SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Baixar para ler offline
1 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
Exercícios com Gabarito de Biologia
Reino Fungi
1) (UEL-2006) “Para nenhum povo da antigüidade, por
mais que consumissem a cerveja, ela foi tão significativa e
importante como para os egípcios. Entre eles, além de ter
uma função litúrgica determinada no banquete oferecido
aos mortos ilustres, a cerveja era a bebida nacional [...]. As
mulheres que fabricavam a cerveja tornavam-se
sacerdotisas, tal era a importância dessa bebida digna de
ser oferecida como libação aos deuses.” (VIDA biblioteca.
Como fazer cerveja. 3.ed. São Paulo: Três, 1985. p. 51-52.)
Ainda que a cerveja seja fabricada há milhares de anos, a
essência de sua produção continua a mesma. Com base
nos conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar que a
cerveja é originada a partir da fermentação de cereais por
meio de:
a) Fungos macroscópicos, liberando álcool etílico e
oxigênio.
b) Bactérias, liberando álcool metílico e gás carbônico.
c) Bactérias, liberando álcoois aromáticos e oxigênio.
d) Fungos microscópicos, liberando álcool etílico e gás
carbônico.
e) Fungos microscópicos, liberando álcool metílicoe água.
2) (PUC - RJ-2008) A produção de álcool combustível a
partir do açúcar da cana está diretamente relacionada a
qual dos processos metabólicos de microrganismos abaixo
relacionados?
a) Respiração.
b) Fermentação.
c) Digestão.
d) Fixação de N2
e) Quimiossíntese.
3) (UFSCar-2005) Alguns livros do ensino médio definem
uma espécie biológica como um grupo de populações
naturais cujos membros podem cruzar naturalmente uns
com os outros e produzir descendentes férteis, mas não
podem cruzar com membros de outros grupos
semelhantes. Considere as seguintes espécies:
- Siphonops paulensis: cobra-cega, anfíbio que vive em
galerias cavadas na terra;
- Mycobacterium tuberculosis: bacilo de Koch, causador da
tuberculose;
- Schistossoma mansoni: verme causador da
esquistossomose, ou barriga d’água;
- Canoparmelia texana: líquen comumente encontrado
sobre o tronco de algumas árvores em zonas urbanas.
a) Dentre as espécies listadas, em duas delas teríamos
dificuldades em aplicar a definição de espécie. Quais são
elas?
b) Para cada uma das espécies que você indicou, apresente
as razões que dificultam a aplicação da definição biológica
de espécie.
4) (Unicamp-2001) Até há algum tempo, considerava-se
que fungos e bactérias pertenciam ao reino vegetal. Com o
reconhecimento das diferenças entre eucariotos e
procariotos, as bactérias foram separadas, mas os fungos
permaneceram incluídos no reino vegetal. Mais
recentemente, porém, tornou-se claro que os organismos
agrupados como fungos definitivamente não são plantas.
a) Apresente uma característica comum a bactérias e
fungos que permitiu considerá-los como plantas.
b) Apresente uma característica das bactérias que
demonstra serem elas pertencentes a outro reino. Qual é
esse reino?
c) Cite duas características das plantas que não são
encontradas nos fungos.
5) (FUVEST-2007) Considerando os grandes grupos de
organismos vivos no planeta - bactérias, protistas, fungos,
animais e plantas -, em quantos deles existem seres
clorofilados e fotossintetizantes?
a) um.
b) dois.
c) três.
d) quatro.
e) cinco.
6) (Fuvest-1999) Considere os procedimentos:
I. A produção de bebidas alcoólicas.
II. A produção de açúcar a partir da cana.
III. O cultivo de plantas leguminosas para aumentar
a fertilidade do solo.
Os microorganismos atuam em:
a) I apenas.
b) II apenas.
c) I e II apenas.
d) I e III apenas.
e) I, II e III.
7) (UFU-2006) Faça a correlação entre as doenças humanas
apresentadas na COLUNA A com os agentes causadores
descritos na COLUNA B.
COLUNA A COLUNA B
1 - Candidíase a - platelminto
2 - Ancilostomíase b - protozoário
3 - Esquistossomose c - fungo
4 - Toxoplasmose d - bactéria
5 - Tuberculose e - nematódeo
Assinale a alternativa que apresenta a correlação correta.
a) 1-e; 2-b; 3-a; 4-d; 5-c.
b) 1-c; 2-e; 3-a; 4-b; 5-d.
2 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
c) 1-a; 2-c; 3-d; 4-e; 5-b.
d) 1-b; 2-a; 3-c; 4-d; 5-e.
8) (FaZU-2001) Nutrição heterótrofa é aquela feita por
organismos incapazes de sintetizar compostos orgânicos a
partir de inorgânicos. Assinale abaixo a resposta em que
todos os componentes são heterótrofos.
a) vegetais, os fungos e a minoria das bactérias.
b) os animais, os fungos e a maioria das bactérias.
c) os animais, todas as algas e a maioria das bactérias.
d) os animais, os liquens e a minoria das bactérias.
e) os vegetais, os liquens a minoria das bactérias.
9) (PUC - RJ-2005) O fermento biológico usado na
fabricação de pães provoca o aumento do volume da
massa como conseqüência da produção de:
a) CO2, a partir da água acrescentada à massa do pão.
b) CO2, a partir da fermentação do açúcar acrescentado à
massa do pão.
c) O2, a partir da fermentação do amido existente na
farinha do pão.
d) N2, a partir da fermentação do açúcar acrescentado à
massa do pão.
e) O2, a partir da respiração do açúcar acrescentado à
massa do pão.
10) (VUNESP-2007) O que divide os especialistas não é
mais se o aquecimento global se abaterá sobre a natureza
daqui a vinte ou trinta anos, mas como se pode escapar da
armadilha que criamos para nós mesmos nesta esfera azul,
pálida e frágil, que ocupa a terceira órbita em torno do Sol
— a única, em todo o sistema, que fornece luz e calor nas
proporções corretas para a manutenção da vida baseada
no carbono, ou seja, nós, os bichos e as plantas.
(Veja, 21.06.2006.)
Na expressão vida baseada no carbono, ou seja, nós, os
bichos e as plantas estão contemplados dois reinos:
Animalia (nós e os bichos) e Plantae (plantas). Que outros
reinos agrupam organismos com vida baseada no
carbono? Que organismos fazem parte desses reinos?
11) (UFMG-2007) Observe esta figura, em que estão
representados alguns seres vivos presentes no solo de uma
mata, com a medida dos respectivos tamanhos:
Considerando-se os seres vivos representados nessa figura
e outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO
afirmar que
a) os animais que apresentam tamanho maior favorecem a
permeabilidade dos solos férteis.
b) os fungos e as bactérias são responsáveis pela
degradação da matéria orgânica no solo.
c) os organismos menores se caracterizam por alto
metabolismo e eficiência na reciclagem de materiais.
d) os protozoários representados constituem o primeiro
nível da pirâmide alimentar.
12) (VUNESP-2005) Os esquemas representam três rotas
metabólicas possíveis, pelas quais a glicose é utilizada
como fonte de energia.
a) Quais rotas ocorrem em ambiente totalmente
anaeróbico?
b) Cite dois grupos de organismos nos quais se verificam as
rotas 1 e 2. Cite dois produtos da indústria alimentícia
fabricados a partir dos processos representados nessas
rotas.
13) (PUC - SP-2006) Um restaurante apresenta o seguinte
cardápio:
I. casquinha de siri.
II. salada de rúcula e agrião com lascas de queijos
camembert e roquefort.
3 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
III. risoto de frutos do mar, contendo lula, marisco e
camarão.
Considerando-se apenas os componentes descritos em I, II
e III, é correto afirmar que fazem parte daquele cardápio:
a) artrópodes, moluscos, algas e fungos.
b) artrópodes, moluscos, fungos e angiospermas.
c) artrópodes, protocordados, algas e angiospermas.
d) moluscos, protocordados, algas e fungos.
e) moluscos, protocordados, fungos e angiospermas.
14) (Mack-2002)
O desenho acima representa o ciclo vital de um fungo
ascomiceto.
A respeito dele são feitas as seguintes afirmações:
I. A indica o ascocarpo (corpo de frutificação),
constituído por hifas tanto monocarióticas como
dicarióticas.
II. B indica o asco, contendo 8 ascósporos diplóides.
III. A meiose que ocorre em C é denominada zigótica.
Assinale:
a) se somente I estiver correta.
b) se apenas I e II estiverem corretas.
c) se apenas II e III estiverem corretas.
d) se apenas I e III estiverem corretas.
e) se todas estiverem corretas.
15) (Unicamp-2008) “Cientistas buscam remédios no mar”
é o título de uma reportagem (O Estado de S. Paulo,
02/05/2005, p.16) A sobre pesquisas que identificaram
moléculas com atividade farmacológica presentes em
animais marinhos, como esponjas e ascídias, contra
agentes patogênicos causadores de tuberculose,
leishmaniose e candidíase. Os agentes patogênicos
causadores das doenças citadas na reportagem são,
respectivamente, bactérias, protozoários e fungos.
a) Dê duas características que permitam diferenciar as
bactérias dos protozoários.
b) Os fungos apresentam componentes polissacarídeos
estruturais e de reserva, também encontrados em animais.
Justifique a afirmação.
16) (FUVEST-2008) “Organismos eucarióticos,
multicelulares, heterotróficos e com revestimento de
quitina”.
a) Quais organismos podem ser incluídos nessa descrição?
b) A quitina e a celulose têm estruturas químicas
semelhantes. Que funções essas substâncias têm em
comum nos organismos em que estão presentes?
17) (FUVEST-2010) A cana-de-açúcar é importante matéria-
prima para a produção de etanol. A energia contida na
molécula de etanol e liberada na sua combustão foi
a) captada da luz solar pela cana-de-açúcar, armazenada
na molécula de glicose produzida por fungos no processo
de fermentação e, posteriormente, transferida para a
molécula de etanol.
b) obtida por meio do processo de fermentação realizado
pela cana-de-açúcar e, posteriormente, incorporada à
molécula de etanol na cadeia respiratória de fungos.
c) captada da luz solar pela cana-de-açúcar, por meio do
processo de fotossíntese, e armazenada na molécula de
clorofila, que foi fermentada por fungos.
d) obtida na forma de ATP no processo de respiração
celular da cana-de-açúcar e armazenada na molécula de
glicose, que foi, posteriormente, fermentada por fungos.
e) captada da luz solar por meio do processo de
fotossíntese realizado pela cana-de-açúcar e armazenada
na molécula de glicose, que foi, posteriormente,
fermentada por fungos.
18) (Vunesp-1995) A parte comestível do cogumelo
("champignon") corresponde ao:
a) micélio monocariótico do Ascomiceto.
b) corpo de frutificação do Ascomiceto.
c) micélio monocariótico do Basidiomiceto.
d) corpo de frutificação do Basidiomiceto.
e) sorédio do fungo.
19) (Fuvest-1998) As leveduras podem viver tanto na
presença quanto na ausência do gás oxigênio.
a) Que processos de obtenção de energia as leveduras
realizam em cada dessas situações?
b) Em qual das situações a atividade metabólica das
leveduras é mais alta? Por quê?
20) (UFRN-2000) Assinale a opção em que há
correspondência entre o ser e aquilo que se afirma sobre
ele.
a) O protozoário é unicelular, pode ser parasito ou de vida
livre e causar dengue.
b) O vírus é parasito intracelular e causa, em animais e
vegetais, doenças invariavelmente prevenidas por meio de
vacinas.
4 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
c) O fungo é uni ou pluricelular, pode causar candidíase
e ser usado nas indústrias alimentícia e farmacêutica.
d) A bactéria é unicelular, pode causar poliomielite e ser
usada na indústria alimentícia.
21) (PUC - RJ-2008) Assinale a opção que NÃO apresenta
uma característica dos seres pertencentes ao Reino Fungi.
a) São autotróficos e realizam fotossíntese.
b) Produzem antibióticos.
c) São capazes de realizar fermentação.
d) Realizam decomposição de matéria orgânica.
e) Suas células não possuem cloroplastos.
22) (UFSCar-2008) Daqui a dois meses, amostras de liquens
viajarão ao espaço para participar de uma experiência com
a qual a Agência Espacial Européia pretende verificar se
organismos vivos podem viajar de um planeta a outro “a
bordo” de meteoritos. Os liquens, selecionados por terem
grande resistência, ficarão dentro de um dispositivo que
simulará as condições de um meteorito em movimento.
(O Estado de S.Paulo, julho 2007.)
a) Quais os organismos envolvidos na formação dos
liquens?
b) Algumas experiências têm mostrado que, quando os
organismos que compõem os liquens são separados, um
tem melhor desempenho que o outro. Esses resultados
têm levado ao questionamento da idéia de que os liquens
são exemplos de mutualismo. Por quê?
23) (PUC-RS-1999) Determinados tipos de sementes
podem sofrer contaminação por substâncias tóxicas
produzidas por seres vivos cuja estrutura corporal está
representada por hifas. Esses indivíduos devem pertencer
ao grupo
a) das algas.
b) dos protozoários.
c) das bactérias.
d) dos vírus.
e) dos fungos.
24) (UECE-2002) Em 1929 o pesquisador Alexander
Flemming descobriu acidentalmente que fungos
formadores de mofo verde encontrados em alimentos
podres eram capazes de produzir uma substância que
inibia o desenvolvimento de certas bactérias. Estes fungos,
pertencentes ao gênero Penicillium estão classificados
atualmente dentro de um grupo denominado
Ascomicetos. Marque a alternativa que indica uma
característica deste grupo:
a) São considerados os fungos mais primitivos.
b) Suas hifas possuem forma arredondada
c) Possuem um corpo de frutificação em formato de
guarda-chuva
d) Possuem hifas cenocíticas
25) (VUNESP-2007) Em um restaurante vegetariano, o
cardápio continha os seguintes itens:
• Arroz integral
• Bife de glúten
• Macarrão integral com molho de cogumelos
• Sopa de aveia
• Couve-flor com molho de gergelim
• Salada de broto de feijão
• Tofu assado
• Salada de legumes com grão-de-bico
(Glossário: tofu queijo preparado com leite de soja;
glúten = proteína extraída do trigo)
Identifique o item do cardápio que não pode ser
considerado de origem em um vegetal.
Indique o Reino ao qual o item pertence e dê uma
característica que o diferencia ao mesmo tempo de um
animal e de um vegetal.
26) (Mack-2009) Entre os seres vivos ocorrem os tipos
gamética, espórica e zigótica, de meiose, segundo o
esquema:
Célula 2n








