SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Baixar para ler offline
Teleconferência de Resultados – 1T14
São Paulo, 09 de maio de 2014
2
Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não
são apenas fatos históricos, mas refletem as metas e as expectativas da
direção da Braskem. As palavras "antecipa", "acredita", "espera", "prevê",
"pretende", "planeja", "estima", "projeta", "objetiva" e similares são declarações
prospectivas. Embora acreditemos que essas declarações prospectivas se
baseiem em pressupostos razoáveis, essas declarações estão sujeitas a vários
riscos e incertezas, e são feitas levando em conta as informações às quais a
Braskem atualmente tem acesso.
Esta apresentação está atualizada até 31 de março de 2014 e a Braskem não
se obriga a atualizá-la mediante novas informações e/ou acontecimentos
futuros.
A Braskem não se responsabiliza por operações ou decisões de investimento
tomadas com base nas informações contidas nesta apresentação.
Ressalva sobre declarações futuras
3
Destaques do 1T14
3 3
 A taxa média de utilização dos crackers foi de 85%, influenciada pela parada programada de
manutenção no site de Triunfo e por problemas operacionais.
 O mercado brasileiro de resinas (PE, PP, PVC) foi 1,3 milhão de toneladas, estável em relação a 4T13.
As vendas da Braskem totalizaram 901 mil de toneladas.
 Em linha com sua estratégia de concentrar seus investimentos no setor petroquímico, a Braskem
alienou os ativos integrantes da Unidade de Tratamento de Água (“UTA”) localizados no polo de
Triunfo, no valor de R$ 315 milhões, reconhecendo um ganho no trimestre de R$ 277 milhões.
 O EBITDA foi de R$ 1,6 bilhão, positivamente influenciado pela (i) sustentação dos spreads no
mercado internacional, (ii) depreciação do real e (iii) alienação da UTA. Em dólares, o EBITDA foi de
US$ 690 milhões.
 O lucro líquido registrado no trimestre foi de R$ 396 milhões.
 A alavancagem, medida pela relação dívida líquida/EBITDA, atingiu 2,71x quando medida em
dólares, uma queda de 6% em relação ao último trimestre.
Expansão e diversificação com matéria-prima competitiva
 Projeto integrado no México:
 O progresso físico do empreendimento atingiu 66%;
 Em abril, a subsidiária Braskem Idesa sacou a 3ª parcela do project finance no valor de US$ 465
milhões.
 Projeto Ascent
 Foi assinado, em março de 2014, acordo de fornecimento de etano (ainda sujeito à análise de
viabilidade e aprovação do projeto) com a Antero Resources para o projeto.
44
 Mercado Brasileiro de Resinas Termoplásticas
(mil toneladas)
+1% +3%
 Demanda do 1T14 positivamente influenciada pelo desempenho dos setores
relacionados a bens de consumo não duráveis, como de bebidas. O setor de
infraestrutura também apresentou boa performance na comparação com o 1T13.
Mercado brasileiro de resinas e vendas Braskem
 Perfil de Vendas Braskem – 1T14
 Vendas Braskem de Resinas Termoplásticas
(mil toneladas)
0% -2%
25%
7%
7%
15%
20%
5%
4%
8%
9%
AGRÍCOLA
AUTOMOTIVO
VAREJO
OUTROS
ALIMENTÍCIO
BENS DE
CONSUMO
HIGIENE E
LIMPEZAINDUSTRIAL
CONSTRUÇÃO CIVIL
1T14
5
438
¹ Ajustado trimestralmente para refletir a decisão de manter os investimentos em Quantiq
2 Inclui a despesa referente à ação trabalhista envolvendo o pagamento de horas extras nas plantas
3 Ganho reconhecido na venda da UTA
R$ milhões
EBITDA 1T14 versus 4T13
Os principais fatores para o crescimento foram a
recuperação dos spreads no mercado internacional e a
depreciação do real de 4% entre os períodos. O ganho de
R$ 277 milhões com a alienação da UTA também afetou
positivamente o resultado.
( )
66
US$ milhões 1T14 4T13
Dívida Líquida(a) 6.615 6.390
EBITDA (UDM) 2.431 2.215
Dívida Líquida/EBITDA 2,71x 2,87x
Dívida Líquida / EBITDA (US$)
Agência Rating Perspectiva Data
Fitch BBB- Negativa 09/10/2013
S&P BBB- Estável 11/07/2013
Moody’s Baa3 Negativa 24/04/2013
Rating Braskem – Escala Global
Agenda de Amortização (1)
(R$ milhões)
