SlideShare uma empresa Scribd logo
DESDE A ANTIGUIDADE JÁ SE SABIA: ―MENS
               SANA IN CORPORE SANO‖
1)   A vida corpórea é a síntese das irradiações da
     alma. Não há órgãos em harmonia
     sem pensamentos equilibrados.(André Luiz, Nos
     Domínios Da Mediunidade);
2) Teus órgãos são vivos e educáveis. Sem que
 teu pensamento se purifique e sem que a
 tua vontade comande o barco do organismo
 para       o     bem,      a     intervenção
 dos remédios humanos não passará de
 medida        em     trânsito     para     a
 inutilidade. Emmanuel - Socorre A Ti Mesmo
 — Livro, Pão Nosso;
   A MENTE COMANDA O CORPO. E QUEM
    COMANDA A MENTE???



   O ESPÍRITO, QUE É O SER INTELIGENTE
3)     As chagas_da_alma se manifestam através do envoltório_humano. O corpo
     doente reflete o panorama interior do espírito enfermo. A patogenia é um
     conjunto de inferioridades do aparelho psíquico.
           E é ainda na alma que reside a fonte primária de todos os recursos
     medicamentosos definitivos. A assistência farmacêutica do mundo não pode
     remover as causas transcendentes do caráter mórbido dos indivíduos. O
     remédio eficaz está na ação do próprio espírito enfermiço.
        Podeis objetar que as injeções e os comprimidos suprimem a dor; todavia,
     o mal ressurgirá mais tarde nas células do corpo. Indagareis, aflitos, quanto
     às moléstias incuráveis pela ciência da Terra e eu vos direi que
     a reencarnação, em si mesma, nas circunstâncias do mundo envelhecido nos
     abusos, já representa uma estação de tratamento e de cura e que há
     enfermidades d`alma, tão persistentes, que podem reclamar várias estações
     sucessivas, com a mesma intensidade nos processos regeneradores.
       O homem deve mobilizar todos os recursos ao seu alcance, em favor do seu
     equilíbrio orgânico. Por muito tempo ainda, a Humanidade não poderá
     prescindir da contribuição do clínico, do cirurgião e do farmacêutico,
     missionários do bem coletivo. O homem tratará da saúde_do_corpo, até que
     aprenda a preservá-lo e defendê-lo, conservando a preciosa saúde de sua
     alma.
        Acima de tudo, temos de reconhecer que os serviços de defesa das
     energias orgânicas, nos processos humanos, como atualmente se verificam,
     asseguram a estabilidade de uma grande oficina de esforços santificadores
     no mundo. Quando, porém, o homem espiritual dominar o homem físico, os
     elementos medicamentosos da Terra estarão transformados na excelência
     dos recursos psíquicos e essa grande oficina achar-se-á elevada a santuário
     de forças e possibilidades espirituais junto das almas. - Emmanuel - O
     Consolador;
   A CÓLERA, (É imprescindível vigiar a boca,
    porque o verbo cria, insinua, inclina, modifica,
    renova ou destrói, por dilatação viva de nossa
    personalidade.Emmanuel       -     (Vinha    de
    Luz); A cólera é tempestade magnética, no
    mundo da alma, e qualquer palavra que
    arremessamos, no momento da cólera, é
    semelhante ao raio fulminatório que ninguém
    sabe onde vai cair.- Emmanuel –(Livro da
    Esperança)


   A INTEMPERANÇA, (Muito comum em pessoas
    dominadoras)
   DESVARIOS DO SEXO ( 0 cativeiro nos tormentos do sexo não
    é problema que possa ser solucionado por literatos ou
    médicos a agir no campo exterior: é questão da alma, que
    demandaprocesso_individual_de_cura, e sobre esta só o
    espírito resolverá no tribunal da própria consciência. E’
    inegável que todo auxilio externo é valioso e respeitável, mas
    cumpre-nos reconhecer que os escravos das perturbações do
    campo sensorial só por si mesmos serão liberados, isto
    é, ...pela dilatação do entendimento,pela compreensão dos
    sofrimentos alheios e das dificuldades próprias, pela
    aplicação, enfim, do amai-vos uns aos outros, assim na
    doutrinação, como no imo da alma, com as melhores energias
    do cérebro e com os melhores sentimentos do coração. -
    André Luiz – No Mundo Maior)

