Aluno: Jovert Nunes Freire
Grupo: Grupo 55 / PIGEAD - Polo: APsjo212 - Data: 25/10/13.
Disciplina: STCD
Tarefa 5: Análise ...
2) SUBGRUPO ESCOLHIDO
O subgrupo A foi o escolhido para a análise sobre as atividades de tutoria. As situações
críticas oc...
"Caminhar com bom tempo, numa terra bonita, sem pressa, e ter por fim da caminhada
um objetivo agradável: eis, de todas as...
 “Vocês estão de parabéns na interação. Continuando com a questão da função do tutor,
disponibilizo um arquivo que trata ...
- Um dos tutores, provavelmente pela falta de assiduidade, facilitou as respostas para
atrair uma maior participação, que ...
• MACHADO, Liliana Dias & MACHADO, Eliam de Castro - O papel da tutoria
em ambientes
• LITWIN, E. (Org.). -Temas para deba...
• MACHADO, Liliana Dias & MACHADO, Eliam de Castro - O papel da tutoria
em ambientes
• LITWIN, E. (Org.). -Temas para deba...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.

3.012 visualizações

Publicada em

Com base nas leituras que você realizou durante a disciplina, que de alguma forma oferecem subsídios para desenvolver critérios de qualidade para a mediação pedagógica em um fórum de discussão, escolha um grupo diferente do seu e comente aspectos positivos e negativos das práticas de mediação utilizadas.
Atenção: isto é apenas um exercício para reflexão sobre suas próprias práticas a partir da observação das práticas de seus colegas. Seu papel aqui não é o de julgar e nem de expor o trabalho do outro. Você apenas indicará o grupo e discorrerá sobre o que viu, sem citar nomes.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.012
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
98
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.

