SlideShare uma empresa Scribd logo
1. (Unesp) Moradores dizem que há risco de queda de árvores
na zona norte.
(...) Um dos moradores reclama de duas árvores cheias de
cupim, que ficam em frente à sua casa: " - Quero ver quando
a árvore cair sobre um carro e matar alguém, o que a
prefeitura vai dizer."(...)
(Folha de S.Paulo, 12.01.2005.)
Embora se alimentem da madeira, os cupins são incapazes
de digerir a celulose, o que é feito por certos protozoários
que vivem em seu intestino.
Quais as relações ecológicas interespecíficas entre cupim-
árvore e cupim-protozoário?
O cupim é parasita da árvore, já o protozoário e o cupim
possuem uma relação mutualística.
2. (PUC-SP) No ciclo do carbono, quais os processos
metabólicos que ocorrem em 1 e 2 ?
O número 1 é a respiração e o 2 a fotossíntese.
3. (UFV-MG) Analise as seguintes afirmativas sobre as
relações interespecíficas existentes em uma comunidade
biológica:
I. A erva-de-passarinho é um vegetal que extrai água e sais
minerais de seu hospedeiro.
II. Espécies associadas trocam benefícios e não podem
viver independentemente dessa relação.
III. Os nichos ecológicos de espécies diferentes espécies se
sobrepõem.
Quais são as relações ecológicas de cada item?
I- parasitismo, II- mutualismo e III- Competição
Interespecífica.
4. (UFSCAR-SP) A seguir estão descritas algumas relações
entre seres vivos:
I- a rêmora acompanha o tubarão de perto e fica presa a ele
por uma ventosa. Ela aproveita os alimentos do tubarão e
também a sua locomoção, mas não prejudica e nem
beneficia o seu hospedeiro.
II- a alimentação predominante do cupim é a madeira, que
lhe fornece grande quantidade de celulose. Entretanto, ele
não possui capacidade digeri-la. Quem se responsabiliza
pela degradação da celulose é um protozoário que vive em
seu intestino, de onde não precisa sair para procurar
alimento.
III- as ervas-de-passarinho instalam-se sobre outras plantas,
retirando delas a seiva, que será utilizada para a
fotossíntese.
IV- nas caravelas existe uma união estreita de indivíduo,
cada um deles especializados em determinadas funções
como digestão, reprodução e defesa.
V- as orquídeas, vivendo sobre outras plantas, conseguem
melhores condições luminosas, mas nada retiram dos
tecidos internos destas plantas.
Essas relações referem-se, respectivamente?
I- Comensalismo, II- mutualismo, III- parasitismo, IV-
colônia e V- iniquilinismo.
5. Considere o seguinte diagrama:
A importância das bactérias desnitrificantes decorre
principalmente de sua ação em:
a) I b) II c) III d) IV e) V
6. O mexilhão dourado é originário da China e do sudeste da
Ásia. No Brasil, seu primeiro registro ocorreu em 1998, em
frente ao porto de Porto Alegre, provavelmente introduzido
por meio de água de lastro de navios. Esse molusco é capaz
de fixar-se em qualquer tipo de substrato submerso,
causando importantes danos ambientais e econômicos. Em
2004, o Ministério do Meio Ambiente iniciou campanha
nacional, com o objetivo de elaborar um plano de controle de
sua expansão.
Considere as afirmações a seguir, relacionadas à introdução
dessa espécie exótica.
I. Na ausência de resistência ambiental, observa-se um
crescimento exponencial da população de mexilhões.
II. A curva de crescimento da população de mexilhões
expressa-se na forma de um S (curva sigmóide).
III. Uma das consequências da introdução do mexilhão será
o aumento da biodiversidade nos ecossistemas brasileiros.
Quais estão corretas?
a) Apenas I. b) Apenas II. c) Apenas I e III.
d) Apenas II e III. e) I, II e III.
7. Um dos maiores problemas ambientais da atualidade é o
representado pelas espécies exóticas invasoras que são
aquelas que, quando introduzidas em um habitat fora de sua
área natural de distribuição, causam impacto negativo no
ambiente. Como exemplos de espécies invasoras no Brasil e
de alguns dos problemas que elas causam, podemos citar: o
verme âncora, que vive fixado sobre peixes nativos,
alimentando-se do sangue deles sem matá-los; o coral-sol,
que disputa espaço para crescer com a espécie nativa
(coral-cérebro), e o bagre-africano, que se alimenta de
invertebrados nativos. As relações ecológicas citadas acima
são classificadas, respectivamente, como:
a) mutualismo, amensalismo, canibalismo.
b) inquilinismo, mimetismo, comensalismo.
c) comensalismo, parasitismo, mutualismo.
d) parasitismo, competição interespecífica, predação.
e) parasitismo, competição intraespecífica, predação.
8. Considere uma cadeia alimentar constituída por fitoplâncton,
peixes herbívoros e peixes carnívoros. Qual das alternativas
indica corretamente o que acontece com as outras
populações imediatamente após redução drástica dos
peixes carnívoros?
Alternativa D
Lista de Exercícios – BIOLOGIA - 3º Ano
2º Bimestre - 2015
Prof. James Martins
9. Em uma comunidade, foram registradas as relações tróficas
abaixo.
Depois de algum tempo, verificou-se que a área foi invadida
por cobras que se alimentavam tanto de sapos como de
passarinhos. Em um primeiro momento, espera-se que
aconteça com o tamanho das populações consideradas o
seguinte:
Alternativa C
10. A tabela abaixo indica o que aconteceu com uma população
durante cinco anos seguidos:
O gráfico que representa a variação do número de
indivíduos dessa população é:
Alternativa E
11. No gráfico abaixo, está representada a variação no tamanho
das populações de três organismos, ao longo de um período
de tempo. As populações são de um herbívoro, da planta
que lhe serve de alimento e de seu predador. Em
determinado momento, a população de predadores começou
a declinar devido a uma doença, o que refletiu no tamanho
das duas outras populações.
a) Quais populações estão representadas pela linha II e pela
linha III?
b) O que provocou a mudança de trajetória da linha III no
tempo T2?
c) O que provocou a mudança de trajetória da linha II no
tempo T3?
d) O que provocou a mudança de trajetória da linha III no
tempo T4?
a) II –plantas que são alimento para os herbívoros; III-
população de animais herbívoros.
b) A redução da população de predadores, permitiu um
aumento populacional do grupo de presas.
c) Uma maior concentração de animais herbívoros
provoca redução da população de plantas.
d) Os esgotamento dos recursos pelo crescimento
exagerado da população de herbívoros. Esse fato
justifica o decaimento populacional do grupo de animais
herbívoros.
12. Analise a figura.
A figura mostra o processo de ocupação do solo em uma
área dos pampas gaúchos. Considerando a sucessão
ecológica, é correto afirmar que:
a) na fase 2 temos a sucessão secundária uma vez que, na
1, teve início a sucessão primária.
b) ocorre maior competição na fase 3 que na 4, uma vez que
capins e liquens habitam a mesma área.
c) após as fases representadas, ocorrerá um estágio
seguinte, com arbustos de pequeno porte e, depois, o
clímax, com árvores.
d) depois do estabelecimento da fase 4 surgirão os primeiros
animais, dando início à sucessão zoológica.
e) a comunidade atinge o clímax na fase 4, situação em que
a diversidade de organismos e a biomassa tendem a se
manter constantes.
13. As citações foram extraídas, a primeira, de uma propaganda
de TV de cunho ambientalista, e a segunda, de uma revista
de divulgação científica.
I. ―A floresta Amazônica deve ser preservada a qualquer
custo. Afinal ela é o verdadeiro pulmão do mundo‖.
II. ―Diante das demandas promissoras dos mercados de
carbono, algumas áreas de plantio na Amazônia têm sido
abandonadas para dar lugar a uma nova dinâmica de
recolonização nessas áreas. Considerando tais citações:
Pode se falar em erro conceitual, quando se faz referências
a florestas maduras como a Amazônia, como pulmão do
mundo? Justifique sua resposta.
Sim, pois numa floresta madura (clímax) como a
Floresta Amazônica a produtividade líquida é baixa, ou
seja, quase todo o oxigênio produzido pela vegetação
será consumido pela própria comunidade florestal.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Instalações de aves
Instalações de avesInstalações de aves
Instalações de aves
Layane Ribeiro Mascarenhas
 
