SlideShare uma empresa Scribd logo

Sofware Kaizen - Aceleradora Ágil - Apresentacao agile brazil 2012

1 de 43
Baixar para ler offline
Software Kaizen
Método Inovador para Formação de Equipes de Alto
Desempenho para Desenvolvimento de Software



                                                   1
Rafael Prikladnicki
Alejandro Olchik
                      2
Um Novo Paradigma
no Desenvolvimento de Software




                                 3
Visão Tradicional
                                Será que temos 50%
               Análise          do produto pronto
                                na metade do tempo?
               Design
Tempo




            Codificação

                Testes


         “Modelo de gestão
        do início do séc. XX”
“Modelo de gestão
Visão Ágil                    do final do séc. XX”

       Tempo                 Será que essa é uma
                             forma mais inteligente
    Análise                  de fazer a mesma coisa?
     Design
   Codificação
     Testes

   Um incremento de
   produto ao final de
   cada ciclo de produção!
   5% pronto = 100% usável
Disciplina




             6

Recomendados

Sw kaizen apresentacao agile day 2012 v0.1.pptx
Sw kaizen apresentacao agile day 2012 v0.1.pptxSw kaizen apresentacao agile day 2012 v0.1.pptx
Sw kaizen apresentacao agile day 2012 v0.1.pptxAlejandro Olchik
 
Gp experts - Uma visão da Abordagem Britanica de Gestão de Portfolio, Program...
Gp experts - Uma visão da Abordagem Britanica de Gestão de Portfolio, Program...Gp experts - Uma visão da Abordagem Britanica de Gestão de Portfolio, Program...
Gp experts - Uma visão da Abordagem Britanica de Gestão de Portfolio, Program...Ernani Marques, MBA, PRINCE2, PgMP/PMP, CBAP
 
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeisAplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeisfayrusm
 
Metodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Metodologias Ágeis de Gestão de ProjetosMetodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Metodologias Ágeis de Gestão de ProjetosLeandro Faria
 
O que é e como obter a certificação PMI-ACP
O que é e como obter a certificação PMI-ACPO que é e como obter a certificação PMI-ACP
O que é e como obter a certificação PMI-ACPLeandro Faria
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Iterasys Test Show 2010 - Estratégia Baseada no Scrum
Iterasys Test Show 2010 -  Estratégia Baseada no ScrumIterasys Test Show 2010 -  Estratégia Baseada no Scrum
Iterasys Test Show 2010 - Estratégia Baseada no ScrumJosé Correia
 
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilScrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilIsrael Santiago
 
Automação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégiasAutomação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégiasKleitor Franklint Correa Araujo
 
Gestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumGestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumIgor Macaubas
 
O que é e como obter a certificação PMI-ACP
O que é e como obter a certificação PMI-ACPO que é e como obter a certificação PMI-ACP
O que é e como obter a certificação PMI-ACPLeandro Faria
 
Os 7 Princípios do desenvolvimento Lean de Software
Os 7 Princípios do desenvolvimento Lean de SoftwareOs 7 Princípios do desenvolvimento Lean de Software
Os 7 Princípios do desenvolvimento Lean de SoftwareLucas Oliveira
 
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempreGerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempreLeandro Faria
 
Desenvolvimento de software LEAN
Desenvolvimento de software LEAN Desenvolvimento de software LEAN
Desenvolvimento de software LEAN Venícios Gustavo
 
Desenvolvimento Ágil de Software
Desenvolvimento Ágil de SoftwareDesenvolvimento Ágil de Software
Desenvolvimento Ágil de SoftwareFrancke Peixoto
 
Conceitos e Certificações de Gerenciamento Ágil de Projetos
Conceitos e Certificações de Gerenciamento Ágil de ProjetosConceitos e Certificações de Gerenciamento Ágil de Projetos
Conceitos e Certificações de Gerenciamento Ágil de ProjetosVitor Massari
 
Governança Ágil - Ágiles 2009
Governança Ágil - Ágiles 2009Governança Ágil - Ágiles 2009
Governança Ágil - Ágiles 2009Clavius Tales
 
APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves Rocha
APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves RochaAPRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves Rocha
APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves RochaCloves da Rocha
 