  1. 1. Aluno: Jovert Nunes Freire Grupo: Grupo 55 / PIGEAD - Polo: APsjo212 - Data: 25/10/13. Disciplina: STCD Tarefa 5: Análise de Fórum de Prática em Tutoria. 1) A IMPORTÂNCIA DO FÓRUM NAS TUTORIAS EAD. O fórum é uma das principais ferramentas da EaD no processo de aprendizagem, pois é através deles que docentes e discentes estabelecem uma construção interativa do conhecimento. Este recurso permite aos alunos, e também aos docentes, que ampliem seus conhecimentos ajudando-se mutuamente. Ao construírem esse raciocínio conjuntamente, fazendo uso de uma formatação cronológica, organizada em tópicos alinhados por tema, eles ampliam as possibilidades para além do que apenas o tutor poderia oferecer, pois todos contribuem, não só com referências e hiperlinks, mas também com pensamentos originais e compartilhamento de experiências. Os fóruns possuem grande potencial de interatividade para instigar o debate e para a construção do conhecimento. A partir do enunciado inicial, com alguns questionamentos, o tutor deve instigar as contribuições, solicitando ao grupo que traga referências para o debate, ou trazer uma metáfora para iniciar a discussão, uma charge, um vídeo, a letra de uma música... enfim, problematizando. Assim, os alunos vão contribuindo, disponibilizando links e discutindo. Esse é o motivo que se compara o fórum em EaD aos fóruns presenciais, onde há uma discussão ou debate, para aprofundar e discutir temáticas pertinentes a comunidade de aprendizagem. Com algumas diferenças importantes. Pois, por ser uma interface assíncrona, o fórum EaD possibilita um maior tempo de reflexão para a elaboração de novos questionamentos ou mesmo respostas e permite a agregação de diversas mídias e a dinâmica hipertextual. Essa forma de interação, ao mesmo tempo cooperativa e colaborativa, além de contribuir para o aprendizado dos alunos, orienta-os a empenhar as suas capacidades cognitivas ao trabalho em equipe. Consequentemente, o fórum desenvolve o sentimento de pertencimento a um grupo, diminuindo a sensação de solidão imposta pelo estudo virtual solitário e desperta o sentimento de solidariedade. SISTEMA DE TUTORIA EM CURSOS A DISTÂNCIA
  2. 2. 2) SUBGRUPO ESCOLHIDO O subgrupo A foi o escolhido para a análise sobre as atividades de tutoria. As situações críticas ocasionadas pela falta de tutores e o exemplo de superação e cumprimento do dever pelos colegas remanescentes foram os motivos dessa escolha foram as situações críticas ocorridas que demandou maior esforço aos integrantes do grupo. Outro fato interessante foi a contribuição de um colega que, mesmo sem ter a obrigação, assumiu uma das posições vagas do subgrupo “incompleto” e, no papel de aluno, colaborou para que o grupo apresentasse um ótimo resultado em termos de qualidade das mensagens. 2) EXEMPLOS ANALISADOS 2.1) NOS ENUNCIADOS • PRIMEIRO ENUNCIADO: “ Discutimos nesta disciplina a importância do papel do tutor, competências, as dificuldades do dia-a-dia e as estratégias de mediação.”... “A atividade desta semana propõe uma simulação de situação problema, como o tutor deveria agir diante desta situação complicada para resolver: uma das suas alunas postou o seguinte comentário no Fórum tarefa: “Oi, tutor (a), a senhora sabe tudo mesmo, né? Axei o tal do fórum! Dá licensa, viu gente? Eu não gosto muito de discutir não, mas a dona Fernanda que tá pedindo, né? Espero que vocês compreendam! ... É isso! To indo, tá, gente, tá certo, tutor (a)?” “Ao ver a postagem da Andréia, outra aluna, Marcela, faz a seguinte postagem: Cara tutor (a), demais! É um infortúnio descomunal o desfile de barbáries com o que meus olhos se depararam enquanto eu lia a postagem da pessoa acima. Suponho que seja um engano, porque uma pessoa deste nível não pode estar na mesma turma que uma doutora que coleciona premiações, colhendo os louros de uma impecável formação como a minha!”... “E se me permite uma colocação, tutora, você mesma deve dispor de uma ferramenta para excluir aberrações como esta, de modo que deveria fazê-lo antes que alunos como eu me torne testemunha de um assassinato brutal contra a língua portuguesa. Sem mais, Márcia.” “Como você imagina que o tutor desta turma faria para resolver o problema? Como ele conduziria a situação?“ • SEGUNDO ENUNCIADO:
  3. 3. "Caminhar com bom tempo, numa terra bonita, sem pressa, e ter por fim da caminhada um objetivo agradável: eis, de todas as maneiras de viver, aquela que mais me agrada."Jean Jacques Rousseau”...” Discutimos neste módulo, as várias vertentes que envolvem o papel do tutor e as competências necessárias para uma boa prática em tutoria. “...a atividade dessa semana consiste em, após fazer a leitura do material base (disponível como tutoria EaD) na página 49 você encontrará os seguintes itens relacionados as competências do tutor quanto a aprendizagem do cursista: • usar conhecimentos do conteúdo para dar uma orientação; • dar "feedback" aos alunos no seu trabalho; • familiarizar os alunos com as convenções da disciplina; • estabelecer elos; • resolução de problemas acadêmicos.” • TERCEIRO ENUNCIADO: “Vamos falar sobre as competências de um mediador? Prestem atenção nas palavras do sociólogo Philippe Perrenoud: “Competência é a faculdade de mobilizar um conjunto de recursos cognitivos - saberes, capacidades e informações - para solucionar uma série de situações”. Pesquise materiais didáticos e comente sobre eles utilizando os conceitos abordados no texto “Competências de um Mediador” e no vídeo de Philippe Perrenoud.”