Medicina de répteis
Medicina de répteisMedicina de répteis
Medicina de répteis
Marília Gomes
 
Culicideos
CulicideosCulicideos
Culicideos
Juliana Galhardo
 
Apresentacao tcc
Apresentacao tccApresentacao tcc
Apresentacao tcc
Thalita Maciel de Melo
 
Introdução a agronomia
Introdução a agronomiaIntrodução a agronomia
Introdução a agronomia
Jadson Belem de Moura
 
Fisiologia d ruminantes, goteira esofagica
Fisiologia d ruminantes, goteira esofagicaFisiologia d ruminantes, goteira esofagica
Fisiologia d ruminantes, goteira esofagica
Adriano Silva
 
Farmacologia antibioticos de uso frequente veterinaria
Farmacologia   antibioticos de uso frequente veterinariaFarmacologia   antibioticos de uso frequente veterinaria
Farmacologia antibioticos de uso frequente veterinaria
Juan Carlos Ordóñez Fernández
 
Aula - SNC - Anestésicos
Aula - SNC - AnestésicosAula - SNC - Anestésicos
Aula - SNC - Anestésicos
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
Questionário microbiologia
Questionário microbiologiaQuestionário microbiologia
Questionário microbiologia
Inês Santos
 
Apostila de farmacologia 1
Apostila de farmacologia 1Apostila de farmacologia 1
Apostila de farmacologia 1
Rayssa Mendonça
 
Vacinação Animal
Vacinação AnimalVacinação Animal
Vacinação Animal
Pedro Carvalho
 
Tratamento da dor crônica em cães e gatos: estamos fazendo certo?
Tratamento da dor crônica em cães e gatos: estamos fazendo certo?Tratamento da dor crônica em cães e gatos: estamos fazendo certo?
Tratamento da dor crônica em cães e gatos: estamos fazendo certo?
Instituto Qualittas de Pós Graduação
 
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animal
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animalIntrodução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animal
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animal
Marília Gomes
 