Mais procurados (20)

Fundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
Fundamentos Gestão de Escopo e QualidadeFundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
Fundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
 
Iterasys Test Show 2010 - Estratégia Baseada no Scrum
Iterasys Test Show 2010 -  Estratégia Baseada no ScrumIterasys Test Show 2010 -  Estratégia Baseada no Scrum
Iterasys Test Show 2010 - Estratégia Baseada no Scrum
 
Estrategias Ágeis para testes sob pressão
Estrategias Ágeis para testes sob pressãoEstrategias Ágeis para testes sob pressão
Estrategias Ágeis para testes sob pressão
 
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilScrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento Ágil
 
Automação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégiasAutomação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégias
 
Gestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumGestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com Scrum
 
O que é e como obter a certificação PMI-ACP
O que é e como obter a certificação PMI-ACPO que é e como obter a certificação PMI-ACP
O que é e como obter a certificação PMI-ACP
 
Os 7 Princípios do desenvolvimento Lean de Software
Os 7 Princípios do desenvolvimento Lean de SoftwareOs 7 Princípios do desenvolvimento Lean de Software
Os 7 Princípios do desenvolvimento Lean de Software
 
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempreGerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
 
Desenvolvimento de software LEAN
Desenvolvimento de software LEAN Desenvolvimento de software LEAN
Desenvolvimento de software LEAN
 
Lean software
Lean software Lean software
Lean software
 
Desenvolvimento Ágil de Software
Desenvolvimento Ágil de SoftwareDesenvolvimento Ágil de Software
Desenvolvimento Ágil de Software
 
Desmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & ScrumDesmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & Scrum
 
Conceitos e Certificações de Gerenciamento Ágil de Projetos
Conceitos e Certificações de Gerenciamento Ágil de ProjetosConceitos e Certificações de Gerenciamento Ágil de Projetos
Conceitos e Certificações de Gerenciamento Ágil de Projetos
 
Governança Ágil - Ágiles 2009
Governança Ágil - Ágiles 2009Governança Ágil - Ágiles 2009
Governança Ágil - Ágiles 2009
 
APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves Rocha
APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves RochaAPRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves Rocha
APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves Rocha
 
Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Gerenciamento Ágil de Projetos com ScrumGerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
 
Startup em Scrum
Startup em ScrumStartup em Scrum
Startup em Scrum
 
Gestão de projeto- conceitos essenciais
Gestão de projeto- conceitos essenciaisGestão de projeto- conceitos essenciais
Gestão de projeto- conceitos essenciais
 
Introdução ao design de teste de software
Introdução ao design de teste de softwareIntrodução ao design de teste de software
Introdução ao design de teste de software
 

Destaque

Sw kaizen apresentacao agiles 2012 v0.1
Sw kaizen apresentacao agiles 2012 v0.1Sw kaizen apresentacao agiles 2012 v0.1
Sw kaizen apresentacao agiles 2012 v0.1Alejandro Olchik
 
Agile day 2013 - Apresentando o Impact mapping através da história de Edson A...
Agile day 2013 - Apresentando o Impact mapping através da história de Edson A...Agile day 2013 - Apresentando o Impact mapping através da história de Edson A...
Agile day 2013 - Apresentando o Impact mapping através da história de Edson A...Alejandro Olchik
 
TDC 2013 - Os 7 Equívocos Gerenciais na Busca pela Agilidade
TDC 2013  - Os 7 Equívocos Gerenciais na Busca pela AgilidadeTDC 2013  - Os 7 Equívocos Gerenciais na Busca pela Agilidade
TDC 2013 - Os 7 Equívocos Gerenciais na Busca pela AgilidadeAlejandro Olchik
 
Management30 - Apresentação PMTech 2013-08-07
Management30 - Apresentação PMTech 2013-08-07Management30 - Apresentação PMTech 2013-08-07
Management30 - Apresentação PMTech 2013-08-07Alejandro Olchik
 
Gestão ágil e o management 3.0 - 2014-05
Gestão ágil e o management 3.0 - 2014-05Gestão ágil e o management 3.0 - 2014-05
Gestão ágil e o management 3.0 - 2014-05Alejandro Olchik
 
