VAMOS INICIAR O NOSSO
ENCONTRO BUSCANDO
NA NOSSA MEMÓRIA...
• QUAIS SÃO SUAS MEMÓRIAS E
EMOÇÕES RELATIVAS AO ENSINO DE
MATEMÁTICA QUE VIVENCIOU?
REPRESENTAR ATRAVÉS DE DESENHO
MEMÓRIAS DO ENSINO DE
MATEMÁTICA NA ESCOLA
Como aprendemos Matemática?
Capa e páginas de um livro didático adotado pelo Ministério da Educação – Portugal - em 1950.
MUITAS DÉCADAS SE PASSARAM...
• mas muitas dessas práticas sobrevivem
nas escolas. Cabe perguntar: deveria ser
diferente? ...
RECORDAÇÕES
• E NOS DIAS DE HOJE QUAIS PRÁTICAS AINDA
PERSISTEM?
• DEVERIA ( E DEVE) SER DIFERENTE?
• POR QUÊ?
• EM QUÊ?
PARA A ALFABETIZAÇÃO
MATEMÁTICA TEMOS OITO
CADERNOS DE FORMAÇÃO...
CADERNO 1 – ORGANIZAÇÃO DO
TRABALHO PEDAGÓGICO
• Planejamento da aula, da
semana, do mês, do ano;
• O ambiente da sala de ...
O AMBIENTE DE SALA DE AULA
CAIXA MATEMÁTICA
CADERNOS 2, 3 e 4
Quantificação,
Registros e
Agrupamentos
Sistema de
Numeração Decimal
Operações na
Resolução
De Problemas
CONTAGEM E SENSO COMUM
•Estratégias de contagem:
o uso do corpo, o uso dos
dedos;
•Desenvolvimento do
senso numérico.
CADERNO 5: GEOMETRIA
• Pensar geometricamente:
- classificação
• Lateralidade
• Vistas – construção e leitura
de esquemas ...
• Vistas
CADERNO 6: GRANDEZAS E MEDIDAS
• Unidades de medida padrão
e não convencionais
• Problematização do ato de
medir: tempo, v...
• Práticas Socioculturais e Problematizações
CADERNO 7: EDUCAÇÃO ESTATÍSTICA
• Pesquisa estatística
• Leitura e construção de gráficos
• Combinatória
• Probabilidade
• Pesquisando, construindo gráficos fazendo
inferências e produzindo textos
• Probabilidade
CADERNO 8: SABERES MATEMÁTICOS
E OUTROS CAMPOS DO SABER
• Conexões entre campos da
própria Matemática
• Conexões entre a M...
CADERNOS DE REFERÊNCIA
CADERNO DE JOGOS E ENCARTE
TODOS COM OS
MESMOS DIREITOS DE
APRENDIZAGEM...
I
• Utilizar caminhos próprios na construção do
conhecimento matemático, como ciência e
cultura construídos pelo homem, at...
III
• Perceber a importância da utilização de uma
linguagem simbólica universal na representação e
modelagem de situações ...
OS EIXOS
ESTRUTURANTES...
Educação Estatística
Números e Operações;
Pensamento Algébrico;
Geometria;
Grandezas e Medidas;
Cada um desses eixos apresenta um quadro com
orientações de progressão de aprendizagem da
criança, materializados nos obje...
É IMPORTANTE
TER
CLAREZA...
• QUEM ESTAMOS EDUCANDO?
• PARA QUE ESTAMOS EDUCANDO?
• São crianças...
• Que pensam como crianças...
• Que estarão na escola por muito tempo...
• Que frequentemente não conseg...
VÍDEO
MATEMÁTICA E O USO DO CORPO
Por que então na escola insistimos em proibir as
crianças de usarem os dedos para calcular?
Nã...
SUGESTÃO DE LIVRO:
• USANDO AS MÃOS
Dahl, Michael. Editora Hedra.
•Ilustrado com imagens
que podem ser repetidas
pelas cri...
PARA PROMOVERMOS A
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
NO SENTIDO AMPLO
DEVEMOS...
• Incluir o trabalho com o CONCEITO
(Quais conceitos precisam ficar claros
no planejamento);
• O registro e as operações c...
USO DA ORALIDADE
• Dar oportunidade para que as crianças
narrem e problematizem situações
vivenciadas fora da escola, na s...
VALORIZANDO A
ORALIDADE
EM SALA DE AULA...
• Valorizar a discussão e exposição oral
sobre procedimentos de resolução de
problema ;
• É importante tomar alguns proble...