nnúcleos4zigóticameiose
ngametas4gaméticameiose
nesporos4espóricameiose
As meioses espórica, gamética e zigótica ocorrem,
respectivamente, em
a) algas, vegetais e fungos.
b) vegetais, algas e fungos.
c) vegetais, fungos e algas.
d) fungos, algas e vegetais.
e) fungos, vegetais e algas.
27) (FGV - SP-2007) Grupo pede US$ 400 mil para salvar os
anfíbios. Extinção é risco para quase 2.000 espécies na
Terra. (...) os perigos que rondam o grupo vão além do
binômio familiar “destruição do habitat/caça”. O grande
assassino hoje parece ser um fungo, causador da doença
conhecida como quitridiomicose. (...) Para piorar, o avanço
do fungo parece estar ligado ao aquecimento global, quase
impossível de se combater hoje.
(Folha de S.Paulo, 11.07.2006)
Suponha que, para justificar o pedido de verbas, o grupo
de pesquisadores tenha, dentre outros motivos, alegado
que:
I. Os anfíbios fazem parte de inúmeras cadeias
alimentares que mantêm o equilíbrio do ecossistema. A
extinção de muitas de suas espécies traria descontrole às
populações dos organismos que lhes servem de presa ou
que lhes são predadores.
II. Muitas espécies de anfíbios, ainda não totalmente
conhecidas, poderiam ser de grande interesse
5 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
farmacológico. As secreções de algumas dessas espécies
poderiam apresentar propriedades terapêuticas.
III. As pesquisas sobre o fungo causador da
quitridiomicose poderiam resultar em medicamentos que,
administrados aos anfíbios, poderiam salvá-los da
extinção.
IV. As pesquisas sobre a quitridiomicose poderiam
ajudar a esclarecer as causas do aquecimento global.
Justificam-se as afirmações
a) I e II, apenas.
b) I e III, apenas.
c) II e III, apenas.
d) II, III e IV, apenas.
e) I, II, III e IV.
28) (UFSCar-2008) Há cerca de um século, o químico e
microbiologista Louis Pasteur, estudando leveduras,
verificou que esses organismos eram anaeróbicos
facultativos, uma vez que podiam viver tanto na presença
quanto na ausência de oxigênio. Pasteur verificou que a
taxa de consumo de açúcar por leveduras crescendo em
ambientes anaeróbicos era maior que aquela apresentada
por leveduras crescendo em meio aeróbico.
a) Que processos são utilizados pelas leveduras para a
obtenção de energia a partir de glicose, na presença e na
ausência de oxigênio?
b) Explique as diferenças na utilização do açúcar nesses
processos.
29) (UNIFESP-2007) Na produção de cerveja, são usadas
principalmente duas linhagens de leveduras:
I. Saccharomyces cerevisae, que apresenta altos
índices de formação de gás carbônico;
II. Saccharomyces carlsbergensis, que possui índices
mais baixos de formação desse gás.
Em geral, as cervejas inglesas contêm maior teor alcoólico
que as cervejas brasileiras e cada uma delas usa uma
linhagem diferente de levedura.
a) Qual linhagem de levedura é usada para produzir a
cerveja brasileira? Justifique sua resposta.
b) Um estudante argumentou que, para aumentar a
quantidade de gás carbônico produzido, bastaria aumentar
a quantidade de leveduras respirando no meio de cultura.
O argumento é válido ou não? Por quê?
30) (PUC - MG-2007) Na produção de roscas em casa e na
padaria, usam-se como ingredientes: farinha de trigo, sal,
ovos, leite, fermento biológico, açúcar, manteiga, etc. Há o
preparo da massa para posteriormente levar a rosca para
assar no forno.
Na produção dessas roscas, só NÃO ocorre:
a) transformação do glicogênio em glicose.
b) fermentação alcoólica por fungo.
c) uso e produção de ATP na glicólise.
d) liberação de CO2 e participação de NADH2.
31) (ENEM-2006) Na região sul da Bahia, o cacau tem sido
cultivado por meio de diferentes sistemas. Em um deles, o
convencional, a primeira etapa de preparação do solo
corresponde a retirada da mata e a queimada dos tocos e
das raízes. Em seguida, para o plantio da quantidade
máxima de cacau na área, os pés de cacau são plantados
próximos uns dos outros. No cultivo pelo sistema chamado
cabruca, os pés de cacau são abrigados entre as plantas de
maior porte, em espaço aberto criado pela derrubada
apenas das plantas de pequeno porte.
Os cacaueiros dessa região tem sido atacados e devastados
pelo fungo chamado vassoura-de-bruxa, que se reproduz
em ambiente quente e úmido por meio de esporos que se
espalham no meio aéreo.
As condições ambientais em que os pés de cacau são
plantados e as condições de vida do fungo vassoura-de-
bruxa, mencionadas acima, permitem supor-se que sejam
mais intensamente atacados por esse fungo os cacaueiros
plantados por meio do sistema
a) convencional, pois os pés de cacau ficam mais expostos
ao sol, o que facilita a reprodução do parasita.
b) convencional, pois a proximidade entre os pés de cacau
facilita a disseminação da doença.
c) convencional, pois o calor das queimadas cria as
condições ideais de reprodução do fungo.
d) cabruca, pois os cacaueiros não suportam a sombra e,
portanto, terão seu crescimento prejudicado e adoecerão.
e) cabruca, pois, na competição com outras espécies, os
cacaueiros ficam enfraquecidos e adoecem mais
facilmente.
32) (VUNESP-2008) No sistema de classificação de Lineu,
os fungos eram considerados vegetais inferiores e
compunham o mesmo grupo do qual faziam parte os
musgos e as samambaias. Contudo, sistemas de
classificação modernos colocam os fungos em um reino à
parte, reino Fungi, que difere dos vegetais não apenas por
não realizarem fotossíntese, mas também porque os
fungos
a) são procariontes, uni ou pluricelulares, enquanto os
vegetais são eucariontes pluricelulares.
b) são exclusivamente heterótrofos, enquanto os vegetais
são autótrofos ou heterótrofos.
c) não apresentam parede celular, enquanto todos os
vegetais apresentam parede celular formada por celulose.
d) têm o glicogênio como substância de reserva
energética, enquanto nos vegetais a reserva energética é o
amido.
e) reproduzem-se apenas assexuadamente, enquanto nos
vegetais ocorre reprodução sexuada ou assexuada.
33) (FaZU-2002) O “sapinho” e a “frieira” são processos
patológicos que afetam o corpo humano em função da
atividade de microrganismos catalogados como:
6 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
a) bactérias
b) vírus
c) fungos
d) algas
e) protozoários
34) (Unicamp-2004) O impressionante exército de argila de
Xian, na China, enfrenta finalmente um inimigo. O
oponente é um batalhão composto por mais de quarenta
tipos de fungos, que ameaça a integridade dos 6000
guerreiros e cavalos moldados em tamanho natural. Os
fungos que agora os atacam se alimentam da umidade
provocada pela respiração das milhares de pessoas que
visitam a atração a cada ano.
(Adaptado de Veja, 27/09/2000).
a) Ao contrário do que está escrito no texto, a umidade
não é suficiente para alimentar os fungos. Explique como
os indivíduos do Reino Fungi se alimentam.
b) Os fungos são encontrados em qualquer ambiente.
Como se explica essa grande capacidade de disseminação?
35) (Fuvest-1998) O molho de soja mofado vem sendo
usado na China, há mais de 2.500 anos, no combate a
infecções de pele. Durante a Segunda Guerra Mundial,
prisioneiros russos das prisões alemãs, que aceitavam
comer pão mofado, sofriam menos infecções de pele que
os demais prisioneiros, os quais recusavam esse alimento.
a) O que é mofo?
b) Por que esses alimentos mofados podem combater as
infecções de pele?
36) (UFC-2007) O pesquisador Gustavo obtém pectinase,
no meio de cultura líquido, produzida pelo fungo
Aspergillus niger, para ser empregada na indústria de
sucos. Gustavo não precisa destruir o fungo para obter a
enzima; ele simplesmente separa o meio de cultura do
microrganismo e isola a enzima deste meio. De acordo
com o texto, assinale a alternativa correta.
a) O Aspergillus niger é um organismo que possui
mesossomo; desta forma, a síntese da enzima ocorre nas
membranas do mesossomo e depois ela é secretada para o
meio de cultura.
b) O caminho da produção da pectinase começa com a
transcrição, no citoplasma, do seu RNAm, que é traduzido
por ribossomos e depois é ancorado nas membranas do
retículo endoplasmático rugoso, onde a tradução é
concluída.
c) A síntese da pectinase começa no citoplasma e termina
nas membranas do retículo endoplasmático rugoso. Em
seguida, esta enzima passa para o complexo de Golgi e é
secretada, via vesículas de secreção, para o meio de
cultura.
d) A síntese da pectinase começa no núcleo e termina nas
membranas do retículo endoplasmático liso. Em seguida,
esta enzima passa para o lisossomo, depois para o
complexo de Golgi e é secretada, via vesículas de secreção,
para o meio de cultura.
e) A síntese da pectinase começa no mesossomo e termina
nas membranas do retículo endoplasmático rugoso. Em
seguida, esta enzima passa para o complexo de Golgi e é
secretada, via vesículas de secreção, para o meio de
cultura.
37) (PUC - RS-2006) Os _________ patógenos são uma das
principais causas de morte entre as pessoas com o sistema
imune comprometido. A maioria dos pacientes com AIDS
morre por pneumonia ou outras doenças causadas por
estes patógenos. A Candida albicans e outras leveduras
também causam doenças graves em indivíduos com AIDS
ou indivíduos que tomam drogas imunossupressoras. Além
