Palestra: O case Braskem - José Carlos Grubishch

2.166 visualizações

Publicada em

Palestra "O case Braskem " realizada por José Carlos Grubishch (Presidente da Braskem) na ExpoGestão 2006.



Publicada em: Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.166
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra: O case Braskem - José Carlos Grubishch

  1. 1. ExpoGestão 2006 Joinville, 8 de junho São Paulo – Junho 20041
  2. 2. Brasil Potência industrial e grande gerador de riqueza Setor petroquímico tem importância fundamental na economia brasileira e no dia a dia do cidadão2
  3. 3. Perfil da cadeia produtiva de plásticos > 8 mil > R$ 45 bilhões > 230 mil Empresas Faturamento Empregos Fonte: ABIQUIM / ABIPLAST - 20023
  4. 4. Alinhamento com indústria petroquímica mundial Especialização em negócios em nível global Exemplos Sustentação Dow Chemical Atuação Global BASF Inovação Tecnológica Modelos Estratégicos Empresa integrada em mercados atrativos com foco regional Exemplos Sustentação Reliance (Índia) Liderança de mercado Custos competitivos Formosa Plastics (Taiwan) Autonomia tecnológica4
  5. 5. Processo de criação da Braskem Realizações Concretas Expectativas Case de Sucesso Promessas 2006 Braskem: Novo modelo de negócio 20025
  6. 6. Reestruturação do Setor Refino 1ª Geração 2ª Geração 3ª Geração Nafta Produção de Resinas termoplásticas e Transformadores e Matérias primas petroquímicos básicos intermediários químicos indústrias diversas6
  7. 7. Indústria Petroquímica Brasileira Intrincamento Societário A situação anterior à criação da Braskem reflete as principais fragilidades da Petroquímica Brasileira Estímulo do Governo para busca de solução Opção de Compra Econômico ESAE Intercapital Intercapital Nova Odequi Nova Odequi Odebrecht Odebrecht Mariani Mariani 100% 100% 100% 63,8% 56,3% 36.2% 31.9% 49% 49% 100% 58% 46% 11,8% Pronor BNDESpar BNDESpar Proppet Proppet 96% 92% Sumit /Itochu Sumit/Itochu Nitrocarbono 51% 51% Nitrocarbono Suzano Conepar Conepar Suzano 65% 55.9% 35% OPP OPP 66,7% 42,6% 31% Polialden Polialden Dow Dow Química Ultra Química 75,2% 70,7% 100% 100% 69,4% 38,1% Oxiteno Oxiteno Polipar Politeno Politeno Petronor Petronor Trikem Trikem EDN EDN 16,1% 10,4% 8,7% 8,9% 10,9% 12,5% 11,1% 23,7% 20,4% 16% 13,8% 13,8% 12,5% 11,1% 0.04% 0.03% Petroquisa Petroquisa Norquisa Norquisa Outros Outros 15,4% 21,4% 1,7 % 0,6 % 58,4% 21.5% 1,7 % 0.6 % % Capital Votante / % Capital Total Copene7
  8. 8. A Braskem no setor petroquímico Nova dinâmica na cadeia produtiva Refino 1ª Geração 1ª Geração 2ª Geração 2ª Geração 3ª Geração Nafta Agrega Valor Competitividade Produção de de Produção Resinas termoplásticas e e Resinas termoplásticas Transformadores e Matérias primas petroquímicos básicos petroquímicos básicos intermediários químicos intermediários químicos indústrias diversas INTEGRAÇÃO US$ 950 MM SINERGIAS Valor Presente Líquido8
  9. 9. Criação de uma empresa de classe mundial 2002 - A formação da Braskem permitiu reverter restrições competitivas e agregar substancial valor a todos os acionistas envolvidos PETROQUISA ODEBRECHT FREE FLOAT 9,8% 8,3% 74,2% 38,6% 16% 53,1% 29,5% 29,5% 20,1% 20,1% 100% 96,2%% Capital total% Capital Votante* Posição de 31/5/069
  10. 10. Criação de uma empresa de classe mundial Criação de uma das maiores empresas industriais brasileiras Uma etapa fundamental na reestruturação do setor petroquímico10
  11. 11. Visão do negócio Líder no mercado de resinas Petroquímica termoplásticas na brasileira de Empresa brasileira América Latina classe mundial Moderna Governança Corporativa Autonomia tecnológica11
  12. 12. Estratégia voltada para criação de valor Quantitativo Liderança de mercado Competitividade de custos Geração de Caixa (EBITDA) Autonomia tecnológica Crescimento x Criação de Valor na Braskem Percepção e Reconhecimento Qualitativo12
  13. 13. Liderança de Mercado Market share em 2006 Polipropileno PVC Polietileno 43% 57% 30% 51% 27% 52% 6% 18% 16% Após a Aquisição da Politeno 46% 36% BRASKEM IMPORTAÇÃO OUTROS 18% Baseado em capacidade de produção / Fonte: Abiquim e Braskem, 200613
