Palestra Sexualidade na Visão Espírita

2.078 visualizações

Publicada em

Este trabalho são os slides de uma palestra do "Grupo de Palestras do Centro Espírita Jesus" de Salto- SP. Este grupo é formado por pessoas, que resolveram se reunir, estudar e humildemente tentar expor e divulgar temas de interesse da sociedade e, através da visão da doutrina espírita, poder colaborar com seu estudo.
Temos como intuito, mostrar de uma maneira clara e objetiva o quanto essa doutrina esclarece e conforta corações e almas.
Respeitamos todos os tipos de religiões, filosofias e opiniões e não temos nenhuma intenção em afrontar nenhuma outra crença.
O tema é apresentado sob um olhar científico e com seus consequentes efeitos espirituais.
Outras palestras podem ser visualizadas no you tube (http://www.youtube.com/channel/UCYYoSnFIJJ5VOSoTE8J6IcA)

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.078
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
76
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra Sexualidade na Visão Espírita

  1. 1. Que  eu  não  perca  a  vontade  de  doar  este  enorme  amor   que  existe  em  meu  coração,  mesmo  sabendo  que  muitas   vezes  ele  será  submetido  a  provas  e  até  rejeitado.                              Chico  Xavier  
  2. 2. Palestra     A Sexualidade na Visão Espírita! ! Expositor:  Marcelo  Suster
  3. 3. Temas  de  Palestras-­‐  CEJ   •  Desencarnes    Coletivos-­‐    16/02/2013   •  Transição  Planetária-­‐  23/03/2013   •  Religiões-­‐  30/03/2013   •  Drogas-­‐  20/04/2013   •  Adoção-­‐  Uma  ato  supremo  de  caridade  ou  necessidade?  25/05   •  Sexualidade  na  Visão  Espírita  –  22/06   ______________________________________________________   2º.  Semestre:   •  Conflitos  Familiares,  o  desafio  da  vida  moderna   •  Eutanásia/Aborto/Clonagem/Doação  de  Órgãos  e  outros  assuntos  polêmicos  na  visão  espírita   •  Espiritismo  e  Ciência   •  A  História  da  Humanidade  à  luz  do  Espiritismo  
  4. 4. Fontes  das  informações   Sexualidade  Numa  Visão  Espirita  -­‐  Raul  Teixeira   Sexualidade  e  Homossexualidade  à  Luz  da  Doutrina  Espirita  -­‐  Nazareno  Feitosa  2013   Sexualidade  e  Espiritualidade-­‐  Nazareno  Feitosa     Instintos  Sexuais  Humanos-­‐  BBC   Sexualidade  na  visão  Espírita-­‐  Edilson  Cardoso     Sublimação  Sexual-­‐  Divaldo  Franco     Tabus  e  preconceitos  sobre  sexualidade  que  intoxicam  a  cultura  espírita  -­‐  Djalma   Vídeos  palestras:   Sexualidade  e  Afetividade-­‐  Andrei  Moreira     Andrei  Moreira  -­‐  Homossexualidade  Sob  a  Otica  do  Espirito  Imortal   Secrets  of  the  Sexes-­‐  BBC     Homossexualismo-­‐  Chico  Xavier-­‐  Pinga  Fogo-­‐  1972  
  5. 5. Divino   Ditosos   Regeneração   Expiação  e  Provas   Mundo  Primitivo  
  6. 6. Preconceito   •  Cuidado  ao  julgar...   •  Somos  seres  racionais,  mas  nem  tanto...   •  Hipocrisia   •  Sociedade   –  Controle   –  Mídia  
  7. 7. O  que  diz  a  doutrina...   (Emmanuel/Sexo  e  Destino)   NÃO   •  ...  para  a  proibição,  mas  sim  para  a  Educação   •  ...  para  a    abstinência  imposta,  mas  emprego   digno  com  devido  respeito  a  si  e  aos  outros...   •  ...  para  a  indisciplina,  mas  controle   •  ...  para  o  impulso  livre,  mas  responsabilidade  