31/03/2014
Dívida alongada e com fontes diversificadas de
financiamento. Manutenção da liquidez
Fonte diversificada de endividamento
(a) Não inclui a estrutura de financiamento do projeto México
77 7
Capex
R$ milhões
 A Braskem realizou investimentos operacionais que totalizaram R$ 763 milhões no 1T14:
 R$ 373 milhões foram direcionados à manutenção, refletindo, principalmente, parte do desembolso da
parada programada de manutenção do cracker de Triunfo;
 R$ 349 milhões foram direcionados à construção do novo complexo petroquímico no México,
acompanhando a 3º parcela do project finance.
1.332 1.354 1.476
204 194
226173 75
258536
1.098
704
2013e 2013 2014e
Manutenção / Reposição / Outros Produt. / SSMA Comperj / Outros Projetos México
2.244
2.722 2.664
373
26
16
349
1T14
763
1.476
226
258
704
2014e
México
Comperj / Outros Projetos
Produt. / SSMA
Manutenção / Reposição / Outros
2.664
Investimentos
(R$ milhões)
88 8
Projeto Integrado para produção de 1 milhão de
toneladas de PE – JV Braskem (75%) e Idesa (25%)
Diferenciais do Projeto
 Matéria-prima competitiva. Gás norte-
americano como referência de preço.
 #1 projeto greenfield a entrar em operação
na América do Norte.
 Start-up: 2º semestre de 2015.
 Progresso físico do empreendimento atingiu
66% no 1T14;
 Project finance
 Até o 1T14: US$ 2,0 bilhões;
 3º desembolso ocorreu em abril no
valor de US$ 465 milhões.
 Priorização de fornecimento ao deficitário
mercado mexicano (déficit atual de 1,3 mil
ton).
#1 projeto greenfield a entrar em operação na América do Norte
Projeto Etileno XXI - México
Expectativa
de margem
de um
player
integrado
de PE base
etano EUA
9
 Expansão do PIB global em 3,6%, direcionada
pela recuperação das economias maduras.
• PIB chinês de 7,5%.
 Expectativa de que os spreads internacionais
de petroquímicos sigam em linha com o
patamar apresentado os últimos trimestres.
• maior demanda por petroquímicos.
 Preços de etano começam a recuar com o
fim do rigoroso inverno norte-americano.
 Pontos de atenção:
• crise da Ucrânia e agravamento das
questões geopolíticas na região do golfo
árabe, com possível impacto nos preços
de petróleo e, consequentemente, preços
de nafta.
• potencial necessidade de redução no
consumo de energia no Brasil.
Curto Prazo
Cenário global e a indústria petroquímica
2014e 2015e 2016e 2017e
África & India Europa & Bálticos Oriente Médio Américas Ásia
9 9
Médio / longo prazo
 Incerteza na entrada dos projetos anunciados
na China:
 Elevados custos/investimentos para acessar
a matéria-prima disponível.
 Problemas de infraestrutura (logística,
disponibilidade de água para extração,
etc.).
 Irã: disponibilidade de gás associada à
produção de petróleo.
 EUA: novas capacidade entram apenas a partir
de 2017/2018.Fonte: IHS, Relatório dos Analistas
Capacidade adicional de eteno (MM ton)
~ 6,0
Crescimento
Anual da
Demanda
no período
4,6
China
6,3 6,2
7,6
China
China
China
Irã Irã
Irã
1010 10
Prioridades e concentrações Braskem
 Renovação do contrato de fornecimento de nafta.
 Focar no contínuo fortalecimento da relação com Clientes e crescimento de market share no
mercado brasileiro.
 Evoluir na construção de uma política industrial da cadeia petroquímica que siga fortalecendo
sua competitividade.
 Concluir a aquisição do controle da Solvay Indupa.
 Ampliar a competitividade da matéria-prima da Braskem, através da redução de seu custo e
da sua diversificação.
 Avançar na construção do projeto greenfield no México e ampliar as atividades de pré-
marketing.
 Definir a equação de matéria-prima e de incentivos fiscais de forma a viabilizar o Comperj.
 Evoluir na estrutura societária e avançar na equação de matéria-prima, a partir da
competitividade do gás de xisto (“shale gas”) do projeto Ascent.
 Manter a liquidez, disciplina de custos e a higidez financeira em um cenário macroeconômico
desafiador.
11
Teleconferência de Resultados – 1T14
São Paulo, 09 de maio de 2014

