SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Baixar para ler offline
UEG – Câmpus São Luís de Montes Belos
Docente: Selma Eliana Freire
Discentes: Amanda Cristinny Santos Monteiro
Dayhane Cândido de Oliveira
Gustavo Duarte de Oliveira
Priscila Hilária de Souza
Sara Souza Nunes Silvestre
O QUE É APRENDER E ENSINAR LITERATURA HOJE?
São Luís de Montes Belos
2016
O QUE É APRENDER E ENSINAR
LITERATURA HOJE?
Primeiramente, destaca-se o papel da escola
como agente formador de leitores e do gosto
literário. A presença, na casa, de livros trabalhados
na escola, amplia as possibilidades de leitura desses
títulos, estimulando outras pessoas da família –
país, irmãos, primos, avós – também ler essas
obras, e não apenas pela facilidade de tê-las em
mão, mas também porque, sendo indicadas pela
escola, supostamente apresentam boa qualidade e
são úteis à formação do indivíduo. (p.22)
Palavras-chave importante para o processo
de formação de leitores: EMPATIA (dos alunos
pelo professor) e RECONHECIMENTO (da
seriedade desse profissional e seu compromisso
com o projeto de leitura. (p.23)
Parâmetros Curriculares Nacionais –
Ensino Médio
As propostas de mudanças qualitativas
para o processo de ensino- aprendizagem no
nível médio indicam a sistematização de um
conjunto de disposições e atitudes como
pesquisa, selecionar informações, analisar
sintetizar, argumentar, negociar significados,
cooperar, de forma que o aluno possa participar
do mundo social, incluindo – se ai a cidadania, o
trabalho e a continuidade dos estudos.
Entrevista com professores: resultados e análise.
Sobre leitura e ensino de literatura
Questão 01: Para você, o que é literatura?
• Professora 1: “É um todo, para o homem que
vive na sociedade(...), pois tudo que há na
história da humanidade é literatura”.
• Professora 3: “ É a compreensão do
pensamento humano através do tempo”.
Questão 02: Você acha importante ensinar
literatura? Por quê?
Professora 01: “ Sim. Para melhor definir ao
educando o sentida da palavra ‘cultura’, seja ela
brasileira ou não, bem como estimular o
‘artístico’ que existe em cada um de nós”.
Professora03: “Sim, pois muitas vezes, o aluno
terá, no ensino médio, a única oportunidade de
conviver com os tipos de obras estudadas (...)”.
Questão 03: Considerando as dimensões
da disciplina Língua Portuguesa no ensino
médio, o que você acha mais importante:
gramática, literatura ou produção de
textos? Por quê?
Com exceção da professora 01, para quem o
ensino de literatura é mais importante do que o
ensino de gramática e produção de texto, as
demais entendem que os três tipos de atividade
se complementam.
Questão 04: Quanto ao ensino de
literatura, você se apoia em alguma
proposta teórico-metodológica ou em
algum teórico da literatura? Se sim, cite
essa proposta ou teórico que a representa.
Professora 01: Douglas Tufano, Domingos Maia e
outros.
Professora 03: “Sigo a corrente francesa quanto
a sequência e a temática literária”.
Conclusão da Pesquisa (alguns
exemplos)
Falta aos professores clareza quanto a
especificidade do objeto que ensinam;
O gosto pela leitura e a criação de hábitos
de leitura é facilitado quando o aluno está
permanentemente em contato com os livros;
Os professores do curso de literatura ainda
são premidos pela sombra do “fantasma” dos
vestibulares;
Ponto de reflexão...
Qual seria a melhor forma de aprender e ensinar
literatura hoje?