...”Você deve contribuir de forma significativa e não há limite mínimo nem máximo de participações. Discuta neste fórum suas impressões junto com seus colegas.” 2.2) NAS INTERVENÇÕES DOS TUTORES:  - “O respeito é primordial nas relações humanas, seja ela presencial ou virtual, certo? E você, fulano? Como aborda essa questão?  “Você abordou bem a questão da postura e do papel do tutor nesta situação. Devemos sempre manter a neutralidade e incentivar o bom envolvimento do grupo. O que aconteceria se elas se sentissem ofendidas com a abordagem do tutor, seja a correção da maneira polida que deve haver num grupo de EaD, seja na postura errônea da outra colega? E se você percebesse que qq uma das duas entrou num "silêncio virtual" depois deste acontecimento? O que fazer? Levanto esta questão para todos do grupo! Vamos lá pessoal, a interação está esquentando!”
  4. 4.  “Vocês estão de parabéns na interação. Continuando com a questão da função do tutor, disponibilizo um arquivo que trata da questão da importância do "feedback" dado ao aluno. Leiam o seguinte trecho na p. 9 do arquivo em anexo.” “... Pensando nisso, como podemos associar a importância do feedback para um aluno em EaD? Façam a leitura do texto em anexo para um melhor embasamento de seu posicionamento.”  “Concordo com as suas explanações e creio que o termo elo de ligação possa ter ficado redundante mesmo. Qual sugestão você daria ao autor?”  “Gostaria que você e o os outros colegas de grupo fizessem um paralelo entre a atuação do tutor e a do professor presencial, com relação à orientação da aprendizagem. Vocês conseguem encontrar características semelhantes?”  “Boa noite a todos! Estamos chegando ao final de mais um fórum de discussão. Gostaria de agradecer a participação de todos e dizer que senti um silêncio virtual de alguns. Triste. Espero de alguma forma, ter contribuído positivamente para a formação de vocês. Grande abraço.  “Excelente interação! Realmente no âmbito educacional esses termos competências, habilidades e bases tecnológicas ainda são muito polêmicos e gera muitos questionamentos... pensativo. Deixo como contribuição um vídeo sobre Educação por competências - Nilson Machado... Aguardo as considerações sobre o vídeo???” 3) ASPECTOS POSITIVOS - O grupo, mesmo em número reduzido, atendeu aos aspectos de uma boa tutoria, problematizando os temas escolhidos e instigando os integrantes ao debate e a construção do conhecimento de forma colaborativa. - Todos os tutores mantiveram o controle sobre o andamento dos fóruns. - Todos atuaram com conhecimento da “Teoria das Faces” e regras da polidez. - Todos demonstraram amplo conhecimento da função de tutoria. - Todos desempenharam os seus papéis seguindo o aprendizado na disciplina STCD, com ênfase no aprendido sobre “Conversações e discussões instrucionais. 4) ASPECTOS A DESENVOLVER - Os fechamentos dos fóruns poderiam ter um formato de resumo das contribuições, apanhado geral ou mesmo de agradecimento personalizado. - Um dos tutores poderia ter questionado mais.
  5. 5. - Um dos tutores, provavelmente pela falta de assiduidade, facilitou as respostas para atrair uma maior participação, que acabou não ocorrendo. 5) CONCLUSÕES O fato da ausência de dois tutores sem nenhuma explicação prévia criou uma situação de anticlímax entre os participantes desse fórum. Mesmo assim, o grupo remanescente conseguiu um excelente (e até surpreendente) “desempenho”, numa atitude proativa e de superação perante essas ocorrências totalmente inesperadas e conseguindo produzir uma reviravolta no quadro inicial. Para tutorar em uma prática educativa diferenciada, não se depende isoladamente dos aspectos humanos ou sociais, das capacidades de comunicação, negociação e inclusão estabelecidas, ou mesmo dos elementos tecnológicos. Para se possibilitar um resultado de excelência em qualidade em um curso EAD, devemos perceber todas essas possibilidades, além de outras que possam surgir, e utilizá-las com senso crítico, esmero controle, de forma a melhor aproveitá-las no desempenho da função de tutor. Nesta minha conclusão de tarefa e de disciplina, tomo a liberdade de parabenizar anonimamente esses colegas pelo excelente fórum que produziram, mesmo com todas as adversidades enfrentadas. Graças a eles, a qualidade surpreende a quantidade mais uma vez. 6) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS • NOBRE, Claudia V. & MELO, Keite S. – Convergências das Competências Essenciais do Mediador Pedagógico da EAD - • TERRA, Lucimara Q. & outros - Uma Investigação sobre o papel do Tutor • FREIRE, Valéria P. & LINHARES, Ronaldo - Conhecimento crítico-reflexivo do educador/tutor • GRÜTZMANN, Thaís Philipsen & DEL PINO, Mauro - Uma análise da relação Tutor - Aluno • ESQUINCALHA, Agnaldo C. & Outros - Sistemas de tutoria em cursos de pós graduação a distância - • BEVILAQUIA, Diego V. & BARRETO, Cristine - Conversação e discussões • MELO, Luana Antero e COSTA, Marcelo Augusto Mesquita da Costa - Polidez e Impolidez: Um levantamento histórico do seu estudo
  6. 6. • MACHADO, Liliana Dias & MACHADO, Eliam de Castro - O papel da tutoria em ambientes • LITWIN, E. (Org.). -Temas para debate de agenda educativa. Artmed, 2001. • SOUZA, C. A. - Tutoria como espaço de interação em EaD. Curitiba, Set. 2004.
  7. 7. • MACHADO, Liliana Dias & MACHADO, Eliam de Castro - O papel da tutoria em ambientes • LITWIN, E. (Org.). -Temas para debate de agenda educativa. Artmed, 2001. • SOUZA, C. A. - Tutoria como espaço de interação em EaD. Curitiba, Set. 2004.

×