  8. 8. Espírito   •  Espírito  não  tem  sexo,  tal  como  nós  o   conhecemos;  há  sim  impressões  no  perispírito;   •  Espíritos  trocam  energia  de  forma  diferente,   muito  mais  ligado  ao  amor  e  afinidade;   •  No  umbral,  espíritos  viciados  em  sexo  plasmam   órgãos  sexuais  para  participar  de  orgias  
  9. 9. Energia  Sexual   (força  criativa)  
  10. 10. Energia  Sexual   Emmanuel,  através  da  psicografia  de  Chico   Xavier,  conclue:  "Diante  do  sexo  não  nos   achamos  à  frente  de  um  despenhadeiro  para   as  trevas,  mas  perante  a  fonte  viva  das   energias  em  que  a  sabedoria  do  universo   situou  o  laboratório  das  formas  físicas  e  a   usina  dos  estímulos  espirituais  mais  intensos   para  a  execução  das  tarefas  que  escolhemos,   em  regime  de  colaboração  mútua,  visando  ao   rendimento  do  progresso  e  do   aperfeiçoamento  entre  os  homens".  
  11. 11. Energia  sexual  é:   •  Fonte  da  vida;   •  Fonte  de  prazer;   •  Fonte  da  maioria  de  nossos  problemas  (pode   trazer  nossa  desgraça)   •  Precisamos  “deixar  circular”  a  energia    
  12. 12. Educação  da  Energia  Sexual   •  Energia  criativa  do  trabalho   •  Mente   •  Comportamento   •  Sublimação  
  13. 13. Relações  Sexuais  geram  Compromissos   •  Deixam  marcas  no  perispírito,  no  corpo  físico,  são  laços  muito  fortes,   que  podem  desencadear    boas  ou  más  consequências…   •  Relações  sexuais  desregradas  podem  transformarem-­‐se  em  doenças   –  Problemas  para  se  engravidar   –  Impotência     –  Frase  de  Raul  Teixeira  em  sua  palestra  sobre  sexualidade:  "(...)  que  fluido   recebe  as  mulheres  que  tiram  fotos  nuas  para  as  revistas?  Depois  que   aparecem  canceres  de  útero,  seios,  estes  podem  ser  a  consequência  de   dardos  dos  fluidos,  que  chegaram  das  mentes  doentias  (...)"  
  14. 14. •  O  homem  que  abusou  das  faculdades  genésicas,  arruinando  a   existência  de  outras  pessoas  com  a  destruição  de  uniões   construtivas  e  lares  diversos,  em  muitos  casos  é  induzido  a  buscar   nova  posição,  no  renascimento  físico,  em  corpo  morfologicamente   feminino,  aprendendo,  em  regime  de  prisão,  a  reajustar  os   próprios  sentimentos,  e  a  mulher  que  agiu  de  igual  modo  é   impulsionada  à  reencarnação  em  corpo  morfologicamente   masculino,  com  idênticos  fins.    
  15. 15. Instinto   •  Segundo  Kardec:  O  instinto  é  a  força  oculta   que  solicita  os  seres  orgânicos  a  atos   espontâneos  e  involuntários,  tendo  em  vista  a   conservação  deles.  Nos  atos  instintivos  não  há   reflexão,  nem  combinação,  nem   premeditação    
  16. 16. •  Livro  dos  Espíritos-­‐  Livro  Primeiro,  cap.  IV,   questões  71  a  75.   – O  Homem  negligencia  o  seu  instinto,  que  é  uma   espécie  de  inteligência  não  racional,  não   consciente.    
  17. 17. No  livro  a    Gênese   Instinto  de  conservação  da  espécie      
  18. 18. •  A  correta  aplicação  das  forças  genésicas   propicia  ao  Espírito:    alegria  de  viver  e   entusiasmo  no  desempenho  das  tarefas  que   lhe  dizem  respeito,  constituindo-­‐se  estímulo   para  o  progresso  e  a  felicidade.    