Fisiologia animal
Fisiologia animal Fisiologia animal
Fisiologia animal
Marília Gomes
 
EPMURAS - Seleção e Acasalamento Dirigido
EPMURAS - Seleção e Acasalamento DirigidoEPMURAS - Seleção e Acasalamento Dirigido
EPMURAS - Seleção e Acasalamento Dirigido
brasilcomz® - Zootecnia Tropical
 
Produção e Reprodução de Roedores e lagomorfos
Produção e Reprodução de Roedores e lagomorfosProdução e Reprodução de Roedores e lagomorfos
Produção e Reprodução de Roedores e lagomorfos
Evelyn Golin
 
Aula avaliação de animais para aquisição
Aula   avaliação de animais para aquisiçãoAula   avaliação de animais para aquisição
Aula avaliação de animais para aquisição
Cutrim Junior
 
Aves
AvesAves
Higiene e Profilaxia - Criação de Suínos
Higiene e Profilaxia - Criação de SuínosHigiene e Profilaxia - Criação de Suínos
Higiene e Profilaxia - Criação de Suínos
Lucas Maciel Gomes Olini
 
Mamíferos
MamíferosMamíferos
Mamíferos
Ubirajara Neves
 

Mais procurados (20)

Instalações de aves
Instalações de avesInstalações de aves
Instalações de aves
 
Medicina de répteis
Medicina de répteisMedicina de répteis
Medicina de répteis
 
Culicideos
CulicideosCulicideos
Culicideos
 
Apresentacao tcc
Apresentacao tccApresentacao tcc
Apresentacao tcc
 
Introdução a agronomia
Introdução a agronomiaIntrodução a agronomia
Introdução a agronomia
 
Fisiologia d ruminantes, goteira esofagica
Fisiologia d ruminantes, goteira esofagicaFisiologia d ruminantes, goteira esofagica
Fisiologia d ruminantes, goteira esofagica
 
Farmacologia antibioticos de uso frequente veterinaria
Farmacologia   antibioticos de uso frequente veterinariaFarmacologia   antibioticos de uso frequente veterinaria
Farmacologia antibioticos de uso frequente veterinaria
 
Aula - SNC - Anestésicos
Aula - SNC - AnestésicosAula - SNC - Anestésicos
Aula - SNC - Anestésicos
 
Questionário microbiologia
Questionário microbiologiaQuestionário microbiologia
Questionário microbiologia
 
Apostila de farmacologia 1
Apostila de farmacologia 1Apostila de farmacologia 1
Apostila de farmacologia 1
 
Vacinação Animal
Vacinação AnimalVacinação Animal
Vacinação Animal
 
Tratamento da dor crônica em cães e gatos: estamos fazendo certo?
Tratamento da dor crônica em cães e gatos: estamos fazendo certo?Tratamento da dor crônica em cães e gatos: estamos fazendo certo?
Tratamento da dor crônica em cães e gatos: estamos fazendo certo?
 
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animal
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animalIntrodução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animal
Introdução ao comportamento animal - etologia e bem-estar animal
 
Fisiologia animal
Fisiologia animal Fisiologia animal
Fisiologia animal
 
EPMURAS - Seleção e Acasalamento Dirigido
EPMURAS - Seleção e Acasalamento DirigidoEPMURAS - Seleção e Acasalamento Dirigido
EPMURAS - Seleção e Acasalamento Dirigido
 
Produção e Reprodução de Roedores e lagomorfos
Produção e Reprodução de Roedores e lagomorfosProdução e Reprodução de Roedores e lagomorfos
Produção e Reprodução de Roedores e lagomorfos
 
Aula avaliação de animais para aquisição
Aula   avaliação de animais para aquisiçãoAula   avaliação de animais para aquisição
Aula avaliação de animais para aquisição
 
Aves
AvesAves
Aves
 
Higiene e Profilaxia - Criação de Suínos
Higiene e Profilaxia - Criação de SuínosHigiene e Profilaxia - Criação de Suínos
Higiene e Profilaxia - Criação de Suínos
 
Mamíferos
MamíferosMamíferos
Mamíferos
 

Destaque

Gabarito caderno 6 - curso manhã
Gabarito caderno 6 - curso manhãGabarito caderno 6 - curso manhã
Gabarito caderno 6 - curso manhã
James Martins
 
Desafio biologia 4º bimestre - prof.james martins
Desafio biologia 4º bimestre - prof.james martinsDesafio biologia 4º bimestre - prof.james martins
Desafio biologia 4º bimestre - prof.james martins
James Martins
 
Lista de exercícios genetica I - 3º ano 2016 - profo james martins com gaba...
Lista de exercícios   genetica I - 3º ano 2016 - profo james martins com gaba...Lista de exercícios   genetica I - 3º ano 2016 - profo james martins com gaba...
Lista de exercícios genetica I - 3º ano 2016 - profo james martins com gaba...
James Martins
 
Lista de exercícios - bio frente 1 e 2 - 3º bim - profs james e giovana 201...
Lista de exercícios  -  bio frente 1 e 2 - 3º bim - profs james e giovana 201...Lista de exercícios  -  bio frente 1 e 2 - 3º bim - profs james e giovana 201...
Lista de exercícios - bio frente 1 e 2 - 3º bim - profs james e giovana 201...
James Martins
 