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fato Relevante: Plano de Negócios 2012-2016
Fato Relevante: Plano de Negócios 2012-2016Fato Relevante: Plano de Negócios 2012-2016
Fato Relevante: Plano de Negócios 2012-2016Petrobras
 
Conf call 2t13_cvm
Conf call 2t13_cvmConf call 2t13_cvm
Conf call 2t13_cvmBraskem_RI
 
Modelo de negócios para novas usinas nucleares
Modelo de negócios para novas usinas nuclearesModelo de negócios para novas usinas nucleares
Modelo de negócios para novas usinas nuclearesLeonam Guimarães
 
Apresentação teleconferência de resultados 2 t10
Apresentação   teleconferência de resultados 2 t10Apresentação   teleconferência de resultados 2 t10
Apresentação teleconferência de resultados 2 t10Braskem_RI
 
Planejamento Estratégico - Petrobras
Planejamento Estratégico - PetrobrasPlanejamento Estratégico - Petrobras
Planejamento Estratégico - PetrobrasProjetoBr
 
Braskem day apresentação unidade de negócios internacionais - roberto ramos
Braskem day   apresentação unidade de negócios internacionais - roberto ramosBraskem day   apresentação unidade de negócios internacionais - roberto ramos
Braskem day apresentação unidade de negócios internacionais - roberto ramosBraskem_RI
 
Detalhamento do Plano de Negócios e Gestão 2012-2016 - Exploração e Produção
Detalhamento do Plano de Negócios e Gestão 2012-2016 - Exploração e ProduçãoDetalhamento do Plano de Negócios e Gestão 2012-2016 - Exploração e Produção
Detalhamento do Plano de Negócios e Gestão 2012-2016 - Exploração e ProduçãoPetrobras
 

Mais procurados (11)

Fato Relevante: Plano de Negócios 2012-2016
Fato Relevante: Plano de Negócios 2012-2016Fato Relevante: Plano de Negócios 2012-2016
Fato Relevante: Plano de Negócios 2012-2016
 
Conf call 2t13_cvm
Conf call 2t13_cvmConf call 2t13_cvm
Conf call 2t13_cvm
 
Modelo de negócios para novas usinas nucleares
Modelo de negócios para novas usinas nuclearesModelo de negócios para novas usinas nucleares
Modelo de negócios para novas usinas nucleares
 
Apresentação teleconferência de resultados 2 t10
Apresentação   teleconferência de resultados 2 t10Apresentação   teleconferência de resultados 2 t10
Apresentação teleconferência de resultados 2 t10
 
Fatos Relevantes - Semana 33
Fatos Relevantes - Semana 33Fatos Relevantes - Semana 33
Fatos Relevantes - Semana 33
 
Planejamento Estratégico - Petrobras
Planejamento Estratégico - PetrobrasPlanejamento Estratégico - Petrobras
Planejamento Estratégico - Petrobras
 
Fatos Relevantes - Semana 45
Fatos Relevantes - Semana 45Fatos Relevantes - Semana 45
Fatos Relevantes - Semana 45
 
Braskem day apresentação unidade de negócios internacionais - roberto ramos
Braskem day   apresentação unidade de negócios internacionais - roberto ramosBraskem day   apresentação unidade de negócios internacionais - roberto ramos
Braskem day apresentação unidade de negócios internacionais - roberto ramos
 
Fatos Relevantes - Semana 47
Fatos Relevantes - Semana 47Fatos Relevantes - Semana 47
Fatos Relevantes - Semana 47
 
Fatos Relevantes- Semana 38
Fatos Relevantes- Semana 38Fatos Relevantes- Semana 38
Fatos Relevantes- Semana 38
 
Detalhamento do Plano de Negócios e Gestão 2012-2016 - Exploração e Produção
Detalhamento do Plano de Negócios e Gestão 2012-2016 - Exploração e ProduçãoDetalhamento do Plano de Negócios e Gestão 2012-2016 - Exploração e Produção
Detalhamento do Plano de Negócios e Gestão 2012-2016 - Exploração e Produção
 

Destaque

Conf call 3t14_eng 061114 revisada
Conf call 3t14_eng 061114 revisadaConf call 3t14_eng 061114 revisada
Conf call 3t14_eng 061114 revisadaBraskem_RI
 
Conf call 1t13_10052013_eng
Conf call 1t13_10052013_engConf call 1t13_10052013_eng
Conf call 1t13_10052013_engBraskem_RI
 
No deal road show 4 q04
No deal road show   4 q04No deal road show   4 q04
No deal road show 4 q04Braskem_RI
 
Oil, gas & petrochemicals conference
Oil, gas & petrochemicals conferenceOil, gas & petrochemicals conference
Oil, gas & petrochemicals conferenceBraskem_RI
 
No deal road show europa 1 s03
No deal road show europa 1 s03No deal road show europa 1 s03
No deal road show europa 1 s03Braskem_RI
 
S&p inv grade braskem_300311
S&p inv grade braskem_300311S&p inv grade braskem_300311
S&p inv grade braskem_300311Braskem_RI
 
Brakem acordo acionistas20100401_en
Brakem acordo acionistas20100401_enBrakem acordo acionistas20100401_en
Brakem acordo acionistas20100401_enBraskem_RI
 
Braskem presentation 1_q08_20091201_en
Braskem presentation 1_q08_20091201_enBraskem presentation 1_q08_20091201_en
Braskem presentation 1_q08_20091201_enBraskem_RI
 
Apresentação 4T12
Apresentação 4T12Apresentação 4T12
Apresentação 4T12Braskem_RI
 
Cobertura Analistas Port
Cobertura Analistas PortCobertura Analistas Port
Cobertura Analistas PortBraskem_RI
 
