SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS
CÂMPUS SÃO LUÍS DE MONTES BELOS
AMANDA CRISTINNY SANTOS MONTEIRO
DAYHANE CÂNDIDO DE OLIVEIRA
PRISCILA HILÁRIA DE SOUZA
SARA SOUZA NUNES SILVESTRE
SÃO LUÍS DE MONTES BELOS
2016
COERÊNCIA
A coerência entre todas as partes do texto é um fator
primordial para a boa escrita. É necessário que as
partes formem um todo. Estabeleça uma ordem para que
as ideias se completem e formem o corpo da narrativa.
Explique, mostre as causas e as consequências. A
coerência é uma conformidade entre fatos ou ideias,
próprio daquilo que tem nexo, conexão, portanto, podemos
associá-la ao processo de construção de sentidos do
texto e à articulação das ideias. Por serem os sentidos
elementos subjetivos.
 Princípio da Não Contradição: Um texto
deve apresentar situações ou ideias lógicas que
em momento algum se contradigam;
 Princípio da Relevância: Um texto com
informações fragmentadas torna as ideias
incoerentes, ainda que cada fragmento apresente
certa coerência individual. Se as ideias não
dialogam entre si, então elas são irrelevantes.
A coerência de um texto inclui fatores como o
conhecimento que o produtor e o receptor têm do
assunto abordado no texto, conhecimento de
mundo, o conhecimento que esses têm da língua
que usam e intertextualidade. Pode-se concluir
que texto coerente é aquele do qual é possível
estabelecer sentido.
Referências
Coerência
<http://brasilescola.uol.com.br/redacao/coerencia.ht
m> acesso em novembro de 2016
VIDEOAULA 3 - PARTE 2 - coerência textual: as
conjunções causando incoerência textual
<https://www.youtube.com/watch?v=uJdeRVuLWwE
> acesso em novembro de 2016
Redação
<http://www.soportugues.com.br/secoes/Redacao/R
edacao4.php> acesso em novembro de 2016

Mais conteúdo relacionado

Destaque

3º A Central Solar Termica
3º A Central Solar Termica3º A Central Solar Termica
3º A Central Solar Termicaolgagbo
 
Civic Engagement Presentation
Civic Engagement PresentationCivic Engagement Presentation
Civic Engagement Presentationnatcon7
 
HR Transformation @ SAP
HR Transformation @ SAPHR Transformation @ SAP
HR Transformation @ SAPTorben Haagh
 
Cryptography
CryptographyCryptography
CryptographyAskme.com
 

Destaque (7)

Qué es el derecho de autor echo
Qué es el derecho de autor echoQué es el derecho de autor echo
Qué es el derecho de autor echo
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
3º A Central Solar Termica
3º A Central Solar Termica3º A Central Solar Termica
3º A Central Solar Termica
 
Civic Engagement Presentation
Civic Engagement PresentationCivic Engagement Presentation
Civic Engagement Presentation
 
HR Transformation @ SAP
HR Transformation @ SAPHR Transformation @ SAP
HR Transformation @ SAP
 
Cryptography
CryptographyCryptography
Cryptography
 
PM_drom_Flowerparty Yves Rocher.pdf
PM_drom_Flowerparty Yves Rocher.pdfPM_drom_Flowerparty Yves Rocher.pdf
PM_drom_Flowerparty Yves Rocher.pdf
 

Mais de Priscila Hilária

Atividade de língua portuguesa
Atividade de língua portuguesaAtividade de língua portuguesa
Atividade de língua portuguesaPriscila Hilária
 
Substantivos - Malandramente
Substantivos - MalandramenteSubstantivos - Malandramente
Substantivos - MalandramentePriscila Hilária
 
Prova de inglês do ITA - 2008
Prova de inglês do ITA - 2008Prova de inglês do ITA - 2008
Prova de inglês do ITA - 2008Priscila Hilária
 
Frankenstein, trabalho escrito
Frankenstein, trabalho escritoFrankenstein, trabalho escrito
Frankenstein, trabalho escritoPriscila Hilária
 
Uma noite em cinco atos- enredo
Uma noite em cinco atos- enredoUma noite em cinco atos- enredo
Uma noite em cinco atos- enredoPriscila Hilária
 
O QUE É APRENDER E ENSINAR LITERATURA HOJE?
O QUE É APRENDER E ENSINAR LITERATURA HOJE?O QUE É APRENDER E ENSINAR LITERATURA HOJE?
O QUE É APRENDER E ENSINAR LITERATURA HOJE?Priscila Hilária
 
Da ordem do relato e do argumentar
Da ordem do relato e do argumentarDa ordem do relato e do argumentar
Da ordem do relato e do argumentarPriscila Hilária
 
WALT WHITMAN: Biografia, características literárias e poemas
WALT WHITMAN: Biografia, características literárias e poemasWALT WHITMAN: Biografia, características literárias e poemas
WALT WHITMAN: Biografia, características literárias e poemasPriscila Hilária
 
3ª fase modernista + o conto Famigerado de João Guimarães Rosa
3ª fase modernista + o conto Famigerado de João Guimarães Rosa3ª fase modernista + o conto Famigerado de João Guimarães Rosa
3ª fase modernista + o conto Famigerado de João Guimarães RosaPriscila Hilária
 
O gato preto - Edgar Allan Poe
O gato preto - Edgar Allan PoeO gato preto - Edgar Allan Poe
O gato preto - Edgar Allan PoePriscila Hilária
 