disso, vários _________ patógenos causam doenças
humanas menos graves, como o pé-de-atleta ou outras
micoses e dermatites. A ferrugem do trigo e uma série de
doenças causadas também ao milho e aveia são
decorrentes de _________ que atacam os vegetais.
A palavra que completa corretamente as lacunas do texto
é
a) fungos.
b) vírus.
c) procariotos.
d) protozoários.
e) nematóides.
38) (UECE-2006) Os fungos são organismos eucarióticos,
heterotróficos, que no passado foram considerados como
plantas que haviam perdido a capacidade de realizar
fotossíntese. Com relação aos organismos atualmente
reconhecidos como pertencentes ao Reino Fungi, podemos
considerar, corretamente, que:
a) O Filo Chytridiomycota compreende fungos que se
reproduzem através de esporos móveis e que apresentam
quitina na parede celular de suas células;
b) O Filo Zygomycota reúne seres que formam vistosos
corpos de frutificação durante a reprodução sexuada;
c) Do Filo Basidiomycota, apenas a classe Basidiomicetes
forma cogumelos;
d) O Filo Deuteromycota reúne fungos como as leveduras,
pois não formam corpos de frutificação.
39) (Mack-2006) Os fungos são seres vivos bastante
diversificados quanto à sua organização e aos seus
relacionamentos com outros seres. A respeito deles, são
feitas as seguintes afirmações:
7 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
I. A maioria apresenta tanto reprodução sexuada
como assexuada.
II. Suas hifas são constituídas basicamente de
celulose.
III. Nas relações com outros seres vivos, nunca
exercem o papel de produtor.
IV. Numa cadeia alimentar, eles podem ocupar os
níveis de produtor, consumidor e decompositor.
Das afirmações acima, estão corretas apenas
a) I e II.
b) I e III.
c) II e III.
d) I e IV.
e) III e IV.
40) (UFSCar-2006) Os ingredientes básicos do pão são
farinha, água e fermento biológico. Antes de ser levada ao
forno, em repouso e sob temperatura adequada, a massa
cresce até o dobro de seu volume. Durante esse processo
predomina a
a) respiração aeróbica, na qual são produzidos gás
carbônico e água. O gás promove o crescimento da massa,
enquanto a água a mantém úmida.
b) fermentação lática, na qual bactérias convertem o
açúcar em ácido lático e energia. Essa energia é utilizada
pelos microorganismos do fermento, os quais promovem o
crescimento da massa.
c) respiração anaeróbica, na qual os microorganismos do
fermento utilizam nitratos como aceptores finais de
hidrogênio, liberando gás nitrogênio. O processo de
respiração anaeróbica é chamado de fermentação, e o gás
liberado provoca o crescimento da massa.
d) fermentação alcoólica, na qual ocorre a formação de
álcool e gás carbônico. O gás promove o crescimento da
massa, enquanto o álcool se evapora sob o calor do forno.
e) reprodução vegetativa dos microorganismos presentes
no fermento. O carboidrato e a água da massa criam o
ambiente necessário ao crescimento em número das
células de levedura, resultando em maior volume da
massa.
41) (Cesgranrio-1994) Seres vivos importantes na
decomposição da matéria, com enorme capacidade de
dispersão graças à presença de esporos e que servem de
matéria-prima para a extração de drogas com a penicilina,
são os (as):
a) protozoários.
b) esporófitos.
c) fungos.
d) cianofíceas.
e) bactérias.
42) (UECE-2006) Sobre a classificação dos seres vivos é
correto afirmar.
a) O Reino Protista compreende, apenas, seres eucariontes
unicelulares e fotossintetizantes.
b) O Reino Animalia reúne organismos eucarióticos,
multicelulares e heterotróficos, morfologicamente muito
diferentes entre si.
c) Todas as algas são seres multicelulares
fotossintetizantes e fazem parte do Reino Plantae.
d) Os fungos são classificados como seres eucarióticos,
exclusivamente unicelulares, que apenas se reproduzem
assexuadamente.
43) (UFRN-1997) Um pesquisador identificou, em certo
material, uma espécie composta por seres aclorofilados,
com nutrição heterotrófica, que utiliza o glicogênio como
reserva energética e apresenta estruturas denominadas
hifas.
Essa espécie pertence ao reino:
a) fungi.
b) animal.
c) protista.
d) monera.
e) vegetal.
8 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
GABARITO
1) Alternativa: D
2) Alternativa: B
3) a) Teríamos dificuldade em aplicar a definição de
espécie no caso da bactéria e do líquen.
b) Em ambos os casos, trata-se de espécies de reprodução
assexuada, que, portanto, não se encaixam na
conceituação proposta na questão.
4) a) Uma característica é a presença de membrana
esquelética (ou parede celular).
b) São organismos procariontes. O reino é o Monera.
c) Dentre as características, poderiam ser citadas:
• cloroplastos;
• fotossíntese;
• tecidos organizados.
5) Alternativa: C
6) Alternativa: D
Os lêvedos, fungos microscópicos, são utilizados na
produção de bebidas alcoólicas, no processo de
fermentação. A cana produz açúcar através da
fotossíntese. As leguminosas aumentam a fertilidade do
solo porque, nos nódulos de suas raízes, existem bactérias
que fixam o nitrogênio.
7) Alternativa: B
8) Alternativa: B
9) Alternativa: B
10) Os outros reinos são: Monera (que inclui as bactérias),
Protista (protozoários e algas) e Fungi (fungos).
11) Alternativa: D
12) a) As rotas 1 e 2, correspondentes a processos de
fermentação, ocorrem em condições anaeróbicas.
b) Rota 1: fungos. Rota 2: bactérias. No caso da rota 1, a
produção de pães e de bebidas alcoólicas. Na rota 2,
iogurtes e certos queijos.
13) Alternativa: B
14) Alternativa: D
15) a) Características que permitem diferenciar bactérias
de protozoários (eucariontes unicelulares heterótrofos):
Característica Bactéria Protozoário
Parede
celular
Sim Não
Envoltório
nuclear
Não (procariontes) Sim (eucariontes)
DNA Circular Linear ou aberto
Ribossomo Menor Maior
Cadeia
respiratória
Associada à membrana
plasmática
No interior de
mitocôndrias
Fagossomo Não Sim
Vacúolos
contrácteis
Não Sim
Plasmídeos Sim Não
Mesossomo Sim Não
b) Os fungos têm, em comum com alguns animais, a
presença do polissacarídeo quitina na parede celular e do
polissacarídeo glicogênio como substância de reserva.
16) a) Artrópodes e fungos.
b) As funções comuns são: sustentação, proteção e
manutenção da forma.
17) Alternativa: E
18) Alternativa: D
19) Resposta:
a) Em presença de oxigênio, as leveduras realizam a
respiração aeróbia; na sua ausência, fazem fermentação
alcoólica.
b) A atividade metabólica é mais alta no caso da respiração
aeróbia, que libera maior quantidade de energia (38 ATP)
do que a fermentação (2 ATP).
20) Alternativa: C
21) Alternativa: A
22) a) Os organismos são, de modo geral, um fungo e uma
alga.
b) Se existe a possibilidade de um deles viver separado do
outro, e com melhor desempenho, então não se trata de
um caso de mutualismo, modalidade de interação
obrigatória e com benefício mútuo.
23) Alternativa: E
24) Alternativa: B
9 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
25) O item do cardápio que não pode ser considerado de
origem vegetal são os cogumelos. Eles pertencem ao Reino
Fungi, e a característica que os diferencia, ao mesmo
tempo, de um animal e de um vegetal é a presença de uma
parede celular constituída de quitina, corpo formado por
hifas (micélio) e o corpo de frutificação.
A célula animal não apresenta a parede celular e a célula
vegetal apresenta uma parede celular constituída de
celulose.
26) Alternativa: B
27) Alternativa: A
28) a) Na presença de oxigênio, as leveduras obtêm
energia por meio da respiração aeróbica; na ausência de
oxigênio, esses microorganismos realizam a fermentação
alcoólica.
b) No processo da respiração celular, as moléculas de
glicose são “quebradas”, deixando como resíduos gás
carbônico e água e liberando grande quantidade de
energia (ATP). Na fermentação, a “quebra” da glicose é
parcial, resultando, no final do processo, moléculas de gás
carbônico e álcool etílico (etanol), com uma menor
liberação de energia.
29) a) Em termos de fermentação alcoólica, produzirá mais
álcool etílico o fungo que liberar maior quantidade de CO2 ,
Saccharomyces carlsbergensis, como citado no enunciado.
Processo de fermentação alcoólica:
1 C6H12O6 2 C2H5OH 2CO2 2 ATP
b) Sim, o argumento é válido, pois o procedimento
aumentaria a taxa de metabolismo respiratório e,
conseqüentemente, a liberação deCO2 .
30) Alternativa: A
31) Alternativa: B
32) Alternativa: D
33) Alternativa: C
34) a) Os fungos são todos heterótrofos, saprófitos ou
parasitas. No caso, os fungos são saprófitos alimentando-
se de matéria orgânica presente no substrato.
b) A forma mais comum de reprodução dos fungos é a
produção de esporos, geralmente disseminados pelo
vento. Os esporos são estruturas microscópicas e são
dotados de paredes resistentes, permitindo a sua
sobrevivência em qualquer ambiente.
35) Resposta:
a) Mofo é um termo popular que designa genericamente
alguns tipos de fungos.
b) Porque alguns fungos produzem substâncias de ação
antibiótica, que, portanto, impedem a proliferação de
bactérias, evitando a ocorrência de algumas infecções de
pele.
36) Alternativa: C
37) Alternativa: A
38) Alternativa: D
39) Alternativa: B
40) Alternativa: D
41) Alternativa: C
42) Alternativa: B
43) Alternativa: A

