Tecnologia aplicada a educaçao

1.737 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.737
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
69
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
91
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tecnologia aplicada a educaçao

  1. 1. TECNOLOGIA APLICADA A EDUCAÇÃO Prof. Esp. Claudinéia da Silva de Oliveira
  2. 2. Responda: • O que vocês esperam da disciplina de Tecnologias Aplicadas a Educação?
  3. 3. Imagine um grupo de viajantes do século passado, entre eles um grupo de cirurgiões e o outro de professores, cada qual mais ansioso para ver o quanto as coisas mudaram em sua profissão nesses cem anos.
  4. 4. Imagine o espanto dos cirurgiões ao entrarem em uma sala de cirurgia em um hospital moderno e verem tantos aparelhos, embora pudessem adivinhar o órgão alvo, na maioria dos casos seriam incapazes de imaginar como seria feito o processo operatório em meio a tantas novidades. O que para nós hoje é tão comum para esse grupo de cirurgiões seria completamente estranho.
  5. 5. Vídeo A evolução e a educação
  6. 6. Diversidade Tecnológica
  7. 7. • A disseminação do uso de tecnologias em distintos ramos de atividades nos coloca frente a vertiginosas mudanças na cultura, na sociedade, na economia, na educação, e, em especial, frente aos avanços da ciência e de conhecimentos que precisamos incorporar e lidar em sala de aula. • Isto exige de nós, educadores, a constante busca de aprender, produzir e gerir conhecimentos e de desenvolver diferentes modos de procurar informações atualizadas, nos comunicarmos, ensinar e criar melhores condições de aprendizagem para nossos alunos. Essa é a marca dos novos tempos!
  8. 8. Atividade Faça uma análise crítica da escola, do papel do professor (a) e do perfil dos alunos (as) em diferentes tempos, considerando as questões sociais, históricas, econômicas e tecnológicas.
  9. 9. Aproveitar o tempo! Tirar da alma os bocados precisos – nem mais nem menos- Para com eles juntar os cubos ajustados Que fazem gravuras certas na história (E estão certas também do lado de baixo que se não vê)... (Fernando Pessoa) Pense no nosso papel numa sociedade em que as tecnologias geram mudanças.
  10. 10. Responda: • O que significa para você tecnologia?
  11. 11. Mas, o que é tecnologia? • Tecnologia é a aplicação de um conhecimento, de um “saber como fazer”, de métodos e materiais para a solução de um dado problema. • Exemplos: • Tecnologias de Informação • Tecnologias de Comunicação • Tecnologias Interativas • Tecnologias Colaborativas .
  12. 12. Tecnologia da Informação Toda forma de gerar, armazenar, veicular, processar e reproduzir a informação: ▫ Armazenamento: Papel, arquivo, fichários, fitas magnéticas, discos óticos; ▫ Veiculação: fax, telefone, jornal, correio, televisão, telex; ▫ Processamento: computadores, robôs; ▫ Reprodução: máquina de fotocopiar, retroprojetor, projetor de slides .
  13. 13. Tecnologia da Informação • Toda forma de veicular informação, incluindo as mídias mais tradicionais, como o uso de pergaminhos, de tambores na selva, de livros, de revistas, do rádio, da TV, do vídeo, das redes de computadores, etc. • Mudam os padrões de trabalho, o tempo de lazer, a educação, a saúde e a indústria.
  14. 14. Tecnologia da Comunicação • Toda forma de veicular informação, incluindo as mídias mais tradicionais, como o uso de pergaminhos, de tambores na selva, de livros, de revistas, do rádio, da TV, do vídeo, das redes de computadores, etc. • Mudam os padrões de trabalho, o tempo de lazer, a educação, a saúde e a indústria.
  15. 15. Tecnologia Interativa • Tecnologia que permite: - elaboração e manipulação conjunta de conteúdos específicos por parte do emissor (professor/aluno) e do receptor (aluno/professor), codificando-os, decodificando-os, recodificando-os conforme as suas realidades individuais e a cultura em que vivem; - uma comunicação mais dinâmica, alternando os papéis de emissor (professor/aluno) e receptor (aluno/ professor).
