SlideShare uma empresa Scribd logo

Revisão Seduc Biologia 2015

aula de revisão Biologia para Enem, professor Marcelo Ventura

1 de 13
Baixar para ler offline
2ª REVISÃO ENEM/SEDUC 2015
AULA DE BIOLOGIA
PROFº MARCELO VENTURA
QUESTÃO 1
O cladograma ilustra a evolução dos seres vivos a partir da classificação em Domínios
proposta por Carl Woese. A partir da análise da ilustração e do conhecimento atual a
respeito desse modelo de classificação biológica, pode-se afirmar:
a) A comparação bioquímica do RNA ribossômico dos seres analisados foi o principal
critério utilizado pelo pesquisador para dividir os seres vivos em três Domínios.
b) Essa classificação contradiz conceitos darwinistas ao considerar uma origem
independente entre os grupos representados.
c) O Domínio Bactéria se modificou intensamente ao longo da evolução, o que o
aproxima filogeneticamente dos seres mais complexos do Domínio Eukarya.
d) Relações de endossimbiose que favoreceram reações bioenergéticas ocorreram
entre seres do Domínio Archaea e Eukarya.
e) A proximidade filogenética é considerada equivalente entre os três grupos
representados devido à presença de um ancestral comum a todos os organismos na
base do cladograma.
QUESTÃO 2
A fenilcetonúria (PKU) é um erro inato do metabolismo, de herança autossômica
recessiva, que leva ao acúmulo de um aminoácido essencial, a fenilalanina, no
organismo de indivíduos afetados. Esta doença é caracterizada pelo defeito ou
ausência da enzima fenilalanina hidroxilase (PAH), que catalisa o processo de
conversão da fenilalanina em tirosina. O tratamento consiste basicamente de uma
dieta com baixo teor de fenilalanina, porém com níveis suficientes deste aminoácido
para promover crescimento e desenvolvimento adequados. Uma fábrica de
refrigerantes colocou por engano um alto teor de fenilalanina em garrafas com rótulos
que afirmavam que o produto era livre do aminoácido, e as enviou a uma cidade.
Supondo que essa cidade, com 10 mil habitantes tenha uma frequência alélica de 0,1
para o gene da PKU, e todos os seus moradores consumam o refrigerante, quantos
serão afetados?
a) 10
b) 100
c) 900
d) 1000
e) 9000
QUESTÃO 3
O trabalho de Mendel não encontrou, em sua época, um único cientista que o compreendesse a ponto
de nele descobrir uma das maiores obras de toda a ciência. Parece certo que o ambiente científico não
estava preparado para receber a grande conquista. Mendel constitui, por isso, um dos mais belos (e
tristes) exemplos de homem que andou à frente de seu tempo, conhecendo fatos e elaborando leis que
a sua época ainda não podia compreender. Além disso, era um gênio que não tinha condições de se
tornar um figurão da ciência: era sacerdote, tinha publicado um único trabalho bom e era professor
substituto de escola secundária.
FREIRE-MAIA, Newton. Gregor Mendel: vida e obra. São Paulo: T. A.Queiroz, 1995.
Considerando-se o trabalho desenvolvido por Mendel a partir dos cruzamentos com espécimes de
ervilhas-de-cheiro (Pisum sativum) e a pouca repercussão obtida entre os cientistas da época, é
possível afirmar:
a) Um dos conceitos utilizado por Mendel na elaboração da 1ª Lei antecipava o conhecimento sobre
meiose como um processo reducional de divisão celular.
b) A utilização de conceitos lamarckistas, em seus experimentos, é o principal motivo que impediu a
compreensão do trabalho mendeliano pela comunidade científica da época.
c) A precisão dos resultados obtidos por Mendel foi consequência do conhecimento prévio obtido por
ele sobre a importância do DNA como molécula responsável pela hereditariedade.
d) A falta de reconhecimento do trabalho de Mendel, à sua época, foi devido às dificuldades impostas
pelos cientistas fixistas em não aceitarem concepções evolucionistas como a transmissão de
características genéticas ao longo das gerações.
e) O cruzamento da geração parental resultava em uma descendência com proporção genotípica de 3:1
como consequência da segregação independente dos fatores mendelianos.
QUESTÃO 4
Anemia Falciforme é uma das doenças hereditárias mais prevalentes no Brasil, sobretudo nas
regiões que receberam maciços contingentes de escravos africanos. É uma alteração genética,
caracterizada por um tipo de hemoglobina mutante designada por hemoglobina S. Indivíduos com
essa doença apresentam eritrócitos com formato de foice, daí o seu nome. Se uma pessoa recebe
um gene do pai e outro da mãe para produzir a hemoglobina S ela nasce com um par de genes SS
e assim terá a Anemia Falciforme. Se receber de um dos pais o gene para hemoblobina S e do
outro o gene para hemoglobina A ela não terá doença, apenas o Traço Falciforme (AS), e não
precisará de tratamento especializado. Entretanto, deverá saber que se vier a ter filhos com uma
pessoa que também herdou o traço, eles poderão desenvolver a doença.
Disponível em: http://www.opas.org.br. Acesso em: 02 mai. 2009 (adaptado).
Dois casais, ambos membros heterozigotos do tipo AS para o gene da hemoglobina, querem ter
um filho cada. Dado que um casal é composto por pessoas negras e o outro por pessoas brancas,
a probabilidade de ambos os casais terem filhos (um para cada casal) com Anemia Falciforme é
igual a
a) 5,05%.
b) 6,25%.
c) 10,25%.
d) 18,05%.
e) 25,00%.
QUESTÃO 5
A ilustração representa, simplificadamente, uma teia alimentar
com seus diversos componentes bióticos espalhados nos
diferentes níveis tróficos.
Com base na interpretação dessa teia e nos conhecimentos
sobre o fluxo de alimento nos ecossistemas naturais, é possível
afirmar:
a) Os consumidores primários dessa teia competem entre si
pela obtenção de alimento diretamente dos produtores.
b) O fluxo de energia flui de forma cumulativa à medida que se
distancia do primeiro nível trófico.
c) Os seres produtores primários são responsáveis pela
manutenção do fluxo de energia da teia a partir da conversão
da luz solar em matéria orgânica.
d) Eventos de biorremediação devem ser esperados nessa teia
afetando mais intensamente os níveis tróficos mais elevados.
e) Os insetos representados ocupam o mesmo nível trófico por
serem ambos predados pelo mesmo organismo.
Anúncio