   As VICIAÇÕES de vários matizes, formam criações inferiores
    que afetam profundamente a vida íntima. (Hábitos nocivos:
    ALCOOLISMO;DROGAS;GULA;MALEDICÊNCIA;MENTIRA;TABAGI
    SMO
   As ações produzem efeitos,
   os sentimentos geram criações,
   os pensamentos dão origem a formas e conseqüências de infinitas
    expressões.
         E, em virtude de cada Espírito representar um universo por si, cada um
    de nós é responsável pela emissão das forças que lançamos em circulação
    nas correntes da vida.
   A cólera,
   a desesperação,
   o ódio
   e o vício oferecem campo a perigosos germens psíquicos na esfera da alma.
         E, qual acontece no terreno das enfermidades do corpo, o contágio aqui
    é fato consumado, desde que a imprevidência ou a necessidade de luta
    estabeleçam ambiente propício, entre companheiros do mesmo nível.
    Naturalmente, no campo da matéria mais grosseira, essa lei funciona com
    violência, enquanto, entre nós, se desenvolve com as modificações naturais.
    Aliás, não pode ser de outro modo, mesmo porque você não ignora que
    muita gente cultiva a vocação para o abismo. Cada viciação particular da
    personalidade produz as formas sombrias que lhe são conseqüentes, e estas,
    como as plantas inferiores que se alastram no solo, por relaxamento do
    responsável, são extensivas às regiões próximas, onde não prevalece o
    espírito de vigilância e defesa. - André Luiz – Missionários da Luz;
―As moléstias conhecidas no mundo e outras que
    ainda escapam ao diagnóstico humano, por muito
    tempo persistirão nas esferas torturadas da alma,
    conduzindo-nos ao reajuste.
   A dor é o grande e abençoado remédio. Reeduca-
    nos a atividade mental, reestruturando as peças
    de nossa instrumentação e polindo os fulcros
    anímicos de que se vale a nossa inteligência para
    desenvolver-se na jornada para a vida eterna.
   Depois do poder de Deus, é a única força capaz
    de alterar o rumo de nossos pensamentos,
    compelindo-nos a indispensáveis modificações,
    com vistas ao Plano Divino, a nosso respeito, e de
    cuja execução não poderemos fugir sem graves
    prejuízos para nós mesmos‖ – André Luiz, Entre a
    Terra e o Céu
   Jesus sempre colocou a fé como condição para que
    houvesse a cura. Quando curava alguém dizia: ―tua fé te
    curou‖, ―tua fé te salvou‖. A fé é o canal pelo qual o
    Poder Benéfico da Cura se realiza.



   Nos Evangelhos, pelo menos uma vez, este Poder
    Benéfico de Cura foi demonstrado como sendo uma
    força que saía de Jesus em direção ao outro. Isto
    aconteceu quando uma mulher tocou em Jesus, em
    meio à multidão. E o Mestre perguntou: ―alguém me
    tocou, porque senti uma força sair de mim‖. Quando a
    mulher se apresentou Ele disse: ―foi tua fé que te salvou.
    Vai em paz, curada do teu mal‖.
   No caso de pessoas obsediadas por espíritos,
    Jesus    podia     livrá-las   desta   obsessão
    independente da fé. Isto era possível porque
    Jesus agia diretamente sobre os espíritos. Livres
    dos espíritos obsessores as pessoas deveriam
    passar por uma reforma interior a fim de evitar
    que estes espíritos voltassem a obsediá-los.
   A reforma interior é o segundo momento da
    cura. Corresponde ao momento em que a
    pessoa passa a ter uma nova atitude
    mental/emocional. É o momento em que uma
    prostituta deixa de usar seu corpo para obter
    benefícios, ou uma pessoa injusta passa a ser
    justa. Desta forma, sentindo o amor de Deus
    para com ela, ela retribui ao mundo sob a forma
    de bondade, justiça e amor ao próximo o bem
    que recebeu de Deus.
   Realizar Obras é possível a qualquer um. A fé,
    como já vimos, é condição indispensável. Mas
    devemos lembrar que Jesus cobrou a fé daqueles
    a quem já havia treinado, ensinado e que já
    estavam realizando a reforma interior.
   - ter conhecimento e estudo da palavra de Deus
    e das Leis de Deus (―conheça a verdade, e esta o
    libertará.‖)
   - fazer a reforma interior
   - ter fé
   Ter fé, sem conhecimento e reforma íntima é um
    ato cego e pouco produtivo. Conhecimento e
    reforma íntima sem fé é um ato com pouca vida
    e limitado. A cura é plena quando reflete no
    corpo e na alma, o que é igual a conhecimento,
    reforma íntima e fé.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Para os espíritas, quem é jesus
Para os espíritas, quem é jesusPara os espíritas, quem é jesus
Para os espíritas, quem é jesus
Tatiana Bonfim
 

