SlideShare uma empresa Scribd logo
e LIBERTAÇÃO APEGO Organização:   Fatima Araujo de Carvalho  EMAIL: ofir7perola@gmail.com  CEJEN – Centro Espírita Jesus de Nazaré – S. José Campos  Semana Kardeciana – Abril 2006
POR  QUE,  DIANTE  DO  COSMO  ABUNDANTE  E  GENEROSO , O  SER  HUMANO  SE  EXPRESSA COM  MESQUINHEZ  E  AVAREZA   PREOCUPADO  COM  A  POSSE  EFÊMERA? Joanna de Ângelis – Mensagem  A  Avareza
PORQUE  LHE PARECE GARANTIR A  PERENIDADE  DA  VIDA  E A  SEGURANÇA  EXISTENCIAL Joanna de Ângelis – Mensagem  A  Avareza -
FALSA  CONDUTA  SOCIAL  DE  ACUMULAR PARA DETER:  REMANESCENTE DO  INSTINTO  PRIMÁRIO Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza
INSTINTO  PRIMÁRIO: RETENÇÃO  DA  PRESA PARA  O  REPASTO  FUTURO Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza
INSTINTO  PRIMÁRIO: IGNORÂNCIA NÃO PERMITIA  DAR-SE CONTA DA VARIEDADE  DE RECURSOS EM TORNO PARA PRESERVAÇÃO  DA VIDA Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza
INSTINTO  PRIMÁRIO: FORÇA ANCESTRAL  RESPONSÁVEL PELOS CONFLITOS SOCIAIS E  ECONÔMICOS, POLÍTICOS E PSICOLÓGICOS . Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza
INSTINTO  PRIMÁRIO:   ARRASTA  MULTIDÕES  AO DESESPERO ESCRAVIZA  SENTIMENTOS E  ASPIRAÇÃO  PELA  POSSE Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza
HERANÇA  PATRIARCAL: TUDO A SUA VOLTA É SUA PROPRIEDADE (família, amigos, objetos são sempre seus) Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza
PASSAGENS  EVANGÉLICAS  SOBRE  O  APEGO AOS  BENS  MATERIAIS Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza
LITÍGIO ENTRE 2 IRMÃOS – HERANÇA  “ Ó homem, quem me designou para vos julgar,  ou fazer as vossas partilhas ?” Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza
Após breve reflexão,  Jesus acrescenta: Tende o cuidado de preservar-vos  de toda avareza, porquanto, seja qual for a  abundância em que o homem se encontre,  sua vida  não depende dos bens  que possui  Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza
E  para que ficasse  inolvidável a lição  narra a PARÁBOLA  do homem RICO  dono  DE  TERRAS Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza
PARÁBOLA  DO RICO  DONO  DE  TERRAS Cuidava de ampliar a fortuna até o excesso. Quando não tinha mais onde armazenar os haveres propôs-se a dormir  e  a gozar,  a desfrutar de todos os bens à exaustão... Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza
...  esquecido de que,  naquela noite,  o  Senhor Da Vida   lhe tomaria a alma. Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza
Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza O transcurso de uma existência corporal  é sempre de rápida expressão de tempo e lugar,   porquanto o carro orgânico passa com muita velocidade,  quando se considera a dimensão do futuro e  intemporalidade do presente
MISSÃO  INTELIGENTE  DO  HOMEM  NA  TERRA PROMOVER  O PRÓPRIO PROGRESSO  COM  O PROGRESSO GERAL Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza
FIM  PROVIDENCIAL  DA  RIQUEZA ESTIMULA  : CRIATIVIDADE  COM  FINS  NOBRES DIGNIFICAÇÃO  ESPIRITUAL Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza
DIGNIFICAÇÃO  ESPIRITUAL Postura do Amor: Multiplica em obras  que favoreçam a todos os seres  com oportunidades de desenvolvimento  dos valores internos Joanna de Ângelis – Mensagem  - A  Avareza FIM  PROVIDENCIAL  DA  RIQUEZA
Joanna de Ângelis – Mensagem  A  Avareza -   DIGNIFICAÇÃO  ESPIRITUAL Faculta ao necessitado,  conquistar com dignidade, o pão e o lar,  a educação e a saúde, por meio  do próprio esforço que investe no trabalho honrado,  que lhe é oferecido pelo possuidor de riquezas CARIDADE :  NOVAS CARACTERÍSTICAS
Joanna de Ângelis – Mensagem  A  Avareza -   DIGNIFICAÇÃO  ESPIRITUAL Aplicação da sã virtude da caridade: 1) Auto-enriquecimento do  Administrador  2) Deixa de amealhar nos cofres da usura e avareza 3) Exerce a ação de enriquecimento geral 4) Recebe bênçãos dos beneficiários CARIDADE :  NOVAS CARACTERÍSTICAS