Agile Brazil 2013 - Por que motivar as pessoas é difícil e o que podemos faze...
Agile Brazil 2013 - Por que motivar as pessoas é difícil e o que podemos faze...Agile Brazil 2013 - Por que motivar as pessoas é difícil e o que podemos faze...
Agile Brazil 2013 - Por que motivar as pessoas é difícil e o que podemos faze...Alejandro Olchik
 
Por que engajar é difícil e o que podemos fazer a respeito?
Por que engajar é difícil e o que podemos fazer a respeito?Por que engajar é difícil e o que podemos fazer a respeito?
Por que engajar é difícil e o que podemos fazer a respeito?Alejandro Olchik
 
Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...
Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...
Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...Alejandro Olchik
 
Happy Melly Videos (General Instructions)
Happy Melly Videos (General Instructions)Happy Melly Videos (General Instructions)
Happy Melly Videos (General Instructions)Jurgen Appelo
 
Management 3.0 - Brochure
Management 3.0 - BrochureManagement 3.0 - Brochure
Management 3.0 - BrochureJurgen Appelo
 
SketchKeynote Example
SketchKeynote ExampleSketchKeynote Example
SketchKeynote ExampleJurgen Appelo
 
The Purpose of Leadership
The Purpose of LeadershipThe Purpose of Leadership
The Purpose of LeadershipJurgen Appelo
 
The Zen of Scrum - Russian
The Zen of Scrum - RussianThe Zen of Scrum - Russian
The Zen of Scrum - RussianJurgen Appelo
 
35 Best Quotes from Management for Happiness
35 Best Quotes from Management for Happiness35 Best Quotes from Management for Happiness
35 Best Quotes from Management for HappinessJurgen Appelo
 
Complexity versus Lean
Complexity versus LeanComplexity versus Lean
Complexity versus LeanJurgen Appelo
 
Management 3.0 - Empower Teams
Management 3.0 - Empower TeamsManagement 3.0 - Empower Teams
Management 3.0 - Empower TeamsJurgen Appelo
 

Destaque (20)

Sw kaizen apresentacao agiles 2012 v0.1
Sw kaizen apresentacao agiles 2012 v0.1Sw kaizen apresentacao agiles 2012 v0.1
Sw kaizen apresentacao agiles 2012 v0.1
 
Agile day 2013 - Apresentando o Impact mapping através da história de Edson A...
Agile day 2013 - Apresentando o Impact mapping através da história de Edson A...Agile day 2013 - Apresentando o Impact mapping através da história de Edson A...
Agile day 2013 - Apresentando o Impact mapping através da história de Edson A...
 
TDC 2013 - Os 7 Equívocos Gerenciais na Busca pela Agilidade
TDC 2013  - Os 7 Equívocos Gerenciais na Busca pela AgilidadeTDC 2013  - Os 7 Equívocos Gerenciais na Busca pela Agilidade
TDC 2013 - Os 7 Equívocos Gerenciais na Busca pela Agilidade
 
Management30 - Apresentação PMTech 2013-08-07
Management30 - Apresentação PMTech 2013-08-07Management30 - Apresentação PMTech 2013-08-07
Management30 - Apresentação PMTech 2013-08-07
 
Gestão ágil e o management 3.0 - 2014-05
Gestão ágil e o management 3.0 - 2014-05Gestão ágil e o management 3.0 - 2014-05
Gestão ágil e o management 3.0 - 2014-05
 
Agile Brazil 2013 - Por que motivar as pessoas é difícil e o que podemos faze...
Agile Brazil 2013 - Por que motivar as pessoas é difícil e o que podemos faze...Agile Brazil 2013 - Por que motivar as pessoas é difícil e o que podemos faze...
Agile Brazil 2013 - Por que motivar as pessoas é difícil e o que podemos faze...
 
Por que engajar é difícil e o que podemos fazer a respeito?
Por que engajar é difícil e o que podemos fazer a respeito?Por que engajar é difícil e o que podemos fazer a respeito?
Por que engajar é difícil e o que podemos fazer a respeito?
 
Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...
Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...
Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...
 