Ensino de literatura: entre tradição
transmissiva e o tecnicismo pragmático
A prática de ensino de literatura hoje
 Apresentação de alguns conceitos: linguagem literária,
gêneros literários, verso e prosa, noções de
versificação, ponto de vista narrativo, etc.;
 Texto literário de época, história da literatura;
 Programa escola <-> vestibular;
 Autores e textos escolhidos: indicados pela tradição
canônica; representativos do escritor, movimento
literário ou geração ligada;
 Procedimentos adotados: breve apresentação do
movimento literário, com datas e indicação de seus
principais autores, movimento literário;
 Transmissão dos conteúdos: modo oral e expositivo
pelo professor;
 Professor ativo, aluno passivo.
A literatura nos exames vestibulares
 Questões voltadas para o reconhecimento do autor
do texto, ou do estilo literário de época ou gênero
literário a ele relacionado;
 Memorização das características da obra, do autor;
(UFPA-PA) As preocupações com a nacionalidade
brasileira surgiram de forma consciente nas obras
da Literatura Brasileira durante a vigência do
seguinte estilo de época:
a)Medievalismo b)Simbolismo c)Dadaísmo
d) Impressionismo e) Romantismo.
67 (FUVEST 2014 - Primeira Fase) Com base na leitura da obra A cidade e
as serras, de Eça de Queirós, publicada originalmente em 1901, é correto
concluir que, nela, encontra-se
a) o prenúncio de uma consciência ecológica que iria eclodir com força
somente em finais do século XX, mas que, nessa obra, já mostrava um
sentido visionário, inspirado pela invenção dos motores a vapor.
b) uma concepção de hierarquia civilizacional entre as regiões do
mundo, na qual, a Europa representaria a modernidade e um modelo a
seguir, e a América, o atraso e um modelo a ser evitado.
c) a construção de uma associação entre indivíduo e divindade, já que,
no livro, a natureza é, fundamentalmente, símbolo de uma condição
interior a ser alcançada por meio da resignação e penitência.
d) a manifestação de um clima de forte otimismo, decorrente do fim do
ciclo bélico mundial do século XIX, que trouxe à tona um anseio de
modernização de sociedades em vários continentes.
e) uma valorização do meio rural e de modos de vida a ele associados,
nostalgia típica de um momento da história marcado pela consolidação
da industrialização e da concentração da maior parte da população em
áreas urbanas.
54 (Fatec 2012 - 2º Semestre - Prova) Iracema, obra de José
de Alencar, configura-se como um mito que dialoga
intertextualmente com histórias mais recentes do cinema, tais
como Pocahontas e Avatar.
Assinale a alternativa em que esse mito está corretamente
descrito.
a) Fazendeiros e nativos da floresta enfrentam-se pela posse
de escravos.
b) Uma selvagem apaixona-se por um estrangeiro, implcando
divergências culturais.
c) Um casal apaixonado é separado pelos genitores devdo às
diferenças sociais.
d) A condição física rejeitada e o caráter introvertido fazem
nascer um monstro assassino.
e) Devido à guarda de um segredo inominável, uma mulher
torna-se uma líder respeitada.
O que é avaliado, nas provas de literatura dos
vestibulares, é a memorização;
REFERÊNCIAS
CEREJA, William Roberto. Ensino de literatura :
uma proposta dialógica para o trabalho com
literatura/ William Roberto Cereja – São Paulo :
Atual 2005.
Questões de vestibulares disponíveis em <
https://rachacuca.com.br/educacao/vestibular/t
ags/literatura/ > acesso em 10 de novembro de
2016