Joanna de Ângelis – Mensagem  A  Avareza  Postura do Amor: Multiplica em obras que favoreçam a todos os seres com oportunidades de desenvolvimento dos valores internos TESOUROS MAIS PRECIOSOS Amparo na instrução, na educação,  na libertação dos vícios,  em razão do amparo no campo da saúde e do trabalho,  propiciando felicidade em toda parte DIGNIFICAÇÃO  ESPIRITUAL CARIDADE :  NOVAS CARACTERÍSTICAS
... BOA  NOVA ... ( POSTURA RELEVANTE  SOBRE  A RIQUEZA )   Joanna de Ângelis – Mensagem  A  Avareza
VERDADEIRAMENTE RICOS: NÃO SÃO OS POSSUIDORES  DE COISAS E VOLUMES DA AMBIÇÃO Joanna de Ângelis – Mensagem  A  Avareza
VERDADEIRAMENTE RICOS:  AQUELES QUE SE FIZERAM   POBRES   DO ESPÍRITO DE AVAREZA ,  DE PAIXÕES INFERIORES ,  DE ANGÚSTIAS Joanna de Ângelis – Mensagem  A  Avareza
ENRIQUECENDO-SE NO  REINO DOS CÉUS QUE SE INICIA NA TERRA,   COM OS DONS  DA RENÚNCIA,  DA ABNEGAÇÃO, DO AMOR  QUE SE ENGRANDECE  ATÉ A POSTURA DA CARIDADE Joanna de Ângelis – Mensagem  A  Avareza
Codificação Kardec -  Espiritismo: queiramos ou não  somos meros usufrutuários  dos bens terrenos  que herdamos ou conquistamos
ORIENTAÇÃO ESPÍRITA  sobre O DESPRENDIMENTO DOS BENS TERRENOS Se todos nos colocássemos  como usufrutuários dos bens materiais,  teríamos uma vida mais tranqüila,  e não invejaríamos a riqueza do próximo.  Cada ser humano está colocado  no devido lugar  e circunstância  para a sua evolução espiritual.
EDUCAÇÃO  HEDONISTA: 1-  RECURSOS PARA TRIUNFAR SEMPRE 2 -ATIVIDADES RENDOSAS 3 -EMPREENDIMENTOS LUCRATIVOS 4 -PODER E DESTAQUE NA COMUNIDADE CAMPEONATO  DE  INSENSATEZ
DESCONHECIMENTO DO PRETÉRITO VIOLENTAM OS OBJETIVOS DO RENASCIMENTO IMPONDO  PELA CULTURA  E COMPORTAMENTO PROGRAMADO,  A CONQUISTA DE BENS  DE VALORES ILUSÓRIOS PARA PREENCHER  NECESSIDADES DO MOMENTO.
IMPOSITIVOS DA MODA: ESTABELECIMENTO DE PADRÃO  DE BELEZA FÍSICA NA APARÊNCIA, NA FORÇA,  ARRASTANDO MULTIDÕES IMATURAS  PARA TRANSTORNOS NEURÓTICOS  (ANOREXIA, BULIMIA, DEPRESSÃO,  FUGA PARA AS DROGAS) SEM RESPEITO  AO HISTÓRICO DO SER VALORIZAÇÃO  DA  AMBIÇÃO  DESMEDIDA:
VALORIZAÇÃO  DA  AMBIÇÃO  DESMEDIDA : MANTER A  JUVENTUDE  MEDIANTE  IMPLANTES, CIRURGIAS,  HORMÔNIOS  E  MÉTODOS  BIZARROS OBJETIVOS NÃO ALCANÇADOS: A  VIDA  SE  TRANSFORMA  EM  ALGOZ IMPIEDOSO   EXIGINDO MAIS MALHAÇÃO,  MAIS ALIMENTAÇÃO ESPECÍFICA,   MAIS TORMENTO ÍNTIMO
TRABALHA EM FAVOR DA MUDANÇA DAS AMBIÇÕES DESMEDIDAS  PARA A CONQUISTA DO NECESSÁRIO,  DAQUILO QUE PRODUZ PODER E PRAZER,  MAS QUE NÃO SE TRANSFORMA EM GOZO NEUROTIZANTE DE FUNESTAS CONSEQÜÊNCIAS IDENTIFICAÇÃO  RELIGIOSA  DO  INDIVÍDUO  :  descobre o sentido da vida:
POUCOS AQUINHOADOS  APEGAM-SE DE TAL FORMA AOS BENS  QUE PENSAM POSSUIR  QUE TERMINAM SENDO POR ELES POSSUÍDOS  EM TORMENTOSOS DRAMAS EMOCIONAIS NO  JOGO DOS INTERESSES SOCIAIS NEM SEMPRE A POSSE É RESPONSÁVEL  PELO SIGNIFICADO QUE CONDUZ À FELICIDADE
Desapego dos bens terrenos: Pessoas  e  coisas
Desapego dos bens terrenos: Pessoas  e  coisas
DESAPEGO : não é dar tudo o que temos,  mas saber ter sem se prender ao que se tem .
DESAPEGO:   É estar no mundo  sem ser do mundo,   estar pronto  para perder tudo o que temos  sem nos inquietarmos com isso.
Quem tudo faz  sem apego ao resultado dos seus atos, faz tudo no espírito de Deus, e,  como a flor de lótus, incontaminada pelo lago em que vive, permanece isento do mal   A Sabedoria do Desapego BHAGAVAD GITA  :  texto religioso Hindu  que faz parte da Epopéia Mahâbhârata - compilada na forma atual entre os séculos 5 e 1 a.C. Apego à vaidade, ao ego