Brakem acordo acionistas20100401_pt
Brakem acordo acionistas20100401_ptBrakem acordo acionistas20100401_pt
Brakem acordo acionistas20100401_ptBraskem_RI
 
Braskem 1 q07_cc_transcription_eng
Braskem 1 q07_cc_transcription_engBraskem 1 q07_cc_transcription_eng
Braskem 1 q07_cc_transcription_engBraskem_RI
 
Braskem apimec 3_t06_eng
Braskem apimec 3_t06_engBraskem apimec 3_t06_eng
Braskem apimec 3_t06_engBraskem_RI
 
Estudo sobre realação nafta petróleo
Estudo sobre realação nafta petróleoEstudo sobre realação nafta petróleo
Estudo sobre realação nafta petróleoBraskem_RI
 
Brasken 1Q15 Presentation English
Brasken 1Q15 Presentation EnglishBrasken 1Q15 Presentation English
Brasken 1Q15 Presentation EnglishBraskem_RI
 
Conf call 4t14_eng_120215
Conf call 4t14_eng_120215Conf call 4t14_eng_120215
Conf call 4t14_eng_120215Braskem_RI
 

Destaque (16)

Conf call 3t14_eng 061114 revisada
Conf call 3t14_eng 061114 revisadaConf call 3t14_eng 061114 revisada
Conf call 3t14_eng 061114 revisada
 
Conf call 1t13_10052013_eng
Conf call 1t13_10052013_engConf call 1t13_10052013_eng
Conf call 1t13_10052013_eng
 
No deal road show 4 q04
No deal road show   4 q04No deal road show   4 q04
No deal road show 4 q04
 
Oil, gas & petrochemicals conference
Oil, gas & petrochemicals conferenceOil, gas & petrochemicals conference
Oil, gas & petrochemicals conference
 
No deal road show europa 1 s03
No deal road show europa 1 s03No deal road show europa 1 s03
No deal road show europa 1 s03
 
S&p inv grade braskem_300311
S&p inv grade braskem_300311S&p inv grade braskem_300311
S&p inv grade braskem_300311
 
Brakem acordo acionistas20100401_en
Brakem acordo acionistas20100401_enBrakem acordo acionistas20100401_en
Brakem acordo acionistas20100401_en
 
Braskem presentation 1_q08_20091201_en
Braskem presentation 1_q08_20091201_enBraskem presentation 1_q08_20091201_en
Braskem presentation 1_q08_20091201_en
 
Apresentação 4T12
Apresentação 4T12Apresentação 4T12
Apresentação 4T12
 
Cobertura Analistas Port
Cobertura Analistas PortCobertura Analistas Port
Cobertura Analistas Port
 
Brakem acordo acionistas20100401_pt
Brakem acordo acionistas20100401_ptBrakem acordo acionistas20100401_pt
Brakem acordo acionistas20100401_pt
 
Braskem 1 q07_cc_transcription_eng
Braskem 1 q07_cc_transcription_engBraskem 1 q07_cc_transcription_eng
Braskem 1 q07_cc_transcription_eng
 
Braskem apimec 3_t06_eng
Braskem apimec 3_t06_engBraskem apimec 3_t06_eng
Braskem apimec 3_t06_eng
 
Estudo sobre realação nafta petróleo
Estudo sobre realação nafta petróleoEstudo sobre realação nafta petróleo
Estudo sobre realação nafta petróleo
 
Brasken 1Q15 Presentation English
Brasken 1Q15 Presentation EnglishBrasken 1Q15 Presentation English
Brasken 1Q15 Presentation English
 
Conf call 4t14_eng_120215
Conf call 4t14_eng_120215Conf call 4t14_eng_120215
Conf call 4t14_eng_120215
 

Semelhante a Resultados Braskem 1T14: EBITDA de R$1,6 bi

Conf call 2t14_port_070814
Conf call 2t14_port_070814Conf call 2t14_port_070814
Conf call 2t14_port_070814Braskem_RI
 
Teleconferência de Resultados 3T13
Teleconferência de Resultados 3T13Teleconferência de Resultados 3T13
Teleconferência de Resultados 3T13Braskem_RI
 
Apresentação apimec resultados 1 t10
Apresentação apimec   resultados 1 t10Apresentação apimec   resultados 1 t10
Apresentação apimec resultados 1 t10Braskem_RI
 
Fato Relevante: Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão...
Fato Relevante: Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão...Fato Relevante: Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão...
Fato Relevante: Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão...Petrobras
 
Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018
Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018
Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018Petrobras
 
Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018
Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018
Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018Petrobras
 
Clube Militar Marco Regulatório V
Clube  Militar    Marco  Regulatório    VClube  Militar    Marco  Regulatório    V
Clube Militar Marco Regulatório VFatoseDados
 
