Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?

2.190 visualizações

Publicada em

Este trabalho são os slides de uma palestra do "Grupo de Palestras do Centro Espírita Jesus" de Salto- SP. Este grupo é formado por pessoas, que resolveram se reunir, estudar e humildemente tentar expor e divulgar temas de interesse da sociedade e, através da visão da doutrina espírita, poder colaborar com seu estudo.
Temos como intuito, mostrar de uma maneira clara e objetiva o quanto essa doutrina esclarece e conforta corações e almas.
Respeitamos todos os tipos de religiões, filosofias e opiniões e não temos nenhuma intenção em afrontar nenhuma outra crença.
O tema é apresentado sob um olhar científico e com seus consequentes efeitos espirituais.
Outras palestras podem ser visualizadas no you tube (http://www.youtube.com/channel/UCYYoSnFIJJ5VOSoTE8J6IcA)

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.190
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
124
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?

  1. 1. Depressão: Doença física ou espiritual? Andréa Suster
  2. 2. Ciclo de Palestras CEJ Centro Espírita Jesus- Salto/SP Outros temas: – Desencarnes Coletivos – Transição Planetária: de Capela à Nibiru – Drogas- Uma Visão Espírita – Adoção: Um ato de suprema caridade ou necessidade? – Sexualidade na visão espírita – Eutanásia e Aborto na Visão Espírita – Clonagem de Órgãos – Mal de Alzheimer: Uma Doença Física ou Espiritual?
  3. 3. Definição Tristeza profunda e prolongada. O dicionário Aurélio define como estado moral de abatimento e tristeza.
  4. 4. Diferença entre Depressão e Tristeza Tristeza: é um fenômeno de causas externas, portanto ela ocorre, por assim dizer, de fora para dentro. Depressão: consiste em um fenômeno interno, ocorre sem a influência de qualquer Cora Rónai De acordo com Dr.Luiz Alberto Py médico psiquiatra e psicanalista:
  5. 5. Hoje, segundo um estudo epidemiológico publicado na revista especializada BMC Medicine, 121 milhões de pessoas estão deprimidas. Para se ter uma ideia, é um número quase quatro vezes maior do que o de portadores de HIV/Aids (33 milhões). Depressão no Mundo
  6. 6. De acordo com a OMS, nos próximos 20 anos a depressão deve se tornar a doença mais comum do mundo, afetando mais pessoas que qualquer outro problema de saúde, incluindo câncer e doenças cardíacas. Depressão no Mundo
  7. 7. 2° Emannuel Até +/- 2057 estaremos vivendo em um Mundo de Regeneração. Estamos sendo chamados para o despertar de todas as maneiras.
  8. 8. Depressão no Brasil País do Futebol País do Carnaval
  9. 9. 2° a OMS, proporcionalmente, o BRASIL é o país com MAIS CASOS NO MUNDO! A doença vem crescendo nos últimos anos e já atinge 10,8% da população brasileira. Depressão no Brasil
  10. 10. Quem pode sofrer de depressão? Qualquer pessoa, em qualquer idade, porém as mulheres adultas e maduras têm duas vezes mais chances de desenvolver a doença.
  11. 11. 1. Estudiosos lembram que as mulheres têm tendência de remoer sentimentos. 2. Sobrecarga trabalho x família. 3. Problemas hormonais. 4. Maus-tratos e/ou abusos. 5. Carência afetiva. 6. Perfeccionismo. 7. Competição. 8. Excesso de consumismo. Por que?
  12. 12. Perfil do Depressivo: Aparência triste e abatida. Movimentos mais lentos. Pouca conversa, tom de voz baixo. Pessoa passa muitas horas do dia sentada ou deitada. Desinteresse em todas ou quase todas as atividades quase todos os dias. Irritação constante ou permanente.
  13. 13. Perfil do Depressivo: Sem capacidade de recuperar sozinho as atividades normais. Insônia ou Hipersônia quase todos os dias. Fadiga e perda de energia. Sentimentos de culpa e auto-estima baixa. Diminuição da capacidade de pensar e se concentrar.
  14. 14. Corpo Físico x Perispírito Os excessos realizados por nós deixam marcas no corpo físico e no corpo espiritual (perispírito), as quais, muitas vezes, carregamos por várias encarnações.
  15. 15. Causas Orgânicas x Perispírito Os depressivos têm um organismo físico diferente, onde o perispírito talvez tenha ativado em nossos genes informações para desenvolvermos essa doença devido a ações do passado.