  14. 14. Competitividade de custos Processo de criação de valor Strong platform for growth R$ 350 million per year in recurring synergies, already captured R$ million Uma Empresa de 350 Classe Mundial 330 310 285 (2004) 260 240 • Melhores 208 Mar/03 Jun/03 Sep/03 Dec/03 Mar/04 Dec/04 Target 5 práticas • Simplificação • Integração Novos Níveis de • Adequação à Competitividade SOx Sinergias Sistema de Negócios da Braskem Sistema de Negócios da Braskem14
  15. 15. Competitividade de Custos Liderança na Região 3,485 tons / ano PVC Polipropileno Polietileno Eteno 1,449 1,135 825 810 650 543 260 Braskem 1 Dow Copesul 2 Suzano Unipar Ipiranga Solvay Petrobras 1. Não inclui 1.8 milhões de toneladas de outros produtos produzidos pela Braskem 2. Controle compartilhado da Copesul com o Grupo Ipiranga Fonte : CMAI e Braskem - 200615
  16. 16. Competitividade de custos Captura de Sinergias na Criação da Braskem R$ 350 milhões por ano em sinergias recorrentes já capturadas R$ milhões 350 285 53 2002 2003 200416
  17. 17. Competitividade de custos Braskem+ : Evolução em 2005 Expressiva aceleração na captura de ganhos produtividade R$ 256 milhões em ganhos de produtividade atingidos até 2005. Resultados Obtidos até 2005 420 (R$ milhões/ano) 360 +51% 256 170 Objetivo Realizado Planejado Planejado até 2005 até 2005 até 2006 até 2007 Bases anualizadas e recorrentes17
  18. 18. Competitividade de custos Novos Avanços no Processo de Criação de Valor Um novo sistema integrado de gestão que engloba todos os processos do negócio 110 integrantes alocados ao Projeto Investimentos de R$ 130 milhões Implementação até outubro de 2006 VPL de R$ 260 milhões18
  19. 19. Compromisso com desenvolvimento tecnológico Base Tecnológica concentrada no RS Centro de Tecnologia e Inovação Braskem 78 projetos de inovação 171 pesquisadores Substituição 7 plantas piloto de materiais Serviços R$ 320 milhões de ativos Investimentos anuais de R$ 50 milhões em P&D Novos mercados / Alianças com universidades Competitividade novas aplicações e centros de pesquisa 134 patentes depositadas (*) em 5 anos com taxa de desconto de 11%19
  20. 20. Brasil: um mercado dinâmico e crescente para resinas termoplásticas … Consumo Aparente no mercado de resinas termoplásticas (Polietileno, Polipropileno e PVC) ao longo dos últimos 13 anos CAGR: (Taxa média Elasticidade histórica composta anual de crescimento) 3.420 3.437 de 3,7 vezes o 3.200 crescimento do PIB 3.102 Mil toneladas 2.653 Setor dinâmico da 2.276 economia 1.811 6,6% CAGR Necessidade de novos investimentos para acompanhar o crescimento do mercado 1994 1996 1998 2000 2002 2004 2005 Fonte: ABIQUIM20
  21. 21. Estratégia voltada para criação de valor Quantitativo Liderança de mercado Competitividade de custos Geração de Caixa (EBITDA) Autonomia tecnológica Crescimento x Criação de Valor na Braskem Governança Corporativa Modelo de Gestão Percepção e Reconhecimento Responsabilidade Social Qualitativo Imagem21
  22. 22. Governança Corporativa Conselho de Diretoria Administração Profissional Práticas Modernas Nível 2 Nível 1 Tag Along 100% já realizado para todos acionistas22
  23. 23. Modelo de gestão Princípios Norteadores Valor de mercado e Indicadores de resultados da desempenho empresa como Resultado sobre objetivos capital investido primordiais e Geração de Caixa permanentes Relacionamento responsável com Visibilidade, Previsibilidade o mercado de e Credibilidade capitais23
  24. 24. Responsabilidade Social Promoção da Respeito aos Respeito aos segurança, saúde e valores e princípios compromissos proteção do meio da organização públicos assumidos ambiente Investimentos na Integração educação e no nas comunidades desenvolvimento dos de atuação quadros internos24
  25. 25. A Braskem está comprometida com o desenvolvimento sustentável Desempenho de segurança no trabalho alinhado com as melhores empresas petroquímicas do mundo Empresa Benchmark em taxa de frequência de acidentes Melhoria contínua na preservação ambiental Reducão de 6% no consumo de água Redução de 40% em efluentes líquidos Redução de 45% em resíduo industrial Primeira empresa brasileira a assinar o “International Statement of Cleaner Production”, uma iniciativa das Nações Unidas na área de Proteção Ambiental Uma das 28 empresas escolhidas para compor o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BOVESPA25
