SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 50
Coordenadoria de Educação
Gerência de Educação Infantil


                    Matemática
                    na Educação
                      Infantil

      Encontro de PA e CP
          Abril 2012
Por que estamos juntos?
 Fortalecer a figura do PA e do CP como
  formador de formadores;

 Trabalhar na formação dos educadores a
  partir da reflexão sobre a prática;

     Voltar nosso   olhar   para   questão   da
    matemática;

 Divulgar as teorias e os documentos oficiais
  que embasam nossa prática;
Para quem?
Qual objetivo do encontro?
A Matemática nos Diferentes Espaços e
         Tempos do Planejamento

 O olhar na                   A intencionalidade
  matemática                    matemática.

  A matemática no               A matemática em um projeto
 cotidiano (focar a prática     de trabalho
 na resolução).
                                As possíveis atividades de
                                matemática em diferentes
                                áreas do conhecimento.
Traçando o percurso ...

 1º Momento : * Relembrando metas,
               *Definindo as premissas;
               *Revelando conceitos;

 2º Momento: Práticas – perguntas que
              desafiam a criança a
  pensar.
 3º Momento: “Ao infinito e além...” –
                    Projetos e sugestões
Metas para a educação infantil

 Falem de forma clara e adequada, usando a
  língua com desenvoltura e espontaneidade;
 Expressem suas opiniões e ideias em pequenos
  e grandes grupos;
 Saibam se expressar linguística e
  artisticamente, demonstrando seu pensamento,
  intenções e interesses;
 Compreendam as instruções dadas por seus
  pares e adultos;
Em foco: a matemática
  Reconheçam números, quantidades, formas,
   categorias de objetos e suas características,
   relacionando-os com a vida cotidiana;

  Reconheçam a função social dos números e sua
   importância;

  Incluam e apliquem conhecimentos matemáticos
   simples às situações-problema, perceptíveis tanto em
   atividades espontâneas quanto naquelas propostas
   com fins de aprendizagem de determinada habilidade;
A arte de fazer perguntas


 A construção da autonomia
 Aspectos intelectuais,morais e sociais.
 Exemplos... (Kamii, Pg 47)

 A autonomia é diferente da auto-
  suficiência
   Exemplos... (uso do banheiro)
Definindo as premissas para
  o trabalho na educação
           infantil

“A situação não é a de ensinar,
 mas de aprender”
Interações
A lógica do adulto – A lógica das crianças -
           A lógica de cada criança.
                 Caso do Dug
 O que é um sonho? – Nós sonhamos à noite. A gente pensa em alguma coisa. –
 De onde vêm os sonhos? – Não sei.
 O que você acha? – Que nós mesmos é que fazemos os sonhos. – Onde está o sonho
  enquanto a gente sonha? – Lá fora. –
 Onde? – Aqui (mostra a lua, através da janela) –
 Por que lá fora? – Porque nós nos levantamos. –
 E daí? – Ele foi embora. –
 Enquanto a gente sonha, onde o sonho está? – Na nossa casa. –
 Onde? – Na nossa cama. –
 Onde? – Bem pertinho. –
 E se eu estiver lá no seu quarto, eu posso vê-lo? –
 Não...sim, porque você vai estar perto da cama.


 (Piaget, A representação do mundo da criança.)
O ERRO
As possibilidades de construção
Quantidade e variedade de
        materiais
Registro
Revelando os conceitos

          Conhecimento físico /
 Conhecimento lógico Matemático
Conhecimento físico e
conhecimento lógico-matemático

 “O conhecimento físico é o conhecimento dos objetos
  na sua realidade externa. A cor e o peso (...) podem ser
  conhecidas pela observação.
      Contudo, quando nos apresentam uma plaqueta
  vermelha e uma azul, e notamos a diferença, esta
  diferença é um exemplo de pensamento lógico
  matemático(...) A diferença é uma relação criada
  mentalmente pelo indivíduo que relaciona os dois
  objetos. A diferença não está nem em uma plaqueta
  nem em outra. Se a pessoa não colocasse os objetos
  dentro desta relação, para ela não existiria a diferença.”
  (Kamii, 1988, pg 14)
Referencial Nacional Curricular
para a Educação Infantil/1998 (RCNEI).