Lista de exercícios - Genética I - Profo James Martins
Lista de exercícios  - Genética I - Profo James MartinsLista de exercícios  - Genética I - Profo James Martins
Lista de exercícios - Genética I - Profo James Martins
James Martins
 
Lista biologia famema e famerp - com respostas
Lista biologia famema e famerp  - com respostasLista biologia famema e famerp  - com respostas
Lista biologia famema e famerp - com respostas
James Martins
 
Desafio biologia 4º bimestre prof.james martins - com respostas
Desafio biologia 4º bimestre  prof.james martins - com respostasDesafio biologia 4º bimestre  prof.james martins - com respostas
Desafio biologia 4º bimestre prof.james martins - com respostas
James Martins
 
Gabarito tarefa bio - frente 4 módulo 2 James
Gabarito tarefa bio - frente 4 módulo 2 JamesGabarito tarefa bio - frente 4 módulo 2 James
Gabarito tarefa bio - frente 4 módulo 2 James
James Martins
 
Lista de exercícios - GENÉTICA II 3º ano 2º bim 2016- prof.james martins
Lista de exercícios - GENÉTICA II  3º ano 2º bim 2016- prof.james martinsLista de exercícios - GENÉTICA II  3º ano 2º bim 2016- prof.james martins
Lista de exercícios - GENÉTICA II 3º ano 2º bim 2016- prof.james martins
James Martins
 
Lista biologia - famema e famerp
Lista biologia - famema e famerpLista biologia - famema e famerp
Lista biologia - famema e famerp
James Martins
 
Lista de exercícios bio com gabarito 2ºano 2ºbim - colégio domínius -profo james
Lista de exercícios bio com gabarito 2ºano 2ºbim - colégio domínius -profo jamesLista de exercícios bio com gabarito 2ºano 2ºbim - colégio domínius -profo james
Lista de exercícios bio com gabarito 2ºano 2ºbim - colégio domínius -profo james
James Martins
 
Lista de exercícios 3 - Bio frente 1 - 2º bim 2015 - Prof James Martins
Lista de exercícios 3 - Bio frente 1 - 2º bim 2015  - Prof James MartinsLista de exercícios 3 - Bio frente 1 - 2º bim 2015  - Prof James Martins
Lista de exercícios 3 - Bio frente 1 - 2º bim 2015 - Prof James Martins
James Martins
 
Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...
Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...
Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...
James Martins
 
Lista de exercícios - Bio frente 1 e 2 - 4º bim - Profo James e Vagner
Lista de exercícios  - Bio frente 1 e 2 - 4º bim - Profo James e VagnerLista de exercícios  - Bio frente 1 e 2 - 4º bim - Profo James e Vagner
Lista de exercícios - Bio frente 1 e 2 - 4º bim - Profo James e Vagner
James Martins
 
Lista de exercícios 2º ano - Biologia frente 1 e 2 - 3º bim - Profos JAMES e...
Lista de exercícios 2º ano - Biologia frente 1 e 2 - 3º bim - Profos  JAMES e...Lista de exercícios 2º ano - Biologia frente 1 e 2 - 3º bim - Profos  JAMES e...
Lista de exercícios 2º ano - Biologia frente 1 e 2 - 3º bim - Profos JAMES e...
James Martins
 
Gabarito - bio frente 1 - mód 17 e 18 - 2º ano
Gabarito - bio frente 1 - mód 17 e 18 - 2º anoGabarito - bio frente 1 - mód 17 e 18 - 2º ano
Gabarito - bio frente 1 - mód 17 e 18 - 2º ano
James Martins
 
Roteiro de R.O - 3ºbimestre/ Bio frente 1_James
Roteiro de R.O - 3ºbimestre/ Bio frente 1_JamesRoteiro de R.O - 3ºbimestre/ Bio frente 1_James
Roteiro de R.O - 3ºbimestre/ Bio frente 1_James
James Martins
 
Lista de exercícios - Biologia frente 1 e 2 - 2º bim - Profo James e Vagner
Lista de exercícios - Biologia frente 1 e 2 - 2º bim - Profo James e VagnerLista de exercícios - Biologia frente 1 e 2 - 2º bim - Profo James e Vagner
Lista de exercícios - Biologia frente 1 e 2 - 2º bim - Profo James e Vagner
James Martins
 
Notas 2º C e 2ºD BIOLOGIA - OBJETIVO AMERICANA
Notas 2º C e 2ºD BIOLOGIA - OBJETIVO AMERICANANotas 2º C e 2ºD BIOLOGIA - OBJETIVO AMERICANA
Notas 2º C e 2ºD BIOLOGIA - OBJETIVO AMERICANA
James Martins
 
Lista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagner
Lista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagnerLista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagner
Lista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagner
James Martins
 

Destaque (20)

Gabarito caderno 6 - curso manhã
Gabarito caderno 6 - curso manhãGabarito caderno 6 - curso manhã
Gabarito caderno 6 - curso manhã
 
Desafio biologia 4º bimestre - prof.james martins
Desafio biologia 4º bimestre - prof.james martinsDesafio biologia 4º bimestre - prof.james martins
Desafio biologia 4º bimestre - prof.james martins
 
Lista de exercícios genetica I - 3º ano 2016 - profo james martins com gaba...
Lista de exercícios   genetica I - 3º ano 2016 - profo james martins com gaba...Lista de exercícios   genetica I - 3º ano 2016 - profo james martins com gaba...
Lista de exercícios genetica I - 3º ano 2016 - profo james martins com gaba...
 
