Fingem todos os bons      Os Espíritos              sentimentos para  hipócritas: são quase      ganhar a confiança, e    ...
ADVERSÁRIOS DO ESPIRITISMO                 Se uns combatem o Espiritismo por                 ignorância, outros o fazem pr...
REVOLUÇÃO SOCIALFicai, portanto, certos de que, quando uma revolução social se produz na Terra, abala igualmente o mundo i...
O Espiritismo vem revelar outra       categoria de falsos cristos e de falsos        profetas, bem mais perigosa, e que   ...
Há algum tempo os                                                    nossos adversários    O Espiritismo                  ...
E pouco a pouco, vão                                                                envolvendo a todos,                   ...
Porquanto não Para chegar a tais                  pode operar afins, preciso é que o             mudança e fazer-seEspírit...
TÁTICA DOS ESPÍRITOS MISTIFICADORES Os grandes termos - caridade, humildade, amor de Deus - lhe servem como que de carta d...
TÁTICA DOS ESPÍRITOS MISTIFICADORES                                          Daí o consistir a sua tática,  Por isso mesmo...
TÁTICA DOS ESPÍRITOS MISTIFICADORES   São eles que semeiam os germes das discórdias entre   os grupos.    Que os levam iso...
TÁTICA DOS ESPÍRITOS MISTIFICADORES...Uma de suas                                Assim, o seu   táticas para              ...
O QUE PREDISPÕE À OBSESSÃO?
Todas as vezes, pois, que,  num grupo, um dos seus                            E que todos se ponham em    componentes cai ...
Se não se desencorajar esse elemento por uma         resistência enérgica. A obsessão se torna um mal         contagioso q...
Como o mais                                                      Nem mesmo se   poderoso                 Não se deve      ...
Se um dos membros do grupo cair sob ainfluência da obsessão, todos os esforçosdevem tender, desde os primeiros sinais, alh...
Pode-se, pois, estatuir como princípio que todo                     aquele que numa reunião espírita provoca              ...
Visto ser necessário evitar toda causa deperturbação e de distração, uma Sociedadeespírita deve, ao organizar-se, dar toda...
MEIOS UTILIZADOS PELOS OBSESSORES  Muitos são os                                                Ela se alastra  meios usad...
MEIOS UTILIZADOS PELOS OBSESSORES                                    Desânimo e desmotivação   Procuram disseminar a      ...
MEIOS UTILIZADOS PELOS OBSESSORESUsam de manobras  no sentido de aguçar o amor-                O melindre.                ...
ALERTA DE KARDEC                                                            Que façam calar as   Que todos os             ...
Nos Domínios da Mediunidade – Chico Xavier, pelo Espírito André Luiz
Nos Domínios da Mediunidade – Chico Xavier, pelo Espírito André Luiz   - Sem dúvida,             Impermeáveis ao          ...
Nos Domínios da Mediunidade – Chico Xavier, pelo Espírito André Luiz    - Sim. A palavra                   Sermões e confe...
O Assistente meditou um instante e acrescentou:     - Entre os homens, porém, se não é fácil cultivar a vida       digna, ...
A mente, por isso, continua encarcerada nos interessesquase sempre inferiores do mundo, cristalizada e enfermiçaem paisage...
Daí o valor do culto religioso respeitável, formandoambiente propício à ascensão espiritual, com indiscutíveis vantagens, ...
Todos os santuários, em seus atos         Os expositores da boa palavra podem ser  públicos, estão repletos de almas      ...
Nos Domínios da Mediunidade – Chico Xavier, pelo Espírito André LuizSorriu bem-humorado e prosseguiu:              - Em ra...