28/09/2011 - 09h30 às 13h - TI & Petróleo Guilherme Estrella
28/09/2011 - 09h30 às 13h - TI & Petróleo Guilherme Estrella28/09/2011 - 09h30 às 13h - TI & Petróleo Guilherme Estrella
28/09/2011 - 09h30 às 13h - TI & Petróleo Guilherme EstrellaRio Info
 
Relatório de Sustentabilidade 2010
Relatório de Sustentabilidade 2010Relatório de Sustentabilidade 2010
Relatório de Sustentabilidade 2010Petrobras
 
Apresentação da presidenta da Petrobras, Graça Foster, na Comissões de Assunt...
Apresentação da presidenta da Petrobras, Graça Foster, na Comissões de Assunt...Apresentação da presidenta da Petrobras, Graça Foster, na Comissões de Assunt...
Apresentação da presidenta da Petrobras, Graça Foster, na Comissões de Assunt...HumbertoCostaPT
 
Morgan Stanley | Brazilian Utilities Corporate Access Day 2015
Morgan Stanley | Brazilian Utilities Corporate Access Day 2015Morgan Stanley | Brazilian Utilities Corporate Access Day 2015
Morgan Stanley | Brazilian Utilities Corporate Access Day 2015CPFL RI
 
Edição 38 - Petrobras em Ações - Junho de 2013
Edição 38 - Petrobras em Ações - Junho de 2013Edição 38 - Petrobras em Ações - Junho de 2013
Edição 38 - Petrobras em Ações - Junho de 2013Petrobras
 
Petrobrasdivulgaresultadosauditadosde20141 150422173728-conversion-gate01-1
Petrobrasdivulgaresultadosauditadosde20141 150422173728-conversion-gate01-1Petrobrasdivulgaresultadosauditadosde20141 150422173728-conversion-gate01-1
Petrobrasdivulgaresultadosauditadosde20141 150422173728-conversion-gate01-1José Altair Monteiro Sampaio
 
Petrobras divulga resultados auditados de 2014 (1)
Petrobras divulga resultados auditados de 2014 (1)Petrobras divulga resultados auditados de 2014 (1)
Petrobras divulga resultados auditados de 2014 (1)Conversa Afiada
 
17h00 decio oddone pao de acucar 22 08
17h00 decio oddone pao de acucar 22 0817h00 decio oddone pao de acucar 22 08
17h00 decio oddone pao de acucar 22 08slides-mci
 

Semelhante a Resultados Braskem 1T14: EBITDA de R$1,6 bi (20)

Conf call 2t14_port_070814
Conf call 2t14_port_070814Conf call 2t14_port_070814
Conf call 2t14_port_070814
 
Teleconferência de Resultados 3T13
Teleconferência de Resultados 3T13Teleconferência de Resultados 3T13
Teleconferência de Resultados 3T13
 
Apresentação apimec resultados 1 t10
Apresentação apimec   resultados 1 t10Apresentação apimec   resultados 1 t10
Apresentação apimec resultados 1 t10
 
Os desafios do Brasil na próxima década
Os desafios do Brasil na próxima década Os desafios do Brasil na próxima década
Os desafios do Brasil na próxima década
 
Fato Relevante: Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão...
Fato Relevante: Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão...Fato Relevante: Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão...
Fato Relevante: Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão...
 
Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018
Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018
Apresentação Investor Day, São Paulo, 2018
 
Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018
Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018
Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018
 
Clube Militar Marco Regulatório V
Clube  Militar    Marco  Regulatório    VClube  Militar    Marco  Regulatório    V
Clube Militar Marco Regulatório V
 
28/09/2011 - 09h30 às 13h - TI & Petróleo Guilherme Estrella
28/09/2011 - 09h30 às 13h - TI & Petróleo Guilherme Estrella28/09/2011 - 09h30 às 13h - TI & Petróleo Guilherme Estrella
28/09/2011 - 09h30 às 13h - TI & Petróleo Guilherme Estrella
 
Relatório de Sustentabilidade 2010
Relatório de Sustentabilidade 2010Relatório de Sustentabilidade 2010
Relatório de Sustentabilidade 2010
 
J.gabrieli
J.gabrieliJ.gabrieli
J.gabrieli
 
Fatos relevantes- Semana 39
Fatos relevantes- Semana 39Fatos relevantes- Semana 39
Fatos relevantes- Semana 39
 
Apresentação da presidenta da Petrobras, Graça Foster, na Comissões de Assunt...
Apresentação da presidenta da Petrobras, Graça Foster, na Comissões de Assunt...Apresentação da presidenta da Petrobras, Graça Foster, na Comissões de Assunt...
Apresentação da presidenta da Petrobras, Graça Foster, na Comissões de Assunt...
 
