektmanagement 2.0: Social Software für die Projektkommunikation
Projektmanagement 2.0: Social Software für die ProjektkommunikationProjektmanagement 2.0: Social Software für die Projektkommunikation
Projektmanagement 2.0: Social Software für die ProjektkommunikationKommunikation-zweinull
 
13 03-01 lra investor presentation
13 03-01 lra investor presentation13 03-01 lra investor presentation
13 03-01 lra investor presentationLara_Exploration
 

Destaque (20)

Verificação, Validação e Teste de Software
Verificação, Validação e Teste de SoftwareVerificação, Validação e Teste de Software
Verificação, Validação e Teste de Software
 
Engenharia de Software - Conceitos e Modelos de Desenvolvimento
Engenharia de Software - Conceitos e Modelos de Desenvolvimento Engenharia de Software - Conceitos e Modelos de Desenvolvimento
Engenharia de Software - Conceitos e Modelos de Desenvolvimento
 
ingenieria del software
ingenieria del softwareingenieria del software
ingenieria del software
 
Final copy lra conflict uganda
Final copy lra conflict ugandaFinal copy lra conflict uganda
Final copy lra conflict uganda
 
LRA Presentation (1)
LRA Presentation (1)LRA Presentation (1)
LRA Presentation (1)
 
LRA Presentation 1
LRA Presentation 1LRA Presentation 1
LRA Presentation 1
 
Social Software und Web 2.0: Semantic Wikis, Social Tagging und eLearning 2.0
Social Software und Web 2.0: Semantic Wikis, Social Tagging und eLearning 2.0Social Software und Web 2.0: Semantic Wikis, Social Tagging und eLearning 2.0
Social Software und Web 2.0: Semantic Wikis, Social Tagging und eLearning 2.0
 
Gj Sue Tr Policy
Gj Sue Tr PolicyGj Sue Tr Policy
Gj Sue Tr Policy
 
Ctai Teste De Software Aula 1
Ctai Teste De Software Aula 1Ctai Teste De Software Aula 1
Ctai Teste De Software Aula 1
 
Validação e Testes de Software - MOD1
Validação e Testes de Software - MOD1Validação e Testes de Software - MOD1
Validação e Testes de Software - MOD1
 
Introdução ao Teste de Software - Uma abordagem prática
Introdução ao Teste de Software - Uma abordagem práticaIntrodução ao Teste de Software - Uma abordagem prática
Introdução ao Teste de Software - Uma abordagem prática
 
Desenhando Componentes de Software com UML
Desenhando Componentes de Software com UMLDesenhando Componentes de Software com UML
Desenhando Componentes de Software com UML
 
C-LRA Program Evaluation and Needs Assessment
C-LRA Program Evaluation and Needs AssessmentC-LRA Program Evaluation and Needs Assessment
C-LRA Program Evaluation and Needs Assessment
 
LRA Investor Presentation 13 05-17
LRA Investor Presentation 13 05-17 LRA Investor Presentation 13 05-17
LRA Investor Presentation 13 05-17
 
Conflict in North Uganda
Conflict in North UgandaConflict in North Uganda
Conflict in North Uganda
 
Semantic Relations
Semantic RelationsSemantic Relations
Semantic Relations
 
Open Source Software im geschäftskritischen Einsatz
Open Source Software im geschäftskritischen EinsatzOpen Source Software im geschäftskritischen Einsatz
Open Source Software im geschäftskritischen Einsatz
 
Projektmanagement 2.0: Social Software für die Projektkommunikation
Projektmanagement 2.0: Social Software für die ProjektkommunikationProjektmanagement 2.0: Social Software für die Projektkommunikation
Projektmanagement 2.0: Social Software für die Projektkommunikation
 
13 03-01 lra investor presentation
13 03-01 lra investor presentation13 03-01 lra investor presentation
13 03-01 lra investor presentation
 
20100822 opensmt bruttomesso
20100822 opensmt bruttomesso20100822 opensmt bruttomesso
20100822 opensmt bruttomesso
 

Semelhante a BPMN e SCRUM

Tutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgi
Tutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgiTutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgi
Tutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgiRildo (@rildosan) Santos
 
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMNMapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMNJean Israel B. Feijó
 