Linchpin
LinchpinLinchpin
Linchpin
 
Happy Melly Videos (General Instructions)
Happy Melly Videos (General Instructions)Happy Melly Videos (General Instructions)
Happy Melly Videos (General Instructions)
 
Stoos Gathering
Stoos GatheringStoos Gathering
Stoos Gathering
 
Management 3.0 - Brochure
Management 3.0 - BrochureManagement 3.0 - Brochure
Management 3.0 - Brochure
 
SketchKeynote Example
SketchKeynote ExampleSketchKeynote Example
SketchKeynote Example
 
Let’s Help Melly
Let’s Help MellyLet’s Help Melly
Let’s Help Melly
 
The Purpose of Leadership
The Purpose of LeadershipThe Purpose of Leadership
The Purpose of Leadership
 
The Zen of Scrum - Russian
The Zen of Scrum - RussianThe Zen of Scrum - Russian
The Zen of Scrum - Russian
 
35 Best Quotes from Management for Happiness
35 Best Quotes from Management for Happiness35 Best Quotes from Management for Happiness
35 Best Quotes from Management for Happiness
 
Complexity versus Lean
Complexity versus LeanComplexity versus Lean
Complexity versus Lean
 
Champfrogs
ChampfrogsChampfrogs
Champfrogs
 
Management 3.0 - Empower Teams
Management 3.0 - Empower TeamsManagement 3.0 - Empower Teams
Management 3.0 - Empower Teams
 

Semelhante a Sofware Kaizen - Aceleradora Ágil - Apresentacao agile brazil 2012

Mini curso testes ágeis
Mini curso testes ágeisMini curso testes ágeis
Mini curso testes ágeisQualister
 
T@rget trust metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...
T@rget trust   metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...T@rget trust   metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...
T@rget trust metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...Targettrust
 
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...Juliano Ribeiro
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumMarcos Garrido
 
T@rget trust metodologias ágeis - técnicas para gerar código de qualidade - xp
T@rget trust   metodologias ágeis - técnicas para gerar código de qualidade - xpT@rget trust   metodologias ágeis - técnicas para gerar código de qualidade - xp
T@rget trust metodologias ágeis - técnicas para gerar código de qualidade - xpTargettrust
 
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com ScrumIntrodução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com ScrumJuan Bernabó
 
Erika questionario pt 2 (Eng Software III).
Erika questionario pt  2 (Eng Software III).Erika questionario pt  2 (Eng Software III).
Erika questionario pt 2 (Eng Software III).Érika Santos
 
Oficina Métodos Ágeis UDESC
Oficina Métodos Ágeis UDESCOficina Métodos Ágeis UDESC
Oficina Métodos Ágeis UDESCWildtech
 
Metodologia agil no desenvolvimento criativo de software
Metodologia agil no desenvolvimento criativo de softwareMetodologia agil no desenvolvimento criativo de software
Metodologia agil no desenvolvimento criativo de softwareUniversidade Tiradentes
 
Scrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMI
Scrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMIScrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMI
Scrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMIAna Sofia Marçal
 
Desenvolvimento ágil pensando além
Desenvolvimento ágil   pensando alémDesenvolvimento ágil   pensando além
Desenvolvimento ágil pensando alémilegra
 
Texto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.ppt
Texto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.pptTexto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.ppt
Texto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.pptHurgelNeto
 
[APRESENTAÇÃO] SCRUM: Como Utilizar Métodos Ágeis para Conquistar Alta Produt...
[APRESENTAÇÃO] SCRUM: Como Utilizar Métodos Ágeis para Conquistar Alta Produt...[APRESENTAÇÃO] SCRUM: Como Utilizar Métodos Ágeis para Conquistar Alta Produt...
[APRESENTAÇÃO] SCRUM: Como Utilizar Métodos Ágeis para Conquistar Alta Produt...ITSS Tecnologia
 
O desafio do ágil em um time de Machine Learning
O desafio do ágil em um time de Machine Learning O desafio do ágil em um time de Machine Learning
O desafio do ágil em um time de Machine Learning Jorge Improissi
 

Semelhante a Sofware Kaizen - Aceleradora Ágil - Apresentacao agile brazil 2012 (20)

Mini curso testes ágeis
Mini curso testes ágeisMini curso testes ágeis
Mini curso testes ágeis
 
T@rget trust metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...
T@rget trust   metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...T@rget trust   metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...
T@rget trust metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...
 
