SlideShare uma empresa Scribd logo
PETROBRAS


 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS
       Webcast/Teleconferência
         3o Trimestre de 2006
        (Legislação Societária)




                                               Almir Barbassa
            Diretor Financeiro e de Relações com Investidores
                                      13 de Novembro de 2006
                                                            0
PETROBRAS
Aviso

 As apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais
 previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia.
 Os termos antecipa", "acredita", "espera", "prevê", "pretende", "planeja",
 "projeta", "objetiva", "deverá", bem como outros termos similares, visam a
 identificar tais previsões, as quais, evidentemente, envolvem riscos ou
 incertezas previstos ou não pela Companhia. Portanto, os resultados futuros
 das operações da Companhia podem diferir das atuais expectativas, e o
 leitor não deve se basear exclusivamente nas informações aqui contidas. A
 Companhia não se obriga a atualizar as apresentações e previsões à luz de
 novas informações ou de seus desdobramentos futuros.
 Aviso aos Investidores Norte-Americanos:
 A SEC somente permite que as companhias de óleo e gás incluam em seus
 relatórios arquivados de reservas provadas que a Companhia tenha
 comprovado por produção ou testes de formação conclusivos que sejam
 viáveis econômica e legalmente nas condições econômicas e operacionais
 vigentes. Utilizamos alguns termos nesta apresentação, tais como
 descobertas, que as orientações da SEC nos proíbem de usar em nossos
 relatórios arquivados.



                                                                               1
PETROBRAS

Produção Nacional de Óleo e LGN

                                       Δ = 3,1%
                                                             Δ = 1,3%
  mil bpd




                                                                            1.779          1.790
                                                                                           1.780
                                                             1.757                         1.770
                                             1.751                                         1.760
                                                                                           1.750
                            1.736
               1.725                                                                       1.740
                                                                                           1.730
                                                                                           1.720
                                                                                           1.710
                                                                                           1.700
              3T05           4T05            1T06            2T06            3T06

 • Aumento de 1,3% devido ao desempenho das plataformas P-50 (Albacora Leste) e FPSO Capixaba
 (Golfinho), ambas em início de operação;
 • No 3T06, a contribuição da P-50 foi cerca de 18 mil bpd acima de sua média no 2T06, enquanto que a
 contribuição do FPSO Capixaba foi 8 mil bpd acima de sua média no 2T06.



                                                                                                        2
PETROBRAS
    Preços de petróleo do E&P
                                                                              69.62
                                                                                        69.49




                                                                                                US$ 10,80 bbl
                                                                              64.74
                                                  61.53             61.75              66.07

                                                            56.9    57.59
                                                  56.39
                                                                              58.2     58.69
                                        51.59
US$/bbl




                              47.83               54.24     52.7     53.69

                     44.00              49.33
           41.59                                           46.05
                     39.70     44.19
                                          43.04
     38.98
                                37.48
          36.14      35.11


            3T04     4T04     1T05      2T05      3T05     4T05     1T06      2T06     3T06
                       Preço médio de venda         Brent (média)       Cesta OPEP

          • O spread entre o preço médio do petróleo nacional e a cotação do Brent caiu de
          US$ 11,42/bbl, no 2T06, para US$ 10,80/bbl, no 3T06.

                                                                                                    3
PETROBRAS

Custos de Extração sem Participação Governamental
                                                           Δ = 8,5% ou US$ 0,52

                                        6,32                          6,64
                            6,07                        6,12
  US$/bbl




                 5,44




             3T 05      4T 05       1T06         2T06          3T06
                                   Principais causas
• Maiores gastos com:
    • Transportes, operações de sondas para intervenções em poços;
    • Manutenções corretivas;
    • Maiores custos referentes à fase inicial das operações dos campos de
    Albacora Leste e Golfinho.

                                                                                  4
PETROBRAS

Custos de Extração com Participação Governamental


          26                                                                                                                                          70
                                                                                     61.5                      61.8
                                                                                                 56.9                         69.6         69.5       60
                                                                      51.6
          21
                                                         47.5                                                  17,3        17,5            18,1
                                                                                                                                                      50
                                                                                   15,2          16,1
          16                             38.2           13,6                                                                                          40
                                                                      13,9




                                                                                                                                     63%
                            28.8
US$/boe




                                                                                                         63%
               24.8                       10,7                                                                                             11.5       30




                                                                                           62%
          11                                                                                     10.0          11.0         11.4
                             8,5
                                                                59%
                 7,0                                     7.7           8.4           9.7                                                              20
                                            6.4
                         57%




           6                   5.1                                                                                                                    10
                4.0
                                                         6.0           5.4           5.4          6.1           6.3          6.1            6.6       0
                3.0            3.4          4.3
           1
                                                                                                                                                      -10
               2002          2003          2004         1T05          2T05         3T05          4T05          1T06         2T06           3T06
          -4                                                                                                                                          -20
                                                    Lifting Cost               Participação Gov.                   Brent


   • Estabilidade da participação governamental no trimestre em função da
     estabilidade do preço do Brent, do câmbio e da produção.

   Obs.: O custo de extração com participação governamental teve sua série histórica ajustada, com efeito retroativo ao exercício de 2002, em função de
   nova interpretação da ANP sobre a dedutibilidade dos gastos com Project Finance do campo de Marlim no cálculo das participações especiais.               5
PETROBRAS

Refino no Brasil e Vendas no Mercado Interno
                                             91                                                                                      95
                            91
                                                                                                  93                                 90
                 1.950                                                  91
                                                                                                                           89        85
                                                                                                                                     80
                                                                         81                         80
Mil barris/dia




                             80               79                                                                           79
                 1.800                                                                                                               75




                                                                                                                                          %
                                                                                                                                     70
                         1.804                                                                                                       65
                 1.650                    1.761                   1.812                     1.795                      1.753 1.757
                                 1.720                                                                                               60
                                                  1.647                    1.649                     1.684                           55
                 1.500                                                                                                               50
                            3T05             4T05                      1T06                      2T06                     3T06
                                           P ro duç ã o N a c io na l de D e riv a do s
                                           V o lum e de V e nda s de D e riv a do s
                                           Ut iliza ç ã o C a pa c ida de N o m ina l - B ra s il ( %)
                                           P a rt ic ipa ç ã o ó le o na c io na l na C a rga P ro c e s s a da ( %)


      • Redução de 4 p.p. na carga processada devido:
            • Restrições de recebimento de petróleo;
            • Maior volume de paradas programadas nesse trimestre em comparação ao trimestre anterior;
      • Redução de 1 p.p. na participação do óleo nacional devido a problemas operacionais em Golfinho (menos óleo leve) e
      aumento do spread entre o óleo combustível e o óleo pesado doméstico (mais vantajoso exportar);
      • Aumento do volume de vendas devido à sazonalidade do consumo agrícola de diesel, industrial do óleo combustível e
      substituição de nafta importada.


