Apresentar caderno 1

1.846 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.846
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Questionamento: Eu tenho, você tem? Objetivos: Usar a linguagem matemática como forma de reconhecimento de conceitos, como antecessor e sucessor de um número. Números pares e ímpares, múltiplos e fracionários
    Reconhecer as operações básicas de soma, subtração, multiplicação e divisão
    Interpretar a linguagem matemática no uso de operações básicas, bem como a sua linguagem.
    Justificativas:
    A matemática, assim como as demais disciplinas possuem uma linguagem própria e específica, muitos dos alunos no ensino médio trazem diferentes dificuldades oriundas do ensino fundamental, por isso se faz necessário uma avaliação prévia para ver como anda a bagagem de conhecimento do discente.

    Modo de fazer:
    Prepare tarjetas de 6 x 6 cm com o modelo abaixo. Coloque de cabeça para baixo e peça aos alunos para escolherem um ou dois, até que as tarjetas terminem. Peça então, para que um dos alunos comece com a sua tarjeta. Proceguir com o jogo até que todas as tarjetas terminem.
  • Regras serão enviadas para casa.
  • Dinâmica utilizando o livro ” Poemas Problemas”. O orientador distribui fichas contendo as respostas das situações-problema apresentadas no livro, faz a leitura da primeira situação e o grupo que estiver com a resposta fala sobre as questões propostas no slide. (O livro digitalizado está na pasta com os outros materiais dessa formação
  • Apresentar caderno 1

    1. 1. Sejam todos bem vindos para mais um ano de socialização de conhecimentos e aprendizagens.
    2. 2. VAMOS NOS CONHECER, NOVAMENTE? NOME, ESCOLA QUE ATUA , FASE ...
    3. 3. CONTRATO DIDÁTICO
    4. 4. É importante refletirmos que neste ano será necessário darmos continuidade ao trabalho de 2013 atrelado à Alfabetização Matemática.
    5. 5. ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA APRESENTAÇÃO 2014
    6. 6. Iniciando a conversa: Objetivos do Caderno; Aprofundando o Tema: Organização do Trabalho Pedagógico (Aspectos teóricos metodológicos); Compartilhando: Atividades Práticas; Para saber mais: Sugestões de Leituras; Sugestões de atividades para os encontros em grupos; Sugestões de atividades para casa e escola; Referências;
    7. 7. Caracterizar a comunidade de aprendizagem da sala de aula com vistas à alfabetização matemática de todos os alunos Destacar a intencionalidade pedagógica como elemento essencial no processo de alfabetização Apontar possibilidades para a organização do trabalho pedagógico Compartilhar vivências de professores que buscam garantir os direitos de aprendizagem de matemática de todos os alunos OBJETIVO
    8. 8. Leitura Deleite:
    9. 9. ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO PARA A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
    10. 10. No primeiro ciclo de alfabetização a sala de aula é um ambiente formativo que ocupa uma posição central no processo de alfabetização para as crianças do Ensino Fundamental.
    11. 11. CONSIDERAÇÃO 1 CONSIDERAÇÃO 1: O direito à alfabetização é um processo social e cultural mais amplo que inclui, além da aprendizagem da leitura e da escrita, a Alfabetização Matemática.
    12. 12. CONSIDERAÇÃO 2 CONSIDERAÇÃO 2: A sala de aula deve se constituir como um espaço no qual as crianças ficarão imersas no processo de apropriação da leitura e da escrita da língua materna, bem como da linguagem matemática, com ampla exposição dos alunos aos materiais impressos que nos envolvem cotidianamente e possibilitam explicitar a função social da escrita.
    13. 13. Destaques: * materiais que remetam também para a função social da Matemática, como: gráficos, tabelas, informações numéricas diversas, etc.
    14. 14. CONSIDERAÇÃO 3: As brincadeiras e as expressões culturais da infância precisam estar presentes na sala de aula de modo a tê-la como um ambiente formativo/alfabetizador privilegiado e como um local em que ocorrem interações e descobertas múltiplas, repletas de significação.
    15. 15. CONSIDERAÇÃO 4: É importante que o professor, no momento de organizar a sala como um espaço para a Alfabetização Matemática, considere que brincar, imaginar, expressar-se nas múltiplas linguagens são direitos da criança, que contribuem para a aprendizagem e para o desenvolvimento delas.
    16. 16. CONSIDERAÇÃO 5: Na Alfabetização Matemática, esse movimento de trazer para as aulas as experiências vividas é imprescindível, pois é conhecendo e respeitando as culturas da infância que o professor terá melhor condição para dar sequência às falas dos alunos.
    17. 17. CONSIDERAÇÃO 6: A sala de aula é uma comunidade de aprendizagem, onde alunos e professores aprendem de forma colaborativa.
