Ap ps e jogos em contexto educativo barcelos

3.744 visualizações

Publicada em

Apps e jogos em contexto educativo

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.744
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.465
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ap ps e jogos em contexto educativo barcelos

  1. 1. APPs e Jogos em Contexto Educativo Adelina Moura – adelina8@gmail.com Workshop
  2. 2. Conteúdos Evolução tecnológica1 Tecnologia em contexto educativo2 Flipped classroom ou aula invertida3 Mãos na massa4
  3. 3. Do telemóvel ao smartphone http://goo.gl/un84G5
  4. 4. Convergência tecnológica
  5. 5. Phablet (smartphone+tablet) As pessoas migram para formas mais móveis de computação
  6. 6. Acesso à Internet
  7. 7. Sistemas operativos móveis Os tablets vão vender mais do que os desktops e laptops, em 2015, com subida do SO Android Fonte: Gartner, abril 2013
  8. 8. Tecnologias Educativas
  9. 9. Ambientes de aprendizagem centrados no aluno  papel ativo no processo de aprendizagem;  constrói o seu conhecimento;  pensa criticamente, trabalha em equipa e resolve problemas colaborativamente;  é desafiado: - a desenvolver habilidades na resolução de problemas; - a exercer o pensamento analítico, crítico e criativo;  é incentivado a aprender mais sobre os assuntos; Tecnologias na sala de aula O papel do professor altera-se passa a ser um facilitador e consultor para os alunos
  10. 10.  PowerPoint para criar jogos com base em programas de jogos famosos: "O Elo Mais Fraco" e "Quem Quer Ser Milionário?"  Sintetizar - 140 caracteres, para publicar no Twitter  Webquests – modalidades de ensino aprendizagem  Website – Wix, Webnode, Weebly, Webs  Blogue – Blogger ou Wordpress  Wiki – Google Drive, Wikispaces, PBWorks  Podcast – Podomatic, Vocaroo  Medium para contar histórias  eTwinning – geminação de escolas  Códigos QR – Realidade Aumentada Como integrar tecnologia na sala de aula? Integrar tecnologia na sala de aula oferece a oportunidade de aumentar o interesse dos alunos e ensinar habilidades profissionais valiosas
  11. 11. As tecnologias móveis não substituem as ferramentas tradicionais de ensino, pelo contrário, completam-nas, adicionando uma grande variedade de experiências Quem receia as tecnologias na sala ?
  12. 12. Flipped Classroom
  13. 13. Flipped Classroom ou aula Invertida Usa-se o tempo de aula para atividades e projetos e o tempo do trabalho de casa é para o aluno aprender conteúdos através de vídeos ou podcasts.
  14. 14. Sala de aula invertida Não chega integrar tecnologia é preciso mudar as práticas pedagógicas
  15. 15. Projeto eTwinning: Let’s flip together Portugal, Polónia, Itália, França, Turquia, Bulgária, Roménia, Bélgica
  16. 16. Opinião dos alunos - aula invertida -É uma boa forma de aprender -É interessante este método -É muito bom aprender ao meu ritmo em casa -A aula invertida é mais motivadora e divertida -Na minha opinião, por um lado, ver as aulas em vídeo dá muito jeito, porque podemos fazer pausas e continuar quando queremos. -É um bom método para estudarmos sozinhos A aula invertida é muito diferente da aula tradicional, mas só se aprende quando se leva a sério o trabalho da professora
  17. 17. Jogos e Gamification
  18. 18. Jogos - Ingredientes educacionais Jogar em colaboração permite a aprendizagem de habilidades sociais, organização e resolução de problemas. As dificuldades desenvolvem habilidades não cognitivas, como a paciência e a disciplina. Os prémios, rankings, emblemas estimulam as recompensas sociais e emocionais que impulsionam o sentido de compromisso e resolução de problemas. Especificidades dos videojogos que os tornam tão cativantes: o desafio, a fantasia e a curiosidade (Malone, 1980) Para Paul Gee (2010) os “bons” videojogos são verdadeiras máquinas de aprendizagem.
  19. 19. Gamification ou Gamificação Os jogos são famosos por manter pessoas conectadas horas a fio, criando um novo universo para os jogadores. http://goo.gl/sdwnSx Gamificar uma experiência é utilizar elementos de jogo em contextos não convencionais de jogo, como escolas, serviços em geral, aplicativos e sites.
  20. 20. Jogos - Opinião dos alunos “Na minha opinião os jogos são muito educativos, para além de muito divertidos. Eu cheguei a estar a jogar/ estudar cerca de uma hora seguida porque o tempo passou tão rápido, e sabe porquê??? Porque me estava a divertir, e quando me divirto o tempo passa muito mais rápido, e assim, estudar não se torna tão cansativo nem tão secante. Eu acho que podia continuar a criar mais jogos.” Dídia
  21. 21. Mãos na Massa
  22. 22. APPs para a aula Invertida Criação Partilha & Busca
  23. 23. APPs para Android
  24. 24. APPs para aprender línguas
  25. 25. http://www.classtools.net/ Para criar jogos interativos
  26. 26. http://www.educreations.com/ Apps iOS e Android – quadro

×