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Livro - literatura infantil construção, recepção e descobertas
Livro - literatura infantil construção, recepção e descobertasLivro - literatura infantil construção, recepção e descobertas
Livro - literatura infantil construção, recepção e descobertasEdilson A. Souza
 
Projeto de leitura literária
Projeto de leitura literáriaProjeto de leitura literária
Projeto de leitura literáriaAna Paula Cecato
 
Relatório de Literatura Infantil
Relatório de Literatura InfantilRelatório de Literatura Infantil
Relatório de Literatura InfantilAmanda Freitas
 
Pratica 7 artigo ufam
Pratica 7 artigo   ufamPratica 7 artigo   ufam
Pratica 7 artigo ufamnatienyamorim
 
Literatura infantil auxilio no processo de alfabetização e letramento
Literatura infantil auxilio no processo de alfabetização e letramentoLiteratura infantil auxilio no processo de alfabetização e letramento
Literatura infantil auxilio no processo de alfabetização e letramentoAna Lúcia Hennemann
 
Artigo christiane jarosky
Artigo christiane jaroskyArtigo christiane jarosky
Artigo christiane jaroskyPedro da Silva
 
A literatura infantil na escola
A literatura infantil na escolaA literatura infantil na escola
A literatura infantil na escolaUESPI - PI
 
Slide blog nara ler e escrever
Slide blog nara ler e escreverSlide blog nara ler e escrever
Slide blog nara ler e escrevermelodilva
 
Projeto de Leitura
Projeto de LeituraProjeto de Leitura
Projeto de LeituraJomari
 
A literatura Infantil na Revista do Globo
A literatura Infantil na Revista do GloboA literatura Infantil na Revista do Globo
A literatura Infantil na Revista do Globo+ Aloisio Magalhães
 
A importância da literatura
A importância da literaturaA importância da literatura
A importância da literaturaThais Bueno
 
Apresentaçãp projeto de leitura nos anos iniciais
Apresentaçãp projeto de leitura nos anos iniciaisApresentaçãp projeto de leitura nos anos iniciais
Apresentaçãp projeto de leitura nos anos iniciaisleao162010
 

Mais procurados (20)

Livro - literatura infantil construção, recepção e descobertas
Livro - literatura infantil construção, recepção e descobertasLivro - literatura infantil construção, recepção e descobertas
Livro - literatura infantil construção, recepção e descobertas
 
Projeto de leitura literária
Projeto de leitura literáriaProjeto de leitura literária
Projeto de leitura literária
 
Relatório de Literatura Infantil
Relatório de Literatura InfantilRelatório de Literatura Infantil
Relatório de Literatura Infantil
 
A literatura infantil e seu poder de formar leitores
A literatura infantil e seu poder de formar leitoresA literatura infantil e seu poder de formar leitores
A literatura infantil e seu poder de formar leitores
 
Pratica 7 artigo ufam
Pratica 7 artigo   ufamPratica 7 artigo   ufam
Pratica 7 artigo ufam
 
Literatura infantil auxilio no processo de alfabetização e letramento
Literatura infantil auxilio no processo de alfabetização e letramentoLiteratura infantil auxilio no processo de alfabetização e letramento
Literatura infantil auxilio no processo de alfabetização e letramento
 
MODELO DE Projeto literatura na escola
MODELO DE Projeto  literatura na escolaMODELO DE Projeto  literatura na escola
MODELO DE Projeto literatura na escola
 
Artigo christiane jarosky
Artigo christiane jaroskyArtigo christiane jarosky
Artigo christiane jarosky
 
A Literatura Infantil na Escola
A Literatura Infantil na EscolaA Literatura Infantil na Escola
A Literatura Infantil na Escola
 
Literatura infantil e juvenil aula2
Literatura  infantil e juvenil   aula2Literatura  infantil e juvenil   aula2
Literatura infantil e juvenil aula2
 
Pré-Projeto de Pesquisa
Pré-Projeto de PesquisaPré-Projeto de Pesquisa
Pré-Projeto de Pesquisa
 
A literatura infantil na escola
A literatura infantil na escolaA literatura infantil na escola
A literatura infantil na escola
 
Slide blog nara ler e escrever
Slide blog nara ler e escreverSlide blog nara ler e escrever
Slide blog nara ler e escrever
 
Pratica livro
Pratica livroPratica livro
Pratica livro
 
Projeto de Leitura
Projeto de LeituraProjeto de Leitura
Projeto de Leitura
 
Projeto leitura
Projeto leituraProjeto leitura
Projeto leitura
 
A literatura Infantil na Revista do Globo
A literatura Infantil na Revista do GloboA literatura Infantil na Revista do Globo
A literatura Infantil na Revista do Globo
 
A importância da literatura
A importância da literaturaA importância da literatura
A importância da literatura
 
Apresentaçãp projeto de leitura nos anos iniciais
Apresentaçãp projeto de leitura nos anos iniciaisApresentaçãp projeto de leitura nos anos iniciais
Apresentaçãp projeto de leitura nos anos iniciais
 