Recomendados

Treinamento de evolução
Treinamento de evoluçãoTreinamento de evolução
Treinamento de evoluçãoemanuel
 
AV1 - ciências humanas e naturais- II bimestre
AV1  - ciências humanas e naturais- II bimestreAV1  - ciências humanas e naturais- II bimestre
AV1 - ciências humanas e naturais- II bimestreemanuel
 
Teste Global de Biologia 1
Teste Global de Biologia 1Teste Global de Biologia 1
Teste Global de Biologia 1Isaura Mourão
 
FT5 - EVOLUÇÃO BIOLÓGICA
FT5 - EVOLUÇÃO BIOLÓGICAFT5 - EVOLUÇÃO BIOLÓGICA
FT5 - EVOLUÇÃO BIOLÓGICAsandranascimento
 
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcçãoTeste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcçãoIsaura Mourão
 
Lista de exercícios bio com gabarito 3ºano 2ºbim - colégio domínius -profo james
Lista de exercícios bio com gabarito 3ºano 2ºbim - colégio domínius -profo jamesLista de exercícios bio com gabarito 3ºano 2ºbim - colégio domínius -profo james
Lista de exercícios bio com gabarito 3ºano 2ºbim - colégio domínius -profo jamesJames Martins
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Provas do segundo dia do SSA2 da UPE
Provas do segundo dia do SSA2 da UPEProvas do segundo dia do SSA2 da UPE
Provas do segundo dia do SSA2 da UPELuiza Freitas
 
Prv respondida 3mec nov_2011_turma_b
Prv respondida 3mec nov_2011_turma_bPrv respondida 3mec nov_2011_turma_b
Prv respondida 3mec nov_2011_turma_bIonara Urrutia Moura
 
Lista de exercícios Tipos de reprodução
Lista de exercícios Tipos de reproduçãoLista de exercícios Tipos de reprodução
Lista de exercícios Tipos de reproduçãoAndrea Barreto
 
Prova seriado 2_ano_caderno_ii_segundo_dia
Prova seriado 2_ano_caderno_ii_segundo_diaProva seriado 2_ano_caderno_ii_segundo_dia
Prova seriado 2_ano_caderno_ii_segundo_diaIsaquel Silva
 
Exercicios algas e briofitas
Exercicios algas e briofitasExercicios algas e briofitas
Exercicios algas e briofitasGrupo UNIASSELVI
 
Enem - Questões de biologia
Enem -  Questões de biologia Enem -  Questões de biologia
Enem - Questões de biologia retimi
 
Areal teste 11 bg_outubro 2021
Areal teste 11 bg_outubro 2021Areal teste 11 bg_outubro 2021
Areal teste 11 bg_outubro 2021Vanda Sirgado
 
Treinamento origem da vida
Treinamento origem da vidaTreinamento origem da vida
Treinamento origem da vidaemanuel
 
Aula complementar COM RESPOSTAS - bio reino protista - prof james
Aula complementar COM RESPOSTAS - bio reino protista - prof jamesAula complementar COM RESPOSTAS - bio reino protista - prof james
Aula complementar COM RESPOSTAS - bio reino protista - prof jamesJames Martins
 
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)Isaura Mourão
 
Lista de exercícios - BIO frente 3 e 4 - 2º bim - 3º ano - prof.James COM GAB...
Lista de exercícios - BIO frente 3 e 4 - 2º bim - 3º ano - prof.James COM GAB...Lista de exercícios - BIO frente 3 e 4 - 2º bim - 3º ano - prof.James COM GAB...
Lista de exercícios - BIO frente 3 e 4 - 2º bim - 3º ano - prof.James COM GAB...James Martins
 
Geologia e Biologia - Teste Intermédio 4
Geologia e Biologia - Teste Intermédio 4Geologia e Biologia - Teste Intermédio 4
Geologia e Biologia - Teste Intermédio 4Isaura Mourão
 