Mais procurados (20)

Dia De Finados
Dia De FinadosDia De Finados
Dia De Finados
 
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDESPALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
 
Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor
 
Felicidade E Infelicidade Relativa
Felicidade E  Infelicidade  RelativaFelicidade E  Infelicidade  Relativa
Felicidade E Infelicidade Relativa
 
Palestra Espírita - Lei de amor
Palestra Espírita - Lei de amorPalestra Espírita - Lei de amor
Palestra Espírita - Lei de amor
 
Objetivo da encarnação
Objetivo da encarnaçãoObjetivo da encarnação
Objetivo da encarnação
 
Para os espíritas, quem é jesus
Para os espíritas, quem é jesusPara os espíritas, quem é jesus
Para os espíritas, quem é jesus
 
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMOREFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
 
Submissão e Resignação frente a Mudanças
Submissão e Resignação frente a MudançasSubmissão e Resignação frente a Mudanças
Submissão e Resignação frente a Mudanças
 
Atendimento fraterno
Atendimento fraternoAtendimento fraterno
Atendimento fraterno
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coração
 
09 de maio 2015 o papel das mães na terra
09 de maio 2015   o papel das mães na terra09 de maio 2015   o papel das mães na terra
09 de maio 2015 o papel das mães na terra
 
O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.
O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.
O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.
 
Os espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morteOs espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morte
 
A caridade segundo São Paulo
A caridade segundo São PauloA caridade segundo São Paulo
A caridade segundo São Paulo
 
O argueiro e a trave no olho cap x
O argueiro e a trave no olho cap xO argueiro e a trave no olho cap x
O argueiro e a trave no olho cap x
 
Palestra 29 o homem de bem
Palestra 29 o homem de bemPalestra 29 o homem de bem
Palestra 29 o homem de bem
 
2.8.1 O sono e os sonhos
2.8.1   O sono e os sonhos2.8.1   O sono e os sonhos
2.8.1 O sono e os sonhos
 
Causas das aflições slideshare
Causas das aflições slideshareCausas das aflições slideshare
Causas das aflições slideshare
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
 

Semelhante a Doenças da alma

07 perispírito e doenças
07   perispírito e doenças07   perispírito e doenças
07 perispírito e doenças
jcevadro
 

Semelhante a Doenças da alma (20)

Corpos e curas2
Corpos e curas2Corpos e curas2
Corpos e curas2
 
Libertação
LibertaçãoLibertação
Libertação
 
Espiritualidade e saúde (fatima)
Espiritualidade e saúde (fatima)Espiritualidade e saúde (fatima)
Espiritualidade e saúde (fatima)
 
O passe e a ciência
O passe e a ciênciaO passe e a ciência
O passe e a ciência
 
A Vontade
A VontadeA Vontade
A Vontade
 
07 perispírito e doenças
07   perispírito e doenças07   perispírito e doenças
07 perispírito e doenças
 
AULA 078 EAE DM - MEDICINA PSICOSSOMÁTICA - 20180727
AULA 078 EAE DM - MEDICINA PSICOSSOMÁTICA - 20180727AULA 078 EAE DM - MEDICINA PSICOSSOMÁTICA - 20180727
AULA 078 EAE DM - MEDICINA PSICOSSOMÁTICA - 20180727
 
Desobsessao
DesobsessaoDesobsessao
Desobsessao
 
AULA 078 EAE DM - MEDICINA PSICOSSOMÁTICA 20170330
AULA 078 EAE DM - MEDICINA PSICOSSOMÁTICA 20170330AULA 078 EAE DM - MEDICINA PSICOSSOMÁTICA 20170330
AULA 078 EAE DM - MEDICINA PSICOSSOMÁTICA 20170330
 
Rastros de luz 10
Rastros de luz 10Rastros de luz 10
Rastros de luz 10
 
Seminário: As Terapias Desobsessivas
Seminário: As Terapias DesobsessivasSeminário: As Terapias Desobsessivas
Seminário: As Terapias Desobsessivas
 
A Verdadeira Cura
A Verdadeira CuraA Verdadeira Cura
A Verdadeira Cura
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 44 - Curas
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 44 - CurasSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 44 - Curas
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 44 - Curas
 
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidadeInimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
 
Medicina E Espiritismo
Medicina E EspiritismoMedicina E Espiritismo
Medicina E Espiritismo
 
Universalismo crstico apostila - 019 - 2011 - lar (2)
Universalismo crstico   apostila - 019 - 2011 - lar (2)Universalismo crstico   apostila - 019 - 2011 - lar (2)
Universalismo crstico apostila - 019 - 2011 - lar (2)
 