Oficina de leitura
Oficina de leituraOficina de leitura
Oficina de leitura
 

Semelhante a Ensino de literatura entre tradição e pragmatismo

Apresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da História
Apresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da HistóriaApresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da História
Apresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da HistóriaAna Souza
 
Cultura de massa na escola uma proposta de letramento literário
Cultura de massa na escola uma proposta de letramento literárioCultura de massa na escola uma proposta de letramento literário
Cultura de massa na escola uma proposta de letramento literárioJanny Gomes Quixaba Silva
 
Jouve por que studar literatura resenha
Jouve por que studar literatura resenhaJouve por que studar literatura resenha
Jouve por que studar literatura resenhaKarolyna Luna
 
Projeto ensinoliteraturabrasileiramemorias
Projeto ensinoliteraturabrasileiramemoriasProjeto ensinoliteraturabrasileiramemorias
Projeto ensinoliteraturabrasileiramemoriasIlenice Trojahn
 
Abordagem ao genero textual crônica
Abordagem ao genero textual crônicaAbordagem ao genero textual crônica
Abordagem ao genero textual crônicaAndreia Medeiros
 
Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...
Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...
Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...Instituto Uka
 
Literatura afro-brasileira e indígena na escola
Literatura afro-brasileira e indígena na escolaLiteratura afro-brasileira e indígena na escola
Literatura afro-brasileira e indígena na escolaInstituto Uka
 
Apresentação slide grupo 3 semestre com nossas fotos !
Apresentação slide grupo 3 semestre com nossas fotos !Apresentação slide grupo 3 semestre com nossas fotos !
Apresentação slide grupo 3 semestre com nossas fotos !augustafranca7
 
37537 44135-1-pb
37537 44135-1-pb37537 44135-1-pb
37537 44135-1-pbLucia Maria
 
A leitura literária no ensino médio um breve olhar sobre a lit africana apr...
A leitura literária no ensino médio   um breve olhar sobre a lit africana apr...A leitura literária no ensino médio   um breve olhar sobre a lit africana apr...
A leitura literária no ensino médio um breve olhar sobre a lit africana apr...Ines Astreia Marques
 
O PIBID e o uso de biografias no ensino de história: Como história de vida po...
O PIBID e o uso de biografias no ensino de história: Como história de vida po...O PIBID e o uso de biografias no ensino de história: Como história de vida po...
O PIBID e o uso de biografias no ensino de história: Como história de vida po...PIBID HISTÓRIA
 
O léxico de um auto de defloramento tentativa de resgate da cultura de um povo
O léxico de um auto de defloramento tentativa de resgate da cultura de um povoO léxico de um auto de defloramento tentativa de resgate da cultura de um povo
O léxico de um auto de defloramento tentativa de resgate da cultura de um povoUNEB
 
O lugar da teoria no ensino de literatura
O lugar da teoria no ensino de literaturaO lugar da teoria no ensino de literatura
O lugar da teoria no ensino de literaturaMariana Marcelino
 

Semelhante a Ensino de literatura entre tradição e pragmatismo (20)

Abordagem dos-classicos-no-ensino-de-literatura
Abordagem dos-classicos-no-ensino-de-literaturaAbordagem dos-classicos-no-ensino-de-literatura
Abordagem dos-classicos-no-ensino-de-literatura
 
Apresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da História
Apresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da HistóriaApresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da História
Apresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da História
 
Cultura de massa na escola uma proposta de letramento literário
Cultura de massa na escola uma proposta de letramento literárioCultura de massa na escola uma proposta de letramento literário
Cultura de massa na escola uma proposta de letramento literário
 
Jouve por que studar literatura resenha
Jouve por que studar literatura resenhaJouve por que studar literatura resenha
Jouve por que studar literatura resenha
 
Literatura e ensino de história
Literatura e ensino de históriaLiteratura e ensino de história
Literatura e ensino de história
 
Projeto ensinoliteraturabrasileiramemorias
Projeto ensinoliteraturabrasileiramemoriasProjeto ensinoliteraturabrasileiramemorias
Projeto ensinoliteraturabrasileiramemorias
 
Projeto
ProjetoProjeto
Projeto
 
Abordagem ao genero textual crônica
Abordagem ao genero textual crônicaAbordagem ao genero textual crônica
Abordagem ao genero textual crônica
 
Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...
Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...
Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...
 