PODEMOS TAMBÉM NOS VALER DO
MUNDO DE FANTASIA DA CRIANÇA
• Este é o monstro das três
cabeças. Cada vez que tem
dores numa ...
A DISPOSIÇÃO PARA ESCUTAR AS
CRIANÇAS NOS PERMITIRÁ:
• Conhecer suas curiosidades, seus interesses e
suas necessidades,
• ...
CONTRATO DIDÁTICO
TAREFA DE CASA
• Tirar fotografias dos espaços da sala de aula
que, na sua opinião, tornam o ambiente
alfabetizador em Mat...
APRESENTAÇÃO DOS MATERIAIS
APRESENTAÇÃO DOS MATERIAIS
APRESENTAÇÃO DOS MATERIAIS
APRESENTAÇÃO DOS MATERIAIS
APRESENTAÇÃO DOS MATERIAIS
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

APRESENTAÇÃO DOS MATERIAIS

483 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
483
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Propor dramatização em grupos por meio de mímica ou representação por desenhos ou escrita de uma palavra que evidencie o sentimento envolvido na recordação...
  • Propor dramatização em grupos por meio de mímica ou representação por desenhos ou escrita de uma palavra que evidencie o sentimento envolvido na recordação...
  • Aproveitar para conversar com o grupo sobre a necessidade de trabalhar com os diferentes padrões silábicos, com o mesmo padrão em diferentes posicionamentos dentro da palavra etc. Falar também sobre a forma como a tabuada do slide está organizada: não contribui para formar o conceito sobre a multiplicação.
  • Informar que não receberemos os jogos prontos, mas encartado.
  • https://www.youtube.com/watch?v=_iFXMrJwISM
  • APRESENTAÇÃO DOS MATERIAIS

    1. 1. VAMOS INICIAR O NOSSO ENCONTRO BUSCANDO NA NOSSA MEMÓRIA...
    2. 2. • QUAIS SÃO SUAS MEMÓRIAS E EMOÇÕES RELATIVAS AO ENSINO DE MATEMÁTICA QUE VIVENCIOU? REPRESENTAR ATRAVÉS DE DESENHO
    3. 3. MEMÓRIAS DO ENSINO DE MATEMÁTICA NA ESCOLA Como aprendemos Matemática?
    4. 4. Capa e páginas de um livro didático adotado pelo Ministério da Educação – Portugal - em 1950.
    5. 5. MUITAS DÉCADAS SE PASSARAM... • mas muitas dessas práticas sobrevivem nas escolas. Cabe perguntar: deveria ser diferente? Por quê? Em quê?
    6. 6. RECORDAÇÕES • E NOS DIAS DE HOJE QUAIS PRÁTICAS AINDA PERSISTEM? • DEVERIA ( E DEVE) SER DIFERENTE? • POR QUÊ? • EM QUÊ?
    7. 7. PARA A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA TEMOS OITO CADERNOS DE FORMAÇÃO...
    8. 8. CADERNO 1 – ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO • Planejamento da aula, da semana, do mês, do ano; • O ambiente da sala de aula; • Fechamento da aula e avaliação.
    9. 9. O AMBIENTE DE SALA DE AULA
    10. 10. CAIXA MATEMÁTICA
    11. 11. CADERNOS 2, 3 e 4 Quantificação, Registros e Agrupamentos Sistema de Numeração Decimal Operações na Resolução De Problemas
    12. 12. CONTAGEM E SENSO COMUM •Estratégias de contagem: o uso do corpo, o uso dos dedos; •Desenvolvimento do senso numérico.
    13. 13. CADERNO 5: GEOMETRIA • Pensar geometricamente: - classificação • Lateralidade • Vistas – construção e leitura de esquemas e mapas
    14. 14. • Vistas
    15. 15. CADERNO 6: GRANDEZAS E MEDIDAS • Unidades de medida padrão e não convencionais • Problematização do ato de medir: tempo, valor monetário, comprimento, ...
    16. 16. • Práticas Socioculturais e Problematizações
    17. 17. CADERNO 7: EDUCAÇÃO ESTATÍSTICA • Pesquisa estatística • Leitura e construção de gráficos • Combinatória • Probabilidade
    18. 18. • Pesquisando, construindo gráficos fazendo inferências e produzindo textos
    19. 19. • Probabilidade
    20. 20. CADERNO 8: SABERES MATEMÁTICOS E OUTROS CAMPOS DO SABER • Conexões entre campos da própria Matemática • Conexões entre a Matemática e outros campos do saber
    21. 21. CADERNOS DE REFERÊNCIA
    22. 22. CADERNO DE JOGOS E ENCARTE
    23. 23. TODOS COM OS MESMOS DIREITOS DE APRENDIZAGEM...