Lista de exercícios - bio frente 1 e 2 - 3º bim - profs james e giovana 201...
Lista de exercícios  -  bio frente 1 e 2 - 3º bim - profs james e giovana 201...Lista de exercícios  -  bio frente 1 e 2 - 3º bim - profs james e giovana 201...
Lista de exercícios - bio frente 1 e 2 - 3º bim - profs james e giovana 201...
 
Lista de exercícios - Genética I - Profo James Martins
Lista de exercícios  - Genética I - Profo James MartinsLista de exercícios  - Genética I - Profo James Martins
Lista de exercícios - Genética I - Profo James Martins
 
Lista biologia famema e famerp - com respostas
Lista biologia famema e famerp  - com respostasLista biologia famema e famerp  - com respostas
Lista biologia famema e famerp - com respostas
 
Desafio biologia 4º bimestre prof.james martins - com respostas
Desafio biologia 4º bimestre  prof.james martins - com respostasDesafio biologia 4º bimestre  prof.james martins - com respostas
Desafio biologia 4º bimestre prof.james martins - com respostas
 
Gabarito tarefa bio - frente 4 módulo 2 James
Gabarito tarefa bio - frente 4 módulo 2 JamesGabarito tarefa bio - frente 4 módulo 2 James
Gabarito tarefa bio - frente 4 módulo 2 James
 
Lista de exercícios - GENÉTICA II 3º ano 2º bim 2016- prof.james martins
Lista de exercícios - GENÉTICA II  3º ano 2º bim 2016- prof.james martinsLista de exercícios - GENÉTICA II  3º ano 2º bim 2016- prof.james martins
Lista de exercícios - GENÉTICA II 3º ano 2º bim 2016- prof.james martins
 
Lista biologia - famema e famerp
Lista biologia - famema e famerpLista biologia - famema e famerp
Lista biologia - famema e famerp
 
Lista de exercícios bio com gabarito 2ºano 2ºbim - colégio domínius -profo james
Lista de exercícios bio com gabarito 2ºano 2ºbim - colégio domínius -profo jamesLista de exercícios bio com gabarito 2ºano 2ºbim - colégio domínius -profo james
Lista de exercícios bio com gabarito 2ºano 2ºbim - colégio domínius -profo james
 
Lista de exercícios 3 - Bio frente 1 - 2º bim 2015 - Prof James Martins
Lista de exercícios 3 - Bio frente 1 - 2º bim 2015  - Prof James MartinsLista de exercícios 3 - Bio frente 1 - 2º bim 2015  - Prof James Martins
Lista de exercícios 3 - Bio frente 1 - 2º bim 2015 - Prof James Martins
 
Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...
Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...
Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...
 
Lista de exercícios - Bio frente 1 e 2 - 4º bim - Profo James e Vagner
Lista de exercícios  - Bio frente 1 e 2 - 4º bim - Profo James e VagnerLista de exercícios  - Bio frente 1 e 2 - 4º bim - Profo James e Vagner
Lista de exercícios - Bio frente 1 e 2 - 4º bim - Profo James e Vagner
 
Lista de exercícios 2º ano - Biologia frente 1 e 2 - 3º bim - Profos JAMES e...
Lista de exercícios 2º ano - Biologia frente 1 e 2 - 3º bim - Profos  JAMES e...Lista de exercícios 2º ano - Biologia frente 1 e 2 - 3º bim - Profos  JAMES e...
Lista de exercícios 2º ano - Biologia frente 1 e 2 - 3º bim - Profos JAMES e...
 
Gabarito - bio frente 1 - mód 17 e 18 - 2º ano
Gabarito - bio frente 1 - mód 17 e 18 - 2º anoGabarito - bio frente 1 - mód 17 e 18 - 2º ano
Gabarito - bio frente 1 - mód 17 e 18 - 2º ano
 
Roteiro de R.O - 3ºbimestre/ Bio frente 1_James
Roteiro de R.O - 3ºbimestre/ Bio frente 1_JamesRoteiro de R.O - 3ºbimestre/ Bio frente 1_James
Roteiro de R.O - 3ºbimestre/ Bio frente 1_James
 
Lista de exercícios - Biologia frente 1 e 2 - 2º bim - Profo James e Vagner
Lista de exercícios - Biologia frente 1 e 2 - 2º bim - Profo James e VagnerLista de exercícios - Biologia frente 1 e 2 - 2º bim - Profo James e Vagner
Lista de exercícios - Biologia frente 1 e 2 - 2º bim - Profo James e Vagner
 
Notas 2º C e 2ºD BIOLOGIA - OBJETIVO AMERICANA
Notas 2º C e 2ºD BIOLOGIA - OBJETIVO AMERICANANotas 2º C e 2ºD BIOLOGIA - OBJETIVO AMERICANA
Notas 2º C e 2ºD BIOLOGIA - OBJETIVO AMERICANA
 
Lista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagner
Lista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagnerLista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagner
Lista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagner
 