Literatura afro-brasileira e indígena na escola
Literatura afro-brasileira e indígena na escolaLiteratura afro-brasileira e indígena na escola
Literatura afro-brasileira e indígena na escola
 
Apresentação slide grupo 3 semestre com nossas fotos !
Apresentação slide grupo 3 semestre com nossas fotos !Apresentação slide grupo 3 semestre com nossas fotos !
Apresentação slide grupo 3 semestre com nossas fotos !
 
37537 44135-1-pb
37537 44135-1-pb37537 44135-1-pb
37537 44135-1-pb
 
A leitura literária no ensino médio um breve olhar sobre a lit africana apr...
A leitura literária no ensino médio   um breve olhar sobre a lit africana apr...A leitura literária no ensino médio   um breve olhar sobre a lit africana apr...
A leitura literária no ensino médio um breve olhar sobre a lit africana apr...
 
81
8181
81
 
O PIBID e o uso de biografias no ensino de história: Como história de vida po...
O PIBID e o uso de biografias no ensino de história: Como história de vida po...O PIBID e o uso de biografias no ensino de história: Como história de vida po...
O PIBID e o uso de biografias no ensino de história: Como história de vida po...
 
O léxico de um auto de defloramento tentativa de resgate da cultura de um povo
O léxico de um auto de defloramento tentativa de resgate da cultura de um povoO léxico de um auto de defloramento tentativa de resgate da cultura de um povo
O léxico de um auto de defloramento tentativa de resgate da cultura de um povo
 
relato pessoal 8º ano
relato pessoal 8º anorelato pessoal 8º ano
relato pessoal 8º ano
 
O lugar da teoria no ensino de literatura
O lugar da teoria no ensino de literaturaO lugar da teoria no ensino de literatura
O lugar da teoria no ensino de literatura
 
Letramento Literário.pptx
Letramento Literário.pptxLetramento Literário.pptx
Letramento Literário.pptx
 
RESENHA CRÍTICA: PLANO DE AULA.pdf
RESENHA CRÍTICA: PLANO DE AULA.pdfRESENHA CRÍTICA: PLANO DE AULA.pdf
RESENHA CRÍTICA: PLANO DE AULA.pdf
 

Mais de Priscila Hilária

Mais de Priscila Hilária (20)

Atividade de língua portuguesa
Atividade de língua portuguesaAtividade de língua portuguesa
Atividade de língua portuguesa
 
Língua Inglesa-9º ano
Língua Inglesa-9º anoLíngua Inglesa-9º ano
Língua Inglesa-9º ano
 
Língua Inglesa-8º ano
Língua Inglesa-8º anoLíngua Inglesa-8º ano
Língua Inglesa-8º ano
 
7º ano - Língua Inglesa
7º ano - Língua Inglesa7º ano - Língua Inglesa
7º ano - Língua Inglesa
 
6º ano-Língua Portuguesa
6º ano-Língua Portuguesa6º ano-Língua Portuguesa
6º ano-Língua Portuguesa
 
6º ano inglês
6º ano   inglês6º ano   inglês
6º ano inglês
 
Substantivos - Malandramente
Substantivos - MalandramenteSubstantivos - Malandramente
Substantivos - Malandramente
 
Narrador em Mrs. Dalloway
Narrador em Mrs. DallowayNarrador em Mrs. Dalloway
Narrador em Mrs. Dalloway
 
Prova de inglês do ITA - 2008
Prova de inglês do ITA - 2008Prova de inglês do ITA - 2008
Prova de inglês do ITA - 2008
 
Frankenstein, trabalho escrito
Frankenstein, trabalho escritoFrankenstein, trabalho escrito
Frankenstein, trabalho escrito
 
Uma noite em cinco atos- enredo
Uma noite em cinco atos- enredoUma noite em cinco atos- enredo
Uma noite em cinco atos- enredo
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Da ordem do relato e do argumentar
Da ordem do relato e do argumentarDa ordem do relato e do argumentar
Da ordem do relato e do argumentar
 