  19. 19. Sexo  e  Religião    
  20. 20. Igreja  Católica   •  Em  relação  à  sexualidade,  a  Igreja  Católica  convida  todos  os  seus  fiéis  a  viverem  na   castidade,  que  é  um  dom  divino  e  uma  virtude  moral  que  permite  a  integração  positiva  da   sexualidade  na  pessoa.  Essa  integração  exige  "uma  aprendizagem  do  domínio  de  si,  que  é   uma  pedagogia  da  liberdade  humana.  A  alternativa  é  clara:  ou  o  homem  comanda  as  suas   paixões  e  alcança  a  paz,  ou  se  deixa  dominar  por  elas  e  torna-­‐se  infeliz."  A  virtude  da   castidade  relaciona-­‐se  com  a  virtude  cardinal  da  temperança.   •  Logo,  todos  os  católicos  são  chamados  à  castidade,  porque  a  sexualidade  só  se  "torna   pessoal  e  verdadeiramente  humana  quando  integrada  na  relação  de  pessoa  a  pessoa,  no   dom  mútuo  total  e  temporalmente  ilimitado,  do  homem  e  da  mulher”,  ambos  unidos  pelo   sacramento  do  matrimónio  (que  é  indissolúvel).  Por  isso,  os  atos  sexuais  fora  do  matrimónio   constituem  sempre  um  pecado  grave.  Por  essas  razões,  o  sexo  pré-­‐marital,  a  pedofilia,  o   adultério,  a  masturbação,  a  fornicação,  a  pornografia,  a  prostituição,  o  estupro  e  os  atos   sexuais  entre  homossexuais  são  condenados  pela  Igreja  como  sendo  expressões  do  vício  da   luxúria.   Fonte:  Wikipedia  
  21. 21. Islamismo    Segundo  James  M  Arlandson:   •  Um  marido  tem  sexo  com  sua  esposa  tal  como  um  arado  em  um  campo  sujo.   •  Os  maridos  estão  um  grau  acima  de  suas  esposas   •  O  homem  ganhar  o  dobro  da  partilha  da  herança  que  a  mulher   •  O  testemunho  de  uma  mulher  vale  metade  do  testemunho  de  um  homem.   •  Uma  esposa  pode  se  casar  com  seu  ex-­‐marido  se,  e  somente  se,  ela  se  casar  com  outro   homem,  terem  sexo  e,  então,  o  segundo  homem  se  divorciar  dela.   •  Escravas  são  propriedade  sexual  de  seus  donos  masculinos.   •  Um  homem  pode  ser  polígamo  com  até  quatro  esposas.   •  Um  poligamo  Muçulmano  pode  simplesmente  se  livrar  de  suas  esposas  indesejáveis   •  Maridos  podem  bater  em  suas  esposas  até  mesmo  se  os  maridos  temerem  que  suas  esposas   estejam  desobedientes  (independente  de  se  elas  realmente  forem  desobedientes  –  como  se   violência  doméstica  de  qualquer  forma  fosse  aceitável).   •  Homens  adultos  são  permitidos  a  se  casar  com  meninas  pré-­‐puberes.  