O sábio que,  em corpo terrestre,  se libertou do egoísmo,  habita, mesmo quando age,  no céu da sua paz;  não tem desejos, nem induz outros a terem desejos.   A Sabedoria do Desapego BHAGAVAD GITA  :  texto religioso Hindu  que faz parte da Epopéia Mahâbhârata - compilada na forma atual entre os séculos 5 e 1 a.C.
As mensagens que os espíritos  nos enviam  são como portos de abrigo,
bússolas que nos apontam  o rumo,  chamando- nos   a uma mudança imediata de comportamento  mental e moral.
Esta noite mesmo  tomar-te-ão a alma... Que sentido terá  tudo quanto foi ou não armazenado,  senão quando aplicado com elevação e sabedoria? Lucas – cap. XII - v. 20
Pois  que aproveitará o homem  se ganhar  o mundo inteiro  e perder a sua alma?  (Mateus - 16.26)
ESFORÇO  DE  LIBERTAÇÃO
Esforço : vencer a distância  entre a atual situação e como deverá estar mais adiante MAIS DESPRENDIDA,  MENOS  APEGADA  ÀS  COISAS
Substitui, mediante  as informações libertadoras  do Espiritismo os velhos hábitos, um a um adotando novo  comportamento mental,   e depois, vivencial, a fim de que  a renovação  se te faça  contínua,  incessante. Mensagem:  Necessário despertar Da obra:  Momentos Enriquecedores
DESAPEGO  BENS  MATERIAIS "Não a junteis para vós tesouros na terra,  onde a traça e a ferrugem os consomem,  e onde os ladrões penetram e roubam..."  (Mateus: 6-19.)
VERDADEIRA  RIQUEZA TESOUROS AMOEDADOS E ACUMULADOS  EM ARCAS OU BANCOS
APEGO  BENS  MATERIAIS DESTAQUE: POLÍTICO OU SOCIAL RELIGIOSO OU ARTÍSTICO CIENTÍFICO OU CULTURAL ESTÉTICO OU AFETIVO
RESPONDE POR VERDADEIROS DESASTRES INTERIORES, QUE SE APRESENTAM COMO DEPRESSÕES, AGRESSIVIDADE, VIOLÊNCIA, LUTAS CONTÍNUAS, HOMICÍDIOS  E SUICÍDIOS LAMENTÁVEIS
PROPOSTA ESPÍRITA:
O desapego às questões  transitórias significa um passo na realidade espiritual Joanna de Ângelis
A maior vítima do ressentimento é quem carrega esse  entrave Joanna de Ângelis
Desidentificar-se com tudo o que signifique ENTRAVE Joanna de Ângelis
VERDADEIRA  RIQUEZA BENS DE ORDEM: EMOCIONAL ESPIRITUAL MORAL  SOCIAL
VERDADEIRA  RIQUEZA INTELIGÊNCIA: SABER ADMINISTRAR A EXISTÊNCIA CORPORAL
VERDADEIRA  RIQUEZA MEMÓRIA: SE  ENCARREGA DE ARQUIVAR  AS EXPERIÊNCIAS, AS TENDÊNCIAS PARA O BEM, O BOM, O BELO, O ETERNO.
VERDADEIROS TESOUROS VALIOSOS EMPREENDIMENTOS SALVADORES DE VIDA, COMO: A INSTRUÇÃO,  A EDUCAÇÃO, A LIBERTAÇÃO DOS VÍCIOS EM RAZÃO DO  AMPARO NO CAMPO  DA SAÚDE E DO TRABALHO,  PROPICIANDO FELICIDADE EM TODA PARTE
Emotividade desregrada Posse afetuosa: Pessoas  Objetos Animais  Imposições da mídia LIBERTAÇÃO Mensagem: Convite ao desprendimento
Inicia tua experiência de  despojamento, abrindo mão de disputas inúteis,  muitas vezes mesquinhas, que arrastam multidões a incessantes  disparates LIBERTAÇÃO Mensagem: Apego e Libertação
Revisa armários e depósitos,  Onde acumulas tudo quanto  não te serve no momento,  passando a outros que têm necessidades imediatas LIBERTAÇÃO Mensagem: Apego e Libertação
Roupas, calçados  e objetos acumulados, além de  tomarem precioso espaço, amontoam poeira e perdem-se no turbilhão do esquecimento. LIBERTAÇÃO Mensagem: Apego e Libertação
Muita coisa que parece importante  somente em decorrência do apego,  transformam-nos em escravos espontâneos. LIBERTAÇÃO Mensagem: Apego e Libertação
Iludem-se os que pensam  que poderão ser, um dia,  aproveitadas até dar-se conta da ilusão. LIBERTAÇÃO Mensagem: Apego e Libertação
Oferece imediatamente os medicamentos que irão perder a validade, mas que permanecem nos móveis esperando a chegada da enfermidade, quando existem pessoas necessitando agora sem possuir recursos para adquirir LIBERTAÇÃO Mensagem: Apego e Libertação
Não vos afadigueis pela posse do ouro
Olhai para as aves do céu,  que nem semeiam,  nem segam,  nem ajuntam em celeiros;  e vosso Pai celestial as alimenta.  Não tendes vós  muito mais valor do que elas? Mateus 6.26
APEGO:  aprisiona
L I B E R T A DESAPEGO:
Vigilância na prática dos atos morais MUITA  PAZ