  16. 16. Tecnologia Interativa • Tecnologia que permite interação do usuário com o recurso que lhe permite escolhas e caminhos diferentes: - Vídeo interativo - TV a Cabo - Programa Multimídia - Internet (WWW)
  17. 17. Tecnologia Interativa • Incorporar de forma inteligente as tecnologias interativas significa: - adotar uma postura positiva e interdisciplinar em relação à tecnologia; - manter as características identificadoras da cultura popular e nacional; - trabalhar com as TICs como elementos emancipatórios na prática pedagógica.
  18. 18. Tecnologia Colaborativa • permitem a otimização do trabalho em equipe ; • facilitam a colaboração; • permitem a aprendizagem colaborativa; • com diferentes linguagens, atendem a diferentes estilos de aprendizagem. • Exemplos: blogs, portais na internet.
  19. 19. Sociedade da Tecnologia • Conhecida ainda como sociedade do conhecimento ou sociedade da aprendizagem, é caracterizada pela rapidez e abrangência de informações. • A realidade do mundo atual requer um novo perfil de profissional e cidadão que coloca para a escola novos desafios. • Encontramos, no cotidiano, situações que demandam o uso de novas tecnologias que provocam transformações na nossa maneira de pensar e de nos relacionarmos com as pessoas, com os objetos e com o mundo ao redor.
  20. 20. Tecnologias no cotidiano escolar • Devem: - ser desmistificadas e democratizadas. - Dinamizar o trabalho pedagógico. - Desenvolver a leitura crítica. - Ser parte integrante do processo que permite a expressão e troca dos diferentes saberes
  21. 21. Vídeo • Tecnologias na sala de aula
  22. 22. São os mecanismos utilizados no âmbito escolar que servirão como facilitadores para o corpo docente e discente na disseminação da informação. Tecnologia Educacional
  23. 23. TECNOLOGIA EDUCACIONAL Tecnologias aplicadas à educação A Tecnologia Educacional está dividida em duas partes: INDEPENDENTES DEPENDENTES
  24. 24. Tecnologias Independentes • Álbum seriado. • Blocão. • Cartão-relâmpago. • Cartaz. • Ensino com fichas. • Estudo dirigido. • Flanelógrafo. • Gráfico. • História em quadrinhos. • Texto. • Ilustração/gravura. • Instrução programada. • Jogo. • Jornal. • Jornal escolar. • Livro didático. • Mapa e globo. • Mural. • Peça teatral. • Quadro de giz, de pregas.
  25. 25. Tecnologias Dependentes • Computador. • Fita de vídeo. • Fita sonora e CD. • Internet e suas ferramentas (WWW, chat, e-mail, lista de discussão, vídeo- conferência. • EAD. • Softwares. • Páginas (home page). • Rádio. • Slide. • Televisão comercial. • Televisão educativa. • Transparência para retroprojetor.
  26. 26. TICs e a Educação no Brasil Antecedentes: • 80s - propostas de capacitação em tecnologias desvinculadas da capacitação e da ação docente regular • 90s - uso mais intensivo das TICs - processo dependência econômica: • 1994 - Banco Mundial: recomendações e “condicionalidades” sobre o uso de tecnologias digitais em educação; • 1995 - criação da Secretaria de Educação a Distância (SEED) do Ministério da Educação instituída para realizar a “revolução tecnológica”, priorizando os programas para a formação de professores a distância. •2004 – EAD para suprir a falta de professores.
  27. 27. Espaços de fluxo das Tecnologias Fluxo Tecnológico •Inovação •Realimentação •Flexibilidade •Equipes •Extrema velocidade das mudanças Comunicação Educação Sistema Produtivo Dependente:  Inovação tecnológica  Consumo  Novos usuários  Novos hábitos e desejos da sociedade Comunicação Educação Sociedade Necessidades: Preservação identidades sociais e culturais Acesso à informação Consumo e uso crítico das TICs Inclusão social e tecnológica Educação
  28. 28. Espaços de fluxo das Tecnologias Fluxo Tecnológico Sistema Produtivo Sociedade EDUCAÇÃO
  29. 29. Necessidades sócio-educacionais Fluxo Tecnológico Sistema Produtivo Sociedade Formação de: • Pesquisadores • Desenvolvedores Formação para: • A descoberta • A inovação. Formação de: • Produtores • Usuários • Consumidores de Tecnologias Formação para: • A descoberta • Uso e produção crítica das tecnologias • Atualização permanente • Inclusão digital • CIDADANIA
  30. 30. Reflexos para a Educação • Diversidade de articulações: – Global, nacional,regional, local • Diversidade de atendimentos: –Todas as pessoas, a qualquer tempo, em qualquer lugar • PERMANENTE ATUALIZAÇÃO Flexibilização: – Funcionamento – Horários e acessos – Estruturas – Tempos – Espaços
  31. 31. • No bojo das mudanças tecnológicas, culturais e científicas, não há como prever quais serão os conhecimentos necessários para viver em sociedade e inserir-se no mundo do trabalho daqui a alguns anos. • O desafio atual do sistema educacional é formar os alunos para a cidadania responsável e para que sejam contínuos aprendizes, que tenham autonomia na busca e seleção de informações, na produção de conhecimentos para resolver problemas da vida e do trabalho e saibam aprender a aprender ao longo da vida.