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aval 7 ano(artrop_vertebr)
Aval 7 ano(artrop_vertebr)Aval 7 ano(artrop_vertebr)
Aval 7 ano(artrop_vertebr)Ercio Novaes
 
Exercícios de genética – sistema abo e 2ª lei de mendel
Exercícios de genética – sistema abo e 2ª lei de mendelExercícios de genética – sistema abo e 2ª lei de mendel
Exercícios de genética – sistema abo e 2ª lei de mendelHindria Guimarães
 
Exercícios complementares genética 2012
Exercícios complementares genética 2012Exercícios complementares genética 2012
Exercícios complementares genética 2012colegioitatiba
 
Exercícios de Célula
Exercícios de CélulaExercícios de Célula
Exercícios de CélulaAndrea Barreto
 
7ano exercicio anelideos_e_moluscos
7ano exercicio anelideos_e_moluscos7ano exercicio anelideos_e_moluscos
7ano exercicio anelideos_e_moluscosDomiciano514
 
Avaliação bimestral de ciencias 4ºbim estre 7ºano
Avaliação bimestral de ciencias      4ºbim estre  7ºanoAvaliação bimestral de ciencias      4ºbim estre  7ºano
Avaliação bimestral de ciencias 4ºbim estre 7ºanoAtividades Diversas Cláudia
 
Simulado 09 (ciências 9º ano) blog do prof. warles
Simulado 09 (ciências 9º ano)   blog do prof. warlesSimulado 09 (ciências 9º ano)   blog do prof. warles
Simulado 09 (ciências 9º ano) blog do prof. warlesSOLANGEFERREIRADASIL5
 
53000040 ativiadade-avaliativa-de-ciencias-ossos-e-musculos
53000040 ativiadade-avaliativa-de-ciencias-ossos-e-musculos53000040 ativiadade-avaliativa-de-ciencias-ossos-e-musculos
53000040 ativiadade-avaliativa-de-ciencias-ossos-e-musculosMila E Wlamir
 
3S_ exercicios genetica com resposta
3S_ exercicios genetica  com resposta3S_ exercicios genetica  com resposta
3S_ exercicios genetica com respostaIonara Urrutia Moura
 
96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia
96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia
96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópiacristiana Leal
 
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabaritoPB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabaritoGrazi Grazi
 
Lista exercícios evolução e origem da vida
Lista exercícios evolução e origem da vidaLista exercícios evolução e origem da vida
Lista exercícios evolução e origem da vidaCésar Milani
 

Mais procurados (20)

Aval 7 ano(artrop_vertebr)
Aval 7 ano(artrop_vertebr)Aval 7 ano(artrop_vertebr)
Aval 7 ano(artrop_vertebr)
 
Exercícios de genética – sistema abo e 2ª lei de mendel
Exercícios de genética – sistema abo e 2ª lei de mendelExercícios de genética – sistema abo e 2ª lei de mendel
Exercícios de genética – sistema abo e 2ª lei de mendel
 
Exercícios complementares genética 2012
Exercícios complementares genética 2012Exercícios complementares genética 2012
Exercícios complementares genética 2012
 
Exercícios de Célula
Exercícios de CélulaExercícios de Célula
Exercícios de Célula
 
7ano exercicio anelideos_e_moluscos
7ano exercicio anelideos_e_moluscos7ano exercicio anelideos_e_moluscos
7ano exercicio anelideos_e_moluscos
 
Atividade biologia divertida t.e. bio i ana hecht mamb20
Atividade biologia divertida   t.e. bio i  ana hecht mamb20Atividade biologia divertida   t.e. bio i  ana hecht mamb20
Atividade biologia divertida t.e. bio i ana hecht mamb20
 
Exercícios sobre Divisão Celular
Exercícios sobre Divisão Celular Exercícios sobre Divisão Celular
Exercícios sobre Divisão Celular
 
Avaliação bimestral de ciencias 4ºbim estre 7ºano
Avaliação bimestral de ciencias      4ºbim estre  7ºanoAvaliação bimestral de ciencias      4ºbim estre  7ºano
Avaliação bimestral de ciencias 4ºbim estre 7ºano
 
Simulado 09 (ciências 9º ano) blog do prof. warles
Simulado 09 (ciências 9º ano)   blog do prof. warlesSimulado 09 (ciências 9º ano)   blog do prof. warles
Simulado 09 (ciências 9º ano) blog do prof. warles
 
53000040 ativiadade-avaliativa-de-ciencias-ossos-e-musculos
53000040 ativiadade-avaliativa-de-ciencias-ossos-e-musculos53000040 ativiadade-avaliativa-de-ciencias-ossos-e-musculos
53000040 ativiadade-avaliativa-de-ciencias-ossos-e-musculos
 
Avaliação diagnóstica 7º ano
Avaliação diagnóstica   7º anoAvaliação diagnóstica   7º ano
Avaliação diagnóstica 7º ano
 
3S_ exercicios genetica com resposta
3S_ exercicios genetica  com resposta3S_ exercicios genetica  com resposta
3S_ exercicios genetica com resposta
 
Questoes ciencias 1
Questoes ciencias 1Questoes ciencias 1
Questoes ciencias 1
 
8 9-reino plantae
8 9-reino plantae8 9-reino plantae
8 9-reino plantae
 
96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia
96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia
96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia
 
Avaliação diagnóstica ciencias 9 ano
Avaliação diagnóstica ciencias 9 anoAvaliação diagnóstica ciencias 9 ano
Avaliação diagnóstica ciencias 9 ano
 
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabaritoPB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
 
Prova 7 ano carla 3 bimestre
Prova 7 ano carla 3 bimestreProva 7 ano carla 3 bimestre
Prova 7 ano carla 3 bimestre
 
Lista exercícios evolução e origem da vida
Lista exercícios evolução e origem da vidaLista exercícios evolução e origem da vida
Lista exercícios evolução e origem da vida
 
Exercicios FUNGOS 7º ano
Exercicios FUNGOS  7º anoExercicios FUNGOS  7º ano
Exercicios FUNGOS 7º ano
 

Destaque

Exercícios de Taxonomia - Aluno
Exercícios de Taxonomia - Aluno  Exercícios de Taxonomia - Aluno
Exercícios de Taxonomia - Aluno BIOGERALDO
 
Exercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro anoExercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro anoIonara Urrutia Moura
 
Av1 de biologia,química e física
Av1 de biologia,química e física Av1 de biologia,química e física
Av1 de biologia,química e física emanuel
 
Questoes Origem, Evolução e Diversidade Celular
Questoes Origem, Evolução e Diversidade CelularQuestoes Origem, Evolução e Diversidade Celular
Questoes Origem, Evolução e Diversidade CelularFabio Magalhães
 
ClassificaçãO TaxonôMica De Lineu
ClassificaçãO TaxonôMica De LineuClassificaçãO TaxonôMica De Lineu
ClassificaçãO TaxonôMica De Lineuguest79d2e5
 
[Biossomos] Classificação Biológica
[Biossomos] Classificação Biológica[Biossomos] Classificação Biológica
[Biossomos] Classificação BiológicaBiossomos Aragão
 
Mito del andrógino
Mito del andróginoMito del andrógino
Mito del andróginoinmactagua
 
Exercícios taxonomia
Exercícios taxonomiaExercícios taxonomia
Exercícios taxonomiaSheila Vieira
 