Os inimigos desencarnados e sua ação contra os grupos espíritas
Os inimigos desencarnados e sua ação contra os grupos espíritas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Os inimigos desencarnados e sua ação contra os grupos espíritas

92.504 visualizações

Publicada em

6 comentários
12 gostaram
Estatísticas
Notas
  • @Lukas Spinelle Spinelle Que pena que você pensa assim meu irmão! Jesus nos ensinou que devemos amar o próximo como a nós mesmos!!! Fazei a próximo aquilo que gostaria que nos fizessem. então que Deus te abençoe enormemente e lhe ilumine com a compreensão do amor e da justiça.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • @LukasSpinelleSpinelle "O Espiritismo não pode considerar como crítico sério senão aquele que tiver visto tudo, estudado tudo, aprofundado tudo, com paciência e a perseverança de um observador consciencioso; que soubesse sobre o assunto quanto o adepto mais esclarecido; que tivesse, por consequente, haurido seus conhecimentos em outro lugar do que nos romances de ciência; a quem não se pudesse opor nenhum fato do qual não tivesse conhecimento, nenhum argumento que não tivesse meditado; que refutasse, não por negação, mas por outros argumentos mais peremptórios; que pudesse, enfim, assinalar uma causa mais lógica para os fatos averiguados. Esse crítico está ainda por encontrar." (Allan Kardec, Janeiro de 1861 – Livro dos Médiuns, pág. 25). Espiritismo é amor. Que Jesus te abençoe.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • vc espiritas são os mais hipócritas de todos não são diferentes dos evangelicos tudo igual dizem que sevem a deus mais seu deus é outro nunca obedece a lei que deus deu que perpetua nunca se apaga mais vc seguem suas proprias doutrinas isso prova que vocês são inimigos de deus é meu tambem se tivesse poder destruia voces assim como ciro o escolhido de deus escolhido para eliminar os inemigos de deus
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Trabalho muito significativo para o trabalhador espírita, excelente!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Paabéns...muito oportuno.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
92.504
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
82.388
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
681
Comentários
6
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os inimigos desencarnados e sua ação contra os grupos espíritas

  1. 1. Fingem todos os bons Os Espíritos sentimentos para hipócritas: são quase ganhar a confiança, e O nome de Deus, sempre muito ficam felizes quando longe de lhes inspirar inteligentes e não tem encontram tolos que o menor temor, serve- no coração nenhuma os aceitam como lhes de máscara parafibra sensível. Nada os Espíritos bons, pois as suas torpezas. toca. então podem dirigi-los à vontade. ESE – Capítulo VIII – Pelos Espíritos Endurecidos- Item 75
  2. 2. ADVERSÁRIOS DO ESPIRITISMO Se uns combatem o Espiritismo por ignorância, outros o fazem precisamente porque lhe sentem toda a importância, pressentem o seu futuro e nele vêem um poderoso elemento regenerador.KARDEC, Allan. Instruções de Allan Kardec ao Movimento Espírita. Org. por Evandro Noleto Bezerra. Rio de Janeiro: FEB, 2005. - cap. 22
  3. 3. REVOLUÇÃO SOCIALFicai, portanto, certos de que, quando uma revolução social se produz na Terra, abala igualmente o mundo invisível,onde todas as paixões, boas e más, se exacerbam, como entre vós. (Doutor Barry) A Gênese - Sinais dos tempos – item 9
  4. 4. O Espiritismo vem revelar outra categoria de falsos cristos e de falsos profetas, bem mais perigosa, e que não se encontra entre os homens, mas entre os desencarnados.(ESE - Não Acrediteis Em Todos Os Espíritos, item 7).
  5. 5. Há algum tempo os nossos adversários O Espiritismo têm em mira asrevoluciona o mundo sociedades e as visível e o mundo reuniões espíritas, invisível. onde semeiam em profusão o fermento da discórdia e do ciúme. (Allan Kardec - Revista Espírita 1865 » Novembro)
  6. 6. E pouco a pouco, vão envolvendo a todos, porque sua alegria Ligam-se primeiro aos maligna é tanto mais fracos aos mais maior quanto maior o acessíveis, procurando número dos queAssim como há transformá-los emEspíritos protetores para tenham subjugado. seus instrumentos.as instituições, ascidades e os povos, osEspíritos malfeitorestambém se ligam aosgrupos e aos indivíduos. (O Livro dos Médiuns » Segunda parte - Das manifestações espíritas » Capítulo XXIX - Das reuniões e das Sociedades Espíritas » 340)
  7. 7. Porquanto não Para chegar a tais pode operar afins, preciso é que o mudança e fazer-seEspírito seja destro, acolhido, senão por ardiloso e meio da máscara profundamente que toma e de um hipócrita. falso aspecto de virtude. Allan Kardec - LM - Item -239
  8. 8. TÁTICA DOS ESPÍRITOS MISTIFICADORES Os grandes termos - caridade, humildade, amor de Deus - lhe servem como que de carta de crédito, porém, através de tudo isso, deixa passar sinais de inferioridade, que só o fascinado é incapaz de perceber. Allan Kardec - LM - Item -239
  9. 9. TÁTICA DOS ESPÍRITOS MISTIFICADORES Daí o consistir a sua tática, Por isso mesmo, o que o quase sempre, em inspirarfascinador mais teme são as ao seu intérprete o pessoas que vêem claro. afastamento de quem quer que lhe possa abrir os olhos. Allan Kardec - LM - Item -239
  10. 10. TÁTICA DOS ESPÍRITOS MISTIFICADORES São eles que semeiam os germes das discórdias entre os grupos. Que os levam isolar-se uns dos outros e a se olharem com prevenções.(ESE - Os Falsos Profetas da Erraticidade - Item 10 – Erasto Discípulo de São Paulo, 1862).