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021AprenderIngls1
 
Teste 2 versão ii
Teste 2 versão iiTeste 2 versão ii
Teste 2 versão iijoseeira
 
Ficha de Trabalho - Ciclos de Vida
Ficha de Trabalho - Ciclos de VidaFicha de Trabalho - Ciclos de Vida
Ficha de Trabalho - Ciclos de VidaIsaura Mourão
 
Teste 1 versão ii
Teste 1 versão iiTeste 1 versão ii
Teste 1 versão iijoseeira
 

Mais procurados (20)

Provas do segundo dia do SSA2 da UPE
Provas do segundo dia do SSA2 da UPEProvas do segundo dia do SSA2 da UPE
Provas do segundo dia do SSA2 da UPE
 
Prv respondida 3mec nov_2011_turma_b
Prv respondida 3mec nov_2011_turma_bPrv respondida 3mec nov_2011_turma_b
Prv respondida 3mec nov_2011_turma_b
 
Lista de exercícios Tipos de reprodução
Lista de exercícios Tipos de reproduçãoLista de exercícios Tipos de reprodução
Lista de exercícios Tipos de reprodução
 
Simulado prova-goic3a1s-8c2ba-ano-cic3aancias
Simulado prova-goic3a1s-8c2ba-ano-cic3aanciasSimulado prova-goic3a1s-8c2ba-ano-cic3aancias
Simulado prova-goic3a1s-8c2ba-ano-cic3aancias
 
Prova seriado 2_ano_caderno_ii_segundo_dia
Prova seriado 2_ano_caderno_ii_segundo_diaProva seriado 2_ano_caderno_ii_segundo_dia
Prova seriado 2_ano_caderno_ii_segundo_dia
 
Exercicios algas e briofitas
Exercicios algas e briofitasExercicios algas e briofitas
Exercicios algas e briofitas
 
Enem - Questões de biologia
Enem -  Questões de biologia Enem -  Questões de biologia
Enem - Questões de biologia
 
Areal teste 11 bg_outubro 2021
Areal teste 11 bg_outubro 2021Areal teste 11 bg_outubro 2021
Areal teste 11 bg_outubro 2021
 
Prova SSA 1 2º dia
Prova SSA 1   2º diaProva SSA 1   2º dia
Prova SSA 1 2º dia
 
Treinamento origem da vida
Treinamento origem da vidaTreinamento origem da vida
Treinamento origem da vida
 
Aula complementar COM RESPOSTAS - bio reino protista - prof james
Aula complementar COM RESPOSTAS - bio reino protista - prof jamesAula complementar COM RESPOSTAS - bio reino protista - prof james
Aula complementar COM RESPOSTAS - bio reino protista - prof james
 
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
 
Revisão de Biologia #03 - Enem 2015
 Revisão de Biologia #03 - Enem 2015 Revisão de Biologia #03 - Enem 2015
Revisão de Biologia #03 - Enem 2015
 
Lista de exercícios - BIO frente 3 e 4 - 2º bim - 3º ano - prof.James COM GAB...
Lista de exercícios - BIO frente 3 e 4 - 2º bim - 3º ano - prof.James COM GAB...Lista de exercícios - BIO frente 3 e 4 - 2º bim - 3º ano - prof.James COM GAB...
Lista de exercícios - BIO frente 3 e 4 - 2º bim - 3º ano - prof.James COM GAB...
 
Geologia e Biologia - Teste Intermédio 4
Geologia e Biologia - Teste Intermédio 4Geologia e Biologia - Teste Intermédio 4
Geologia e Biologia - Teste Intermédio 4
 
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
 
Teste 2 versão ii
Teste 2 versão iiTeste 2 versão ii
Teste 2 versão ii
 
Exercicios biologia reino_fungi
Exercicios biologia reino_fungiExercicios biologia reino_fungi
Exercicios biologia reino_fungi
 
Ficha de Trabalho - Ciclos de Vida
Ficha de Trabalho - Ciclos de VidaFicha de Trabalho - Ciclos de Vida
Ficha de Trabalho - Ciclos de Vida
 
Teste 1 versão ii
Teste 1 versão iiTeste 1 versão ii
Teste 1 versão ii
 

Destaque (20)

Biologia exercícios 05
Biologia exercícios 05Biologia exercícios 05
Biologia exercícios 05
 
Vertebrados Anglo
Vertebrados AngloVertebrados Anglo
Vertebrados Anglo
 
Interação Ecologica
Interação EcologicaInteração Ecologica
Interação Ecologica
 
Cordados
CordadosCordados
Cordados
 
Cordados.anfíbios.répteis
Cordados.anfíbios.répteisCordados.anfíbios.répteis
Cordados.anfíbios.répteis
 
Caule e Folha
Caule e FolhaCaule e Folha
Caule e Folha
 
1EM #02 Um pouco de Evolução (2016)
1EM #02 Um pouco de Evolução (2016)1EM #02 Um pouco de Evolução (2016)
1EM #02 Um pouco de Evolução (2016)
 
Relações ecológicas
Relações ecológicasRelações ecológicas
Relações ecológicas
 
Evolução - A complexidade conceitual
Evolução - A complexidade conceitualEvolução - A complexidade conceitual
Evolução - A complexidade conceitual
 