                                                                                                                                          6
PETROBRAS
Custos de Refino no Brasil (US$/bbl)
                                                              2,48

                      2,03                      2,07
         1,86                      1,90




    3T 05        4T 05        1T 06        2T 06        3T 06


• Aumento de 20% em relação ao trimestre anterior devido à maior ocorrência
de paradas programadas e restrições no recebimento de petróleo;




                                                                              7
PETROBRAS
Preço Médio de Realização - PMR
100                                             3T05                             2T06               3T06
                                                Média                            Média              Média
                                                                                                     81,83
                                                                                 81,78
 80                                              72,43                                             72,28
                                                                                   70,66

                                                     61,54
                                                                                  69,62              69,49
 60
                                                 60,26



 40


      PMR Brasil (US$/bbl)       Preço Médio Brent (US$/bbl)    PMR EUA (US$/bbl c/ volumes vendidos no Brasil)

 20
  Sep-04       Dec-04        Mar-05    Jun-05         Sep-05   Dec-05      Mar-06          Jun-06       Sep-06



                                                                                                                  8
PETROBRAS
Volume de Vendas
                                                       jan-set    jan-set
 Mil barris/dia                   3T06     2T06      %                      %
                                                          06         05
 Total derivados                   1.757    1.684    4    1.697     1.658   2
 Álcoois, Nitrogenados e demais       35       13   169      26        26    0
 Gás natural                         250      239     5     240       224    7
 Total m ercado interno            2.042    1.936     5   1.963     1.908    3
 Exportação*                         564      536     5     540       498    8
 Vendas Internacionais               509      459    11     468       388   21
 Total m ercado externo            1.073      995     8   1.008       886   14
 Total geral                       3.115    2.931     6   2.971     2.794    6




 • Crescimento no trimestre nas vendas de óleo combustível, diesel, GLP e
 gasolina.




 * Inclui as exportações em trânsito                                             9
PETROBRAS

 Demonstrativo de Resultado 3T06 vs 2T06
                                        2T06     3T06
                                                                             43.363
         Receita Líquida                                                                   14,3%
                                                                    37.948

                                                        27.066
                     CPV
                                               21.260                                      27,3%
R$ milhões




                                     12.912
                  EBITDA
                                      13.614                                              - 5,2%

                                 10.303
Lucro Operacional
                                  11.267
                                                                                          - 8,6%

                             7.085
             Lucro Líquido
                             6.959
                                                                                           1,8%

• Receita Líquida: aumentos de 5% no volume de vendas no mercado interno, exportações de petróleo
(33%) e PMR (2%);
• CPV: nova interpretação da ANP sobre participações especiais no Campo de Marlim (retroativo a 2002);
ajuste de gastos vinculados ao gás reinjetado (Bacias do Solimões, Campos e Esp. Santo);
• Lucro Líquido: beneficio de R$ 1,492 bilhão decorrentes da provisão de JCP, reduzido em R$ 321
milhões relativos à recompra de títulos.
                                                                                                   10
PETROBRAS
Análise das Despesas Operacionais 3T06 vs 2T06

                                                         2T06        3T06
                                                                                      1.546   14,3%
                Despesas de Vendas
                                                                              1.353
   R$ milhões




                                                                                  1.459       3,1%
                    Gerais e Admin.
                                                                                1.415


                                                   531
                Custos Exploratórios                                                          40,5%
                                             378


                                                                              1.342
                             Outros
                                                               890                            50,8%

• Aumento das despesas operacionais devido principalmente ao:
          • Despesas de vendas: aumento das vendas no mercado interno (5,5%) e no volume de exportação
          de petróleo (33%);
          • Custos Exploratórios: baixa de poços secos (Brasil e exterior);
          • Outros: encerramento do hedge com a ANDINA (R$ 167 milhões) e outros tais como serviços de
          consultoria e técnicos (R$ 285 milhões).

                                                                                                      11
PETROBRAS
Evolução do Resultado no Trimestre (3T06 vs. 2T06)
Exploração & Produção
                            Evolução do Lucro Operacional – R$ milhões
  1.757                       Produção Doméstica de Óleo, LGN e Condensado (mil bpd)                            1.779
                                           536
                             1.040
  10.938                                                408
                 18                                                    426             420                     10.198
                                                                                                      6



                                                     Itens Extraordinários:
                                                        R$ 834 milhões




2T06 Lucro   Efeito Preço Efeito Volum e Efeito Custo   Efeito     Efeito cálculo Efeito Volum e   Despesas   3T06 Lucro
   Op.        na Receita    na Receita Médio no CPV reinjeção de    part. Marlim      no CPV        Operac.      Op.
                                          (sem itens     gás
                                             extr.)
• Trimestre marcado pelo aumento da produção e contabilização de efeitos extraordinários.
                                                                                                                     12
PETROBRAS
Evolução do Resultado no Trimestre (3T06 vs. 2T06)
Abastecimento
                         Evolução do Lucro Operacional – R$ milhões


                                 3.168        2.160




                                                            2.944

                 1.017

    2.486

                                                                          106          1.461




  2º Tri - 06 Efeito Preço   Efeito Volume Efeito Custo Efeito Volume   Despesas     3º Tri - 06
Lucro Operac. na Receita      na Receita Médio no CPV      no CPV        Operac.   Lucro Operac.


• Aumento no volume de vendas de derivados no mercado interno (4%) compensado
por vendas de estoque com custo médio mais elevado.



                                                                                               13
PETROBRAS
Evolução do Lucro Líquido – R$ milhões (3T06 versus 2T06)
  1.757                    Produção Doméstica de Óleo, LGN e Condensado (mil bpd)                                     1.779
            5,415     4,972
                                                 Itens ext. e recompra de tit.:
                                                       R$ 1.145 milhões



  6,959                                                                                                   149         7,085
                                     834             573                                    1,603
                                                                   341
                                                                                  321




  2T06 LL   Receita    CPV sem     Itens Extr.    Desp. Oper.    Desp. Fin.    Recompra     Impostos       Part.      3T06 LL
                      itens ext.                                (s/ recompra   de títulos     (JCP)     acionistas
                                                                   tit), Não                           não control.
                                                                 Oper. e Eq.
                                                                      Pat.

• CPV: influenciado por efeitos extraordinários (R$ 426 milhões de gás reinjetado e R$ 408 milhões de
custos de part. esp. de Marlim) e realização de estoque a custos mais altos;
• Despesas operacionais: baixa de poços secos (Brasil e exterior); aumento das vendas no mercado
interno e no volume de exportação de petróleo; encerramento do hedge com a ANDINA e outros.