 Destaca três blocos de conteúdos a
 serem trabalhados na Educação Infantil.

 Espaço e forma
 Medidas e grandezas
 Construção do sistema de numeração
Quais perguntas que desafiam a
   criança a fazer relações?
Quais perguntas que desafiam a
  criança a fazer relações?
            Votação
A nossa sala é grande?
Como pensar sobre tipos de medida de espaço?
O maior animal terrestre –
Quais vivências colocam a criança para
   pensar no tamanho do animal?
Colocar a própria criança em relação
          com os objetos
Comparando medidas
       Peso
“A construção do número”


Colocar a criança para escrever os números e as letras
em diferentes momentos, em diferentes suportes,
ajudam no reconhecimento dos signos, mas, não
garante a construção da estrutura mental do número .
Quais questões desafiam a minha
               criança?

 Atenção a faixa etária e as diferenças de
  interesse dentro do grupo;

 Temas relacionados a vida da
  comunidade e da vida na instituição;
Troca de experiências
  O mundo da Copa – o nosso mundo”
 Construindo o Morro do São Carlos
Onde fica a rua da escola?
O Largo do Estácio – Onde se
localiza o comércio, o Metrô e a
           Prefeitura?
Círculo Montessoriano

 Espaço (vizinhança, contorno, separação,
  ordem, entre outros.)



 Atividades de classificação, seriação e
  contagem com as próprias crianças, com
  objetos, com blocos lógicos.
Jogos
 Observar os níveis de dificuldade;

 Relacionar os jogos com os problemas e
  conteúdos do grupo;

 Ficar atenta à construção da autonomia
  do grupo e individual;
 Jogos de trilha, jogos com dados,
  memória, dominó...
Jogo de trilha a partir da história
     A casa Sonolenta
Jogo de trilha a partir da história
       A Bruxa Salomé
Jogo de trilha feito pelas crianças
“Tire a sorte” e cubra a quantidade
“Conte rápido” para cobrir o numeral
“Vire tudo” a partir da quantidade do
               dado
Regras escritas
Dominó a partir de personagens da
história O rei Bigodeira e sua Banheira
Jogo da memória a partir de cenas de
           uma história
Possibilidades de jogos a serem adaptados
               para a pré-escola
        Associação de numeral e quantidade
Trabalhar com um dado e respectivas quantidades
Ilustrando a história
Sugestões de Práticas Matemáticas a
    partir de livros de literatura e vídeos
 Idéia do vídeo do Toy History – Projeto de organização dos
  brinquedos preferidos. Como criar duplas ou pequenos grupos
  para ninguém se perder na mudança?
 Livro: O Homem que amava as Caixas – Projeto caixas.
  (Diferentes tamanhos e formas – dentro e fora, o que vejo de
  dentro, como classificar, cabe não cabe, formas, construções no
  espaço...)
 Livros: Atchim – Projeto a partir das características dos animais.
 Sabe de quem era aquele rabinho? Elza Cesar Sallut ,ed. Scipione
 Clact, Clact, Clact de Liliane e Michele Iacocca.
 Alto- Jez Alborough ed.Brink Book
 Cocô de Passarinho. Resolução de problemas.
 O quanto Eu te Amo
Relação de materiais para a sala ou para
   o armário de matemática coletivo
 Jogos: de encaixe
       de trilha
       quebra-cabeça
       memória
       dominó
 e outros que desenvolvam o raciocínio matemático e a
  aproximação com o universo dos números e quantidades ( Super
  Trunfo, Can-Can, Jogos com cartas etc.)
 •Jogos e materiais de construção ( blocos de madeira, peças de
  plástico,”Lego”, “Pequeno arquiteto”...)
 •Caixas de diferentes tamanhos
 •Ampulheta
 •Balança
 •Fita métrica
 •Coleções diversas (bichinhos, aviões, carrinhos...)
Referências Bibliográficas
 MAC DONALD, Sharon. Matemática em minutos: atividades fáceis para
  crianças de 4 a 8 anos! Editora Artmed. 2007.
 KAMII, Constance. A criança e o número: implicações da teoria de Piaget
  para a atuação junto a escolares de 4 a 6 anos. Campinas, SP: Papirus,
  1990.
 BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial curricular
  nacional para a educação infantil / Ministério da Educação e do
  Desporto. Volume 3. Brasília: MEC / SEF, 1998.
 SMOLE, Kátia. A matemática na educação infantil. a teoria as
  inteligências múltiplas na prática escolar. Porto Alegre: Artmed, 2003.
 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DA CIDADE DO RIO DE
  JANEIRO. Gerência de Educação Infantil. Orientações curriculares para
  a educação infantil. Rio de Janeiro: SME/CED/GEI, 2010.
 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DA CIDADE DO RIO DE
  JANEIRO. Gerência de Educação Infantil. Caderno de planejamento para
  a educação infantil, vol. 1. Rio de Janeiro: SME/CED/GEI, 2011
...
ESPAÇO RESERVADO
        PARA SUA
      HISTÓRIA...