Frutos e sementes
Frutos e sementesFrutos e sementes
Frutos e sementes
 
Evolução biológica.1
Evolução biológica.1Evolução biológica.1
Evolução biológica.1
 
Slide sobre fotores abioticos, bioticos e relacoes ecologicas
Slide sobre fotores abioticos, bioticos e relacoes ecologicasSlide sobre fotores abioticos, bioticos e relacoes ecologicas
Slide sobre fotores abioticos, bioticos e relacoes ecologicas
 
Relações ecológicas
Relações ecológicasRelações ecológicas
Relações ecológicas
 
Morfologia vegetal da raiz
Morfologia vegetal da raizMorfologia vegetal da raiz
Morfologia vegetal da raiz
 
O Caule
O CauleO Caule
O Caule
 
Genetica 01- Introdução
Genetica 01- Introdução Genetica 01- Introdução
Genetica 01- Introdução
 
Aulas de Botânica 1 e 2
Aulas de Botânica 1 e 2Aulas de Botânica 1 e 2
Aulas de Botânica 1 e 2
 
Botânica- resumo
Botânica- resumoBotânica- resumo
Botânica- resumo
 
Reino monera
Reino moneraReino monera
Reino monera
 
Botânica classificação dos vegetais
Botânica   classificação dos vegetaisBotânica   classificação dos vegetais
Botânica classificação dos vegetais
 

Semelhante a Revisão Seduc Biologia 2015

Prv respondida 3_ele_nov_2011_turma_a
Prv respondida 3_ele_nov_2011_turma_aPrv respondida 3_ele_nov_2011_turma_a
Prv respondida 3_ele_nov_2011_turma_aIonara Urrutia Moura
 
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOS
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOSVESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOS
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOSIsaquel Silva
 
Provas grad. 2012.2-2º dia
Provas   grad. 2012.2-2º diaProvas   grad. 2012.2-2º dia
Provas grad. 2012.2-2º diaMarcelo Miorim
 
Empurrao enem biologia-revisao-1-04-05-2015
Empurrao enem biologia-revisao-1-04-05-2015Empurrao enem biologia-revisao-1-04-05-2015
Empurrao enem biologia-revisao-1-04-05-2015Rafael Cipriano
 
Questoes 7 ano darwin e lamarck
Questoes 7 ano darwin e lamarckQuestoes 7 ano darwin e lamarck
Questoes 7 ano darwin e lamarckAna Lucia Pazera
 
Biologia no ENEM - exercícios aula dica - prof james martins - com gabarito
Biologia no ENEM - exercícios aula dica - prof james martins - com gabaritoBiologia no ENEM - exercícios aula dica - prof james martins - com gabarito
Biologia no ENEM - exercícios aula dica - prof james martins - com gabaritoJames Martins
 
Treinamento prova - 3. ano
Treinamento prova - 3. anoTreinamento prova - 3. ano
Treinamento prova - 3. anoemanuel
 
Questões Biologia Celular e Molecular 1º período_1º bimestre_2_ 2015.pdf
Questões Biologia Celular e Molecular 1º período_1º bimestre_2_ 2015.pdfQuestões Biologia Celular e Molecular 1º período_1º bimestre_2_ 2015.pdf
Questões Biologia Celular e Molecular 1º período_1º bimestre_2_ 2015.pdfSabrina Martins
 
Treinamento genética i
Treinamento genética iTreinamento genética i
Treinamento genética iemanuel
 
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Carlos Priante
 
Lista biologia famema e famerp - com respostas
Lista biologia famema e famerp  - com respostasLista biologia famema e famerp  - com respostas
Lista biologia famema e famerp - com respostasJames Martins
 
Biologia 11 sistemas de classificação (u8)
Biologia 11   sistemas de classificação (u8)Biologia 11   sistemas de classificação (u8)
Biologia 11 sistemas de classificação (u8)Nuno Correia
 
Revisão ENEM II- Origem da vida e evolução
Revisão ENEM II- Origem da vida e evoluçãoRevisão ENEM II- Origem da vida e evolução
Revisão ENEM II- Origem da vida e evoluçãoemanuel
 
Prv respondida 3mec out_2012_turma_a
Prv respondida 3mec out_2012_turma_aPrv respondida 3mec out_2012_turma_a
Prv respondida 3mec out_2012_turma_aIonara Urrutia Moura
 
Lista bio puc e mackenzie 2017
Lista bio puc e mackenzie 2017Lista bio puc e mackenzie 2017
Lista bio puc e mackenzie 2017James Martins
 
Lista bio puc e mackenzie 2017
Lista bio puc e mackenzie 2017Lista bio puc e mackenzie 2017
Lista bio puc e mackenzie 2017James Martins
 

Semelhante a Revisão Seduc Biologia 2015 (20)

Prv respondida 3_ele_nov_2011_turma_a
Prv respondida 3_ele_nov_2011_turma_aPrv respondida 3_ele_nov_2011_turma_a
Prv respondida 3_ele_nov_2011_turma_a
 
Projeto cesgranrio
Projeto cesgranrioProjeto cesgranrio
Projeto cesgranrio
 
Exercícios de evolução.pdf
Exercícios de evolução.pdfExercícios de evolução.pdf
Exercícios de evolução.pdf
 