                                                                                                                          14
PETROBRAS

Exportação Líquida de Petróleo e Derivados
          Exportação (mil barris/dia)                           Importação (mil barris/dia)
                                   Superávit Físico de 54 mil bpd no 3T06

                                   536      564                  559
                 512        519                                                                    510
 446                                                     424     109        446    459
          409                               209                                            442
                     249            269                                                               137
                            257                           105               94     115      88
   213
          228

                                                                 450
                                            355           319               352    344                373
   233               263    262     267                                                     354
          181


 2003     2004       2005   1T06     2T06      3T06    2003     2004        2005   1T06     2T06       3T06

          Petróleo                 Derivados                       Petróleo               Derivados



 • Aumento das exportações de petróleo devido às paradas programadas nas
 refinarias de maior complexidade;
 • Aumento na importação de derivados devido ao aumento sazonal no
 consumo de óleo diesel.
  2006 inclui exportações em andamento                                                                  15
PETROBRAS
Estrutura de Capital
 Índices de Endividamento da Petrobras
                                                    28%                    R$ milhões                      30/09/2006           30/06/2006
                                                                 27%
                                 26%
                                                                           Endividamento de
      26%                                                                                     (1)                  11.858                  12.214
                     24%
                                                                           Curto Prazo
                                                                           Endividamento de
                                                                                                (1)                32.280                  31.307
      19%
                   23%            20%                                      Longo Prazo
                                                  18%            17%       Endividamento
                                                                                                                   44.138                  43.521
                                                                           Total
                                                                           Caixa e Aplic.
                                                                                                                   24.519                  22.713
                                                                           Financeiras
                                                                           Endividamento
set/05         dez/05          mar/06          jun/06          set/06              (2)                             19.619                  20.808
                                                                           Líquido
                         End. Líq./Cap. Líq.
                         End. CP/End. Total


• Queda no endividamento total e líquido:
         • Forte geração de caixa operacional vem possibilitando a redução da dívida
         (recompra de títulos) e aumento do saldo de caixa.


(1)    Inclui endividamento contraído através de contratos de Leasing (R$ 2.729 milhões em 30.09.2006 e R$ 2.815 milhões em 30.06.2006).
(2)    Endividamento Total – Disponibilidades                                                                                                  16
PETROBRAS
Demonstração do Fluxo de Caixa – Consolidado

                                                                                                      R$ milhões
                                                                                                 3T06        2T06 (1)
(=) Caixa Gerado pelas Atividades Operacionais                                                   10.209         11.365
(-) Caixa Utilizado em Atividades de Investimento                                                (8.337)        (6.640)
(=) Fluxo de Caixa Livre                                                                          1.872          4.725
(-) Caixa Utilizado em Atividades de Financiamento                                                  (66)        (4.995)
    Financiamentos                                                                                  (60)        (1.472)
    Dividendos                                                                                       (6)        (3.523)
(=) Geração de Caixa no Período                                                                   1.806           (270)
Caixa no Início do Período                                                                       22.713         22.983
Caixa no Final do Período                                                                        24.519         22.713


  • Elevação de R$ 1,8 bilhão no fluxo de caixa livre no trimestre.


(1) A partir de 01.01.2005, as Sociedades de Propósito Específico, cujas atividades operacionais são controladas, direta ou indiretamente,
pela Petrobras, foram incluídas nas Demonstrações Contábeis Consolidadas, conforme determina a Instrução CVM nº 408/2004.


                                                                                                                                       17
PETROBRAS

 Investimentos
  R$ milhões                                  Jan-Set/06           Jan-Set/05
                                                           %                    %        %
• Investimentos Diretos                        20.264      90       14.751       87      37
Exploração e produção                          11.404      51        8.907       53      28
Abastecimento                                   2.800      13        2.184       13      28
Gás e Energia                                   1.203       5        1.098        6      10
Internacional                                   3.923      17        1.871       11     110
Distribuição                                      477       2          368        2      30
Corporativo                                       457       2          323        2      41
• Sociedades de Propósito Específico (SPEs)     2.072       9        1.914       11       8
• Empreendimentos em Negociação                    300         1        169         1   78
• Projetos Estruturados                              1         0         87         1     0
Total de investimentos                         22.637      100      16.921      100     34



   • Cumprindo com as metas traçadas no Plano Estratégico a empresa continua
   investindo prioritariamente em Exploração e Produção.



                                                                                         18
PETROBRAS


        SESSÃO DE
  PERGUNTAS E RESPOSTAS
        Visite nosso website: www.petrobras.com.br/ri

            Para mais informações favor contactar:
            Petróleo Brasileiro S.A – PETROBRAS
      Departamento de Relacionamento com Investidores
        Raul Adalberto de Campos– Gerente Executivo
            E-mail: petroinvest@petrobras.com.br
            Av. República do Chile, 65 – 22o andar
                20031-912 – Rio de Janeiro, RJ
                (55-21) 3224-1510 / 3224-9947



                                                        19

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Webcast - 3º trimestre de 2012
Webcast - 3º trimestre de 2012Webcast - 3º trimestre de 2012
Webcast - 3º trimestre de 2012
Petrobras
 
Divulgação de Resultados do 3o. trimestre de 2011 - IFRS
Divulgação de Resultados do 3o. trimestre de 2011 - IFRSDivulgação de Resultados do 3o. trimestre de 2011 - IFRS
Divulgação de Resultados do 3o. trimestre de 2011 - IFRS
Petrobras
 
Divulgação de Resultados do 1o. trimestre de 2011 - IFRS
Divulgação de Resultados do 1o. trimestre de 2011 - IFRSDivulgação de Resultados do 1o. trimestre de 2011 - IFRS
Divulgação de Resultados do 1o. trimestre de 2011 - IFRS
Petrobras
 
Webcast - 4º trimestre de 2012
Webcast - 4º trimestre de 2012Webcast - 4º trimestre de 2012
Webcast - 4º trimestre de 2012
Petrobras
 
Webcast 4T09
Webcast 4T09Webcast 4T09
Webcast 4T09
Petrobras
 
Webcast sobre Resultados do 1T14
Webcast sobre Resultados do 1T14Webcast sobre Resultados do 1T14
Webcast sobre Resultados do 1T14
Petrobras
 
Apresentação petrobras port 01 03-11
Apresentação petrobras port 01 03-11Apresentação petrobras port 01 03-11
Apresentação petrobras port 01 03-11
Petrobras
 
Webcast 1T08
Webcast 1T08Webcast 1T08
Webcast 1T08
Petrobras
 
Webcast 1T12
Webcast 1T12Webcast 1T12
Webcast 1T12
Petrobras
 
Webcast sobre o 1º trimestre de 2013
Webcast sobre o 1º trimestre de 2013Webcast sobre o 1º trimestre de 2013
Webcast sobre o 1º trimestre de 2013
Petrobras
 
Webcast 2T13
Webcast 2T13Webcast 2T13
Webcast 2T13
Petrobras
 
Fato Relevante: Plano de Negocios e Gestao - 2013-2017
Fato Relevante: Plano de Negocios e Gestao - 2013-2017Fato Relevante: Plano de Negocios e Gestao - 2013-2017
Fato Relevante: Plano de Negocios e Gestao - 2013-2017
Petrobras
 