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Bons Espíritas
Bons EspíritasBons Espíritas
Bons Espíritas
Izabel Cristina Fonseca
 
Cuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do EspíritoCuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do Espírito
CEENA_SS
 
Aula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – liliAula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – lili
Roseli Lemes
 
Lei de causa e efeito
Lei de causa e efeitoLei de causa e efeito
Lei de causa e efeito
Ronaldo Pereira Rodrigues
 
Reencarnação
ReencarnaçãoReencarnação
Reencarnação
paikachambi
 
A verdadeira propriedade
A verdadeira propriedadeA verdadeira propriedade
A verdadeira propriedade
Abelardo Fontanari
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
Graça Maciel
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
Lisete B.
 
Evangeliza - O dever
Evangeliza - O deverEvangeliza - O dever
Evangeliza - O dever
Antonino Silva
 
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Izabel Cristina Fonseca
 
Ingratidão por benefícios prestados
Ingratidão por benefícios prestadosIngratidão por benefícios prestados
Ingratidão por benefícios prestados
Graça Maciel
 
Orgulho e humildade
Orgulho e humildadeOrgulho e humildade
Orgulho e humildade
Fatoze
 
Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13
Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13
Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13
Patricia Farias
 
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITAAUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Visão espírita da atualidade
Visão espírita da atualidadeVisão espírita da atualidade
Visão espírita da atualidade
Izabel Cristina Fonseca
 
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetasPalestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Tiburcio Santos
 
Infortúnios ocultos
Infortúnios ocultosInfortúnios ocultos
Infortúnios ocultos
Nertan Jucá
 
TOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
TOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITATOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
TOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Falsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da ErraticidadeFalsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da Erraticidade
igmateus
 
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaO PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
Jorge Luiz dos Santos
 

Mais procurados (20)

Bons Espíritas
Bons EspíritasBons Espíritas
Bons Espíritas
 
Cuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do EspíritoCuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do Espírito
 
Aula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – liliAula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – lili
 
Lei de causa e efeito
Lei de causa e efeitoLei de causa e efeito
Lei de causa e efeito
 
Reencarnação
ReencarnaçãoReencarnação
Reencarnação
 
A verdadeira propriedade
A verdadeira propriedadeA verdadeira propriedade
A verdadeira propriedade
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
 
Evangeliza - O dever
Evangeliza - O deverEvangeliza - O dever
Evangeliza - O dever
 
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
 
Ingratidão por benefícios prestados
Ingratidão por benefícios prestadosIngratidão por benefícios prestados
Ingratidão por benefícios prestados
 
Orgulho e humildade
Orgulho e humildadeOrgulho e humildade
Orgulho e humildade
 
Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13
Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13
Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13
 
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITAAUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
 
Visão espírita da atualidade
Visão espírita da atualidadeVisão espírita da atualidade
Visão espírita da atualidade
 
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetasPalestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
 
Infortúnios ocultos
Infortúnios ocultosInfortúnios ocultos
Infortúnios ocultos
 
TOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
TOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITATOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
TOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
 
Falsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da ErraticidadeFalsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da Erraticidade
 
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaO PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
 

Semelhante a APEGO E LIBERTAÇÃO VISÃO ESPÍRITA

Terra escola dos espíritos
Terra escola dos espíritosTerra escola dos espíritos
Terra escola dos espíritos
bonattinho
 
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terraBem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
msdbiasi
 
G6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdf
G6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdfG6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdf
G6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdf
FilipeDuartedeBem
 
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAO PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
Fatima Carvalho
 
Resenha espirita on line 154
Resenha espirita on line 154Resenha espirita on line 154
Resenha espirita on line 154
MRS
 
Disciplina Dos Desejos
Disciplina Dos DesejosDisciplina Dos Desejos
Disciplina Dos Desejos
guest39c78c
 
Boletim informativo set2015
Boletim informativo set2015Boletim informativo set2015
Boletim informativo set2015
fespiritacrista
 
A genese revisao capitulos 1 2 3
A genese revisao capitulos 1 2  3A genese revisao capitulos 1 2  3
A genese revisao capitulos 1 2 3
Fernando Pinto
 
A divina presença eu sou
A divina presença eu souA divina presença eu sou
A divina presença eu sou
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
A divina presença eu sou
A divina presença eu souA divina presença eu sou
A divina presença eu sou
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
A divina presença eu sou
A divina presença eu souA divina presença eu sou
A divina presença eu sou
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
A divina presença eu sou
A divina presença eu souA divina presença eu sou
A divina presença eu sou
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
A alegria de servir
A alegria de servirA alegria de servir
A alegria de servir
Eduardo Manoel Araujo
 
Bem aventurados os pobres de espírito / Blessed are the poor in spirit / Блаж...
Bem aventurados os pobres de espírito / Blessed are the poor in spirit / Блаж...Bem aventurados os pobres de espírito / Blessed are the poor in spirit / Блаж...
Bem aventurados os pobres de espírito / Blessed are the poor in spirit / Блаж...
Marcelo Bomfim de Aguiar
 
Palestra Pluralidade Mundos Habitados
Palestra Pluralidade Mundos HabitadosPalestra Pluralidade Mundos Habitados
Palestra Pluralidade Mundos Habitados
cab3032
 
Genese cap 01 2e3 revisão a humanidade está evoluindo
Genese cap 01 2e3 revisão a humanidade está evoluindoGenese cap 01 2e3 revisão a humanidade está evoluindo
Genese cap 01 2e3 revisão a humanidade está evoluindo
Fernando A. O. Pinto
 
