08.2 preparo periodico - arados de discos

1.352 visualizações

Publicada em

Preparo Periódico - Arados de Discos

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.352
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
145
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

08.2 preparo periodico - arados de discos

  1. 1. Professor: Rômulo Souza Disciplina: Mecanização Agrícola Curso: Técnico em Agropecuária Campus-Barreiros 2014 Instituto Federal de Pernambuco - Campus Barreiros Departamento de Desenvolvimento Educacional Coordenação de Cursos Técnicos PREPARO PERIÓDICO DO SOLO
  2. 2. 2. PREPARO PERIÓDICO DO SOLO - Introdução Quais condições desejam-se? Baixar resistência do solo; Aumentar a aeração; Melhorar o armazenamento de água; Eliminar plantas espontâneas (daninhas); Incorporação de calcário ou sementes.
  3. 3. 2. PREPARO PERIÓDICO DO SOLO - Introdução
  4. 4. 2. PREPARO PERIÓDICO DO SOLO Visa criar condições adequadas para instalação e desenvolvimento de culturas, por meio de mobilização de camada do solo. Ocorre de acordo com o tipo de cultura e, periodicamente, em sua renovação Propõem-se oferecer as melhores condições para a semente (ou órgão vegetativo) germinar em função de condições edafoclimáticas, relevo e características da cultura.
  5. 5. 2.1 PREPARO PRIMÁRIO - ARAÇÃO: Promovem: corte, elevação, Esboroamento e inversão da leiva Incorporando a vegetação. A superfície do terreno fica irregular e o perfil do solo com torrões e espaços vazios.
  6. 6. 2.1 PREPARO PRIMÁRIO - ARAÇÃO (OBJETIVOS): Revolver o solo expondo suas camadas internas ao ar, raios solares e ação de outras máquinas, de forma a torna-lo um leito adequado às sementes ou órgãos de desenvolvimento vegetativo. Incorporar restos de culturas e fertilizantes para manter ou melhorar as suas características nutricionais.
  7. 7. 2.1 PREPARO PRIMÁRIO - ARAÇÃO (OBJETIVOS): Enterrio de cobertura vegetal não desejada (controlando plantas daninhas) ou incorporando adubos verdes. Manter ou criar condições de solo que levem a um mínimo de outras operações e de solicitação de potência para a instalação completa da cultura. ARAÇÃO NÃO É OPERAÇÃO OBRIGATORIAMENTE NECESSÁRIA!
  8. 8. 01/07/12
  9. 9. 01/07/12
  10. 10. 2.1 ARAÇÃO: Por que realizar esta inversão? Para que a leiva de solo fique exposta a agentes externos, que auxiliarão na: Decomposição da matéria orgânica; Aumento da aeração do solo; Aumento da umidade do solo; Controle de insetos, larvas e ninhos; Homogeneização da fertilidade do solo.
  11. 11. 2.2. CLASSICAÇÃO DOS ARADOS: A. QUANTO FORMA DE TRAÇÃO ANIMAL MECANIZADA
  12. 12. 2.2. CLASSICAÇÃO DOS ARADOS: B. QUANTO AO ACOPLAMENTO Arrasto – Totalmente apoiados no solo; – Acoplados a barra de tração; MONTADO – acoplados ao sistema hidráulico de 3 pontos; SEMIMONTADO: – acoplado nos braços inferiores do sistema hidráulico de 3 pontos( pouco comum !!!);
  13. 13. Acoplamento Braço Inferior esquerdo Braço inferior direito Braço do terceiro ponto Barra estabilizadora Luva telescópica Barra de tração
  14. 14. 2.2. CLASSICAÇÃO DOS ARADOS (Acoplamento): ARRASTO SEMIMONTADO
  15. 15. 2.2. CLASSICAÇÃO DOS ARADOS: C. ORGÃO ATIVO AIVECA DISCO
  16. 16. 2.2. CLASSICAÇÃO DOS ARADOS: D. MOVIMENTAÇÃO DO ORGÃO ATIVO REVERSÍVEL FIXO
  17. 17. 2.2. CLASSICAÇÃO DOS ARADOS: D. MOVIMENTAÇÃO DO ORGÃO ATIVO FIXOS – leiva movimentada para direita; REVERSÍVEL – a leiva pode ser movimentada para a direita ou para a esquerda
  18. 18. 2.2. CLASSICAÇÃO DOS ARADOS: D. MOVIMENTAÇÃO DO ORGÃO ATIVO Arados reversíveis permitem melhor desempenho operacional, pois, perde-se menos tempo em manobras de cabeceira.
  19. 19. 2.3 ARADOS DE DISCO:
  20. 20. 1- Chassi 2- Torre 3- Suporte 4- Barra transversal 5- Roda guia 6- Coluna 7- Limpador 8- Disco 9- Mancal Constituição do arado de disco
  21. 21. 2.4.1 CONSTITUIÇÃO DOS ARADOS DE DISCO:
  22. 22. Características e vantagens: Ideal para abertura de novas áreas; Menos suscetível a impactos; Mais indicado para locais com presença de pedras, tocos, raízes, etc; Órgão ativo dotado de movimento rotativo; Substituição dos discos mais fácil que aivecas; 2.4.1 CONSTITUIÇÃO DOS ARADOS DE DISCO:
  23. 23. PARA SABER MAIS: http://www.ebah.com.br/content/ABAAAfHW4AK/preparo- solo https://sites.google.com/site/davidperesdarosa/disciplinas-do- superior/maquinas-e-implementos-agricolas-agronomia http://www.ifgoiano.edu.br/images/stories/coordenacao/Renato/9a%20aula.%20preparo%20de%20solo.pdf http://www.leb.esalq.usp.br/disciplinas/Ripoli/LER%20432/09%20-%20PREPARO%20SOLO.pdf http://www.ifgoiano.edu.br/images/stories/coordenacao/Renato/9a%20aula.%20preparo%20de%20solo%20-%20aracao.pdf

×