Morgan Stanley | Brazilian Utilities Corporate Access Day 2015
Morgan Stanley | Brazilian Utilities Corporate Access Day 2015Morgan Stanley | Brazilian Utilities Corporate Access Day 2015
Morgan Stanley | Brazilian Utilities Corporate Access Day 2015
 
Edição 38 - Petrobras em Ações - Junho de 2013
Edição 38 - Petrobras em Ações - Junho de 2013Edição 38 - Petrobras em Ações - Junho de 2013
Edição 38 - Petrobras em Ações - Junho de 2013
 
Fatos Relevantes - Semana 39
Fatos Relevantes - Semana 39Fatos Relevantes - Semana 39
Fatos Relevantes - Semana 39
 
Petrobras2014
Petrobras2014Petrobras2014
Petrobras2014
 
Petrobrasdivulgaresultadosauditadosde20141 150422173728-conversion-gate01-1
Petrobrasdivulgaresultadosauditadosde20141 150422173728-conversion-gate01-1Petrobrasdivulgaresultadosauditadosde20141 150422173728-conversion-gate01-1
Petrobrasdivulgaresultadosauditadosde20141 150422173728-conversion-gate01-1
 
Petrobras divulga resultados auditados de 2014 (1)
Petrobras divulga resultados auditados de 2014 (1)Petrobras divulga resultados auditados de 2014 (1)
Petrobras divulga resultados auditados de 2014 (1)
 
17h00 decio oddone pao de acucar 22 08
17h00 decio oddone pao de acucar 22 0817h00 decio oddone pao de acucar 22 08
17h00 decio oddone pao de acucar 22 08
 

Mais de Braskem_RI

Conf call 2q14_eng_070814 17h
Conf call 2q14_eng_070814 17hConf call 2q14_eng_070814 17h
Conf call 2q14_eng_070814 17hBraskem_RI
 
Conf call 1q14_ eng
Conf call 1q14_ engConf call 1q14_ eng
Conf call 1q14_ engBraskem_RI
 
Conf call 4t13_140213_eng
Conf call 4t13_140213_engConf call 4t13_140213_eng
Conf call 4t13_140213_engBraskem_RI
 
Conf call 3q13_eng
Conf call 3q13_engConf call 3q13_eng
Conf call 3q13_engBraskem_RI
 
Conf call 2q13_cvm
Conf call 2q13_cvmConf call 2q13_cvm
Conf call 2q13_cvmBraskem_RI
 
Presentation 4Q12
Presentation 4Q12Presentation 4Q12
Presentation 4Q12Braskem_RI
 
Presentation 3Q12
Presentation 3Q12Presentation 3Q12
Presentation 3Q12Braskem_RI
 
Apresentação 3T12
Apresentação 3T12Apresentação 3T12
Apresentação 3T12Braskem_RI
 
2Q12 Presentation
2Q12 Presentation2Q12 Presentation
2Q12 PresentationBraskem_RI
 
Apresentação 2T12
Apresentação 2T12Apresentação 2T12
Apresentação 2T12Braskem_RI
 
Presentation 1Q12
Presentation 1Q12Presentation 1Q12
Presentation 1Q12Braskem_RI
 
Apresentação 1T12
Apresentação 1T12Apresentação 1T12
Apresentação 1T12Braskem_RI
 
Presentation 4Q11 and 2011
Presentation 4Q11 and 2011Presentation 4Q11 and 2011
Presentation 4Q11 and 2011Braskem_RI
 
Presentation 4Q11 and 2011
Presentation 4Q11 and 2011Presentation 4Q11 and 2011
Presentation 4Q11 and 2011Braskem_RI
 
Apresentação 4T11 e 2011
Apresentação 4T11 e 2011Apresentação 4T11 e 2011
Apresentação 4T11 e 2011Braskem_RI
 
Presentation 3Q11
Presentation 3Q11Presentation 3Q11
Presentation 3Q11Braskem_RI
 
Apresentação 3T11
Apresentação 3T11Apresentação 3T11
Apresentação 3T11Braskem_RI
 

Mais de Braskem_RI (17)

Conf call 2q14_eng_070814 17h
Conf call 2q14_eng_070814 17hConf call 2q14_eng_070814 17h
Conf call 2q14_eng_070814 17h
 
Conf call 1q14_ eng
Conf call 1q14_ engConf call 1q14_ eng
Conf call 1q14_ eng
 
Conf call 4t13_140213_eng
Conf call 4t13_140213_engConf call 4t13_140213_eng
Conf call 4t13_140213_eng
 
Conf call 3q13_eng
Conf call 3q13_engConf call 3q13_eng
Conf call 3q13_eng
 
Conf call 2q13_cvm
Conf call 2q13_cvmConf call 2q13_cvm
Conf call 2q13_cvm
 
Presentation 4Q12
Presentation 4Q12Presentation 4Q12
Presentation 4Q12
 
Presentation 3Q12
Presentation 3Q12Presentation 3Q12
Presentation 3Q12
 
Apresentação 3T12
Apresentação 3T12Apresentação 3T12
Apresentação 3T12
 
2Q12 Presentation
2Q12 Presentation2Q12 Presentation
2Q12 Presentation
 
Apresentação 2T12
Apresentação 2T12Apresentação 2T12
Apresentação 2T12
 
Presentation 1Q12
Presentation 1Q12Presentation 1Q12
Presentation 1Q12
 
Apresentação 1T12
Apresentação 1T12Apresentação 1T12
Apresentação 1T12
 
Presentation 4Q11 and 2011
Presentation 4Q11 and 2011Presentation 4Q11 and 2011
Presentation 4Q11 and 2011
 