Webcast 3T15
Webcast 3T15Webcast 3T15
Webcast 3T15
Petrobras
 
Webcast sobre Resultados do 4º trimestre e exercício de 2013
Webcast sobre Resultados do 4º trimestre e exercício de 2013Webcast sobre Resultados do 4º trimestre e exercício de 2013
Webcast sobre Resultados do 4º trimestre e exercício de 2013
Petrobras
 
Webcast 2T10 IFRS
Webcast 2T10 IFRSWebcast 2T10 IFRS
Webcast 2T10 IFRS
Petrobras
 
Webcast 3T13
Webcast 3T13Webcast 3T13
Webcast 3T13
Petrobras
 
Webcast sobre os Resultados do 2º trimestre de 2014
Webcast sobre os Resultados do 2º trimestre de 2014Webcast sobre os Resultados do 2º trimestre de 2014
Webcast sobre os Resultados do 2º trimestre de 2014
Petrobras
 
Webcast 3T09
Webcast 3T09Webcast 3T09
Webcast 3T09
Petrobras
 
Webcast 3 t07_port
Webcast 3 t07_portWebcast 3 t07_port
Webcast 3 t07_port
Petrobras
 
Webcast 2009-2013
Webcast 2009-2013Webcast 2009-2013
Webcast 2009-2013
Petrobras
 

Mais procurados (20)

Webcast - 3º trimestre de 2012
Webcast - 3º trimestre de 2012Webcast - 3º trimestre de 2012
Webcast - 3º trimestre de 2012
 
Divulgação de Resultados do 3o. trimestre de 2011 - IFRS
Divulgação de Resultados do 3o. trimestre de 2011 - IFRSDivulgação de Resultados do 3o. trimestre de 2011 - IFRS
Divulgação de Resultados do 3o. trimestre de 2011 - IFRS
 
Divulgação de Resultados do 1o. trimestre de 2011 - IFRS
Divulgação de Resultados do 1o. trimestre de 2011 - IFRSDivulgação de Resultados do 1o. trimestre de 2011 - IFRS
Divulgação de Resultados do 1o. trimestre de 2011 - IFRS
 
Webcast - 4º trimestre de 2012
Webcast - 4º trimestre de 2012Webcast - 4º trimestre de 2012
Webcast - 4º trimestre de 2012
 
Webcast 4T09
Webcast 4T09Webcast 4T09
Webcast 4T09
 
Webcast sobre Resultados do 1T14
Webcast sobre Resultados do 1T14Webcast sobre Resultados do 1T14
Webcast sobre Resultados do 1T14
 
Apresentação petrobras port 01 03-11
Apresentação petrobras port 01 03-11Apresentação petrobras port 01 03-11
Apresentação petrobras port 01 03-11
 
Webcast 1T08
Webcast 1T08Webcast 1T08
Webcast 1T08
 
Webcast 1T12
Webcast 1T12Webcast 1T12
Webcast 1T12
 
Webcast sobre o 1º trimestre de 2013
Webcast sobre o 1º trimestre de 2013Webcast sobre o 1º trimestre de 2013
Webcast sobre o 1º trimestre de 2013
 
Webcast 2T13
Webcast 2T13Webcast 2T13
Webcast 2T13
 
Fato Relevante: Plano de Negocios e Gestao - 2013-2017
Fato Relevante: Plano de Negocios e Gestao - 2013-2017Fato Relevante: Plano de Negocios e Gestao - 2013-2017
Fato Relevante: Plano de Negocios e Gestao - 2013-2017
 
Webcast 3T15
Webcast 3T15Webcast 3T15
Webcast 3T15
 
Webcast sobre Resultados do 4º trimestre e exercício de 2013
Webcast sobre Resultados do 4º trimestre e exercício de 2013Webcast sobre Resultados do 4º trimestre e exercício de 2013
Webcast sobre Resultados do 4º trimestre e exercício de 2013
 
Webcast 2T10 IFRS
Webcast 2T10 IFRSWebcast 2T10 IFRS
Webcast 2T10 IFRS
 
Webcast 3T13
Webcast 3T13Webcast 3T13
Webcast 3T13
 
Webcast sobre os Resultados do 2º trimestre de 2014
Webcast sobre os Resultados do 2º trimestre de 2014Webcast sobre os Resultados do 2º trimestre de 2014
Webcast sobre os Resultados do 2º trimestre de 2014
 
Webcast 3T09
Webcast 3T09Webcast 3T09
Webcast 3T09
 
Webcast 3 t07_port
Webcast 3 t07_portWebcast 3 t07_port
Webcast 3 t07_port
 
Webcast 2009-2013
Webcast 2009-2013Webcast 2009-2013
Webcast 2009-2013
 

Destaque

Webcast 3T08
Webcast 3T08Webcast 3T08
Webcast 3T08
Petrobras
 
Webcast 1T09
Webcast 1T09Webcast 1T09
Webcast 1T09
Petrobras
 
Webcast portugues final_atualizada
Webcast portugues final_atualizadaWebcast portugues final_atualizada
Webcast portugues final_atualizada
Petrobras
 
Webcast 4T08
Webcast 4T08Webcast 4T08
Webcast 4T08
Petrobras
 
Webcast 4 t09_port
Webcast 4 t09_portWebcast 4 t09_port
Webcast 4 t09_port
Petrobras
 
Webcast 4T07
Webcast 4T07Webcast 4T07
Webcast 4T07Petrobras
 
Webcast 1T10
Webcast 1T10Webcast 1T10
Webcast 1T10
Petrobras
 
Webcast 1T15
Webcast 1T15Webcast 1T15
Webcast 1T15
Petrobras
 
Webcast 2T15
Webcast 2T15Webcast 2T15
Webcast 2T15
Petrobras
 

Destaque (9)

Webcast 3T08
Webcast 3T08Webcast 3T08
Webcast 3T08
 
Webcast 1T09
Webcast 1T09Webcast 1T09
Webcast 1T09
 
Webcast portugues final_atualizada
Webcast portugues final_atualizadaWebcast portugues final_atualizada
Webcast portugues final_atualizada
 
Webcast 4T08
Webcast 4T08Webcast 4T08
Webcast 4T08
 
Webcast 4 t09_port
Webcast 4 t09_portWebcast 4 t09_port
Webcast 4 t09_port
 
Webcast 4T07
Webcast 4T07Webcast 4T07
Webcast 4T07
 
Webcast 1T10
Webcast 1T10Webcast 1T10
Webcast 1T10
 
Webcast 1T15
Webcast 1T15Webcast 1T15
Webcast 1T15
 
Webcast 2T15
Webcast 2T15Webcast 2T15
Webcast 2T15
 

Semelhante a Webcast 3 t06

Webcast2 t06 port
Webcast2 t06 portWebcast2 t06 port
Webcast2 t06 port
Petrobras
 
Webcast: Divulgação de Resultados do 1º trimestre de 2006
Webcast: Divulgação de Resultados do 1º trimestre de 2006Webcast: Divulgação de Resultados do 1º trimestre de 2006
Webcast: Divulgação de Resultados do 1º trimestre de 2006
Petrobras
 
Webcast4 t06port
Webcast4 t06portWebcast4 t06port
Webcast4 t06port
Petrobras
 
Apresentação 1T07
Apresentação 1T07Apresentação 1T07
Apresentação 1T07
AES Eletropaulo
 
Resultados do 1º Trimestre de 2007
Resultados do 1º Trimestre de 2007Resultados do 1º Trimestre de 2007
Resultados do 1º Trimestre de 2007
AES Eletropaulo
 
Apresentação 1 t07
Apresentação 1 t07Apresentação 1 t07
Apresentação 1 t07
AES Eletropaulo
 
Apresentação 1T07
Apresentação 1T07Apresentação 1T07
Apresentação 1T07
AES Eletropaulo
 
Conference Call 4T08
Conference Call 4T08Conference Call 4T08
Conference Call 4T08
Arteris S.A.
 