Biologia Tipo A
Biologia Tipo ABiologia Tipo A
Biologia Tipo A
 
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOS
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOSVESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOS
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOS
 
Provas grad. 2012.2-2º dia
Provas   grad. 2012.2-2º diaProvas   grad. 2012.2-2º dia
Provas grad. 2012.2-2º dia
 
Empurrao enem biologia-revisao-1-04-05-2015
Empurrao enem biologia-revisao-1-04-05-2015Empurrao enem biologia-revisao-1-04-05-2015
Empurrao enem biologia-revisao-1-04-05-2015
 
Questoes 7 ano darwin e lamarck
Questoes 7 ano darwin e lamarckQuestoes 7 ano darwin e lamarck
Questoes 7 ano darwin e lamarck
 
Biologia no ENEM - exercícios aula dica - prof james martins - com gabarito
Biologia no ENEM - exercícios aula dica - prof james martins - com gabaritoBiologia no ENEM - exercícios aula dica - prof james martins - com gabarito
Biologia no ENEM - exercícios aula dica - prof james martins - com gabarito
 
Treinamento prova - 3. ano
Treinamento prova - 3. anoTreinamento prova - 3. ano
Treinamento prova - 3. ano
 
Questões Biologia Celular e Molecular 1º período_1º bimestre_2_ 2015.pdf
Questões Biologia Celular e Molecular 1º período_1º bimestre_2_ 2015.pdfQuestões Biologia Celular e Molecular 1º período_1º bimestre_2_ 2015.pdf
Questões Biologia Celular e Molecular 1º período_1º bimestre_2_ 2015.pdf
 
Treinamento genética i
Treinamento genética iTreinamento genética i
Treinamento genética i
 
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
 
Lista biologia famema e famerp - com respostas
Lista biologia famema e famerp  - com respostasLista biologia famema e famerp  - com respostas
Lista biologia famema e famerp - com respostas
 
Biologia 11 sistemas de classificação (u8)
Biologia 11   sistemas de classificação (u8)Biologia 11   sistemas de classificação (u8)
Biologia 11 sistemas de classificação (u8)
 
Revisão ENEM II- Origem da vida e evolução
Revisão ENEM II- Origem da vida e evoluçãoRevisão ENEM II- Origem da vida e evolução
Revisão ENEM II- Origem da vida e evolução
 
Prv respondida 3mec out_2012_turma_a
Prv respondida 3mec out_2012_turma_aPrv respondida 3mec out_2012_turma_a
Prv respondida 3mec out_2012_turma_a
 
Lista bio puc e mackenzie 2017
Lista bio puc e mackenzie 2017Lista bio puc e mackenzie 2017
Lista bio puc e mackenzie 2017
 
Lista bio puc e mackenzie 2017
Lista bio puc e mackenzie 2017Lista bio puc e mackenzie 2017
Lista bio puc e mackenzie 2017
 
Biologia Tipo B
Biologia Tipo BBiologia Tipo B
Biologia Tipo B
 

Mais de Pré-Enem Seduc

Matematica Profº Alexsandro Kesller
Matematica Profº Alexsandro KesllerMatematica Profº Alexsandro Kesller
Matematica Profº Alexsandro KesllerPré-Enem Seduc
 
Geografia Profº Adriano Ramalho
Geografia Profº Adriano RamalhoGeografia Profº Adriano Ramalho
Geografia Profº Adriano RamalhoPré-Enem Seduc
 
Matematica Profº Wagner Filho
Matematica Profº Wagner FilhoMatematica Profº Wagner Filho
Matematica Profº Wagner FilhoPré-Enem Seduc
 
Linguagens Profª Hildalene Pinheiro
Linguagens Profª Hildalene PinheiroLinguagens Profª Hildalene Pinheiro
Linguagens Profª Hildalene PinheiroPré-Enem Seduc
 
Matematica Prof Alan Jefferson
Matematica  Prof Alan JeffersonMatematica  Prof Alan Jefferson
Matematica Prof Alan JeffersonPré-Enem Seduc
 
Linguagens Prof. Fernando Santos
Linguagens  Prof. Fernando SantosLinguagens  Prof. Fernando Santos
Linguagens Prof. Fernando SantosPré-Enem Seduc
 
Biologia ThárcioAdriano
Biologia ThárcioAdrianoBiologia ThárcioAdriano
Biologia ThárcioAdrianoPré-Enem Seduc
 
REDAÇÃO PROFª DANNY BARRADAS
REDAÇÃO PROFª DANNY BARRADASREDAÇÃO PROFª DANNY BARRADAS
REDAÇÃO PROFª DANNY BARRADASPré-Enem Seduc
 
QUÍMICA PROF. JURANDIR SOARES
QUÍMICA PROF. JURANDIR SOARESQUÍMICA PROF. JURANDIR SOARES
QUÍMICA PROF. JURANDIR SOARESPré-Enem Seduc
 
MATEMÁTICA PROF. ABRAÃO FLORÊNCIO
MATEMÁTICA PROF. ABRAÃO FLORÊNCIOMATEMÁTICA PROF. ABRAÃO FLORÊNCIO
MATEMÁTICA PROF. ABRAÃO FLORÊNCIOPré-Enem Seduc
 