  11. 11. TÁTICA DOS ESPÍRITOS MISTIFICADORES...Uma de suas Assim, o seu táticas para primeiroalcançar os seus A fim de que cuidado, fins é a ninguém possa quando querem desunião, pois desmascará-lo, apoderar-se de sabem muito esclarecendo a alguém, ébem que podem vítima com seus sempre inspirar- facilmente conselhos lhe adominar aquele salutares. desconfiança e oque estiver sem isolamento. apoio. Allan Kardec - Revista Espírita - 1858/1859.
  12. 12. O QUE PREDISPÕE À OBSESSÃO?
  13. 13. Todas as vezes, pois, que, num grupo, um dos seus E que todos se ponham em componentes cai na guarda, visto ser mais que armadilha, cumpre se provável a multiplicação de proclame que há no campo suas tentativas.um inimigo, um lobo no redil. (Allan Kardec - O Livro dos Médiuns » Segunda parte - Das manifestações espíritas » Capítulo XXIX - Das reuniões e das Sociedades Espíritas » 340)
  14. 14. Se não se desencorajar esse elemento por uma resistência enérgica. A obsessão se torna um mal contagioso que se manifestará entre os médiuns pela perturbação da mediunidade. E entre os demais pela hostilidade recíproca, a perversão do senso moral e a destruição da harmonia.(Allan Kardec - O Livro dos Médiuns » Segunda parte - Das manifestaçõesespíritas » Capítulo XXIX - Das reuniões e das Sociedades Espíritas » 340)
  15. 15. Como o mais Nem mesmo se poderoso Não se deve devem esperarantídoto desse pois esperar os primeiros veneno é a que o mal se sintomas, poiscaridade, é ela torne incurável é necessário que eles para lhe aplicar sobretudo procuram o remédio. preveni-lo. abafar.(Allan Kardec - O Livro dos Médiuns » Segunda parte - Das manifestaçõesespíritas » Capítulo XXIX - Das reuniões e das Sociedades Espíritas » 340)
  16. 16. Se um dos membros do grupo cair sob ainfluência da obsessão, todos os esforçosdevem tender, desde os primeiros sinais, alhe abrir os olhos, antes que o mal seagrave.A fim de levá-lo à compreensão de que foienganado e ao desejo de ajudar os que oprocuram livrar. (Allan Kardec - O Livro dos Médiuns» Capítulo XXIX » 340)
  17. 17. Pode-se, pois, estatuir como princípio que todo aquele que numa reunião espírita provoca desordem, ou desunião, ostensiva ou sub- repticiamente, por quaisquer meios, é, ou um agente provocador, ou, pelo menos, um mau espírita, do qual cumpre que os outros se livrem o mais depressa possível.(O Livro dos Médiuns» Capítulo XXIX - Das reuniões e das Sociedades Espíritas » 337)
  18. 18. Visto ser necessário evitar toda causa deperturbação e de distração, uma Sociedadeespírita deve, ao organizar-se, dar toda a atençãoàs medidas apropriadas .(O Livro dos Médiuns» Capítulo XXIX - Das reuniões e das Sociedades Espíritas » 337)
  19. 19. MEIOS UTILIZADOS PELOS OBSESSORES Muitos são os Ela se alastra meios usados à procura de A ação desses pelos terreno fértil e obsessores, obsessores, o que foi dito logicamente, quase todos para as não fica eles bastante reuniões vale circunscrita estudados, pois igualmente aos grupos já sabemos que para todo o mediúnicos. sua ação é movimento organizada. espírita. Suely C. Schubert –Obsessão e desobsessão
  20. 20. MEIOS UTILIZADOS PELOS OBSESSORES Desânimo e desmotivação Procuram disseminar a para as questões espirituais. desconfiança entre os (Estudo, pratica do bem, bom participantes. humor, estado intimo, etc...) Querem intrometer-se nos Causa mal estar aos quetrabalhos, trazer a desunião no trabalham corretamente, grupo, intrigas, maledicência. deturpando a verdade.