  22. 22. Desvios  sexuais   •  Eefebofilia  (preferência  sexual  por   adolescentes);   •  Pederastia  (relação  homossexual  masculina   entre  adulto  e  adolescente)   •  A  pedofilia  se  refere  a  uma  preferência  sexual   por  crianças  pré-­‐púberes  e  é  considerada  uma   doença  mental  pela  OMS;  
  23. 23. O  Centro  Internacional  Para  Pesquisas  Sobre  Mulheres  estima  agora  que  existam  51   milhões  de  noivas  infantis  vivendo  no  planeta  Terra  e  quase  todas  em  países   muçulmanos.   Faixa  de  Gaza-­‐  Palestina  
  24. 24. •  Pornografia   •   Necrofilia   •   Zoofilia   •  Masoquismo  
  25. 25. Adultério  e  Prostituição     O  EVANGELHO  SEGUNDO  O  ESPIRITISMO  –  Cap.  X,  Item   13   Atire-­‐lhe  a  primeira  pedra  aquele  que  estiver  isento  de   pecado,  disse  Jesus.     Esta  sentença  faz  da  indulgência  um  dever  para  nós  outros   porque  ninguém  há,  que  não  necessite,  para  si  próprio,  de   indulgência.  Ela  nos  ensina  que  não  devemos  julgar  com   mais  severidade  os  outros,  do  que  nos  julgamos  a  nós   mesmos,  nem  condenar  em  outrem  aquilo  de  que  nos   absolvemos.  Antes  de  condenarmos  a  alguém  uma  falta,   vejamos  se  a  mesma  censura  não  nos  pode  ser  feita.  
  26. 26. Sexo  e  Obsessão     •  Abertura  que  permitimos   •  Espíritos  precisam  dos  encarnados  para  suas   necessidades    
  27. 27. Abstinência  e  Celibato       •  Sublimação-­‐  Canalizar  a  energia  para  outras   áreas   – Estudo   – Esportes   – Obras  Sociais   •  Do  contrário:  Problemas...  
  28. 28. Namoro,  Casamento  e  Divórcio     O  EVANGELHO  SEGUNDO  O  ESPIRITISMO  –   Cap.  XXII,  Item  5  O  divórcio  é  lei  humana  que  tem  por  objeto   separar  legalmente  o  que  já,  de  fato,  está   separado.  Não  é  contrário  à  lei  de  Deus,  pois  que   apenas  reforma  o  que  os  homens  hão  feito  e  só  é   aplicável  nos  casos  em  que  não  se  levou  em   conta  a  lei  divina.  
  29. 29. Família     Exercício  do  amor  verdadeiro   Laboratório  do  amor  Divino  
  30. 30. Amor   •  Eros  (físico)   •  Pornéos  (  egoísta)   •  Psiqué    (espiritual)   •  Ludus  (brincadeira)   •  Storge  (afeto)   •  Pragma  (prático)   •  Mania  (instável)   •  Ágape  (altruísta)  
  31. 31. Uniões  Infelizes     Qual  o  fim  objetivado  com  a   reencarnação?   Expiação,  melhoramento  progressivo   da  Humanidade.  Sem  isto,  onde   estaria  a  justiça?   LIVRO  DOS  ESPÍRITOS  –  Questão  167  
  32. 32. Homossexualidade  
  33. 33. Sexualidade   Identidade  Orientação  Comportamento  
  34. 34. Judaísmo     •  Se  um  homem  coabitar  sexualmente  com  um   varão,  cometerão  ambos  um  ato  abominável;   serão  os  dois  punidos  com  a  morte;  o  seu   sangue  cairá  sobre  eles.  —  Levítico,  20:13-­‐14   (NIV)      
  35. 35. Catolicismo     •  Na  tradicional  interpretação  da  Igreja  Católica,  os  atos   homossexuais  são  reprovados  na  Sagrada  Escritura,   desde  o  Gênesis  (castigo  divino  aos  habitantes  de   Sodoma,  donde  vem  o  termo  "sodomia",  19,  1-­‐11)  e  o   Levítico  (18,  22  e  20,  13)  até  as  cartas  de  São  Paulo   ("paixões  desonrosas",  "extravios",  Rom  1,26-­‐27  e   também  1Coríntios  6,9  e  1Timóteo  1,10)      
  36. 36. Budismo   •  o  Budismo  ensina  a  tolerância  e  possui  uma  considerável   comunidade  gay,  sobretudo  no  ocidente.  A  grande  maioria   dos  budistas  ocidentais  re-­‐interpretam  os  antigos   ensinamentos  às  necessidades  modernas  e  os  reformam.  O   budismo  asiático  entretanto,  ainda  é  tradicional  e   relativamente  conservador.      