LINGUAGENS - PROF. TATIANA DANTAS
LINGUAGENS - PROF. TATIANA DANTASLINGUAGENS - PROF. TATIANA DANTAS
LINGUAGENS - PROF. TATIANA DANTASPré-Enem Seduc
 
GEOGRAFIA PROF. MARCELO LIMA
GEOGRAFIA PROF. MARCELO LIMAGEOGRAFIA PROF. MARCELO LIMA
GEOGRAFIA PROF. MARCELO LIMAPré-Enem Seduc
 
LINGUAGENS - PROF. GILSON FIGUEIREDO
LINGUAGENS - PROF. GILSON FIGUEIREDOLINGUAGENS - PROF. GILSON FIGUEIREDO
LINGUAGENS - PROF. GILSON FIGUEIREDOPré-Enem Seduc
 
Física PROF. FRANSUÉRIO QUEIROZ
Física   PROF. FRANSUÉRIO QUEIROZFísica   PROF. FRANSUÉRIO QUEIROZ
Física PROF. FRANSUÉRIO QUEIROZPré-Enem Seduc
 
Matemática PROF. NETO CEARÁ
Matemática PROF. NETO CEARÁMatemática PROF. NETO CEARÁ
Matemática PROF. NETO CEARÁPré-Enem Seduc
 
Redação Profª Patrícia Lima
Redação   Profª Patrícia LimaRedação   Profª Patrícia Lima
Redação Profª Patrícia LimaPré-Enem Seduc
 

Mais de Pré-Enem Seduc (20)

Fisica Profº Franklin
Fisica Profº FranklinFisica Profº Franklin
Fisica Profº Franklin
 
Matematica Profº Alexsandro Kesller
Matematica Profº Alexsandro KesllerMatematica Profº Alexsandro Kesller
Matematica Profº Alexsandro Kesller
 
Geografia Profº Adriano Ramalho
Geografia Profº Adriano RamalhoGeografia Profº Adriano Ramalho
Geografia Profº Adriano Ramalho
 
Matematica Profº Wagner Filho
Matematica Profº Wagner FilhoMatematica Profº Wagner Filho
Matematica Profº Wagner Filho
 
Quimica Profº Jurandir
Quimica Profº JurandirQuimica Profº Jurandir
Quimica Profº Jurandir
 
Linguagens Profª Hildalene Pinheiro
Linguagens Profª Hildalene PinheiroLinguagens Profª Hildalene Pinheiro
Linguagens Profª Hildalene Pinheiro
 
Matematica Prof Alan Jefferson
Matematica  Prof Alan JeffersonMatematica  Prof Alan Jefferson
Matematica Prof Alan Jefferson
 
Linguagens Prof. Fernando Santos
Linguagens  Prof. Fernando SantosLinguagens  Prof. Fernando Santos
Linguagens Prof. Fernando Santos
 
Biologia ThárcioAdriano
Biologia ThárcioAdrianoBiologia ThárcioAdriano
Biologia ThárcioAdriano
 
REDAÇÃO PROFª DANNY BARRADAS
REDAÇÃO PROFª DANNY BARRADASREDAÇÃO PROFª DANNY BARRADAS
REDAÇÃO PROFª DANNY BARRADAS
 
QUÍMICA PROF. JURANDIR SOARES
QUÍMICA PROF. JURANDIR SOARESQUÍMICA PROF. JURANDIR SOARES
QUÍMICA PROF. JURANDIR SOARES
 
MATEMÁTICA PROF. ABRAÃO FLORÊNCIO
MATEMÁTICA PROF. ABRAÃO FLORÊNCIOMATEMÁTICA PROF. ABRAÃO FLORÊNCIO
MATEMÁTICA PROF. ABRAÃO FLORÊNCIO
 
LINGUAGENS - PROF. TATIANA DANTAS
LINGUAGENS - PROF. TATIANA DANTASLINGUAGENS - PROF. TATIANA DANTAS
LINGUAGENS - PROF. TATIANA DANTAS
 
GEOGRAFIA PROF. MARCELO LIMA
GEOGRAFIA PROF. MARCELO LIMAGEOGRAFIA PROF. MARCELO LIMA
GEOGRAFIA PROF. MARCELO LIMA
 
LINGUAGENS - PROF. GILSON FIGUEIREDO
LINGUAGENS - PROF. GILSON FIGUEIREDOLINGUAGENS - PROF. GILSON FIGUEIREDO
LINGUAGENS - PROF. GILSON FIGUEIREDO
 
Redação Prof. RÓGI
Redação Prof. RÓGIRedação Prof. RÓGI
Redação Prof. RÓGI
 
História PROF. DAMIÃO
História  PROF. DAMIÃOHistória  PROF. DAMIÃO
História PROF. DAMIÃO
 
Física PROF. FRANSUÉRIO QUEIROZ
Física   PROF. FRANSUÉRIO QUEIROZFísica   PROF. FRANSUÉRIO QUEIROZ
Física PROF. FRANSUÉRIO QUEIROZ
 
Matemática PROF. NETO CEARÁ
Matemática PROF. NETO CEARÁMatemática PROF. NETO CEARÁ
Matemática PROF. NETO CEARÁ
 
Redação Profª Patrícia Lima
Redação   Profª Patrícia LimaRedação   Profª Patrícia Lima
Redação Profª Patrícia Lima
 