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
 
T@rget trust metodologias ágeis - técnicas para gerar código de qualidade - xp
T@rget trust   metodologias ágeis - técnicas para gerar código de qualidade - xpT@rget trust   metodologias ágeis - técnicas para gerar código de qualidade - xp
T@rget trust metodologias ágeis - técnicas para gerar código de qualidade - xp
 
Entregando Software com Valor
Entregando Software com ValorEntregando Software com Valor
Entregando Software com Valor
 
Metodologia Ágil
Metodologia ÁgilMetodologia Ágil
Metodologia Ágil
 
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com ScrumIntrodução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
 
Erika questionario pt 2 (Eng Software III).
Erika questionario pt  2 (Eng Software III).Erika questionario pt  2 (Eng Software III).
Erika questionario pt 2 (Eng Software III).
 
Oficina Métodos Ágeis UDESC
Oficina Métodos Ágeis UDESCOficina Métodos Ágeis UDESC
Oficina Métodos Ágeis UDESC
 
Metodologia agil no desenvolvimento criativo de software
Metodologia agil no desenvolvimento criativo de softwareMetodologia agil no desenvolvimento criativo de software
Metodologia agil no desenvolvimento criativo de software
 
Agile
AgileAgile
Agile
 
Scrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMI
Scrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMIScrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMI
Scrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMI
 
Desenvolvimento ágil pensando além
Desenvolvimento ágil   pensando alémDesenvolvimento ágil   pensando além
Desenvolvimento ágil pensando além
 
Texto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.ppt
Texto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.pptTexto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.ppt
Texto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.ppt
 
[APRESENTAÇÃO] SCRUM: Como Utilizar Métodos Ágeis para Conquistar Alta Produt...
[APRESENTAÇÃO] SCRUM: Como Utilizar Métodos Ágeis para Conquistar Alta Produt...[APRESENTAÇÃO] SCRUM: Como Utilizar Métodos Ágeis para Conquistar Alta Produt...
[APRESENTAÇÃO] SCRUM: Como Utilizar Métodos Ágeis para Conquistar Alta Produt...
 
O desafio do ágil em um time de Machine Learning
O desafio do ágil em um time de Machine Learning O desafio do ágil em um time de Machine Learning
O desafio do ágil em um time de Machine Learning
 
Processos Ágeis
Processos Ágeis Processos Ágeis
Processos Ágeis
 
Tk programa de treinamento e certificação 14 07 2010
Tk programa de treinamento e certificação    14 07 2010Tk programa de treinamento e certificação    14 07 2010
Tk programa de treinamento e certificação 14 07 2010
 
Programa de Treinamento e Certificacao
Programa de Treinamento e CertificacaoPrograma de Treinamento e Certificacao
Programa de Treinamento e Certificacao
 

Mais de Alejandro Olchik

A Órulo e os desafios de conectar o mercado imobiliário
A Órulo e os desafios de conectar o mercado imobiliárioA Órulo e os desafios de conectar o mercado imobiliário
A Órulo e os desafios de conectar o mercado imobiliárioAlejandro Olchik
 
The Inclusive Agile Accelerator: How to Improve Learning and Inclusion in the...
The Inclusive Agile Accelerator: How to Improve Learning and Inclusion in the...The Inclusive Agile Accelerator: How to Improve Learning and Inclusion in the...
The Inclusive Agile Accelerator: How to Improve Learning and Inclusion in the...Alejandro Olchik
 
O futuro do trabalho - formando jovens protagonistas para a inovação
O futuro do trabalho - formando jovens protagonistas para a inovaçãoO futuro do trabalho - formando jovens protagonistas para a inovação
O futuro do trabalho - formando jovens protagonistas para a inovaçãoAlejandro Olchik
 
Um time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a dia
Um time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a diaUm time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a dia
Um time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a diaAlejandro Olchik
 
Aceleradora ágil: o que as empresas poderiam aprender deste programa com mai...
Aceleradora ágil: o que as empresas poderiam aprender deste programa com mai...Aceleradora ágil: o que as empresas poderiam aprender deste programa com mai...
Aceleradora ágil: o que as empresas poderiam aprender deste programa com mai...Alejandro Olchik
 