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPM
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMMapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPM
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMRogério Araújo
 
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócio com BPMN
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócio com BPMNMapeamento e Modelagem de Processos de Negócio com BPMN
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócio com BPMNRildo (@rildosan) Santos
 
Análise, Simulação e Melhoria de Processo com WBM
Análise, Simulação e Melhoria de Processo com WBMAnálise, Simulação e Melhoria de Processo com WBM
Análise, Simulação e Melhoria de Processo com WBMRildo (@rildosan) Santos
 
Modelagem de Processos com BPMN e Tibco Business Studio
Modelagem de Processos com BPMN e Tibco Business StudioModelagem de Processos com BPMN e Tibco Business Studio
Modelagem de Processos com BPMN e Tibco Business StudioRildo (@rildosan) Santos
 
Técnicas de Gestão para Análise de Negócio
Técnicas de Gestão para Análise de NegócioTécnicas de Gestão para Análise de Negócio
Técnicas de Gestão para Análise de NegócioRildo (@rildosan) Santos
 
Como Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITIL
Como Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITILComo Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITIL
Como Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITILRildo (@rildosan) Santos
 
PMO Como ter sucesso na gestao de multiplos empreendimentos
PMO Como ter sucesso na gestao de multiplos empreendimentosPMO Como ter sucesso na gestao de multiplos empreendimentos
PMO Como ter sucesso na gestao de multiplos empreendimentosGrupo Treinar
 

Semelhante a BPMN e SCRUM (20)

Tutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgi
Tutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgiTutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgi
Tutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgi
 
Gestão por Processo
Gestão por ProcessoGestão por Processo
Gestão por Processo
 
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMNMapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN
 
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPM
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMMapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPM
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPM
 
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócio com BPMN
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócio com BPMNMapeamento e Modelagem de Processos de Negócio com BPMN
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócio com BPMN
 
Análise, Simulação e Melhoria de Processo com WBM
Análise, Simulação e Melhoria de Processo com WBMAnálise, Simulação e Melhoria de Processo com WBM
Análise, Simulação e Melhoria de Processo com WBM
 
Melhoria de Processo de Negócio
Melhoria de Processo de NegócioMelhoria de Processo de Negócio
Melhoria de Processo de Negócio
 
Kanban para Desenvolvimento de Software
Kanban para Desenvolvimento de SoftwareKanban para Desenvolvimento de Software
Kanban para Desenvolvimento de Software
 
Scrum Experience [O Tutorial Scrum]
Scrum Experience [O Tutorial Scrum]Scrum Experience [O Tutorial Scrum]
Scrum Experience [O Tutorial Scrum]
 
Modelagem de Processos com BPMN e Tibco Business Studio
Modelagem de Processos com BPMN e Tibco Business StudioModelagem de Processos com BPMN e Tibco Business Studio
Modelagem de Processos com BPMN e Tibco Business Studio
 
Notação BPMN v. 1.2
Notação BPMN v. 1.2Notação BPMN v. 1.2
Notação BPMN v. 1.2
 
Notação BPMN v. 1.2
Notação BPMN v. 1.2 Notação BPMN v. 1.2
Notação BPMN v. 1.2
 
Técnicas de Gestão para Análise de Negócio
Técnicas de Gestão para Análise de NegócioTécnicas de Gestão para Análise de Negócio
Técnicas de Gestão para Análise de Negócio
 
Como Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITIL
Como Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITILComo Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITIL
Como Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITIL
 
Planejamento Estrategico com BSC
Planejamento Estrategico com BSCPlanejamento Estrategico com BSC
Planejamento Estrategico com BSC
 
Scrum Product Owner
Scrum Product OwnerScrum Product Owner
Scrum Product Owner
 
Analise de Requisitos Software
Analise de Requisitos SoftwareAnalise de Requisitos Software
Analise de Requisitos Software
 
Tutorial Visio Modelagem de Processos
Tutorial Visio Modelagem de ProcessosTutorial Visio Modelagem de Processos
Tutorial Visio Modelagem de Processos
 
Governança de TI
Governança de TIGovernança de TI
Governança de TI
 
PMO Como ter sucesso na gestao de multiplos empreendimentos
PMO Como ter sucesso na gestao de multiplos empreendimentosPMO Como ter sucesso na gestao de multiplos empreendimentos
PMO Como ter sucesso na gestao de multiplos empreendimentos
 