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reunião pedagógica rosane gorges
Reunião pedagógica   rosane gorgesReunião pedagógica   rosane gorges
Reunião pedagógica rosane gorges
luannagorges
 
A importancia do brincar
A importancia do brincarA importancia do brincar
A importancia do brincar
Jakeline Lemos
 
Power point importância do brincar
Power point   importância do brincarPower point   importância do brincar
Power point importância do brincar
inesaalexandra
 
Práticas de escrita na educação infantil
Práticas de escrita na educação infantilPráticas de escrita na educação infantil
Práticas de escrita na educação infantil
orientacoesdidaticas
 
Slides da reunião com professores
Slides da reunião com professoresSlides da reunião com professores
Slides da reunião com professores
driminas
 
Pauta planejamento 2012 1º
Pauta planejamento 2012     1ºPauta planejamento 2012     1º
Pauta planejamento 2012 1º
Nethy Marques
 

Mais procurados (20)

Reunião pedagógica rosane gorges
Reunião pedagógica   rosane gorgesReunião pedagógica   rosane gorges
Reunião pedagógica rosane gorges
 
Organização do tempo e do espaço escolar
Organização do tempo e do espaço escolarOrganização do tempo e do espaço escolar
Organização do tempo e do espaço escolar
 
Pauta 23 de maio
Pauta 23 de maioPauta 23 de maio
Pauta 23 de maio
 
Trabalhando Matemática nos Anos Iniciais
Trabalhando Matemática nos Anos IniciaisTrabalhando Matemática nos Anos Iniciais
Trabalhando Matemática nos Anos Iniciais
 
As atividades pré numéricas e a construção do conceito de número pel...
As  atividades  pré numéricas  e  a  construção  do  conceito  de número  pel...As  atividades  pré numéricas  e  a  construção  do  conceito  de número  pel...
As atividades pré numéricas e a construção do conceito de número pel...
 
A importancia do brincar
A importancia do brincarA importancia do brincar
A importancia do brincar
 
Educação Infantil
Educação InfantilEducação Infantil
Educação Infantil
 
Jogos no Ciclo da alfabetização
Jogos no Ciclo da alfabetizaçãoJogos no Ciclo da alfabetização
Jogos no Ciclo da alfabetização
 
O uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantilO uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantil
 
EDUCAÇÃO INFANTIL
EDUCAÇÃO INFANTILEDUCAÇÃO INFANTIL
EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Power point importância do brincar
Power point   importância do brincarPower point   importância do brincar
Power point importância do brincar
 
Pauta
PautaPauta
Pauta
 
Práticas de escrita na educação infantil
Práticas de escrita na educação infantilPráticas de escrita na educação infantil
Práticas de escrita na educação infantil
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
Slides da reunião com professores
Slides da reunião com professoresSlides da reunião com professores
Slides da reunião com professores
 
Reunião com equipe_gestora_emei
Reunião com equipe_gestora_emeiReunião com equipe_gestora_emei
Reunião com equipe_gestora_emei
 
Pauta planejamento 2012 1º
Pauta planejamento 2012     1ºPauta planejamento 2012     1º
Pauta planejamento 2012 1º
 