Presentation 4Q11 and 2011
Presentation 4Q11 and 2011Presentation 4Q11 and 2011
Presentation 4Q11 and 2011
 
Apresentação 4T11 e 2011
Apresentação 4T11 e 2011Apresentação 4T11 e 2011
Apresentação 4T11 e 2011
 
Presentation 3Q11
Presentation 3Q11Presentation 3Q11
Presentation 3Q11
 
Apresentação 3T11
Apresentação 3T11Apresentação 3T11
Apresentação 3T11
 

Resultados Braskem 1T14: EBITDA de R$1,6 bi

  • 1. Teleconferência de Resultados – 1T14 São Paulo, 09 de maio de 2014
  • 2. 2 Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas refletem as metas e as expectativas da direção da Braskem. As palavras "antecipa", "acredita", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima", "projeta", "objetiva" e similares são declarações prospectivas. Embora acreditemos que essas declarações prospectivas se baseiem em pressupostos razoáveis, essas declarações estão sujeitas a vários riscos e incertezas, e são feitas levando em conta as informações às quais a Braskem atualmente tem acesso. Esta apresentação está atualizada até 31 de março de 2014 e a Braskem não se obriga a atualizá-la mediante novas informações e/ou acontecimentos futuros. A Braskem não se responsabiliza por operações ou decisões de investimento tomadas com base nas informações contidas nesta apresentação. Ressalva sobre declarações futuras
  • 3. 3 Destaques do 1T14 3 3  A taxa média de utilização dos crackers foi de 85%, influenciada pela parada programada de manutenção no site de Triunfo e por problemas operacionais.  O mercado brasileiro de resinas (PE, PP, PVC) foi 1,3 milhão de toneladas, estável em relação a 4T13. As vendas da Braskem totalizaram 901 mil de toneladas.  Em linha com sua estratégia de concentrar seus investimentos no setor petroquímico, a Braskem alienou os ativos integrantes da Unidade de Tratamento de Água (“UTA”) localizados no polo de Triunfo, no valor de R$ 315 milhões, reconhecendo um ganho no trimestre de R$ 277 milhões.  O EBITDA foi de R$ 1,6 bilhão, positivamente influenciado pela (i) sustentação dos spreads no mercado internacional, (ii) depreciação do real e (iii) alienação da UTA. Em dólares, o EBITDA foi de US$ 690 milhões.  O lucro líquido registrado no trimestre foi de R$ 396 milhões.  A alavancagem, medida pela relação dívida líquida/EBITDA, atingiu 2,71x quando medida em dólares, uma queda de 6% em relação ao último trimestre. Expansão e diversificação com matéria-prima competitiva  Projeto integrado no México:  O progresso físico do empreendimento atingiu 66%;  Em abril, a subsidiária Braskem Idesa sacou a 3ª parcela do project finance no valor de US$ 465 milhões.  Projeto Ascent  Foi assinado, em março de 2014, acordo de fornecimento de etano (ainda sujeito à análise de viabilidade e aprovação do projeto) com a Antero Resources para o projeto.
  • 4. 44  Mercado Brasileiro de Resinas Termoplásticas (mil toneladas) +1% +3%  Demanda do 1T14 positivamente influenciada pelo desempenho dos setores relacionados a bens de consumo não duráveis, como de bebidas. O setor de infraestrutura também apresentou boa performance na comparação com o 1T13. Mercado brasileiro de resinas e vendas Braskem  Perfil de Vendas Braskem – 1T14  Vendas Braskem de Resinas Termoplásticas (mil toneladas) 0% -2% 25% 7% 7% 15% 20% 5% 4% 8% 9% AGRÍCOLA AUTOMOTIVO VAREJO OUTROS ALIMENTÍCIO BENS DE CONSUMO HIGIENE E LIMPEZAINDUSTRIAL CONSTRUÇÃO CIVIL 1T14
  • 5. 5 438 ¹ Ajustado trimestralmente para refletir a decisão de manter os investimentos em Quantiq 2 Inclui a despesa referente à ação trabalhista envolvendo o pagamento de horas extras nas plantas 3 Ganho reconhecido na venda da UTA R$ milhões EBITDA 1T14 versus 4T13 Os principais fatores para o crescimento foram a recuperação dos spreads no mercado internacional e a depreciação do real de 4% entre os períodos. O ganho de R$ 277 milhões com a alienação da UTA também afetou positivamente o resultado. ( )