Capítulo 2 - Ensino de literatura: uma proposta dialógica para o trabalho com...
Capítulo 2 - Ensino de literatura: uma proposta dialógica para o trabalho com...Capítulo 2 - Ensino de literatura: uma proposta dialógica para o trabalho com...
Capítulo 2 - Ensino de literatura: uma proposta dialógica para o trabalho com...Priscila Hilária
 

Mais de Priscila Hilária (20)

Atividade de língua portuguesa
Atividade de língua portuguesaAtividade de língua portuguesa
Atividade de língua portuguesa
 
Língua Inglesa-9º ano
Língua Inglesa-9º anoLíngua Inglesa-9º ano
Língua Inglesa-9º ano
 
Língua Inglesa-8º ano
Língua Inglesa-8º anoLíngua Inglesa-8º ano
Língua Inglesa-8º ano
 
7º ano - Língua Inglesa
7º ano - Língua Inglesa7º ano - Língua Inglesa
7º ano - Língua Inglesa
 
6º ano-Língua Portuguesa
6º ano-Língua Portuguesa6º ano-Língua Portuguesa
6º ano-Língua Portuguesa
 
6º ano inglês
6º ano   inglês6º ano   inglês
6º ano inglês
 
Substantivos - Malandramente
Substantivos - MalandramenteSubstantivos - Malandramente
Substantivos - Malandramente
 
Narrador em Mrs. Dalloway
Narrador em Mrs. DallowayNarrador em Mrs. Dalloway
Narrador em Mrs. Dalloway
 
Prova de inglês do ITA - 2008
Prova de inglês do ITA - 2008Prova de inglês do ITA - 2008
Prova de inglês do ITA - 2008
 
Frankenstein, trabalho escrito
Frankenstein, trabalho escritoFrankenstein, trabalho escrito
Frankenstein, trabalho escrito
 
Uma noite em cinco atos- enredo
Uma noite em cinco atos- enredoUma noite em cinco atos- enredo
Uma noite em cinco atos- enredo
 
O QUE É APRENDER E ENSINAR LITERATURA HOJE?
O QUE É APRENDER E ENSINAR LITERATURA HOJE?O QUE É APRENDER E ENSINAR LITERATURA HOJE?
O QUE É APRENDER E ENSINAR LITERATURA HOJE?
 
Da ordem do relato e do argumentar
Da ordem do relato e do argumentarDa ordem do relato e do argumentar
Da ordem do relato e do argumentar
 
WALT WHITMAN: Biografia, características literárias e poemas
WALT WHITMAN: Biografia, características literárias e poemasWALT WHITMAN: Biografia, características literárias e poemas
WALT WHITMAN: Biografia, características literárias e poemas
 
Realismo e Naturalismo
Realismo e NaturalismoRealismo e Naturalismo
Realismo e Naturalismo
 
3ª fase modernista + o conto Famigerado de João Guimarães Rosa
3ª fase modernista + o conto Famigerado de João Guimarães Rosa3ª fase modernista + o conto Famigerado de João Guimarães Rosa
3ª fase modernista + o conto Famigerado de João Guimarães Rosa
 
Carta de leitor
Carta de leitorCarta de leitor
Carta de leitor
 
Frankenstein
FrankensteinFrankenstein
Frankenstein
 
O gato preto - Edgar Allan Poe
O gato preto - Edgar Allan PoeO gato preto - Edgar Allan Poe
O gato preto - Edgar Allan Poe
 
Capítulo 2 - Ensino de literatura: uma proposta dialógica para o trabalho com...
Capítulo 2 - Ensino de literatura: uma proposta dialógica para o trabalho com...Capítulo 2 - Ensino de literatura: uma proposta dialógica para o trabalho com...
Capítulo 2 - Ensino de literatura: uma proposta dialógica para o trabalho com...
 

Último

PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 

Último (20)

PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 

Coerência

  • 1. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS CÂMPUS SÃO LUÍS DE MONTES BELOS AMANDA CRISTINNY SANTOS MONTEIRO DAYHANE CÂNDIDO DE OLIVEIRA PRISCILA HILÁRIA DE SOUZA SARA SOUZA NUNES SILVESTRE SÃO LUÍS DE MONTES BELOS 2016
  • 3. A coerência entre todas as partes do texto é um fator primordial para a boa escrita. É necessário que as partes formem um todo. Estabeleça uma ordem para que as ideias se completem e formem o corpo da narrativa. Explique, mostre as causas e as consequências. A coerência é uma conformidade entre fatos ou ideias, próprio daquilo que tem nexo, conexão, portanto, podemos associá-la ao processo de construção de sentidos do texto e à articulação das ideias. Por serem os sentidos elementos subjetivos.
  • 4.  Princípio da Não Contradição: Um texto deve apresentar situações ou ideias lógicas que em momento algum se contradigam;  Princípio da Relevância: Um texto com informações fragmentadas torna as ideias incoerentes, ainda que cada fragmento apresente certa coerência individual. Se as ideias não dialogam entre si, então elas são irrelevantes.
  • 5. A coerência de um texto inclui fatores como o conhecimento que o produtor e o receptor têm do assunto abordado no texto, conhecimento de mundo, o conhecimento que esses têm da língua que usam e intertextualidade. Pode-se concluir que texto coerente é aquele do qual é possível estabelecer sentido.
  • 6.
  • 7.
  • 8. Referências Coerência <http://brasilescola.uol.com.br/redacao/coerencia.ht m> acesso em novembro de 2016 VIDEOAULA 3 - PARTE 2 - coerência textual: as conjunções causando incoerência textual <https://www.youtube.com/watch?v=uJdeRVuLWwE > acesso em novembro de 2016 Redação <http://www.soportugues.com.br/secoes/Redacao/R edacao4.php> acesso em novembro de 2016