BOLETIM O PAE - JUNHO/2016
BOLETIM O PAE   -  JUNHO/2016BOLETIM O PAE   -  JUNHO/2016
BOLETIM O PAE - JUNHO/2016
O PAE PAE
 
Beume 61
Beume 61Beume 61
Beume 61
Ume Maria
 
leis_morais_vida
leis_morais_vidaleis_morais_vida
leis_morais_vida
Ari Carrasco
 
Boletim o pae junho
Boletim o pae   junho Boletim o pae   junho
Boletim o pae junho
jorge hessen hessen
 

Semelhante a APEGO E LIBERTAÇÃO VISÃO ESPÍRITA (20)

Terra escola dos espíritos
Terra escola dos espíritosTerra escola dos espíritos
Terra escola dos espíritos
 
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terraBem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
 
G6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdf
G6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdfG6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdf
G6 - AULA 4 - MEDIUNIDADE COM JESUS.pdf
 
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAO PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
 
Resenha espirita on line 154
Resenha espirita on line 154Resenha espirita on line 154
Resenha espirita on line 154
 
Disciplina Dos Desejos
Disciplina Dos DesejosDisciplina Dos Desejos
Disciplina Dos Desejos
 
Boletim informativo set2015
Boletim informativo set2015Boletim informativo set2015
Boletim informativo set2015
 
A genese revisao capitulos 1 2 3
A genese revisao capitulos 1 2  3A genese revisao capitulos 1 2  3
A genese revisao capitulos 1 2 3
 
A divina presença eu sou
A divina presença eu souA divina presença eu sou
A divina presença eu sou
 
A divina presença eu sou
A divina presença eu souA divina presença eu sou
A divina presença eu sou
 
A divina presença eu sou
A divina presença eu souA divina presença eu sou
A divina presença eu sou
 
A divina presença eu sou
A divina presença eu souA divina presença eu sou
A divina presença eu sou
 
A alegria de servir
A alegria de servirA alegria de servir
A alegria de servir
 
Bem aventurados os pobres de espírito / Blessed are the poor in spirit / Блаж...
Bem aventurados os pobres de espírito / Blessed are the poor in spirit / Блаж...Bem aventurados os pobres de espírito / Blessed are the poor in spirit / Блаж...
Bem aventurados os pobres de espírito / Blessed are the poor in spirit / Блаж...
 
Palestra Pluralidade Mundos Habitados
Palestra Pluralidade Mundos HabitadosPalestra Pluralidade Mundos Habitados
Palestra Pluralidade Mundos Habitados
 
Genese cap 01 2e3 revisão a humanidade está evoluindo
Genese cap 01 2e3 revisão a humanidade está evoluindoGenese cap 01 2e3 revisão a humanidade está evoluindo
Genese cap 01 2e3 revisão a humanidade está evoluindo
 
BOLETIM O PAE - JUNHO/2016
BOLETIM O PAE   -  JUNHO/2016BOLETIM O PAE   -  JUNHO/2016
BOLETIM O PAE - JUNHO/2016
 
Beume 61
Beume 61Beume 61
Beume 61
 
leis_morais_vida
leis_morais_vidaleis_morais_vida
leis_morais_vida
 
Boletim o pae junho
Boletim o pae   junho Boletim o pae   junho
Boletim o pae junho
 

Mais de Fatima Carvalho

Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores
Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
Fatima Carvalho
 
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina EspíritaValores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Fatima Carvalho
 
Mulheres novos rumos 2015
Mulheres novos rumos  2015Mulheres novos rumos  2015
Mulheres novos rumos 2015
Fatima Carvalho
 
As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho
Fatima Carvalho
 
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a EducaçãoEurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
Fatima Carvalho
 
A arte de ouvir 08 2015
A arte de ouvir 08 2015A arte de ouvir 08 2015
A arte de ouvir 08 2015
Fatima Carvalho
 
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Fatima Carvalho
 
Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013
Fatima Carvalho
 
Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)
Fatima Carvalho
 
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
Fatima Carvalho
 
TODOS APRENDENDO
TODOS APRENDENDOTODOS APRENDENDO
TODOS APRENDENDO
Fatima Carvalho
 
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisVazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Fatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Fatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Fatima Carvalho
 
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Fatima Carvalho
 
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Fatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Fatima Carvalho
 
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario InteriorCasimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Fatima Carvalho
 
A IMPORTANCIA DA DOR
A  IMPORTANCIA DA DORA  IMPORTANCIA DA DOR
A IMPORTANCIA DA DOR
Fatima Carvalho
 
Narcisismo na juventude 09 2011
Narcisismo na juventude 09 2011Narcisismo na juventude 09 2011
Narcisismo na juventude 09 2011
Fatima Carvalho
 

Mais de Fatima Carvalho (20)

Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores
Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
 
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina EspíritaValores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
 
Mulheres novos rumos 2015
Mulheres novos rumos  2015Mulheres novos rumos  2015
Mulheres novos rumos 2015
 
As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho
 
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a EducaçãoEurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
 
A arte de ouvir 08 2015
A arte de ouvir 08 2015A arte de ouvir 08 2015
A arte de ouvir 08 2015
 
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
 
Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013
 
Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)
 
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
 
TODOS APRENDENDO
TODOS APRENDENDOTODOS APRENDENDO
TODOS APRENDENDO
 
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisVazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
 