Último

O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...excellenceeducaciona
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfalexandrerodriguespk
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 

Revisão Seduc Biologia 2015

  • 1. 2ª REVISÃO ENEM/SEDUC 2015 AULA DE BIOLOGIA PROFº MARCELO VENTURA
  • 2. QUESTÃO 1 O cladograma ilustra a evolução dos seres vivos a partir da classificação em Domínios proposta por Carl Woese. A partir da análise da ilustração e do conhecimento atual a respeito desse modelo de classificação biológica, pode-se afirmar: a) A comparação bioquímica do RNA ribossômico dos seres analisados foi o principal critério utilizado pelo pesquisador para dividir os seres vivos em três Domínios. b) Essa classificação contradiz conceitos darwinistas ao considerar uma origem independente entre os grupos representados. c) O Domínio Bactéria se modificou intensamente ao longo da evolução, o que o aproxima filogeneticamente dos seres mais complexos do Domínio Eukarya. d) Relações de endossimbiose que favoreceram reações bioenergéticas ocorreram entre seres do Domínio Archaea e Eukarya. e) A proximidade filogenética é considerada equivalente entre os três grupos representados devido à presença de um ancestral comum a todos os organismos na base do cladograma.
  • 3. QUESTÃO 2 A fenilcetonúria (PKU) é um erro inato do metabolismo, de herança autossômica recessiva, que leva ao acúmulo de um aminoácido essencial, a fenilalanina, no organismo de indivíduos afetados. Esta doença é caracterizada pelo defeito ou ausência da enzima fenilalanina hidroxilase (PAH), que catalisa o processo de conversão da fenilalanina em tirosina. O tratamento consiste basicamente de uma dieta com baixo teor de fenilalanina, porém com níveis suficientes deste aminoácido para promover crescimento e desenvolvimento adequados. Uma fábrica de refrigerantes colocou por engano um alto teor de fenilalanina em garrafas com rótulos que afirmavam que o produto era livre do aminoácido, e as enviou a uma cidade. Supondo que essa cidade, com 10 mil habitantes tenha uma frequência alélica de 0,1 para o gene da PKU, e todos os seus moradores consumam o refrigerante, quantos serão afetados? a) 10 b) 100 c) 900 d) 1000 e) 9000
  • 4. QUESTÃO 3 O trabalho de Mendel não encontrou, em sua época, um único cientista que o compreendesse a ponto de nele descobrir uma das maiores obras de toda a ciência. Parece certo que o ambiente científico não estava preparado para receber a grande conquista. Mendel constitui, por isso, um dos mais belos (e tristes) exemplos de homem que andou à frente de seu tempo, conhecendo fatos e elaborando leis que a sua época ainda não podia compreender. Além disso, era um gênio que não tinha condições de se tornar um figurão da ciência: era sacerdote, tinha publicado um único trabalho bom e era professor substituto de escola secundária. FREIRE-MAIA, Newton. Gregor Mendel: vida e obra. São Paulo: T. A.Queiroz, 1995. Considerando-se o trabalho desenvolvido por Mendel a partir dos cruzamentos com espécimes de ervilhas-de-cheiro (Pisum sativum) e a pouca repercussão obtida entre os cientistas da época, é possível afirmar: a) Um dos conceitos utilizado por Mendel na elaboração da 1ª Lei antecipava o conhecimento sobre meiose como um processo reducional de divisão celular. b) A utilização de conceitos lamarckistas, em seus experimentos, é o principal motivo que impediu a compreensão do trabalho mendeliano pela comunidade científica da época. c) A precisão dos resultados obtidos por Mendel foi consequência do conhecimento prévio obtido por ele sobre a importância do DNA como molécula responsável pela hereditariedade. d) A falta de reconhecimento do trabalho de Mendel, à sua época, foi devido às dificuldades impostas pelos cientistas fixistas em não aceitarem concepções evolucionistas como a transmissão de características genéticas ao longo das gerações. e) O cruzamento da geração parental resultava em uma descendência com proporção genotípica de 3:1 como consequência da segregação independente dos fatores mendelianos.
  • 5. QUESTÃO 4 Anemia Falciforme é uma das doenças hereditárias mais prevalentes no Brasil, sobretudo nas regiões que receberam maciços contingentes de escravos africanos. É uma alteração genética, caracterizada por um tipo de hemoglobina mutante designada por hemoglobina S. Indivíduos com essa doença apresentam eritrócitos com formato de foice, daí o seu nome. Se uma pessoa recebe um gene do pai e outro da mãe para produzir a hemoglobina S ela nasce com um par de genes SS e assim terá a Anemia Falciforme. Se receber de um dos pais o gene para hemoblobina S e do outro o gene para hemoglobina A ela não terá doença, apenas o Traço Falciforme (AS), e não precisará de tratamento especializado. Entretanto, deverá saber que se vier a ter filhos com uma pessoa que também herdou o traço, eles poderão desenvolver a doença. Disponível em: http://www.opas.org.br. Acesso em: 02 mai. 2009 (adaptado). Dois casais, ambos membros heterozigotos do tipo AS para o gene da hemoglobina, querem ter um filho cada. Dado que um casal é composto por pessoas negras e o outro por pessoas brancas, a probabilidade de ambos os casais terem filhos (um para cada casal) com Anemia Falciforme é igual a a) 5,05%. b) 6,25%. c) 10,25%. d) 18,05%. e) 25,00%.