Organização do Tempo e do Espaço
Organização do Tempo e do EspaçoOrganização do Tempo e do Espaço
Organização do Tempo e do Espaço
 
O processo de alfabetização
O processo de alfabetizaçãoO processo de alfabetização
O processo de alfabetização
 
Slide a importancia dos jogos da matematica
Slide a importancia dos jogos da matematicaSlide a importancia dos jogos da matematica
Slide a importancia dos jogos da matematica
 

Destaque

Avaliação diagnóstica agosto 12 1º ano aluno
Avaliação diagnóstica agosto 12  1º ano alunoAvaliação diagnóstica agosto 12  1º ano aluno
Avaliação diagnóstica agosto 12 1º ano aluno
ilima12
 
Método fônico excelente
Método fônico excelenteMétodo fônico excelente
Método fônico excelente
Inez Kwiecinski
 
Apostila alfabetizacao completa_metodo_fonico
Apostila alfabetizacao completa_metodo_fonicoApostila alfabetizacao completa_metodo_fonico
Apostila alfabetizacao completa_metodo_fonico
sophia30souza
 
Actividades para o pré escolar
Actividades para o pré escolarActividades para o pré escolar
Actividades para o pré escolar
Débora Frazao
 
Avaliação semestral de português 1º ano (1)
Avaliação semestral de português 1º ano (1)Avaliação semestral de português 1º ano (1)
Avaliação semestral de português 1º ano (1)
Eliete Soares E Soares
 

Destaque (20)

Matemática no ensino infantil 1
Matemática no ensino infantil 1Matemática no ensino infantil 1
Matemática no ensino infantil 1
 
318 planejamento para autistas simone helen drumond ischkanian
318 planejamento para autistas simone helen drumond ischkanian318 planejamento para autistas simone helen drumond ischkanian
318 planejamento para autistas simone helen drumond ischkanian
 
Avaliação diagnóstica agosto 12 1º ano aluno
Avaliação diagnóstica agosto 12  1º ano alunoAvaliação diagnóstica agosto 12  1º ano aluno
Avaliação diagnóstica agosto 12 1º ano aluno
 
Método fônico
Método fônicoMétodo fônico
Método fônico
 
Método fônico excelente
Método fônico excelenteMétodo fônico excelente
Método fônico excelente
 
Apostila alfabetizacao completa_metodo_fonico
Apostila alfabetizacao completa_metodo_fonicoApostila alfabetizacao completa_metodo_fonico
Apostila alfabetizacao completa_metodo_fonico
 
Escrita dos números até 10 e alinhavo 1
Escrita dos números até 10 e alinhavo 1Escrita dos números até 10 e alinhavo 1
Escrita dos números até 10 e alinhavo 1
 
Peixinho papa letras família sílabica do p
Peixinho papa letras família sílabica do pPeixinho papa letras família sílabica do p
Peixinho papa letras família sílabica do p
 
Luva sensorial e números pontilhados até 10
Luva sensorial e números pontilhados até 10Luva sensorial e números pontilhados até 10
Luva sensorial e números pontilhados até 10
 
Atividades do Pré-II - 1º Bimestre
Atividades do Pré-II - 1º Bimestre Atividades do Pré-II - 1º Bimestre
Atividades do Pré-II - 1º Bimestre
 
Contos pdf
Contos pdfContos pdf
Contos pdf
 
ALFABETIZAÇÃO - Apostila método fônico - II pdf - Escola em Casa Online Marcy...
ALFABETIZAÇÃO - Apostila método fônico - II pdf - Escola em Casa Online Marcy...ALFABETIZAÇÃO - Apostila método fônico - II pdf - Escola em Casa Online Marcy...
ALFABETIZAÇÃO - Apostila método fônico - II pdf - Escola em Casa Online Marcy...
 
