Apresentação braskem day - nyse

978 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
978
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação braskem day - nyse

  1. 1. Nova York23 de Outubro de 2006 José Carlos Grubisich
  2. 2. Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas refletem as metas e as expectativas da direção da Braskem. As palavras "antecipa", "acredita", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima", "projeta", "objetiva" e similares são declarações prospectivas. Embora acreditemos que essas declarações prospectivas se baseiem em pressupostos razoáveis, essas declarações estão sujeitas a vários riscos e incertezas, e são feitas levando em conta as informações às quais a Braskem atualmente tem acesso. Esta apresentação está atualizada até 30 de junho de 2006 e a Braskem não se obriga a atualizá-la mediante novas informações e/ou acontecimentos futuros. A Braskem não se responsabiliza por operações ou decisões de investimento tomadas com base nas informações contidas nesta apresentação.2
  3. 3. Posicionamento CompetitivoEstratégia de NegóciosSustentabilidadeCrescimento com Criação deValor
  4. 4. Posicionamento CompetitivoEstratégia de NegóciosSustentabilidadeCrescimento com Criação deValor
  5. 5. Braskem em Números Maior petroquímica da América Latina Receita Bruta* Ebitda* Ativos Totais US$ 6,5 bi US$ 660 mi US$ 7 bi Div. Líq. / Ebitda* Dívida / PL 2,97 x 57 / 43* Últimos Doze Meses (UDM) – 30/06/20065
  6. 6. Braskem em Números Crescimento significativo e consistente Receita Bruta US$ milhões EBITDA US$ milhões 6.252 871 851 4.900 3.688 581 3.013 457 28% 23% CAGR CAGR 2002 2003 2004 2005 2002 2003 2004 2005Fonte: Braskem6
  7. 7. Drivers Estratégicos da Braskem Sólido modelo de negócio baseado na integração competitiva da cadeia de valor Integração Competitiva Extração Extração 11ageraçção ª gera ão 2aªgeraçção 2 gera ão 3ª geração 3ª geração Valor Adicionado Nafta Condensado Competitividade Matérias-Primas Petroquímicos básicos Resinas termoplásticas Conversores Plásticos Liderança Competitividade Autonomia de Mercado de Custos Tecnológica Petroquímica nº. 1 da Petroquí nº Integração Know-How América Latina Amé com Escala7
  8. 8. Liderança de mercado na região como driver deCriação de ValorReforçada após a aquisição da Politeno Participação de Mercado no Brasil – 1S06 PVC % PE Após a aquisição % 39% 54% 39% 44% BRASKEM 17% 7% Importações PP % Outros PE Antes da aquisição % 30% 42% 51% 52% 18% 7%Fonte: Braskem 1S068
  9. 9. Competitividade de custos como driver de Criação de Valor Maior produtor da região Capacidade anual total de 6,1 milhões de toneladas para produtos químicos e petroquímicos Capacidade de Produção mil toneladas / ano 3.605 PVC 515 PP 580 PE Eteno 1.230 1.400 1.135 1.060 700 700 685 630 561 1.280 540 150 130 85 160 700 520 550 476 500 Braskem Dow Copesul1 Rio Polímeros Ipiranga Suzano Unipar / PQU Solvay Triunfo 1. A Braskem controla a Copesul juntamente com o Grupo IpirangaFonte: CMAI e Braskem 20069
  10. 10. Competitividade de custos como driver de Criação de Valor Aumento da eficiência e produtividade com o Braskem + R$ milhões / ano 420 297 Confiabilidade 29% operacional R$ 359 milhões em ganhos em 28% Custo Variável produtividade capturados até setembro de 2006. Produção de 19% utilidades 12% Rendimento Iniciativas ainda sob de matéria-prima implementação poderão antecipar 7% Custo Fixo Outros a conclusão do projeto com 1 ano 5% de antecedência Realizado até Objetivo Junho de 2006Bases anualizadas e recorrentes10
  11. 11. Competitividade de custos como driver de Criação de Valor Operações mais dinâmicas com o Fórmula Braskem Um novo sistema integrado de gestão que engloba todos os processos do negócio Investimentos de R$ 130 milhões Implementado com sucesso em outubro de 2006 VPL esperado de R$ 260 milhões Ganhos Estimados 28% 23% 19% 16% 8% 6% Comercial Supply Chain Suprimentos Financeiro Operacional Projetos11
  12. 12. Tecnologia como driver de Criação de Valor Know-how e competências alavancam a diferenciação da Braskem na cadeia de valor US$ 158 milhões em ativos 171 pesquisadores 141 patentes registradas 7 plantas piloto Acordo global de tecnologia com a BASELL US$ 25 milhões de criação de valor com tecnologia fornecida à Petroquímica Paulínia 11% das resinas vendidas em 2005 foram lançadas nos últimos dois anos12