Mais de Rildo (@rildosan) Santos

Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0Rildo (@rildosan) Santos
 
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem HíbridaMinicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem HíbridaRildo (@rildosan) Santos
 
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)Rildo (@rildosan) Santos
 
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOKNovidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOKRildo (@rildosan) Santos
 

Mais de Rildo (@rildosan) Santos (20)

Feedback. Arte de dar e receber feedback
Feedback. Arte de dar e receber feedbackFeedback. Arte de dar e receber feedback
Feedback. Arte de dar e receber feedback
 
Minicurso Meça o que importa com OKR
Minicurso Meça o que importa com OKRMinicurso Meça o que importa com OKR
Minicurso Meça o que importa com OKR
 
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
 
Meça o que importa com OKR
Meça o que importa com OKRMeça o que importa com OKR
Meça o que importa com OKR
 
Scrum Experience
Scrum ExperienceScrum Experience
Scrum Experience
 
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem HíbridaMinicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
 
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
 
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOKNovidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
 
Jornada de Aprendizado Lean BPM
Jornada de Aprendizado Lean BPM Jornada de Aprendizado Lean BPM
Jornada de Aprendizado Lean BPM
 
Mapa Mental Scrum
Mapa Mental ScrumMapa Mental Scrum
Mapa Mental Scrum
 
Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience
 
Guia BPM CBOK(R)
Guia BPM CBOK(R)Guia BPM CBOK(R)
Guia BPM CBOK(R)
 
Gestão Ágil de Projetos
Gestão Ágil de ProjetosGestão Ágil de Projetos
Gestão Ágil de Projetos
 
Scrum Master em ação
Scrum Master em açãoScrum Master em ação
Scrum Master em ação
 
Transformação Ágil
Transformação ÁgilTransformação Ágil
Transformação Ágil
 
Service Design Thinking
Service Design Thinking Service Design Thinking
Service Design Thinking
 
Gestão de Projetos Ágeis
Gestão de Projetos ÁgeisGestão de Projetos Ágeis
Gestão de Projetos Ágeis
 
Scrum, o tutorial definitivo
Scrum, o tutorial definitivo Scrum, o tutorial definitivo
Scrum, o tutorial definitivo
 
Feedback Canvas
Feedback CanvasFeedback Canvas
Feedback Canvas
 
Business Design Thinking
Business Design ThinkingBusiness Design Thinking
Business Design Thinking
 