Universalismo crstico apostila - 019 - 2011 - lar (1)
Universalismo crstico   apostila - 019 - 2011 - lar (1)Universalismo crstico   apostila - 019 - 2011 - lar (1)
Universalismo crstico apostila - 019 - 2011 - lar (1)
 
16 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
16 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)16 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
16 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
 
Disciplina mental
Disciplina mental  Disciplina mental
Disciplina mental
 
Doenças: Uma Visão Espírita
Doenças: Uma Visão EspíritaDoenças: Uma Visão Espírita
Doenças: Uma Visão Espírita
 

Doenças da alma

  • 1. DESDE A ANTIGUIDADE JÁ SE SABIA: ―MENS SANA IN CORPORE SANO‖
  • 2. 1) A vida corpórea é a síntese das irradiações da alma. Não há órgãos em harmonia sem pensamentos equilibrados.(André Luiz, Nos Domínios Da Mediunidade);
  • 3. 2) Teus órgãos são vivos e educáveis. Sem que teu pensamento se purifique e sem que a tua vontade comande o barco do organismo para o bem, a intervenção dos remédios humanos não passará de medida em trânsito para a inutilidade. Emmanuel - Socorre A Ti Mesmo — Livro, Pão Nosso;
  • 4. A MENTE COMANDA O CORPO. E QUEM COMANDA A MENTE???  O ESPÍRITO, QUE É O SER INTELIGENTE
  • 5. 3) As chagas_da_alma se manifestam através do envoltório_humano. O corpo doente reflete o panorama interior do espírito enfermo. A patogenia é um conjunto de inferioridades do aparelho psíquico. E é ainda na alma que reside a fonte primária de todos os recursos medicamentosos definitivos. A assistência farmacêutica do mundo não pode remover as causas transcendentes do caráter mórbido dos indivíduos. O remédio eficaz está na ação do próprio espírito enfermiço. Podeis objetar que as injeções e os comprimidos suprimem a dor; todavia, o mal ressurgirá mais tarde nas células do corpo. Indagareis, aflitos, quanto às moléstias incuráveis pela ciência da Terra e eu vos direi que a reencarnação, em si mesma, nas circunstâncias do mundo envelhecido nos abusos, já representa uma estação de tratamento e de cura e que há enfermidades d`alma, tão persistentes, que podem reclamar várias estações sucessivas, com a mesma intensidade nos processos regeneradores. O homem deve mobilizar todos os recursos ao seu alcance, em favor do seu equilíbrio orgânico. Por muito tempo ainda, a Humanidade não poderá prescindir da contribuição do clínico, do cirurgião e do farmacêutico, missionários do bem coletivo. O homem tratará da saúde_do_corpo, até que aprenda a preservá-lo e defendê-lo, conservando a preciosa saúde de sua alma. Acima de tudo, temos de reconhecer que os serviços de defesa das energias orgânicas, nos processos humanos, como atualmente se verificam, asseguram a estabilidade de uma grande oficina de esforços santificadores no mundo. Quando, porém, o homem espiritual dominar o homem físico, os elementos medicamentosos da Terra estarão transformados na excelência dos recursos psíquicos e essa grande oficina achar-se-á elevada a santuário de forças e possibilidades espirituais junto das almas. - Emmanuel - O Consolador;
  • 6. A CÓLERA, (É imprescindível vigiar a boca, porque o verbo cria, insinua, inclina, modifica, renova ou destrói, por dilatação viva de nossa personalidade.Emmanuel - (Vinha de Luz); A cólera é tempestade magnética, no mundo da alma, e qualquer palavra que arremessamos, no momento da cólera, é semelhante ao raio fulminatório que ninguém sabe onde vai cair.- Emmanuel –(Livro da Esperança)  A INTEMPERANÇA, (Muito comum em pessoas dominadoras)
  • 7. DESVARIOS DO SEXO ( 0 cativeiro nos tormentos do sexo não é problema que possa ser solucionado por literatos ou médicos a agir no campo exterior: é questão da alma, que demandaprocesso_individual_de_cura, e sobre esta só o espírito resolverá no tribunal da própria consciência. E’ inegável que todo auxilio externo é valioso e respeitável, mas cumpre-nos reconhecer que os escravos das perturbações do campo sensorial só por si mesmos serão liberados, isto é, ...pela dilatação do entendimento,pela compreensão dos sofrimentos alheios e das dificuldades próprias, pela aplicação, enfim, do amai-vos uns aos outros, assim na doutrinação, como no imo da alma, com as melhores energias do cérebro e com os melhores sentimentos do coração. - André Luiz – No Mundo Maior)  As VICIAÇÕES de vários matizes, formam criações inferiores que afetam profundamente a vida íntima. (Hábitos nocivos: ALCOOLISMO;DROGAS;GULA;MALEDICÊNCIA;MENTIRA;TABAGI SMO