  32. 32. • Os alunos precisam ser preparados para utilizar os sistemas culturais de representação do pensamento que marcam a sociedade contemporânea, o que implica novas formas de letramento ou alfabetização (sonora, visual, hipermídia, etc.) próprias da cibercultura, além das demais formas já conhecidas.
  33. 33. • A exigência de aprender continuamente ao longo da vida constitui na sociedade atual um desafio para todas as pessoas e uma necessidade premente colocada aos educadores. • Não se trata apenas de ter acesso a informações, mas sim de saber buscá-las em diferentes fontes e, sobretudo, transformar as informações em conhecimentos para resolver problemas da vida e do trabalho.
  34. 34. Reflexão • E a escola, como se coloca diante deste novo panorama da sociedade? • O que mudou na escola na última década, no sentido de atender a essas novas demandas? • Como os professores se sentem diante deste novo desafio? • E a postura destes diante da necessidade de aprender ao longo da vida e das novas formas de letramento/alfabetização? •
  35. 35. RESPONDA: • Quem sou como aprendiz e como pretendo ser como professor? • Explicite sua resposta produzindo um pequeno texto, considerando as questões apresentadas abaixo. - Pretendo despertar a curiosidade dos alunos? - Buscarei preparar meus alunos para utilizar os novos sistemas culturais de representação do pensamento? - Desenvolverei uma prática interativa com os alunos? - Ouvirei suas idéias? - Aprenderei com os alunos? - Aprenderei com meus colegas? - Farei mudanças na minha forma de ensinar se necessário? Por quê?
  36. 36. Identidade do professor • A partir destas reflexões é importante que você pense em como se constitui a identidade do professor: “...Podemos, hoje, distinguir na identidade do profissional da educação três dimensões inseparáveis, pois ele é, simultaneamente: a) um especialista que domina um instrumental próprio de trabalho e sabe fazer uso dele; b) um pensador capaz de repensar criticamente sua prática e as representações sociais sobre seu campo de atuação; c) um cidadão que faz parte de uma sociedade e de uma comunidade.“ (Texto: desafios na escola: Maria Umbelina Caiafa Salgado, 2003)
  37. 37. O que é ser professor hoje? Responda
  38. 38. No contexto atual o professor precisa: • ter domínio do conteúdo de sua área; • entender os processos de aprendizagem dos alunos; • saber ensinar, criando situações que favoreçam ao aluno encontrar sentido para aquilo que está aprendendo; conhecer e saber usar as tecnologias disponíveis no sistema escolar; entender as implicações do uso das tecnologias e mídias nos processos de ensino e aprendizagem.
  39. 39. • “É difícil dizer se ser professor, na atualidade, é mais complexo do que foi no passado, porque a profissão docente sempre foi de grande complexidade. • Hoje, os professores têm que lidar não só com alguns saberes, como era no passado, mas também com a tecnologia e com a complexidade social, o que não existia no passado. Isto é, quando todos os alunos vão para a escola, de todos os grupos sociais, dos mais pobres aos ricos, de todas as raças e todas as etnias, quando toda essa gente está dentro da escola e quando se consegue cumprir, de algum modo, esse desígnio histórico da escola para todos, ao mesmo tempo, também, a escola atinge uma enorme complexidade que não existia no passado.” • (trecho da entrevista de Antônio Nóvoa, 2001

×