BPMN e SCRUM

  • 1. Engenharia Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN de Software Ágil SCRUM e FDD Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br rildo.santos@companyweb.com.br twitter: @rildosan blog: http://rildosan.blogspot.com/ Versão 4 Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  • 2. Sobre o autor: Rildo F. Santos Coach e Consultor de Gestão de Negócios, Inovação e Tecnologia para a Gestão 2.0, a Gestão Ágil. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN A Gestão Ágil ajuda as empresas a responder mais rápido as demandas de negócio e mudanças. A Gestão 2.0, abrange Planejamento Estratégico, Gestão por Processos Ágeis, Gestão de Projetos Ágeis, Tecnologia da Informação (Métodos Ágeis), Inovação e Liderança. Minha Experiência: Tenho mais de 10.000 horas de experiência em Gestão de Negócios, Gestão de Inovação, Governança e Engenharia de Software. Formado em Administração de Empresas, Pós-Graduado em Didática do Ensino Superior e Mestre em Engenharia de Software pela Universidade Mackenzie. Fui instrutor de Tecnologia de Orientação a Objetos, UML e Linguagem Java na Sun Microsystems e na IBM. Conheço Métodos Ágeis (SCRUM, Lead, FDD e XP), Arquitetura de Software, SOA (Arquitetura Orientado a Serviço), RUP/UP - Processo Unificado, Business Intelligence, Gestão de Risco de TI entre outras tecnologias. Sou professor de curso de MBA da Fiap e fui professor de pós-graduação da Fasp e IBTA. Possuo fortes conhecimentos de Gestão de Negócio (Inteligência de Negócio, Gestão por Processo, Inovação, Gestão de Projetos e GRC - Governance, Risk and Compliance), SOX, Basel II e PCI; E experiência na implementação de Governança de TI e Gerenciamento de Serviços de TI. Conhecimento dos principais frameworks e padrões: ITIL, Cobit, ISO 27001 e ISO 15999; Desempenhei diversos papéis como: Estrategista de Negócio, Gerente de Negócio, Gerente de Projeto, Arquiteto de Software, Projetista de Software e Analista de Sistema em diversos segmentos: Financeiro, Telecomunicações, Seguro, Saúde, Comunicação, Segurança Pública, Fazenda, Tecnologia, Varejo, Distribuição, Energia e Petróleo e Gás. Possuo as certificações: CSM - Certified SCRUM Master, CSPO - Certified SCRUM Product Owner , SUN Java Certified Instrutor, ITIL Foundation e sou Instrutor Oficial de Cobit Foundation e Cobit Games; Sou membro do IIBA-International Institute of Business Analysis (Canada) Onde estou: Twitter: http://twitter.com/rildosan Blog: http://rildosan.blogspot.com/ Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 2
  • 3. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Comentário inicial: Para desenvolver um software (ou produto), os métodos ágeis são altamente recomendáveis, contudo, sempre existem muitas dúvidas na adoção dos métodos: - Quais métodos devemos usar ? - Posso usar mais de um método para desenvolver um software ? - Quais são as práticas de engenharia de software que devemos utilizar ? - A metodologia de desenvolvimento existente poderá ser utilizada junto com o SCRUM ? - Poderei elaborar o “Product Backlog” a partir dos Casos de Uso ? - Como utilizar SCRUM e FDD juntos ? Nesta apresentação responderemos algumas questões, mas focaremos na questão: Como utilizar SCRUM e FDD juntos ? Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 3
  • 4. Método Ágil, Respostas: - Quais são as práticas de engenharia de software Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN que devemos utilizar ? R: você poderá utilizar as práticas de engenharia que já são conhecidas da sua equipe ou utilizar as práticas de engenharia de software ágeis, tais como: FDD e XP. - A minha metodologia de desenvolvimento será que poderei utilizar junto com o SCRUM ? R: Sim, o SCRUM é um framework para o Gerenciamento de Projetos, é possível usar uma metodologia de desenvolvimento de software junto com SCRUM (principalmente se ela for focada em práticas de engenharia de software) - Poderei elaborar o “Product Backlog” a partir dos Casos de Uso ? R: Sim, é possível utilizar toda experiência, o conhecimento e cultura adquirida com o SCRUM. - Posso utilizar SCRUM e FDD juntos ? R. Sim, vou responder de forma mais detalhada esta questão... Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 4
  • 5. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Como utilizar SCRUM e FDD juntos ? SCRUM FDD Eles são compatíveis ? Qual é o papel de cada um no processo de desenvolvimento de software ? Eles são complementares ? Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 5