  • 8. As ações produzem efeitos,  os sentimentos geram criações,  os pensamentos dão origem a formas e conseqüências de infinitas expressões.  E, em virtude de cada Espírito representar um universo por si, cada um de nós é responsável pela emissão das forças que lançamos em circulação nas correntes da vida.  A cólera,  a desesperação,  o ódio  e o vício oferecem campo a perigosos germens psíquicos na esfera da alma.  E, qual acontece no terreno das enfermidades do corpo, o contágio aqui é fato consumado, desde que a imprevidência ou a necessidade de luta estabeleçam ambiente propício, entre companheiros do mesmo nível. Naturalmente, no campo da matéria mais grosseira, essa lei funciona com violência, enquanto, entre nós, se desenvolve com as modificações naturais. Aliás, não pode ser de outro modo, mesmo porque você não ignora que muita gente cultiva a vocação para o abismo. Cada viciação particular da personalidade produz as formas sombrias que lhe são conseqüentes, e estas, como as plantas inferiores que se alastram no solo, por relaxamento do responsável, são extensivas às regiões próximas, onde não prevalece o espírito de vigilância e defesa. - André Luiz – Missionários da Luz;
  • 9. ―As moléstias conhecidas no mundo e outras que ainda escapam ao diagnóstico humano, por muito tempo persistirão nas esferas torturadas da alma, conduzindo-nos ao reajuste.  A dor é o grande e abençoado remédio. Reeduca- nos a atividade mental, reestruturando as peças de nossa instrumentação e polindo os fulcros anímicos de que se vale a nossa inteligência para desenvolver-se na jornada para a vida eterna.  Depois do poder de Deus, é a única força capaz de alterar o rumo de nossos pensamentos, compelindo-nos a indispensáveis modificações, com vistas ao Plano Divino, a nosso respeito, e de cuja execução não poderemos fugir sem graves prejuízos para nós mesmos‖ – André Luiz, Entre a Terra e o Céu
  • 10. Jesus sempre colocou a fé como condição para que houvesse a cura. Quando curava alguém dizia: ―tua fé te curou‖, ―tua fé te salvou‖. A fé é o canal pelo qual o Poder Benéfico da Cura se realiza.  Nos Evangelhos, pelo menos uma vez, este Poder Benéfico de Cura foi demonstrado como sendo uma força que saía de Jesus em direção ao outro. Isto aconteceu quando uma mulher tocou em Jesus, em meio à multidão. E o Mestre perguntou: ―alguém me tocou, porque senti uma força sair de mim‖. Quando a mulher se apresentou Ele disse: ―foi tua fé que te salvou. Vai em paz, curada do teu mal‖.
  • 11. No caso de pessoas obsediadas por espíritos, Jesus podia livrá-las desta obsessão independente da fé. Isto era possível porque Jesus agia diretamente sobre os espíritos. Livres dos espíritos obsessores as pessoas deveriam passar por uma reforma interior a fim de evitar que estes espíritos voltassem a obsediá-los.  A reforma interior é o segundo momento da cura. Corresponde ao momento em que a pessoa passa a ter uma nova atitude mental/emocional. É o momento em que uma prostituta deixa de usar seu corpo para obter benefícios, ou uma pessoa injusta passa a ser justa. Desta forma, sentindo o amor de Deus para com ela, ela retribui ao mundo sob a forma de bondade, justiça e amor ao próximo o bem que recebeu de Deus.
  • 12. Realizar Obras é possível a qualquer um. A fé, como já vimos, é condição indispensável. Mas devemos lembrar que Jesus cobrou a fé daqueles a quem já havia treinado, ensinado e que já estavam realizando a reforma interior.
  • 13. - ter conhecimento e estudo da palavra de Deus e das Leis de Deus (―conheça a verdade, e esta o libertará.‖)  - fazer a reforma interior  - ter fé  Ter fé, sem conhecimento e reforma íntima é um ato cego e pouco produtivo. Conhecimento e reforma íntima sem fé é um ato com pouca vida e limitado. A cura é plena quando reflete no corpo e na alma, o que é igual a conhecimento, reforma íntima e fé.