  16. 16. Muitas causas de depressão têm suas origens nas culpas. Na falta de perdão. No apego ao passado. Obsessão espiritual. Algumas doenças como: anemia, hipotireoidismo, falta de vitamina B12, entre outras, também podem causar depressão. Outras Causas
  17. 17. Tratamento Depressão é uma doença física e espiritual, portanto deve ser tratada com: 1. Medicação (sob orientação médica). 2. Psicoterapia. 3. Tratamento espiritual. 4. Estudo. 5. Trabalho no bem (caridade).
  18. 18. Tratamento Se você não quer sua vida, dê ela a quem precisa, se dedicando ao bem. (Nazareno Feitosa)
  19. 19. Q. 642- Livro dos Espíritos Não basta o homem não fazer o mal. A omissão ao bem é corresponsabilidade com o mal. Trabalhar em favor do semelhante é essencial para conquistarmos a virtude da felicidade.
  20. 20. Tratamento REFORMA ÍNTIMA
  21. 21. “ Conhece-te a ti mesmo” (Sócrates) Autoconhecimento muito auxilia a buscar o que nos faz feliz. Nos faz enxergar a responsabilidade sobre nossos fracassos e frustrações. Papel de vítima é terrível. Nos faz estacionar e alimentar tristezas.
  22. 22. Minha infelicidade não é resultado do que as pessoas fizeram pra mim, mas sim o que eu fiz com o que as pessoas fizeram pra mim. Raul Teixeira: Na Terra existem injustos sim, porém não existem injustiçados.
  23. 23. Depressão e Obsessão Só existe obsessão porque existe um obsediado que abre sintonia a seus obsessores, através de seus pensamentos e ações.
  24. 24. A maneira mais eficaz de afastar os obsessores é a prática do bem. Através dessa prática atraímos a presença dos bons espíritos. Colocar a culpa em Deus e nos obsessores não resolve nossos problemas. Estamos aqui para vencer nossas más inclinações. Resignação Ativa
  25. 25. 2° Nazareno Feitosa, os obsessores são nossos personal trainers; eles que nos “convidam”para a casa espírita. Obsessores são instrumentos para a nossa elevação. Normalmente os depressivos têm muita sensibilidade mediúnica. Obsessores
  26. 26. A dor é reparadora e educadora. Muitas vezes a doença já é o nosso tratamento. O espírito precisa desenvolver a capacidade de amar, ter paciência, tolerar, ter coragem e fé. É nas quedas que o rio ganha forças! Quanto mais nos esforçarmos, mais receberemos ajuda dos bons espíritos
  27. 27. Por que sofremos? 1. Somos espíritos imperfeitos. Vivemos em um planeta de Provas e Expiações. 2. Se não encontrarmos nesta vida, razões para o nosso sofrimento, com certeza a razão está em existências anteriores. 3. O sofrimento depende do nosso nível de consciência. A medida que evoluímos lidamos melhor com nossas dores e dificuldades. 4. Rancor, orgulho, falta de perdão, apego e egoísmo são grandes
  28. 28. Joana de Angelis “ As flores despertam e florescem com o Sol, mas as pedras só despertam com a dinamite”
  29. 29. E a felicidade? O que você faz pra ser feliz?
  30. 30. Felicidade A essência de Deus está dentro de nós, portanto a felicidade está em nosso interior. O sofrimento pode ter causas exteriores, mas a capacidade de superação é interior. A felicidade se prende a perfeição. Conforme vamos evoluindo conseguimos ser cada vez mais felizes. É impossível, em uma única vida,
  31. 31. Felicidade A consciência tranquila e a fé no futuro são essenciais para sermos felizes. O outro não pode nos fazer feliz. A conquista das virtude é individual. Passar por dificuldades não nos impede de ser feliz. Bom humor nos conecta com forças positivas.
  32. 32. Buscando a Felicidade 1. Mantenha-se conectado com Deus. 2. Tenha coerência do que se pensa e o que se faz. 3. Faça grandemente cada pequena coisa do dia a dia, SEMPRE. Estar presente de corpo e alma em toda atividade que fizermos.
  33. 33. Buscando a Felicidade 4. Indulgência com as imperfeições alheias. 5. Fixar-se no presente, traçando metas a curto, médio e longo prazo e trabalhar para conquistá-las. 6. Aceitar-se, conhecer-se e corrigir-se.
  34. 34. Referências 1.Diversas palestras: nazarenofeitosa.blogspot.com 2. Livro: Depressão: causas, conseqüências e tratamento. Autor: Izaias Claro
  35. 35. Obrigada dea.suster@uol.com.br

×