  • 6. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN O que é o SCRUM ? The New, New Product Iterative, Development Incremental O que é SCRUM ? Game TimeBoxes Development SCRUM é um processo iterativo e incremental para desenvolvimento de qualquer produto ou gerenciamento de qualquer trabalho... SmallTalk SRUM é: Engineering Tools Processo empírico de gerenciamento e controle. - Faz a inspeção e adaptação em loops de feedback - Faz entrega de valor ao cliente em até 30 dias; - “Escalável” para suportar grandes projetos - Compatível com CMM3 e ISO9001 - Extremamente simples, mas muito resistente... Valores do Scrum:: - Transparência -Integridade: assim que perceber algo, faça algo - Ser empírico - Auto-organização - Entrega de valor Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 6
  • 7. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN O coração do SCRUM Legenda: Retrospectiva Revisão da Sprint Cerimônias Planejamento da Sprint da Sprint artefatos Reunião diária 24 horas Visão Produto Sprint Backlog Backlog Produto 2-4 Semanas Papéis Cerimônias Artefatos • Product Owner (PO) • Planejamento da Sprint • Product Backlog • ScrumMaster (SM) • Reunião Diária • Sprint Backlog • Equipe Scrum • Revisão da Sprint • Burndown (gráfico) Burndown • Retrospectiva da Sprint Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 7
  • 8. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN ROAD MAP do SCRUM Visão do Produto Product Planejamento Selected Product Sprint Backlog da Sprint Backlog Backlog Tarefas da Sprint Reunião diária Equipe Product Onwer facilita SCRUM ajuda Master facilita Execução da Sprint facilita Revisão da Sprint Produto Retrospectiva da Sprint Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 8
  • 9. Papéis O SCRUM tem somente três papéis: Product Onwer (PO), SCRUM Master (SM) Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN e a equipe SCRUM. Product Owner, responsável por: - Definir a Visão do Produto - Elaborar e manter o Product Backlog - Definir a prioridade e ROI; - Representar o cliente - Aceitar ou rejeitar os entregáveis SCRUM Master é responsável por: - Ser um líder (servidor); - Remover impedimentos; - Proteger a equipe; - Ajudar o PO (com Product Backlog); - Ser o facilitador da equipe; - Garantir as práticas SCRUM. Equipe SCRUM é responsável por: - Fazer estimativa; - Definir as tarefas; - Desenvolver o produto; - Garantir a qualidade do produto; - Apresentar o produto ao cliente Equipe: auto-gerenciável e multifuncional Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 9
  • 10. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN A Equipe e Comprometimento: Envolvidos Comprometidos Stakeholders Product Onwer (clientes e usuários finais) SCRUM Master Equipe Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 10
  • 11. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Cerimônias: Reunião de Planejamento da Sprint (8 horas) Participantes: PO, Equipe e SCRUM MASTER Esta reunião é primeira reunião, seu objetivo é fazer o planejamento da Sprint. Ela é dividida em duas partes.Na primeira parte o PO definirá prioridade, seleção dos itens do backlog e meta da Sprint. Na segunda parte a equipe definirá a Sprint Backlog (que são as tarefas necessárias para cumprir a meta). Reunião Diária (15 minutos) Participantes: Equipe e SCRUM MASTER Nesta reunião somente membros da equipe devem participar. A duração dela é de 15 minutos. As pessoas fazem a reunião de pé. O objetivo desta reunião é fazer que as pessoas respondam 3 questões: - O que eu fiz ontem ? - O que vou fazer hoje ? - Encontrei algum impedimento ? Revisão da Sprint (4 horas*) Participantes: PO, Equipe e SCRUM MASTER Esta reunião acontece no final da Sprint, opcionalmente outras pessoas podem ser convidadas (se necessário). O objetivo da reunião é apresentar o que a equipe fez durante a Sprint e fazer a entrega do produto (software funcionando) para o PO. (Normalmente é apresentado uma demo do software). Geralmente ela é feita em um auditório ou em uma sala de reunião Retrospectiva da Sprint (3 horas*) Participantes: Equipe e SCRUM MASTER Esta reunião acontece logo após a Revisão da Sprint. O objetivo dela é avaliar o que deu certo e que deu errado durante a Sprint, e fazer os ajustes possíveis para a próxima Sprint, ou seja, o ciclo de melhoria contínua. Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 11
  • 12. O que é o FDD (Feature Driven Development) ? O FDD foi criada em 1997 num grande Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Feature Driven Development (Desenvolvimento projeto em Java para o United Overseas Guiado por Funcionalidades) é uma metodologia ágil Bank, em Singapura. para gerenciamento e desenvolvimento de software. Nasceu a partir da experiência de análise e modelagem orientadas por objetos de Peter Coad, e de gerenciamento de Ela combina as melhores práticas do gerenciamento projetos de Jeff De Luca. ágil de projetos com uma abordagem completa para Foi inicialmente publicada em 1999, no capítulo 6 do livro "Java Modeling in Engenharia de Software orientada por objetos, Color with UML", de Peter Coad, Eric conquistando os três principais públicos de um Lefebvre e Jeff De Luca. projeto