Conceito de numero jogos
Conceito de numero jogosConceito de numero jogos
Conceito de numero jogos
 
Actividades para o pré escolar
Actividades para o pré escolarActividades para o pré escolar
Actividades para o pré escolar
 
Matemática no Pré-escolar
Matemática no Pré-escolarMatemática no Pré-escolar
Matemática no Pré-escolar
 
Avaliação diagnóstica de lingua portuguesa 1º ano - 2015
Avaliação diagnóstica de lingua portuguesa   1º ano - 2015Avaliação diagnóstica de lingua portuguesa   1º ano - 2015
Avaliação diagnóstica de lingua portuguesa 1º ano - 2015
 
Avaliação diagnóstica mat. 1º ano 2º bimestre
Avaliação diagnóstica mat. 1º ano 2º bimestreAvaliação diagnóstica mat. 1º ano 2º bimestre
Avaliação diagnóstica mat. 1º ano 2º bimestre
 
Atividades_rótulos
Atividades_rótulosAtividades_rótulos
Atividades_rótulos
 
Avaliação semestral de português 1º ano (1)
Avaliação semestral de português 1º ano (1)Avaliação semestral de português 1º ano (1)
Avaliação semestral de português 1º ano (1)
 
Apostila da matemática_alfabetização2015
Apostila da matemática_alfabetização2015Apostila da matemática_alfabetização2015
Apostila da matemática_alfabetização2015
 

Semelhante a Matemática na Educação Infantil

PNAIC CADERNO 3 Construção do Sistema de Numeração Decimal
PNAIC CADERNO 3 Construção do Sistema de Numeração DecimalPNAIC CADERNO 3 Construção do Sistema de Numeração Decimal
PNAIC CADERNO 3 Construção do Sistema de Numeração Decimal
Amanda Nolasco
 
Fundamentos e metodolodia de matemática
Fundamentos e metodolodia de matemáticaFundamentos e metodolodia de matemática
Fundamentos e metodolodia de matemática
massarioli
 
Fundamentos e metodolodia de matemática atps
Fundamentos e metodolodia de matemática   atpsFundamentos e metodolodia de matemática   atps
Fundamentos e metodolodia de matemática atps
massarioli
 
Portfólio educação matemática
Portfólio educação matemáticaPortfólio educação matemática
Portfólio educação matemática
Micheli Rader
 
Educação matemática
Educação matemáticaEducação matemática
Educação matemática
Micheli Rader
 
Ativ 3-4-michelconchelima
Ativ 3-4-michelconchelimaAtiv 3-4-michelconchelima
Ativ 3-4-michelconchelima
Michel Conche
 
PNAIC CADERNO 2 QUANTIFICAÇÃO, REGISTRO E AGRUPAMENTO U2 2º VERSÃO
PNAIC CADERNO 2 QUANTIFICAÇÃO, REGISTRO E AGRUPAMENTO U2 2º VERSÃOPNAIC CADERNO 2 QUANTIFICAÇÃO, REGISTRO E AGRUPAMENTO U2 2º VERSÃO
PNAIC CADERNO 2 QUANTIFICAÇÃO, REGISTRO E AGRUPAMENTO U2 2º VERSÃO
Amanda Nolasco
 
PNAIC 9º encontro 27 de novembro - Claudia e Fabiana
PNAIC  9º encontro 27 de novembro - Claudia e FabianaPNAIC  9º encontro 27 de novembro - Claudia e Fabiana
PNAIC 9º encontro 27 de novembro - Claudia e Fabiana
Fabiana Esteves
 
Organização de pre escolar
Organização de pre escolarOrganização de pre escolar
Organização de pre escolar
Rute_Sara
 
Segundo encontro Claudia e Fabiana 10 maio PNAIC Duque de Caxias
Segundo encontro Claudia e Fabiana 10 maio PNAIC Duque de CaxiasSegundo encontro Claudia e Fabiana 10 maio PNAIC Duque de Caxias
Segundo encontro Claudia e Fabiana 10 maio PNAIC Duque de Caxias
Fabiana Esteves
 
Portfólio educação matemática
Portfólio educação matemáticaPortfólio educação matemática
Portfólio educação matemática
Micheli Rader
 

Semelhante a Matemática na Educação Infantil (20)

PNAIC CADERNO 3 Construção do Sistema de Numeração Decimal
PNAIC CADERNO 3 Construção do Sistema de Numeração DecimalPNAIC CADERNO 3 Construção do Sistema de Numeração Decimal
PNAIC CADERNO 3 Construção do Sistema de Numeração Decimal
 