Management 3.0 práticas de gestão para empresas do século xxi
Management 3.0   práticas de gestão para empresas do século xxiManagement 3.0   práticas de gestão para empresas do século xxi
Management 3.0 práticas de gestão para empresas do século xxiAlejandro Olchik
 
Jenga Play: Um jogo divertido para aprender sobre agilidade
Jenga Play: Um jogo divertido para aprender sobre agilidadeJenga Play: Um jogo divertido para aprender sobre agilidade
Jenga Play: Um jogo divertido para aprender sobre agilidadeAlejandro Olchik
 
Agile brazil 2014 aceleradora ágil - o segredo do sucesso depois de 4 anos...
Agile brazil 2014   aceleradora ágil - o segredo do sucesso depois de 4 anos...Agile brazil 2014   aceleradora ágil - o segredo do sucesso depois de 4 anos...
Agile brazil 2014 aceleradora ágil - o segredo do sucesso depois de 4 anos...Alejandro Olchik
 
Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...
Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...
Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...Alejandro Olchik
 
Agile brazil 2013 - impact mapping uma abordagem lean para alcançar os seu...
Agile brazil 2013  -  impact mapping uma abordagem lean para alcançar os seu...Agile brazil 2013  -  impact mapping uma abordagem lean para alcançar os seu...
Agile brazil 2013 - impact mapping uma abordagem lean para alcançar os seu...Alejandro Olchik
 

Mais de Alejandro Olchik (10)

A Órulo e os desafios de conectar o mercado imobiliário
A Órulo e os desafios de conectar o mercado imobiliárioA Órulo e os desafios de conectar o mercado imobiliário
A Órulo e os desafios de conectar o mercado imobiliário
 
The Inclusive Agile Accelerator: How to Improve Learning and Inclusion in the...
The Inclusive Agile Accelerator: How to Improve Learning and Inclusion in the...The Inclusive Agile Accelerator: How to Improve Learning and Inclusion in the...
The Inclusive Agile Accelerator: How to Improve Learning and Inclusion in the...
 
O futuro do trabalho - formando jovens protagonistas para a inovação
O futuro do trabalho - formando jovens protagonistas para a inovaçãoO futuro do trabalho - formando jovens protagonistas para a inovação
O futuro do trabalho - formando jovens protagonistas para a inovação
 
Um time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a dia
Um time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a diaUm time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a dia
Um time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a dia
 
Aceleradora ágil: o que as empresas poderiam aprender deste programa com mai...
Aceleradora ágil: o que as empresas poderiam aprender deste programa com mai...Aceleradora ágil: o que as empresas poderiam aprender deste programa com mai...
Aceleradora ágil: o que as empresas poderiam aprender deste programa com mai...
 
Management 3.0 práticas de gestão para empresas do século xxi
Management 3.0   práticas de gestão para empresas do século xxiManagement 3.0   práticas de gestão para empresas do século xxi
Management 3.0 práticas de gestão para empresas do século xxi
 
Jenga Play: Um jogo divertido para aprender sobre agilidade
Jenga Play: Um jogo divertido para aprender sobre agilidadeJenga Play: Um jogo divertido para aprender sobre agilidade
Jenga Play: Um jogo divertido para aprender sobre agilidade
 
Agile brazil 2014 aceleradora ágil - o segredo do sucesso depois de 4 anos...
Agile brazil 2014   aceleradora ágil - o segredo do sucesso depois de 4 anos...Agile brazil 2014   aceleradora ágil - o segredo do sucesso depois de 4 anos...
Agile brazil 2014 aceleradora ágil - o segredo do sucesso depois de 4 anos...
 
Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...
Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...
Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...
 
Agile brazil 2013 - impact mapping uma abordagem lean para alcançar os seu...
Agile brazil 2013  -  impact mapping uma abordagem lean para alcançar os seu...Agile brazil 2013  -  impact mapping uma abordagem lean para alcançar os seu...
Agile brazil 2013 - impact mapping uma abordagem lean para alcançar os seu...
 