de software: Em 2002, Stephen Palmer (gerente de - Clientes, desenvolvimento do projeto em Singapura) e John Mac Felsing - Gerentes, (arquiteto senior na TogetherSoft) -Desenvolvedores. publicaram o livro "A Practical Guide to Feature Driven Development", com a - versão completa, atualizada e comentada Seus princípios e práticas proporcionam um da metodologia. equilíbrio entre as filosofias tradicionais e as mais Em 2003, David Anderson, que foi o extremas, proporcionando uma transição mais suave especialista em interface com o usuário, no projeto de Cingapura, publicou um para organizações mais conservadoras, e a marco na literatura Ágil, "Agile retomada da responsabilidade para as organizações Management for Software Engineering: Using the Theory of Constraints for que se desiludiram com as propostas mais radicais. Business Results", onde oferece uma análise profunda sobre a FDD (entre outras metodologias), além de material O lema da FDD é: "Resultados freqüentes, inédito sobre a FDD. tangíveis e funcionais." Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 12
  • 13. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN FDD (Feature Driven Development) Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 13
  • 14. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN O que é o FDD (Feature Driven Development) ? A FDD é uma metodologia muito objetiva. Possui apenas duas fases: - Concepção & Planejamento: Pensar um pouco antes de fazer (tipicamente de 1 a 2 semanas) - Construção: Fazer de forma iterativa (tipicamente em iterações de 2 semanas) Os cinco processos são bem definidos e integrados: DMA (Desenvolver um Modelo Abrangente): Análise Orientada por Objetos CLF (Construir a Lista de Funcionalidades): Decomposição Funcional PPF (Planejar por Funcionalidade): Planejamento Incremental DPF (Detalhar por Funcionalidade): Desenho (Projeto) Orientado por Objetos CPF (Construir por Funcionalidade): Programação e Teste Orientados por Objetos A FDD chama a atenção por algumas características peculiares: - Resultados úteis a cada duas semanas ou menos - Blocos bem pequenos de funcionalidade valorizada pelo cliente, chamados "Features" - Planejamento detalhado e guia para medição - Rastreabilidade e relatórios - Monitoramento detalhado dentro do projeto, com resumos de alto nível para clientes e gerentes, tudo em termos de negócio - Fornece uma forma de saber, dentro dos primeiros 10% de um projeto, se o plano e a estimativa são sólidos Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 14
  • 15. Os Processos A FDD é, classicamente, descrita por cinco processos: Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN DMA - Desenvolver um Modelo Abrangente: pode envolver desenvolvimento de requisitos, análise orientada por objetos, modelagem lógica de dados e outras técnicas para entendimento do domínio de negócio em questão. O resultado é um modelo de objetos (e/ou de dados) de alto nível, que guiará a equipe durante os ciclos de construção. CLF - Construir uma Lista de Funcionalidades: decomposição funcional do modelo do domínio, em três camadas típicas: áreas de negócio, atividades de negócio e passos automatizados da atividade (funcionalidades). O resultado é uma hierarquia de funcionalidades que representa o produto a ser construído (também chamado de product backlog, ou lista de espera do produto). PPF - Planejar por Funcionalidade: abrange a estimativa de complexidade e dependência das funcionalidades, também levando em consideração a prioridade e valor para o negócio/cliente. O resultado é um plano de desenvolvimento, com os pacotes de trabalho na seqüência apropriada para a construção. DPF - Detalhar por Funcionalidade: já dentro de uma iteração de construção, a equipe detalha os requisitos e outros artefatos para a codificação de cada funcionalidade, incluindo os testes. O projeto para as funcionalidades é inspecionado. O resultado é o modelo de domínio mais detalhado e os esqueletos de código prontos para serem preenchidos. CPF - Construir por Funcionalidade: cada esqueleto de código é preenchido, testado e inspecionado. O resultado é um incremento do produto integrado ao repositório principal de código, com qualidade e potencial para ser usado pelo cliente/usuário. Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 15
  • 16. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Visão da Arquitetura: Apresentação (Visões e Controladores de Interface) Negócio (Domínio do Problema) Interface com Persistência outros sistemas Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 16