Semelhante a Lista de exercícios bio com gabarito 3ºano 2ºbim - colégio domínius -profo james

Relaçoes ecologica
Relaçoes ecologica Relaçoes ecologica
Relaçoes ecologica
ADÃO Graciano
 
9 ANO CINCIAS.pdf trabalho pronto para copiar
9 ANO CINCIAS.pdf trabalho pronto para copiar9 ANO CINCIAS.pdf trabalho pronto para copiar
9 ANO CINCIAS.pdf trabalho pronto para copiar
ssuserda7871
 
BIO UNO 550 páginas.pdf
BIO UNO 550 páginas.pdfBIO UNO 550 páginas.pdf
BIO UNO 550 páginas.pdf
ZeineSoares
 
1)Diversidade na Biosfera.pdf
1)Diversidade na Biosfera.pdf1)Diversidade na Biosfera.pdf
1)Diversidade na Biosfera.pdf
Carla Carrasco
 
38347187 relacoes-ecologicas-exercicios
38347187 relacoes-ecologicas-exercicios38347187 relacoes-ecologicas-exercicios
38347187 relacoes-ecologicas-exercicios
Lina Magalhaes
 
Relacoes ecologicas-exercicios
Relacoes ecologicas-exerciciosRelacoes ecologicas-exercicios
Relacoes ecologicas-exercicios
Rafaella Carvalho
 
Lista de exercícios Ecologia e Relações ecológicas
Lista de exercícios Ecologia e Relações ecológicas Lista de exercícios Ecologia e Relações ecológicas
Lista de exercícios Ecologia e Relações ecológicas
Carlos Priante
 
Atividades de-ecologia
Atividades de-ecologiaAtividades de-ecologia
Atividades de-ecologia
emersongoncalves
 
lista 3ª série - Ecologia.pdf
lista 3ª série -  Ecologia.pdflista 3ª série -  Ecologia.pdf
lista 3ª série - Ecologia.pdf
Isabela Brito
 
B1 diversidade na biosfera (exercícios)
B1   diversidade na biosfera (exercícios)B1   diversidade na biosfera (exercícios)
B1 diversidade na biosfera (exercícios)
Nuno Correia
 
Super revisão de biologia classe a (1)
Super revisão de biologia classe a (1)Super revisão de biologia classe a (1)
Super revisão de biologia classe a (1)
Sauro Bacelar Martins
 
Cadeia alimentar
Cadeia alimentarCadeia alimentar
Cadeia alimentar
Sara Luiza Vieira
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
Alessandra Tome
 
Teste cn 8ºano
Teste cn 8ºanoTeste cn 8ºano
Teste cn 8ºano
Deolinda Silva
 
Lista de exercícios X Fluxo de energia e Ciclo da matéria
Lista de exercícios X Fluxo de energia e Ciclo da matériaLista de exercícios X Fluxo de energia e Ciclo da matéria
Lista de exercícios X Fluxo de energia e Ciclo da matéria
Carlos Priante
 
Simulado saresp 6ºano
Simulado saresp 6ºanoSimulado saresp 6ºano
Simulado saresp 6ºano
Juliana Gomes
 
Prova bim1 1ano biologia
Prova bim1 1ano biologiaProva bim1 1ano biologia
Prova bim1 1ano biologia
Atividades Diversas Cláudia
 
Questoes de ciencias e introduçao a quimica e fisica
Questoes de ciencias e introduçao a quimica e fisicaQuestoes de ciencias e introduçao a quimica e fisica
Questoes de ciencias e introduçao a quimica e fisica
Atividades Diversas Cláudia
 
Banco de questões_ Fluxos de energia e de matéria nos ecossistemas.pdf
Banco de questões_ Fluxos de energia e de matéria nos ecossistemas.pdfBanco de questões_ Fluxos de energia e de matéria nos ecossistemas.pdf
Banco de questões_ Fluxos de energia e de matéria nos ecossistemas.pdf
IvoneSilva83
 
Revisao de biologia para o enem
Revisao de biologia para o enemRevisao de biologia para o enem
Revisao de biologia para o enem
Estude Mais
 

Semelhante a Lista de exercícios bio com gabarito 3ºano 2ºbim - colégio domínius -profo james (20)

Relaçoes ecologica
Relaçoes ecologica Relaçoes ecologica
Relaçoes ecologica
 
9 ANO CINCIAS.pdf trabalho pronto para copiar
9 ANO CINCIAS.pdf trabalho pronto para copiar9 ANO CINCIAS.pdf trabalho pronto para copiar
9 ANO CINCIAS.pdf trabalho pronto para copiar
 
BIO UNO 550 páginas.pdf
BIO UNO 550 páginas.pdfBIO UNO 550 páginas.pdf
BIO UNO 550 páginas.pdf
 
1)Diversidade na Biosfera.pdf
1)Diversidade na Biosfera.pdf1)Diversidade na Biosfera.pdf
1)Diversidade na Biosfera.pdf
 
38347187 relacoes-ecologicas-exercicios
38347187 relacoes-ecologicas-exercicios38347187 relacoes-ecologicas-exercicios
38347187 relacoes-ecologicas-exercicios
 
Relacoes ecologicas-exercicios
Relacoes ecologicas-exerciciosRelacoes ecologicas-exercicios
Relacoes ecologicas-exercicios
 