  21. 21. MEIOS UTILIZADOS PELOS OBSESSORESUsam de manobras no sentido de aguçar o amor- O melindre. O personalismo. próprio. E toda a corte deO apego aos pontos deficiências que A vaidade. avassalam o ser de vista pessoais. humano.. Suely C. Schubert – Obsessão e desobsessão
  22. 22. ALERTA DE KARDEC Que façam calar as Que todos os Que todos os que suscetibilidades doEspíritas sinceros se estão penetrados da amor-próprio, para unam, pois, numa grandeza do ver apenas asanta comunhão de objetivo ponham de importância dopensamentos, para lado as pueris resultado para o enfrentar a questões qual a Providência tempestade. secundárias. conduz a Humanidade. (Allan Kardec - Revista Espírita 1865 » Novembro)
  23. 23. Nos Domínios da Mediunidade – Chico Xavier, pelo Espírito André Luiz
  24. 24. Nos Domínios da Mediunidade – Chico Xavier, pelo Espírito André Luiz - Sem dúvida, Impermeáveis ao - Mas este mesmo passam pelos bom aviso, fenômeno se repetesantuários da fé na continuam nas igrejas de outras condição de urnas inacessíveis à confissões cerradas. mudança religiosas? necessária.
  25. 25. Nos Domínios da Mediunidade – Chico Xavier, pelo Espírito André Luiz - Sim. A palavra Sermões e conferências de sacerdotesdesempenha significativo e doutrinadores, em variados setores da fé, sempre que inspirados nopapel nas construções do Infinito Bem, guardam o objetivo espírito. da elevação moral.
  26. 26. O Assistente meditou um instante e acrescentou: - Entre os homens, porém, se não é fácil cultivar a vida digna, é muito difícil habilitar-se a criatura à morte libertadora. Comumente, desencarna-se a alma, sem que se lhe desagarrem os pensamentos, enovelados em situações, pessoas e coisas da Terra.Nos Domínios da Mediunidade – Chico Xavier, pelo Espírito André Luiz
  27. 27. A mente, por isso, continua encarcerada nos interessesquase sempre inferiores do mundo, cristalizada e enfermiçaem paisagens inquietantes, criadas por ela mesma. Nos Domínios da Mediunidade – Chico Xavier, pelo Espírito André Luiz
  28. 28. Daí o valor do culto religioso respeitável, formandoambiente propício à ascensão espiritual, com indiscutíveis vantagens, não só para os Espíritos encarnados que a ele assistem, com sinceridade e fervor, mas também para os desencarnados, que aspiram à própria transformação. Nos Domínios da Mediunidade – Chico Xavier, pelo Espírito André Luiz
  29. 29. Todos os santuários, em seus atos Os expositores da boa palavra podem ser públicos, estão repletos de almas comparados a técnicos eletricistas,necessitadas que a eles comparecem, desligando «tomadas mentais», através sem o veículo denso, sequiosas de dos princípios libertadores que reconforto. distribuem na esfera do pensamento. Nos Domínios da Mediunidade – Chico Xavier, pelo Espírito André Luiz
  30. 30. Nos Domínios da Mediunidade – Chico Xavier, pelo Espírito André LuizSorriu bem-humorado e prosseguiu: - Em razão disso, as entidades vampirizantes operam contra eles, muitas vezes envolvendo-lhes os ouvintes em fluidos entorpecentes, conduzindo esses últimos ao sono provocado, para que se lhes adie a renovação.

×