  13. 13. Tecnologia como driver de Criação de ValorNovos mercados e produtos são desenvolvidos em parceriacom clientes Crescente utilização do Plástico em Resinas especiais Plástico com substituição a outros materiais desenvolvidas recentemente maior valor agregado Substituição do vidro por Substituição do amianto no Revestimento termoplástico polietileno nas embalagens de reforço de concreto para (Polietileno de ultra-alto peso requeijão telhas molecular) para caminhões Substituição de poliestireno por polipropileno em copinhos de café13
  14. 14. Tecnologia como driver de Criação de Valor Novas fronteiras de desenvolvimento Nanotecnologia – 1ª Petroquímica brasileira a registrar patente nessa área – 3 patentes já foram registradas – 1° produto será lançado em novembro de 2006: novo grade de PP Polímero Verde – Fabricação de resinas baseadas em fontes renováveis de matéria-prima (cana-de-açúcar) – Tecnologia para converter Etanol em Eteno e Propeno já em uso – Biopolímero: polímero verde biodegradável14
  15. 15. Posicionamento CompetitivoEstratégia de NegóciosSustentabilidadeCrescimento com Criação deValor
  16. 16. Nosso Objetivo Estratégico Crescimento com criação de valor 2012 2002 Estar entre as 10 maiores petroquímicas do mundo em valor de mercado Tornar-se líder em resinas termoplásticas na América Latina16
  17. 17. Crescimento com criação de valorExpandir a produção eas vendas além da Reforçar a liderança deAmérica do Sul, através mercado no Brasilda captura de valor e da através da consolidação Crescimento da indústria, comcriação de uma nova Internacionalização Orgânico captura de sinergiasplataforma decrescimento para ofuturo Criação de Valor Valorização dos aromáticos Crescimento e demais cadeias Seletivo produtivas Consolidar a posição de mercado emAlavancar aromáticos produtos-chave nae demais cadeias América Latina eprodutivas através da garantir fontesampliação do portfólio competitivas dede produtos e serviços matéria-primano mercado doméstico.17
  18. 18. Crescimento orgânico Mercado interno dinâmico e de rápido crescimento Crescimento de Consumo no Brasil Forte crescimento do consumo Polietileno, Polipropileno e PVC interno em 2006 Mil toneladas 3.436 8M06 x 8M05 +18% 3.156 +12% +13% 2.834 2.293 +7% 1.601 7% CAGR 1993 1996 1999 2002 2005 PE PVC PP ResinasFonte: Abiquim18
  19. 19. Crescimento Orgânico Consolidação como oportunidade para a criação de valor Incorporação da Polialden pela Braskem – Aprovada em 31 de maio de 2006, essa incorporação completou o processo de integração planejado na criação da Braskem. Aquisição da Politeno – Sinergias estimadas em mais de US$ 100 milhões. – Principais vantagens para a Braskem: • 80% de integração de eteno no Pólo Petroquímico de Camaçari; • Aumento de 360 mil toneladas na capacidade de produção de PE; • Aumento de portifólio de produtos e base de clientes. A Braskem está preparada para assumir um papel ativo na consolidação do setor petroquímico no Brasil19
  20. 20. Crescimento Orgânico Aumento da capacidade de PP utilizando matéria-prima competitiva Petroquímica Paulínia – Joint-Venture com a Petrobras – Investimento total de U$ 310 milhões Paulínia – Capacidade Adicional • +350 mil toneladas / ano – Localização • Paulínia, estado de São Paulo – Licença ambiental provisória obtida recentemente – Início das operações em 1T08Fonte: Braskem (2006)20
  21. 21. Crescimento Orgânico Potencial de capacidade adicional de 700 mil toneladas Projetos em análise para futura implementação Alagoas Bahia – DBN PVC +150 k ton / ano PE +100 k ton / ano Eteno +150 k ton / ano – Projeto “Greenfield” PP Bahia +300 k ton / anoFonte: Braskem (2006)21
  22. 22. Crescimento Seletivo Assegurando acesso à matéria-prima competitiva Venezuela Complexo de Olefinas de Jose* – Assinatura de MOU com a Pequiven (abril- 2006); – Investimento estimado entre US$ 1,5 bilhão e US$ 2,5 bilhões; – “Cracker” de 1,2 milhão de toneladas/ano a partir do gás natural, integrado com a produção de Polietileno e outros produtos de segunda geração; – Mobilização de equipe para o projeto, com abertura de escritório na Venezuela. Planta de PP em El Tablazo* – Joint-Venture com a Pequiven – 400 mil toneladas anuais de capacidade – Investimento de US$ 370 milhões* A ser submetido ao Conselho de Administração da Braskem22
  23. 23. Crescimento Seletivo Novo complexo petroquímico integrado na Venezuela Nosso projeto vai utilizar a infra- estrutura já disponível no Complexo Industrial de Jose23