Lista de exercícios Ecologia e Relações ecológicas
Lista de exercícios Ecologia e Relações ecológicas Lista de exercícios Ecologia e Relações ecológicas
Lista de exercícios Ecologia e Relações ecológicas
 
Atividades de-ecologia
Atividades de-ecologiaAtividades de-ecologia
Atividades de-ecologia
 
lista 3ª série - Ecologia.pdf
lista 3ª série -  Ecologia.pdflista 3ª série -  Ecologia.pdf
lista 3ª série - Ecologia.pdf
 
B1 diversidade na biosfera (exercícios)
B1   diversidade na biosfera (exercícios)B1   diversidade na biosfera (exercícios)
B1 diversidade na biosfera (exercícios)
 
Super revisão de biologia classe a (1)
Super revisão de biologia classe a (1)Super revisão de biologia classe a (1)
Super revisão de biologia classe a (1)
 
Cadeia alimentar
Cadeia alimentarCadeia alimentar
Cadeia alimentar
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
Teste cn 8ºano
Teste cn 8ºanoTeste cn 8ºano
Teste cn 8ºano
 
Lista de exercícios X Fluxo de energia e Ciclo da matéria
Lista de exercícios X Fluxo de energia e Ciclo da matériaLista de exercícios X Fluxo de energia e Ciclo da matéria
Lista de exercícios X Fluxo de energia e Ciclo da matéria
 
Simulado saresp 6ºano
Simulado saresp 6ºanoSimulado saresp 6ºano
Simulado saresp 6ºano
 
Prova bim1 1ano biologia
Prova bim1 1ano biologiaProva bim1 1ano biologia
Prova bim1 1ano biologia
 
Questoes de ciencias e introduçao a quimica e fisica
Questoes de ciencias e introduçao a quimica e fisicaQuestoes de ciencias e introduçao a quimica e fisica
Questoes de ciencias e introduçao a quimica e fisica
 
Banco de questões_ Fluxos de energia e de matéria nos ecossistemas.pdf
Banco de questões_ Fluxos de energia e de matéria nos ecossistemas.pdfBanco de questões_ Fluxos de energia e de matéria nos ecossistemas.pdf
Banco de questões_ Fluxos de energia e de matéria nos ecossistemas.pdf
 
Revisao de biologia para o enem
Revisao de biologia para o enemRevisao de biologia para o enem
Revisao de biologia para o enem
 