Coerência
CoerênciaCoerência
Coerência
 
Texto argumentativo
Texto argumentativoTexto argumentativo
Texto argumentativo
 
WALT WHITMAN: Biografia, características literárias e poemas
WALT WHITMAN: Biografia, características literárias e poemasWALT WHITMAN: Biografia, características literárias e poemas
WALT WHITMAN: Biografia, características literárias e poemas
 
Realismo e Naturalismo
Realismo e NaturalismoRealismo e Naturalismo
Realismo e Naturalismo
 
3ª fase modernista + o conto Famigerado de João Guimarães Rosa
3ª fase modernista + o conto Famigerado de João Guimarães Rosa3ª fase modernista + o conto Famigerado de João Guimarães Rosa
3ª fase modernista + o conto Famigerado de João Guimarães Rosa
 
Carta de leitor
Carta de leitorCarta de leitor
Carta de leitor
 
Frankenstein
FrankensteinFrankenstein
Frankenstein
 

Último

Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSdjgsantos1981
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 

Último (20)

Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 

Ensino de literatura entre tradição e pragmatismo

  • 1. UEG – Câmpus São Luís de Montes Belos Docente: Selma Eliana Freire Discentes: Amanda Cristinny Santos Monteiro Dayhane Cândido de Oliveira Gustavo Duarte de Oliveira Priscila Hilária de Souza Sara Souza Nunes Silvestre O QUE É APRENDER E ENSINAR LITERATURA HOJE? São Luís de Montes Belos 2016
  • 2. O QUE É APRENDER E ENSINAR LITERATURA HOJE? Primeiramente, destaca-se o papel da escola como agente formador de leitores e do gosto literário. A presença, na casa, de livros trabalhados na escola, amplia as possibilidades de leitura desses títulos, estimulando outras pessoas da família – país, irmãos, primos, avós – também ler essas obras, e não apenas pela facilidade de tê-las em mão, mas também porque, sendo indicadas pela escola, supostamente apresentam boa qualidade e são úteis à formação do indivíduo. (p.22)
  • 3. Palavras-chave importante para o processo de formação de leitores: EMPATIA (dos alunos pelo professor) e RECONHECIMENTO (da seriedade desse profissional e seu compromisso com o projeto de leitura. (p.23)
  • 4. Parâmetros Curriculares Nacionais – Ensino Médio As propostas de mudanças qualitativas para o processo de ensino- aprendizagem no nível médio indicam a sistematização de um conjunto de disposições e atitudes como pesquisa, selecionar informações, analisar sintetizar, argumentar, negociar significados, cooperar, de forma que o aluno possa participar do mundo social, incluindo – se ai a cidadania, o trabalho e a continuidade dos estudos.
  • 5. Entrevista com professores: resultados e análise. Sobre leitura e ensino de literatura Questão 01: Para você, o que é literatura? • Professora 1: “É um todo, para o homem que vive na sociedade(...), pois tudo que há na história da humanidade é literatura”. • Professora 3: “ É a compreensão do pensamento humano através do tempo”.
  • 6. Questão 02: Você acha importante ensinar literatura? Por quê? Professora 01: “ Sim. Para melhor definir ao educando o sentida da palavra ‘cultura’, seja ela brasileira ou não, bem como estimular o ‘artístico’ que existe em cada um de nós”. Professora03: “Sim, pois muitas vezes, o aluno terá, no ensino médio, a única oportunidade de conviver com os tipos de obras estudadas (...)”.
  • 7. Questão 03: Considerando as dimensões da disciplina Língua Portuguesa no ensino médio, o que você acha mais importante: gramática, literatura ou produção de textos? Por quê? Com exceção da professora 01, para quem o ensino de literatura é mais importante do que o ensino de gramática e produção de texto, as demais entendem que os três tipos de atividade se complementam.
  • 8. Questão 04: Quanto ao ensino de literatura, você se apoia em alguma proposta teórico-metodológica ou em algum teórico da literatura? Se sim, cite essa proposta ou teórico que a representa. Professora 01: Douglas Tufano, Domingos Maia e outros. Professora 03: “Sigo a corrente francesa quanto a sequência e a temática literária”.