Atividade construindo cladogramas
Atividade   construindo cladogramasAtividade   construindo cladogramas
Atividade construindo cladogramasnetoalvirubro
 
A taxonomia e a nomenclatura em animais
A taxonomia e a nomenclatura em animaisA taxonomia e a nomenclatura em animais
A taxonomia e a nomenclatura em animaisAdrianne Mendonça
 
Classificação dos seres vivos em reinos e dominios
Classificação dos seres vivos em reinos e dominiosClassificação dos seres vivos em reinos e dominios
Classificação dos seres vivos em reinos e dominiosJose PR Fonseca « FBO »
 
A Taxonomia e a Nomenclatura dos Animais
A Taxonomia e a Nomenclatura dos Animais A Taxonomia e a Nomenclatura dos Animais
A Taxonomia e a Nomenclatura dos Animais João Felix
 
1.Sistemas de Classificação
1.Sistemas de Classificação1.Sistemas de Classificação
1.Sistemas de Classificaçãoguestbd7d9
 
Biologia 11 sistemas de classificação
Biologia 11   sistemas de classificaçãoBiologia 11   sistemas de classificação
Biologia 11 sistemas de classificaçãoNuno Correia
 

Destaque (20)

Exercícios de Taxonomia - Aluno
Exercícios de Taxonomia - Aluno  Exercícios de Taxonomia - Aluno
Exercícios de Taxonomia - Aluno
 
Exercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro anoExercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro ano
 
Av1 de biologia,química e física
Av1 de biologia,química e física Av1 de biologia,química e física
Av1 de biologia,química e física
 
Questoes Origem, Evolução e Diversidade Celular
Questoes Origem, Evolução e Diversidade CelularQuestoes Origem, Evolução e Diversidade Celular
Questoes Origem, Evolução e Diversidade Celular
 
A taxonomia e a nomenclatura em animais
A taxonomia e a nomenclatura em animaisA taxonomia e a nomenclatura em animais
A taxonomia e a nomenclatura em animais
 
Taxonomia 2
Taxonomia 2Taxonomia 2
Taxonomia 2
 
ClassificaçãO TaxonôMica De Lineu
ClassificaçãO TaxonôMica De LineuClassificaçãO TaxonôMica De Lineu
ClassificaçãO TaxonôMica De Lineu
 
[Biossomos] Classificação Biológica
[Biossomos] Classificação Biológica[Biossomos] Classificação Biológica
[Biossomos] Classificação Biológica
 
Mito del andrógino
Mito del andróginoMito del andrógino
Mito del andrógino
 
Exercícios taxonomia
Exercícios taxonomiaExercícios taxonomia
Exercícios taxonomia
 
Taxonomia animal
Taxonomia animalTaxonomia animal
Taxonomia animal
 
Atividade construindo cladogramas
Atividade   construindo cladogramasAtividade   construindo cladogramas
Atividade construindo cladogramas
 
A taxonomia e a nomenclatura em animais
A taxonomia e a nomenclatura em animaisA taxonomia e a nomenclatura em animais
A taxonomia e a nomenclatura em animais
 
Classificação dos seres vivos em reinos e dominios
Classificação dos seres vivos em reinos e dominiosClassificação dos seres vivos em reinos e dominios
Classificação dos seres vivos em reinos e dominios
 
A Taxonomia e a Nomenclatura dos Animais
A Taxonomia e a Nomenclatura dos Animais A Taxonomia e a Nomenclatura dos Animais
A Taxonomia e a Nomenclatura dos Animais
 
1.Sistemas de Classificação
1.Sistemas de Classificação1.Sistemas de Classificação
1.Sistemas de Classificação
 
Taxonomia
TaxonomiaTaxonomia
Taxonomia
 
Biologia 11 sistemas de classificação
Biologia 11   sistemas de classificaçãoBiologia 11   sistemas de classificação
Biologia 11 sistemas de classificação
 
Plantas (Alimentação)
Plantas (Alimentação)Plantas (Alimentação)
Plantas (Alimentação)
 
Taxonomia
TaxonomiaTaxonomia
Taxonomia
 

Semelhante a Fermentação de cereais por fungos

1.vírus e bactérias + ecossistemas biosfera
1.vírus e bactérias + ecossistemas biosfera1.vírus e bactérias + ecossistemas biosfera
1.vírus e bactérias + ecossistemas biosferaRegina Silva
 
Biologia reino monera_exercicios
Biologia reino monera_exerciciosBiologia reino monera_exercicios
Biologia reino monera_exerciciosMiguel Aquino
 
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabaritoBiologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabaritoIonara Urrutia Moura
 
BIO UNO 550 páginas.pdf
BIO UNO 550 páginas.pdfBIO UNO 550 páginas.pdf
BIO UNO 550 páginas.pdfZeineSoares
 
Revisao de biologia para o enem
Revisao de biologia para o enemRevisao de biologia para o enem
Revisao de biologia para o enemEstude Mais
 
exercicios sobre os reinos
 exercicios sobre os reinos  exercicios sobre os reinos
exercicios sobre os reinos Vivi Alves
 
Respostas da galera virus e reinos
Respostas da galera virus e reinosRespostas da galera virus e reinos
Respostas da galera virus e reinosVivi Alves
 
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Carlos Priante
 
Provas grad. 2012.2-2º dia
Provas   grad. 2012.2-2º diaProvas   grad. 2012.2-2º dia
Provas grad. 2012.2-2º diaMarcelo Miorim
 
Provas do segundo dia do SSA1 da UPE
Provas do segundo dia do SSA1 da UPEProvas do segundo dia do SSA1 da UPE
Provas do segundo dia do SSA1 da UPELuiza Freitas
 
Exercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro anoExercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro anoIonara Urrutia Moura
 
reino.monera.exercicio (1).docx
reino.monera.exercicio (1).docxreino.monera.exercicio (1).docx
reino.monera.exercicio (1).docxPATRICIAPAZ46
 
reino.monera.exercicio.pdf
reino.monera.exercicio.pdfreino.monera.exercicio.pdf
reino.monera.exercicio.pdfPATRICIAPAZ46
 
Prof. Adão Marcos bactérias.
Prof. Adão Marcos bactérias.Prof. Adão Marcos bactérias.
Prof. Adão Marcos bactérias.ADÃO Graciano
 

Semelhante a Fermentação de cereais por fungos (20)

1.vírus e bactérias + ecossistemas biosfera
1.vírus e bactérias + ecossistemas biosfera1.vírus e bactérias + ecossistemas biosfera
1.vírus e bactérias + ecossistemas biosfera
 
Biologia reino monera_exercicios
Biologia reino monera_exerciciosBiologia reino monera_exercicios
Biologia reino monera_exercicios
 
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabaritoBiologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
 
BIO UNO 550 páginas.pdf
BIO UNO 550 páginas.pdfBIO UNO 550 páginas.pdf
BIO UNO 550 páginas.pdf
 
Revisao de biologia para o enem
Revisao de biologia para o enemRevisao de biologia para o enem
Revisao de biologia para o enem
 
exercicios sobre os reinos
 exercicios sobre os reinos  exercicios sobre os reinos
exercicios sobre os reinos
 
Respostas da galera virus e reinos
Respostas da galera virus e reinosRespostas da galera virus e reinos
Respostas da galera virus e reinos
 
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
 
Provas grad. 2012.2-2º dia
Provas   grad. 2012.2-2º diaProvas   grad. 2012.2-2º dia
Provas grad. 2012.2-2º dia
 
Provas do segundo dia do SSA1 da UPE
Provas do segundo dia do SSA1 da UPEProvas do segundo dia do SSA1 da UPE
Provas do segundo dia do SSA1 da UPE
 
Prova SSA 1 2º dia
Prova SSA 1   2º diaProva SSA 1   2º dia
Prova SSA 1 2º dia
 
Exercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro anoExercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro ano
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
Prova bim1 1ano biologia
Prova bim1 1ano biologiaProva bim1 1ano biologia
Prova bim1 1ano biologia
 
biologiabaula1
biologiabaula1biologiabaula1
biologiabaula1
 
reino.monera.exercicio (1).docx
reino.monera.exercicio (1).docxreino.monera.exercicio (1).docx
reino.monera.exercicio (1).docx
 
reino.monera.exercicio.pdf
reino.monera.exercicio.pdfreino.monera.exercicio.pdf
reino.monera.exercicio.pdf
 
Lista 1 s origem da vida
Lista 1 s origem da vidaLista 1 s origem da vida
Lista 1 s origem da vida
 
Prof. Adão Marcos bactérias.
Prof. Adão Marcos bactérias.Prof. Adão Marcos bactérias.
Prof. Adão Marcos bactérias.
 
Biologia questoes-fungos
Biologia questoes-fungosBiologia questoes-fungos
Biologia questoes-fungos
 

Último

Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 

Último (20)

Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 

Fermentação de cereais por fungos

  • 1. 1 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br Exercícios com Gabarito de Biologia Reino Fungi 1) (UEL-2006) “Para nenhum povo da antigüidade, por mais que consumissem a cerveja, ela foi tão significativa e importante como para os egípcios. Entre eles, além de ter uma função litúrgica determinada no banquete oferecido aos mortos ilustres, a cerveja era a bebida nacional [...]. As mulheres que fabricavam a cerveja tornavam-se sacerdotisas, tal era a importância dessa bebida digna de ser oferecida como libação aos deuses.” (VIDA biblioteca. Como fazer cerveja. 3.ed. São Paulo: Três, 1985. p. 51-52.) Ainda que a cerveja seja fabricada há milhares de anos, a essência de sua produção continua a mesma. Com base nos conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar que a cerveja é originada a partir da fermentação de cereais por meio de: a) Fungos macroscópicos, liberando álcool etílico e oxigênio. b) Bactérias, liberando álcool metílico e gás carbônico. c) Bactérias, liberando álcoois aromáticos e oxigênio. d) Fungos microscópicos, liberando álcool etílico e gás carbônico. e) Fungos microscópicos, liberando álcool metílicoe água. 2) (PUC - RJ-2008) A produção de álcool combustível a partir do açúcar da cana está diretamente relacionada a qual dos processos metabólicos de microrganismos abaixo relacionados? a) Respiração. b) Fermentação. c) Digestão. d) Fixação de N2 e) Quimiossíntese. 3) (UFSCar-2005) Alguns livros do ensino médio definem uma espécie biológica como um grupo de populações naturais cujos membros podem cruzar naturalmente uns com os outros e produzir descendentes férteis, mas não podem cruzar com membros de outros grupos semelhantes. Considere as seguintes espécies: - Siphonops paulensis: cobra-cega, anfíbio que vive em galerias cavadas na terra; - Mycobacterium tuberculosis: bacilo de Koch, causador da tuberculose; - Schistossoma mansoni: verme causador da esquistossomose, ou barriga d’água; - Canoparmelia texana: líquen comumente encontrado sobre o tronco de algumas árvores em zonas urbanas. a) Dentre as espécies listadas, em duas delas teríamos dificuldades em aplicar a definição de espécie. Quais são elas? b) Para cada uma das espécies que você indicou, apresente as razões que dificultam a aplicação da definição biológica de espécie. 4) (Unicamp-2001) Até há algum tempo, considerava-se que fungos e bactérias pertenciam ao reino vegetal. Com o reconhecimento das diferenças entre eucariotos e procariotos, as bactérias foram separadas, mas os fungos permaneceram incluídos no reino vegetal. Mais recentemente, porém, tornou-se claro que os organismos agrupados como fungos definitivamente não são plantas. a) Apresente uma característica comum a bactérias e fungos que permitiu considerá-los como plantas. b) Apresente uma característica das bactérias que demonstra serem elas pertencentes a outro reino. Qual é esse reino? c) Cite duas características das plantas que não são encontradas nos fungos. 5) (FUVEST-2007) Considerando os grandes grupos de organismos vivos no planeta - bactérias, protistas, fungos, animais e plantas -, em quantos deles existem seres clorofilados e fotossintetizantes? a) um. b) dois. c) três. d) quatro. e) cinco. 6) (Fuvest-1999) Considere os procedimentos: I. A produção de bebidas alcoólicas. II. A produção de açúcar a partir da cana. III. O cultivo de plantas leguminosas para aumentar a fertilidade do solo. Os microorganismos atuam em: a) I apenas. b) II apenas. c) I e II apenas. d) I e III apenas. e) I, II e III. 7) (UFU-2006) Faça a correlação entre as doenças humanas apresentadas na COLUNA A com os agentes causadores descritos na COLUNA B. COLUNA A COLUNA B 1 - Candidíase a - platelminto 2 - Ancilostomíase b - protozoário 3 - Esquistossomose c - fungo 4 - Toxoplasmose d - bactéria 5 - Tuberculose e - nematódeo Assinale a alternativa que apresenta a correlação correta. a) 1-e; 2-b; 3-a; 4-d; 5-c. b) 1-c; 2-e; 3-a; 4-b; 5-d.
  • 2. 2 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br c) 1-a; 2-c; 3-d; 4-e; 5-b. d) 1-b; 2-a; 3-c; 4-d; 5-e. 8) (FaZU-2001) Nutrição heterótrofa é aquela feita por organismos incapazes de sintetizar compostos orgânicos a partir de inorgânicos. Assinale abaixo a resposta em que todos os componentes são heterótrofos. a) vegetais, os fungos e a minoria das bactérias. b) os animais, os fungos e a maioria das bactérias. c) os animais, todas as algas e a maioria das bactérias. d) os animais, os liquens e a minoria das bactérias. e) os vegetais, os liquens a minoria das bactérias. 9) (PUC - RJ-2005) O fermento biológico usado na fabricação de pães provoca o aumento do volume da massa como conseqüência da produção de: a) CO2, a partir da água acrescentada à massa do pão. b) CO2, a partir da fermentação do açúcar acrescentado à massa do pão. c) O2, a partir da fermentação do amido existente na farinha do pão. d) N2, a partir da fermentação do açúcar acrescentado à massa do pão. e) O2, a partir da respiração do açúcar acrescentado à massa do pão. 10) (VUNESP-2007) O que divide os especialistas não é mais se o aquecimento global se abaterá sobre a natureza daqui a vinte ou trinta anos, mas como se pode escapar da armadilha que criamos para nós mesmos nesta esfera azul, pálida e frágil, que ocupa a terceira órbita em torno do Sol — a única, em todo o sistema, que fornece luz e calor nas proporções corretas para a manutenção da vida baseada no carbono, ou seja, nós, os bichos e as plantas. (Veja, 21.06.2006.) Na expressão vida baseada no carbono, ou seja, nós, os bichos e as plantas estão contemplados dois reinos: Animalia (nós e os bichos) e Plantae (plantas). Que outros reinos agrupam organismos com vida baseada no carbono? Que organismos fazem parte desses reinos? 11) (UFMG-2007) Observe esta figura, em que estão representados alguns seres vivos presentes no solo de uma mata, com a medida dos respectivos tamanhos: Considerando-se os seres vivos representados nessa figura e outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que a) os animais que apresentam tamanho maior favorecem a permeabilidade dos solos férteis. b) os fungos e as bactérias são responsáveis pela degradação da matéria orgânica no solo. c) os organismos menores se caracterizam por alto metabolismo e eficiência na reciclagem de materiais. d) os protozoários representados constituem o primeiro nível da pirâmide alimentar. 12) (VUNESP-2005) Os esquemas representam três rotas metabólicas possíveis, pelas quais a glicose é utilizada como fonte de energia. a) Quais rotas ocorrem em ambiente totalmente anaeróbico? b) Cite dois grupos de organismos nos quais se verificam as rotas 1 e 2. Cite dois produtos da indústria alimentícia fabricados a partir dos processos representados nessas rotas. 13) (PUC - SP-2006) Um restaurante apresenta o seguinte cardápio: I. casquinha de siri. II. salada de rúcula e agrião com lascas de queijos camembert e roquefort.
  • 3. 3 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br III. risoto de frutos do mar, contendo lula, marisco e camarão. Considerando-se apenas os componentes descritos em I, II e III, é correto afirmar que fazem parte daquele cardápio: a) artrópodes, moluscos, algas e fungos. b) artrópodes, moluscos, fungos e angiospermas. c) artrópodes, protocordados, algas e angiospermas. d) moluscos, protocordados, algas e fungos. e) moluscos, protocordados, fungos e angiospermas. 14) (Mack-2002) O desenho acima representa o ciclo vital de um fungo ascomiceto. A respeito dele são feitas as seguintes afirmações: I. A indica o ascocarpo (corpo de frutificação), constituído por hifas tanto monocarióticas como dicarióticas. II. B indica o asco, contendo 8 ascósporos diplóides. III. A meiose que ocorre em C é denominada zigótica. Assinale: a) se somente I estiver correta. b) se apenas I e II estiverem corretas. c) se apenas II e III estiverem corretas. d) se apenas I e III estiverem corretas. e) se todas estiverem corretas. 15) (Unicamp-2008) “Cientistas buscam remédios no mar” é o título de uma reportagem (O Estado de S. Paulo, 02/05/2005, p.16) A sobre pesquisas que identificaram moléculas com atividade farmacológica presentes em animais marinhos, como esponjas e ascídias, contra agentes patogênicos causadores de tuberculose, leishmaniose e candidíase. Os agentes patogênicos causadores das doenças citadas na reportagem são, respectivamente, bactérias, protozoários e fungos. a) Dê duas características que permitam diferenciar as bactérias dos protozoários. b) Os fungos apresentam componentes polissacarídeos estruturais e de reserva, também encontrados em animais. Justifique a afirmação. 16) (FUVEST-2008) “Organismos eucarióticos, multicelulares, heterotróficos e com revestimento de quitina”. a) Quais organismos podem ser incluídos nessa descrição? b) A quitina e a celulose têm estruturas químicas semelhantes. Que funções essas substâncias têm em comum nos organismos em que estão presentes? 17) (FUVEST-2010) A cana-de-açúcar é importante matéria- prima para a produção de etanol. A energia contida na molécula de etanol e liberada na sua combustão foi a) captada da luz solar pela cana-de-açúcar, armazenada na molécula de glicose produzida por fungos no processo de fermentação e, posteriormente, transferida para a molécula de etanol. b) obtida por meio do processo de fermentação realizado pela cana-de-açúcar e, posteriormente, incorporada à molécula de etanol na cadeia respiratória de fungos. c) captada da luz solar pela cana-de-açúcar, por meio do processo de fotossíntese, e armazenada na molécula de clorofila, que foi fermentada por fungos. d) obtida na forma de ATP no processo de respiração celular da cana-de-açúcar e armazenada na molécula de glicose, que foi, posteriormente, fermentada por fungos. e) captada da luz solar por meio do processo de fotossíntese realizado pela cana-de-açúcar e armazenada na molécula de glicose, que foi, posteriormente, fermentada por fungos. 18) (Vunesp-1995) A parte comestível do cogumelo ("champignon") corresponde ao: a) micélio monocariótico do Ascomiceto. b) corpo de frutificação do Ascomiceto. c) micélio monocariótico do Basidiomiceto. d) corpo de frutificação do Basidiomiceto. e) sorédio do fungo. 19) (Fuvest-1998) As leveduras podem viver tanto na presença quanto na ausência do gás oxigênio. a) Que processos de obtenção de energia as leveduras realizam em cada dessas situações? b) Em qual das situações a atividade metabólica das leveduras é mais alta? Por quê? 20) (UFRN-2000) Assinale a opção em que há correspondência entre o ser e aquilo que se afirma sobre ele. a) O protozoário é unicelular, pode ser parasito ou de vida livre e causar dengue. b) O vírus é parasito intracelular e causa, em animais e vegetais, doenças invariavelmente prevenidas por meio de vacinas.
