Quitéria Paravidino
Aula 18
Adaptações para a transição
 Suporte do corpo no novo ambiente.
 As trocas de gases respiratórios com o ar.
 As variaçõ...
Anfíbios: a transição para a terra
Motivos de não serem totalmente
terrestres
 Método de locomoção em terra é relativamente
ineficiente.
 Pele fina e perme...
Sistema circulatório e respiratório
 Circulação dupla e
incompleta.
 Coração com 2 átrios e
1 ventrículo.
 Pulmões sacu...
Répteis: primeiros animais
totalmente terrestres.
 Os primeiros répteis originaram-se de um grupo
específico de anfíbios.
 Viviam a maior parte do tempo na água, mas
deso...
Aquisições
 Pele seca e impermeável (muito queratinizada). Com
anexos epidérmicos (escamas, placas córneas e
carapaças).
...
Ovos adaptados ao ambiente
terrestre
Coração dos répteis
 Circulação dupla e
incompleta.
 Coração com 3 cavidades:
 2 átrios e 1 ventrículo.
 Circulação dupla e incompleta.
 Coração com 4 cavidades:
 2 átrios e 2 ventrículos.
Cordados.anfíbios.répteis
Cordados.anfíbios.répteis
Cordados.anfíbios.répteis
Cordados.anfíbios.répteis
Cordados.anfíbios.répteis
Cordados.anfíbios.répteis
Cordados.anfíbios.répteis
Cordados.anfíbios.répteis
Cordados.anfíbios.répteis
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cordados.anfíbios.répteis

965 visualizações

Publicada em

3º ano | Profª Quitéria

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
965
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
597
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cordados.anfíbios.répteis

  1. 1. Quitéria Paravidino Aula 18
  2. 2. Adaptações para a transição  Suporte do corpo no novo ambiente.  As trocas de gases respiratórios com o ar.  As variações de temperatura maiores que a água.  O encontro dos gametas para a reprodução.  Proteção dos ovos e dos embriões durante o desenvolvimento.
  3. 3. Anfíbios: a transição para a terra
  4. 4. Motivos de não serem totalmente terrestres  Método de locomoção em terra é relativamente ineficiente.  Pele fina e permeável – limitados a viverem em ambientes úmidos (reduzindo a desidratação).  Pulmões simples, saculiformes, com pequena superfície para trocas gasosas – compensada com a pele.  Epiderme delgada (pouco queratinizada), com glândulas mucosas (umedecem e lubrificam), rica em capilares sanguíneos (trocas gasosas)  São ectotérmicos.
  5. 5. Sistema circulatório e respiratório  Circulação dupla e incompleta.  Coração com 2 átrios e 1 ventrículo.  Pulmões saculiformes.  Complementam a respiração pulmonar com respiração cutânea.
  6. 6. Répteis: primeiros animais totalmente terrestres.
  7. 7.  Os primeiros répteis originaram-se de um grupo específico de anfíbios.  Viviam a maior parte do tempo na água, mas desovavam no ambiente terrestre.  Os ovos correriam menos perigo, pois os predadores eram mais abundantes no ambiente aquático.  Semelhantes às tartarugas atuais, mas sem carapaça.
  8. 8. Aquisições  Pele seca e impermeável (muito queratinizada). Com anexos epidérmicos (escamas, placas córneas e carapaças).  Evita a desidratação em ambiente terrestre.  Respiração exclusivamente pulmonar.  Pulmões bem desenvolvidos com maior superfície para trocas gasosas, compensando a perda da capacidade respiratória da pele.  Excreta nitrogenado: ácido úrico (insolúvel em água).  São ectotérmicos.
  9. 9. Ovos adaptados ao ambiente terrestre
  10. 10. Coração dos répteis  Circulação dupla e incompleta.  Coração com 3 cavidades:  2 átrios e 1 ventrículo.
  11. 11.  Circulação dupla e incompleta.  Coração com 4 cavidades:  2 átrios e 2 ventrículos.

×