  • 9. Conclusão da Pesquisa (alguns exemplos) Falta aos professores clareza quanto a especificidade do objeto que ensinam; O gosto pela leitura e a criação de hábitos de leitura é facilitado quando o aluno está permanentemente em contato com os livros; Os professores do curso de literatura ainda são premidos pela sombra do “fantasma” dos vestibulares;
  • 10. Ponto de reflexão... Qual seria a melhor forma de aprender e ensinar literatura hoje?
  • 11. Ensino de literatura: entre tradição transmissiva e o tecnicismo pragmático A prática de ensino de literatura hoje  Apresentação de alguns conceitos: linguagem literária, gêneros literários, verso e prosa, noções de versificação, ponto de vista narrativo, etc.;  Texto literário de época, história da literatura;  Programa escola <-> vestibular;  Autores e textos escolhidos: indicados pela tradição canônica; representativos do escritor, movimento literário ou geração ligada;
  • 12.  Procedimentos adotados: breve apresentação do movimento literário, com datas e indicação de seus principais autores, movimento literário;  Transmissão dos conteúdos: modo oral e expositivo pelo professor;  Professor ativo, aluno passivo.
  • 13. A literatura nos exames vestibulares  Questões voltadas para o reconhecimento do autor do texto, ou do estilo literário de época ou gênero literário a ele relacionado;  Memorização das características da obra, do autor;
  • 14. (UFPA-PA) As preocupações com a nacionalidade brasileira surgiram de forma consciente nas obras da Literatura Brasileira durante a vigência do seguinte estilo de época: a)Medievalismo b)Simbolismo c)Dadaísmo d) Impressionismo e) Romantismo.
  • 15. 67 (FUVEST 2014 - Primeira Fase) Com base na leitura da obra A cidade e as serras, de Eça de Queirós, publicada originalmente em 1901, é correto concluir que, nela, encontra-se a) o prenúncio de uma consciência ecológica que iria eclodir com força somente em finais do século XX, mas que, nessa obra, já mostrava um sentido visionário, inspirado pela invenção dos motores a vapor. b) uma concepção de hierarquia civilizacional entre as regiões do mundo, na qual, a Europa representaria a modernidade e um modelo a seguir, e a América, o atraso e um modelo a ser evitado. c) a construção de uma associação entre indivíduo e divindade, já que, no livro, a natureza é, fundamentalmente, símbolo de uma condição interior a ser alcançada por meio da resignação e penitência. d) a manifestação de um clima de forte otimismo, decorrente do fim do ciclo bélico mundial do século XIX, que trouxe à tona um anseio de modernização de sociedades em vários continentes. e) uma valorização do meio rural e de modos de vida a ele associados, nostalgia típica de um momento da história marcado pela consolidação da industrialização e da concentração da maior parte da população em áreas urbanas.
  • 16. 54 (Fatec 2012 - 2º Semestre - Prova) Iracema, obra de José de Alencar, configura-se como um mito que dialoga intertextualmente com histórias mais recentes do cinema, tais como Pocahontas e Avatar. Assinale a alternativa em que esse mito está corretamente descrito. a) Fazendeiros e nativos da floresta enfrentam-se pela posse de escravos. b) Uma selvagem apaixona-se por um estrangeiro, implcando divergências culturais. c) Um casal apaixonado é separado pelos genitores devdo às diferenças sociais. d) A condição física rejeitada e o caráter introvertido fazem nascer um monstro assassino. e) Devido à guarda de um segredo inominável, uma mulher torna-se uma líder respeitada.
  • 17. O que é avaliado, nas provas de literatura dos vestibulares, é a memorização;
  • 18. REFERÊNCIAS CEREJA, William Roberto. Ensino de literatura : uma proposta dialógica para o trabalho com literatura/ William Roberto Cereja – São Paulo : Atual 2005. Questões de vestibulares disponíveis em < https://rachacuca.com.br/educacao/vestibular/t ags/literatura/ > acesso em 10 de novembro de 2016