  24. 24. Aprimoramento da cadeia de aromáticos Adicionando valor com os fluxos de produção atuais DBN de isopreno (novembro de 2006) – Investimento: US$ 29 milhões – Capacidade Adicional: 9 mil t / ano (+50%) – Taxa de Retorno: 49% Bahia – Localização: Camaçari, Bahia Aumento da capacidade de paraxileno, combinada a um potencial projeto downstream para produzir PTA Produção de ETBE como alternativa ao MTBEFonte: Braskem (2006)24
  25. 25. Internacionalização Reforçando nossa presença nos principais mercados internacionais Europa Rotterdam Exportações ultrapassam US$ US$ 1 bilhão milhões ~1.200 EUA Delaware Ásia* 959 Xangai Venezuela Caracas 710 617 30% 415 CAGR 1S06 Argentina 613 Buenos Aires Relacionamento mais próximo com clientes 2002 2003 2004 2005 2006e internacionais 23% 25% 19% 20% 24% 1S06 % de receita líquida Vendas diretas através de distribuição local Aumento das margens de exportação* No futuro25
  26. 26. Posicionamento CompetitivoEstratégia de NegóciosSustentabilidadeCrescimento com Criação deValor
  27. 27. Alto nível de Governança Corporativa Companhia no Nível 1 na BOVESPA com compromisso de migrar para o Nível 2 100% de tag-along Conformidade com a SOx com 1 ano de antecedência – junho de 2006 Código de Conduta: estabelece valores, princípios e práticas que regulam as ações da empresa Políticas corporativas pré-estabelecidas: – Negociação de valores mobiliários – Gestão financeira – Seguro e Garantias – Saúde, Segurança e Meio ambiente Quatro membros independentes no Conselho Comitês – Conselho Fiscal – Finanças & Investimento – Pessoas & Organização – Estratégia & Comunicação27
  28. 28. Capital Humano da Braskem Mais de 3.000 funcionários que se orgulham da empresa Cultura e Valores Sólidos – Comunicação transparente – Auto-desenvolvimento – Empreendedorismo – Abordagem orientada a resultados – Participação nos Lucros Atração e retenção de talentos – Programa de trainees: 26 trainees em 2006 e 24 em 2005. A última seleção incluiu mais de 18.000 candidatos – Programa de estágios: 94 estagiários em 2006 e 100 em 2005. A última seleção incluiu mais de 12.000 candidatos MBA Braskem: 70 líderes concluíram a pós-graduação em um programa focado no setor petroquímico desenvolvido em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (SP) Um dos melhores lugares para se trabalhar no Brasil (Revista Exame)28
  29. 29. Responsabilidade Social Forte compromisso com as comunidades vizinhas Responsabilidade Corporativa – A Braskem é comprometida com o bem-estar das comunidades vizinhas e realiza uma série de programas focados em: • Educação ambiental • Inclusão social • Promoção cultural Braskem segue as orientações da: – OIT (Organização Internacional do Trabalho) – OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) – Pacto Global e Metas do Milênio da ONU Investimentos de R$ 10 milhões em projetos sociais em 200529
  30. 30. Responsabilidade Ambiental 1ª empresa brasileira a assinar a “Declaração Internacional de Produção Mais Limpa” Segurança em linha com as melhores petroquímicas do mundo – 0,3 acidente com afastamento por milhão de horas-homem – 1,1 acidente com/sem afastamento por milhão de horas- homem Todas as plantas industriais são certificadas pela ISO 14001 Melhoria contínua no desempenho ambiental – Redução de 2% no consumo de água (~ ao consumo de 12.000 pessoas/ano) – Redução de 11% na produção de efluentes líquidos (~ ao esgoto produzido por 33.000 pessoas/ano) – Redução de 13% na produção de resíduos industriais (~ ao lixo produzido por 21.000 pessoas/ano)30
  31. 31. Posicionamento CompetitivoEstratégia de NegóciosSustentabilidadeCrescimento com Criação deValor
  32. 32. Compromisso de Crescimento com Criação de Valor Líder de mercado na produção de PE, PP e PVC na região: Crescimento Orgânico e Consolidação Forte potencial de crescimento nos próximos 5 anos: a capacidade de produção poderá passar de 6 para 9 milhões de toneladas, incluindo a duplicação da produção de resinas dos atuais 2,3 para 4,7 milhões de toneladas Projetos “Greenfield” na região para assegurar o acesso às matérias-primas competitivas: Crescimento Seletivo Sólida estrutura financeira aliada à disciplina de capital: Investimentos em linha com depreciação e amortização Geração de caixa adicional através de programas de melhoria da competitividade: Inovação e tecnologia como drivers de criação de valor 100% de tag-along para todos os acionistas e altos padrões de governança corporativa Responsabilidade social e ambiental32
  33. 33. Nova York23 de Outubro de 2006 José Carlos Grubisich

×