  • 4. 4 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br c) O fungo é uni ou pluricelular, pode causar candidíase e ser usado nas indústrias alimentícia e farmacêutica. d) A bactéria é unicelular, pode causar poliomielite e ser usada na indústria alimentícia. 21) (PUC - RJ-2008) Assinale a opção que NÃO apresenta uma característica dos seres pertencentes ao Reino Fungi. a) São autotróficos e realizam fotossíntese. b) Produzem antibióticos. c) São capazes de realizar fermentação. d) Realizam decomposição de matéria orgânica. e) Suas células não possuem cloroplastos. 22) (UFSCar-2008) Daqui a dois meses, amostras de liquens viajarão ao espaço para participar de uma experiência com a qual a Agência Espacial Européia pretende verificar se organismos vivos podem viajar de um planeta a outro “a bordo” de meteoritos. Os liquens, selecionados por terem grande resistência, ficarão dentro de um dispositivo que simulará as condições de um meteorito em movimento. (O Estado de S.Paulo, julho 2007.) a) Quais os organismos envolvidos na formação dos liquens? b) Algumas experiências têm mostrado que, quando os organismos que compõem os liquens são separados, um tem melhor desempenho que o outro. Esses resultados têm levado ao questionamento da idéia de que os liquens são exemplos de mutualismo. Por quê? 23) (PUC-RS-1999) Determinados tipos de sementes podem sofrer contaminação por substâncias tóxicas produzidas por seres vivos cuja estrutura corporal está representada por hifas. Esses indivíduos devem pertencer ao grupo a) das algas. b) dos protozoários. c) das bactérias. d) dos vírus. e) dos fungos. 24) (UECE-2002) Em 1929 o pesquisador Alexander Flemming descobriu acidentalmente que fungos formadores de mofo verde encontrados em alimentos podres eram capazes de produzir uma substância que inibia o desenvolvimento de certas bactérias. Estes fungos, pertencentes ao gênero Penicillium estão classificados atualmente dentro de um grupo denominado Ascomicetos. Marque a alternativa que indica uma característica deste grupo: a) São considerados os fungos mais primitivos. b) Suas hifas possuem forma arredondada c) Possuem um corpo de frutificação em formato de guarda-chuva d) Possuem hifas cenocíticas 25) (VUNESP-2007) Em um restaurante vegetariano, o cardápio continha os seguintes itens: • Arroz integral • Bife de glúten • Macarrão integral com molho de cogumelos • Sopa de aveia • Couve-flor com molho de gergelim • Salada de broto de feijão • Tofu assado • Salada de legumes com grão-de-bico (Glossário: tofu queijo preparado com leite de soja; glúten = proteína extraída do trigo) Identifique o item do cardápio que não pode ser considerado de origem em um vegetal. Indique o Reino ao qual o item pertence e dê uma característica que o diferencia ao mesmo tempo de um animal e de um vegetal. 26) (Mack-2009) Entre os seres vivos ocorrem os tipos gamética, espórica e zigótica, de meiose, segundo o esquema: Célula 2n         nnúcleos4zigóticameiose ngametas4gaméticameiose nesporos4espóricameiose As meioses espórica, gamética e zigótica ocorrem, respectivamente, em a) algas, vegetais e fungos. b) vegetais, algas e fungos. c) vegetais, fungos e algas. d) fungos, algas e vegetais. e) fungos, vegetais e algas. 27) (FGV - SP-2007) Grupo pede US$ 400 mil para salvar os anfíbios. Extinção é risco para quase 2.000 espécies na Terra. (...) os perigos que rondam o grupo vão além do binômio familiar “destruição do habitat/caça”. O grande assassino hoje parece ser um fungo, causador da doença conhecida como quitridiomicose. (...) Para piorar, o avanço do fungo parece estar ligado ao aquecimento global, quase impossível de se combater hoje. (Folha de S.Paulo, 11.07.2006) Suponha que, para justificar o pedido de verbas, o grupo de pesquisadores tenha, dentre outros motivos, alegado que: I. Os anfíbios fazem parte de inúmeras cadeias alimentares que mantêm o equilíbrio do ecossistema. A extinção de muitas de suas espécies traria descontrole às populações dos organismos que lhes servem de presa ou que lhes são predadores. II. Muitas espécies de anfíbios, ainda não totalmente conhecidas, poderiam ser de grande interesse
  • 5. 5 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br farmacológico. As secreções de algumas dessas espécies poderiam apresentar propriedades terapêuticas. III. As pesquisas sobre o fungo causador da quitridiomicose poderiam resultar em medicamentos que, administrados aos anfíbios, poderiam salvá-los da extinção. IV. As pesquisas sobre a quitridiomicose poderiam ajudar a esclarecer as causas do aquecimento global. Justificam-se as afirmações a) I e II, apenas. b) I e III, apenas. c) II e III, apenas. d) II, III e IV, apenas. e) I, II, III e IV. 28) (UFSCar-2008) Há cerca de um século, o químico e microbiologista Louis Pasteur, estudando leveduras, verificou que esses organismos eram anaeróbicos facultativos, uma vez que podiam viver tanto na presença quanto na ausência de oxigênio. Pasteur verificou que a taxa de consumo de açúcar por leveduras crescendo em ambientes anaeróbicos era maior que aquela apresentada por leveduras crescendo em meio aeróbico. a) Que processos são utilizados pelas leveduras para a obtenção de energia a partir de glicose, na presença e na ausência de oxigênio? b) Explique as diferenças na utilização do açúcar nesses processos. 29) (UNIFESP-2007) Na produção de cerveja, são usadas principalmente duas linhagens de leveduras: I. Saccharomyces cerevisae, que apresenta altos índices de formação de gás carbônico; II. Saccharomyces carlsbergensis, que possui índices mais baixos de formação desse gás. Em geral, as cervejas inglesas contêm maior teor alcoólico que as cervejas brasileiras e cada uma delas usa uma linhagem diferente de levedura. a) Qual linhagem de levedura é usada para produzir a cerveja brasileira? Justifique sua resposta. b) Um estudante argumentou que, para aumentar a quantidade de gás carbônico produzido, bastaria aumentar a quantidade de leveduras respirando no meio de cultura. O argumento é válido ou não? Por quê? 30) (PUC - MG-2007) Na produção de roscas em casa e na padaria, usam-se como ingredientes: farinha de trigo, sal, ovos, leite, fermento biológico, açúcar, manteiga, etc. Há o preparo da massa para posteriormente levar a rosca para assar no forno. Na produção dessas roscas, só NÃO ocorre: a) transformação do glicogênio em glicose. b) fermentação alcoólica por fungo. c) uso e produção de ATP na glicólise. d) liberação de CO2 e participação de NADH2. 31) (ENEM-2006) Na região sul da Bahia, o cacau tem sido cultivado por meio de diferentes sistemas. Em um deles, o convencional, a primeira etapa de preparação do solo corresponde a retirada da mata e a queimada dos tocos e das raízes. Em seguida, para o plantio da quantidade máxima de cacau na área, os pés de cacau são plantados próximos uns dos outros. No cultivo pelo sistema chamado cabruca, os pés de cacau são abrigados entre as plantas de maior porte, em espaço aberto criado pela derrubada apenas das plantas de pequeno porte. Os cacaueiros dessa região tem sido atacados e devastados pelo fungo chamado vassoura-de-bruxa, que se reproduz em ambiente quente e úmido por meio de esporos que se espalham no meio aéreo. As condições ambientais em que os pés de cacau são plantados e as condições de vida do fungo vassoura-de- bruxa, mencionadas acima, permitem supor-se que sejam mais intensamente atacados por esse fungo os cacaueiros plantados por meio do sistema a) convencional, pois os pés de cacau ficam mais expostos ao sol, o que facilita a reprodução do parasita. b) convencional, pois a proximidade entre os pés de cacau facilita a disseminação da doença. c) convencional, pois o calor das queimadas cria as condições ideais de reprodução do fungo. d) cabruca, pois os cacaueiros não suportam a sombra e, portanto, terão seu crescimento prejudicado e adoecerão. e) cabruca, pois, na competição com outras espécies, os cacaueiros ficam enfraquecidos e adoecem mais facilmente. 32) (VUNESP-2008) No sistema de classificação de Lineu, os fungos eram considerados vegetais inferiores e compunham o mesmo grupo do qual faziam parte os musgos e as samambaias. Contudo, sistemas de classificação modernos colocam os fungos em um reino à parte, reino Fungi, que difere dos vegetais não apenas por não realizarem fotossíntese, mas também porque os fungos a) são procariontes, uni ou pluricelulares, enquanto os vegetais são eucariontes pluricelulares. b) são exclusivamente heterótrofos, enquanto os vegetais são autótrofos ou heterótrofos. c) não apresentam parede celular, enquanto todos os vegetais apresentam parede celular formada por celulose. d) têm o glicogênio como substância de reserva energética, enquanto nos vegetais a reserva energética é o amido. e) reproduzem-se apenas assexuadamente, enquanto nos vegetais ocorre reprodução sexuada ou assexuada. 33) (FaZU-2002) O “sapinho” e a “frieira” são processos patológicos que afetam o corpo humano em função da atividade de microrganismos catalogados como:
