A política colonial Estado Novo

343 visualizações

Publicada em

Estado novo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
343
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A política colonial Estado Novo

  1. 1. A POLÍTICA COLONIAL Raquel Oliveira nº12 Raquel Reis nº13
  2. 2. • A política económica procede do Ato Colonial de 1930. • Nele se afirmava a missão histórica civilizadora dos portugueses nos territórios ultramarinos, considerados possessões imperiais inaliáveis.
  3. 3. Medidas • Reformou-se a tutela metropolitana sobre as colónias, abandonando-se as experiências de descentralização administrativa e de abertura ao capital estrangeiro; • Insistiu-se na fiscalização da metrópole sobre os governadores coloniais e no estabelecimento de um regime económico do tipo “pacto colonial”, cabendo às colónias funções de fornecimento de matérias-primas para a indústria metropolitana.
  4. 4. • As populações nativas eram consideradas inferiores e tinham um estatuto diferente: “assimiladas”, através da maneira de vestir e educação escolar, comportamento social. • Embora o Estado tomasse medidas para defender as colónias da exploração esclavagista, algumas continuavam a ser exploradas • O Estado era extremamente dedicado às colónias, reagindo a pressões internacionais que se faziam sentir sobre as mesmas, nomeadamente por parte da Comissão de Mandatos da Sociedade das Nações.
  5. 5. • Colocava-se no povo português a importância da história das colónias portuguesas, através de uma série de congressos, conferências e exposições. • Destacam-se a I Exposição Colonial Portuguesa, no Porto a 1934 Exposição do Mundo Português, em Lisboa a 1940

×