Manejo de Irrigação

4.103 visualizações

Publicada em

Manejo da Irrigação - Palestra na UESPI

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.103
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
477
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manejo de Irrigação

  1. 1. Manejo de IrrigaçãoEngº. Agrº. M.Sc. Sebastião P. do NascimentoCorrente, PI – 22 de setembro de 2011
  2. 2. • Introdução• Conceito• Diagnóstico do setor irrigado• Métodos de irrigação• Irrigação por superfície• Irrigação por aspersão• Irrigação localizada• Manejo da água no solo• Baseado nas condições do solo• Baseado nas condições da planta• Baseado nas condições do climaRoteiro Palestra
  3. 3. 1 - Introdução
  4. 4. 2 – Conceito de irrigaçãoIrrigação é o fornecimento artificial de água ao solo, em quantidadesessenciais e nos momentos oportunos, visando proporcionar umidadeadequada ao desenvolvimento normal das plantas cultivadas, a fim desuprir a falta, a insuficiência ou a má distribuição das precipitaçõesatmosféricas.Fonte: Diversos autores
  5. 5. 3 – Diagnóstico do setor irrigadoFonte: MI/DDH (2007)
  6. 6. Área irrigada porRegião3 %8 %29 %21 %39 %Fonte: MI/DDH (2007)3 – Diagnóstico do setor irrigado
  7. 7. IrrigaçãoporsuperfícieFonte: MI/DDH (2007)3 – Diagnóstico do setor irrigadoIrrigaçãoAspersão(Pastagens)
  8. 8. 4 – Irrigação por superfície4.1 – Inundação intermitenteFoto:Andradeetal,(2006)
  9. 9. ESTRADAQUADRA QUADRA4.1 – Inundação contínuaFoto:Andradeetal,(2006)4 – Irrigação por superfície
  10. 10. 4.2 – SulcoFotos: Andrade et al, (2006)4 – Irrigação por superfície
  11. 11. 4.2 - SulcoFotos: Andrade et al, (2006)4 – Irrigação por superfície
  12. 12. 5 – Irrigação por aspersão5.1 – Aspersão convencionalFixoPortátilSemi-portátilFotos: Andrade et al, (2006)
  13. 13. 5.2 – Pivô central e móvelFixoMóvelFotos: Andrade et al, (2006)5 – Irrigação por aspersão
  14. 14. 5.2 – AutopropelidoFotos:Andradeetal,(2006)5 – Irrigação por aspersão
  15. 15. 6 – Irrigação Localizada6.1 - MicroaspersãoFotos: Embrapa
  16. 16. 6.2 - GotejamentoSuperficialSub-SuperficialFotos:Andradeetal,(2006)6 – Irrigação Localizada
  17. 17. 7 – Manejo da água no solo Fornecer água de acordo com a necessidade hídrica Permitir economia de água e energia Manter favoráveis as condições de umidade dosolo e fitossanidade das plantas Proporcionar elevadas produtividades e produtos dede qualidade superiorImportância do manejo racional de irrigação
  18. 18. Controle da irrigaçãoPlantaSoloClimaFotos:Embrapasd7 – Manejo da água no solo
  19. 19. 7.1 – Baseado nas condições do Solo0,040,070,090,120,140,170,191 10 100 1000 10000Potencial matricial (-kPa)Umidade(cm3cm-3)0 - 20 cm20 - 40 cmCurva de retenção de água no soloFonte: Andrade Jr et al , (2002)7 – Manejo da água no solo
  20. 20. 7.1 – Baseado nas condições do SoloFoto:InternetSd7 – Manejo da água no solo
  21. 21. 7.1 – Baseado nas condições do SoloSolo em PMP Solo em CCFotos:InternetSd7 – Manejo da água no solo
  22. 22. 7.1 – Baseado nas condições do Solo - MONITORAMENTOGravimétricoTensiômetroMétodo diretoFotos:EmbrapaMeioNorte,(2007)7 – Manejo da água no solo
  23. 23. 7.1 – Baseado nas condições do Solo - MONITORAMENTODiviner 2000Método indiretoFotos:EmbrapaMeioNorte,(2007)7 – Manejo da água no solo
  24. 24. 7.2 – Baseado nas condições da PlantaCâmara de pressão de ScholanderMétodo de Potencial de água na FolhaFotos:EmbrapaMeioNorte,(2007)7 – Manejo da água no solo
  25. 25. 7.3 – Baseado nas condições do ClimaFoto:InternetSd7 – Manejo da água no solo
  26. 26. 7.3 – Baseado nas condições do ClimaMétodo de LisímetriaFoto:InternetSd7 – Manejo da água no solo
  27. 27. 7.3 – Baseado nas condições do ClimaETo = ECA * kpMétodo do tanque Classe AFotos: Embrapa Meio Norte, (2007)7 – Manejo da água no solo
  28. 28. 7.3 – Baseado nas condições do ClimaEstações automáticas – Método de Penman-MonteithFotos:EmbrapaMeioNorte,(2007)7 – Manejo da água no solo
  29. 29. 7.3 – Baseado nas condições do ClimaCulturasEstádios de desenvolvimentoI II III IVAbóbora 0,40 – 0,50 0,65 – 0,75 0,90 – 1,00 0,70 – 0,80Alface 0,50 – 0,60 0,70 – 0,80 0,95 – 1,05 0,90 – 1,00Cebola 0,40 – 0,60 0,70 – 0,80 0,95 – 1,10 0,75 – 0,85Cenoura 0,50 – 0,60 0,70 – 0,85 1,00 – 1,15 0,70 – 0,85Melancia 0,40 – 0,50 0,70 – 0,80 0,95 – 1,05 0,65 – 0,75Melão* 0,52 0,88 1,13 0,52Pimentão 0,40 – 0,50 0,60 – 0,65 0,95 – 1,10 0,80 – 0,90Tomate 0,40 – 0,50 0,70 – 0,80 1,05 – 1,25 0,60 – 0,65Valores de Kc para algumas culturas em diferentes estádios dedesenvolvimentoFonte: Adaptados de Doorembos & Pruitt (1977) e Doorembos & Kassam (1979),7 – Manejo da água no solo
  30. 30. Eng. Agrônomo: Sebastião Pereira do NascimentoEmail: spnascimento@ifpi.edu.br

×