Apres Call 4T08
Apres Call 4T08Apres Call 4T08
Apres Call 4T08
Arteris S.A.
 
Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port [modo de compatibi...
Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port [modo de compatibi...Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port [modo de compatibi...
Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port [modo de compatibi...
AES Eletropaulo
 
Por.Apres Call 1 T08
Por.Apres Call 1 T08Por.Apres Call 1 T08
Por.Apres Call 1 T08
Arteris S.A.
 
Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port (final)
Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port (final)Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port (final)
Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port (final)
AES Eletropaulo
 
Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 4º Trimestre de 2007
Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 4º Trimestre de 2007Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 4º Trimestre de 2007
Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 4º Trimestre de 2007
Banco ABC Brasil
 
Presidente José Sergio Gabrielli de Azevedo - O Dia - FIRJAN - Qualificar e C...
Presidente José Sergio Gabrielli de Azevedo - O Dia - FIRJAN - Qualificar e C...Presidente José Sergio Gabrielli de Azevedo - O Dia - FIRJAN - Qualificar e C...
Presidente José Sergio Gabrielli de Azevedo - O Dia - FIRJAN - Qualificar e C...
Petrobras
 
Palestra da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Ener...
Palestra da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Ener...Palestra da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Ener...
Palestra da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Ener...
Ampla Energia S.A.
 
Apresentação 3 t11 port
Apresentação 3 t11 portApresentação 3 t11 port
Apresentação 3 t11 port
Ogx2011
 
Resultados financeiros do 1º trimestre
Resultados financeiros do 1º trimestreResultados financeiros do 1º trimestre
Resultados financeiros do 1º trimestre
FatoseDados
 
Resultados financeiros do 2º trimestre
Resultados financeiros do 2º trimestreResultados financeiros do 2º trimestre
Resultados financeiros do 2º trimestre
FatoseDados
 
Forum tendencias alianca Brasil
Forum tendencias alianca BrasilForum tendencias alianca Brasil
Forum tendencias alianca Brasil
Petrobras
 
Apresentação cr2 fator real estate day 08-jun-11
Apresentação cr2 fator real estate day   08-jun-11Apresentação cr2 fator real estate day   08-jun-11
Apresentação cr2 fator real estate day 08-jun-11
SiteriCR2
 

Semelhante a Webcast 3 t06 (20)

Webcast2 t06 port
Webcast2 t06 portWebcast2 t06 port
Webcast2 t06 port
 
Webcast: Divulgação de Resultados do 1º trimestre de 2006
Webcast: Divulgação de Resultados do 1º trimestre de 2006Webcast: Divulgação de Resultados do 1º trimestre de 2006
Webcast: Divulgação de Resultados do 1º trimestre de 2006
 
Webcast4 t06port
Webcast4 t06portWebcast4 t06port
Webcast4 t06port
 
Apresentação 1T07
Apresentação 1T07Apresentação 1T07
Apresentação 1T07
 
Resultados do 1º Trimestre de 2007
Resultados do 1º Trimestre de 2007Resultados do 1º Trimestre de 2007
Resultados do 1º Trimestre de 2007
 
Apresentação 1 t07
Apresentação 1 t07Apresentação 1 t07
Apresentação 1 t07
 
Apresentação 1T07
Apresentação 1T07Apresentação 1T07
Apresentação 1T07
 
Conference Call 4T08
Conference Call 4T08Conference Call 4T08
Conference Call 4T08
 
Apres Call 4T08
Apres Call 4T08Apres Call 4T08
Apres Call 4T08
 
Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port [modo de compatibi...
Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port [modo de compatibi...Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port [modo de compatibi...
Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port [modo de compatibi...
 
Por.Apres Call 1 T08
Por.Apres Call 1 T08Por.Apres Call 1 T08
Por.Apres Call 1 T08
 
Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port (final)
Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port (final)Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port (final)
Apresentação sem discurso 2 t10 aes eletropaulo final_port (final)
 
Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 4º Trimestre de 2007
Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 4º Trimestre de 2007Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 4º Trimestre de 2007
Banco ABC - Apresentação dos Resultados do 4º Trimestre de 2007
 
Presidente José Sergio Gabrielli de Azevedo - O Dia - FIRJAN - Qualificar e C...
Presidente José Sergio Gabrielli de Azevedo - O Dia - FIRJAN - Qualificar e C...Presidente José Sergio Gabrielli de Azevedo - O Dia - FIRJAN - Qualificar e C...
Presidente José Sergio Gabrielli de Azevedo - O Dia - FIRJAN - Qualificar e C...
 
Palestra da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Ener...
Palestra da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Ener...Palestra da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Ener...
Palestra da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Ener...
 
Apresentação 3 t11 port
Apresentação 3 t11 portApresentação 3 t11 port
Apresentação 3 t11 port
 
Resultados financeiros do 1º trimestre
Resultados financeiros do 1º trimestreResultados financeiros do 1º trimestre
Resultados financeiros do 1º trimestre
 
Resultados financeiros do 2º trimestre
Resultados financeiros do 2º trimestreResultados financeiros do 2º trimestre
Resultados financeiros do 2º trimestre
 
Forum tendencias alianca Brasil
Forum tendencias alianca BrasilForum tendencias alianca Brasil
Forum tendencias alianca Brasil
 
Apresentação cr2 fator real estate day 08-jun-11
Apresentação cr2 fator real estate day   08-jun-11Apresentação cr2 fator real estate day   08-jun-11
Apresentação cr2 fator real estate day 08-jun-11
 

Mais de Petrobras

Strategic Plan 2040 || Business and Management Plan 2019-2023
Strategic Plan 2040 || Business and Management Plan 2019-2023Strategic Plan 2040 || Business and Management Plan 2019-2023
Strategic Plan 2040 || Business and Management Plan 2019-2023
Petrobras
 
Plano Estratégico 2040 || Plano de Negócios e Gestão 2019-2023
Plano Estratégico 2040 || Plano de Negócios e Gestão 2019-2023Plano Estratégico 2040 || Plano de Negócios e Gestão 2019-2023
Plano Estratégico 2040 || Plano de Negócios e Gestão 2019-2023
Petrobras
 
Petrobras Overview - September 2018
Petrobras Overview - September 2018Petrobras Overview - September 2018
Petrobras Overview - September 2018
Petrobras
 
Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018
Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018
Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018
Petrobras
 
Petrobras Investor Day - London 2018
Petrobras Investor Day - London 2018Petrobras Investor Day - London 2018
Petrobras Investor Day - London 2018
Petrobras
 
Sustentabilidade 2017
Sustentabilidade 2017Sustentabilidade 2017
Sustentabilidade 2017
Petrobras
 
Apresentacao png-2018-2022-webcast-ingles
Apresentacao png-2018-2022-webcast-inglesApresentacao png-2018-2022-webcast-ingles
Apresentacao png-2018-2022-webcast-ingles
Petrobras
 
Apresentação PNG 2018-2022
Apresentação PNG 2018-2022Apresentação PNG 2018-2022
Apresentação PNG 2018-2022
Petrobras
 
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day Nova York
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day Nova YorkApresentação de Pedro Parente no Investor Day Nova York
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day Nova York
Petrobras
 
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day Londres
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day LondresApresentação de Pedro Parente no Investor Day Londres
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day Londres
Petrobras
 
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day São Paulo
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day São PauloApresentação de Pedro Parente no Investor Day São Paulo
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day São Paulo
Petrobras
 
Visão Geral 2017 fevereiro
Visão Geral   2017 fevereiro Visão Geral   2017 fevereiro
Visão Geral 2017 fevereiro
Petrobras
 
Petrobras General Overview
Petrobras General OverviewPetrobras General Overview
Petrobras General Overview
Petrobras
 
Petrobras at a Glance
Petrobras at a GlancePetrobras at a Glance
Petrobras at a Glance
Petrobras
 
Visão Geral Petrobras
Visão Geral PetrobrasVisão Geral Petrobras
Visão Geral Petrobras
Petrobras
 
Strategic Plan and 2017-2021 Business & Management Plan
Strategic Plan and 2017-2021 Business & Management PlanStrategic Plan and 2017-2021 Business & Management Plan
Strategic Plan and 2017-2021 Business & Management Plan
Petrobras
 
Plano Estratégico e Plano de Negócios e Gestão 2017-2021
Plano Estratégico e Plano de Negócios e Gestão 2017-2021Plano Estratégico e Plano de Negócios e Gestão 2017-2021
Plano Estratégico e Plano de Negócios e Gestão 2017-2021
Petrobras
 
Plano de Negócios e Gestão 2015 – 2019
Plano de Negócios e Gestão 2015 – 2019 Plano de Negócios e Gestão 2015 – 2019
Plano de Negócios e Gestão 2015 – 2019
Petrobras
 
Webcast 1T16
Webcast 1T16Webcast 1T16
Webcast 1T16
Petrobras
 
Webcast 1Q16
Webcast 1Q16Webcast 1Q16
Webcast 1Q16
Petrobras
 

Mais de Petrobras (20)

Strategic Plan 2040 || Business and Management Plan 2019-2023
Strategic Plan 2040 || Business and Management Plan 2019-2023Strategic Plan 2040 || Business and Management Plan 2019-2023
Strategic Plan 2040 || Business and Management Plan 2019-2023
 
Plano Estratégico 2040 || Plano de Negócios e Gestão 2019-2023
Plano Estratégico 2040 || Plano de Negócios e Gestão 2019-2023Plano Estratégico 2040 || Plano de Negócios e Gestão 2019-2023
Plano Estratégico 2040 || Plano de Negócios e Gestão 2019-2023
 
Petrobras Overview - September 2018
Petrobras Overview - September 2018Petrobras Overview - September 2018
Petrobras Overview - September 2018
 
Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018
Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018
Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018
 
Petrobras Investor Day - London 2018
Petrobras Investor Day - London 2018Petrobras Investor Day - London 2018
Petrobras Investor Day - London 2018
 
Sustentabilidade 2017
Sustentabilidade 2017Sustentabilidade 2017
Sustentabilidade 2017
 
Apresentacao png-2018-2022-webcast-ingles
Apresentacao png-2018-2022-webcast-inglesApresentacao png-2018-2022-webcast-ingles
Apresentacao png-2018-2022-webcast-ingles
 
Apresentação PNG 2018-2022
Apresentação PNG 2018-2022Apresentação PNG 2018-2022
Apresentação PNG 2018-2022
 
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day Nova York
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day Nova YorkApresentação de Pedro Parente no Investor Day Nova York
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day Nova York
 
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day Londres
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day LondresApresentação de Pedro Parente no Investor Day Londres
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day Londres
 
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day São Paulo
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day São PauloApresentação de Pedro Parente no Investor Day São Paulo
Apresentação de Pedro Parente no Investor Day São Paulo
 
Visão Geral 2017 fevereiro
Visão Geral   2017 fevereiro Visão Geral   2017 fevereiro
Visão Geral 2017 fevereiro
 
Petrobras General Overview
Petrobras General OverviewPetrobras General Overview
Petrobras General Overview
 
Petrobras at a Glance
Petrobras at a GlancePetrobras at a Glance
Petrobras at a Glance
 
Visão Geral Petrobras
Visão Geral PetrobrasVisão Geral Petrobras
Visão Geral Petrobras
 
Strategic Plan and 2017-2021 Business & Management Plan
Strategic Plan and 2017-2021 Business & Management PlanStrategic Plan and 2017-2021 Business & Management Plan
Strategic Plan and 2017-2021 Business & Management Plan
 
Plano Estratégico e Plano de Negócios e Gestão 2017-2021
Plano Estratégico e Plano de Negócios e Gestão 2017-2021Plano Estratégico e Plano de Negócios e Gestão 2017-2021
Plano Estratégico e Plano de Negócios e Gestão 2017-2021
 
Plano de Negócios e Gestão 2015 – 2019
Plano de Negócios e Gestão 2015 – 2019 Plano de Negócios e Gestão 2015 – 2019
Plano de Negócios e Gestão 2015 – 2019
 