  • 6. 6 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br a) bactérias b) vírus c) fungos d) algas e) protozoários 34) (Unicamp-2004) O impressionante exército de argila de Xian, na China, enfrenta finalmente um inimigo. O oponente é um batalhão composto por mais de quarenta tipos de fungos, que ameaça a integridade dos 6000 guerreiros e cavalos moldados em tamanho natural. Os fungos que agora os atacam se alimentam da umidade provocada pela respiração das milhares de pessoas que visitam a atração a cada ano. (Adaptado de Veja, 27/09/2000). a) Ao contrário do que está escrito no texto, a umidade não é suficiente para alimentar os fungos. Explique como os indivíduos do Reino Fungi se alimentam. b) Os fungos são encontrados em qualquer ambiente. Como se explica essa grande capacidade de disseminação? 35) (Fuvest-1998) O molho de soja mofado vem sendo usado na China, há mais de 2.500 anos, no combate a infecções de pele. Durante a Segunda Guerra Mundial, prisioneiros russos das prisões alemãs, que aceitavam comer pão mofado, sofriam menos infecções de pele que os demais prisioneiros, os quais recusavam esse alimento. a) O que é mofo? b) Por que esses alimentos mofados podem combater as infecções de pele? 36) (UFC-2007) O pesquisador Gustavo obtém pectinase, no meio de cultura líquido, produzida pelo fungo Aspergillus niger, para ser empregada na indústria de sucos. Gustavo não precisa destruir o fungo para obter a enzima; ele simplesmente separa o meio de cultura do microrganismo e isola a enzima deste meio. De acordo com o texto, assinale a alternativa correta. a) O Aspergillus niger é um organismo que possui mesossomo; desta forma, a síntese da enzima ocorre nas membranas do mesossomo e depois ela é secretada para o meio de cultura. b) O caminho da produção da pectinase começa com a transcrição, no citoplasma, do seu RNAm, que é traduzido por ribossomos e depois é ancorado nas membranas do retículo endoplasmático rugoso, onde a tradução é concluída. c) A síntese da pectinase começa no citoplasma e termina nas membranas do retículo endoplasmático rugoso. Em seguida, esta enzima passa para o complexo de Golgi e é secretada, via vesículas de secreção, para o meio de cultura. d) A síntese da pectinase começa no núcleo e termina nas membranas do retículo endoplasmático liso. Em seguida, esta enzima passa para o lisossomo, depois para o complexo de Golgi e é secretada, via vesículas de secreção, para o meio de cultura. e) A síntese da pectinase começa no mesossomo e termina nas membranas do retículo endoplasmático rugoso. Em seguida, esta enzima passa para o complexo de Golgi e é secretada, via vesículas de secreção, para o meio de cultura. 37) (PUC - RS-2006) Os _________ patógenos são uma das principais causas de morte entre as pessoas com o sistema imune comprometido. A maioria dos pacientes com AIDS morre por pneumonia ou outras doenças causadas por estes patógenos. A Candida albicans e outras leveduras também causam doenças graves em indivíduos com AIDS ou indivíduos que tomam drogas imunossupressoras. Além disso, vários _________ patógenos causam doenças humanas menos graves, como o pé-de-atleta ou outras micoses e dermatites. A ferrugem do trigo e uma série de doenças causadas também ao milho e aveia são decorrentes de _________ que atacam os vegetais. A palavra que completa corretamente as lacunas do texto é a) fungos. b) vírus. c) procariotos. d) protozoários. e) nematóides. 38) (UECE-2006) Os fungos são organismos eucarióticos, heterotróficos, que no passado foram considerados como plantas que haviam perdido a capacidade de realizar fotossíntese. Com relação aos organismos atualmente reconhecidos como pertencentes ao Reino Fungi, podemos considerar, corretamente, que: a) O Filo Chytridiomycota compreende fungos que se reproduzem através de esporos móveis e que apresentam quitina na parede celular de suas células; b) O Filo Zygomycota reúne seres que formam vistosos corpos de frutificação durante a reprodução sexuada; c) Do Filo Basidiomycota, apenas a classe Basidiomicetes forma cogumelos; d) O Filo Deuteromycota reúne fungos como as leveduras, pois não formam corpos de frutificação. 39) (Mack-2006) Os fungos são seres vivos bastante diversificados quanto à sua organização e aos seus relacionamentos com outros seres. A respeito deles, são feitas as seguintes afirmações:
  • 7. 7 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br I. A maioria apresenta tanto reprodução sexuada como assexuada. II. Suas hifas são constituídas basicamente de celulose. III. Nas relações com outros seres vivos, nunca exercem o papel de produtor. IV. Numa cadeia alimentar, eles podem ocupar os níveis de produtor, consumidor e decompositor. Das afirmações acima, estão corretas apenas a) I e II. b) I e III. c) II e III. d) I e IV. e) III e IV. 40) (UFSCar-2006) Os ingredientes básicos do pão são farinha, água e fermento biológico. Antes de ser levada ao forno, em repouso e sob temperatura adequada, a massa cresce até o dobro de seu volume. Durante esse processo predomina a a) respiração aeróbica, na qual são produzidos gás carbônico e água. O gás promove o crescimento da massa, enquanto a água a mantém úmida. b) fermentação lática, na qual bactérias convertem o açúcar em ácido lático e energia. Essa energia é utilizada pelos microorganismos do fermento, os quais promovem o crescimento da massa. c) respiração anaeróbica, na qual os microorganismos do fermento utilizam nitratos como aceptores finais de hidrogênio, liberando gás nitrogênio. O processo de respiração anaeróbica é chamado de fermentação, e o gás liberado provoca o crescimento da massa. d) fermentação alcoólica, na qual ocorre a formação de álcool e gás carbônico. O gás promove o crescimento da massa, enquanto o álcool se evapora sob o calor do forno. e) reprodução vegetativa dos microorganismos presentes no fermento. O carboidrato e a água da massa criam o ambiente necessário ao crescimento em número das células de levedura, resultando em maior volume da massa. 41) (Cesgranrio-1994) Seres vivos importantes na decomposição da matéria, com enorme capacidade de dispersão graças à presença de esporos e que servem de matéria-prima para a extração de drogas com a penicilina, são os (as): a) protozoários. b) esporófitos. c) fungos. d) cianofíceas. e) bactérias. 42) (UECE-2006) Sobre a classificação dos seres vivos é correto afirmar. a) O Reino Protista compreende, apenas, seres eucariontes unicelulares e fotossintetizantes. b) O Reino Animalia reúne organismos eucarióticos, multicelulares e heterotróficos, morfologicamente muito diferentes entre si. c) Todas as algas são seres multicelulares fotossintetizantes e fazem parte do Reino Plantae. d) Os fungos são classificados como seres eucarióticos, exclusivamente unicelulares, que apenas se reproduzem assexuadamente. 43) (UFRN-1997) Um pesquisador identificou, em certo material, uma espécie composta por seres aclorofilados, com nutrição heterotrófica, que utiliza o glicogênio como reserva energética e apresenta estruturas denominadas hifas. Essa espécie pertence ao reino: a) fungi. b) animal. c) protista. d) monera. e) vegetal.
  • 8. 8 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br GABARITO 1) Alternativa: D 2) Alternativa: B 3) a) Teríamos dificuldade em aplicar a definição de espécie no caso da bactéria e do líquen. b) Em ambos os casos, trata-se de espécies de reprodução assexuada, que, portanto, não se encaixam na conceituação proposta na questão. 4) a) Uma característica é a presença de membrana esquelética (ou parede celular). b) São organismos procariontes. O reino é o Monera. c) Dentre as características, poderiam ser citadas: • cloroplastos; • fotossíntese; • tecidos organizados. 5) Alternativa: C 6) Alternativa: D Os lêvedos, fungos microscópicos, são utilizados na produção de bebidas alcoólicas, no processo de fermentação. A cana produz açúcar através da fotossíntese. As leguminosas aumentam a fertilidade do solo porque, nos nódulos de suas raízes, existem bactérias que fixam o nitrogênio. 7) Alternativa: B 8) Alternativa: B 9) Alternativa: B 10) Os outros reinos são: Monera (que inclui as bactérias), Protista (protozoários e algas) e Fungi (fungos). 11) Alternativa: D 12) a) As rotas 1 e 2, correspondentes a processos de fermentação, ocorrem em condições anaeróbicas. b) Rota 1: fungos. Rota 2: bactérias. No caso da rota 1, a produção de pães e de bebidas alcoólicas. Na rota 2, iogurtes e certos queijos. 13) Alternativa: B 14) Alternativa: D 15) a) Características que permitem diferenciar bactérias de protozoários (eucariontes unicelulares heterótrofos): Característica Bactéria Protozoário Parede celular Sim Não Envoltório nuclear Não (procariontes) Sim (eucariontes) DNA Circular Linear ou aberto Ribossomo Menor Maior Cadeia respiratória Associada à membrana plasmática No interior de mitocôndrias Fagossomo Não Sim Vacúolos contrácteis Não Sim Plasmídeos Sim Não Mesossomo Sim Não b) Os fungos têm, em comum com alguns animais, a presença do polissacarídeo quitina na parede celular e do polissacarídeo glicogênio como substância de reserva. 16) a) Artrópodes e fungos. b) As funções comuns são: sustentação, proteção e manutenção da forma. 17) Alternativa: E 18) Alternativa: D 19) Resposta: a) Em presença de oxigênio, as leveduras realizam a respiração aeróbia; na sua ausência, fazem fermentação alcoólica. b) A atividade metabólica é mais alta no caso da respiração aeróbia, que libera maior quantidade de energia (38 ATP) do que a fermentação (2 ATP). 20) Alternativa: C 21) Alternativa: A 22) a) Os organismos são, de modo geral, um fungo e uma alga. b) Se existe a possibilidade de um deles viver separado do outro, e com melhor desempenho, então não se trata de um caso de mutualismo, modalidade de interação obrigatória e com benefício mútuo. 23) Alternativa: E 24) Alternativa: B
  • 9. 9 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br 25) O item do cardápio que não pode ser considerado de origem vegetal são os cogumelos. Eles pertencem ao Reino Fungi, e a característica que os diferencia, ao mesmo tempo, de um animal e de um vegetal é a presença de uma parede celular constituída de quitina, corpo formado por hifas (micélio) e o corpo de frutificação. A célula animal não apresenta a parede celular e a célula vegetal apresenta uma parede celular constituída de celulose. 26) Alternativa: B 27) Alternativa: A 28) a) Na presença de oxigênio, as leveduras obtêm energia por meio da respiração aeróbica; na ausência de oxigênio, esses microorganismos realizam a fermentação alcoólica. b) No processo da respiração celular, as moléculas de glicose são “quebradas”, deixando como resíduos gás carbônico e água e liberando grande quantidade de energia (ATP). Na fermentação, a “quebra” da glicose é parcial, resultando, no final do processo, moléculas de gás carbônico e álcool etílico (etanol), com uma menor liberação de energia. 29) a) Em termos de fermentação alcoólica, produzirá mais álcool etílico o fungo que liberar maior quantidade de CO2 , Saccharomyces carlsbergensis, como citado no enunciado. Processo de fermentação alcoólica: 1 C6H12O6 2 C2H5OH 2CO2 2 ATP b) Sim, o argumento é válido, pois o procedimento aumentaria a taxa de metabolismo respiratório e, conseqüentemente, a liberação deCO2 . 30) Alternativa: A 31) Alternativa: B 32) Alternativa: D 33) Alternativa: C 34) a) Os fungos são todos heterótrofos, saprófitos ou parasitas. No caso, os fungos são saprófitos alimentando- se de matéria orgânica presente no substrato. b) A forma mais comum de reprodução dos fungos é a produção de esporos, geralmente disseminados pelo vento. Os esporos são estruturas microscópicas e são dotados de paredes resistentes, permitindo a sua sobrevivência em qualquer ambiente. 35) Resposta: a) Mofo é um termo popular que designa genericamente alguns tipos de fungos. b) Porque alguns fungos produzem substâncias de ação antibiótica, que, portanto, impedem a proliferação de bactérias, evitando a ocorrência de algumas infecções de pele. 36) Alternativa: C 37) Alternativa: A 38) Alternativa: D 39) Alternativa: B 40) Alternativa: D 41) Alternativa: C 42) Alternativa: B 43) Alternativa: A