    18. 18. Pensar a organização do trabalho pedagógico para a Alfabetização Matemática envolve as diferentes formas de planejamento, desde a organização da sala até o fechamento da aula, entendidos de forma articulada e que orientam a ação do professor alfabetizador.
    19. 19. PLANEJAMENTO Pensado como espaço de antecipação Pensado como espaço de revisão continuada do que ocorre em sala de aula VÌDEO
    20. 20. PLANEJAMENTO Carbono para planejamento
    21. 21. O planejamento é um dos meios para se programar as ações docentes, um momento inicialmente pensado no coletivo da escola, que requer consciência do que se deseja fazer durante o ano letivo. O que é Planejamento
    22. 22. DIFERENTES FORMAS DE PLANEJAMENTO O planejamento, tanto o anual, mensal, semanal ou diario, devem ser dinâmicos e flexíveis de modo a serem revistos sempre que necessário, atendendo aos imprevistos e aos acontecimentos do cotidiano escolar.
    23. 23. . Algumas orientações sobre cada um desses planejamentos. Planejamento anual – define o currículo - O PPP da escola O que ensinar; Como Ensinar; Por que ensinar;
    24. 24. Planejamento durante o ano letivo SEMANAL Revisão continua – onde estou em relação ao Planejamento Anual; Considerar o Ambiente Alfabetizador favorável a comunicação e ao debate de ideias; Valorizar os cinco eixos do ensino;
    25. 25. Planejamento Semanal Planos de Aula • Levantamento dos objetivos – direitos de aprendizagens; • Estratégias didáticas - elaborar as sequencias se atividades – coerentes aos objetivos; - Integradas e interdisciplinar; - Recursos Metodológicos; - Organização da Sala de Aula;
    26. 26. O Espaço Físico da Sala de Aula Espaço Alfabetizador – Ambiente Propício a Aprendizagem Organização da Sala de Aula Cabe ao professor criar um ambiente problematizador que propicie a aprendizagem matemática, uma comunidade de aprendizagem compartilhada por professor e alunos.
    27. 27. QUAIS ATIVIDADES DA SEMANA GARANTIRÃO A CONTINUIDADE NA CONSTRUÇÃO DO CONCEITO ? O conceito deve ser trabalhado de forma contínua e não apenas em um momento estanque. Portanto, é fundamental ao planejar, primar pela qualidade das atividades elaboradas em detrimento a quantidade das mesmas.
    28. 28. ALGUNS EXEMPLOS... • A noção de tempo exige um trabalho rotineiro com a organização temporal; (ROTINA) • O livro de literatura – fonte inesgotável de aprendizagens.
    29. 29. • Como retomar um determinado conteúdo para consolidar a aprendizagem e possibilitar a compreensão a todos? • Que diversidade de materiais a escola possui para a retomada desse conteúdo?
    30. 30. ATIVIDADES UTILIZANDO MEDIDAS DE TEMPO • Leitura do calendário diariamente. A professora convida um aluno a vir fixar os números de 01 a 30 ou 31 no calendário confeccionado.
    31. 31. ATIVIDADE COM VELAS • A professora leva até a sala 3 (três) velas de cores diferentes. Explica para as crianças que acenderá as velas em 3 (três) momentos diferentes para que todos possam analisar o tempo.
    32. 32. • A primeira vela será acesa no início da aula até o recreio; • A segunda vela será acesa durante o recreio; • A terceira vela será acesa do término do recreio até o encerramento da aula.
    33. 33. PROBLEMATIZAÇÃO • Qual vela queimou mais? Por quê? • Qual vela queimou menos? Por quê?
    34. 34. Produção do cartaz com a organização da semana DOMINGO SEGUNDA -FEIRA TERÇA- FEIRA QUARTA- FEIRA QUINTA- FEIRA SEXTA- FEIRA SÁBADO DIA DE DESCANSO FLÚOR Contação de história Informática Hino Nacional ANIVERSA- RIANTES DA SEMANA
    35. 35. QUAIS MATERIAIS A ESCOLA POSSUI PARA PLANEJAR CONSIDERANDO RECURSOS DIDÁTICOS? • Quais livros literários podem ser utilizados para contextualizar o trabalho com a linguagem matemática; • Quais jogos a escola possui? • Há mapas, bandeiras, globo terrestre?
    36. 36. MATERIAIS MANIPULÁVEIS
    37. 37. QUADRO VALOR LUGAR
    38. 38. BLOCOS LÓGICOS
    39. 39. FIO DE CONTAS
    40. 40. MATERIAIS MANIPULÁVEIS – SUCATA
    41. 41. JOGO Um jogo necessita de vários momentos uma vez que: • Muitas vezes, num primeiro momento, a criança precisa conhecer o material e manuseá-lo. Trabalhar nessa perspectiva significa orientar a prática a partir da concepção de infância (a criança é naturalmente curiosa); • Num segundo momento já há mais aproveitamento do tempo para que haja a sistematização do conteúdo proposto.