    24. 24. I • Utilizar caminhos próprios na construção do conhecimento matemático, como ciência e cultura construídos pelo homem, através dos tempos, em resposta a necessidades concretas e a desafios próprios dessa construção. II • Reconhecer regularidades em diversas situações, de diversas naturezas, compará-las e estabelecer relações entre elas e as regularidades já conhecidas.
    25. 25. III • Perceber a importância da utilização de uma linguagem simbólica universal na representação e modelagem de situações matemáticas como forma de comunicação. IV • Desenvolver o espírito investigativo, crítico e criativo, no contexto de situações-problema, produzindo registros próprios e buscando diferentes estratégias de solução. V • Fazer uso do cálculo mental, exato, aproximado e de estimativas. Utilizar as Tecnologias da Informação e Comunicação potencializando sua aplicação em diferentes situações.
    26. 26. OS EIXOS ESTRUTURANTES...
    27. 27. Educação Estatística Números e Operações; Pensamento Algébrico; Geometria; Grandezas e Medidas;
    28. 28. Cada um desses eixos apresenta um quadro com orientações de progressão de aprendizagem da criança, materializados nos objetivos de aprendizagem explicitados.
    29. 29. É IMPORTANTE TER CLAREZA...
    30. 30. • QUEM ESTAMOS EDUCANDO? • PARA QUE ESTAMOS EDUCANDO?
    31. 31. • São crianças... • Que pensam como crianças... • Que estarão na escola por muito tempo... • Que frequentemente não conseguem ficar sentadas “ouvindo” por muito tempo... • Que gostam de brincar!
    32. 32. VÍDEO
    33. 33. MATEMÁTICA E O USO DO CORPO Por que então na escola insistimos em proibir as crianças de usarem os dedos para calcular? Não só os registros devem ser respeitados e valorizados, mas também o uso do corpo. A história da matemática nos mostra a importância dos dedos para contar, das mãos e dos pés para medir.
    34. 34. SUGESTÃO DE LIVRO: • USANDO AS MÃOS Dahl, Michael. Editora Hedra. •Ilustrado com imagens que podem ser repetidas pelas crianças, a obra se vale dos dedos das mãos para ensinar a contar.
    35. 35. PARA PROMOVERMOS A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA NO SENTIDO AMPLO DEVEMOS...
    36. 36. • Incluir o trabalho com o CONCEITO (Quais conceitos precisam ficar claros no planejamento); • O registro e as operações com números naturais SEMPRE em situações de uso.
    37. 37. USO DA ORALIDADE • Dar oportunidade para que as crianças narrem e problematizem situações vivenciadas fora da escola, na sala de aula, podem prover as atividades escolares de um rico material pedagógico para a alfabetização matemática .
    38. 38. VALORIZANDO A ORALIDADE EM SALA DE AULA...
    39. 39. • Valorizar a discussão e exposição oral sobre procedimentos de resolução de problema ; • É importante tomar alguns problemas variados e discutir calmamente sobre as estratégias que cada um utilizou na resolução ; • Essas ações valorizam o modo de pensar de cada um e a socialização dos conhecimentos.
    40. 40. PODEMOS TAMBÉM NOS VALER DO MUNDO DE FANTASIA DA CRIANÇA • Este é o monstro das três cabeças. Cada vez que tem dores numa das suas cabeças, tem de tomar 4 comprimidos. Hoje sentiu dores nas três cabeças. Mas o frasco já estava no fim e faltaram comprimidos para uma cabeça. Quantos comprimidos havia no frasco?
    41. 41. A DISPOSIÇÃO PARA ESCUTAR AS CRIANÇAS NOS PERMITIRÁ: • Conhecer suas curiosidades, seus interesses e suas necessidades, • Poder proporcionar a elas oportunidades de envolvimento significativo com os números, os problemas e as operações; com as relações espaciais e a exploração das formas; com os procedimentos e os aparelhos de medir e com os registros de medidas e seus usos; com as tabelas, os diagramas, os mapas, os roteiros, os gráficos, etc.
    42. 42. CONTRATO DIDÁTICO
    43. 43. TAREFA DE CASA • Tirar fotografias dos espaços da sala de aula que, na sua opinião, tornam o ambiente alfabetizador em Matemática.

    ×