Fundamentos e metodolodia de matemática
Fundamentos e metodolodia de matemáticaFundamentos e metodolodia de matemática
Fundamentos e metodolodia de matemática
 
Fundamentos e metodolodia de matemática atps
Fundamentos e metodolodia de matemática   atpsFundamentos e metodolodia de matemática   atps
Fundamentos e metodolodia de matemática atps
 
A casa sonolenta
A casa sonolentaA casa sonolenta
A casa sonolenta
 
Matemática realística - Resumo dos cadernos do PNAIC Matemática
Matemática realística - Resumo dos cadernos do PNAIC MatemáticaMatemática realística - Resumo dos cadernos do PNAIC Matemática
Matemática realística - Resumo dos cadernos do PNAIC Matemática
 
Portfólio educação matemática
Portfólio educação matemáticaPortfólio educação matemática
Portfólio educação matemática
 
Educação matemática
Educação matemáticaEducação matemática
Educação matemática
 
Portfólio educação matemática
Portfólio educação matemáticaPortfólio educação matemática
Portfólio educação matemática
 
caderno 8 pnaic matemática
caderno 8 pnaic matemáticacaderno 8 pnaic matemática
caderno 8 pnaic matemática
 
Ativ 3-4-michelconchelima
Ativ 3-4-michelconchelimaAtiv 3-4-michelconchelima
Ativ 3-4-michelconchelima
 
PNAIC CADERNO 2 QUANTIFICAÇÃO, REGISTRO E AGRUPAMENTO U2 2º VERSÃO
PNAIC CADERNO 2 QUANTIFICAÇÃO, REGISTRO E AGRUPAMENTO U2 2º VERSÃOPNAIC CADERNO 2 QUANTIFICAÇÃO, REGISTRO E AGRUPAMENTO U2 2º VERSÃO
PNAIC CADERNO 2 QUANTIFICAÇÃO, REGISTRO E AGRUPAMENTO U2 2º VERSÃO
 
PNAIC 9º encontro 27 de novembro - Claudia e Fabiana
PNAIC  9º encontro 27 de novembro - Claudia e FabianaPNAIC  9º encontro 27 de novembro - Claudia e Fabiana
PNAIC 9º encontro 27 de novembro - Claudia e Fabiana
 
Organização de pre escolar
Organização de pre escolarOrganização de pre escolar
Organização de pre escolar
 
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
Planejamento do 6ª encontro tarde  certoPlanejamento do 6ª encontro tarde  certo
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
 
A importância da matemática na alfabetização da criança
A importância da matemática na alfabetização da criançaA importância da matemática na alfabetização da criança
A importância da matemática na alfabetização da criança
 
17º encontro
17º encontro17º encontro
17º encontro
 
Segundo encontro Claudia e Fabiana 10 maio PNAIC Duque de Caxias
Segundo encontro Claudia e Fabiana 10 maio PNAIC Duque de CaxiasSegundo encontro Claudia e Fabiana 10 maio PNAIC Duque de Caxias
Segundo encontro Claudia e Fabiana 10 maio PNAIC Duque de Caxias
 
Portfólio educação matemática
Portfólio educação matemáticaPortfólio educação matemática
Portfólio educação matemática
 
FORMAÇÃO.pptx
FORMAÇÃO.pptxFORMAÇÃO.pptx
FORMAÇÃO.pptx
 
17º encontro
17º encontro17º encontro
17º encontro
 

Último

Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 

Último (20)