Último

Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 

Lista de exercícios bio com gabarito 3ºano 2ºbim - colégio domínius -profo james

  • 1. 1. (Unesp) Moradores dizem que há risco de queda de árvores na zona norte. (...) Um dos moradores reclama de duas árvores cheias de cupim, que ficam em frente à sua casa: " - Quero ver quando a árvore cair sobre um carro e matar alguém, o que a prefeitura vai dizer."(...) (Folha de S.Paulo, 12.01.2005.) Embora se alimentem da madeira, os cupins são incapazes de digerir a celulose, o que é feito por certos protozoários que vivem em seu intestino. Quais as relações ecológicas interespecíficas entre cupim- árvore e cupim-protozoário? O cupim é parasita da árvore, já o protozoário e o cupim possuem uma relação mutualística. 2. (PUC-SP) No ciclo do carbono, quais os processos metabólicos que ocorrem em 1 e 2 ? O número 1 é a respiração e o 2 a fotossíntese. 3. (UFV-MG) Analise as seguintes afirmativas sobre as relações interespecíficas existentes em uma comunidade biológica: I. A erva-de-passarinho é um vegetal que extrai água e sais minerais de seu hospedeiro. II. Espécies associadas trocam benefícios e não podem viver independentemente dessa relação. III. Os nichos ecológicos de espécies diferentes espécies se sobrepõem. Quais são as relações ecológicas de cada item? I- parasitismo, II- mutualismo e III- Competição Interespecífica. 4. (UFSCAR-SP) A seguir estão descritas algumas relações entre seres vivos: I- a rêmora acompanha o tubarão de perto e fica presa a ele por uma ventosa. Ela aproveita os alimentos do tubarão e também a sua locomoção, mas não prejudica e nem beneficia o seu hospedeiro. II- a alimentação predominante do cupim é a madeira, que lhe fornece grande quantidade de celulose. Entretanto, ele não possui capacidade digeri-la. Quem se responsabiliza pela degradação da celulose é um protozoário que vive em seu intestino, de onde não precisa sair para procurar alimento. III- as ervas-de-passarinho instalam-se sobre outras plantas, retirando delas a seiva, que será utilizada para a fotossíntese. IV- nas caravelas existe uma união estreita de indivíduo, cada um deles especializados em determinadas funções como digestão, reprodução e defesa. V- as orquídeas, vivendo sobre outras plantas, conseguem melhores condições luminosas, mas nada retiram dos tecidos internos destas plantas. Essas relações referem-se, respectivamente? I- Comensalismo, II- mutualismo, III- parasitismo, IV- colônia e V- iniquilinismo. 5. Considere o seguinte diagrama: A importância das bactérias desnitrificantes decorre principalmente de sua ação em: a) I b) II c) III d) IV e) V 6. O mexilhão dourado é originário da China e do sudeste da Ásia. No Brasil, seu primeiro registro ocorreu em 1998, em frente ao porto de Porto Alegre, provavelmente introduzido por meio de água de lastro de navios. Esse molusco é capaz de fixar-se em qualquer tipo de substrato submerso, causando importantes danos ambientais e econômicos. Em 2004, o Ministério do Meio Ambiente iniciou campanha nacional, com o objetivo de elaborar um plano de controle de sua expansão. Considere as afirmações a seguir, relacionadas à introdução dessa espécie exótica. I. Na ausência de resistência ambiental, observa-se um crescimento exponencial da população de mexilhões. II. A curva de crescimento da população de mexilhões expressa-se na forma de um S (curva sigmóide). III. Uma das consequências da introdução do mexilhão será o aumento da biodiversidade nos ecossistemas brasileiros. Quais estão corretas? a) Apenas I. b) Apenas II. c) Apenas I e III. d) Apenas II e III. e) I, II e III. 7. Um dos maiores problemas ambientais da atualidade é o representado pelas espécies exóticas invasoras que são aquelas que, quando introduzidas em um habitat fora de sua área natural de distribuição, causam impacto negativo no ambiente. Como exemplos de espécies invasoras no Brasil e de alguns dos problemas que elas causam, podemos citar: o verme âncora, que vive fixado sobre peixes nativos, alimentando-se do sangue deles sem matá-los; o coral-sol, que disputa espaço para crescer com a espécie nativa (coral-cérebro), e o bagre-africano, que se alimenta de invertebrados nativos. As relações ecológicas citadas acima são classificadas, respectivamente, como: a) mutualismo, amensalismo, canibalismo. b) inquilinismo, mimetismo, comensalismo. c) comensalismo, parasitismo, mutualismo. d) parasitismo, competição interespecífica, predação. e) parasitismo, competição intraespecífica, predação. 8. Considere uma cadeia alimentar constituída por fitoplâncton, peixes herbívoros e peixes carnívoros. Qual das alternativas indica corretamente o que acontece com as outras populações imediatamente após redução drástica dos peixes carnívoros? Alternativa D Lista de Exercícios – BIOLOGIA - 3º Ano 2º Bimestre - 2015 Prof. James Martins
  • 2. 9. Em uma comunidade, foram registradas as relações tróficas abaixo. Depois de algum tempo, verificou-se que a área foi invadida por cobras que se alimentavam tanto de sapos como de passarinhos. Em um primeiro momento, espera-se que aconteça com o tamanho das populações consideradas o seguinte: Alternativa C 10. A tabela abaixo indica o que aconteceu com uma população durante cinco anos seguidos: O gráfico que representa a variação do número de indivíduos dessa população é: Alternativa E 11. No gráfico abaixo, está representada a variação no tamanho das populações de três organismos, ao longo de um período de tempo. As populações são de um herbívoro, da planta que lhe serve de alimento e de seu predador. Em determinado momento, a população de predadores começou a declinar devido a uma doença, o que refletiu no tamanho das duas outras populações. a) Quais populações estão representadas pela linha II e pela linha III? b) O que provocou a mudança de trajetória da linha III no tempo T2? c) O que provocou a mudança de trajetória da linha II no tempo T3? d) O que provocou a mudança de trajetória da linha III no tempo T4? a) II –plantas que são alimento para os herbívoros; III- população de animais herbívoros. b) A redução da população de predadores, permitiu um aumento populacional do grupo de presas. c) Uma maior concentração de animais herbívoros provoca redução da população de plantas. d) Os esgotamento dos recursos pelo crescimento exagerado da população de herbívoros. Esse fato justifica o decaimento populacional do grupo de animais herbívoros. 12. Analise a figura. A figura mostra o processo de ocupação do solo em uma área dos pampas gaúchos. Considerando a sucessão ecológica, é correto afirmar que: a) na fase 2 temos a sucessão secundária uma vez que, na 1, teve início a sucessão primária. b) ocorre maior competição na fase 3 que na 4, uma vez que capins e liquens habitam a mesma área. c) após as fases representadas, ocorrerá um estágio seguinte, com arbustos de pequeno porte e, depois, o clímax, com árvores. d) depois do estabelecimento da fase 4 surgirão os primeiros animais, dando início à sucessão zoológica. e) a comunidade atinge o clímax na fase 4, situação em que a diversidade de organismos e a biomassa tendem a se manter constantes. 13. As citações foram extraídas, a primeira, de uma propaganda de TV de cunho ambientalista, e a segunda, de uma revista de divulgação científica. I. ―A floresta Amazônica deve ser preservada a qualquer custo. Afinal ela é o verdadeiro pulmão do mundo‖. II. ―Diante das demandas promissoras dos mercados de carbono, algumas áreas de plantio na Amazônia têm sido abandonadas para dar lugar a uma nova dinâmica de recolonização nessas áreas. Considerando tais citações: Pode se falar em erro conceitual, quando se faz referências a florestas maduras como a Amazônia, como pulmão do mundo? Justifique sua resposta. Sim, pois numa floresta madura (clímax) como a Floresta Amazônica a produtividade líquida é baixa, ou seja, quase todo o oxigênio produzido pela vegetação será consumido pela própria comunidade florestal.