Webcast 1T16
Webcast 1T16Webcast 1T16
Webcast 1T16
 
Webcast 1Q16
Webcast 1Q16Webcast 1Q16
Webcast 1Q16
 

Webcast 3 t06

  • 1. PETROBRAS DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS Webcast/Teleconferência 3o Trimestre de 2006 (Legislação Societária) Almir Barbassa Diretor Financeiro e de Relações com Investidores 13 de Novembro de 2006 0
  • 2. PETROBRAS Aviso As apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia. Os termos antecipa", "acredita", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "projeta", "objetiva", "deverá", bem como outros termos similares, visam a identificar tais previsões, as quais, evidentemente, envolvem riscos ou incertezas previstos ou não pela Companhia. Portanto, os resultados futuros das operações da Companhia podem diferir das atuais expectativas, e o leitor não deve se basear exclusivamente nas informações aqui contidas. A Companhia não se obriga a atualizar as apresentações e previsões à luz de novas informações ou de seus desdobramentos futuros. Aviso aos Investidores Norte-Americanos: A SEC somente permite que as companhias de óleo e gás incluam em seus relatórios arquivados de reservas provadas que a Companhia tenha comprovado por produção ou testes de formação conclusivos que sejam viáveis econômica e legalmente nas condições econômicas e operacionais vigentes. Utilizamos alguns termos nesta apresentação, tais como descobertas, que as orientações da SEC nos proíbem de usar em nossos relatórios arquivados. 1
  • 3. PETROBRAS Produção Nacional de Óleo e LGN Δ = 3,1% Δ = 1,3% mil bpd 1.779 1.790 1.780 1.757 1.770 1.751 1.760 1.750 1.736 1.725 1.740 1.730 1.720 1.710 1.700 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 • Aumento de 1,3% devido ao desempenho das plataformas P-50 (Albacora Leste) e FPSO Capixaba (Golfinho), ambas em início de operação; • No 3T06, a contribuição da P-50 foi cerca de 18 mil bpd acima de sua média no 2T06, enquanto que a contribuição do FPSO Capixaba foi 8 mil bpd acima de sua média no 2T06. 2
  • 4. PETROBRAS Preços de petróleo do E&P 69.62 69.49 US$ 10,80 bbl 64.74 61.53 61.75 66.07 56.9 57.59 56.39 58.2 58.69 51.59 US$/bbl 47.83 54.24 52.7 53.69 44.00 49.33 41.59 46.05 39.70 44.19 43.04 38.98 37.48 36.14 35.11 3T04 4T04 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 Preço médio de venda Brent (média) Cesta OPEP • O spread entre o preço médio do petróleo nacional e a cotação do Brent caiu de US$ 11,42/bbl, no 2T06, para US$ 10,80/bbl, no 3T06. 3
  • 5. PETROBRAS Custos de Extração sem Participação Governamental Δ = 8,5% ou US$ 0,52 6,32 6,64 6,07 6,12 US$/bbl 5,44 3T 05 4T 05 1T06 2T06 3T06 Principais causas • Maiores gastos com: • Transportes, operações de sondas para intervenções em poços; • Manutenções corretivas; • Maiores custos referentes à fase inicial das operações dos campos de Albacora Leste e Golfinho. 4
  • 6. PETROBRAS Custos de Extração com Participação Governamental 26 70 61.5 61.8 56.9 69.6 69.5 60 51.6 21 47.5 17,3 17,5 18,1 50 15,2 16,1 16 38.2 13,6 40 13,9 63% 28.8 US$/boe 63% 24.8 10,7 11.5 30 62% 11 10.0 11.0 11.4 8,5 59% 7,0 7.7 8.4 9.7 20 6.4 57% 6 5.1 10 4.0 6.0 5.4 5.4 6.1 6.3 6.1 6.6 0 3.0 3.4 4.3 1 -10 2002 2003 2004 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 -4 -20 Lifting Cost Participação Gov. Brent • Estabilidade da participação governamental no trimestre em função da estabilidade do preço do Brent, do câmbio e da produção. Obs.: O custo de extração com participação governamental teve sua série histórica ajustada, com efeito retroativo ao exercício de 2002, em função de nova interpretação da ANP sobre a dedutibilidade dos gastos com Project Finance do campo de Marlim no cálculo das participações especiais. 5
  • 7. PETROBRAS Refino no Brasil e Vendas no Mercado Interno 91 95 91 93 90 1.950 91 89 85 80 81 80 Mil barris/dia 80 79 79 1.800 75 % 70 1.804 65 1.650 1.761 1.812 1.795 1.753 1.757 1.720 60 1.647 1.649 1.684 55 1.500 50 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 P ro duç ã o N a c io na l de D e riv a do s V o lum e de V e nda s de D e riv a do s Ut iliza ç ã o C a pa c ida de N o m ina l - B ra s il ( %) P a rt ic ipa ç ã o ó le o na c io na l na C a rga P ro c e s s a da ( %) • Redução de 4 p.p. na carga processada devido: • Restrições de recebimento de petróleo; • Maior volume de paradas programadas nesse trimestre em comparação ao trimestre anterior; • Redução de 1 p.p. na participação do óleo nacional devido a problemas operacionais em Golfinho (menos óleo leve) e aumento do spread entre o óleo combustível e o óleo pesado doméstico (mais vantajoso exportar); • Aumento do volume de vendas devido à sazonalidade do consumo agrícola de diesel, industrial do óleo combustível e substituição de nafta importada. 6
  • 8. PETROBRAS Custos de Refino no Brasil (US$/bbl) 2,48 2,03 2,07 1,86 1,90 3T 05 4T 05 1T 06 2T 06 3T 06 • Aumento de 20% em relação ao trimestre anterior devido à maior ocorrência de paradas programadas e restrições no recebimento de petróleo; 7
  • 9. PETROBRAS Preço Médio de Realização - PMR 100 3T05 2T06 3T06 Média Média Média 81,83 81,78 80 72,43 72,28 70,66 61,54 69,62 69,49 60 60,26 40 PMR Brasil (US$/bbl) Preço Médio Brent (US$/bbl) PMR EUA (US$/bbl c/ volumes vendidos no Brasil) 20 Sep-04 Dec-04 Mar-05 Jun-05 Sep-05 Dec-05 Mar-06 Jun-06 Sep-06 8
  • 10. PETROBRAS Volume de Vendas jan-set jan-set Mil barris/dia 3T06 2T06 % % 06 05 Total derivados 1.757 1.684 4 1.697 1.658 2 Álcoois, Nitrogenados e demais 35 13 169 26 26 0 Gás natural 250 239 5 240 224 7 Total m ercado interno 2.042 1.936 5 1.963 1.908 3 Exportação* 564 536 5 540 498 8 Vendas Internacionais 509 459 11 468 388 21 Total m ercado externo 1.073 995 8 1.008 886 14 Total geral 3.115 2.931 6 2.971 2.794 6 • Crescimento no trimestre nas vendas de óleo combustível, diesel, GLP e gasolina. * Inclui as exportações em trânsito 9