425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 

Matemática na Educação Infantil

  • 1. Coordenadoria de Educação Gerência de Educação Infantil Matemática na Educação Infantil Encontro de PA e CP Abril 2012
  • 2. Por que estamos juntos?  Fortalecer a figura do PA e do CP como formador de formadores;  Trabalhar na formação dos educadores a partir da reflexão sobre a prática;  Voltar nosso olhar para questão da matemática;  Divulgar as teorias e os documentos oficiais que embasam nossa prática;
  • 4. Qual objetivo do encontro?
  • 5. A Matemática nos Diferentes Espaços e Tempos do Planejamento  O olhar na  A intencionalidade matemática matemática. A matemática no A matemática em um projeto cotidiano (focar a prática de trabalho na resolução). As possíveis atividades de matemática em diferentes áreas do conhecimento.
  • 6. Traçando o percurso ...  1º Momento : * Relembrando metas, *Definindo as premissas; *Revelando conceitos;  2º Momento: Práticas – perguntas que desafiam a criança a pensar.  3º Momento: “Ao infinito e além...” – Projetos e sugestões
  • 7. Metas para a educação infantil  Falem de forma clara e adequada, usando a língua com desenvoltura e espontaneidade;  Expressem suas opiniões e ideias em pequenos e grandes grupos;  Saibam se expressar linguística e artisticamente, demonstrando seu pensamento, intenções e interesses;  Compreendam as instruções dadas por seus pares e adultos;
  • 8. Em foco: a matemática  Reconheçam números, quantidades, formas, categorias de objetos e suas características, relacionando-os com a vida cotidiana;  Reconheçam a função social dos números e sua importância;  Incluam e apliquem conhecimentos matemáticos simples às situações-problema, perceptíveis tanto em atividades espontâneas quanto naquelas propostas com fins de aprendizagem de determinada habilidade;
  • 9. A arte de fazer perguntas  A construção da autonomia Aspectos intelectuais,morais e sociais. Exemplos... (Kamii, Pg 47)  A autonomia é diferente da auto- suficiência Exemplos... (uso do banheiro)
  • 10. Definindo as premissas para o trabalho na educação infantil “A situação não é a de ensinar, mas de aprender”
  • 12. A lógica do adulto – A lógica das crianças - A lógica de cada criança. Caso do Dug  O que é um sonho? – Nós sonhamos à noite. A gente pensa em alguma coisa. –  De onde vêm os sonhos? – Não sei.  O que você acha? – Que nós mesmos é que fazemos os sonhos. – Onde está o sonho enquanto a gente sonha? – Lá fora. –  Onde? – Aqui (mostra a lua, através da janela) –  Por que lá fora? – Porque nós nos levantamos. –  E daí? – Ele foi embora. –  Enquanto a gente sonha, onde o sonho está? – Na nossa casa. –  Onde? – Na nossa cama. –  Onde? – Bem pertinho. –  E se eu estiver lá no seu quarto, eu posso vê-lo? –  Não...sim, porque você vai estar perto da cama.  (Piaget, A representação do mundo da criança.)
  • 13. O ERRO As possibilidades de construção
  • 14. Quantidade e variedade de materiais
  • 16. Revelando os conceitos Conhecimento físico / Conhecimento lógico Matemático
  • 17. Conhecimento físico e conhecimento lógico-matemático  “O conhecimento físico é o conhecimento dos objetos na sua realidade externa. A cor e o peso (...) podem ser conhecidas pela observação. Contudo, quando nos apresentam uma plaqueta vermelha e uma azul, e notamos a diferença, esta diferença é um exemplo de pensamento lógico matemático(...) A diferença é uma relação criada mentalmente pelo indivíduo que relaciona os dois objetos. A diferença não está nem em uma plaqueta nem em outra. Se a pessoa não colocasse os objetos dentro desta relação, para ela não existiria a diferença.” (Kamii, 1988, pg 14)
  • 18. Referencial Nacional Curricular para a Educação Infantil/1998 (RCNEI). Destaca três blocos de conteúdos a serem trabalhados na Educação Infantil.  Espaço e forma  Medidas e grandezas  Construção do sistema de numeração
  • 19. Quais perguntas que desafiam a criança a fazer relações?
  • 20. Quais perguntas que desafiam a criança a fazer relações? Votação
  • 21.
  • 22. A nossa sala é grande? Como pensar sobre tipos de medida de espaço?