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
 
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
 
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
 
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
 
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
 
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario InteriorCasimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
 
A IMPORTANCIA DA DOR
A  IMPORTANCIA DA DORA  IMPORTANCIA DA DOR
A IMPORTANCIA DA DOR
 
Narcisismo na juventude 09 2011
Narcisismo na juventude 09 2011Narcisismo na juventude 09 2011
Narcisismo na juventude 09 2011
 

Último

Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
Vanessa F. Rezende
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 

Último (20)

Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 

APEGO E LIBERTAÇÃO VISÃO ESPÍRITA

  • 1. e LIBERTAÇÃO APEGO Organização: Fatima Araujo de Carvalho EMAIL: ofir7perola@gmail.com CEJEN – Centro Espírita Jesus de Nazaré – S. José Campos Semana Kardeciana – Abril 2006
  • 2. POR QUE, DIANTE DO COSMO ABUNDANTE E GENEROSO , O SER HUMANO SE EXPRESSA COM MESQUINHEZ E AVAREZA PREOCUPADO COM A POSSE EFÊMERA? Joanna de Ângelis – Mensagem A Avareza
  • 3. PORQUE LHE PARECE GARANTIR A PERENIDADE DA VIDA E A SEGURANÇA EXISTENCIAL Joanna de Ângelis – Mensagem A Avareza -
  • 4. FALSA CONDUTA SOCIAL DE ACUMULAR PARA DETER: REMANESCENTE DO INSTINTO PRIMÁRIO Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza
  • 5. INSTINTO PRIMÁRIO: RETENÇÃO DA PRESA PARA O REPASTO FUTURO Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza
  • 6. INSTINTO PRIMÁRIO: IGNORÂNCIA NÃO PERMITIA DAR-SE CONTA DA VARIEDADE DE RECURSOS EM TORNO PARA PRESERVAÇÃO DA VIDA Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza
  • 7. INSTINTO PRIMÁRIO: FORÇA ANCESTRAL RESPONSÁVEL PELOS CONFLITOS SOCIAIS E ECONÔMICOS, POLÍTICOS E PSICOLÓGICOS . Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza
  • 8. INSTINTO PRIMÁRIO: ARRASTA MULTIDÕES AO DESESPERO ESCRAVIZA SENTIMENTOS E ASPIRAÇÃO PELA POSSE Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza
  • 9. HERANÇA PATRIARCAL: TUDO A SUA VOLTA É SUA PROPRIEDADE (família, amigos, objetos são sempre seus) Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza
  • 10. PASSAGENS EVANGÉLICAS SOBRE O APEGO AOS BENS MATERIAIS Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza
  • 11. LITÍGIO ENTRE 2 IRMÃOS – HERANÇA “ Ó homem, quem me designou para vos julgar, ou fazer as vossas partilhas ?” Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza
  • 12. Após breve reflexão, Jesus acrescenta: Tende o cuidado de preservar-vos de toda avareza, porquanto, seja qual for a abundância em que o homem se encontre, sua vida não depende dos bens que possui Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza
  • 13. E para que ficasse inolvidável a lição narra a PARÁBOLA do homem RICO dono DE TERRAS Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza
  • 14. PARÁBOLA DO RICO DONO DE TERRAS Cuidava de ampliar a fortuna até o excesso. Quando não tinha mais onde armazenar os haveres propôs-se a dormir e a gozar, a desfrutar de todos os bens à exaustão... Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza
  • 15. ... esquecido de que, naquela noite, o Senhor Da Vida lhe tomaria a alma. Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza
  • 16. Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza O transcurso de uma existência corporal é sempre de rápida expressão de tempo e lugar, porquanto o carro orgânico passa com muita velocidade, quando se considera a dimensão do futuro e intemporalidade do presente
  • 17. MISSÃO INTELIGENTE DO HOMEM NA TERRA PROMOVER O PRÓPRIO PROGRESSO COM O PROGRESSO GERAL Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza
  • 18. FIM PROVIDENCIAL DA RIQUEZA ESTIMULA : CRIATIVIDADE COM FINS NOBRES DIGNIFICAÇÃO ESPIRITUAL Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza
  • 19. DIGNIFICAÇÃO ESPIRITUAL Postura do Amor: Multiplica em obras que favoreçam a todos os seres com oportunidades de desenvolvimento dos valores internos Joanna de Ângelis – Mensagem - A Avareza FIM PROVIDENCIAL DA RIQUEZA