  37. 37. Protestantismo   •  Os  primeiros  países  a  reconhecerem  o  direito   a  união  entre  homossexuais  foram  os  países   onde  a  religião  Protestante  predomina  entre   os  religiosos,  citando  exemplificativamente  o   caso  da  Dinamarca,  que  reconheceu  tal   direito  ainda  em  1989.  
  38. 38. Hinduísmo   •  Várias  tradições  divergem  de  diversas  formas  sobre  a   homossexualidade;  de  forma  geral  muitos  hindus   consideram-­‐na  uma  das  diversas  formas  do  amor,   embora  muitas  outras  tradições  hindus  sigam  textos   como  o  Código  de  Manu,  que  contem  em  certas   passagens  afirmações  de  que  é  um  crime  punível.   Novos  movimentos  neo  pagãos  como  a  Wicca   aceitam.  
  39. 39. Homossexualismo  na  natureza   •  Uma  pesquisa  de  1999,  feita  pelo  pesquisador   Bruce  Bagemihl,  mostra  que  o  comportamento   homossexual  já  foi  observado  em  cerca  de  1.500   espécies  animais,  variando  de  primatas  a  vermes   intestinais,  e  é  bem  documentado  em  500  delas   Fonte:  Wikipédia  
  40. 40. Ciência    Não  é  considerado  doença  pela  OMS,  salvo   casos  de  Homossexualidade  distônica  (que   necessitam  de  tratamento,  ou  até  cirurgia  de   mudança  de  sexo.  
  41. 41. Univesidade  da  Geórgia/EUA   •  http://www.youtube.com/watch?v=ij8q6OOIyXU   •  64  alunos  (todos  ditos  heterossexuais)  divididos  em   2  grupos:   –  Homofóbicos   –  Indiferentes  
  42. 42. O  Que  diz  o  Espiritismo   O  LIVRO  DOS  ESPÍRITOS  –  Questão  202     Quando  errante,  que  prefere  o  Espírito:   encarnar  no  corpo  de  um  homem,  ou  no  de  uma   mulher?     Isso  pouco  lhe  importa.  O  que  o  guia  na  escolha   são  as  provas  por  que  haja  de  passar.      
  43. 43. Livro  Vida  e  Sexo,  cap.  21   •  O  homossexualismos  vai  crescendo  de  intensidade  e   de  extensão,  com  o  próprio  desenvolvimento  da   Humanidade,  e  o  mundo  vê,  na  atualidade,  em  todos   os  países,  extensas  comunidades  de  irmãos  em   experiência  dessa  espécie,  somando  milhões  de   homens  e  mulheres,  solicitando  atenção  e  respeito,   em  pé  de  igualdade  ao  respeito  e  à  atenção  devidos  às   criaturas  heterossexuais.    
  44. 44. O  Mais  importante:     •  Buscar  o  respeito  pelo  próximo!   •  A  monogamia  é  sinal  de  evolução  espiritual   •  Educar  seu  comportamento   •  Os  tempos  são  chegados    
  45. 45. Conclusão   Diante  de  toda  e  qualquer  desarmonia  do  mundo   afetivo,  seja  com  quem  for  e  como  for,  colocai-­‐vos,   em  pensamento,  no  lugar  dos  acusados,  analisando   as  vossas  tendências  mais  íntimas  e,  após   verificardes  se  estais  em  condições  de  censurar   alguém,  escutai,  no  âmago  da  consciência,  o  apelo   inolvidável,  inesquecível  do  Cristo:    “Amai-­‐vos  uns  aos  outros,  como  eu  vos  amei”.    
  46. 46. Marcelo.suster@uol.com.br  

×