  • 23. O maior animal terrestre – Quais vivências colocam a criança para pensar no tamanho do animal?
  • 24. Colocar a própria criança em relação com os objetos
  • 26. “A construção do número” Colocar a criança para escrever os números e as letras em diferentes momentos, em diferentes suportes, ajudam no reconhecimento dos signos, mas, não garante a construção da estrutura mental do número .
  • 27. Quais questões desafiam a minha criança?  Atenção a faixa etária e as diferenças de interesse dentro do grupo;  Temas relacionados a vida da comunidade e da vida na instituição;
  • 28. Troca de experiências O mundo da Copa – o nosso mundo”  Construindo o Morro do São Carlos
  • 29. Onde fica a rua da escola?
  • 30. O Largo do Estácio – Onde se localiza o comércio, o Metrô e a Prefeitura?
  • 31. Círculo Montessoriano  Espaço (vizinhança, contorno, separação, ordem, entre outros.)  Atividades de classificação, seriação e contagem com as próprias crianças, com objetos, com blocos lógicos.
  • 32. Jogos  Observar os níveis de dificuldade;  Relacionar os jogos com os problemas e conteúdos do grupo;  Ficar atenta à construção da autonomia do grupo e individual;  Jogos de trilha, jogos com dados, memória, dominó...
  • 33. Jogo de trilha a partir da história A casa Sonolenta
  • 34. Jogo de trilha a partir da história A Bruxa Salomé
  • 35. Jogo de trilha feito pelas crianças
  • 36. “Tire a sorte” e cubra a quantidade
  • 37. “Conte rápido” para cobrir o numeral
  • 38. “Vire tudo” a partir da quantidade do dado
  • 40. Dominó a partir de personagens da história O rei Bigodeira e sua Banheira
  • 41. Jogo da memória a partir de cenas de uma história
  • 42. Possibilidades de jogos a serem adaptados para a pré-escola Associação de numeral e quantidade Trabalhar com um dado e respectivas quantidades
  • 44.
  • 45.
  • 46.
  • 47. Sugestões de Práticas Matemáticas a partir de livros de literatura e vídeos  Idéia do vídeo do Toy History – Projeto de organização dos brinquedos preferidos. Como criar duplas ou pequenos grupos para ninguém se perder na mudança?  Livro: O Homem que amava as Caixas – Projeto caixas. (Diferentes tamanhos e formas – dentro e fora, o que vejo de dentro, como classificar, cabe não cabe, formas, construções no espaço...)  Livros: Atchim – Projeto a partir das características dos animais.  Sabe de quem era aquele rabinho? Elza Cesar Sallut ,ed. Scipione  Clact, Clact, Clact de Liliane e Michele Iacocca.  Alto- Jez Alborough ed.Brink Book  Cocô de Passarinho. Resolução de problemas.  O quanto Eu te Amo
  • 48. Relação de materiais para a sala ou para o armário de matemática coletivo  Jogos: de encaixe  de trilha  quebra-cabeça  memória  dominó  e outros que desenvolvam o raciocínio matemático e a aproximação com o universo dos números e quantidades ( Super Trunfo, Can-Can, Jogos com cartas etc.)  •Jogos e materiais de construção ( blocos de madeira, peças de plástico,”Lego”, “Pequeno arquiteto”...)  •Caixas de diferentes tamanhos  •Ampulheta  •Balança  •Fita métrica  •Coleções diversas (bichinhos, aviões, carrinhos...)
  • 49. Referências Bibliográficas  MAC DONALD, Sharon. Matemática em minutos: atividades fáceis para crianças de 4 a 8 anos! Editora Artmed. 2007.  KAMII, Constance. A criança e o número: implicações da teoria de Piaget para a atuação junto a escolares de 4 a 6 anos. Campinas, SP: Papirus, 1990.  BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial curricular nacional para a educação infantil / Ministério da Educação e do Desporto. Volume 3. Brasília: MEC / SEF, 1998.  SMOLE, Kátia. A matemática na educação infantil. a teoria as inteligências múltiplas na prática escolar. Porto Alegre: Artmed, 2003.  SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO. Gerência de Educação Infantil. Orientações curriculares para a educação infantil. Rio de Janeiro: SME/CED/GEI, 2010.  SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO. Gerência de Educação Infantil. Caderno de planejamento para a educação infantil, vol. 1. Rio de Janeiro: SME/CED/GEI, 2011
  • 50. ... ESPAÇO RESERVADO PARA SUA HISTÓRIA...