  • 20. Joanna de Ângelis – Mensagem A Avareza - DIGNIFICAÇÃO ESPIRITUAL Faculta ao necessitado, conquistar com dignidade, o pão e o lar, a educação e a saúde, por meio do próprio esforço que investe no trabalho honrado, que lhe é oferecido pelo possuidor de riquezas CARIDADE : NOVAS CARACTERÍSTICAS
  • 21. Joanna de Ângelis – Mensagem A Avareza - DIGNIFICAÇÃO ESPIRITUAL Aplicação da sã virtude da caridade: 1) Auto-enriquecimento do Administrador 2) Deixa de amealhar nos cofres da usura e avareza 3) Exerce a ação de enriquecimento geral 4) Recebe bênçãos dos beneficiários CARIDADE : NOVAS CARACTERÍSTICAS
  • 22. Joanna de Ângelis – Mensagem A Avareza Postura do Amor: Multiplica em obras que favoreçam a todos os seres com oportunidades de desenvolvimento dos valores internos TESOUROS MAIS PRECIOSOS Amparo na instrução, na educação, na libertação dos vícios, em razão do amparo no campo da saúde e do trabalho, propiciando felicidade em toda parte DIGNIFICAÇÃO ESPIRITUAL CARIDADE : NOVAS CARACTERÍSTICAS
  • 23. ... BOA NOVA ... ( POSTURA RELEVANTE SOBRE A RIQUEZA ) Joanna de Ângelis – Mensagem A Avareza
  • 24. VERDADEIRAMENTE RICOS: NÃO SÃO OS POSSUIDORES DE COISAS E VOLUMES DA AMBIÇÃO Joanna de Ângelis – Mensagem A Avareza
  • 25. VERDADEIRAMENTE RICOS: AQUELES QUE SE FIZERAM POBRES DO ESPÍRITO DE AVAREZA , DE PAIXÕES INFERIORES , DE ANGÚSTIAS Joanna de Ângelis – Mensagem A Avareza
  • 26. ENRIQUECENDO-SE NO REINO DOS CÉUS QUE SE INICIA NA TERRA, COM OS DONS DA RENÚNCIA, DA ABNEGAÇÃO, DO AMOR QUE SE ENGRANDECE ATÉ A POSTURA DA CARIDADE Joanna de Ângelis – Mensagem A Avareza
  • 27. Codificação Kardec - Espiritismo: queiramos ou não somos meros usufrutuários dos bens terrenos que herdamos ou conquistamos
  • 28. ORIENTAÇÃO ESPÍRITA sobre O DESPRENDIMENTO DOS BENS TERRENOS Se todos nos colocássemos como usufrutuários dos bens materiais, teríamos uma vida mais tranqüila, e não invejaríamos a riqueza do próximo. Cada ser humano está colocado no devido lugar e circunstância para a sua evolução espiritual.
  • 29. EDUCAÇÃO HEDONISTA: 1- RECURSOS PARA TRIUNFAR SEMPRE 2 -ATIVIDADES RENDOSAS 3 -EMPREENDIMENTOS LUCRATIVOS 4 -PODER E DESTAQUE NA COMUNIDADE CAMPEONATO DE INSENSATEZ
  • 30. DESCONHECIMENTO DO PRETÉRITO VIOLENTAM OS OBJETIVOS DO RENASCIMENTO IMPONDO PELA CULTURA E COMPORTAMENTO PROGRAMADO, A CONQUISTA DE BENS DE VALORES ILUSÓRIOS PARA PREENCHER NECESSIDADES DO MOMENTO.
  • 31. IMPOSITIVOS DA MODA: ESTABELECIMENTO DE PADRÃO DE BELEZA FÍSICA NA APARÊNCIA, NA FORÇA, ARRASTANDO MULTIDÕES IMATURAS PARA TRANSTORNOS NEURÓTICOS (ANOREXIA, BULIMIA, DEPRESSÃO, FUGA PARA AS DROGAS) SEM RESPEITO AO HISTÓRICO DO SER VALORIZAÇÃO DA AMBIÇÃO DESMEDIDA:
  • 32. VALORIZAÇÃO DA AMBIÇÃO DESMEDIDA : MANTER A JUVENTUDE MEDIANTE IMPLANTES, CIRURGIAS, HORMÔNIOS E MÉTODOS BIZARROS OBJETIVOS NÃO ALCANÇADOS: A VIDA SE TRANSFORMA EM ALGOZ IMPIEDOSO EXIGINDO MAIS MALHAÇÃO, MAIS ALIMENTAÇÃO ESPECÍFICA, MAIS TORMENTO ÍNTIMO
  • 33. TRABALHA EM FAVOR DA MUDANÇA DAS AMBIÇÕES DESMEDIDAS PARA A CONQUISTA DO NECESSÁRIO, DAQUILO QUE PRODUZ PODER E PRAZER, MAS QUE NÃO SE TRANSFORMA EM GOZO NEUROTIZANTE DE FUNESTAS CONSEQÜÊNCIAS IDENTIFICAÇÃO RELIGIOSA DO INDIVÍDUO : descobre o sentido da vida:
  • 34. POUCOS AQUINHOADOS APEGAM-SE DE TAL FORMA AOS BENS QUE PENSAM POSSUIR QUE TERMINAM SENDO POR ELES POSSUÍDOS EM TORMENTOSOS DRAMAS EMOCIONAIS NO JOGO DOS INTERESSES SOCIAIS NEM SEMPRE A POSSE É RESPONSÁVEL PELO SIGNIFICADO QUE CONDUZ À FELICIDADE
  • 35. Desapego dos bens terrenos: Pessoas e coisas
  • 36. Desapego dos bens terrenos: Pessoas e coisas
  • 37. DESAPEGO : não é dar tudo o que temos, mas saber ter sem se prender ao que se tem .
  • 38. DESAPEGO: É estar no mundo sem ser do mundo, estar pronto para perder tudo o que temos sem nos inquietarmos com isso.
  • 39. Quem tudo faz sem apego ao resultado dos seus atos, faz tudo no espírito de Deus, e, como a flor de lótus, incontaminada pelo lago em que vive, permanece isento do mal A Sabedoria do Desapego BHAGAVAD GITA : texto religioso Hindu que faz parte da Epopéia Mahâbhârata - compilada na forma atual entre os séculos 5 e 1 a.C. Apego à vaidade, ao ego