  • 6. 66 US$ milhões 1T14 4T13 Dívida Líquida(a) 6.615 6.390 EBITDA (UDM) 2.431 2.215 Dívida Líquida/EBITDA 2,71x 2,87x Dívida Líquida / EBITDA (US$) Agência Rating Perspectiva Data Fitch BBB- Negativa 09/10/2013 S&P BBB- Estável 11/07/2013 Moody’s Baa3 Negativa 24/04/2013 Rating Braskem – Escala Global Agenda de Amortização (1) (R$ milhões) 31/03/2014 Dívida alongada e com fontes diversificadas de financiamento. Manutenção da liquidez Fonte diversificada de endividamento (a) Não inclui a estrutura de financiamento do projeto México
  • 7. 77 7 Capex R$ milhões  A Braskem realizou investimentos operacionais que totalizaram R$ 763 milhões no 1T14:  R$ 373 milhões foram direcionados à manutenção, refletindo, principalmente, parte do desembolso da parada programada de manutenção do cracker de Triunfo;  R$ 349 milhões foram direcionados à construção do novo complexo petroquímico no México, acompanhando a 3º parcela do project finance. 1.332 1.354 1.476 204 194 226173 75 258536 1.098 704 2013e 2013 2014e Manutenção / Reposição / Outros Produt. / SSMA Comperj / Outros Projetos México 2.244 2.722 2.664 373 26 16 349 1T14 763 1.476 226 258 704 2014e México Comperj / Outros Projetos Produt. / SSMA Manutenção / Reposição / Outros 2.664 Investimentos (R$ milhões)
  • 8. 88 8 Projeto Integrado para produção de 1 milhão de toneladas de PE – JV Braskem (75%) e Idesa (25%) Diferenciais do Projeto  Matéria-prima competitiva. Gás norte- americano como referência de preço.  #1 projeto greenfield a entrar em operação na América do Norte.  Start-up: 2º semestre de 2015.  Progresso físico do empreendimento atingiu 66% no 1T14;  Project finance  Até o 1T14: US$ 2,0 bilhões;  3º desembolso ocorreu em abril no valor de US$ 465 milhões.  Priorização de fornecimento ao deficitário mercado mexicano (déficit atual de 1,3 mil ton). #1 projeto greenfield a entrar em operação na América do Norte Projeto Etileno XXI - México Expectativa de margem de um player integrado de PE base etano EUA
  • 9. 9  Expansão do PIB global em 3,6%, direcionada pela recuperação das economias maduras. • PIB chinês de 7,5%.  Expectativa de que os spreads internacionais de petroquímicos sigam em linha com o patamar apresentado os últimos trimestres. • maior demanda por petroquímicos.  Preços de etano começam a recuar com o fim do rigoroso inverno norte-americano.  Pontos de atenção: • crise da Ucrânia e agravamento das questões geopolíticas na região do golfo árabe, com possível impacto nos preços de petróleo e, consequentemente, preços de nafta. • potencial necessidade de redução no consumo de energia no Brasil. Curto Prazo Cenário global e a indústria petroquímica 2014e 2015e 2016e 2017e África & India Europa & Bálticos Oriente Médio Américas Ásia 9 9 Médio / longo prazo  Incerteza na entrada dos projetos anunciados na China:  Elevados custos/investimentos para acessar a matéria-prima disponível.  Problemas de infraestrutura (logística, disponibilidade de água para extração, etc.).  Irã: disponibilidade de gás associada à produção de petróleo.  EUA: novas capacidade entram apenas a partir de 2017/2018.Fonte: IHS, Relatório dos Analistas Capacidade adicional de eteno (MM ton) ~ 6,0 Crescimento Anual da Demanda no período 4,6 China 6,3 6,2 7,6 China China China Irã Irã Irã
  • 10. 1010 10 Prioridades e concentrações Braskem  Renovação do contrato de fornecimento de nafta.  Focar no contínuo fortalecimento da relação com Clientes e crescimento de market share no mercado brasileiro.  Evoluir na construção de uma política industrial da cadeia petroquímica que siga fortalecendo sua competitividade.  Concluir a aquisição do controle da Solvay Indupa.  Ampliar a competitividade da matéria-prima da Braskem, através da redução de seu custo e da sua diversificação.  Avançar na construção do projeto greenfield no México e ampliar as atividades de pré- marketing.  Definir a equação de matéria-prima e de incentivos fiscais de forma a viabilizar o Comperj.  Evoluir na estrutura societária e avançar na equação de matéria-prima, a partir da competitividade do gás de xisto (“shale gas”) do projeto Ascent.  Manter a liquidez, disciplina de custos e a higidez financeira em um cenário macroeconômico desafiador.
  • 11. 11 Teleconferência de Resultados – 1T14 São Paulo, 09 de maio de 2014