    42. 42. JOGOS MATEMÁTICOS EXEMPLOS: • Nunca dez • Jogos digitais educacionais • (UCAA – offline)
    43. 43. • JOGOS DIGITAIS EDUCACIONAIS http://www.escolagames.com.br/jogos/aprendendoHoras/ http://www.escolovar.org/mat_relogio_cesto.apanha.bolas.swf http://www.escolovar.org/mat_relogio_cuco_mesinha.swf http://www.escolovar.org/mat_tempo_ClockWork_05.swf
    44. 44. USO DA LITERATURA
    45. 45. VÍDEOS Exemplos: • 101 Dálmatas (verificar contagem de centena, formação de agrupamentos) • Ursinho Pooh 1,2,3 Descobrindo os números e as contas (elementos gráficos, linguagem matemática) • Donald no País da Matemática (proporções, aplicações da Matemática no meio social)
    46. 46. APRENDIZAGEM CONTEXTUALIZADA E SIGNIFICATIVA Organização de situações- problema a partir de encartes, panfletos, folders – que contenham objetos que possam despertar interesse no universo infantil.
    47. 47. Objetos que ilustram concretamente problematizações do cotidiano. Exemplos: réplicas de dinheiro, balanças, relógios, réguas etc.
    48. 48. JOGO QUEBRA CABEÇA DOS RELÓGIOS:
    49. 49. DITADO DE HORAS:
    50. 50. QUE OUTROS COMPONENTES PODERÍAMOS ACRESCENTAR NA CONCEPÇÃO QUE TEMOS • Divisão do tempo ( atividades permanentes, atividades que variam e que são contextuais) • Espaços: Como o espaço será organizado; • Retomada/ recuperação paralela;
    51. 51. AO UTILIZAR UM RECURSO FAZ-SE NECESSÁRIO: • Planejar em consonância com o objetivo e o conteúdo; • Ter clareza dos objetivos (o que pretendo alcançar?) • Compreender que o recurso é somente um meio para a apropriação do conhecimento, o que garante a superação das dificuldades é a mediação.
    52. 52. A RETOMADA DE CONTEÚDOS ENQUANTO FEEDBACK • A retomada, realizada no início de cada aula, dos conceitos fundamentais trabalhado em aula(s) anterior(es) é essencial ,pois, conduz a uma melhor organização de seu pensamento (o aluno consegue sequenciar suas ideias).
    53. 53. PARA REFLETIR! • QUE HOMEM PRETENDO FORMAR? • A concepção de infância é considerada na práxis escolar? • O bom plano de ensino se traduzirá pela ação pedagógica direcionada de forma a se integrar dialeticamente ao concreto do educando, buscando transformá-lo. (LOPES, 1989)
    54. 54. Trabalho em Equipe - 5 Compartilhando 1. Cinco equipes de trabalho - Desenvolver as atividade sugerida no caderno. 2. Identificar os seguintes aspectos nestas atividades: - Objetivos; - Direitos de aprendizagem; - Eixos estruturantes do ensino da matemática; - Possibilidade de trabalho interdisciplinar; - Sugerir estratégias avaliativas.
    55. 55. Compartilhando: Socialização das atividades 1. Atividade 1 2. Atividade 2 3. Atividade 3 4. Atividade 4 5. Atividade 5
    56. 56. Algumas Observações 1. A prática da reflexividade – O que aprendemos hoje? 1. A socialização 1. O engajamento 2. A colaboração
    57. 57. QUAIS SÃO OS COMPONENTES TÉCNICOS QUE UM PLANEJAMENTO DEVE TER? ( LOPES, 1989) • Conteúdo ( o quê?); • Objetivos (para quê?); • Encaminhamento metodológico (Como?); • Critérios Avaliativos? (O que efetivamente foi apropriado)?
    58. 58. Neste ano nosso trabalho final: • Portfólio com jogos Matemáticos
    59. 59. TAREFA DE CASA • Ler o texto: Fazendo a Aula Acontecer – Caderno 1 – Organização do Trabalho Pedagógico (p. 16 a 26) (disponível no blog). Alfabetizacaocefaproponteselacerda.blogspot.com • Fazer levantamento dos Materiais Didáticos de Matemática existentes em sua escola e em sua sala.
    60. 60. • Realizar as avaliações dos perfis de entrada de seus alunos, tanto de Linguagem quanto de Matemática e sistematização dos dados. Após a sistematização entregar aos seus respectivos Orientadores de Estudo em arquivo modelo Word;
    61. 61. DINÂMICA
    62. 62. Neste momento...para onde estamos olhando?

    ×