  26. 26. Responsabilidade Social Alagoas Formação continuada Geração de Renda • 220 escolas • 600 alunos capacitados • 700 professores • 20 oficinas • 1.600 alunos Bahia • 70.000 crianças atendidas nas Oficinas de Reciclagem • 563 educadores treinados • Distribuição de 5.700 kits de Coleta Seletiva Rio Grande do Sul Programa de Coleta Seletiva de Lixo • Trabalho e renda para 86 associados • Oficinas e cursos de formação Profissional26
  27. 27. Nossa certidão de nascimento 16 de agosto de 2002 Compromisso Público e Código de Conduta Valores e Princípios Compromisso com o cliente Compromisso com o público interno Compromisso com os sócios e investidores Uma empresa de Classe Mundial27
  28. 28. Imagem Construção de uma Marca28
  29. 29. Imagem Construção de uma Marca29
  30. 30. Estratégia voltada para criação de valor Quantitativo Liderança de mercado Competitividade de custos Geração de Caixa (EBITDA) Autonomia tecnológica Crescimento x Criação de Valor na Braskem Governança Corporativa Fator Humano Percepção e Modelo de Gestão Reconhecimento Responsabilidade Social Qualitativo Imagem30
  31. 31. Valorização das pessoas na organização Valores e Princípios Competência Disciplina no Talento planejamento e execução Delegação planejada (BSC) Criatividade Respeito aos compromissos públicos Conhecimento Competência e desenvolvimento das equipes Produtividade31
  32. 32. Valorização das pessoas na organização Perfil Educacional 1º Grau 24% 2º Grau 4% Graduação 2% 65% 5% Pós-graduação Mestrado Evolução dos Postos de Trabalho Evolução da Massa Salarial (R$ milhões/mês) 15,8% 16.757 3.262 65,3% 2.818 2.868 2.996 14.344 12.553 10.135 2002 2003 2004 2005 2002 2003 2004 200532
  33. 33. Resultados Receita Líquida US$ milhões EBITDA US$ milhões 871 851 4.766 3.774 581 2.992 2.387 457 26% CAGR 23% CAGR 2002 2003 2004 2005 2002 2003 2004 2005 Lucro Líquido US$ milhões Dívida Líquida / EBITDA US$ milhões 5.1 3.5 278 236 1.5 1.4 70 2002 2003 2004 2005 2002 2003 2004 2005 (271)33
  34. 34. Evolução da Liquidez na Bovespa Pos Empresa Participação 1 Petrobras Participação 9ª Ibovespa 2 Telemar Participação Liq. 1,92 25000 3 CVRD Participação Inv. 20.101 4 Usiminas Participação 20000 5 CSN Participação 6 CAEMI Participação 7 Bradesco Participação 15000 8 Gerdau Participação 9 Braskem Participação 10000 10 Itaú Participação 5000 0 abr/03 dez/02 dez/03 abr/04 dez/04 abr/05 dez/05 ago/02 ago/03 ago/04 ago/05 out/02 fev/03 out/03 out/05 jun/03 fev/04 jun/04 out/04 fev/05 jun/05 Investidores Liquidez Ibovespa34
  35. 35. Visão Braskem Estar entre as 10 maiores petroquímicas do mundo em valor de mercado Tornar-se a Empresa líder em resinas termoplásticas na América Latina35
  36. 36. Estratégia de crescimento com criação de valorExpandir produção e vendas além da Reforçar a liderança de mercado noAmérica do Sul, através da captura de Brasil através da consolidação davalor e criação de uma nova plataforma indústria com captura de sinergiasde crescimento para o futuro Crescimento Internacionalização orgânico Criação de valor Reforçar a cadeia Crescimento de aromáticos seletivoAlavancar a cadeia produtiva de Consolidar a posição de mercadoaromáticos com ampliação de em produtos-chave na A. Latinaportfólio de produtos e serviços e garantir fontes competitivas deno mercado doméstico matéria prima36
  37. 37. Expressiva Agenda de Crescimento 3,0 bilhões em Investimentos para atender o crescimento do Mercado Venezuela Venezuela 1,2 milhão de toneladas até 2007 EM OPERAÇÃO 2005 Eteno: 140 kt Petroquímicos básicos: 300 kt Alagoas Alagoas Brasil / Brasil / PX: 50 kt Bolívia Bolívia Bahia Bahia PP: 120kt Paulínia Paulínia PVC: 50 kt (Nov 05) – US$ 28MM Triunfo PE: 30 Kt (Set05) – R$ 7 MM Triunfo NOVOS PROJETOS PE: +30 Kt (IT06) – R$ 10MM Isopreno: +9 kt (Nov 06) – US$ 29MM PP: 300/350 kt (2007) Petroquímica Paulínia – US$ 240MM PROJETOS INTERNACIONAIS PE: 650/750 kt (2009) Complexo Brasil / Bolívia* PP: 400 kt/ ano (2009) Complexo de Zulia – Venezuela* PE: 1.200 kt/ ano (2011) Complexo de Olefinas de Jose* * A serem apresentados ao Conselho de Administração37
  38. 38. 38

×