Último

MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...assessoriaff01
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...azulassessoriaacadem3
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...apoioacademicoead
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...azulassessoriaacadem3
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024excellenceeducaciona
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024excellenceeducaciona
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...azulassessoriaacadem3
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 

Sofware Kaizen - Aceleradora Ágil - Apresentacao agile brazil 2012

  • 1. Software Kaizen Método Inovador para Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software 1
  • 3. Um Novo Paradigma no Desenvolvimento de Software 3
  • 4. Visão Tradicional Será que temos 50% Análise do produto pronto na metade do tempo? Design Tempo Codificação Testes “Modelo de gestão do início do séc. XX”
  • 5. “Modelo de gestão Visão Ágil do final do séc. XX” Tempo Será que essa é uma forma mais inteligente Análise de fazer a mesma coisa? Design Codificação Testes Um incremento de produto ao final de cada ciclo de produção! 5% pronto = 100% usável
  • 8. Metodologias Ágeis 1.  Estreita colaboração entre os Ø  Scrum programadores e os Ø  Extreme Programming (XP) especialistas do negócio; Ø  Lean Software Development 2.  Comunicação face-à-face Ø  Feature Driven Development (FDD) (mais eficiente que a comunicação escrita); Ø  Crystal Family Ø  Open Unified Process (OpenUP) 3.  Entrega freqüente de itens de valor para o negócio; Ø  DSDM 4.  Times pequenos e auto- Ø  Adaptive Software Development (ASD) organizáveis; Ø  Agile Unified Process (AUP) 5.  Novas formas de se construir Ø  Agile Modeling (AM) o código e de se trabalhar Ø  Agile Data Method (ADM) com a equipe fazendo com Ø  Essential Unified Process (EssUP) que mudanças em requisitos não se tornem crises. 8
  • 9. Pesquisa de Mercado -  150 entrevistas com empresas de TI do RS -  56% planejam treinamentos fora da empresa -  Aprendizagem (benefício), Estrutura (restrição) -  46% falta mão de obra qualificada -  Modelo prescritivo -  41% cultura da empresa -  10% exigência do cliente -  Modelo adaptativo -  22% exigência do cliente -  12% favorece adaptação à mudança 9
  • 10. Como acelerar a formação de equipes de alto desempenho?
  • 14. Aceleradora Ágil Acelerando a Equipe Formando Equipes de Alto Desempenho 14
  • 15. Pesquisa de Mercado -  Software Kaizen -  81,3% modelo interessante -  78,3% imersão temporária com métodos ágeis é útil -  33% período ideal é de 4 semanas -  37,7% restrição de afastar equipe do local de trabalho 15
  • 16. Objetivo Promover a adoção de métodos ágeis em equipes de desenvolvimento de software Formar equipes de alto desempenho -  Treinamento -  Mentoring / Coaching -  Avaliação e Orientação -  Utilização de ferramental estado-da-arte -  Promoção de ambiente para a condução de pesquisas aplicadas na área 16
  • 17. Objetivos Negócio Mercado: “Capacitação de empresas de software que estejam interessadas na rápida evolução de seus profissionais, mediante a imersão temporária de um profissional ou equipe em ambiente de alto desempenho supervisionado por profissionais qualificados.“ Academia: “Promoção de um ambiente de experimentação e inovação na aplicação de novas metodologias de desenvolvimento de software, com apoio irrestrito na condução de pesquisas na área.” 17
  • 18. Público-alvo ¨  Empresas que desejam promover e acelerar a adoção de métodos ágeis em suas equipes de desenvolvimento de software, evitando ou reduzindo possíveis riscos e vícios usuais em novas equipes ágeis. ¨  Professores e alunos que desejam desenvolver pesquisas aplicadas na área de desenvolvimento de software. 18
  • 19. Princípios ¨  Manifesto Ágil Passamos a valorizar Mais que indivíduos e suas interações processos e ferramentas software que funciona documentação abrangente a colaboração com o cliente negociação de contratos responder às mudanças seguir um plano www.agilemanifesto.org ¨  Com foco inicial em Scrum, mas evoluindo para os princípios e práticas da XP, Lean e outros aspectos de diferentes metodologias ágeis de acordo com o estágio inicial do time 19