  • 11. PETROBRAS Demonstrativo de Resultado 3T06 vs 2T06 2T06 3T06 43.363 Receita Líquida 14,3% 37.948 27.066 CPV 21.260 27,3% R$ milhões 12.912 EBITDA 13.614 - 5,2% 10.303 Lucro Operacional 11.267 - 8,6% 7.085 Lucro Líquido 6.959 1,8% • Receita Líquida: aumentos de 5% no volume de vendas no mercado interno, exportações de petróleo (33%) e PMR (2%); • CPV: nova interpretação da ANP sobre participações especiais no Campo de Marlim (retroativo a 2002); ajuste de gastos vinculados ao gás reinjetado (Bacias do Solimões, Campos e Esp. Santo); • Lucro Líquido: beneficio de R$ 1,492 bilhão decorrentes da provisão de JCP, reduzido em R$ 321 milhões relativos à recompra de títulos. 10
  • 12. PETROBRAS Análise das Despesas Operacionais 3T06 vs 2T06 2T06 3T06 1.546 14,3% Despesas de Vendas 1.353 R$ milhões 1.459 3,1% Gerais e Admin. 1.415 531 Custos Exploratórios 40,5% 378 1.342 Outros 890 50,8% • Aumento das despesas operacionais devido principalmente ao: • Despesas de vendas: aumento das vendas no mercado interno (5,5%) e no volume de exportação de petróleo (33%); • Custos Exploratórios: baixa de poços secos (Brasil e exterior); • Outros: encerramento do hedge com a ANDINA (R$ 167 milhões) e outros tais como serviços de consultoria e técnicos (R$ 285 milhões). 11
  • 13. PETROBRAS Evolução do Resultado no Trimestre (3T06 vs. 2T06) Exploração & Produção Evolução do Lucro Operacional – R$ milhões 1.757 Produção Doméstica de Óleo, LGN e Condensado (mil bpd) 1.779 536 1.040 10.938 408 18 426 420 10.198 6 Itens Extraordinários: R$ 834 milhões 2T06 Lucro Efeito Preço Efeito Volum e Efeito Custo Efeito Efeito cálculo Efeito Volum e Despesas 3T06 Lucro Op. na Receita na Receita Médio no CPV reinjeção de part. Marlim no CPV Operac. Op. (sem itens gás extr.) • Trimestre marcado pelo aumento da produção e contabilização de efeitos extraordinários. 12
  • 14. PETROBRAS Evolução do Resultado no Trimestre (3T06 vs. 2T06) Abastecimento Evolução do Lucro Operacional – R$ milhões 3.168 2.160 2.944 1.017 2.486 106 1.461 2º Tri - 06 Efeito Preço Efeito Volume Efeito Custo Efeito Volume Despesas 3º Tri - 06 Lucro Operac. na Receita na Receita Médio no CPV no CPV Operac. Lucro Operac. • Aumento no volume de vendas de derivados no mercado interno (4%) compensado por vendas de estoque com custo médio mais elevado. 13
  • 15. PETROBRAS Evolução do Lucro Líquido – R$ milhões (3T06 versus 2T06) 1.757 Produção Doméstica de Óleo, LGN e Condensado (mil bpd) 1.779 5,415 4,972 Itens ext. e recompra de tit.: R$ 1.145 milhões 6,959 149 7,085 834 573 1,603 341 321 2T06 LL Receita CPV sem Itens Extr. Desp. Oper. Desp. Fin. Recompra Impostos Part. 3T06 LL itens ext. (s/ recompra de títulos (JCP) acionistas tit), Não não control. Oper. e Eq. Pat. • CPV: influenciado por efeitos extraordinários (R$ 426 milhões de gás reinjetado e R$ 408 milhões de custos de part. esp. de Marlim) e realização de estoque a custos mais altos; • Despesas operacionais: baixa de poços secos (Brasil e exterior); aumento das vendas no mercado interno e no volume de exportação de petróleo; encerramento do hedge com a ANDINA e outros. 14
  • 16. PETROBRAS Exportação Líquida de Petróleo e Derivados Exportação (mil barris/dia) Importação (mil barris/dia) Superávit Físico de 54 mil bpd no 3T06 536 564 559 512 519 510 446 424 109 446 459 409 209 442 249 269 137 257 105 94 115 88 213 228 450 355 319 352 344 373 233 263 262 267 354 181 2003 2004 2005 1T06 2T06 3T06 2003 2004 2005 1T06 2T06 3T06 Petróleo Derivados Petróleo Derivados • Aumento das exportações de petróleo devido às paradas programadas nas refinarias de maior complexidade; • Aumento na importação de derivados devido ao aumento sazonal no consumo de óleo diesel. 2006 inclui exportações em andamento 15
  • 17. PETROBRAS Estrutura de Capital Índices de Endividamento da Petrobras 28% R$ milhões 30/09/2006 30/06/2006 27% 26% Endividamento de 26% (1) 11.858 12.214 24% Curto Prazo Endividamento de (1) 32.280 31.307 19% 23% 20% Longo Prazo 18% 17% Endividamento 44.138 43.521 Total Caixa e Aplic. 24.519 22.713 Financeiras Endividamento set/05 dez/05 mar/06 jun/06 set/06 (2) 19.619 20.808 Líquido End. Líq./Cap. Líq. End. CP/End. Total • Queda no endividamento total e líquido: • Forte geração de caixa operacional vem possibilitando a redução da dívida (recompra de títulos) e aumento do saldo de caixa. (1) Inclui endividamento contraído através de contratos de Leasing (R$ 2.729 milhões em 30.09.2006 e R$ 2.815 milhões em 30.06.2006). (2) Endividamento Total – Disponibilidades 16
  • 18. PETROBRAS Demonstração do Fluxo de Caixa – Consolidado R$ milhões 3T06 2T06 (1) (=) Caixa Gerado pelas Atividades Operacionais 10.209 11.365 (-) Caixa Utilizado em Atividades de Investimento (8.337) (6.640) (=) Fluxo de Caixa Livre 1.872 4.725 (-) Caixa Utilizado em Atividades de Financiamento (66) (4.995) Financiamentos (60) (1.472) Dividendos (6) (3.523) (=) Geração de Caixa no Período 1.806 (270) Caixa no Início do Período 22.713 22.983 Caixa no Final do Período 24.519 22.713 • Elevação de R$ 1,8 bilhão no fluxo de caixa livre no trimestre. (1) A partir de 01.01.2005, as Sociedades de Propósito Específico, cujas atividades operacionais são controladas, direta ou indiretamente, pela Petrobras, foram incluídas nas Demonstrações Contábeis Consolidadas, conforme determina a Instrução CVM nº 408/2004. 17
  • 19. PETROBRAS Investimentos R$ milhões Jan-Set/06 Jan-Set/05 % % % • Investimentos Diretos 20.264 90 14.751 87 37 Exploração e produção 11.404 51 8.907 53 28 Abastecimento 2.800 13 2.184 13 28 Gás e Energia 1.203 5 1.098 6 10 Internacional 3.923 17 1.871 11 110 Distribuição 477 2 368 2 30 Corporativo 457 2 323 2 41 • Sociedades de Propósito Específico (SPEs) 2.072 9 1.914 11 8 • Empreendimentos em Negociação 300 1 169 1 78 • Projetos Estruturados 1 0 87 1 0 Total de investimentos 22.637 100 16.921 100 34 • Cumprindo com as metas traçadas no Plano Estratégico a empresa continua investindo prioritariamente em Exploração e Produção. 18
  • 20. PETROBRAS SESSÃO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS Visite nosso website: www.petrobras.com.br/ri Para mais informações favor contactar: Petróleo Brasileiro S.A – PETROBRAS Departamento de Relacionamento com Investidores Raul Adalberto de Campos– Gerente Executivo E-mail: petroinvest@petrobras.com.br Av. República do Chile, 65 – 22o andar 20031-912 – Rio de Janeiro, RJ (55-21) 3224-1510 / 3224-9947 19