  • 6. QUESTÃO 5 A ilustração representa, simplificadamente, uma teia alimentar com seus diversos componentes bióticos espalhados nos diferentes níveis tróficos. Com base na interpretação dessa teia e nos conhecimentos sobre o fluxo de alimento nos ecossistemas naturais, é possível afirmar: a) Os consumidores primários dessa teia competem entre si pela obtenção de alimento diretamente dos produtores. b) O fluxo de energia flui de forma cumulativa à medida que se distancia do primeiro nível trófico. c) Os seres produtores primários são responsáveis pela manutenção do fluxo de energia da teia a partir da conversão da luz solar em matéria orgânica. d) Eventos de biorremediação devem ser esperados nessa teia afetando mais intensamente os níveis tróficos mais elevados. e) Os insetos representados ocupam o mesmo nível trófico por serem ambos predados pelo mesmo organismo.
  • 7. *GRÁFICO PARA A QUESTÃO 6
  • 8. QUESTÃO 6 Considerando o esquema que representa, simplificadamente, algumas etapas do metabolismo do aminoácido fenilalanina, foram feitas as seguintes afirmativas. I. Na falta da enzima 1, há o acúmulo do aminoácido fenilalanina, gerando também outras substâncias derivadas (ácido fenilpirúvico, fenilacético e fenil-láctico), característicos da doença metabólica fenilcetonúria. II. O albinismo clássico é uma doença causada pela falta da enzima 2 que converte a tirosina em DOPA, substância intermediária na produção de melanina, pigmento que dá cor à pele, cabelo e olhos. III. A falta da enzima 3 leva ao acúmulo do ácido homogentísico que não é metabolizado em gás carbônico e água. É válido o que se afirma em a) I, apenas. b) II, apenas. c) I e II, apenas. d) II e III, apenas. e) I, II e III.
  • 9. *TEXTO PARA A QUESTÃO 7
  • 10. A biotecnologia levanta questões éticas ao tratar com material biológico, a figura a seguir refere-se a uma técnica da genética atual. Diante do esquema representado na ilustração, seria possível produzir um rato. a) sintético. b) híbrido. c) clonado. d) transplantado. e) transgênico. QUESTÃO 7
  • 11. QUESTÃO 8 Em 2009, comemoram-se os 150 anos da publicação da obra A origem das espécies, de Charles Darwin. Pode-se afirmar que a história da biologia evolutiva iniciou-se com Darwin, porque ele: a) foi o primeiro cientista a propor um sistema de classificação para os seres vivos, que serviu de base para sua teoria evolutiva da sobrevivência dos mais aptos. b) provou, experimentalmente, que o ser humano descende dos macacos, num processo de seleção que privilegia os mais bem adaptados. c) propôs um mecanismo para explicar a evolução das espécies, em que a variabilidade entre os indivíduos, relacionada à adaptação ao ambiente, influi nas chances de eles deixarem descendentes. d) demonstrou que mudanças no DNA, ou seja, mutações, são fonte da variabilidade genética para a evolução das espécies por meio da seleção natural. e) foi o primeiro cientista a propor que as espécies não se extinguem, mas se transformam ao longo do tempo.
  • 12. QUESTÃO 9 Uma hipótese sobre origem da vida procura mostrar que a partir desta reação, os organismos faziam uso do sulfeto de ferro e o ácido sulfídrico, abundantes em regiões vulcânicas, para produzir dissulfeto de ferro, gás hidrogênio e energia. A reação a seguir: FeS +H2S  FeS2 + H2 + ENERGIA, identifica o processo de: a) fotossíntese b) fermentação c) respiração aeróbia d) respiração anaeróbia e) quimiolitoautotrofia
  • 13. QUESTÃO 10 Na aula em que se discutia o assunto relações interespecíficas, a professora apresentou aos alunos, em DVD, as cenas iniciais do filme "Procurando Nemo" (Walt Disney Pictures e Pixar Animation Studios, 2003). Nessas cenas, um casal de peixes- palhaço ('Amphiprion ocellaris') protege seus ovos em uma cavidade na rocha, sobre a qual há inúmeras anêmonas (classe Anthozoa). Contudo, uma barracuda ('Sphyraena barracuda') ataca o casal, devorando a fêmea e seus ovos. Apenas um ovo sobrevive, que o pai batiza de Nemo. Nemo e seu pai, Marlin, vivem protegidos por entre os tentáculos da anêmona que, segundo a explicação da professora, se beneficia dessa relação aproveitando os restos alimentares de pai e filho. Em ecologia, as relações interespecíficas entre o peixe-palhaço e a anêmona, e entre a barracuda e o peixe-palhaço são chamadas, respectivamente, de: a) mutualismo e parasitismo. b) protocooperação e predação. c) comensalismo e predação. d) inquilinismo e parasitismo. e) parasitismo e predação.

Notas do Editor

  1. PROFº MARCELO VENTURA
  2. GRÁFICO PARA A QUESTÃO 6
  3. TEXTO PARA A QUESTÃO 7
  4. QUESTÃO 7