  • 40. O sábio que, em corpo terrestre, se libertou do egoísmo, habita, mesmo quando age, no céu da sua paz; não tem desejos, nem induz outros a terem desejos. A Sabedoria do Desapego BHAGAVAD GITA : texto religioso Hindu que faz parte da Epopéia Mahâbhârata - compilada na forma atual entre os séculos 5 e 1 a.C.
  • 41. As mensagens que os espíritos nos enviam são como portos de abrigo,
  • 42. bússolas que nos apontam o rumo, chamando- nos a uma mudança imediata de comportamento mental e moral.
  • 43. Esta noite mesmo tomar-te-ão a alma... Que sentido terá tudo quanto foi ou não armazenado, senão quando aplicado com elevação e sabedoria? Lucas – cap. XII - v. 20
  • 44. Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? (Mateus - 16.26)
  • 45. ESFORÇO DE LIBERTAÇÃO
  • 46. Esforço : vencer a distância entre a atual situação e como deverá estar mais adiante MAIS DESPRENDIDA, MENOS APEGADA ÀS COISAS
  • 47. Substitui, mediante as informações libertadoras do Espiritismo os velhos hábitos, um a um adotando novo comportamento mental, e depois, vivencial, a fim de que a renovação se te faça contínua, incessante. Mensagem: Necessário despertar Da obra: Momentos Enriquecedores
  • 48. DESAPEGO BENS MATERIAIS "Não a junteis para vós tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem os consomem, e onde os ladrões penetram e roubam..." (Mateus: 6-19.)
  • 49. VERDADEIRA RIQUEZA TESOUROS AMOEDADOS E ACUMULADOS EM ARCAS OU BANCOS
  • 50. APEGO BENS MATERIAIS DESTAQUE: POLÍTICO OU SOCIAL RELIGIOSO OU ARTÍSTICO CIENTÍFICO OU CULTURAL ESTÉTICO OU AFETIVO
  • 51. RESPONDE POR VERDADEIROS DESASTRES INTERIORES, QUE SE APRESENTAM COMO DEPRESSÕES, AGRESSIVIDADE, VIOLÊNCIA, LUTAS CONTÍNUAS, HOMICÍDIOS E SUICÍDIOS LAMENTÁVEIS
  • 53. O desapego às questões transitórias significa um passo na realidade espiritual Joanna de Ângelis
  • 54. A maior vítima do ressentimento é quem carrega esse entrave Joanna de Ângelis
  • 55. Desidentificar-se com tudo o que signifique ENTRAVE Joanna de Ângelis
  • 56. VERDADEIRA RIQUEZA BENS DE ORDEM: EMOCIONAL ESPIRITUAL MORAL SOCIAL
  • 57. VERDADEIRA RIQUEZA INTELIGÊNCIA: SABER ADMINISTRAR A EXISTÊNCIA CORPORAL
  • 58. VERDADEIRA RIQUEZA MEMÓRIA: SE ENCARREGA DE ARQUIVAR AS EXPERIÊNCIAS, AS TENDÊNCIAS PARA O BEM, O BOM, O BELO, O ETERNO.
  • 59. VERDADEIROS TESOUROS VALIOSOS EMPREENDIMENTOS SALVADORES DE VIDA, COMO: A INSTRUÇÃO, A EDUCAÇÃO, A LIBERTAÇÃO DOS VÍCIOS EM RAZÃO DO AMPARO NO CAMPO DA SAÚDE E DO TRABALHO, PROPICIANDO FELICIDADE EM TODA PARTE
  • 60. Emotividade desregrada Posse afetuosa: Pessoas Objetos Animais Imposições da mídia LIBERTAÇÃO Mensagem: Convite ao desprendimento
  • 61. Inicia tua experiência de despojamento, abrindo mão de disputas inúteis, muitas vezes mesquinhas, que arrastam multidões a incessantes disparates LIBERTAÇÃO Mensagem: Apego e Libertação
  • 62. Revisa armários e depósitos, Onde acumulas tudo quanto não te serve no momento, passando a outros que têm necessidades imediatas LIBERTAÇÃO Mensagem: Apego e Libertação
  • 63. Roupas, calçados e objetos acumulados, além de tomarem precioso espaço, amontoam poeira e perdem-se no turbilhão do esquecimento. LIBERTAÇÃO Mensagem: Apego e Libertação
  • 64. Muita coisa que parece importante somente em decorrência do apego, transformam-nos em escravos espontâneos. LIBERTAÇÃO Mensagem: Apego e Libertação
  • 65. Iludem-se os que pensam que poderão ser, um dia, aproveitadas até dar-se conta da ilusão. LIBERTAÇÃO Mensagem: Apego e Libertação
  • 66. Oferece imediatamente os medicamentos que irão perder a validade, mas que permanecem nos móveis esperando a chegada da enfermidade, quando existem pessoas necessitando agora sem possuir recursos para adquirir LIBERTAÇÃO Mensagem: Apego e Libertação
  • 67. Não vos afadigueis pela posse do ouro
  • 68. Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? Mateus 6.26
  • 70. L I B E R T A DESAPEGO:
  • 71. Vigilância na prática dos atos morais MUITA PAZ