  • 20. Benefícios ¨  Capacitação em métodos ágeis orientada por profissionais qualificados ¨  Imersão da equipe em um ambiente propício e dirigido ao desenvolvimento ágil ¨  Mitigação de aspectos culturais de resistência usual: comando-controle, incertezas, confrontamento vs comprometimento, aversão à riscos, etc. 20
  • 21. Benefícios ¨  Acompanhamento permanente da equipe ¨  Economia de tempo e investimento na adoção de novos modelos de gestão e desenvolvimento ¨  A imersão da equipe em um ambiente ágil propicia aos seus membros adquirir um novo “mindset” com maior rapidez e menos vícios 21
  • 23. Atividades ¨  1. Pré-avaliação da equipe ¨  2. Setup ¨  3. Capacitação ¨  4. Iterações de desenvolvimento ¨  5. Encerramento 23
  • 24. Abordagem Geral q  Scrum como framework para melhoria contínua q  4 iterações de uma semana q  Desenvolver produto q  Desenvolver competência nas dimensões de negócio, governança, técnica e comportamental 24
  • 25. Papéis ¨  Time de preparação ¨  Coach ¨  Monitor ¨  Alunos ¨  Cliente 25
  • 26. Dinâmica q  Iteração 0: Capacitação, ambiente e MVP q  16 horas de coaching q  Monitoria em tempo integral q  Iteração 1 a 3: Desenvolvimento do produto q  8 horas de coaching q  Monitoria em tempo integral q  DOJOs semanais 26
  • 27. Principais pontos do programa q  Scrum q  Planejamento de release q  Testes unitários q  Planejamento de iterações q  Modelagem ágil q  Integração contínua & continuous delivery q  Desenvolvimento baseado em testes de aceitação (ATDD) q  Conflitos e altodesempenho q  Testes exploratórios q  Coach one-on-one Product Owner e Scrum Master 27
  • 29. Conceito de Ready q  Necessário para todas as histórias q  História INVEST q  Critérios de aceite extraídos a partir da especificação 29
  • 30. Conceito de Pronto3 q  Aplicável a 80% das histórias q  Critérios de aceitação da história atendidos q  História aceita pelo Cliente q  História aceita pelo Coach q  História livre de defeitos conhecidos q  80% de cobertura de código q  Uso de migrações para alterações do modelo de dados q  Pelo menos uma história com cenário automatizado 30
  • 32. Grau de Agilidade Turma 2 Turma 1 32 www.agileassessments.com
  • 35. Cobertura de código http://www.safe-home.net/ Done – done – NOT DONE? 35
  • 38. Outros indicadores coletados q  Pontos em histórias inacabadas q  LOC q  Testes unitários q  Testes funcionais q  Commits por semana q  Duração do build q  Status do processo de integração contínua q  % das histórias realizadas em par 38
  • 39. Outros Resultados q  Divulgação na mídia q  Agile Brazil 2012 q  Agiles 2012 q  FEES 2012 q  Fomento do CNPq q  Extensão Inovadora em TI (2010) q  Qualificação em TI (2011) 39
  • 40. Próximos passos q  Tornar periódico q  Foco em alunos de graduação (semestral) q  Foco no mercado (fluxo contínuo) q  Integração com pesquisa científica aplicada q  Pesquisa de doutorado q  Feedback dos gestores q  Indicador de satisfação do cliente 40
  • 41. Ao entrar no curso, não sabia como trabalhar em equipe. Não utilizava nenhum tipo de metodologia. A confiança nos colegas de equipe era nula, e só me importava com os “bugs” que estivessem em trechos codificados por mim. Ao finalizar o curso, descobri que a metodologia Agile facilita muito o decorrer do projeto, aprendi a confiar nos colegas e me importar com o objetivo. Tudo para fazer um projeto melhor. Eduardo da Costa Siqueira 41
  • 42. O curso foi uma quebra de paradigma, pois estava acostumado a desenvolver sozinho e me preocupar com todos os detalhes. Trabalhando em equipe pude ver que as tarefas podem ganhar uma maior velocidade e qualidade, se forem bem distribuídas e se a comunicação for clara e explícita.. Filipe de Freitas da Silva / Aluno / Centro de Inovação Microsoft 42
  • 43. rafaelp@pucrs.br @rafaelpri aolchik@gmail.com @aolchik