  • 17. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Sobre UML Color UML Color é um conjunto de quatro cores associadas a UML (Unified Modeling Language). O sistema de coloração indica quais vários arquétipos se aplicam ao objeto UML. UML tipicamente identifica um estereótipo com um comentário entre parênteses, para cada objeto que identifica se é uma classe, interface, etc. Estas cores foram pela primeira vez sugerida por Peter Coad , Eric Lefebvre e Jeff De Luca em uma série de artigos no The Letter Coad e posteriormente publicado em seu livro Java Modeling em cores com UML. Ao longo de centenas de modelos de domínio, ficou claro que quatro grandes "tipos" de classes apareceu de novo e de novo - apenas um nome diferente para se adequar ao domínio. Estes eram chamados de arquétipos (depois de muita discussão), que serve para transmitir que as classes de um arquétipo dado seguem mais ou menos da mesma forma. Isto é, atributos , métodos , associações e interfaces são bastante semelhantes entre as classes de um determinado arquétipo. Ao tentar classificar um determinado domínio de classe, tipicamente uma pergunta sobre os padrões de cor, nesta ordem: Rosa: momento, intervalo - Será que representam um momento ou intervalo de tempo? Um exemplo seria um objeto que armazena temporariamente as informações de login durante o processo de Autenticação. Amarelo - papéis - É uma maneira de participar de uma atividade (por qualquer pessoa, lugar ou coisa) ? Assinatura em um sistema como um administrador, que muda o comportamento do programa, exigindo uma senha que contas de convidado não, é um exemplo. Azul - Descrição - É simplesmente uma descrição do catálogo-como a que classifica ou objeto 'rótulos„ Um ? Se os usuários do sistema são rotulados com base no departamento de uma empresa em que trabalham dentro e isso não muda a forma como o sistema se comporta, isso seria uma descrição. Verde - parte, lugar ou coisa - algo tangível, unicamente identificável. Normalmente, se você passar a três perguntas acima e acabam por aqui, sua classe é um verde ". O usuário do sistema e as sub-seções do sistema são todos os que visitam PPTs. Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 17
  • 18. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Exemplo: UML em cores: Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 18
  • 19. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN As disciplinas envolvidas: Gestão Ágil de Projetos Fonte: Adail Muniz Retamal - www.heptagon.com Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 19
  • 20. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Juntando o SCRUM e o FDD: SCRUM FDD Gerenciamento Engenharia de de Projeto Software O SCRUM e o FDD são complementares em muitos aspectos: -Podemos utilizar o SCRUM para o Gerenciamento - E o FDD para as práticas de Engenharia de Software Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 20
  • 21. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Gerenciamento (SCRUM) e Engenharia de Software (FDD, XP) SCRUM FDD Gestão de Projeto Engenharia de software Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 21
  • 22. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Juntando o SCRUM e o FDD: Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 22
  • 23. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN FBS: Feature Breakdown Structure(FDD) FBS (Feature BreakDown Structure) é uma prática para engenharia de requisito FBS cria uma “estrutura analista de funcionalidades”, como estamos trabalhando com FDD, cada feature deve representar um item do Product Backlog Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 23
  • 24. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN O Que é Feature ? (Pela visão da FDD) Funcionalidade (ou característica) Pequena o suficiente para ser implementada no máximo em 01 iteração Oferece valor para o cliente Mapeia passos em uma atividade de negócio: – Pode ser um passo de um Caso de Uso (ou user stories) – Às vezes pode ser o próprio Caso de Uso (ou user stories) Conceito muito próximo ao de um requisito funcional Modelo: < ação> <resultado> <objeto > - Liberar apartamento para locação - Calcular o total de uma nota fiscal - Autorizar uma transação com cartão - Emitir uma nota fiscal - Calcular total da conta do cliente - Imprimir o relatório para conferência Fonte: Adail Muniz Retamal - www.heptagon.com Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 24
  • 25. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Modelando Funcionalidades com Mind Map: Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 25
  • 26. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Gerenciado ROI com Business Value Business Value será uma moeda de troca durante o projeto e o cliente empresta um determinado valor dessa moeda para a equipe e esta por sua vez, terá que devolver o valor correspondente em forma de software, ou seja, é uma dívida que a equipe assume com o cliente e que deverá ser amortizada a cada ciclo(Sprint), até que a mesma seja totalmente liquidada (zerada). Exemplo de Product BackLog baseado no FDD: Business Área de Item Value Negócio 100 Reserva Os clientes poderão fazer reserva de apartamento 50 Reserva Os clientes poderão cancelar a reserva 50 Reserva Os clientes poderão fazer alterações de data da reserva 40 Reserva Os cliente poderão fazer consulta de reservas 100 Reserva Criação de o Book de Reserva 80 Pagamento O meio de pagamento da reserva serão por cartão de crédito 60 Apartamento Os apartamentos deverão ser cadastros 40 Apartamento Os apartamentos são classificados por categoria 60 Cliente Precisamos registrar os dados dos clientes Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 26
  • 27. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN OK ? Você já percebeu que utilizar o SCRUM e FDD juntos pode facilitar e potencializar o entendimento dos requisitos de software. O SCRUM é excelente para o Gerenciamento de Projetos, contudo existe uma lacuna entre a Gestão de Projetos baseada em SCRUM e as práticas de engenharia de software. Ao utilizarmos o FDD conseguimos reduzir esta lacuna e se aproximar da Engenharia de Software Ágil. Devemos combinar, juntar as melhores práticas de cada método para termos um processo completo de Gestão de Projetos e de Engenharia de software Ágil Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 27
  • 28. Gostou ? Gostou...Que saber mais, conhecer mais os métodos ágeis, como SCRUM FDD e XP: Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Participe do nosso treinamento: Formação de Engenharia de Software Ágil Entre em contato: - eventos@companyweb.com.br - rildo.santos@companyweb.com.br - rildo.santos@etecnologia.com.br Formação Engenharia de Software Ágil As melhores práticas para o desenvolvimento de software ágil Conteúdo Programático - Engenharia de Software com as práticas FDD+BDD e XP (8 horas) Gestão de Projeto de desenvolvimento de Ciclo do desenvolvimento da Sprint com Software com SCRUM (16 horas) práticas FDD, XP e BDD Revisão da Sprint (Revisão do produto da - Ciclo de Produto (8 horas) : Sprint) •Papel do Product Onwer Retrospectiva (Revisão do processo - Lições •Visão do Produto aprendidas) •Roadmap do Produto •Plano de Release do Produto Implementação da Fábrica Ágil (8 horas) •Product Backlog Planejamento da implementação da Fábrica •*Workshop do Produto e Requisitos Ágil Fatores críticos de sucesso - Ciclo do Processo (8 horas) Ferramentas, pessoas e processos Papel do SCRUM Master Capacitação da equipe Papel da Equipe SCRUM Reunião de Planejamento: •Estimativa Carga horária: 32 horas •Definição DoD •Sprint Backlog Local: São Paulo •Reuniões Diárias •Impedimentos Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 28
  • 29. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Referências e Créditos: FDD, Créditos: Adail Muniz Retamal - www.heptagon.com Manoel Pimentel Medeiros (Visão Ágil - http://www.visaoagil.com) SCRUM: SCRUM Product Owner http://www.slideshare.net/Ridlo/scrum-product-owner SCRUM Experience http://www.slideshare.net/Ridlo/scrum-experience-o-tutorial-scrum Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 29
  • 30. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Quer Mais ? Gostou quer mais, gostaria de receber outros materiais sobre o mesmo tema e novas versões deste material... Envie um e-mail para com subject: “Quero entrar na comunidade” para rildo.santos@etecnologia.com.br que te enviaremos um convite para participar da nossa comunidade http://etecnologia.ning.com/ Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 30
  • 31. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notas: Marcas Registradas: Todos os termos mencionados e reconhecidos como Marca Registrada e/ou comercial são de responsabilidade de seus proprietários. O autor informa não estar associada a nenhum produto e/ou fornecedor apresentado neste material. No decorrer deste, imagens, nomes de produtos e fabricantes podem ter sido utilizados, e desde já o autor informa que o uso é apenas ilustrativo e/ou educativo, não visando ao lucro, favorecimento ou desmerecimento do produto/fabricante. Melhoria e Revisão: Este material esta em processo constante de revisão e melhoria, se você encontrou algum problema ou erro envie um e-mail nós. Criticas e Sugestões: Nós estamos abertos para receber criticas e sugestões que possam melhorar o material, por favor envie um e-mail para nós. Imagens: Google, Flickr e Banco de Imagem. Rildo F dos Santos (rildo.santos@etecnologia.com.br) Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 31
  • 32. Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Licença: Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 32
  • 33. Engenharia Tutorial BizAgi, Modelagem de Processos de Negócios com BPMN de Software Ágil SCRUM e FDD Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br rildo.santos@companyweb.com.br twitter: @rildosan blog: http://rildosan.blogspot.com/ Versão 4 Versão 4 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010